Disjuntor para instalar ar condicionado

Discussão em 'Racks, Ar Condicionado e Decoração' iniciada por mfbarros, 23 Mai 2010.

  1. mfbarros

    mfbarros Usuário

    Desde:
    22 Mai 2010
    Mensagens:
    4
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    São Paulo
    Pessoal:
    Comprei 2 aparelhos de ar condicionado Fujitsu Inverter, um deles é de 24.000 BTU quente/frio, e o outro de 30.000 BTU apenas frio.
    Antes que venha o instalador, meu eletricista precisa preparar o local, deixando os pontos de 220 V disponíveis por perto.
    Pergunto (pois eu não sei e o eletricista também não tem certeza):
    Qual disjuntor deve ser utilizado? (minha caixa tem disjuntores daqueles branquinhos, da Siemens) . . . qual especificação? . . . qual amperagem?.
    Se alguem soubver, por favor, me ajudem.
    Um abraço.
     
  2. jairo bertoni

    jairo bertoni Usuário Ativo

    Desde:
    24 Jun 2008
    Mensagens:
    3.645
    Obrigados:
    21
    Troféus:
    38
    Localização:
    ituiutaba/mg/brasil
     
  3. mfbarros

    mfbarros Usuário

    Desde:
    22 Mai 2010
    Mensagens:
    4
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    São Paulo
    Obrigado pela ajuda e orientação, tenho uma curiosidade: como você calcula isso? Como sabe a diferença entre os dois?
     
  4. jairo bertoni

    jairo bertoni Usuário Ativo

    Desde:
    24 Jun 2008
    Mensagens:
    3.645
    Obrigados:
    21
    Troféus:
    38
    Localização:
    ituiutaba/mg/brasil
    pela amperagem ou potencia de trabalho que vem especificada na etiqueta de dados tecnicos do condicionador ou pelo manuais de instalação mais a margem de segurança...prefiro os siemens ou telemechanique pois no sistema europeu de normas tecnicas,a resposta a um curto circuito ou a elevação da amperagem por qualquer motivo é muito mais rápida(quick lag ou arco de abertura) do que as normatizações dos disjuntores americanos ,mas estou afastado dessa area a muito tempo ,pode ser que isso tenha mudado,não sei.

    mas um eletricista ou uma loja de material eletrico te orientará na hora da compra é só vc olhar a etiqueta da unidade externa(condensadora) do condicionador e passar pro vendedor que o disjuntor seria pra tantos amperes de trabalho ele com certeza te orientará da melhor forma.

    no caso de condicionador inverter´s só vem com a potencia maxima que no caso do da 24k no modo frio 2.270w(maximo) no modo quente frio 2.197w e no 30k no modo frio 2,600 w(maximo) e no quente 2.629 w

    um grande abraço jairo
     
  5. mfbarros

    mfbarros Usuário

    Desde:
    22 Mai 2010
    Mensagens:
    4
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    São Paulo
    Obrigado mais uma vez.

    Depois de instalado eu digo como ficou.

    Um abraço.
     
  6. mfbarros

    mfbarros Usuário

    Desde:
    22 Mai 2010
    Mensagens:
    4
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    São Paulo
    Prezado Jairo, Prezados Amigos,
    Vou colocar aqui mais uma dúvida.
    Quando fiz a pergunta sobre especificação dos disjuntores, também havia feito a mesma pergunta no site da Fujitsu (suporte-Fujitsu General). Agora veio a resposta deles, dizendo para colocar disjuntor de 30 A em ambos os aparelhos.
    Minhas perguntas:
    Coloco de 30? Ou de 25 e 20 como orientado anteriormente?
    Já vi que Siemens não existe de 30A mas de 32A, é a mesma coisa?
    Também vi que deve-se usar disjuntor de curva C.
    Aí, perguntei . . . agora no site da Siemens (a pergunta vale para 32A, 25A e 20A), qual a diferença nos disjuntores 5SX1 e 5SX2 (pois há esses 2 tipos de curva C), e a resposta que veio é de que a diferença está na sua corrente de interrupção. O primeiro tem uma corrente de 5kA, em 220V, enquanto o segundo seria de 18kA. Orientaram que entre em contato com o fabricante do ar-condicionado para saber qual modelo se compatibiliza com a instalação desejada.
    O que eu faço? . . .
    Obrigado mais uma vez !!!:seila::seila:
     
  7. Helio.

    Helio. Refinando...

    Desde:
    2 Nov 2006
    Mensagens:
    10.205
    Obrigados:
    19
    Troféus:
    0
    Localização:
    SP/SP/BR
    Pelo site da Fujitsu, seus aparelhos devem ser o ASBA30J e o ASBA24L

    Por esta tabela no site da Fujitsu:

    [​IMG]

    O ASBA30J consome 2600W e o ASBA24L 2350W (ar quente).

    A amperagem (a 220v) que o ASBA30J demanda é de cerca de 12A, e o ASBA24L de cerca de 11A.

    (Erroneamente eu tinha postado antes que a amperagem (a 220v) que o ASBA30J demanda é de cerca de 7A, e o ASBA24L de cerca de 6A.)



    Sinceramente? Dois disjuntores curva C de 16A para cada aparelho (4 disjuntores no total) estariam mais que suficiente. 20A seria o habitual, aumentando a folga.

    Ou coloque 2 disjuntores de 32A curva C e ligue os dois aparelhos neles. Mas eu prefiro separar os circuitos.

    Se colocam disjuntores de maior capacidade para evitar do disjuntor cair na hora de ligar o aparelho, quando a corrente dá um pulo para cima. Só que isso implica em, caso o aparelho tenha problema, na inconveniencia do disjuntor só desarmar quando for tarde demais. Ou não desarmar, e o aparelho queimar...

    E eu ficaria com o 5SX1 mesmo. O outro provavelmente é para uso em motores elétricos.
     
  8. jairo bertoni

    jairo bertoni Usuário Ativo

    Desde:
    24 Jun 2008
    Mensagens:
    3.645
    Obrigados:
    21
    Troféus:
    38
    Localização:
    ituiutaba/mg/brasil
    pra essa sua capacidade tenho visto nas minhas instalações,20 amp curva c pra o de 24k ,e pra o de 30 k um de 25 ampere também curva c

    no caso eu geralmente encontro já pronto dessa maneira e quando eu instalo também coloco essa amperagem ..mas me parece que nosso colega deve ser engenheiro eletricista ou é do ramo e está falando com propriedade ..essa tabela eu tenho ,mas sinceramente em minhas instalações ou de outros instaladores pra essa capacidade de seus condicionadores foram esse os disjuntores que encontrei ou vi instalados

    minha intenção não é polemizar de maneira nenhuma e acho que o colega helio é super responsavel ,então taí a dica e duvida sanada

    um grande abraço jairo
     
  9. Helio.

    Helio. Refinando...

    Desde:
    2 Nov 2006
    Mensagens:
    10.205
    Obrigados:
    19
    Troféus:
    0
    Localização:
    SP/SP/BR
    Jairo, não sou engenheiro elétrico, fiz engenharia civil, mas me considero mais um curioso ;)

    Para ser seguro, o disjuntor não deve suportar uma carga muito maior que a nominal dos aparelhos - senão, ele perde a sua função, que é proteger o aparelho e o circuito.

    Como os aparelhos são de 6, 7A, não tem sentido, do ponto de vista da segurança do aparelho, colocar um disjuntor 4, 5 vezes maior que a carga dele. O aparelho vai queimar e o disjuntor não vai desarmar. Por isso que sugeri 10A - tem 50% a mais de margem para eventuais variações dos aparelhos.

    O motivo que os eletricistas colocam disjuntores maiores é para evitar o desagradável problema de, instalou o aparelho, liga e o disjuntor cai. Parece que o disjuntor é inadequado para o aparelho, e que ele não entende nada. Então ele coloca um disjuntor maior, tudo funciona, ele recebe e vai embora. Afinal, as pessoas querem que funcione, não estão interessadas em como e porque funcionam.

    Porque fiz esta digressão? Aparelhos de carga indutiva, como geladeiras, motores, etc., quando ligam, tem um pico de corrente, "puxando" por um breve instante muito mais corrente que sua corrente nominal. Então, se o disjuntor não aguentar este pico momentâneo de corrente, ele desarma. Isso são as curvas - a curva B aguenta de 3 a 5 vezes a carga nominal, e curva C aguenta de 5 a 10 vezes.

    OU seja, se seu aparelho de 7A está num circuito com um disjuntor de 10A curva B, isso significa que o disjuntor vai proteger uma corrente contínua de 10A, mas que ele não desarma em picos curtos de 30A a 50A.

    Se for um disjuntor de 10A curva C, o circuito funciona nominalmente a 10A, e aguenta picos de 50A a 100A. No seu caso, este circuito aguentaria picos momentâneos de 7 a 16 vezes a carga de seus aparelhos. Acho que é suficiente ;)

    Se quiser ser mais "conservador", coloque disjuntores de 13A, 16A ou mesmo 20A. Mas usar de 25A ou 32A é desnecessário e, por que não? ineficiente. Eles não vão proteger em nada seus aparelhos.

    Ah, antes em falei em comprar 4 disjuntores. É mais seguro comprar 2 disjuntores bipolares. A vantagem é que, se uma fase cair, a outra cai junto, evitando choques. Seu eletricista provavelmente vai falar que usar 2 disjuntores é a mesma coisa que usar um bipolar, que basta colocar a chapinha, mas nem toda chapinha de ligação funciona direito, sem contar o fato que eles normalmente "esquecem" de colocar a chapinha de ligação unindo as chaves dos dois disjuntores. Gaste um pouquinho mais, e compre bipolares neste caso. (y)
     
  10. jairo bertoni

    jairo bertoni Usuário Ativo

    Desde:
    24 Jun 2008
    Mensagens:
    3.645
    Obrigados:
    21
    Troféus:
    38
    Localização:
    ituiutaba/mg/brasil
    sim concordo contigo ,sobre picos de energia on /off que não é caso dos inverter´s ,mas como já não trabalho com instalações eletricas a muito tempo ,só alguma coisa meio free pra amigos ,já não tenho as pastas de normas tecnicas de bitolas X distancias Xpotencia ou ampere da concessionária de energia..

    ..o que me intriga no caso específico do condiconamento ,quando engenheiros eletricistas alguns amigos meus outros não, me indagam sobre essa questão da potencia ou amperes por condicionadores ,pra efeito do calculo de carga,mais proteção etc ,nas plantas eletricas encontro sempre essas amperagens de proteção que passei para o colega, quase todos com curva c

    já polemizei com esses engenheiros a esse respeito pois a gente usando a primeira lei de ohm que vc deve conhecer ,chega-se a esses resultados,alguns engenheiros jogam cerca de 30 % na carga conhecida ,que dizem ser pra margem de segurança,,

    mas se vc usar a formula ,vc chega a resultados de amperagem de proteção bem menores do que a indicada por eles (engenheiros)olha posso estar sendo injusto com alguém,e essa não é nunca minha intenção ,estou postando minha experiencia ,nunca e nem querendo que isso seja verdade ,mas buscando a mesma em benefício de todos ,inclusive pra mim,mas tenho acesso aqui na faculdade de eletrica,vou perguntar pra um amigo meu ,fazer um up date rsrsrsrsr

    inclusive se não não me falha a memória nos proprios manuais das concessionárias de energia os valores que se encontra no calculo da carga total e os disjuntores de proteção individuais ou circuitos batem com esses valores que eu passei para o colega

    quando eu ainda calculava cargas pra algum empreendimento(a uns 15 anos atras) ,principalmente nessa questão da proteção individual sempre fiz o calculo baseado na logica das grandezas encontradas ,mesmo com a margem de segurança , e eles pediam( o responsável tecnico da obra) para substituir ou instalar disjuntores maiores ou aumentar a amperagem de proteção... deixei de polemizar com eles ...

    o que eu posso fazer para o colega é ele ligar na "fonte" na matriz da fujitsu aqui no brasil e conversar com o Takao ou vidigal no fone 011 3149 57 00

    claro que pedimos a ele dar um retorno pra gente .

    obrigado pelo seu post,vamos ficar no aguardo . se ele não fizer isso na segunda feira eu ligo lá ...isso tô fazendo pra informar certo pro colega ,e também instalar corretamente nas minhas montagens

    um grande abraço jairo
     
  11. Denervaljr

    Denervaljr Usuário

    Desde:
    5 Dez 2007
    Mensagens:
    256
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Salvador/Bahia/Brasil
    Amigos, pelo pouco que entendo pois ainda sou estudante de engenharia mecatronica ( 8 semestre ), a margem de segurança na corrente elétrica em instalações de equipamentos que geralmente é de 30% podendo chegar às vezes a 50% em equipamentos mais criticos como na área médica, é para os condutores, conecotres, filtros, chaves entre outros, essa regra não se aplica a dispositivos de segurança tipo disjuntores ou fusíveis. Acredito que isso é que faça confusão em alguns projetos, principalmente em projeto de condicionadores, fornos e equipamentos que exigem uma corrente maior.(y)

    Abraços,

    Denerval Junior.

    ---------- Mensagem adicionada às 15:30 ---------- Mensagem anterior foi às 15:19 ----------
     
  12. Helio.

    Helio. Refinando...

    Desde:
    2 Nov 2006
    Mensagens:
    10.205
    Obrigados:
    19
    Troféus:
    0
    Localização:
    SP/SP/BR
    Jairo, eu acho que tem muito do hábito, e de repetirem sem se preocuparem de onde vem o número. "Ah, se usava a 15 anos disjuntores de 20A? Então vamos usar 20A!"

    Poucos se preocupam com o fato dos disjuntores antigos serem mais imprecisos, suportarem menor carga de pico, dos aparelhos serem menos eficientes energicamente...

    Antigamente se dimensionava 60W ou 100W de iluminação por cômodo. Creio que continua isso, só que hoje em dia muitos usam as lâmpadas econômicas, que tem 1/6 da potência. Com isso, os circuitos de iluminação acabam ficando superdimensionados, por exemplo. ;)

    Por outro lado, me lembro que uns 30 anos atrás, chuveiros elétricos "fortes" eram de +/- 4000W. Para isso, um disjuntor de 25A era suficiente. Hoje, com chuveiros de 6400W, tem que colocar 40A.
     
  13. simbiaque

    simbiaque Usuário

    Desde:
    30 Jan 2009
    Mensagens:
    124
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    salvador
    Boa tarde pessoal, eu gostaria de pedir licensa no topico do amigo e também tirar uma dúvida com relação ao disjuntor. meu equipamento chegou e ainda não esta instalado.

    Comfee 12.000 btu`s frio
    ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
    -Capacidade de Refrigeração: 12.000 btu/h
    -Voltagem: 220V
    -Consumo: 25,6 KW/h mês
    -Potência: 1217 W
    -Compressor: rotativo
    -Vazão do Ar: 550/470/380 m³/h

    qual disjuntor utilizar nesse caso? deve ficar na caixa proximo do aparelho ou no proprio quadro de distribuição?

    muito obrigado (y)
     
  14. Helio.

    Helio. Refinando...

    Desde:
    2 Nov 2006
    Mensagens:
    10.205
    Obrigados:
    19
    Troféus:
    0
    Localização:
    SP/SP/BR
    Fiz a conta errada, e não reparei!

    Com o ASBA30J consumindo 2600W e o ASBA24L 2350W (ar quente), as amperagens corretas (a 220v) que o ASBA30J demanda é de cerca de 12A, e o ASBA24L de cerca de 11A.

    Sendo assim, os disjuntores mais adequados para estes aparelhos seriam de de 16A (o que eu colocaria) ou 20A (o que habitualmente se coloca).

    Ou seja, o dobro do que escrevi antes. Me desculpem :mal: :mal: :mal:

    Vou corrigir os textos anteriores, mas frisando que errei.
     
  15. Helio.

    Helio. Refinando...

    Desde:
    2 Nov 2006
    Mensagens:
    10.205
    Obrigados:
    19
    Troféus:
    0
    Localização:
    SP/SP/BR
    No seu caso, 1217W / 220V = 5,6A. Portanto, considerando uma folga de segurança, um disjuntor bipolar de 10A curva C (ou 2 disjuntores de 10A) deve dar conta do recado.

    Não faz diferença onde instalar o disjuntor, se próximo ao aparelho ou na caixa de disjuntores. E coloque um fio de bitola adequada (y)
     
  16. jairo bertoni

    jairo bertoni Usuário Ativo

    Desde:
    24 Jun 2008
    Mensagens:
    3.645
    Obrigados:
    21
    Troféus:
    38
    Localização:
    ituiutaba/mg/brasil
    se houver espaço no centro de distribuição vc deve utiliza-lo,coloque dois disjuntores uni polar ou um bi polar curva c siemenns entre 12 a 15 amperes

    um grande abraço jairo
     
  17. simbiaque

    simbiaque Usuário

    Desde:
    30 Jan 2009
    Mensagens:
    124
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    salvador
    Muito obrigado pela resposta Helio (y)
    vou utilizar fio de 6mm ou 4mm se for o caso.

    forte abraço.

    edit. opa Jairo você respondeu enquanto eu digitava, pronto esta anotado amanhã vou providenciar alguns itens que estão faltado para finalizar os ajustes e então seguir com a instalação.

    muito obrigado
     
  18. Bianor

    Bianor Usuário

    Desde:
    18 Mar 2010
    Mensagens:
    8
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Rio das Ostras - RJ
    Pessoal ninguem ai se lembrou que o aparelho inverter não da pico de corrente na partida. Coloquei 4 siemens bipolar B16 e o instalador jurou que tinha que trocar para disjuntor curva C etc. Mandei ligar e pronto já faz um ano funcionando, tres aparelhos um de 12 dois de 9 e breve um de 24.
    Sds
     
  19. jairo bertoni

    jairo bertoni Usuário Ativo

    Desde:
    24 Jun 2008
    Mensagens:
    3.645
    Obrigados:
    21
    Troféus:
    38
    Localização:
    ituiutaba/mg/brasil
    a curva c é o tempo de resposta que o disjuntor teria pra um provavel curto circuito ou elevação da amperagem seria a grosso modo um tempo de resposta mais rapido ...por isso eu indico e coloco nas minhas instalações esse tipo de disjuntor como preventivo de uma eventual falha....jairo
     
  20. Helio.

    Helio. Refinando...

    Desde:
    2 Nov 2006
    Mensagens:
    10.205
    Obrigados:
    19
    Troféus:
    0
    Localização:
    SP/SP/BR
    Curva não é ó tempo de resposta - é o pico de carga que um disjuntor aguenta durante a partida sem desarmar. Há uma variação no tempo de resposta, mas isso não é o mais significativo.

    A principal diferença entre as curvas B e C é que os disjuntores de curva B devem atuar para correntes de curto-circuito entre três e cinco vezes a corrente nominal, e os de curva C devem atuar entre cinco e dez vezes a corrente nominal. (y)

    [​IMG]
     

Compartilhar esta Página