Acabou o sonho de termos carros de maior qualidade com preços mais justos!!!

Discussão em 'Mercado, Marcas e Modelos' iniciada por claudio_fsantos, 13 Mai 2011.

  1. claudio_fsantos

    claudio_fsantos Usuário

    798 4 18

    Desde 30 Dez 2004
    Americana / SP / BR
    É Pessoal, as grandes montadoras que possuem fábricas no Brasil pressionaram o governo para dificultar a entrada de carros importados, principalmente as asiáticas (Hyundai, Kia e Chinesas).

    http://carros.uol.com.br/ultnot/reuters/2011/05/12/governo-decide-dificultar-importacao-de-veiculos-mesmo-do-mercosul.jhtm

    Apesar do governo passar a impressão que não teve pressão das montadoras, ouvi hoje na CBN que o causa dessa mudança foi a pressão das fabricantes nacionais decorrente da perda significativa de mercado (Acredito que mais GM e Honda).

    No meu ponto de vista, acredito que se ao invés de dificultar a importação, poderia ter uma diminuição das taxas/impostos para incentivar a venda dos veículos nacionais e tornar o mercado mais competitivo. Mas para nosso lindo governo corrupto, é mais fácil manter a arrecadação já demasiadamente alta de produtos montados aqui e ganhar mais ainda com a entrada dos importados.

    E nós, sempre nós, pagaremos o preço, com carroças andando nas ruas, sim amigos, ou voces acham que os melhores veículos vendidos aqui, inclusive da VW, Fiat, Ford e GM, são 100% nacionais? Os melhores veículos, com melhores motores, segurança e conforto são fabricados nos países vizinhos como Argentina e México. Qual veículo de qualidade sobrará para comprarmos sem precisar vender um imóvel pra conseguir paga-lo?

    Enfim, uma triste notícia para assim como eu, tantos e tantos Brasileiros estavam acreditando na melhora da qualidade com a chegada da concorrência.

    Abraços.

    Claudio.
     
  2. Slaine

    Slaine Usuário Muito Ativo

    6.116 55 48

    Desde 12 Abr 2010
    Belo Horizonte-MG
    O governo PT sempre teve uma tendência para a política protecionista "temos que dar emprego para os brasileiros" e toda essa demagogia. Só um governo liberal poderia mudar este ponto.
     
  3. Xann

    Xann Alexandre

    2.630 0 36

    Desde 23 Jan 2010
    Bahia
    Não tem jeito, o Brasil é comandado pelos diversos cartéis e interesses puramente políticos. No povo, ninguém pensa, muito menos os teóricos representantes que colocamos lá em cima...
     
    #3    
  4. sereni

    sereni Usuário Muito Ativo

    4.986 31 48

    Desde 1 Abr 2007
    São Paulo /SP/Brasil
    Quando alguém fala que estes carros estão mais baratos deve sempre avaliar que este fator risco está embutido neste "preço mais baixo", isto sempre aconteceu e inúmeras vezes já fecharam importadoras oficiais ou de terceiros devido a mudança de regra ou câmbio - e vejam ainda que o câmbio está em um nível dos mais baixos da história, ou seja, se for para apostar em alguma tendência é que ele possa subir em um futuro próximo.
     
  5. claudio_fsantos

    claudio_fsantos Usuário

    798 4 18

    Desde 30 Dez 2004
    Americana / SP / BR
    A questão maior nem são os preços cobrados, que sabemos que tem muita carga tributária e alta mergem de lucro, mas o mais importante é que com a entrada de produtos de outros mercados com maior qualidade e(ou) maior quantidade de itens de segurança e conforto, as montadoras nacionais teriam a obrigação de disponibilizar produtos no mesmo nível, tendo que diminuir a margem de lucro, mantendo os preços no mesmo patamar dos importados. É esse ponto que eu lamento, que quando justamente as coisas começam a mudar, todos os corruptos do governo e os mercenários das montadoras dificultam as importações, seja para manter a arrecadação dos impostos ou manter os lucros exorbitantes das montadoras nacionais.

    Dá para vender em nosso país com preços mais justos sim, pois o mesmo produto, montado (ou fabricado) aqui em nossa terra, é vendido em outros países da américa do sul por um valor bem menor.

    Este é meu lamento.. só isso.

    Abraços.

    Claudio.
     
  6. Alex Sound

    Alex Sound Usuário Muito Ativo

    8.036 37 48

    Desde 23 Jul 2003
    Londrina - PR
    Acredito que foi mais uma retaliação contra a Argentina do que para proteger o mercado nacional.
    A Argentina exporta 40% dos carros para o Brasil ,mas na hora de importar botou esse negócio de suspensão de autorização automática para um monte de produtos, claramente indo contra o Mercosur.

    Agora o calo vai apertar no sapato deles (e no nosso também)
     
  7. Aulef

    Aulef Usuário Muito Ativo

    1.744 28 48

    Desde 11 Out 2009
    Brasília/DF/Brasil
    o jeito é essa galera de fora montar fábrica aqui. A Hyundai já está trabalhando pra isso. algumas chinesas também. mas a qualdiade do produto deve ser pior...triste...


    edit: a própria BMW está querendo abrir fábrica aqui.
     
    #7    
  8. lazamb

    lazamb Usuário Ativo

    367 32 28

    Desde 1 Mar 2007
    Rio de Janeiro
    cada um claro quer defender sempre o seu lado, mas o presidente da Renault do Brasil andou dizendo q está ficando crítico produzir carros no Brasil citando carga tributária, problemas de logística, câmbio apreciado e pressão de custo de mao de obra.

    http://colunistas.ig.com.br/guilher...o-brasil-esta-caro-diz-presidente-da-renault/
     
  9. Vinícius RS

    Vinícius RS EX-luffing...

    5.431 13 38

    Desde 30 Ago 2005
    Brasil/RS/Torres
    POis é... aí, em vez desse governo espúrio agir para diminuir a carga tributária, dificulta a importação... :xingo:
     
  10. Aulef

    Aulef Usuário Muito Ativo

    1.744 28 48

    Desde 11 Out 2009
    Brasília/DF/Brasil
    se está dificil produzir aqui, vamos dar um jeito de melhorar o sistema e torná-lo mais atrativo, certo? não que eu seja nacionalista, governista etc., mas não acho má idéia produção doméstica. e qualquer empresa vai reclamar de tributação. aliás, se eu fosse dono de empresa, eu reclamaria é do mau uso do imposto que pago, afinal, tributos também são o retorno social dos ganhos da empresa, que deveriam voltar na forma de serviços públicos.

    o que eu acho que está ocorrendo mesmo é uma tentativa de balanceamento do mercado.
     
  11. Josba

    Josba Usuário Muito Ativo

    1.980 63 48

    Desde 15 Dez 2006
    Salvador
    Pessoal, é óbvio que o Brasil adotou essa medida com o intuito de ser temporária para obrigar a Argentina a negociar! Nós somos os maiores compradores dos carros argentinos, de forma que essa situação prejudica muito mais a Argentina que o Brasil. O Brasil vende Ágile, Celta e outros populares; a Argentina vende Fluence, Focus, 408 e outros carros de nivel mais alto. De quem é o maior prejuízo com o atraso no comércio? Claro que é da Argentina. Não tenho dúvida que em pouco tempo essa situação se resolverá.

    Já li que enquanto os carros vindos da Argentina aguardarão os 60 dias do prazo, os vindos dos outros países levarão apenas 15 dias para serem liberados.

    Pelo menos a Dilma está sendo muito mais "homem" do que o Sr. Lula que vivia levando porrada do Evo Morales (Bolívia) e do Hugo Chavez (Venezuela),com grandes prejuízos para o Brasil (vide o caso da Petrobrás e da construtora brasileira), e não fazia nada a não ser oferecer a outra face para apanhar!
     
  12. M E N A U

    M E N A U _____________ad augusta _____________per angusta

    5.943 621 83

    Desde 13 Abr 2010
    Aqui-BR
    Desculpe-me, mas nas entrelinhas acabei por entender que o Brasil tem poder de negociação, correto?
    Também nas entrelinhas entendi que a Dilma foi ''homem'' em forçar a negociação, correto?
    E nós, quando seremos?
    Quando daremos um basta na tunga que o poder público nos aplica? E pagamos tudo de novo, no particular...
    Quando mostraremos aos figurões da indústria automotiva que tenham lucro, sim, afinal isso aqui é capitalismo, mas por que os piores carros nos mais altos preços?
    E os banqueiros? Desses nem precisaria comentar, né? Cheque especial 8% ao mês por si só já fala... É agiotagem oficial. Com desconto em folha.
    E nós, quando seremos?
     
  13. O Vulto

    O Vulto Usuário

    87 0 0

    Desde 14 Abr 2011
    sp
    O presidente da Abeiva (associação importadoras de veículos), José Luiz Gandini, prevê que a partir das próximas semanas alguns modelos trazidos da Argentina e de outras localidades já comecem a faltar em concessionárias do país.

    Gandini diz que as importadoras asiáticas podem começar a ter problemas de abastecimento em um prazo de 30 dias.

    "Demora em média um mês para os carros chegarem ao país. E não podemos deixar navios parados em portos espalhados pelo mundo, pagando pelo custo diário desse transporte, sem saber em quanto tempo o governo brasileiro começará a liberar as guias de importação."

    Ele também diz que os portos não têm capacidade para ficar "estocando produtos". "Ou você embarca os produtos e despacha ou vai começar a causar problemas nos portos."
    "Somente hoje [ontem] recebemos um telefonema da Secex [Secretaria de Comércio Exterior] confirmando que, sem a licença, não podemos embarcar carro de qualquer lugar do mundo para o Brasil. E que novos embarques feitos a partir do dia 10 precisam das novas guias e de diferimento [dos técnicos]. O problema é saber se a autorização sairá na semana que vem", afirma.

    Para Gandini, houve uma falha grosseira de informação. "Não podíamos ter sido pegos de surpresa. Se as guias que temos não valem mais desde terça-feira, como ficam as empresas?"

    "No caso da Kia, estou mandando e-mail para a matriz para segurar os embarques até que se tenha essa questão da guia definida", diz Gandini, que além de presidir a Abeiva, preside a Kia Motors no Brasil


    http://m.folha.uol.com.br/mercado/915669-pode-faltar-carros-em-1-mes-diz-associacao-de-importadores.html

    Brasilsilsil regredindo mais uma vez. Ao invez de protejer a industria local diminuindo os tributos, para as empresas oferecerem preços melhores para os veículos aqui, vão burocratizando ainda mais a importação.
     
  14. DanDan

    DanDan Usuário

    315 18 18

    Desde 26 Set 2004
    São Paulo
    adoro carros mais as pessoas precisam parar de comprar veiculos. O governo tem que proteger a industria, concordo, mais tem que munir essa mesma industria de instrumentos para combater os importados, mais acho que o interesse aí não é de se fazer isso e sim de se preservar a arrecadação do imposto em cima desses carros.

    o unico poder que temos é o da total reprovação a uma situação como essas nao comprando os carros.

    um mercado desses parado, o que é dificil de acontecer, as coisas mudariam.

    vamos torcer para um dia a situação ficar insustentável aqui, para que as coisas mudem de vez, por que andar de carroça nao rola, na boa.
     
  15. claudio_fsantos

    claudio_fsantos Usuário

    798 4 18

    Desde 30 Dez 2004
    Americana / SP / BR
  16. Márcio

    Márcio Usuário

    22.712 16 0

    Desde 30 Mai 2002
    Pelotas RS
    Esta medida não foi com a intenção de proteger a indústria, pelo que entendi é temporária, a Argentina está trancando a entrada de produtos brasileiros, existem quase 900.000 pares de calçados brasileiros parados na fronteira com a Argentina, eles estão fazendo o mesmo com a linha branca e outros produtos.
    Aguardemos, é questão de tempo até a Argentina entregar os pontos.
     
  17. claudio_fsantos

    claudio_fsantos Usuário

    798 4 18

    Desde 30 Dez 2004
    Americana / SP / BR
    Fiz uma tabela com os modelos nacionais e importados das montadoras que tem fabrica em nosso Pais (fonte - revista auto esporte)

    Chevrolet Citroen Nacional Importado Nacional Importado Astra Agile Aircross c4 Htch Blazer Camaro C3 C4 Pallas Celta Captiva Picasso C4 Picasso Classic Malibu C5 Corsa Omega Grand C4 Picasso Meriva Montana Prisma S10 Vectra Fiat Ford Nacional Importado Nacional Importado Bravo “500” “250“ Edge Doblo Siena Courier Focus Idea Ecoesport Fusion Linea Fiesta New Fiesta Mille Ka Ranger Palio Punto Strada Uno Honda Mitsubishi Nacional Importado Nacional Importado City Accord L200 L200GL Civic CR-V Pajeto Sport/TR4 Lancer Evo Fit Outlander Pajero Dakar/Full Nissan Peugeot Nacional Importado Nacional Importado Frontier Sentra “207” “307” Grand Livina Tida 207 Passion “408” Livina 207 SW Partner Hoggar Renault Toyota Nacional Importado Nacional Importado Megane Grand Tour Clio Corolla Camry Logan Fluence Hilux Sandero Kangoo RAV4 Symbol SW4 Volkswagen Nacional Importado Go G4 Amarok Golf Jetta Kombi Jetta Variant Saveiro New Beetle CrossFox Space Fox Fox Passat Gol Tiguan Parati Tuareg Pollo (hatch/sedan) Voyage
     
  18. Xann

    Xann Alexandre

    2.630 0 36

    Desde 23 Jan 2010
    Bahia
    Como pode ver, com algumas poucas exceções, TODOS os nossos bons carros vem de fora.

    Vamos sucatear ainda mais o país, minha gente!
     
    #18    
  19. Márcio

    Márcio Usuário

    22.712 16 0

    Desde 30 Mai 2002
    Pelotas RS
    Abenardis, tenha certeza de que não é definitivo, em pouco tempo a Argentina cede.
     
  20. claudio_fsantos

    claudio_fsantos Usuário

    798 4 18

    Desde 30 Dez 2004
    Americana / SP / BR

    Marcio, torco que realmente seja temporario. Mas eu ouvi na CBN que o motivador dessa decisão foi a pressão das montadoras nacionalizadas em relacao a aumento das vendas dos importados, e consequentemente causando perda de uma boa fatia de mercado.

    Bem, vamos aguardar, pois ha muita especulacao.

    Da lista que postei, Nacionais mesmo pouco se salva, como a grand tour, o polo, golf, linea e bravo, corolla, civic, frontier, L200 e Pajero. Poucas opcoes de qualidade, seguranca e conforto aceitavel. Mesmo assim, esses recebem pecas importadas, e acredito se continuar as restricoes, provavelmente os valores irao subir.

    Abracos.

    Claudio Santos.