Lei que obriga carros nacionais a ter airbag e ABS será aprovada em janeiro.

Discussão em 'Mecânica, Manutenção e Acessórios' iniciada por CCPinho, 28 Dez 2008.

  1. CCPinho

    CCPinho Pre + Power= Caminho sem volta

    Desde:
    18 Jul 2007
    Mensagens:
    2.166
    Obrigados:
    22
    Troféus:
    38
    Localização:
    Atualmente em Vitória-ES
    Será que agora vai???? tomara !!!(y)

    "Apesar de protestos por parte das montadoras, começam a vigorar a partir do ano que vem, resoluções que tornam obrigatória a instalação de vários itens de segurança nos automóveis. A inclusão dos equipamentos de segurança vitais como freio ABS, air bag e até mesmo o brake light devem encarecer o carros em em quase R$ 4 mil.


    Os executivos das grandes montadoras brasileiras consideram a segurança um requisito muito importante, mas na opinião deles, quem deve escolher por ter ou não os sistemas em seus veículos são os consumidores.


    Em janeiro, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) deve aprovar a obrigatoriedade de todos os carros, inclusive os populares, de saírem de fábrica com ABS (sistema antibloqueio de frenagem) e airbag, bolsa inflável que evita o choque do corpo com o volante ou pára-brisa. Hoje, como opcionais, os dois itens custam entre R$ 2,8 mil e R$ 3 mil.



    A instalação dos itens não será imediata. A pedido da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), cada montadora pode determinar os modelos que receberão os equipamentos primeiro, sendo que devem respeitar a seguinte regra: a partir de janeiro de 2011, 20% dos veículos deverão sair de fábrica com ABS, subindo para 40% em 2013 e 100% em 2014. Já para o air bag, o cronograma a ser seguido é: 15% dos carros produzido devem estar com o equipamento em janeiro de 2012, 30% em 2013 e para 100% em 2014.



    Especificamente para os automóveis de passeio e comerciais leves, a inclusão do Air bag começa antes. Em agosto de 2009, o percentual de 20% da produção deve receber o equipamento, índice que sobe para 40% em fevereiro de 2010 e 100% em agosto do mesmo ano. O rastreador via satélite também é item que passará a ser obrigatório de fábrica."


    Fonte: Jornal O Estado de S. Paulo e G1

    PS: AS RESOLUÇÕES DO CONTRAN QUE TRATAM DAS MATÉRIAS EM TELA SÃO:

    ABS - Nº 312

    AIR BAGS - Nº 311

    AMBAS FORAM PUBLICADAS EM 07/04/2009.
     
  2. Márcio

    Márcio Usuário

    Desde:
    30 Mai 2002
    Mensagens:
    22.712
    Obrigados:
    8
    Troféus:
    0
    Localização:
    Pelotas RS
    Pinho, esta estória de R$4000 é balela, a renault vendia o airbag duplo para o clio por R$900, custa caro porque eles ganham muito.
    Outro ponto é que com o aumento da demanda a produção acabará sendo feita no Brasil e com o aumento da escala os preços reduzidos.
    Torço para que tudo corra bem, está cada vez mais dificil comprar um carro compacto com airbag, é preciso esperar dois ou três meses.
     
  3. Cubas

    Cubas Usuário Ativo

    Desde:
    20 Jan 2008
    Mensagens:
    10.504
    Obrigados:
    6
    Troféus:
    38
    Localização:
    Brasilia/DF/Brasil
    Taí a melhor notícia da entrada do novo ano que se inicia !!!
    O que se gasta no país com as despesas de saúde provocadas nas estradas brasileiras é um absurdo... pq isso não veio antes ? essa é a pergunta que não quer calar.


    ...
     
    #3    
  4. gujanuario

    gujanuario Membro

    Desde:
    8 Jan 2005
    Mensagens:
    3.173
    Obrigados:
    29
    Troféus:
    48
    Localização:
    São Bernardo do Campo_SP
    Concordo plenamente com os executivos, quem tem que tomar a decisão sobre esses itens são os consumidores, agora vão enfiar guela abaixo esses itens em nós e colocar o preço lá em cima, deve ser uma forma de compensar a redução do IPI, imaginem um MILLE Economy com freios ABS e Air Bag por quase 30 pilas :rofl: Que ridiculo, existem coisas que não foram feitas para determinadas coisas, essa é minha opinião.
     
  5. msouza

    msouza Usuário

    Desde:
    6 Nov 2005
    Mensagens:
    2.875
    Obrigados:
    5
    Troféus:
    0
    Localização:
    Sao Paulo, SP, Brazil
    É eu acho que tinha que baixar o imposto de importação de peças que sejam importadas, ou de alguma forma subsidiar isso ai... Pq carro popular já é ruim e CARO PACAS, imagina agora obrigando todos a Terem ABS e AirBag ? Um Celtinha vai custar o preço de um New Civic. kkkk

    Acho esses Itens indispensáveis. Com meu antigo Peugeot, que não tinha Airbag, já deslisei na Chuva VARIAS vezes, por sorte nenhum acidente, mas mesmo tipo, entrando numa curva e um logo um carro parado na frente, eu tendo que freiar rapido, o carro ia embora patinando na chuva... depois que troquei por um carro com ABS, nunca mais tive esse tipo de susto. Aumenta muito a segurança em dirigir, mesmo nessas situações "corriqueiras".
     
  6. Márcio

    Márcio Usuário

    Desde:
    30 Mai 2002
    Mensagens:
    22.712
    Obrigados:
    8
    Troféus:
    0
    Localização:
    Pelotas RS
    ABS e AIRBAG não são caros assim, aqui eles custam caro porque os fabricantes não querem oferecer a opção, exatamente porque a maior parte dos consumidores não faz questão.
    No momento que estes ítens vierem em todos os carros o preço irá desabar, e carros como celta/corsa classic e uno irão desaparecer.
    Na Europa não é obrigatório, mas o índice minimo de segurança exigido obriga, nos EUA primeiro o airbag frontal se tornou obrigatório, agora também é obrigatório o lateral.
    No mundo inteiro o consumidor é irresponsável, dependendo do local mais ou menos.
    Esta lei protege quem anda de carona com o proprietário que não iria querer pagar pelos ítens de segurança, protege o governo porque o sistema público irá atender uma menor quantidade de acidentados ou com ferimentos de menor gravidade.
    Também irá proteger quem está dirigindo um carro que não se envolveu em algum acidente porque o carro que iría provocar o possível acidente possui abs.
    Sou totalmente a favor da obrigatoriedade, até porque hoje tenho um clio com airbag, sem abs, pelo que vejo no mercado está cada vez mais dificil comprar um compacto com estes equipamentos.
    Não existem à pronta entrega, é preciso esperar dois ou três meses para receber o carro, quando não demora ainda mais.
    Por outro lado, concordo que o governo deveria retirar totalmente os impostos sobre os sistemas de abs e airbag, se estão pensando na segurança então que não nos cobrem impostos abusivos como já pagamos pelos carros.
    Viva a lei :eek:la:
     
  7. TomD

    TomD Denver Broncos

    Desde:
    16 Jul 2005
    Mensagens:
    1.674
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    36
    Localização:
    sao josé dos campos/sao paulo/brasil

    Algum executivo da GM pode me informar onde compro Celta com airbag e ABS? :rolleyes:

    Vontade de dar uma surra nesses executivos :xingo2:

    Agora essa resolução se aprovada é frouxa demais, o ABS já está presente em mais de 10% dos carros HOJE, (era 13 em 2005, não achei um número mais atual) e querem 20% só em 2011? Ninguém fará nada, esse número se alcança por osmose :p

    A obrigatoriedade tem que começar agora para as montadoras já começarem a se mexer e não dar tempo de rolar proprina pra todo lado e cancelarem tudo depois que o cerco apertar.
    100% em 2014 é ridículo, alguém vai inventar o ABS por acaso? Qual é a grande dificuldade técnica pra levar todo esse tempo só pra implementar um dispositivo no carro?

    Sei não, tá parecendo que um pessoal do Contran vai ganhar dinheiro com esse negócio :aiai:
    Essa do rastreador ainda, muito $u$peito.


    Claro que eu apoio, mas não estou animado não. Infelizmente essas coisas no Brasil só dá pra acreditar vendo.
     
    #7    
  8. victornba

    victornba Usuário

    Desde:
    27 Mai 2004
    Mensagens:
    3.991
    Obrigados:
    2
    Troféus:
    0
    Localização:
    Brasil
    Será que sai? Se sim, vai ser um bom primeiro passo, mas achei muito frouxa essa regra, tinha que ser 100% e imediato.

    Sobre a questão do custo é sabido que no Brasil é um dos países senão o país onde os fabricantes de automóveis mais ganham dinheiro, seja com o preço dos carros nas alturas ou com o preço dos opcionais abusivo. É piada dizer que airbag duplo e ABS custam mais de R$3k... O exemplo da Renault que o Márcio citou é dentro da realidade do que pode ser feito com volume.

    abraço,

    Victor
     
  9. Márcio

    Márcio Usuário

    Desde:
    30 Mai 2002
    Mensagens:
    22.712
    Obrigados:
    8
    Troféus:
    0
    Localização:
    Pelotas RS
    Victor, na época o airbag era de série em todos os clio, mas como o consumidor não dava bola a renault resolveu deixar como opcional no clio authentique e de série no expression e privilege.
    Como até aquele momento vinha de série em todos os clio o custo era baixo, hoje no caso de sandero e logan, opcional apenas nos modelos mais caros e de série em nenhum, também ficou mais caro.
    Nos EUA já vi em vários carros como abs como opcional por U$250, caso venham de série em todos os carros nacionais podem ter certeza de que o custo irá desabar, pagaremos muito pouco a mais para ter estes equipamentos.
    Como já disse antes, hoje em um carro compacto ou até em um médio básico é preciso encomendar para a fábrica com airbag e/ou abs, leva-se muito tempo para receber o carro e ainda é caro.
    Para piorar, além de se pagar caro quando vendemos o carro o comprador não liga se o carro tem abs ou airbag, e a ***** do carro nao valoriza um centavo pelos opcionais, vale o mesmo que um carro sem abs ou airbag.
     
  10. leonardocortes

    leonardocortes Apaixonado por áudio e vídeo!

    Desde:
    5 Jun 2006
    Mensagens:
    6.210
    Obrigados:
    4
    Troféus:
    0
    Localização:
    Rio Verde/GO/Brasil
    Não sei não, essa lei tá me cheirando a mais uma embromação que não vai dar em nada.Como os colegas aí falaram,tinha que ser de imediato,pra que esse prazo tão longo?Infelizmente não consigo acreditar que isso vai vingar,como a maioria das coisas aqui no nosso país.:aiai::td:
     
  11. Márcio

    Márcio Usuário

    Desde:
    30 Mai 2002
    Mensagens:
    22.712
    Obrigados:
    8
    Troféus:
    0
    Localização:
    Pelotas RS
    Acredito que não seja imediato principalmente porque muitos carros provavelmente nem possam receber airbags, ou teria que ser desenvolvido um projeto específico.
    De qualquer forma estava tudo indo de mal a pior, se realmente o prazo for cumprido em cinco anos todos os carros terão abs e airbag, nem na Europa e EUA o abs é obrigatório.
    Se for cumprido o prazo, já estou feliz (y)
    Em três anos quando for trocar de carro provavelmente já terei mais opções do que havia no início de 2008.
     
  12. leonardocortes

    leonardocortes Apaixonado por áudio e vídeo!

    Desde:
    5 Jun 2006
    Mensagens:
    6.210
    Obrigados:
    4
    Troféus:
    0
    Localização:
    Rio Verde/GO/Brasil
    Aí é que está o problema Márcio, se nem nos USA e em toda a Europa que são países desenvolvidos é obrigatório,imagina aqui.É difícil acreditar que isso realmente vai sair do papel.
     
  13. Vinícius RS

    Vinícius RS EX-luffing...

    Desde:
    30 Ago 2005
    Mensagens:
    5.428
    Obrigados:
    7
    Troféus:
    38
    Localização:
    Brasil/RS/Torres
    Se dependesse exclusivamente da boa vontade dos executivos das montadoras, estaríamos andando ainda de chevette, brasilia, 147 e corcel... e pagando preço de BMW M5...
    Concordo com a obrigatoriedade, e vai dos consumidores, na hora da compra, não aceitarem um aumento abusivo dos preços colocando a culpa nos equipamentos...
     
  14. Fernando Kuhn

    Fernando Kuhn ex-frkuhn

    Desde:
    6 Jul 2004
    Mensagens:
    744
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Porto Alegre/RS
    Finalmente!!!!
    :aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso:
     
  15. wassis

    wassis Usuário

    Desde:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    603
    Obrigados:
    2
    Troféus:
    0
    Localização:
    Sampa SP Brasil
    Demorou!!!!!!!


    Eu fui ver um Sandero na concessionária e deixei de fechar negócio porque a o airbag era o penúltimo opcional do carro, só vinha antes das rodas de liga-leve. Para instalar o airbag era necessário antes o carro vir com direção hidráulica, vidros elétricos, ar condicionado e travas elétricas. O problema é que o carro acabava ficando uns 6 k mais caro.

    Fora isso era o problema de esperar um tempão para o carro chegar depois de encomendado. O pior era o vendedor querendo me empurrar um carro sem airbag, mas com "rodas", "puxadores na cor", etc.

    Acabei desistindo da compra e peguei um megane hatch usado (2004) e já vinha com airbag duplo, além dos citados opcionais.

    A questão é que esses enfeites são mais valorizados pelo brasileiro que os itens de segurança.

    Prefiro andar num carro cor de m&rda, mas com segurança, que andar num carro lindíssimo que não me oferece itens mínimos nesse quesito.

    Um ótimo 2009 para todos!!!

    Washington
     
  16. Papillon

    Papillon Usuário Ativo

    Desde:
    30 Jun 2004
    Mensagens:
    8.671
    Obrigados:
    9
    Troféus:
    38
    Localização:
    Sao Paulo _SP
    Mais uma lei "burra", perderam a oportunidade de fazer certo e estão a remediar e o pior é que com um prazo longuíssimo de adaptação.

    Reintero o que já escrevi em outro forum e no topico de segurança, é necessário um Programa de Segurança no Transito que passe por:

    - Carros mais seguros
    - Motoristas mais preparados (em especial os profissionais
    - Estradas mais seguras.

    A adoção do airbag e abs obrigatórios é uma medida tímida, pois não entra no foco principal que é a segurança do veículo, um uno mille com airbag será mais seguro? Não é necessário inventar nada, existem dois programas de relativo sucesso, o americano e o europeu, os moldes do programa americano vem seguindo o europeu, o mais exigente do mundo...

    Esse programa conhecido por EuroNcap, faz exatamente o que clamei, avalia todos os aspectos da segurança, inclusive a segurança do pedestre em caso de atropelamento.

    Porém na barganha brasileira onde mortes são negociadas em plenário, as montadoras optam pela saída mais barata, que é oferecer ítens sim fundamentais, mas não tocam no ponto mais crucial que é melhorar especialmente os carros feitos exclusivamente para mercados terceiromundistas tais como:

    - Mille, Celta, Ka, Fiesta, Sandero.
    - Palio, Gol, Ecoesporte, 207BR, 207BR Sedan
    - Vectra

    Não pode-se extender a segurança do similar europeu ou "base" já que os nacionais são adaptados, e pontos de fixação de cinto de segurança, paineis, parachoques são distintos dos "primos" evoluidos.

    É uma medida necessária mas que não toca o foco da questão, tão burra quanto a lei seca (que já provou-se ineficaz como previsto por muitos aqui).
     
  17. mauricio mariano

    mauricio mariano Usuário

    Desde:
    10 Jul 2007
    Mensagens:
    55
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Brasília - DF
    Sou obrigado a concordar com os executivos, quem deve escolher se quer segurança ou não é o consumidor. Fato é, não existe nenhum incentivo para as montadoras barateares e/ou facilitarem a disponibilização destes 2 equipamentos. Bastaria ter um programa aos moldes do EuroNcap que iria pontuar os carros ai basta o consumidor estar informado que o carro dele é inseguro e ele que decide, a pontuação avisaria de forma clara que ele o carro que ele estava comprando era inseguro, existiria inclusive um comparativo único entre as diferentes marcas.

    Lembrando que o ABS é muito bom, mas ele é falho em várias situações. Em estradas lisas como muitas na Europa e nos Estados Unidos ele funciona de forma primorosa, porém em algumas situações como pistas irregulares, especialmente "costelas de vaca" o ABS pode fazer com que o carro não pare pois o ABS é enganado e entende que deve aliviar os freios quando na verdade ele deve deve se desativar.

    Outra questão é a dos fabricantes de pequeno porte como a Lobini onde um ABS e/ou um Airbag podem tornar o desenvolvimento extremamente caro devido a necessidade de design específico e poucas unidades.

    Meu carro atual não tem ABS nem Airbag, mais por uma questão de eu não ter conseguido comprar do que outra coisa, mas o próximo terá. É uma escolha minha que recomendo a todos os amigos, mas gostaria de que eles tivessem a escolha de ao menos não ter o abs/airbag e/ou poder desliga-los quando for necessário.

    Amplexos,

    Mauricio
     
  18. Márcio

    Márcio Usuário

    Desde:
    30 Mai 2002
    Mensagens:
    22.712
    Obrigados:
    8
    Troféus:
    0
    Localização:
    Pelotas RS
    Maucírio, se o consumidor tiver a opção de não comprar abs e airbag não comprará, o preço nao cairá e o consumidor que quer comprar abs e airbag não consegue por falta de opções e absurda espera para receber o carro.
    Como já citei antes, o consumidor além de estar quase sem opções entre os carros compactos e médios básicos, é ignorante, prefere comprar ar condicionado e um puxador na cor prata do que ítens de segurança.
    na Europa praticamente se tornou obrigatório por conta das exigências nos crash tests e nos Estados Unidos É obrigatório, mas somente o airbag frontal e lateral.
    Lembre de que quando o consumidor opta por não comprar airbag está colocando em risco naõ só a vida dele mas a do passageiro, e quando o carro naõ possui abs estão em risco todos os ocupantes do carro além dos ocupantes do outro carro que será envolvido no acidente.
    Quando abs e airbag começarem a ser produzidos em grande escala o preço cairá muito, não custarão caro como ocorre hoje.
     
  19. mauricio mariano

    mauricio mariano Usuário

    Desde:
    10 Jul 2007
    Mensagens:
    55
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Brasília - DF
    Márcio, o ponto é exatamente este, porém permita me discordar um pouco de suas opiniões. O consumidor atualmente opta por não ter ABS + Airbag, ou porque ele prefere (financeiramente) ou porque ele não pode (o carro não disponibiliza). Se ele prefere não ter é o direito de escolha dele, se ele não consegue o governo poderia garantir que ele pudesse conseguir. Não seria uma certa presunção definir que doravante o airbag e o abs devem ser obrigatórios? Não seria o caso de informar aos motoristas "atenção o seu carro é inseguro" aquele outro modelo, de outra montadora é mais seguro, etc. Eu acredito que deva existir o incentivo ao uso de airbags (renuncia fiscal, por exemplo), políticas de redução de imposto ou de seguro obrigatório para carros com airbag e/ou abs.

    Quanto a colocar a vida em risco, em qualquer hipótese a responsabilidade é do condutor. Se eu opto por não obrigar o uso do cinto de segurança é responsabilidade minha, se eu ando acima do limite de velocidade é responsabilidade minha. Pneus carecas, freios com fluido vencido, panes secas, falta de manutenção, tudo é responsabilidade do motorista, cabe a ele optar por como tratará a sua própria segurança. É hora de termos responsabilidade pelos nossos atos.

    Um indicador nacional aos moldes do EuroNCap faria com que o consumidor tivesse consciencia do que está comprando, hoje não há sequer como comparar o consumo dos automóveis. Se eu sabendo que um carro é inseguro opto por adiquiri-lo, bem é uma escolha minha e por ela devo ser responsabilizado, assim como são tantas outras coisas na vida.

    Minha posição não é contra o airbag ou do abs, mas sim da sua obrigatoriedade. Na minha opinião, na medida do possível, o governo deve garantir que eu possa escolher ou facilitar as minhas escolhas, mas não fazer as minhas escolhas.

    Mas que fique claro, concordo 100% quando você diz que o ABS e o Airbag salvam vidas! (y)

    Amplexos,

    Mauricio
     
  20. mauricio mariano

    mauricio mariano Usuário

    Desde:
    10 Jul 2007
    Mensagens:
    55
    Obrigados:
    0
    Troféus:
    0
    Localização:
    Brasília - DF
    Lembrei de um caso interessante que foi o do Fox Europeu e o Fox Brasileiro, inclusive teve um tópico sobre isso aqui no HTForum: Fox Nacional X Fox Europeu é interessante notar que em linhas gerais o mesmo fox produzido aqui possivelmente poderia ser vendido legalmente na Europa, mas ninguém compraria pois lá o consumidor já está consciente da necessidade de mais segurança. :D

    Amplexos,

    Mauricio
     

Compartilhar esta Página