Brasil

Discussão em 'Política e Economia, Nacional e Internacional' iniciada por Dennis, 14 Mar 2010.

  1. Papillon

    Papillon Usuário Ativo

    Desde:
    30 Jun 2004
    Mensagens:
    8.671
    Obrigados:
    9
    Troféus:
    38
    Localização:
    Sao Paulo _SP
    Agora fica claro que o recorde de colagens de suspeitas já arquivadas torna-se a nova bíblia petista, em qualquer discussão tomarás o livro do Amauri como verdade suprema...
     
  2. placard

    placard High

    Desde:
    29 Mai 2008
    Mensagens:
    4.928
    Obrigados:
    32
    Troféus:
    48
    Localização:
    Sky
    A chave para uma discussão produtiva é a honestidade intelectual. Dirceu rivaliza com Jesus e Kassab se tornou o novo Santo Agostinho neste tópico. Já ri tanto que perdeu a graça... :(

    [​IMG]

    Taí a conta dos lunáticos do Welfare State, que copiaram o besteirol europeu para um país infinitamente mais corrupto: juntou político no privado, não deu outra: gastaram uma enormidade de dinheiro pra fazer uma porcaria que no final ninguém queria de tão ruim, tiveram que vender barato. Era ação de empresa ruim: você vende no prejuízo porque quanto mais espera mais prejuízo dá. A privatização de telecom serviu para parar de perder dinheiro, para ganhar algum dinheiro e, principalmente, para modernizar o setor. Tapou o ralo? CHECK. Ganhou algum dinheiro? CHECK. Modernizou o setor? CHECK.

    Não vou repetir a parte técnica e história, já fiz isso antes. Se quiser tenho incontáveis artigos científicos que acumulei na Internet, além de uns 10 a 20 livros só sobre o assunto (telecom, em energia sou leigo total) que tenho e indico, dentre nacionais e estrangeiros que fui comprando e lendo ao longo dos anos. Não vou ficar repetindo a mesma coisa sempre.

    Se por "grande esforço" você quer dizer "grande metida de mão forçada no bolso do povo para construir uma porcaria cara e ruim". Que eu saiba, nem mesmo legitimidade popular eles tinham pra aprovar a Lei da Telebrás... afinal, não são vocês mesmos que dizem que era uma ditadura ilegítima? Como você pode dizer "nosso esforço"? Eu não concordei, meus pais também não... nem legitimei quem fez aquilo... e tenho certeza que nenhum aqui, até você, também não.

    Então, por favor não diga esforço, diga ônus. Foi um GRANDE ÔNUS nosso, não um grande esforço nosso.
     
  3. JCarneiro

    JCarneiro Usuário

    Desde:
    6 Ago 2007
    Mensagens:
    6.500
    Obrigados:
    2
    Troféus:
    0
    Localização:
    Rio
    Fazer aco de graca na CSN para a maquina de guerra americana,
    e ter a CSN em troca para pagar, isso e ONUS.
    Era um patrimonio publico, nosso, nao de um grupo de empresarios, financiado
    com moeda podre.

    A rede fisica da telerj-rj, tinha sido toda digitalizada ANTES da privatizacao.

    E O APAGAO PRIVATIZADO DE FHC?

    Esta escrito, documentado.
    O presidente do mexico que fez isso foi preso, no peru o cara fugiu para o japao.

    O dia que tivermos um governo sem rabo preso, que tenha uma base legitima, reveremos esses contratos.
     
  4. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Caro Placard:

    1) não tenho nem como contestar tantos livros e artigos, eu mesmo, nos últimos anos, li três pequenos livros e alguns poucos artigos, entretanto, todos os dias, recorro à internet e htforum para ficar atualizado às notícias, tanto política (pois não me prendo só a isso), quanto a tv por assinatura, carros (os mais simples), Tv 3D, bluray, etc. No entanto, não tem como não desmerecer o trabalho do autor do livro "Privataria Tucana"; afinal, pesquisa de campo (e por muitos anos) é muito importante; só ler não é o suficiente.

    2) Quanto as porcarias das estatais, não é que ninguém queria; muitos investidores honestos não tiveram chances porque o filé das privatizações foi direcionado para o ninho tucano, onde, muito deles, ganharam muito dinheiro.
    Porcaria mesmo foi, antes das privatizações, você, eu, e milhões de brasileiros, pagarem aumentos de tarifas (em um país de inflação controlada) de mais de 100% na gasolina, gaz, energia (esse de 150%), telefone (até 500%) e água (que compõem boa parte da renda dos brasileiros), para que muitos tucanos (e empresários ligados a eles) tivessem lucros exorbitantes da pechincha da privataria tucana. É o tal do negócio bom para poucos, vendemos barato agora (quase de graça e, em algumas situações com ônus para nós pagarmos), mais com a ajuda do BNDES e do Banco do Brasil (para financiar/perdoar/doar), os aumentos das tarifas (e que aumentos) e o grande mercado consumidor do País, em médio prazo, estaremos nadando em dinheiro.

    3) Por final, como você indaga "vocês mesmos", em que entendo como petistas, participo-lhe que não sou petista e, muito menos, favorável à ditadura que assolou o País por mais de 20 anos. Entretanto, concordo com você quando me expressei mal, pois nós tivemos um grande ônus durante a ditadura e, posteriormente, durante o governo de FHC, pois mesmo vendendo praticamente todas as estatais, nossa dívida externa aumentou e, a dívida interna, que era para diminuir com a venda das estatais, aumentou em mais de 10 vezes. Haja ÔNUS!!!!!!!!

    Viva la privatización!!!!!!!!!!!!

    Viva la privataria!!!!!!!!!!!!!

    Viva la propinización!!!!
     
  5. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Caro Papillon, arquivadas não por falta de crédito, mas porque ia melar muito mais para muitos parlamentares (oposição e governo) e membros do governo FHC. Mas como vivemos em um país corrupto, onde boa parte dos políticos, membros do ministério público e do poder judiciário tem rabo preso com bandidos, não daria para esperar outra coisa.
     
  6. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Caro SERENI, acho que você não entendeu o que eu disse, não viu o (*). Mas deixa prá lá!!!!!!!!

    Se você em 96 tivesse um OPALÃO 80 (beberrão e batendo válvulas) e estivesse atolado no cartão de crédito e no cheque especial, você o daria (ou melhor, pagaria para se livrar dele) para seu vizinho?

    Se fosse eu (que não entendo nada de mecânica), venderia por um valor acima do de mercado para abater minhas dívidas e passaria a administrar melhor meu apertado orçamento mensal.

    Muitos comprariam um Vectra zero e aumentariam sua dívida.

    Alguns (com comprometimento de ajuda futura) dariam a um grande amigo para rebocar um carrinho de hot-dog na entrada de uma grande universidade e, posteriormente no médio prazo, quando esse amigo estivesse bem financeiramente, lembrar o que você fez por ele e, quem sabe, lhe convidar para ser seu seu sócio em sua empresa que está bombando.

    E você?
     
  7. sereni

    sereni Usuário Ativo

    Desde:
    1 Abr 2007
    Mensagens:
    4.701
    Obrigados:
    1
    Troféus:
    38
    Localização:
    São Paulo /SP/Brasil
    Depois do péssimo resumo foste ainda mais infeliz no exemplo, o que um opalão tem haver com você e sua família depois que ele for vendido ou dado? Nada, muito diferente das estatais que continuam ai produzindo e prestando serviços para a população - e isto é uma das coisas que mais me preocupo com a manipulação de dados e exemplos que podem inferir as pessoas a conclusões precipitadas e errôneas.
    É fácil falar que vende a preço acima do mercado, quero ver é vender ainda mais quando tem prazo. Mas se o opalão para você é custo e não benefício, até mesmo dar pode ser uma saída melhor do que ficar sustentando o bicho - ainda mais se não entende nada de mecânica, assim como o governo que não entende nada de telecomunicações. Fique com aquilo que entende e passou a ter expertise, como a Embrapa por exemplo! Melhor andar de taxi, quem saiba o seu vizinho que ganhou o opalão e que entende de mecânica, reforme o bichão e ainda te faças umas corridinhas a preços razoáveis, pois pegou e transformou em um taxi! Era muito curioso ver estes opalões circulando em Santiago do Chile há uns 7 anos atrás sem soltar fumaça!
    No (*) você fala que não é contra a estatização - Nelson Rodrigues diria que é o óbvio ululante!
     
  8. Papillon

    Papillon Usuário Ativo

    Desde:
    30 Jun 2004
    Mensagens:
    8.671
    Obrigados:
    9
    Troféus:
    38
    Localização:
    Sao Paulo _SP
    Mesquita, são suposições, todas elas, nenhuma de fato comprovada, tenho absoluta certeza que fosse possível o Babalorixá da Banãnia teria extirpado os tucanos do mapa.

    Vale lembrar, um método que foi aplicado para "compensar" a perda de orçamento foram os absurdos impostos sobre esses serviços, conta de Luz e telefonia com absurdos e pesados impostos como o ICMS, olhando minha conta de 300,00 apenas 160,00 são luz o restante impostos, isso sim é um absurdo mas nenhum governo acena nem de longe em desonerar setores básicos como este.

    O grande xororô dos pseudo-progressistas sempre foi a Vale que valorizou absurdamente, porém eles esquecem dos bilhões investidos em captação de recursos, esquecem também que o governo enfiou impostos maiores na mineração pouco tempo antes da privatização (cerca de 30%) o que em menos de 5 anos gerou em impostos mais do que o valor da empresa...baita negócio, ainda mais a considerar que atualmente o governo detém 30% das ações e consegue até demitir o presidente, assim...o governo recebe 30% em impostos e 30% do lucro... ruim demais...usurparam a nação.

    Voltando a este milênio, leiam o artigo do Sandro Vaia no Noblat sobre Demóstenes, muito bom. A PF já chegou a um assessor de Agnello Queiroz que com ajuda da turma do Cachoeira monitorava ilegalmente emails.

    A veja desta semana trás escândalo bilionário no Rio.
     
  9. JCarneiro

    JCarneiro Usuário

    Desde:
    6 Ago 2007
    Mensagens:
    6.500
    Obrigados:
    2
    Troféus:
    0
    Localização:
    Rio
    E o Demostenes não fala?
     
  10. ccaks

    ccaks Usuário Ativo

    Desde:
    28 Abr 2009
    Mensagens:
    2.483
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    36
    Localização:
    RJ
    Da coluna do Jorge Bastos Moreno de hoje no Globo:

    "Quer fazer? Faça! Não ameace.
    Ao contar, logo pra mim, que o escândalo Cachoeira já tinha chegado ao Planalto, a oposição nos deu tempo para blindar o funcionário acusado de representar o bicheiro no coração do poder.
    Trata-se de um importante subchefe de ministério, goiano, e ligado a petistas históricos.
    Na inquirição interna a que foi submetido pelos ministros Gilberto Carvalho e Ideli, perguntado se tinha alguma ligação com Cachoeira, o gajo abriu os braços, como se estivesse estranhando a estranheza:
    - Quem não teve?"

    Na mesma coluna:

    "Demóstenes, na conversa de despedidas com o comando do DEM:
    - O pior está por vir."


    A propósito, cadê o Cabral? Na França? No Vaticano? Já são 5 mortos na Serra!
     
  11. placard

    placard High

    Desde:
    29 Mai 2008
    Mensagens:
    4.928
    Obrigados:
    32
    Troféus:
    48
    Localização:
    Sky
    Não é o tipo de coisa que gosto de ler. Acho que se é pra comprar livro, meu tempo pode ser muito mais bem gasto. Eu desmereço livros com títulos apelativos como Privataria Tucana e O Chefe. Claramente, os fatos ficam no banco de trás para privilegiar a politicagem.

    Essa tive que dividir...

    1. Acho que você quis dizer "não tem como desmerecer", certo? "Não tem como não desmerecer" significa que o único caminho é desmerecer. Negativa da negativa. Não ser não x é igual a x, ou ¬(¬x) <=> x. Um macete pra você nunca mais errar: toda vez que tiver dois nãos, você remove os nãos: [não] tem como [não] desmerecer... portanto, no Universo dos fatos, o único caminho restante é "tem como desmerecer"... que se traduz gramaticalmente na frase "a única possíbilidade é ter como desmerecer".

    2. Desmereço. É um livro de politicagem com um título tacanho, vulgar. Precisa dizer mais alguma coisa? É como "O Chefe" e similares.

    3. Sua racionalização e conclusões entre leitura e pesquisa de campo são deficientes:

    3.1. Não cabe a nós aqui a pesquisa de campo. Estamos "just fine" com a "leitura" (inclusive pesquisa bibliográfica).

    3.2. É possível avaliar métodos de pesquisa de campo apenas lendo. Embora, em especial em política, a pesquisa de campo seja importante para criar novas teorias/argumentações, a leitura pode vezes basta para desprovar ou afirmar a inconclusividade da tese. Não sei se é o caso desses livros, mas enfim... nisso Papillon, você e outros podem conhecer os fatos melhor que eu certamente. Sim, não estou dizendo que você errado, apenas digo que não sei.

    3.3. A mesma crítica (errada, por sinal) caberia a você, já que eu não estou exigindo que você faça pesquisa de campo em Direito Regulatório e Telecomunicações. E nem poderia.

    3.4. Quanto ao "só ler não é o suficiente", espero não ter sido uma indireta pessoal. ;)

    Mas age como um. Prove-me o contrário: cite 5 casos que, pra você, mostram o PT de forma grotescamente corrupta, sem mencionar PSDB/DEM. Vocês não conseguem. Dá um tilt, vai contra o dogma e cartilha. Eu cito vários do PSDB, até porque pra mim são todos iguais.

    Sempre tem gente querendo sucata, basta acertar o preço. Digam qualquer coisa, o mundo inteiro reconhece o acerto da reforma estatal, ainda que a trancos e barrancos. Tenho arrepios só de imaginar uma Telebrás hoje, depois do ex-governo niilista que tivemos. Seria mais uma fonte de corrupção, escoamento de impostos e escândalos.

    Quanto ao opalão, odeio falar por analogia. Quase sempre é apenas um jeito de repetir o mesmo argumento já disputado em cenários diferentes, sem explicar como as características comuns dos casos principal e análogo autorizam as mesmas conclusões. Nào comentariei.

    [']s
     
  12. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Caro Placard, não precisa ficar nervoso. Não estou disputando nada nesse forum, muito menos com você. Também não tenho que passar recibo do meu voto. Políticos bandidos tem nos dois lados (e no meio). O que tenho é uma simpatia pelo ex-presidente LULA e a atual (DILMA) e desprezo a muitos políticos do governo e da oposição; a começar pela arrogância do José Dirceu e a falta de vergonha do Demóstenes Torres.

    Comigo não tem essa de voto em porteira fechada, voto naquele que acho ser um bom candidato, apesar das decepções que muitos cometem (como por exemplo o DEMÓSTENES que enganou/decepcionou os eleitores goianos e os demais brasileiros). Nas últimas eleições votei em candidatos de 3 partidos diferentes e, por incrível que pareça (apesar de morar no Goiás, voto do DF), estava balançando (antes do escândalo do mensalão/propinoduto do DEM/DF) para votar no ARRUDA (outra decepção) para governador.

    Também não sou cego, quando vejo uma coisa ruim no governo que tem meu apoio, não tenho vergonha de falar: por exemplo, nunca concordei com a política externa do governo LULA, na batuta do ex-chanceler Celso Amorim (atual DEFESA), nos relacionamentos com os presidentes da Bolívia, Venezuela e Irã e de não ser firme em expulsar do governo aqueles que cometeram irregularidades.

    ---------- Mensagem adicionada às 19:24 ---------- Mensagem anterior foi enviada às 19:18 ----------

    Depois da falta de cortesia e de não entender novamente, passemos a régua e seguimos em frente!!!!!!!!!!!!!!!!!
     
  13. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Após o Banco do Brasil e CEF anunciarem cheque especial a 1,35% a.m, financiamento de veículos a 0,99% a.m, crédito consignado a 0,74% a.m e juros do cartão de crédito a 3% a.m, agora os bancos privados querem sentar com o governo para negociar.

    BRASÍLIA &#8212; Sob pressão, depois do anúncio da derrubada dos juros pelo Banco do Brasil (BB) e pela Caixa Econômica Federal, os bancos privados, que já tinham sido convocados pelo governo, irão a Brasília na próxima terça-feira apresentar um conjunto de sugestões para reduzir o custo do crédito no país. Eles querem mudanças no Cadastro Positivo (que permite aos bancos conhecer o histórico do cliente); medidas para facilitar a execução da dívidas de inadimplentes; e permissão para que os tomadores possam oferecer como garantia quotas de previdência privada; além de redução de impostos.VEJA TAMBÉM

    O conjunto de medidas foi elaborado por um grupo de trabalho, formado por diretores da área de crédito e risco dos bancos privados, coordenado pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).


    Leia mais sobre esse assunto em
     
  14. Cubas

    Cubas Usuário Ativo

    Desde:
    20 Jan 2008
    Mensagens:
    10.493
    Obrigados:
    6
    Troféus:
    38
    Localização:
    Brasilia/DF/Brasil
    Eu sempre falei que a questão do spread bancário podia ser facilmente resolvido com a utilização do BB e CEF... taí a prova... os banqueiros estão pedindo arrego.

    Parabéns à Dilma, muito melhor que o molusco.
     
  15. Arthurvictor

    Arthurvictor Usuário Ativo

    Desde:
    15 Mar 2009
    Mensagens:
    2.415
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    36
    Localização:
    Belo Horizonte/MG/BRASIL
    Essa é boa....

    MERGULHADO EM DENÚNCIAS, DEMÓSTENES QUEBRA O SILÊNCIO PARA CRITICAR DILMA

    http://josiasdesouza.blogosfera.uol...io-para-criticar-pacote-de-dilma-na-internet/


    A Dilma, do alto da sua popularidade 77%, deve estar muito preocupada mesmo com essas críticas....


    O último parágrafo é impagável:

    "...Com água pelo nariz, as caldeiras explodindo do seu lado, os tubarões entrando pelas escotilhas, Demóstenes mantém-se agarrado ao trombone enquanto afunda. Quando cair em si, estará tocando suas últimas notas: &#8220;Glub-glub-glub&#8230;&#8221;"
     
  16. placard

    placard High

    Desde:
    29 Mai 2008
    Mensagens:
    4.928
    Obrigados:
    32
    Troféus:
    48
    Localização:
    Sky
    Isso se chama discussão pública, onde pessoas questionam e expõem as razões disso, e as outras respondem se quiser. Ao que estou sendo fiel, de forma educada e racional. Você que está (como sempre) trazendo à tona questões emocionais irrelevantes.

    Mas desculpe se fujo de foco... inexiste objeto para disputa no tópico, e ninguém pediu recibo. Apenas pedi que citasse os 5 casos. Apenas infiro sua parcialidade da sua dissonância cognitiva notória, que o impediu de citar 1 caso sequer, mesmo admitindo que "bandidos tem nos dois lados".

    Concluo, portanto, que a palavra não reflete o pensamento. Eu apenas quis levar você a demonstrar, por suas palavras, tal contradição, algo que já é evidente para qualquer um. Fico por aqui.

    [']s

    ps.: Cubas, Dilma é bem melhor que Lula. Tenho simpatia ao menos pela postura mais séria e sóbria, compatível com o cargo.
     
  17. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Caro Placard, você está sendo fiel com os elogios à DILMA? Se está, acho que você também deve estar com dissonância cognitiva, pois DILMA é do PT e, a forma como você trata os petistas (conforme visto nas últimas páginas), pelo menos para mim, não são simpáticas e educadas.

    Mais se não está, releve-me, pois quem sofre mesmo de dissonância cognitiva é o Demóstenes.

    Aproveitando a situação, já que você me deu um macete (quer dizer uma aula) sobre "Não tem como não desmerecer" em que mencionei um não a mais e caí em contradição (fui muito burro), vou também te passar uma macete (de 3ª categoria) sobre o seu último parágrafo, já que, pelas suas últimas postagens, acredito que você escreveu errado.

    Quando não se gosta de alguém ou de certo governo em relação a outro que tem desgosto maior ainda, fala-se, fulano é bem menos pior que beltrano e não, que fulano é bem melhor que beltrano.

    Ou seja, você devia ter falado: "Cubas, Dilma é bem menos pior que Lula."

     
  18. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Caro Cubas, acho que no Brasil não me lembro de medidas como essas; não precisam nem serem aprovadas no Congresso Nacional; ainda bem, pois, se fosse necessário, os banqueiros iriam comprar os corruptos e as medidas nem chegariam à votação.


    Acho também, que a médio prazo, com a oferta casando com a demanda (inflação controlada), o governo diminuindo bruscamente a dívida interna e passando a ter superávit nominal (e não só primário) e a taxa de desemprego caindo mais ainda, a tendência é diminuir mais os juros, pois haveria espaço para isso.

    O que não estava dando mais era os bancos privados e estatais ganhado alguns deles, mais de R$ 10 bi por ano. Agora, se o governo não voltar atrás com a choradeira deles na 2ª feria, eles vão ter que se virar, quer dizer, ganhar uns bilhões a menos por ano ou perder mercado para o B.B e a CEF. Restará saber se os bancos estatais terão estrutura para isso.

    De tanto a Camila Pitanga aparacer neste Domingo da TV, a CEF na semana que vem vai estar lotada mais ainda!!!!!!!
     
  19. sereni

    sereni Usuário Ativo

    Desde:
    1 Abr 2007
    Mensagens:
    4.701
    Obrigados:
    1
    Troféus:
    38
    Localização:
    São Paulo /SP/Brasil
    É brincadeira, criticam a privatização e acham nojento a forma que foi feita a estatização - é o samba do crioulo doido - e depois fala que os outros é que não entendem, mas em uma coisa concordamos - bola prá frente que atrás vem gente..., afinal considerar um opalão o mesmo trato de uma telefonia exige um esforço aquém da minha capacidade!
     
  20. mesquita40

    mesquita40 Usuário

    Desde:
    11 Set 2009
    Mensagens:
    736
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Novo Gama/Goiás/Brasil
    Sereni, me expressei erradamente, na realidade quis dizer privatização, mesmo porque, não me lembro, no Brasil, empresas que foram privatizadas por FHC e, posteriormente, nos governos LULA/DILMA, terem sido estatizadas (caso saiba de alguma me avise), mas pela sua alta capacidade de entender as coisas, acho que você entendeu o que quis dizer, mesmo que erradamente.

    No mais, ainda bem que FHC não privatizou o B.B e a CEF, pois, caso isso tivesse ocorrido, as medidas que os dois bancos tomaram de baixar radicalmente os juros, por pressão da Presidente DILMA, jamais seriam adotadas e, eternamente, ficaríamos nas mão dos banqueiros agiotas.


    Tenha uma boa noite!!!!!!!!
     

Compartilhar esta Página