PDA

Ver Versão Completa : Power AMP com fonte chaveada



Páginas : 1 [2] 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Muriloo
10-06-2009, 16:20
Entao é assim gostaria de saber a diferença entre ligar a alimentaçao entre 2 amplificadores em tensao continua, ou seja os dois no mesmo rectificador (AC/DC) e no mesmo trasformador ou ligálos no mesmo trasformador mas com um rectificador para cada um; visto na maioria dos casos a ultima epotese ser mais utilizada.

Obrigado.....

A diferença pode vir apenas no uso de transformadores, pois em um pico de corrente a tensão no secundario do mesmo tende a cair, quando se usam 2 pontes retificadores por exemplo, são utilizados 2 bancos de capacitores tambem, com isso quando a demanda por corrente do amplificador é alta (um subgrave por exemplo) a capacitancia tende a suprir essa necessidade instantanea, no caso de um transformador e dois bancos seria isso, no caso de dois transformadores (o fato de ter 2 trafos ja é uma necessidade).

Agora em nossas queridas fontes chaveadas nao há essa necessidade, pois a alta frequencia e modulação dos pulsos supre a necessidade por corrente instantaneamente.


Abraço
Murilo Sonegatti

Gil Vieira
10-06-2009, 18:35
Obrigado por me esclarecer, eu tanbem andei com ideias de faser uma fonte chavetada mas como nunca tinha feito nenhuma desidi comprar um trasformador turoidal 40 0 40 900VA para os amplificadores, sendo assim convem por uma ponte rectificadora para cada amplificador e os seus devidos condesadores? Ou nao à necessidade e ponho só uma ponte rectificadora e ponho mais condensadores para compensar?

Obrigado.....

Muriloo
11-06-2009, 00:10
Ao meu ver é exatamente isso, a não ser que apenas um retificador seu nao de conta da corrente (oq eu acho dificil).
:)

Gil Vieira
11-06-2009, 08:12
Obrigado ...
Nao sabia muito bêm o que havia de faser sendo assim ponho só uma ponte rectificadora; outra coisa por ex para cada amplificador pedem para cada fase "simetrica" 2*4700 uF mas andei haver sobre o assunto e diz que á diferença se puser mais condensadores de carga inferior por ex 100uF (100*50=5000uF) será que fas alguma diferença?
Quem for entendido no assunto que diga.
:legal:

Muriloo
11-06-2009, 12:47
Obrigado ...
Nao sabia muito bêm o que havia de faser sendo assim ponho só uma ponte rectificadora; outra coisa por ex para cada amplificador pedem para cada fase "simetrica" 2*4700 uF mas andei haver sobre o assunto e diz que á diferença se puser mais condensadores de carga inferior por ex 100uF (100*50=5000uF) será que fas alguma diferença?
Quem for entendido no assunto que diga.
:legal:


Se vc colocar capacitores de 100uF vai ser um saco de vc soldar, coloque uns 10 de 1000uF, o custo nao vai ser alto e voce vai ter a resistencia dos capacitores diminuidas drasticamente (sendo que essa é um dos motivos de usar varios em vez de apenas um), e soldar 10 é melhor do que soldar 50 hehehe.

Abraço
Murilo

Gil Vieira
11-06-2009, 15:19
Pois...
Foi a conclusao que cheguei fica mais simples assim.
Obrigado pela dica.
:D

CRISTIANOTHEBEST
11-06-2009, 21:48
Boa tarde Cristiano, a chave comutadora de tensão esta ligada da forma abaixo, quando ligada ela é um dobrador de tensão.
Ou seja, vc sempre vai ter aproximadamente 310v na saida para a fonte.

http://www.kellerstudio.de/repairfaq/sam/smpsvs.gif


Abraço
Murilo Sonegatti
caros amigos do forum estou com um problema, e gostaria da ajuda de voceis, montei a fonte chaveada desse site: Switchmode Power Supply For Car Audio.mht. a versao mais simples, mas é o seguinte quando ligo o remoto os mosfets começam a esquentar, acho que se eu deixar eles findam queimando, e a bobina do trafo tambem esquenta o primario evidente que sem carga, e no secundario nao existe nenhuma tensao, olhando o mosfet MTP75N06 de frente, da esquerda para direita acredito que seja o seguinte GATE DRAIN SOURCE onde o gate recebe o pulso dos pinos 11 e 14 do sg 3525 onde ja testei e existe 5,83 volts e pelo esquema o drain vai para uma das extremidades do trafo e o source para o negativo tendo em vista que o centro do trafo recebe o positivo da bateria, sera que vou ter que precisar de um osciloscopio para ver a frequencia? obrigado a todos que possam me ajudar

albert_emule@hotmail
13-06-2009, 17:46
estou montando está fonte aqui : http://s186.photobucket.com/albums/x186/chacalpowers/?action=view&current=SMPSIR2110.jpg estou usando toroide mas estou com muita dificuldade para acertar no enrrolamnto.

já experimentei 5mH, e depois 40nH no primário
não sei qual indutância é melhor
estou usando IRFP250N, com a fonte ligada em 311VCC , os fets comessam a esquentar um pouco. quando coloca carga, queima.
já jé cheguei usar um IGBT de 900v por 25A e aconteceu o mesmo.

queria experimenatar 20mH agora.

que poderia estar ocorrendo?

Muriloo
13-06-2009, 18:52
estou montando está fonte aqui : http://s186.photobucket.com/albums/x186/chacalpowers/?action=view&current=SMPSIR2110.jpg estou usando toroide mas estou com muita dificuldade para acertar no enrrolamnto.

já experimentei 5mH, e depois 40nH no primário
não sei qual indutância é melhor
estou usando IRFP250N, com a fonte ligada em 311VCC , os fets comessam a esquentar um pouco. quando coloca carga, queima.
já jé cheguei usar um IGBT de 900v por 25A e aconteceu o mesmo.

queria experimenatar 20mH agora.

que poderia estar ocorrendo?

O interessante seria você estudar um pouco sobre fontes chaveadas e sobre a topologia que você esta utilizando, e descobrir qual é o problema, talvez com o circuito.
A tensão no secundario depende da proporção entre espiras do primário e secundário.

Abraço
Murilo Sonegatti

albert_emule@hotmail
13-06-2009, 19:19
É que ligada em 160VCC, consegue suportar uns 400w, JÁ EM 311, QUEIMA os fets,

estive fazendo uma verificação no osciloscópio, e achei a onda muito distorcida na saída do trafo, como se estivesse com muitos ruidos.

a onda não sai quadrada do jeito que apareci nas saídas do IR2110.

Eu sempre ligo em série com uma lâmpada, e quando está em 311VCC percebo que os fets comessam a dissipar calor relativamente alto, sendo que a lâmpada, fica com o filamento meio avermelhado.
ou seja: nos fets, não está passando corrente alta no entanto, eles estão esquentando, dando a entender que não estão chaveando corretamente os pulsos.

---------- Mensagem adicionada às 19:07 ---------- Mensagem anterior foi às 19:07 ----------

só não tenho como verificar os pulsos

---------- Mensagem adicionada às 19:12 ---------- Mensagem anterior foi às 19:07 ----------

pois o osciloscópio que tinha usado, nao era meu.

isto tem alguma relação com o trafo?

a topologia da minha fonte, é de meia ponte

---------- Mensagem adicionada às 19:19 ---------- Mensagem anterior foi às 19:12 ----------

esse é o meu projeto de fonte chaveada SMPS simétrica em meia ponte que pretendo dimenciar para potência de 1000W
http://img187.imageshack.us/img187/6284/cats3fc7.jpg
http://img54.imageshack.us/img54/9636/cats1ta7.jpg
http://img22.imageshack.us/img22/5435/cats4ml4.jpg
http://img11.imageshack.us/img11/1158/cats5kx8.jpg

albert_emule@hotmail
13-06-2009, 20:47
eu ouvi falar aqui nas mensagens, que, no caso dos IRFP, é melhor utilizar o que tiver capacidade suficiente para dar maior segurança com baixas perdas.

Pois normalmente, os mosfets de mais corrente de dreno são cargas mais complicadas para se controlar do que os de menor capacidade. Se um IRFP450 for suficiente, é melhor não usar o IRFP460.

e outra questão:

segundo o chacalpowers (http://www.htforum.com/vb/member.php?u=27154), o IR2110,tem muitos problemas com PCB design.

segundo ele, a própria IR sugere (exige) para o correto funcionamento de seu driver,desenhos própios, e isso somado à inserção de caps. fundamentais em alguns pontos críticos da PCB que é acometida por capacitâncias parasitas.

albert_emule@hotmail
14-06-2009, 14:29
o circuto snubers, só funciona se estiver precisamente calculado?

que pode acontecer se o capacitor tiver com a capacitância maior do que deveria? não vai proteger dos picos de alta tensão?

zequim
14-06-2009, 20:31
Boa noite colegas

Hoje acabei a montagem de minha fonte meia ponte e fiz os primeitos testes.
Fiquei muito satisfeito com o resultado. Tenho um amp da marca LL mod. 1600
( 200 + 200 Wrms ) que tem uma fonte bem fraca e instalei a fonte chaveada para empurar o modulo.O resultado é impressionante, o grave tá mais incorporado. Enfim, recomendo!!!!!!!!!!!!!!!!!
Amigo albert não desanime, vamos por parte.
É extremamente importante observar a fase dos enrolamentos onde o primario e secundario tem mesma fase para a topologia meia ponte. Se inverteu algum pode ocorrer a queima dos trasistores de chaveamento. Inicialmente não se preocupe com o valor de indutancia dos enrolamentos e sim a relação de espiras de primario e secundario para que tenha uma condução maxima de 0.45 para tensão de entrada minima e potencia de saida maxima.
Eu montei exatamente a mesma fonte do esquema que citou com pequenas alterações.
Primario 33 espiras 1.2mm secundario 10 + 10 espiras 2.4mm Fs 45KHz
Vs 37+37V.
Um detalhe importante, notei que na realimentação o valor indicado para os zeners 36V e 11V o resistor de 510r deveria estar ligado ao 0V ou os zeners deveriam ter uma tensão de 97V para o esquema atual. Na minha fonte coloquei o resistor de 510r no 0V e dois zener de 20V.
Espero ter ajudado
Qualquer coisa estamos ai

Um abraço a todos

---------- Mensagem adicionada às 20:31 ---------- Mensagem anterior foi às 20:19 ----------

ah esqueci de comentar
Todos os diodos do circuito são MUR460 ( exceto os secundarios )
O indutor secundario é 2.39mH para ISmin de 60mA.

albert_emule@hotmail
14-06-2009, 22:59
segui no link, o PCB da fonte que montei

http://img34.imageshack.us/img34/977/fotojzg.jpg

vou dar uma olhada na questão da inversão de fases.

contudo estou um pouco desconfiado deste desenho, pois ele pode estar causando fugas.

obrigado

Muriloo
14-06-2009, 23:49
segui no link, o PCB da fonte que montei

http://img34.imageshack.us/img34/977/fotojzg.jpg

vou dar uma olhada na questão da inversão de fases.

contudo estou um pouco desconfiado deste desenho, pois ele pode estar causando fugas.

obrigado

Boa noite meu caro, no diyaudio vc vai encontrar mta discussão sobre as smps e tambem comentários desse circuito que foi de onde ele veio, tente ler esse topico completo, tem varias informações uteis, varias duvidas que vc teve, com apenas um pouco de pesquisa podem ser solucionadas.

Abraço
Murilo

zequim
15-06-2009, 19:19
Albert

Vc disse que sua fonte funcionou com 160V e chegou até 400W,mas com 311V ela entra em curto; pelo menos foi isso que entendi!
Ok, o transistor IRFP250 suporta no maximo um VDS de 200V com a fonte em 160Vdc chega picos dessa grandeza em cima dos IRFP250, esta no limite mas funciona. Já com 310V os picos sobre os transistores pode chegar perto dos
250 até mesmo 300V e com certeza vai queimar os chaveadores.
Coloca os IRFP460 para testar, é o mesmo que estou usando na minha fonte
e funciona perfeitamente.

Vc citou
"contudo estou um pouco desconfiado deste desenho, pois ele pode estar causando fugas."

Note que no esquema dessa fonte os chaveadores são IRFP460 e não os IRFP250 que esta usando.
Siga a risca o projeto antes de tirar conclusões.
Não desista, coloque os componentes que esta no projeto original, vc vai ver que vai funcionar

Um abraço

albert_emule@hotmail
15-06-2009, 22:27
é cara, mas também experimentei outros fets como por exemplo os IXTH35N30, que tem tensão VDS de 300VCC.
e até mesmo um IGBT de 900VCC por 25A
(trabalho com no-breaks e consigo muitos chaveadores).

quando verifiquei a onda de saída com carga,(ligada em 160VCC) no osciloscópio, notei que a onda quase não tinha espaço entre o pico positivo e o pico negativo,

como se estivese com o PWM no maximo.

notei também que a tensão caia conforme acrescentava as cargas, que eram lâmpadas ligadas no total da saíta da fonte.

sem carga, notei algumas distorções na onda, que podem ser causadas pelo circuito snubber ( capacitor e resistor no trafo).

mas em 311vcc, os fets ou IGBT, sempre aquecem e entram em curto.

toda fez que isto acontesse, um IR2110 se danifica, aí eu coloquei um soquet para poder troca-los quando necessário.

só não pude ferificar a onda, com ela ligada em 311v

albert_emule@hotmail
15-06-2009, 23:32
o que você quiz dizer com "relação de espiras de primario e secundario para que tenha uma condução maxima de 0.45 para tensão de entrada minima e potencia de saida maxima." ?

o desenho da sua placa, é igual a este aqui: http://img34.imageshack.us/img34/977/fotojzg.jpg

chacalpowers
16-06-2009, 00:41
Fontes chaveadas construídas com "cores" de bom material e adequadamente enrolados produzem eficiência acima de 82% com IR2110, um exemplo está em meus projetos de 110A em 14.2V com queda máxima de 0,1V.

CRISTIANOTHEBEST
16-06-2009, 16:58
Olá amigo, o núcleo pode ser encontrado na farnell ou na thornton. Um toróide de 2 polegadas deve bastar para o seu power. Estou com uma SMPS em teste sobre minha mesa. Algumas especificações: alimentação de 13,56VDC, 51,25mA de consumo em repouso, +69,55/-69,55VDC de saída, frequência de 59,46 Khz, Abraço.
OLA CHACALPOWERS, NOTEI UM COISA INTERESSANTE NAS FONTES CHAVEADAS, MONTEI UMA E NAO TINHA O TOROIDAL, ENTAO MONTEI EM UM TRAFO VELHO DE UMA TV, MAS QUE O NUCLEO DO TRAFO É O MESMO MATERIAL DO TOROIDAL POREM ELE E EM FORMA "E" O QUE NOTEI FOI O SEGUINTE OS ENROLAMENTOS SAO AO CONTRARIO SE VOCE ENROLAR UM PARA DIREITA O OUTRO SERÁ PARA ESQUERDA, E CONFORME O ENROLAMENTO VAI SE AFASTANDO DO SILICIO TENDE A UM LADO FICAR DANDO MAIS TENSAO QUE O OUTRO, QUE MODO QUE UM LADO DO ENROLAMENTO TEM QUE SER MAIOR, COMPROVEI ISSO NA PRATICA NA TENSAO DOS MOSFETS, IMAGINE O GATE-DRAIN-SOUCE DOS MOSFETS, NO GATE RECEBE 5,5 DO SG 3525 NO DRAIN RECEBE O + DA BATERIA E O SOURCE O - DA BATERIA, NO MEU CASO USEI UMA FONTE DE 15 VOLTS, NO DRAIN DOS DOIS MOSFET DIREITO E ESQUEDO FICARAM COM 14,5 VOLTS, SEM O TRAFO, COM O TRAFO UM FICOU COM 13,86 E O OUTRO COM 12,45 ISSO COM AS MESMAS VOLTAS, TANTO PARA DIREITA COM PARA ESQUERDA, RESOLVI ESSE PROBLEMA AUMENTANDO UM POUCO MAIS O ENROLAMENTO EM UM DOS LADOS, E QUANDO UM AUMENTA A TENSAO O OUTRO ABAIXA, ACREDITO QUE DAR PARA FAZER COM TRAFO "E" DE SILICIO, POREM DEVE SER OBSERVADO ESSE DETALHE, CREI QUE ISSO NAO ACONTECE NO TRAFO TOROIDAL PELO FATO DE SER CIRCULAR E O ENROLAMENTO FICAR UNIFORME, GOSTARIA DE UM COMENTARIO SEU CHACALP.

chacalpowers
16-06-2009, 17:52
Prezado CristianoTheBest

UAU!!! Essa fonte do comentário eu já nem sei onde foi parar, pois agora estou às voltas apenas com fontes ACDC, ok?

De todo modo, o que voce relata é curioso mas creio, está relacionado à forma como ligou os terminais de saída ao opto (caso tenha regulado a fonte).

Tive problema semelhante quando, no incio dos projetos SMPS, utlizei um diagrama que orientava acoplar o opto ao terminal (+) e GND, deixando o terminal (-) sem regulação, isso fazia que uma das saída sob carga deixasse a outra subir pois o comparador do CI PWM corrigia o pulso de um lado do enrolamento do trafo, deixando o outro com liberdade para "badernar."

Ademais, o enrolamento de núcleos tipo "EE" ou ETD é sempre crítico porque é preciso controlar as capacitâncias parasitas que se alojam nas espiras. Em razão disso, prefiro o uso dos toroides porque já não tenho dificuldade para enrolá-los e otimizam o projeto que uso.

Espero ter esclarecido algo.

Grande abraço

Sandro

zequim
16-06-2009, 21:06
Sr albert

o que você quiz dizer com "relação de espiras de primario e secundario para que tenha uma condução maxima de 0.45 para tensão de entrada minima e potencia de saida maxima." ?

Imagine um cliclo como sendo 1 e meio ciclo sendo 1/2= 0,5 . Em fonte chaveada temos chave ativa (transistor ) e passiva ( diodo ), no caso de topologia meia ponte temos dois transistores. Para um transformador funcionar
temos que magnetizar e desmagnetizar o mesmo para ocorrer a "transferencia" de energia do primario para o secundario. Os transistores e diodos fazem essa magnetização e desmagnetização conduzindo alternadamente.
Ou seja em quanto um satura o outro fica cortado. Por esse motivo que cada transistor pode conduzir no maximo 0.5 ( 0.45 seria uma margem de segurança) . Eu disse tensão de entrada minima e potencia maxima porque é a condição que mais exige a condução do transistor ( correção do PWM ).A relação de espiras VS/VE basicamente define o seu D max (0.45)
Vc disse que no osciloscopio a largura do pulso esta quase encostando um no outro, isso quer dizer que o limite de 0.5 esta sendo alcançado. Isso normalmente se deve ao mal projeto/confecção do transformador de chaveamento.
Colega, procure por apostilas, tutoriais, etc relativo a fonte chaveada na net; foi aqui no forum e na net que obtive conhecimento para começar nessas experiencias.
Espero que tenha sucesso
Um abraço

flaviohpr
16-06-2009, 22:56
olá pessoal!
to montando um amp com dois gainclone em paralelo e to pensando seriamente em me desfazer dos dois trafos que eu possou e montar uma fonte chaveada pra ligar neles.
outro dia adquiri um par de ferrites toroidais da thornton modelo 52/32/24 IP12E. o mesmo pode ser visto aqui http://www.thornton.com.br/produtos.htm pagina 143 e os graficos na pagina 15.
a área da seção transversal dele é de 2,33cm².
e o Le=12,69cm
queria essa fonte para uns 200W.
inicialmente pensei em utilizar half bridge.
60kHz a frequência
o que mais me preocupa é o trafo.
como aqui na minha cidade a alimentação é 127V fase-neutro fiz os cáulos e cheguei à conclusão que no primário terei uma tensão eficaz de aproximadamente 63Vrms.
calculando o número de espiras cheguei a um valor de 5,6 espiras para o pimário.
mas eu to achando pouco...
estes números estão bons?o que eu fiz de errado?ou o que eu posso ter omitido?
até mais

CRISTIANOTHEBEST
17-06-2009, 08:36
ola chacalpowers, sim esclareceu muito, quanto ao projeto foi um de um site, americano feito por Sérgio, quanto aos projetos AC/DC tambem vou iniciar meu pensamento é montar um som de carro, com fonte chaveada para bateria e outra para rede aproveitando os mesmo diodos e capacitores, se eu conseguir sei que pode ser trabalhoso, ficara uma coisa magnifica, pois eleminarei a famosa fonte que custa muito caro, saiu da bateria sera so colocar na tomada. evidentemente terei que fazer adaptaçoes no interior no aparelho que eu mesmo montarei, ja montei os amplificadores e a fonte para bateria(faltando o toroidal) e tambem a fonte ac/dc

obrigado
Cristiano

Muriloo
17-06-2009, 09:02
E esse fds, arriou a bateria do carro, o cabeçudo aqui esqueceu aceso o farol, peguei uma fonte de pc que tinha regulado em 13,8v, liguei la, aguentou 10 minutos a bagaça dae queimou o retificador de saida HAHAHAHA, mas tambem, consegui dar a partida como se nao tivesse arriada a bateria \o/, uns 25A calculo aproximadamente eu, a tensão ficava em 13v ainda.

:)

chacalpowers
17-06-2009, 20:53
Olá flaviohpr

Apenas um núcleo que você citou já produz (testes próprios) 552 Watts efetivos na saída da fonte, já descontadas as perdas, ok?

Você está um pouco equivocado quanto à tensão de entrada, pois, se você tem os 127VAC, depois de retificados e filtrados resultarão em aprox. 177VDC, ok?

Mesmo com essa tensão, é pouco para você extrair um bom rendimento do toróide e mosfets, por isso, praticamente TODAS as fontes (inclusive as de PC) utilizam um dobrador de tensão na entrada o que fará com os 177VDC iniciais pulem para 344VDC, pronto, esta será a tensão de trabalho da fonte (SMPS) em 127VAC.

Caso não tenha entendido, o dobrador atua da seguinte forma:

http://ludens.cl/Electron/PS40/Figure2.gif

Ainda neste site, há um projeto completo de fonte chaveada em que o autor explica passo a passo sua construção, disponibilização de esquemáticos, PCBs, é só trabalhar.

Para encerrar, o número de espiras para um toroide (2.33cm2/Ae), em frequência de 55Khz, topologia half bridge, será de 34 espiras.

Espero ter ajudado.

Sandro

albert_emule@hotmail
17-06-2009, 23:37
Olá amigos!

venho aqui, colaborar com as minhas garinpagens na net, para que vocês também possam mim ajudar quando for necessário.

segui no link, uma otima apostila que fala sobre comandos de IGBTs e MOSFETs .

fala qual o chaveador mais adequado, utilizar para determinado tipo de
barramento e tensão

fala também, sobre a técnica, de alimentação do circuito, empregando a técnica do booststrap (comando sEm isolação) técnica que o chacalpors usa com o IR2110
http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=1&url=http%3A%2F%2Fwww.cpdee.ufmg.br%2F~porfirio%2FF ontes%2520CC%2520CA%2Fcomando%2520igbt.ppt&ei=C6M5Soq_KcbalAeT1pnpDQ&usg=AFQjCNHyQbfQprDKQZ78jDscNjPUE-3Tww&sig2=Dk2KChvRbt-IU6wH06AGOQ


http://schmidt-walter.eit.h-da.de/smps_e/smps_e.html Já neste site, temos uma calculadora de fontes chaveadas muito interessante, onde podde ser calculados o trafo, potência, tensão, frequencia




---------- Mensagem adicionada às 23:37 ---------- Mensagem anterior foi às 23:35 ----------

espero ter ajudado

Muriloo
17-06-2009, 23:56
Antes de qualquer coisa seria interessante voce tentar entender como funciona uma fonte chaveada, tanto a parte de retificação da rede, dobrador de tensão se necessário, parte de controle do pwm, parte de chaveamento onde se encontra por exemplo o driver, o transformador, onde seria interessante vc estudar um pouco sobre eletromagnetismo, filtragem após o transformador, e uma das partes basicas, saber fazer uma placa de circuito impresso de preferencia dupla face e utilizar o terra para reduzir indutancias parasitas. hUAEHEAUhae :P

albert_emule@hotmail
18-06-2009, 00:14
Muriloo (http://www.htforum.com/vb/member.php?u=45944)

não sou iniciante em eletrõnica.

já trabalho com manutenção de no-breaks e estabilizadores de até 60KVA a uns anos inclusive recondicionando as placas eletrônicas de várias marcas como:

CS eletrônica, fabrica em que eu fiz cursso
engetron, também fiz curso
SMS inclusive os de 20KVA
logmater com as linhasvip master M e vip master HF que é uma fonte chaveada gigante com retificador booster que é um circuito que eu pretendo usar em minhas fontes no futuro.

conheço muito bém
retificador controlado
retificador Boster que são usados em correção de fator de potência
saiba que o retificador, leva o nome do circuito que o acompanha, logo apos ele,

neste caso é uma fontechaveada booster.

e conheço também dobradores

Muriloo
18-06-2009, 00:47
Muriloo (http://www.htforum.com/vb/member.php?u=45944)

não sou iniciante em eletrõnica.

já trabalho com manutenção de no-breaks e estabilizadores de até 60KVA a uns anos inclusive recondicionando as placas eletrônicas de várias marcas como:

CS eletrônica, fabrica em que eu fiz cursso
engetron, também fiz curso
SMS inclusive os de 20KVA
logmater com as linhasvip master M e vip master HF que é uma fonte chaveada gigante com retificador booster que é um circuito que eu pretendo usar em minhas fontes no futuro.

conheço muito bém
retificador controlado
retificador Boster que são usados em correção de fator de potência
saiba que o retificador, leva o nome do circuito que o acompanha, logo apos ele,

neste caso é uma fontechaveada booster.

e conheço também dobradores

Hm tah, eh que li que vc esta com problemas em fazer uma placa dupla face (http://www.diyaudio.com/forums/showthread.php?s=&threadid=145864)


o circuto snubers, só funciona se estiver precisamente calculado?

que pode acontecer se o capacitor tiver com a capacitância maior do que deveria? não vai proteger dos picos de alta tensão?

Parece nao saber tambem como funciona um filtro de hf, e que em uma fonte chaveada a capacitancia de saida nao importa mto caso colocada a mais do que o necessário para mandar uma saida com um ripple baixo.

Pensava eu que existiam retificadores não controlados e controlados apenas, acho que vou perguntar pro meu professor de eletronica de potencia II, pois retificador booster eu nunca ouvi falar, soh ouvi em relação a isso topologias de fontes ex buck, boost, buck-boost etc.

"The high parasitic inductances from single sided PCBs really put a limit on how fast currents may be allowed to rise and fall without developing voltages across these inductances high enough to damage components or disturb the circuit. Remember that V = L * di/dt."

Sobre oq o Eva disse no diyaudio, ele passou a formula de tensão em cima de um indutor, ou de uma indutancia parasita, a tensão em cima do indutor é igual a indutancia x a diferença de corrente (digamos que 10A)/tempo, a indutancia normalmente é baixa, mas o nosso tempo é muito muito pequeno, (seria o fall time e o rise time) e com isso, qto maior essa indutacia, maior a tensão que essa indutancia parasita vai gerar no circuito, se considerarmos um transistor ideal, essa tensão seria infinita, mas em condições normais essas tensões são o suficiente para queimar componentes ou atrapalhar o circuito

Se puder tirar a duvida sobre os retificadores eu agradeço, se nao vou amanha mesmo fazer uma prova e ja pergunto a ele :)

Abraços
Murilo Sonegatti

albert_emule@hotmail
18-06-2009, 06:43
Os retificadores com alto fator de potência na sua grande maioria são compostos pelo
retificador a diodos em cascata com um conversor CC-CC, sendo por meio do controle deste
último que se consegue a correção do fator de potência, isto é, uma corrente de entrada no
retificador com o mesmo formato da tensão de alimentação. A operação destes conversores
em cascata pode ser em modo de condução descontínua MCD ou modo de condução
contínua MCC. O modo descontínuo é empregado nas baixas potências devido à necessidade
da filtragem da corrente pulsada na entrada do retificador e a simplicidade do circuito
de controle. Já no caso da condução contínua sua utilização ocorre em todas as faixas de
potências, sendo o estudo valioso na área dos retificadores PWM com alto fator de potência
Ao longo do tempo foram desenvolvidas diversas técnicas de controle para os retificador
em MCC, não obstante, muitas delas demonstraram não serem viáveis na prática devido à
complexidade e falta de robustez. A técnica mais popular na atualidade, que demonstrou ter
boa robustez e foi adotada para muitas aplicações, é o controle direto da corrente por valores
médios instantâneos, embora apresente relativa complexidade.

---------- Mensagem adicionada às 06:42 ---------- Mensagem anterior foi às 06:30 ----------

Em cascata com o estágio retificador pode ser observado o estágio conversor CC-CC
para conversão de tensão contínua não controlada em tensão contínua controlada. O conversor
boost (elevador de tensão) é controlado por corrente com modulação PWM. Mediante um
adequado controle da comutação é possível obter uma corrente de entrada com o mesmo formato
da tensão da rede, ou seja, consegue-se emular o retificador boost como uma resistência
para rede, conseguindo-se assim um alto fator de potência.

Se pode observar as seguintes características:

Tensão de entrada variável, obtida a partir de uma ponte retificadora;
Tensão de saída constante;
Conversor controlado em corrente.

---------- Mensagem adicionada às 06:43 ---------- Mensagem anterior foi às 06:42 ----------

No ano de 1900 iniciou-se a introdução do diodo retificador a arco de mercúrio e com
ele começaram as aplicações ao controle de potência até 1950. Nos anos 60 com o desenvolvimento
do tiristor, surgiu a Eletrônica de Potência que combina a potência elétrica,
a eletrônica e o controle, aplicados à conversão da energia elétrica e ao acionamento das
máquinas elétricas. Com o surgimento da Eletrônica de Potência, iniciou-se uma nova era
dos equipamentos eletro-eletrônicos baseados nos semicondutores controlados e não controlados,
que hoje em dia são produzidos em larga escala. A utilização destes equipamentos nas
fontes de alimentação originou a diminuição da qualidade da energia elétrica. Tais fontes
apresentavam e ainda apresentam em muitos casos, o primeiro estágio com retificadores
não controlados a base de diodos semicondutores, utilizados para a conversão da tensão
alternada para tensão contínua. Por este motivo, a corrente nestes equipamentos já não apresenta
linearidade em relação a tensão de entrada caracterizando-os como cargas não-lineares.
A corrente neles fica com formato descontínuo e pulsado, injetando na rede alto conteúdo
harmônico de corrente, trazendo conseqüências adversas nos sistemas elétricos, como por
exemplo: aquecimento e redução na vida útil de transformadores e motores de indução, a
distorção da forma de onda da tensão da rede, falhas nos sistemas de proteção.

Muriloo
18-06-2009, 09:06
Os retificadores com alto fator de potência na sua grande maioria são compostos pelo..............

Muito boa a dissertação dele, estou vendo que ele colocou toooooodos os diagramas de blocos e graficos feitos no matlab, calculos e tudo mais, espero que um dia minha dissertação seja completa dessa forma, irá tomar algumas horas, mas pretendo ler ele inteiro para entender detalhadamente oque ele fez.

http://www.ivobarbi.com/PDF/dissertacoes/hugoLarico2007.pdf

Obrigado
Murilo Sonegatti

CRISTIANOTHEBEST
18-06-2009, 12:03
Caro amigos do forum, e exper em fonte chaveadas, vejo em muitas delas que existe um pequeno trafo para alimentaçao do integrado de pulso, a minha pergunta nao poderia ser feito essa alimentaçao com uma fonte sem trafo para alimenta-lo o integrado de pulso, sendo feito qual poderia ser o resultado?

Muriloo
18-06-2009, 12:52
Caro amigos do forum, e exper em fonte chaveadas, vejo em muitas delas que existe um pequeno trafo para alimentaçao do integrado de pulso, a minha pergunta nao poderia ser feito essa alimentaçao com uma fonte sem trafo para alimenta-lo o integrado de pulso, sendo feito qual poderia ser o resultado?

Pode ser utilizada a rede diretamente para dar o start na fonte, e depois disso pode ser utilizado de um enrolamento auxiliar de 12v por ex com um regulador para após o start manter o funcionamento.

Tenho um circuito de exemplo em casa depois posto aqui.

Abraços
Murilo

PS: http://www.convectron.com/smps/Lambdaschematic.jpg, Quando a tensão do enrolamento Aux é maior que a tensão em cima do diodo d6 temos o diodo d5 polarizado inversamente, ou seja, nao flui corrente do anodo para o catodo, com isso o circuito passa a ser alimentado pelo circuito auxiliar.

CRISTIANOTHEBEST
18-06-2009, 13:44
BELEZA MURILO, MAS ME REFERIA A ESSE ESQUEMA SERÁ QUE É POSSIVEL?:legal:http://www2.eletronica.org/forum-de-discussoes/geral/940677844/911182385/fonte-sem-transformador.jpg

Muriloo
18-06-2009, 13:51
BELEZA MURILO, MAS ME REFERIA A ESSE ESQUEMA SERÁ QUE É POSSIVEL?:legal:http://www2.eletronica.org/forum-de-discussoes/geral/940677844/911182385/fonte-sem-transformador.jpg

Não tinha visto esse circuito ainda, mas para uma fonte chaveada, acho que o outro circuito seria mais indicado pois essa dae esta sujeita a oscilações da rede, quanto a outra esta regulada e isolada da rede e do resto do circuito.
Essa é a minha opinião.
O outro circuito que tenho em casa é bem mais completo do que passei anteriormente, vou ver se consigo lembrar depois de colocar aqui.

Abraços
Murilo

CRISTIANOTHEBEST
18-06-2009, 15:41
beleza murilo, e claro que sua opiniao é de supra importância em conhecimento de eletronica, por isso que lancei a pergunta.
obrigado pela atenção, e aguardo seu outro circuito.

Cristiano

albert_emule@hotmail
18-06-2009, 19:58
peço desculpas por ter entrado no seu forum sem pedir permissão.

É que eu queria apenas uma ajudinha com projetos de fonte, pois sou técnico, e só recentimente, comecei a trabalhar com pequenos projetos(montando apenas).

de qualquer forma, valeu pela ajuda.

Muriloo
19-06-2009, 00:32
peço descu...



Eu nao sou dono de nada, apenas questionei o fato de vc demonstrar nao entender como funciona uma fonta chaveada, e depois dizer que é técnico em eletronica, e que dá manutenção em nobreaks de até 60kVA e recondiciona mtas marcas.

Mas nao sabia como enrolar um transformador, sobre filtros, etc.

O que lhe disse é para tentar procurar algumas informações e ler sobre o assunto, em vez de ficar trocando componentes a torto e direito, tentar entender o circuito e nao apenas montalo, seria legal pois os problemas que aparecerem, você saberia exatamente o porque disso, poderia começar a utizilar em seu trabalho tambem.

Caso não consiga ainda resolver os problemas, tente explicar detalhadamente os problemas que estão ocorrendo, para tentarmos lhe ajudar.

Abraço
Murilo

flaviohpr
19-06-2009, 13:35
olá sandro e todo pessoal que busca uma alternativa às fontes lineares:hilario:
queria pedir desculpas pela PREGUIÇA...
eu tenho um livro de projeto de fontes chaveadas (o autor é o mello) e lá tinha as respostas dessas duvidas.
por isso fiquei até sem graça...
com o que eu tenho em casa ja da pra dimensionar quase tudo!
tenho que dar um olhada ainda no snnuber e proteções, mas acredito estar no caminho certo.
gostaria de saber que proteções vc está usando? tensão, temperatura, sobrecarga, curto...
que critérios eu devo utilizar para dimensionar o banco de capacitores da saída?superdimensiona como é feito em fontes lineares?
qual é o fator de potencia das fontes que vc tem montado?
até mais e um abraço a todos

albert_emule@hotmail
20-06-2009, 19:00
Minha fonte agora está funcionando em 311VCC, e já efetuei testes com 200w de carga resistiva, sendo que os fets permaneceram na temperatura quase que ambiente, mesmo sem o dissipador.

A minha fonte utiliza o esquema classico encontrado na net, onde um driver IR2110, comanda os fets ou IGBTs, através da técnica de Bootertrap.

notei que o circuito de Bootertrap, apenas aterrava o GATE dos fets para mantê-los em corte.

Em muitos no-breaks de grande porte, pude ver que é muito comum utilizar tensões negativas de 5VCC para garantir que o chaveador não entre em condução, quando estiver em corte.
Venho observando também, que em no-breaks de pequeno porte, é muito comum utilizar um resistor de 1k entre gate e surce para aterrar qualquer tensão parasita que possa fazer o fet conduzir do nada.

Basiado nestas informações, acrescentei ao projeto, um resistor de 1k, entre o GATE E SOURCE dos chaveadores.

Contudo, nos projetos de potênncia bem maior, pretendo criar uma espécie de "fonte driver IGBT", que na verdade será um circuito driver provido de tensões negativas de 5VCC , que fará os mosfets ou IGBTs , chavearem com maior segurança e precisão.

No entanto, estou ainda enfrentando um pequeno problema de regulação, onde apenas o lado positivo da fonte, onde é feita a realimentação, se mantém regulado.

Quando coloco a carga resistiva de 200w no +41VCC, o lado negativo de que deveria ser de mesma tenção, acaba subindo para 100 VCC.

estou pensando em solucionar o problema, com uma das alternativas abaixo no link;
http://img189.imageshack.us/img189/2382/smps1.jpg

http://img3.imageshack.us/img3/2945/smps2.jpg

No mais, os demais problemas que tive, foram relacionados ao número de espiras, entre o primário e o secundário.

O transformador deve ser construido, além uma forma que não ofereça perdas, também de um jeito que não faça o PWM alcançar seu nível maximo de reculação.

vou mim dedicar, algum minutos todos os dias, para estudar transformadores e indutores.

OBRIGADO

chacalpowers
20-06-2009, 21:08
Olá.

A segunda opção é suficiente.

albert_emule@hotmail
20-06-2009, 21:37
você usa tensões negativas nos gates dos IGBTs?

ou você apenas usa um circuito que aterra o GATE dos IGBTs para mantê-los em corte?

Muriloo
20-06-2009, 21:44
Primeiramente o circuito que eu disse que iria colocar um exemplo retirado da revista elektor

http://img44.imageshack.us/img44/8113/screenshot009a.th.jpg (http://img44.imageshack.us/i/screenshot009a.jpg/)

Caso a fonte entre em curto ou algo parecido, o resistor R5 que esta acoplado com o termostato ira abrir o circuito, voltando fechar apenas após algum tempo desligado, caso o circuito inicie normalmente , a alimentação auxiliar vai colocar uma tensão de aprox 10v na saida, e a fonte vai "ligar", e com isso fornecendo 12v ali, nao deixando passar corrente proveniente da rede.

Caso o circuito seja iniciado,

Minha fonte a.....

notei que o circuito de Bootertrap, apenas aterrava o GATE dos fets para mantê-los em corte.

Em muitos no-breaks de grande porte, pude ver que é muito comum utilizar tensões negativas de 5VCC para garantir que o chaveador não entre em condução, quando estiver em corte.
Venho observando também, que em no-breaks de pequeno porte, é muito comum utilizar um resistor de 1k entre gate e surce para aterrar qualquer tensão parasita que possa fazer o fet conduzir do nada.

Basiado nestas informações, acrescentei ao projeto, um resistor de 1k, entre o GATE E SOURCE dos chaveadores.

Contudo, nos projetos de potênncia bem maior, pretendo criar uma espécie de "fonte driver IGBT", que na verdade será um circuito driver provido de tensões negativas de 5VCC , que fará os mosfets ou IGBTs , chavearem com maior segurança e precisão.

No entanto, estou ainda enfrentando um pequeno problema de regulação, onde apenas o lado positivo da fonte, onde é feita a realimentação, se mantém regulado.

Quando coloco a carga resistiva de 200w no +41VCC, o lado negativo de que deveria ser de mesma tenção, acaba subindo para 100 VCC.

estou pensando em solucionar o problema, com uma das alternativas abaixo no link;
http://img189.imageshack.us/img189/2382/smps1.jpg

http://img3.imageshack.us/img3/2945/smps2.jpg

No mais, os demais problemas que tive, foram relacionados ao número de espiras, entre o primário e o secundário.

O transformador deve ser construido, além uma forma que não ofereça perdas, também de um jeito que não faça o PWM alcançar seu nível maximo de reculação.

vou mim dedicar, algum minutos todos os dias, para estudar transformadores e indutores.

OBRIGADO

Albert, vamos considerar que o gate do mosfet e o source dele formam um capacitor (tem carga), oq acontece quando vc curto circuita um capacitor carregado?

http://img191.imageshack.us/img191/9085/screenshot010t.th.jpg (http://img191.imageshack.us/i/screenshot010t.jpg/)

O circuito interno do IR2110 faz exatamente isso, "curto circuitar" o "capacitor" do gate do mosfet, tanto no HO (high output) e no LO (Low Output), ou seja, acrescentar algo entre o gate e o source utilizando o driver é desnecessário.

Quanto a diferença de tensões, em uma fonte chaveada, se vc for utilizar uma fonte simétrica vc projeta uma, caso vc vá utilizar uma fonte não simétrica com apenas 1 tensão, vc faz apenas ela nada mais, pois vc tem um feedback de sua saida que faz alterar a largura do pwm, caso vc colocar a carga apenas em uma das tensões e fizer a realimentação nas 2 linhas, vc nao vai conseguir drenar corrente da fonte, pois quando o duty cycle tentar aumentar, a realimentação da linha que vc nao esta utilizando irá limitar esse aumento da largura de pulso.

Ou seja, vc quer uma fonte de 41v faça uma, vc quer uma fonte de 41+41? Faça outra.

Outra coisa, em uma fonte simétrica o snubber deve ser enrolado de forma contraria uma linha da outra, isso ajudará na estabilidade entre as 2 tensões.

Bom fim de semana.

Murilo Sonegatti

albert_emule@hotmail
20-06-2009, 21:59
estou usando os IXFH35N30

http://www.datasheetcatalog.org/datasheet2/8/0irfu6w1e3tslspz2eq3cyatcfcy.pdf

Muriloo
20-06-2009, 22:07
estou usando os IXFH35N30

http://www.datasheetcatalog.org/datasheet2/8/0irfu6w1e3tslspz2eq3cyatcfcy.pdf

VDSS 300v? 300w apenas? tenso heim!

albert_emule@hotmail
21-06-2009, 11:47
de acordo com o chacalpowers e o murilo, a segunda opção destes links, seriam a melhor.

acrescentei ao circuito, um zener de 43V em série com os que já estavam.

mudei o resistor 510, do GND (ponto neutro), para -42.

ao ligar, mensurei a tensão total do conjunto, que estava dando 83VCC.

apois colocar a carga resistiva no lado negativo, ouve queda de tensão no mesmo lado, e almento da tensão do lado positivo.

ao colacar carga do lado positivo, ouve queda de tensão do mesmo lado, e almento de tensão do lado negativo.

a tensão só se mantêve estabilizada, quando coloquei a carga nos 83VCC.

creio que seja melhor, a primeira opção.


http://img189.imageshack.us/img189/2382/smps1.jpg

http://img3.imageshack.us/img3/2945/smps2.jpg

albert_emule@hotmail
21-06-2009, 16:41
Depois de vários testes, cheguei a comclusão que;

se eu quiser uma fonte simétrica, terei que fazer outra, ou seja, numa placa, terá 2 cicuitos de comando de chaveamento e 2 trafos e dois conjuntos de fetes. tudo duplo, porem com o mesmo GND.

Pois quando eu coloco carga em um dos lados, a largura dos pulsos, tendem a almentar para corrigir a queda de tensão.

contudo, do lado que não tem carga, cuja tensão já estava estabilizada, ao receber largura de pulsos maior( pois é o mesmo trafo), vai almentar muito a tensão, pois está sem carga.

E como a realimentação só é retirada de um lado, o outro lado vai subir a tensão até o limite, estourando os capacitores.


E mesmo que bote realimentação dos dois lados, não vai funcionar, pois o lado que está sem carga, vai subir a tensão até o limite do zener, fazendo o foto-acoplador conduzir, que por sua vez vai fazer o SG3525 parar de oscilar.
e como o capacitor estará carregado, pois não tem consumo, só do outro lado, o SG3525, permanecerá desativado fazendo a tensão do lado que tem carga, cair para zero.

ISTO TUDO, TIVE QUE VER NA TORA POIS EU NÃO TENHO OSCILOSCÓPIO

CRISTIANOTHEBEST
21-06-2009, 18:42
Olá! p todos aqui do Forum!!
Fonte Chaveada...
Não é esse mistério todo...É bem mais complexo do que parece.
Ela tem "Prós e contras".
O único incoveniente dessas fontes(Ruidos em HF),provem de um "mal projeto",pq de resto ela tem muitas vantagems em relação a fonte comum.
Eficiência,"Ripple" baixo,pêso,dimensões,e na mairoia das aplicações o custo é bem mais interessante.
Estou aqui agora em meu laboratório ,testando uma fonte "Foward" com tensões de entrada de 120Vac e -40/0/+40 Vdc,que estive desenvolvendo neste último ano.
O resultado é maravilhoso,e realmente atende as minhas nescessidades.
Abs
OLA FRANCOWHARTAUDIO, ESTOU VENDO QUE VC JA DESENVOLVE FONTES CHAVEADAS, TAMBEM, PRETENDO ENTRAR DE CABEÇA NESSE MUNDO DA ELETRONICA ENTÃO COMO PRIMEIRO PROJETO RESOLVI MONTE ESSE DESSE SITE http://sound.westhost.com/project89.htm POREM FIZ O PROJETO E MONTEI O TRAFO COM 10 + 10 VOLTAS NO PRIMARIO COM FIO 17" QUE SO FOI CONSEGUIDO ENROLANDO 10 VOLTAS PARA DIREITA E 10 VOLTAS PARA ESQUERDA SE FOR IGUAL OS MOSFET ENTRAM EM CURTO COM O POSITIVO DA BATERIA, POREM FIZ 30 + 30 VOLTAS NO SECUNDARIO COMO MANDAR O PROJETO, MAS QUANDO LIGO NOS CAPACITORES A TENSAO COMEÇA A SUBIR DE 40 VOLTS CHEGOU A SUBIR ATE 110 E QUANDO LIGO UMA CARGA NAO PRECISA SER PESADA BASTA UM RESISTOR DE 47r AI A TENSAO CAI PARA 25VOLT OS 2 LADOS GOSTARIA DA SUA AJUDA OBRIGADO
CRISTIANO

Muriloo
21-06-2009, 20:01
OLA FRANCOWHARTAUDIO, ESTOU VENDO QUE VC JA DESENVOLVE FONTES CHAVEADAS, TAMBEM, PRETENDO ENTRAR DE CABEÇA NESSE MUNDO DA ELETRONICA ENTÃO COMO PRIMEIRO PROJETO RESOLVI MONTE ESSE DESSE SITE http://sound.westhost.com/project89.htm POREM FIZ O PROJETO E MONTEI O TRAFO COM 10 + 10 VOLTAS NO PRIMARIO COM FIO 17" QUE SO FOI CONSEGUIDO ENROLANDO 10 VOLTAS PARA DIREITA E 10 VOLTAS PARA ESQUERDA SE FOR IGUAL OS MOSFET ENTRAM EM CURTO COM O POSITIVO DA BATERIA, POREM FIZ 30 + 30 VOLTAS NO SECUNDARIO COMO MANDAR O PROJETO, MAS QUANDO LIGO NOS CAPACITORES A TENSAO COMEÇA A SUBIR DE 40 VOLTS CHEGOU A SUBIR ATE 110 E QUANDO LIGO UMA CARGA NAO PRECISA SER PESADA BASTA UM RESISTOR DE 47r AI A TENSAO CAI PARA 25VOLT OS 2 LADOS GOSTARIA DA SUA AJUDA OBRIGADO
CRISTIANO

Cristiano, a msg do FRANCOWHARTAUDIO foi colocada a 4 anos, e ele soh postou 3 vezes em todo o forum, acho um tanto qto dificil dele aparecer pra responder a tua pergunta.

Pelo problema que vc disse, vc deve estar com algum problema em sua realimentação, ou ela esta ausente, confira isso pois tudo indica que é esse o problema, nao é possivel tentar deduzir com apenas as informações que vc passou.
Lembrando que vc deve fazer a fonte da figura 2, que contem a realimentação atraves do potenciometro de 10k, enquanto a figura 9 é sem essa realimentação, onde ele disse que iria reenrolar o transformador.

Tente colocar um resitor entre as tensões de saida, para adicionar uma pequena carga a fonte.

Abraços
Murilo

---------- Mensagem adicionada às 20:01 ---------- Mensagem anterior foi às 19:51 ----------


Depois de vários testes, cheguei a comclusão que;
...


Vc utiliza uma fonte simétrica para alimentar uma carga simétrica, no seu caso tem um lado flutuando, ja tentou colocar carga nas 2 tensões (cargas de resistencias diferentes). (corrigindo, há de ser iguais.)
Tente fazer o teste.

Abraço
Murilo

zequim
21-06-2009, 21:19
Boa noite colegas

Montei a fonte do esquema abaixo, funcionou perfeitamente mas tentei subir a tensão da saida para +/- 50V acrescentando zener no ramo de realimentação porem a tensão fica em +/- 38.5V. O meu projeto era para uma
potencia de 300W mas quando coloco uma carga pesada ( 270W ) a tensão cai para uns +/- 33V.
Na fonte tem as seguintes caracteristicas : Nucleo EE 55/28/21 Fs 45KHz
indutor saida 2.39mH Tensão nominal projeto +/- 40V capacitores saida
10000uF total Primario 33 espiras 1.2mm secundario 9 + 9 espiras 2.4mm

Sera que o trafo esta errado ? Os transistoresde chaveamento não esquentam mesmo com carga de 250W e os diodos secundarios ficam +/- 40ºC
Alguem pode dar uma ajuda?

Abraço a todos

Muriloo
21-06-2009, 21:29
Boa noite colegas

Montei a fonte do esquema abaixo, funcionou perfeitamente mas tentei subir a tensão da saida para +/- 50V acrescentando zener no ramo de realimentação porem a tensão fica em +/- 38.5V. O meu projeto era para uma
potencia de 300W mas quando coloco uma carga pesada ( 270W ) a tensão cai para uns +/- 33V.
Na fonte tem as seguintes caracteristicas : Nucleo EE 55/28/21 Fs 45KHz
indutor saida 2.39mH Tensão nominal projeto +/- 40V capacitores saida
10000uF total Primario 33 espiras 1.2mm secundario 9 + 9 espiras 2.4mm

Sera que o trafo esta errado ? Os transistoresde chaveamento não esquentam mesmo com carga de 250W e os diodos secundarios ficam +/- 40ºC
Alguem pode dar uma ajuda?

Abraço a todos

O ideal seria conferir como esta o pwm da fonte, mas ao meu ver tem 90% de chance de ser o transformador, 12+12 espiras no secundário acho que resolveriam o problema ( fiz as contas por dedução apenas, 33v dividido por 9 espiras dão 3,6v/espira mais ou menos, pra 40v teria 11 e pouquinho, poderia arredondar pra 12, por traz do calculo teriam o fluxo e tudo mais, fiz apenas rapidinho aqui)

Abraços
Murilo Sonegatti

chacalpowers
21-06-2009, 22:05
Cristiano

A fonte do site do Rod Elliott funciona direitinho, já montei e não tem erro, apenas é preciso ter atenção com o trafo de saída, com seu enrolamento correto, o resto o CI faz tudo.

No caso, há duas versões na página: a primeira de autoria de Sergio Sanchez (o mesmo designer que é autor da fonte postada pelo Murilo - fragmento do START) e a outra é uma versão simplificada pelo próprio Elliott.

Inclusive, depois de montada e testada a fonte, enviei dois e-mails para Mr. Elliott agradecendo pelos ensinamentos do site e ele, gentimente respondeu que ficava feliz por ter ajudado na construção de SMPS, grande pessoa.

Sandro

albert_emule@hotmail
21-06-2009, 22:45
zequim (http://www.htforum.com/vb/member.php?u=78686)

eu montei essa fonte aí que você esta montando,

a questão dela cair a tensão, tem haver com as poucas espiras do secundário, eu já passei por isso, vá por mim.

cheguei a comclusão, que usar foto-acoplador para estabilizar está fonte de forma simétrica, não é boa coisa não,

o foto acoplador, ou conduz, ou deixa de conduzir ( como pulsos)
fazendo o SG3525 ligar, até carregar o banco de capacitores, e desligar quando os mesmos estiverem carregados.

ou sejá, não controla a largura dos pulsos de forma linear.

por este motivo, causa serios problemas de regulação de tensão

foto-acoplador só serve, se vc for usar uma tensão só na fonte.

agora , caso vc queira utilizar uma fonte simétrica, tente usar um circito amostragem feito com o LM358.

veja este link abaixo:
http://img34.imageshack.us/img34/2382/smps1.jpg

Muriloo
22-06-2009, 01:48
Zequim, estava fazendo os calculos aqui agora, o pwm de sua fonte esta no limite mesmo, por isso a tensão esta caindo, tente enrolar o segundario com 12+12 ou até 13+13, isso ira diminuir um pouco a largura de pulso, permitindo drenar um pouco mais de potencia da fonte.
Tente utilizar

Caso queria fazer um teste mais simples, faça a troca dos zeners pra regular em uma tensão menor, 30v sei la, e coloque carga, a fonte deve ficar estabilizada.

Perguntas:
Qual o fluxo que vc usou? 750 gaus?
Onde encontrou o nucleo? Qual marca? Qto custou?


Usou fio grosso heim, acho que da pra tirar mais que 300w disso ae se tiver com irfp460 :hilario::hilario:

Abraço
Murilo Sonegatti

---------- Mensagem adicionada às 01:48 ---------- Mensagem anterior foi às 01:34 ----------


zequim (http://www.htforum.com/vb/member.php?u=78686)

eu montei essa fonte aí que você esta montando,

o foto acoplador, ou conduz, ou deixa de conduzir ( como pulsos)
fazendo o SG3525 ligar, até carregar o banco de capacitores, e desligar quando os mesmos estiverem carregados.
ou sejá, não controla a largura dos pulsos de forma linear.
por este motivo, causa serios problemas de regulação de tensão
foto-acoplador só serve, se vc for usar uma tensão só na fonte.
agora , caso vc queira utilizar uma fonte simétrica, tente usar um circito amostragem feito com o LM358.
veja este link abaixo:
http://img34.imageshack.us/img34/2382/smps1.jpg

O circuito que vc passou faz exatamente a mesma coisa, a tensão fica em torno de +-4,5v ali em cima dos resistores de feedback, o 358 de cima, apenas inverte o sinal para ficar negativo e ser comparado junto com o de baixo, o outro opamp soma os 2 sinais negativos, atenua em 45% e joga o sinal na saida, ou seja, a saida vai ter seus 5v +-, isso vai entrar na IN-, na IN+ esta VREF, é feita a comparação dos 2 sinais normalmente etc.

Você comentou sobre a ser linear o sinal, é exatamente isso que a fonte chaveada nao faz, ela se adapta a necessidade de corrente colocada em sua saida, caso o capacitor esteja carregado, a corrente necessária é mto mto baixa, e quando se coloca uma carga ela começa aumentar a largura do pulso, suprindo a necessidade.

Ambos os circuitos dão certo. :)

Abraço
Murilo Sonegatti

Muriloo
22-06-2009, 08:23
Outra coisa que me esqueci de mencionar, caso não seja utilizado um transformador auxiliar para alimentação, tranformador para a proteção de curto, e o transformador driver para o circuito (usar o IR2110 por ex) a fonte nao estará isolada da rede, portanto utilizar essa forma de realimentação com o driver IR2110 nao estará nos moldes normalmente adotados nas fontes.

CRISTIANOTHEBEST
22-06-2009, 09:03
VALEU MURILO REALMENTE EU MONTEI A FONTE DA FIGURA 9 E COMO VC ESTA DIZENDO NÃO TEM REALIMENTAÇÃO, ENTAO A TENSAO FICA "ALUCINADA" VOU TENTAR A FIGURA 2, OBRIGADO
Cristiano.

zequim
22-06-2009, 20:38
Murilo

O fluxo que usei nos calculos foi de 1500 gaus. Esse nucleo eu retirei de uma fonte danificada de 24V 10A da empresa que trabalhava. Não tem nada marcado com relação a marca ou tipo de material, inclusive tentei comprar direto da thornton mas só vende em quantidade.
Vou desmontar o trafo e redimensiona lo
Estou usando no primario 33 espiras com 2 fios paralelos AWG 22 e secundario
de 9 +9 com 4 fios paralelos AWG 22
Gostaria de aproveitar a oportunidade e tirar uma duvida. qual a maneira que o pessoal esta fazendo para conseguir extrair por ex 50A ? Eu uso uma densidade de corrente de 3A/mm^ sendo a fio 22 suporta 0.974A com essa densidade. Ou seja para 4A de corrente seria 4 fios ( ideal 5 ). Esta certo esse calculo ou estou fazendo coisa errada?
Outra; alguem sabe onde encontrar fio litz ( fita de cobre ) ?
Mais uma vez muito obrigado pela ajuda Sr Murilo e Sr Albert

Um abraço a todos

Muriloo
23-06-2009, 17:01
Murilo

O fluxo que usei nos calculos foi de 1500 gaus. Esse nucleo eu retirei de uma fonte danificada de 24V 10A da empresa que trabalhava. Não tem nada marcado com relação a marca ou tipo de material, inclusive tentei comprar direto da thornton mas só vende em quantidade.
Vou desmontar o trafo e redimensiona lo
Estou usando no primario 33 espiras com 2 fios paralelos AWG 22 e secundario
de 9 +9 com 4 fios paralelos AWG 22
Gostaria de aproveitar a oportunidade e tirar uma duvida. qual a maneira que o pessoal esta fazendo para conseguir extrair por ex 50A ? Eu uso uma densidade de corrente de 3A/mm^ sendo a fio 22 suporta 0.974A com essa densidade. Ou seja para 4A de corrente seria 4 fios ( ideal 5 ). Esta certo esse calculo ou estou fazendo coisa errada?
Outra; alguem sabe onde encontrar fio litz ( fita de cobre ) ?
Mais uma vez muito obrigado pela ajuda Sr Murilo e Sr Albert

Um abraço a todos

Não estava lembrando por isso nao respondi antes, de acordo com o Sandro, ele usa aproximadamente 8A/mm, sendo um pouco mais conservador, e usando 6A/mm o 22Awg q tem 0,64mm de diametro, conseguiria suportar 3,84A, para 50A seriam 13 entao.

Lembrando que a potencia maxima da saida, tambem vai ser a da entrada, e vc deve dimensionar os fios do enrolamento primario.

Abraços
Murilo

inter jr
23-06-2009, 22:18
Não estava lembrando por isso nao respondi antes, de acordo com o Sandro, ele usa aproximadamente 8A/mm, sendo um pouco mais conservador, e usando 6A/mm o 22Awg q tem 0,64mm de diametro, conseguiria suportar 3,84A, para 50A seriam 13 entao.

Lembrando que a potencia maxima da saida, tambem vai ser a da entrada, e vc deve dimensionar os fios do enrolamento primario.

Abraços
Murilo
Olá! Pessoal!

Sou novo neste forum, Gosto muito de eletronica, mas sou apenas um tecnico pratico,
e estou aqui para aprender um puco com voceis, e no pouco que sei gostaria tambem de ajudar
A tempo procuro um esquema de um inversor DC/DC 12V/19V 8A preciso de ligar um notebook em uma bateria
automotiva.
Quem pode me ajudar ficarei grato

Obs.: Não sei fazer cauculo de trafo

Um Abraço a todos

Obrigado

Muriloo
23-06-2009, 23:03
Olá! Pessoal!

Sou novo neste forum, Gosto muito de eletronica, mas sou apenas um tecnico pratico,
e estou aqui para aprender um puco com voceis, e no pouco que sei gostaria tambem de ajudar
A tempo procuro um esquema de um inversor DC/DC 12V/19V 8A preciso de ligar um notebook em uma bateria
automotiva.
Quem pode me ajudar ficarei grato

Obs.: Não sei fazer cauculo de trafo

Um Abraço a todos

Obrigado

Você pode simplesmente fazer algumas alterações no circuito http://sound.westhost.com/project89.htm, em vez de colocar o terra no meio do secundario do transformador, faça sem ele, com isso vc terá uma fonte de 12v para 19v, é só fazer o transformador com a proporção correta e alterar o valor da referencia atravez do pot de 10k, (essa fonte vai ter uns 200w aproximadamente, pode usar nucleos de fontes velhas de pc mesmo).
Qualquer duvida avise.

Abraços
Murilo

inter jr
24-06-2009, 05:38
Obrigado Muriloo

Gostei muito deste projeto, rico em detalhes,mas mesmo assim achei um pouco complicado pelo fato dele pedir um ociloscopio para o ajuste final e como não tenho a ferramenta,fico com receio de não conseguir um bom resultado.Mas continuei com a minha buscas pela net e achei um esquema que usa um CI TL494b para fazer o inversor de 12VDC/19VDC, este CI é muito conhecido nas fonte AT,mas achei só o esquema sem detalhes, principalmente no enrolamento do trafo, que é para mim o mais complicado, se ao menos esplicase quantas espiras no primario e quantas no secundario, e mesmo assim estes trafos tem muitas formas de enrolar como usar o fio dobrado eoutras coisas assim.
Acho que preciso aprender primeiramente sobre estes trafos.
Vou continuar nas minhas pesquisas mas se alquem estiver um projeto destes com detalhes fico muito grato se postar

Um abraço a todos
e muito obrigado

Junior

zequim
24-06-2009, 07:31
Murilo

Obrigado pela informação, estava usando 3A/mm^ muito baixo. A maioria da literatura que possuo indica 3A para um valor seguro mas acho muito pouco
vou fazer os testes e ver os resultado.
Aproveitando, onde que vc comprar os nucleos para as suas fontes?

Muito obrigado colega

Muriloo
24-06-2009, 09:16
Murilo

Obrigado pela informação, estava usando 3A/mm^ muito baixo. A maioria da literatura que possuo indica 3A para um valor seguro mas acho muito pouco
vou fazer os testes e ver os resultado.
Aproveitando, onde que vc comprar os nucleos para as suas fontes?

Muito obrigado colega

Cara, pra falar a verdade eu nunca fiz uma fonte chaveada :D (estou meio sem tempo, mas de férias agora estou fazendo alguns testes com fabricação das plaquinhas), apenas estudei um pouco sobre as mesmas, pois qdo for fazer uma quero desenvolver um bom layout de placa para evitar alguns problemas que podem ocorrer, mas pra dar uma adiantada, ontem comecei a abrir alguns nucleos de fontes de computador que tenho em casa para uns testes, mas por enquanto nao fiz nenhuma mesmo :)

Mas mesmo assim qualquer duvida avise :)

Abraço
Murilo Sonegatti

Werley Brito
25-06-2009, 11:55
olá werley td blz começçei hj a usar o htforum to fazendo um projeto de fonte chaveada 12v 50 ah!tem alguma dica?


Olá Edilson!:legal: Boas vindas atrasadas...

Tudo jóia! Estive meio "desplugado" do fórum pois estava em outros projetos, mas pretendo em breve postar outras experiências.
Em um post anterior coloquei umas fotos de uma fonte que mantei com um núcleo que vc me vendeu...

Como já dizia o Sandro...Fico feliz que o fórum tenha novos participantes com ótimas idéias.

Abraço à todos!

zequim
25-06-2009, 22:12
Boa noite colegas

Enrolei outro trafo e dessa vez funcionou! Agora na saida esta dando +/- 55V
Acabou meu fio 22 e usei fio 26, passei a frequencia de 45KHz para 66KHz e ficou assim
Pri 30 esp 0.8mm sec 13+13 esp 1.6mm indutancia primario 680uH
Fs 66KHz Vs +/- 55V nucleo 55/28/21.
Amanha faço o teste de fogo da fonte e coloco o resultado aqui.

Um abraço a todos

albert_emule@hotmail
28-06-2009, 12:32
zequim (http://www.htforum.com/vb/member.php?u=78686)


tente calcular o transformador da sua fonte, neste site aqui: http://schmidt-walter.eit.h-da.de/smps_e/smps_e.html

depois coloque o resultado aqui no forum

zequim
28-06-2009, 21:14
Boa noite

Não tive sucesso enrolando o trafo com fio 26 e funcionando a 66KHz. A fonte esquentava muito e o rendimento ficou +/- 56%
Desmontei um trafo da sucata e enrolei novamente o trafo da fonte
Pri 27 esp AWG 22 ( 3 fios paralelos ) Sec 12 esp AWG 22 ( 6 fios paralelos )
indutancia pri 456uH, VS +/- 56V 437 W, Fs 45 KHz . Notei que tanto os cap de filtragem da entrada Vcc da fonte 2x 560uF e o de float 1uF x 400V estão esquentando. Alguem sabe os calculos desses capacitores da entrada da fonte ( Vcc) ? O rendimento da fonte esta em 77.7%; gostaria de saber qual o rendimento normal desse tipo de fonte half-bridge e se tem alguma dica para melhorar esse rendimento? Sandro, Murilo e cia alguem pode dar uma ajuda.
Segue a foto do prototipo da fonte
Gostaria de sugestões, criticas, etc do pessoal tanto da montagem como do posicionamento dos componentes visando um melhor rendimento.
Um abraço a todos

albert_emule@hotmail
29-06-2009, 06:59
toda a potência da fonte passa nos papacitores de entrada

não é atoa que eles estão aquecendo

vc poderia colocar mais capacitores em paralelo, para que eles não aqueça mais

o mesmo vc faz com o capacitor float 1uF, ao invez de usar apenas um, faça uma cobinação de vários para formar 1uF, assim vc diminui a resistencia total do conjunto, fazendo perder menos potência em calor

---------- Mensagem adicionada às 06:59 ---------- Mensagem anterior foi às 06:56 ----------

vc tem que colocar o IR210 e o SG3525 O MAIS PROXIMO POSSIVEL DOS FETS para não haver interferencia de sinais e nem perdas

pois trilhas lomgas, formam bobinas e antenas

zequim
29-06-2009, 07:24
Ok, Albert obrigado pelas dicas

Um abraço

CRISTIANOTHEBEST
29-06-2009, 10:45
Ola amigos do forum sou novo no ramo de smps, então decidi comerçar por fontes para carro chaveada comecei com essa http://sound.westhost.com/project89.htm o da figura 9 montei nao foi dificil para verem montei com o ferrite de flayback de televisao e funcionou porem a tensao começa baixa e ia subindo e quando colocava uma carga essa mesma tensão baixava ora! Isso não pode acontecer se for quando colocar um amplificador vai virar uma zorra, pedindo ajuda aos amigos do forum, um conhecer do assunto, me disse que o desenho da figura 9 não tinha referencia de tensão por isso essa bagunça na mesma então resolvi montar essa http://www.htforum.com/vb/attachment.php?attachmentid=18047&stc=1&d=1246281700 mas o problema que com as especificações do projetista, no meu caso os mosfets esquentam que chegam a fritar ovos e a bobina do trafo primaria também esquenta, isso com ferrite do flayback e toroidal, gostaria de um comentario de voceis tendo em vista que esse segundo projeto não deu certo de jeito algum não sei se tem algum erro no mesmo

zequim
29-06-2009, 12:45
Colega

Aconteceu algo parecido com meu projeto, no meu caso a relação de espiras do trafo esta errada, tente aumentar a quantidade de espiras
do secundario. O melhor para fonte chaveada é nucleo EE, ETD, Toroides. Acho que nucleo de flyback não fica bom
De mais informações da sua fonte principalmente sobre o trafo.

CRISTIANOTHEBEST
29-06-2009, 14:24
OK! ZEQUIM MAS, HEHE QUANDO ENROLO O TRAFO PRIMEIRO (CLARO) ENROLO O PRIMARIO LIGO A FONTE E VEJO SE OS MOSFET NÃO ESQUENTAM SE NÃO, ENROLO O SECUNDARIO OU SEJA NÃO ENROLO O PRIMARIO E LOGO EM SEGUIDA VOU ENROLANDO O SECUNDARIO E TAMBEM FAÇO O SEGUINTE DOU UMA VOLTA COMPLETA PARA O SECUNDARIO E VEJO QUANTOS VOLTS RMS CONSEGUI COM ESSA VOLTA DIGAMOS DEU UMA VOLTA CONSEGUI 1V ENTÃO COM 2 VOLTAS VOU CONSEGUI 2V, OUTRA COISA QUE ACHO QUE FONTE CHAVEADA NAO DEVERIA TER E CAPACITORES DE FILTROS NA SAIDA ESSE DE 5000-4700-3300, POR QUE ELES CRIAM TENSÃO DE PICO COMO NA FONTE LINEAR OLHA SO SE TENHO 50V-0-50V SAINDO DO TRAFO DEPOIS DE RETIFICADO E FILTRADO VAI PARA +/- 70V-0-70V POR ISSO QUE JA VI AMPLIFICADORES DIZENDO ASSIM NO ESQUEMA 70-0-70V EM REPOUSO EM CARGA MAXIMA CAI DIGAMOS PARA 60-0-60 OU +/-58 NA FONTE CHAVEADA OCORRE O MESMO JA FIZ ENROLAMENTO JA FONTE CHAVEADA COM 10-0-10 QUE QUANDO LIGUEI PARA RETIFICAR E FILTRAR FOI PARA 22-0-22V CRIOU TENSÃO DE PICO, SEI QUE NA REDE SEM CAPACITORES DE FILTRO CRIA UM EFEITO COMO SE TIVESSE DC NA SAIDA, NO TRAFO DA FONTE É O SEGUINTE SE ENROLO COM 4VOLTAS NO PRIMARIO OS MOSFETS ESQUENTA BEM RAPIDO SE AUMENTO AS VOLTAS OS MOSFET ESQUETAM MAIS LENTAMENTE MAS ISSO SO ACONTECE COM O 2º ESQUEMA.VOCE ME INDICARIA UM ESQUEMA DE FONTE QUE REALMENTE FUNCIONE PARA CARRO AGRADEÇO-LHE SE TIVER

zequim
29-06-2009, 21:16
Cristiano

Quando estamos projetando uma fonte chaveada devemos ter alguns parametros basicos sobre o nucleo usado e a topologia da fonte.
Com relação ao nucleo devemos saber alguns paramentros como Ae, Ap, densidade maxima do nucleo (B). Com relação a topologia da fonte devemos escolher uma que utilize melhor os quadrantes do grafico BxH.Em outras palavras cada tipo de fonte tem um tipo de aproveitamento do nucleo e é em cima desses parametros que calculamos o numero minimo de espiras. Se vc montar a fonte com a quantidade de espiras inferior do valor minimo o nucleo satura causando um sobreaquecimento dos transistores de chaveamento.
Acho que esses esquemas te ajudarão

albert_emule@hotmail
29-06-2009, 21:47
OK! ZEQUIM MAS, HEHE QUANDO ENROLO O TRAFO PRIMEIRO (CLARO) ENROLO O PRIMARIO LIGO A FONTE E VEJO SE OS MOSFET NÃO ESQUENTAM SE NÃO, ENROLO O SECUNDARIO OU SEJA NÃO ENROLO O PRIMARIO E LOGO EM SEGUIDA VOU ENROLANDO O SECUNDARIO E TAMBEM FAÇO O SEGUINTE DOU UMA VOLTA COMPLETA PARA O SECUNDARIO E VEJO QUANTOS VOLTS RMS CONSEGUI COM ESSA VOLTA DIGAMOS DEU UMA VOLTA CONSEGUI 1V ENTÃO COM 2 VOLTAS VOU CONSEGUI 2V, OUTRA COISA QUE ACHO QUE FONTE CHAVEADA NAO DEVERIA TER E CAPACITORES DE FILTROS NA SAIDA ESSE DE 5000-4700-3300, POR QUE ELES CRIAM TENSÃO DE PICO COMO NA FONTE LINEAR OLHA SO SE TENHO 50V-0-50V SAINDO DO TRAFO DEPOIS DE RETIFICADO E FILTRADO VAI PARA +/- 70V-0-70V POR ISSO QUE JA VI AMPLIFICADORES DIZENDO ASSIM NO ESQUEMA 70-0-70V EM REPOUSO EM CARGA MAXIMA CAI DIGAMOS PARA 60-0-60 OU +/-58 NA FONTE CHAVEADA OCORRE O MESMO JA FIZ ENROLAMENTO JA FONTE CHAVEADA COM 10-0-10 QUE QUANDO LIGUEI PARA RETIFICAR E FILTRAR FOI PARA 22-0-22V CRIOU TENSÃO DE PICO, SEI QUE NA REDE SEM CAPACITORES DE FILTRO CRIA UM EFEITO COMO SE TIVESSE DC NA SAIDA, NO TRAFO DA FONTE É O SEGUINTE SE ENROLO COM 4VOLTAS NO PRIMARIO OS MOSFETS ESQUENTA BEM RAPIDO SE AUMENTO AS VOLTAS OS MOSFET ESQUETAM MAIS LENTAMENTE MAS ISSO SO ACONTECE COM O 2º ESQUEMA.VOCE ME INDICARIA UM ESQUEMA DE FONTE QUE REALMENTE FUNCIONE PARA CARRO AGRADEÇO-LHE SE TIVER


suas idéias sobre fontes chaveadas, estão taltalmente distorcidas
não se calcula o trafo desta maneira

(QUANDO ENROLO O TRAFO
PRIMEIRO ENROLO O PRIMARIO LIGO A FONTE E VEJO SE OS MOSFET NÃO ESQUENTAM)

pois os chaveadores vão esquentar mesmo cara.

além de vc dimencioar o trafo de forma errada, vc vai fazer o PWM trabalhar no máximo e os chaveadores vão esquentar.

além do mais, para uma fonte chaveada ser bastante regulada, seu trafo, deve ser calculado de forma a poder fornecer muito mais do tensão do que a nominal.

por exemplo uma fonte de 12VCC, o seu trafo deve ter capacidade de fornecer, se necessário 24VCC , pois quando ela receber carga pesada, o controle de PWM, vai almentando a largura dos pulsos, para poder conpensar as perdas e manter a tensão nominal

Muriloo
29-06-2009, 22:25
(QUANDO ENROLO O TRAFO
PRIMEIRO ENROLO O PRIMARIO LIGO A FONTE E VEJO SE OS MOSFET NÃO ESQUENTAM)

pois os chaveadores vão esquentar mesmo cara.

além de vc dimencioar o trafo de forma errada, vc vai fazer o PWM trabalhar no máximo e os chaveadores vão esquentar.



Os transistores nao deveriam esquentar nao :), é o principio do transformador, por favor gente, vamos ler um livro sobre transformadores (estou mesmo estou para descobrir a potencia maxima teórica de cada nucleo), caso nao tenha uma carga (secundário por assim dizer), teremos apenas o "consumo" nas perdas do transformador, nucleo, enrolamentos etc.

CRISTIANOTHEBEST, aqui estamos utilizando pulsos de onda quadrada onde a tensão rms com 100% de duty cycle, seria a tensão a amplitude da onda, quando utilizamos um transformador em uma fonte linear, temos uma senoide e nao uma onda quadrada, por isso fazemos (raiz*2)tensão.

zequim
30-06-2009, 07:35
Albert disse

"suas idéias sobre fontes chaveadas, estão taltalmente distorcidas
não se calcula o trafo desta maneira

(QUANDO ENROLO O TRAFO
PRIMEIRO ENROLO O PRIMARIO LIGO A FONTE E VEJO SE OS MOSFET NÃO ESQUENTAM)

pois os chaveadores vão esquentar mesmo cara."

Será que toda a literatura que li sobre fontes esta tuda errada? Pra que existe esses parametros nos calculos? he,he,he
Sandro e cia alguem se disponibiliza

Muriloo
30-06-2009, 09:47
Albert disse

"suas idéias sobre fontes chaveadas, estão taltalmente distorcidas
não se calcula o trafo desta maneira

(QUANDO ENROLO O TRAFO
PRIMEIRO ENROLO O PRIMARIO LIGO A FONTE E VEJO SE OS MOSFET NÃO ESQUENTAM)

pois os chaveadores vão esquentar mesmo cara."

Será que toda a literatura que li sobre fontes esta tuda errada? Pra que existe esses parametros nos calculos? he,he,he
Sandro e cia alguem se disponibiliza

Você esta correto Zequim, um transformador tende sempre a equilibrar o fluxo magnético, o qual induz a tensão no secundario, caso nao haja carga no secundário, o fluxo necessário para o equilibrio do fluxo no nucleo apenas irá necessitar da intensidade para suprir as perdas do trafo.
Caso haja uma carga, a corrente dessa carga irá induzir um fluxo magnético contrario ao induzido pelo primário, assim, o primario ira necessitar de mais corrente para induzir mais fluxo e chegar ao equilibrio.

Abraço
Murilo

CRISTIANOTHEBEST
30-06-2009, 15:07
Ok, mas como ja disse sou leigo, nesse assunto, de fontes chaveadas para questionar voceis, mas como tinha dito, montei um do site a qual postei anteriormente, e essa mesma não esquenta os transistores de chaveamento mesmo sem enrolamento no secundario ok?, dai enrolei o secundario e consegui uma tensão que eu queria, mas ficava oscilando aumentando sem carga e diminui com carga, foi quando murilo me deu a dica de que o projeto que eu tinha montado não tinha referencia de tensão com isso a mesma oscilava, então decidi montar o outro projeto porem ela é estabilizada, mas com qualquer quantidade de enrolamento no primario o mosfets esquentam, e se for igual o projetista pede ai que da a muringa, esquentam que frita ovos, veja bem independente de enrolamento no secundario, esse negocio de fonte chaveada é facil entender o processo porem, na pratica e meio cavernoso, ou os projetos que encotrei não fazem o que dizem, pq tambem monto amplificadores, e nao tenho problema quando terminio coloco para funcionar é uma beleza, mas a tal da fonte chaveada e o bicho hehehe

Muriloo
30-06-2009, 15:17
Ok, mas como ja disse sou leigo, nesse assunto, de fontes chaveadas para questionar voceis, mas como tinha dito, montei um do site a qual postei anteriormente, e essa mesma não esquenta os transistores de chaveamento mesmo sem enrolamento no secundario ok?, dai enrolei o secundario e consegui uma tensão que eu queria, mas ficava oscilando aumentando sem carga e diminui com carga, foi quando murilo me deu a dica de que o projeto que eu tinha montado não tinha referencia de tensão com isso a mesma oscilava, então decidi montar o outro projeto porem ela é estabilizada, mas com qualquer quantidade de enrolamento no primario o mosfets esquentam, e se for igual o projetista pede ai que da a muringa, esquentam que frita ovos, veja bem independente de enrolamento no secundario, esse negocio de fonte chaveada é facil entender o processo porem, na pratica e meio cavernoso, ou os projetos que encotrei não fazem o que dizem, pq tambem monto amplificadores, e nao tenho problema quando terminio coloco para funcionar é uma beleza, mas a tal da fonte chaveada e o bicho hehehe

Aparecem esses problemas por que exatamente vc não conseguiu entender o Q da coisa, reveja seu circuito, deve ter alguma coisa errada nele.
:)

Abraços
Murilo

CRISTIANOTHEBEST
30-06-2009, 16:26
ACHO QUE PODE ATE SER, MAS QUANDO CONSEGUIR COLOCAREI AS FOTOS AQUI.

chacalpowers
01-07-2009, 15:55
Os fets/IGBTs podem esquentar por várias causas. Uma delas pode ser um baixo fator de DEAD TIME no CI o que provoca condução dos dois drivers (mesmo que muito rapidamente) juntos antes que um entre em repouso.
O fato de deixar o circuito em OPEN WIDE, ou seja , funcionando sem opto-regulação, deixando que ele exerça a largura do pulso ao máximo não pode provocar aquecimento nos mosfets se não houver carga.
Me parece que sobrexistem capacitâncias parasitas no enrolamento do CORE, caso seja núcleo ETD ou mesmo EE, a possibilidade de que isso ocorra é bem próxima, fato que não acontece com os toroides, os quais, mesmo com enrolamentos " descuidados" raramente apresentam este inconveniente.
Ainda, é preciso verificar se os cálculos para o núcleo estejam corretos assim como a frequência de chaveamento, descompasso entre estes dois elementos é algo a ser considerado.

Espero ter ajudado.

Sandro

CRISTIANOTHEBEST
01-07-2009, 17:29
Claro que ajuda sim, ajuda sempre é bem vinda e acrescenta sempre algo novo, mas tenho deconfiança no esquema, dever ter algum problema e o que pesa muito para mim é que nao tenho um osciloscopio para ver a frequencia da fonte.

zequim
01-07-2009, 20:48
Sandro

Boa noite colega

Existe alguma maneira de saber o tempo morto ideal de uma fonte chaveada ou é na base da tentativa?
Estou usando um tempo morto 0.5 us com uma frequencia de chaveamento de 45KHz topologia meia-ponte. Existe um valor minimo para adotarmos?
Se possivel gostaria mais uma vez da sua ajuda

Obrigado

Muriloo
01-07-2009, 21:24
Sandro

Boa noite colega

Existe alguma maneira de saber o tempo morto ideal de uma fonte chaveada ou é na base da tentativa?
Estou usando um tempo morto 0.5 us com uma frequencia de chaveamento de 45KHz topologia meia-ponte. Existe um valor minimo para adotarmos?
Se possivel gostaria mais uma vez da sua ajuda

Obrigado


O tempo morto ao meu ver seria para dar tempo dos transistores estarem totalmente ligados / desligados, isso dependeria do rise time e do fall time dos transistores, mas mesmo assim eu tentaria usar cerca de 80% de duty cycle, isso daria um tempo morto de aproximadamente 4,5us.

Então seriam uns 18uS de Ton e 4,5uS de toff maximos, com isso sua tensão teria que ser um pouco mais alta ainda, pra vc ter uns 10v por ex vc teria que enrolar o secundário para 12,5v , considerando a queda dos retificadores 13,2, mais as perdas no nucleo, coloque uns 15v para ter uma margem de regulagem.

albert_emule@hotmail
02-07-2009, 12:08
qual o fator de poência de retificadores com filtro a capacitor?


sei que é baixo, pois li em algum lugar, que era em torno de 0.6


sendo assim, uma fonte que consome na entrada 838w em 127, fornecerá apenas 502W nas cargas, fazendo se perder 336w de petência.

neste caso, é hora de começar a pensar, em retificadores com alto fator de potência, com estágio conversor boost.

dizem que as fontes chaveadas que utilizam estes conversores boost, alcansam fator de potência em torno de 0.98 ou seja próximo de 1


neste caso, a mesma fonte, que consome na entrada 838w em 127 VCA, fornecerá 821 W nas cargas, fazendo se perder apenas 17w de petência.

ou seja eficiência maxima além de não poluir a rede elétrica com perturbações de toda ordem.

---------- Mensagem adicionada às 12:08 ---------- Mensagem anterior foi às 12:02 ----------

uma alternativa bem simples, seria colocar um indutor como filtro dos retificadores de entrada.

os filtros com indutor, faz o fatôr de potência se elevar para 0.9

no entanto, não é muito pratico, pois o volume que o indutor ocupa, é muito grande.

Muriloo
02-07-2009, 12:33
qual o fator de poência de retificadores com filtro a capacitor?
sei que é baixo, pois li em algum lugar, que era em torno de 0.6
sendo assim, uma fonte que consome na entrada 838w em 127, fornecerá apenas 502W nas cargas, fazendo se perder 336w de petência.
neste caso, é hora de começar a pensar, em retificadores com alto fator de potência, com estágio conversor boost.
dizem que as fontes chaveadas que utilizam estes conversores boost, alcansam fator de potência em torno de 0.98 ou seja próximo de 1
neste caso, a mesma fonte, que consome na entrada 838w em 127 VCA, fornecerá 821 W nas cargas, fazendo se perder apenas 17w de petência.
ou seja eficiência maxima além de não poluir a rede elétrica com perturbações de toda ordem.
---------- Mensagem adicionada às 12:08 ---------- Mensagem anterior foi às 12:02 ----------
uma alternativa bem simples, seria colocar um indutor como filtro dos retificadores de entrada.
os filtros com indutor, faz o fatôr de potência se elevar para 0.9
no entanto, não é muito pratico, pois o volume que o indutor ocupa, é muito grande.

Meu caro, vc esta falando bobagem, vc esta confundindo potencia ativa e potencia aparente com eficiencia, um nao tem nada haver com o outro.

Eficiencia seria potencia de saida divido por potencia de entrada, tipo na saida vc tem 800w e na entrada vc mede 900w, isso da uma eficiencia de 88,88%.

Agora, potencia ativa é dada em Watts, potencia aparente é dada em VA, e o fator de potencia seria a potencia ativa/potencia aparente.

albert_emule@hotmail
02-07-2009, 12:55
O fator de potência, quanto mais próximo de 1, melhor aproveitada será a corrente, pois existirá pouca reatância que no nosso caso, é capacitiva, e maior será o rendimento do circuito.

Muriloo
02-07-2009, 13:05
O fator de potência, quanto mais próximo de 1, melhor aproveitada será a corrente, pois existirá pouca reatância que no nosso caso, é capacitiva, e maior será o rendimento do circuito.

Meu caro, nao tem nada haver aproveitamento da corrente na fonte com fator de potencia, a diferença de eficiencia entre uma fonte chaveada com pfc é 0!

albert_emule@hotmail
02-07-2009, 21:25
meus toroides:

http://img27.imageshack.us/img27/7297/dsc01240g.jpg

http://img89.imageshack.us/img89/5820/dsc01241x.jpg

http://img39.imageshack.us/img39/6488/dsc01242y.jpg

um amigo meu aqui, que está se formando em física, me orientou nos calculos
http://www.thornton.com.br/formulas.htm

contudo, estes toroides das fotos, eu não sei suas especificaçõs.

vou passar a comprar do fabricante acima, e calcular da maneira correta.

albert_emule@hotmail
04-07-2009, 11:53
http://www.diyaudio.com/forums/showthread.php?s=&threadid=60969&perpage=15&pagenumber=1

e aída utilizando transistores bipolares na saída de potência MJE13009

renzzoscalon
08-07-2009, 15:44
É que ligada em 160VCC, consegue suportar uns 400w, JÁ EM 311, QUEIMA os fets,

estive fazendo uma verificação no osciloscópio, e achei a onda muito distorcida na saída do trafo, como se estivesse com muitos ruidos.

a onda não sai quadrada do jeito que apareci nas saídas do IR2110.

Eu sempre ligo em série com uma lâmpada, e quando está em 311VCC percebo que os fets comessam a dissipar calor relativamente alto, sendo que a lâmpada, fica com o filamento meio avermelhado.
ou seja: nos fets, não está passando corrente alta no entanto, eles estão esquentando, dando a entender que não estão chaveando corretamente os pulsos.

---------- Mensagem adicionada às 19:07 ---------- Mensagem anterior foi às 19:07 ----------

só não tenho como verificar os pulsos

---------- Mensagem adicionada às 19:12 ---------- Mensagem anterior foi às 19:07 ----------

pois o osciloscópio que tinha usado, nao era meu.

isto tem alguma relação com o trafo?

a topologia da minha fonte, é de meia ponte

---------- Mensagem adicionada às 19:19 ---------- Mensagem anterior foi às 19:12 ----------

esse é o meu projeto de fonte chaveada SMPS simétrica em meia ponte que pretendo dimenciar para potência de 1000W
http://img187.imageshack.us/img187/6284/cats3fc7.jpg
http://img54.imageshack.us/img54/9636/cats1ta7.jpg
http://img22.imageshack.us/img22/5435/cats4ml4.jpg
http://img11.imageshack.us/img11/1158/cats5kx8.jpg


use o irfp460, o problema é que a tensão do irfp250 é baixa, lembrando que a tensão sobre o mosfet é a mesma da entrada, então se vc tem 300v, vc tem que ter um mosfet de maior capacidade, lembrando também que cada mosfet conduz por vez, então a tensão em cima de cada mosfet será igual a da entrada.

albert_emule@hotmail
08-07-2009, 19:20
Amigo! Este problema já está resouvido, faz tempo!

Agora estou usando, fet de 300VCC.

olha só o que acontensse quando eu coloco um resistor de níquel cromo ná saída...

http://img5.imageshack.us/img5/8871/dsc01248wgb.jpg

este resistor inteiro, é de 1R, veja que eu utilizei menos da metade dele.

olha só a tensão no multímetro http://img5.imageshack.us/img5/3918/dsc01249rdy.jpg

Muriloo
08-07-2009, 19:46
Amigo! Este problema já está resouvido, faz tempo!

Agora estou usando, fet de 300VCC.

olha só o que acontensse quando eu coloco um resistor de níquel cromo ná saída...

http://img5.imageshack.us/img5/8871/dsc01248wgb.jpg

este resistor inteiro, é de 1R, veja que eu utilizei menos da metade dele.

olha só a tensão no multímetro http://img5.imageshack.us/img5/3918/dsc01249rdy.jpg

A resistencia tem suas propriedades alteradas qdo elevada a altas temperaturas, sua resistencia é alterada, meça a resistencia pra ter uma percepção correta sobre oq se passa na fonte.

albert_emule@hotmail
08-07-2009, 19:47
este é só um protótipo, mas a placa com os componentes mais arrumados, já está ficando pronta

http://img199.imageshack.us/img199/2042/dsc01251o.jpg

albert_emule@hotmail
09-07-2009, 00:52
eu fiz mais um teste na fonte

fiz mais um teste nela,
depois dos melhoramentos que fiz, eu já sabia que a corrente, estava muito maior de 20A

como o meu multímetro só mede até 20A , e o meu amperímetro, aínda é analógico,

eu fiz assim:

coloquei a resistencia em série com um resistor shant e mensurei a corrente, que deu 11A, SENDO QUE EM CIMA DO RESISTOR SHANTE, DEU 37.5 mile volts

com esses dados em mãos, eu fiz a divisão do resistor, para menos da metade.

a tensão no resistor shant chegou a 200 mile volts, fiz a divisão deste valor por 37.5 e multipliquei por 11A deu 58A daí eu multipliquei por 14,5A e deu

841W na saída com 14.5VCC.

ao mesmo tempo, eu estava mensurando a corrente alternada da entrada da fonte
deu 8A em mais ou menos 120VAC. que deu uns 960w na entrada, mais não se pode afirmar ao certo, pois amperímetros analógicos, tem pequenos erros.

albert_emule@hotmail
10-07-2009, 20:18
corrigindo

o valor do shunt é de 0.000230R mais ou menos

e a fonte está dando de 26 a 30A em 13,2VCC e 6 a 6.5 em 107vca


I= V/R V= 0.006/0.000230R =26A

AINDA TEM QUE MELHORAR MUITO

Werley Brito
24-07-2009, 14:05
Olá pessoal...Todos meio sumidos...todos de férias.

Consegui desvendar como se "enrrola" o transformador driver do circuito que postei na PAG. 15. Algumas pessoas mandaram e-mail pedindo os detalhes de construção, vai um arquivo PDF em anexo explicando.

Seguindo o espírito DIY, testei até com um núcleo encontrado em uma lâmpada fluorescente (eletronica) queimada:riso: e funcionou bem!

O grande detalhe desse projeto é seu baixo custo e confiabilidade, já que a configuração é usada em fontes comerciais.

Tenho um amplificador de 150W funcionando bem com ela.

Um abraço a todos!

edilson.zehnder
01-08-2009, 11:52
OLÁ COLEGAS PREÇISO TIRAR UMA DUVIDA,ESTOU MONTANDO UMA FONTE PARA UMA MAQUINA DE SOLDA COM VOLTAGEM DE SAIDA DE 60V E 100AH DE CORRENTE ,MAS PREÇISO FAZER REGULAR A CORRENTE DE 10 A 100AH USANDO O SI SG3525 OU TL494,A IDEIA SERIA FAZER UM PROJETO IGUAL AO DE REGULADOR DE VELOCIDADE PWM USADO EM MOTORES DC ,
A REGULAGEM É FEITA ALTERANDO A LARGURA DE PULSO SOMENTE?
SERÁ QUE PODE FUNCIONAR COM O MESMO PROJETO DE UM REGULADOR DE VELOCIDADE PWM PARA MOTORES DE CORRENTE CONTINUA ?
OU TEM OUTRA FORMA DE SE FAZER ESTA REGULAGEM DE CORRENTE?
ALGUEM PODE ME AJUDAR ,UM ABRAÇO A TODOS!1

Muriloo
01-08-2009, 12:49
OLÁ COLEGAS PREÇISO TIRAR UMA DUVIDA,ESTOU MONTANDO UMA FONTE PARA UMA MAQUINA DE SOLDA COM VOLTAGEM DE SAIDA DE 60V E 100AH DE CORRENTE ,MAS PREÇISO FAZER REGULAR A CORRENTE DE 10 A 100AH USANDO O SI SG3525 OU TL494,A IDEIA SERIA FAZER UM PROJETO IGUAL AO DE REGULADOR DE VELOCIDADE PWM USADO EM MOTORES DC ,
A REGULAGEM É FEITA ALTERANDO A LARGURA DE PULSO SOMENTE?
SERÁ QUE PODE FUNCIONAR COM O MESMO PROJETO DE UM REGULADOR DE VELOCIDADE PWM PARA MOTORES DE CORRENTE CONTINUA ?
OU TEM OUTRA FORMA DE SE FAZER ESTA REGULAGEM DE CORRENTE?
ALGUEM PODE ME AJUDAR ,UM ABRAÇO A TODOS!1

1º - Voltagem nao existe, tensão existe.
2º - A não ser que voce esta usando uma bateria, não será Ampere Hora, e sim apenas ampere
3º - Você vai usar um Sircuito Integrado SG3525 ou um Circuito Integrado Sg3525?
4º - Você mesmo respondeu a pegunta sobre a largura de pulso, pwm é modulação de largura de pulso.
5º - O uso de CAPSLOCK ou caixa alta(como preferir) no forum é uma forma de demonstrar que você esta "gritando", e um tanto quanto deselegante.

Sobre o controle da corrente, voce pode utilizar um transformador de corrente ou um resistor de referencia, para essa amplitude de corrente, um resistor de shunt igual o Albert utilizou para a medida da corrente com com miliohms seria o mais interessante para nao haver perda de potencia sobre calor, questão, vc vai alimentar uma maquina de solda ou a fonte vai ser uma maquina de solda, caso for utilizar a fonte, você tera que fazer alterações.

Abraço
Murilo

victorcastro89
03-08-2009, 16:42
Olá,sou novo no forum,tenho pesquisado a um bom tempo essas Fontes chaveadas e quase todas que ja vi funcianam a 220v.
Ninguem teria um esquema 1110v input/70v a 80v out não?
ou então alguma forma de obter os 220v apartir da rede 110.
obrigado!

Muriloo
03-08-2009, 17:03
Olá,sou novo no forum,tenho pesquisado a um bom tempo essas Fontes chaveadas e quase todas que ja vi funcianam a 220v.
Ninguem teria um esquema 1110v input/70v a 80v out não?
ou então alguma forma de obter os 220v apartir da rede 110.
obrigado!


Olá, bem vindo, espero poder ajudar no que for possivel.

Primeiramente, leia todo o tópico a partir da primeira pagina umas duas ou três vezes, muitas duvidas podem ser sanadas com isso, sei que são muitas paginas, mas vale a pena pelo conhecimento.

Um exemplo disso é que na pagina 17, teve um post sobre isso:


Boa tarde Cristiano, a chave comutadora de tensão esta ligada da forma abaixo, quando ligada ela é um dobrador de tensão.
Ou seja, vc sempre vai ter aproximadamente 310v na saida para a fonte.

http://www.kellerstudio.de/repairfaq/sam/smpsvs.gif


Abraço
Murilo Sonegatti


O fato de utilizarmos 220~240VAC nas fontes, é que isso diminui a corrente que vai circular pelos transistores e pelo nucleo do transformador, nos dando um bom leque de opções quando projetamos as mesmas, mas nada impede que você faça uma fonte a partir de 110~127Vac (Brasil).

Você pode usar um dobrador de tensão como na imagem acima, utilizando o mesmo calculo de transformador q em 220v, sendo que você teria uma fonte bivolt, ou utilizar diretamente o 127v e com isso usar 180vdc para calcular o transformador, ficando sempre limitado a tensão de 127v, vai do projetista.

Qualquer duvida é só falar.

Abraço
Murilo Sonegatti

dudaindc
10-08-2009, 12:08
Pessoal

Em anexo seguem as referencias que estou usando nos primeiros experimentos.

Minha razão para montar esta fonte não é para audio, mas o conhecimento adquirido no processo não ocupa muito espaço. :hilario:

Muriloo
10-08-2009, 12:53
Pessoal

Em anexo seguem as referencias que estou usando nos primeiros experimentos.

Minha razão para montar esta fonte não é para audio, mas o conhecimento adquirido no processo não ocupa muito espaço. :hilario:

Gostei, imagino o tamanho que deve ficar uma plaquinha utilizando esse FPS :) conseguindo fornecer uma ótima potencia. Pena que nas terras tupiniquins: Comercializado com a quantidade mínima de 150pcs.

http://www.farnell-newark.com.br/ci5pto3p,product,82C4587,1277.aspx

Me deixou curioso qto aos experimentos, nos conte mais :)

Abraço
Murilo Sonegatti

dudaindc
10-08-2009, 13:01
Gostei, imagino o tamanho que deve ficar uma plaquinha utilizando esse FPS :) conseguindo fornecer uma ótima potencia. Pena que nas terras tupiniquins: Comercializado com a quantidade mínima de 150pcs.

http://www.farnell-newark.com.br/ci5pto3p,product,82C4587,1277.aspx

Me deixou curioso qto aos experimentos, nos conte mais :)

Abraço
Murilo Sonegatti

Oi Murilo

A peças que eu tenho foram "de gratis" - amostras da fábrica. Aqui eu consigo comprar (individualmente) a menos de US$10.

Vou postar detalhes do progresso (a passo de tartaruga) na medida que o mesmo ocorrer. :lol:

Abraço,

Muriloo
10-08-2009, 13:10
Oi Murilo

A peças que eu tenho foram "de gratis" - amostras da fábrica. Aqui eu consigo comprar (individualmente) a menos de US$10.

Vou postar detalhes do progresso (a passo de tartaruga) na medida que o mesmo ocorrer. :lol:

Abraço,


Só nao pode ser o mesmo passo que os meus projetos estão decorrendo, mais de um ano, só lendo e nada de montar uma fontezinha pros meus leds e amps.

Mas acho que agora vai :legal:

Uma duvida, quanto de potencia ele consegue controlar, chegou a algum valor pratico? Sendo que pode dissipar até uns 280w.

---------- Mensagem adicionada às 13:10 ---------- Mensagem anterior foi às 13:09 ----------

A aquisição de hoje:
http://img256.imageshack.us/img256/4200/136r.th.jpg (http://img256.imageshack.us/i/136r.jpg/)
http://img256.imageshack.us/img256/3411/138a.th.jpg (http://img256.imageshack.us/i/138a.jpg/)

dudaindc
10-08-2009, 13:22
...
Uma duvida, quanto de potencia ele consegue controlar, chegou a algum valor pratico? Sendo que pode dissipar até uns 280w.


Murilo

O FS6S15658R dissipa até 280W (máxima tensão de saida de 35V). O derating é 2.22W/C. O circuito de proteção limita a corrente máxima em 8.96A.

Considerando o tamanho da fonte poderias usar vários em paralelo, mas para potencias maiores (para uso em amps) eu usaria circuitos mais "tradicionais" como alguns já publicados aqui. :legal:

chacalpowers
11-08-2009, 21:39
Prezados

Terminei uma fontezinha que estava há algum tempo só no layout.

Bem compacta, PCB de 18cm X 9cm, 2 un. IRFP460, 2un. MUR3060, núcleo EE de 3cm2, e por aí vai... os testes preliminares indicaram corrente acima de 50A em 13.6V.

Abraço

Sandro

Werley Brito
12-08-2009, 09:43
Poderia presentear-nos com o esquema dela, Sandro?!

Muriloo
12-08-2009, 14:00
Fazer uma fonte chaveada para uma belezinha dessa:

http://img512.imageshack.us/img512/3665/ad820c88f1f6190523f023d.th.jpg (http://img512.imageshack.us/i/ad820c88f1f6190523f023d.jpg/)http://img263.imageshack.us/img263/5527/7b3b71024b96cd45dee2fcb.th.jpg (http://img263.imageshack.us/i/7b3b71024b96cd45dee2fcb.jpg/)http://img411.imageshack.us/img411/3240/96db99b27b96584b5f61f17.th.jpg (http://img411.imageshack.us/i/96db99b27b96584b5f61f17.jpg/) http://img525.imageshack.us/img525/3731/2217c33c415c68a1fb24342.th.jpg (http://img525.imageshack.us/i/2217c33c415c68a1fb24342.jpg/)

lopezq
15-08-2009, 02:44
simplesmente espectacular...:rever1: grande fórum meu nome é Alberto e eu falo da Colômbia.
chacalpowers grandes desenhos que eu faço a minha própria letra para travajar bateria com AC que você só mostrar a imagem de uma maneira muito severa biem mas Werley disse Brito nós meros mortais necessidade diagramas ojala me com diagramas pode alludar querido amigo...

chacalpowers
21-08-2009, 22:39
Olá amigos do forum

Vou tentar postar algum diagrama por aqui, embora muita coisa importante já tenha sido postada e poderá ser analisada pelos senhores.
Deixo hoje mais algumas fotos dos modelos em desenvolvimento, material que já está nas paragens de Murillo, grande parceiro e futuro engenheiro eletrônico de primeira grandeza.

Abraços a todos.

Sandro (ocupado igual a advogado).

dudaindc
24-08-2009, 13:02
Embora eu não monte nada que necessite inversores, eu encontrei um material bem completo no site do Dr. Bora.
Estou apenas passando aqui os links para os interessados.

Apenas aviso que o material no site do Bora é protegido (uso para DIY é liberado) e que dúvidas sobre o circuito devem ser dirigidas ao autor do mesmo.

http://bas.elitesecurity.org/DCDCsema.pdf
http://bas.elitesecurity.org/dcdcraspored.gif
http://bas.elitesecurity.org/dcdcPCB1.pdf
http://bas.elitesecurity.org/dcdcPCB2.pdf

:legal:

---------- Mensagem adicionada às 12:02 ---------- Mensagem anterior foi às 11:59 ----------



...
Sandro (ocupado igual a advogado).

Dr. Sandro - defensor dos eletrocutados? :ataque:

Como sempre dividindo excelentes montagens e informações que ajudam muitos aqui no forum - valeu! :aplauso:

Edney
24-08-2009, 13:13
Tenho acompanhado este tópico e estou impressionado com o resultado dos colegas, parabéns! :aplauso:

chacalpowers
24-08-2009, 21:45
Alo Duda

Como sempre, premiando o forum com material DIY "state of the art".

Tenho um amigo que é fascinado por inversores e vem perseguindo a senoide perfeita mediante programação de PICs, vou passar seu material a ele para a adequada utlização.

Sobre advogar em favor de possíveis eletrocutados, meu Prezado, decididamente não é minha seara, visto que me distancio da esfera criminal preferindo as questões cíveis, mas confesso que resta-me pouco tempo para o DIY pois estou com uma carga processual muito variada e isso me toma por demais o tempo útil.

Grande abraço e grato pelo material.

Sandro

chacalpowers
24-08-2009, 22:25
mensagem inconveniente à discusão de origem

Mutley
25-08-2009, 08:13
Sandro,
para esse tipo de comunicação é melhor usar uma mensagem privada: é só clicar no nick do Duda, vai aparecer a opção: enviar mp...:legal:
Abraços

dudaindc
25-08-2009, 11:43
Caro Duda
Este não é o lugar mais correto para este assunto, contudo, é o único pelo qual tenho acesso a você.
...


Sandro - mandei uma MP para ti. :legal:

dudaindc
26-08-2009, 21:57
Interessado(a)? Detalhes iniciais podem ser obtidos aqui (http://www.diyaudio.com/forums/showthread.php?p=1907869#post1907869).

Possivelmente eu acabe sendo o "distribuidor" para USA neste grupo de compra.
Interessados podem expressar interesse na página acima.
Preço de cada placa vai ficar na volta de 7 Euros mais frete.

:legal:

Muriloo
26-08-2009, 23:25
Interessado(a)? Detalhes iniciais podem ser obtidos aqui (http://www.diyaudio.com/forums/showthread.php?p=1907869#post1907869).

Possivelmente eu acabe sendo o "distribuidor" para USA neste grupo de compra.
Interessados podem expressar interesse na página acima.
Preço de cada placa vai ficar na volta de 7 Euros mais frete.

:legal:

Aqui no Brasil como vc deve fazer temos um pouco de dificuldade de conseguir alguns componentes necessários, como capacitores e resistores smd, capacitores de filtragem da entrada corretos utilizados no desenvolvimento do projeto seriam interessante tambem, como vc provavelmente vai montar alguma, seria d+ pedir um kitzinho com componentes discretos utilizados? Coisas que vc provavelmente terá que comprar varios a mais para montar as suas, transformador o etd49 é facil de encontrar por aqui, e nos fornece potencia mais que suficiente para muitos amplificadores, indutores tambem, aquele transformador de alimentação do sg deve ser dificil de encontrar por aqui eu acho, mas nada que nao de pra adaptar!


Caso alguem mais tenha interesse, o pessoal aqui do brasil pode contar comigo para a compra de umas 4 placas.

Gostei do novo formato do diy audio :D

Abraço
Murilo

chacalpowers
26-08-2009, 23:46
Salve Duda

Compreendida a questão da placa mas e quantos aos componentes, eles serão fornecidos e qual o valor deles?

Abraço

Sandro

dudaindc
27-08-2009, 12:54
Pessoal

Somente a placa esta sendo oferecida. No momento só o que eu sei é que tem um grupo de compra aberto.

Estou esperando que o Tibi (autor do projeto) me passe maiores informações.

Estou também aguardando feedback de quem tenha montado este projeto com sucesso - não estou muito afim de bancar cobaia. :lol:

Assim que souber de mais dados, coloco aqui.

Conseguir Gerbers ou PDF da placa? Nem pensar... e por 7 Euros não se consegue uma placa destas em lugar algum. :legal:

Peças para montagem? Sim, podemos conversar a respeito depois de confirmar que o bagulho funciona como anunciado.

Valeu pelo interesse! :tu:

Muriloo
27-08-2009, 13:17
Estou também aguardando feedback de quem tenha montado este projeto com sucesso - não estou muito afim de bancar cobaia. :lol:

Conseguir Gerbers ou PDF da placa? Nem pensar... e por 7 Euros não se consegue uma placa destas em lugar algum. :legal:

Peças para montagem? Sim, podemos conversar a respeito depois de confirmar que o bagulho funciona como anunciado.

Valeu pelo interesse! :tu:

Se é a segunda leva, quer dizer que provevelmente ta certo, mas é bom confirmar!

Concordo quanto a valores, as vezes só a placa de fenolite ou fibra custa uns 10 reais!

Se o negocio funcionar direitinho e conseguir uns componentes por ae é só falar que no minimo 4 pode separar pra mim.

Abraço
Murilo

zequim
30-08-2009, 19:04
Prezados colegas do forum

Boa noite

Estou com certa dificuldade em conseguir corrente de saida acima dos 3 ou 4 amperes. O trafo esquenta muito, o rendimento do circuito esta em torno de 78%. A fonte em questão é uma meia ponte saida simetrica 50V 400W 45KHz
Ve 310Vcc, sg 3525, ir2110, IRFP460.
Estou utilizando fio 22 ( 0.6 mm ) para a construção do trafo, tanto primario como secundario. O fio 22 pode funcionar com uma frequencia de até 50KHz,
segundo uma tabela que possuo. Utilizando uma densidade de corrente de 3A/mm2 o fio 22 conduz 0.9A sem sobreaquecimento.
Agora vem a grande questão que não consigo entender como que os colegas do forum montam fontes que forneça 50A na saida?????????
EX: usando uma fr de 50KHz fio 22 seria necessario 56 fios em paralelo para fornecer os 50A na saida? É assim a forma de calcular a quantidade de fios a serem usados afim de fornecer a corrente desejada?
Na fonte que montei o trafo esta com 4 fios paralelos no primario e 6 fios paralelos no secundario onde o pri tem 26 espiras e sec tem 38 espiras, nucleo EE 55/28/21.
A fonte que montei fornece 450W continuos com 50V simetricos. Fiz os testes utilizando resistencia de chuveiro associadas. A fonte no maximo 10 minutos ligada chegando 60ºC no trafo e transistores 45ºC.
Peço ajuda aos colegas para conseguir resolver mais essa

Um abraço a todos

Muriloo
30-08-2009, 19:14
Prezados colegas do forum

Boa noite

Estou com certa dificuldade em conseguir corrente de saida acima dos 3 ou 4 amperes. O trafo esquenta muito, o rendimento do circuito esta em torno de 78%. A fonte em questão é uma meia ponte saida simetrica 50V 400W 45KHz
Ve 310Vcc, sg 3525, ir2110, IRFP460.
Estou utilizando fio 22 ( 0.6 mm ) para a construção do trafo, tanto primario como secundario. O fio 22 pode funcionar com uma frequencia de até 50KHz,
segundo uma tabela que possuo. Utilizando uma densidade de corrente de 3A/mm2 o fio 22 conduz 0.9A sem sobreaquecimento.
Agora vem a grande questão que não consigo entender como que os colegas do forum montam fontes que forneça 50A na saida?????????
EX: usando uma fr de 50KHz fio 22 seria necessario 56 fios em paralelo para fornecer os 50A na saida? É assim a forma de calcular a quantidade de fios a serem usados afim de fornecer a corrente desejada?
Na fonte que montei o trafo esta com 4 fios paralelos no primario e 6 fios paralelos no secundario onde o pri tem 26 espiras e sec tem 38 espiras, nucleo EE 55/28/21.
A fonte que montei fornece 450W continuos com 50V simetricos. Fiz os testes utilizando resistencia de chuveiro associadas. A fonte no maximo 10 minutos ligada chegando 60ºC no trafo e transistores 45ºC.
Peço ajuda aos colegas para conseguir resolver mais essa

Um abraço a todos

Por que o primario tem 26 espiras e o secundário tem 38? não seria ao contrario nao? e deve estar errado ainda, com 38 espiras no primario por ex, para ter 50+50v vc precisaria de cerca de 7+7 voltas no secundário.

A corrente vc pode utilizar certa de 8A por mm de diametro de cabo, nesse caso cada um poderia conduzir cerca de 5A no seu caso com 6 no secundário, se o trafo estivesse correto vc poderia ter até 30A na saida.

Deve ter algo errado nesse trafo.

Abraço
Murilo

paulolazaretti
08-09-2009, 00:16
Boa noite, minha primeira indagação no fórum, montei a fonte com o sg3525 e o ir2110 e os fets IRFP460, a mesma funcionou direitinho porém com aquecimento dos fets, mas fiquei impressionado com a forma de onda que aparecia no primario do trafo, não se parece com um pwm, tentei varios ajustes na etapa de controle e a forma de onda é sempre a mesma, a tensão de saida é bem regulada e a forma de onda é igual com carga ou sem carga.

evilhf
08-09-2009, 22:14
Ola pessoal .... tb estou montando esta fonte com sg3525 +ir2110.
Estou aproveitando componentes de fonte chaveada de computador.
Eu tenho uma duvida ..
O transformador ETD59 que pede o esquema , aonde posso encontra-lo..?
Estava pensando em aproveitar o trafo de alguma fonte aqui de pc.
Poderia confecçionar ele com nucleo toroidal?
Se não quais as dimensões dele (ETD59) , para que eu possa ver se algum nucleo aqui de fonte serve para que eu possa confecçionar.
Outro detalhe , vou usar esta fonte em 110volts ac então a tensão não seria 310volts e sim em torno de 180volts.
Acredito que teria como compensar isso com ajuste de frequencia e o aumento das espiras do trafo...estou certo??

Vou utilizar esta fonte em um amplicador HexFet que montei de excelente qualidade..:concordo:
Ele utiliza +60 e -60 volts.
Os dois canais drenariam 8 amperes.

Obrigado pessoal ...ate+++:bD

zequim
15-09-2009, 13:01
Boa tarde colegas

Utilizando 2 IRFP460 em uma fonte meia ponte, qual seria a potencia maxima que os dois IRFPs conseguem controlar com Ve 310Vcc.

Murilo obrigado pela resposta anteriormente

Um abraço a todos

Muriloo
15-09-2009, 13:10
Boa tarde colegas

Utilizando 2 IRFP460 em uma fonte meia ponte, qual seria a potencia maxima que os dois IRFPs conseguem controlar com Ve 310Vcc.

Murilo obrigado pela resposta anteriormente

Um abraço a todos

A limitação do transistor no caso é a corrente, que no IRFP460 é de 20A, isso ligado e mantendo ele em uma boa temperadura de trabalho, o mesmo consegue até 80A quando trabalhando com pulsos.

Lembrando que oque temos normalmente é um pwm de corrente em cima do primario do transformador, quanto menor for o ton, maior será a corrente instantanea.

:)

Abraço
Murilo

dudaindc
16-09-2009, 15:50
Divido aqui mais uma alternativa interessante para alimentar amplificadores de audio de todas as classes:
http://www.poweramp.ro/forum/viewtopic.php?f=14&t=2

Divirtam-se! :legal:

Muriloo
16-09-2009, 16:37
Divido aqui mais uma alternativa interessante para alimentar amplificadores de audio de todas as classes:
http://www.poweramp.ro/forum/viewtopic.php?f=14&t=2

Divirtam-se! :legal:

Me cadastrei e conferi a belissima fonte :)

Nos deixe informados sobre grupos de compra por favor

Abraço!
Murilo!

dudaindc
16-09-2009, 16:42
Me cadastrei e conferi a belissima fonte :)
Nos deixe informados sobre grupos de compra por favor
Abraço!
Murilo!

Pode deixar pois acho que vai sair um grupo de compra aqui: http://www.diyaudio.com/forums/showthread.php?t=151755

zequim
21-09-2009, 20:34
Boa noite colegas

Gostaria de saber que tipo de sensor de temperatura é indicado para usar nas fontes? Eu lembro que foi comentado sobre isso mas procurei e não encontrei,
se alguem puder ajudar agradeço

Um abraço a todos.

dudaindc
22-09-2009, 13:54
...
Conseguir Gerbers ou PDF da placa? Nem pensar... e por 7 Euros não se consegue uma placa destas em lugar algum. :legal:
...


Ao contrario do que pensava, Gerbers para a versão corrente se encontram disponíveis.
Para a próxima versão (em desenvolvimento), somente quem comprar a placa terá acesso a documentação completa.
:legal:

Muriloo
22-09-2009, 14:07
Boa noite colegas

Gostaria de saber que tipo de sensor de temperatura é indicado para usar nas fontes? Eu lembro que foi comentado sobre isso mas procurei e não encontrei,
se alguem puder ajudar agradeço



http://pt.wikipedia.org/wiki/Term%C3%ADstor

Normalmente vc faz um comparador, que compara uma referencia com a tensão em cima do termistor, vc regula a temperatura que você quer que faça o desligamento e a saida do comparador vai para o pino de shutdown.

Caso vc use um NTC que a resistencia diminui com a temperatura, vc deve colocalo na entrada inversora do comparador e sua referencia na nao inversora.

Caso use um PTC o contrario.

Um abraço a todos.


Ao contrario do que pensava, Gerbers para a versão corrente se encontram disponíveis.
Para a próxima versão (em desenvolvimento), somente quem comprar a placa terá acesso a documentação completa.
:legal:

Good, no aguardo.


Abraços
Murilo

zequim
22-09-2009, 21:13
Novamente obrigado Sr Murilo

Um abraço.

mrtesla
27-09-2009, 22:28
Olá amigos,

Demorei um tempo sem aparecer por aqui, mas parece que estou conseguindo bons resultados na minha fonte:):). Segue abaixo a foto dela em teste.
http://i549.photobucket.com/albums/ii377/mrteslap/DSC08187.jpg
Consegui 40a mas acho q ela da mais, usei poucos fios no enrolamento do trafo e usei poucos diodos na retificação do secundário, enfim, to feliz mesmo assim pq é a fonte que tanto tempo venho querendo montar e ve-la funcionar em minha bancada, e já testei um módulo automotivo MXR com 2 canais de 200W RMS ligados em bridge e em carga resistiva e a fonte aguentou numa boa.

Para prevenir que ela aqueça demasiadamente, eu regulei o circuito de proteção para desarmar com carga de 30a, assim eu posso fechar curto na saida dela que ela se desrarma protegendo o circuito.

Abraços a todos.:legal:

Jr.

Gantunes
29-09-2009, 10:34
Olá pessoal esse é meu primeiro post aqui no fórum, estou iniciando no mundo das smps, recentemente adquiri uma fonte ( sg3525 + ir2110 ) do nosso amigo Sandro e passei a me interessar pelo assunto. Já que computação é minha área, fiz uma pequena contribuição aqui para o tópico, um programinha para calcular a frequencia do osc do sg3525, caso alguém tenha uma idéia para um outro programinha ( cálculo do trafo por exemplo ), terei o maior prazer em fazer e disponibilizar aqui no tópico. Um abraço a todos.

chacalpowers
29-09-2009, 22:09
Olá Gantunes

Desculpe-me perguntar .. mas o Sr. comprou uma fonte de mim? Em caso afirmativo, qual foi? Caso esteja projetando alguma coisa por aí, verifique o site da www.thornton.com.br que eles tem cálculos detalhados para os enrolamentos do núcleos.Abraço.Sandro.

chacalpowers
29-09-2009, 22:48
Olá Mrtesla

Muito legal sua fonte sob teste. Resolvi juntar a sua com a minha para ver como ficava... praticamente 100 amperes somadas. Abraço e continue com os projetos. Sandro.

chacalpowers
29-09-2009, 23:06
Colegas, eis um novo layout saindo do "forno"....

Gantunes
29-09-2009, 23:14
Boa noite Sandro, comprei sim, uma de +/-80V aquela que eu achei que não tinha vindo o esquema, mas acabei achando depois e peço até desculpas pela minha falha. Quanto aos projetos ainda estou aprendendo sobre o assunto,fiz uma plaquinha para testes e aprendizagem com o sg3525. Quanto ao site, dei uma olhada mas sinceramente não sei nem por onde começar o cálculo do trafo, se você tiver um exemplo, posso passar para um ( HTML + JavaScript ) e disponibilizar ao tópico. Abraço Gustavo Antunes

chacalpowers
30-09-2009, 21:33
Olá Gantunes

Lembrei de sua fonte, ok? Espero que tenha funcionado como esperava. Infelizmente não pude testá-la em um amplificador de áudio porque não tenho nenhum que trabalhe com essa tensão, porém, a SMPS foi testada com cargas resistivas e resistiu sem problemas.
Quantos aos cálculos, está nesse link

http://www.thornton.com.br/formulas.htm

É só seguir a tabela que está mais abaixo nesta página onde informa a simbologia.

Abraço

Sandro

mrtesla
30-09-2009, 22:32
Olá Sandro,
Eu fiquei feliz com o resultado dela, aquela primeira que eu mostrei na pagina 10 se não me engano, meti o pé nela e joguei no lixo(Brincadeira hehe, retirei os componentes dela para a nova) analisei onde havia errado e fiz esta nova versão que me surpreendeu. Mas acho que posso melhorar ela, o Murilo tb ja me disse que posso obter mais corrente.:legal:

Minha bancada agora já dispõe da fonte que tanto queria montar para testar os amplificadores automotivos. Agora eu quero montar uma versão do DX Amp do Carlos Mergulhão e usar uma fonte dupla, +63v e -63v. até ja tenho 2 pares de 2sc5200 e 2sa1943, será que vou conseguir?

Na sua fonte eu precebi que vc não usa mais o trafo linear para alimentar o SG, ficou bem compacta a sua fonte, muito legal mesmo.

Abraços.

Júnior

chacalpowers
12-10-2009, 21:45
Olá a todos

Estou postando fotos da menor fonte que já consegui desenhar por aqui.
Ela mede apenas 11,5cm X 8cm e rende aprox. 20 amperes em 13volts.

Até mais.

Sandro

jonasbairros
26-10-2009, 16:16
sando preciso de uma ajudinha aqui...olha soi totentendo montar uma fonte chaveada em push-pull to usando um ferrite EE65, mas só to conseguindo ate 750w e teoricamente devia passar de 2000w pode me ajudar no enrolamento do transformador ...to enrolando 25+25 no primario onde tem 300v e o secundario ta com 14+14 espiras mas nao consigo aumentar a potencia sera que tenho que enrolar mais espiras no secundario ou primario ...quando coloco uma lampada de 1000w queimo os mosfet e os sg3525 to usando 4 capoacitor de 680uf no primario e 6 de 2200uf x 100v no secundario. lembre -se que to falandfo de uma fonte simetrica ...jonas bairros ...agradeço se puder me ajudar

Muriloo
27-10-2009, 16:19
sando preciso de uma ajudinha aqui...olha soi totentendo montar uma fonte chaveada em push-pull to usando um ferrite EE65, mas só to conseguindo ate 750w e teoricamente devia passar de 2000w pode me ajudar no enrolamento do transformador ...to enrolando 25+25 no primario onde tem 300v e o secundario ta com 14+14 espiras mas nao consigo aumentar a potencia sera que tenho que enrolar mais espiras no secundario ou primario ...quando coloco uma lampada de 1000w queimo os mosfet e os sg3525 to usando 4 capoacitor de 680uf no primario e 6 de 2200uf x 100v no secundario. lembre -se que to falandfo de uma fonte simetrica ...jonas bairros ...agradeço se puder me ajudar


Qual o mosfet utilizado?

fabioz@ceee
28-10-2009, 20:11
sando preciso de uma ajudinha aqui...olha soi totentendo montar uma fonte chaveada em push-pull to usando um ferrite EE65, mas só to conseguindo ate 750w e teoricamente devia passar de 2000w pode me ajudar no enrolamento do transformador ...to enrolando 25+25 no primario onde tem 300v e o secundario ta com 14+14 espiras mas nao consigo aumentar a potencia sera que tenho que enrolar mais espiras no secundario ou primario ...quando coloco uma lampada de 1000w queimo os mosfet e os sg3525 to usando 4 capoacitor de 680uf no primario e 6 de 2200uf x 100v no secundario. lembre -se que to falandfo de uma fonte simetrica ...jonas bairros ...agradeço se puder me ajudar

Boa noite Jonas, creio que este link possa lhe dar alguma ajunda ok...
http://schmidt-walter.eit.h-da.de/smps_e/smps_e.html

Andersound
04-11-2009, 18:15
Gente...sou novo aki...gostei muito desse forum, pois gaças a vcs consegui consertar uma fonte de um mudo roadstar q parece q tava com o demonio:lol:

Lance é o seguinte...tenho duas placas de amps de 1.000 watts RMS cada, e eu queria montar uma fonte pra eles...200v~ / 60+60 .....alguem tem um esquema de uma fonte dessas???

des de já agradeço:legal:

Muriloo
04-11-2009, 22:16
Gente...sou novo aki...gostei muito desse forum, pois gaças a vcs consegui consertar uma fonte de um mudo roadstar q parece q tava com o demonio:lol:

Lance é o seguinte...tenho duas placas de amps de 1.000 watts RMS cada, e eu queria montar uma fonte pra eles...200v~ / 60+60 .....alguem tem um esquema de uma fonte dessas???

des de já agradeço:legal:

Pode se fazer algumas alterações nos circuitos postados no tópico para esse fim facilmente :)
Pegue algum por base, e trabalhe em cima dele, se tiver alguma duvida é soh perguntar!

Andersound
05-11-2009, 09:32
Valeu murilo, vou providenciar aki....:legal:

Andersound
07-11-2009, 23:21
[b]Olá denovo...gostaria de saber se alguem pode me dar uma luz, tenho um modulo aki...de 1000 watts RMS, e não tou conseguindo montar o trafo dele...alguem pode me ajudar? :choro:

Muriloo
08-11-2009, 07:58
Olá denovo...gostaria de saber se alguem pode me dar uma luz, tenho um modulo aki...de 1000 watts RMS, e não tou conseguindo montar o trafo dele...alguem pode me ajudar? :choro:

Bom dia, ja leu o topico todo? Qual é a duvida sobre o trafo?

Andersound
08-11-2009, 09:26
Ainda nao..é pq eu enrrolei 6+6 no 1° / e 8+8 no 2°...ai os fet's esquentam e o falantes ficam dando uma especie de "tiro"...tuf..tuff...mais o modulo ta bakana...negocio é so o trafo :(

Muriloo
08-11-2009, 09:38
Ainda nao..é pq eu enrrolei 6+6 no 1° / e 8+8 no 2°...ai os fet's esquentam e o falantes ficam dando uma especie de "tiro"...tuf..tuff...mais o modulo ta bakana...negocio é so o trafo :(

1 -Qual trafo (tipo, area do nucleo etc)?
2- Qual o fluxo utilizado nos calculos do enrolamento
3 - De onde vc tirou 6+6 no primario e 8+8 no secundário? sua corrente instantanea em cima dos transistores em carga deve estar muito alta.
4 - Qual a frequencia,
5 - Quais os fios utilizados para enrolar,
6 - Quais os transistores,
7 - Qual o circuito que vc utilizou?



Sem saber todas essas informações concorda que é um pouco complicado tentar ajudar em alguma coisa :)

Andersound
08-11-2009, 09:52
E verdade..disso tudo..eu sei q o trafo é toroide de 2" ,que os transistores são 8-IFRZ 48N..e o tipo de circuito é PUSH-PULL

Muriloo
08-11-2009, 10:27
E verdade..disso tudo..eu sei q o trafo é toroide de 2" ,que os transistores são 8-IFRZ 48N..e o tipo de circuito é PUSH-PULL

Vc esta utilizando esses transistores em um push pull a partir de 220v ou 13,8v? Não entendi. Esses transistores trabalham em até 50v.

Qual a area do nucleo do toroide de 2"?
De onde voce tirou essa quantidade de espiras? Calculou alguma coisa?
Quem enrolou esse nucleo? Qual fios foram utilizados?

Andersound
08-11-2009, 11:46
É apartir de de 13,3 v
O nucleo é de 3 cm
O fio é 18 AWG,
A frequencia é de 44 kHz
O numero de espiras eu tirei atoa mesmo...e calculo eu num fiz, pq confesso q eu num sei nem por onde começa:choro:

Muriloo
09-11-2009, 07:49
É apartir de de 13,3 v
O nucleo é de 3 cm
O fio é 18 AWG,
A frequencia é de 44 kHz
O numero de espiras eu tirei atoa mesmo...e calculo eu num fiz, pq confesso q eu num sei nem por onde começa:choro:

Se o nucleo tiver 3cm², a tensão de alimentação for 13,3v, a frequencia 44khz, o fluxo mag em torno de 1000gaus, no primário você deve ter 2,5voltas.

Para a frequencia de 44khz, você deve utilizar no maximo fio 23awg (por causa do efeito skin) mas se só encontrar o 22awg fica aceitavel, como a corrente no seu primário será muito alta, em torno de 100A, podemos considerar que o 22awg é capaz de conduzir 5A, com isso vc vai precisar de cerga de 20 fios em paralelo no primário do transformador.

A configuração do trafo em pushpull vai ficar da seguinte forma:
2 enrolamentos no primário com 2,5voltas em cada um.
A proporção de tensão no secundário é de cerca de 5,32v por volta.
no secundário serão 2 enrolamentos de: 14,5 voltas, na teoria isso daria 77,14v menos a queda nos diodos.

Em carga total você necessita entao de cerca de 8,33A na sua saida em 60+60, a regulação esta com cerca de 26%, arredondando pra 30% e desconsiderando as perdas (tensão constante), chegamos que em carga, o transistor vai ter no maximo 70% do tempo para conduzir toda a corrente, ou seja, se antes a corrente calculada pro primario era cerca de 100A, a corrente média ainda será 100A mas a instantanea vai estar em torno de 130A.

Há de se estudar a possibilidade de diminuir a quantidade de voltas no secundário e definir por meio de testes quais serão as perdas, para que em carga a tensão fique estabilizada em 60v com a menor regulação possivel para que os transistores/enrolamentos/trilhas não tenham uma sobrecorrente desnecessária.

Fazer uma fonte chaveada nao é montar as coisas de qualquer maneira, necessita um minimo de estudo para nao fazer nenhuma merd* no caminho que se possa levar a algum acidente.

Caso queira continuar com o projeto tente estudar o minimo para entender um pouco sobre transformadores e pwm.

http://www.thornton.com.br/formulas.htm


(segunda formula da primeira coluna)

Essa formula que se encontra no site da thornton, tensão rms em uma onda quadrada é igual a propria, temos o B como fluxo magnético, f como frequencia, N como numero de espiras e Ae como area do nucleo.

Algumas duvidas técnicas e mais especificas podemos responder, mas o fato de ter que responder coisas que com uma simples leitura e interesse podem ser respondidas é um tanto quanto desgastante.

Andersound
09-11-2009, 11:53
Pow murilo valeu...peço desculpas ai pelo incomodo...vou procurar estudar mais sobre o assunto...mais mesmo assim te agradeço muito mesmo!
Só mais uma coisa...essa regra (tipo: n° de fios e etc) vai tbm pro secundario?



Abração :legal:

Gantunes
10-11-2009, 17:15
Olá Murillo, aproveitando a carona, na formula que você mencionou antes para calcular o transformador, temos: Vrms, F e Ae, mas como acho N ou B ?

fabioz@ceee
10-11-2009, 22:00
Amigo, como o próprio Murillo falou antes, é coisa que com um mínimo de pesquisa se descobre, se N é o número de espiras, e esse tu quer descobrir, necessáriamente tu tens que ter o B (GAUSS ), que se refere a capacidade que o núcleo tem de magnetizar-se, e tu encontra se for pegar um núcleo novo no site que o Murillo também mencionou anteriormente, www.Thornton.com.br, ( fabricante ).
Se for um núcleo usado, por convenção e pra não fazer porcaria, adote um valor mais baixo que o limite que você encontrar no site, de preferência o menor, você terá mais espiras, mas pelo menos não vai prender fogo no transformador.:tu:

Muriloo
10-11-2009, 22:44
Amigo, como o próprio Murillo falou antes, é coisa que com um mínimo de pesquisa se descobre, se N é o número de espiras, e esse tu quer descobrir, necessáriamente tu tens que ter o B (GAUSS ), que se refere a capacidade que o núcleo tem de magnetizar-se, e tu encontra se for pegar um núcleo novo no site que o Murillo também mencionou anteriormente, www.Thornton.com.br (http://www.Thornton.com.br), ( fabricante ).
Se for um núcleo usado, por convenção e pra não fazer porcaria, adote um valor mais baixo que o limite que você encontrar no site, de preferência o menor, você terá mais espiras, mas pelo menos não vai prender fogo no transformador.:tu:



Exatamente, ja foi comentado no topico sobre isso pelo que eu me lembro, mas repetindo, um valor que pode ser adotado para a maioria dos trafos é em torno de 1000 gaus, pode tentar enrolar com 1500 ou 2000, mas se começar a esquentar d+ é melhor diminuir dae.

Murilo é com um L só :lol:, apenas coloquei 2 O para conseguir usar o nick :)

Uma das coisas boas e ruins do topico é que se lerem tudo acho q ninguem perguntaria nada :lol::lol:, mas as duvidas que vão aparecendo é soh apresentar que tentaremos solucionar.


Abraço
Murilo

Andersound
11-11-2009, 10:21
Consegui montar!!...ficou bakana......valeu murilo...brigadão ai veio :legal:

Gantunes
11-11-2009, 12:52
Muriloo e fabioz, é que no site do fabricante http://www.thornton.com.br/produtos/nt.htm não tem o valor de B, por isso a dúvida, mas muito obrigado pelas informaçõs vou pesquisar mais.

fabioz@ceee
11-11-2009, 19:49
Amigo, essas informações estão em HOME e depois tem que fazer o download do catálogo de produtos completo em pdf, lá você vai encontrar todas as informções sobre os núcleos, com gráficos e curvas em função de temperatura, e tudo o mais ok.:tu:

fabioz@ceee
11-11-2009, 20:07
Boa noite pessoal.

Estou com dificuldades para conseguir os diodos MUR120 e MUR440 nas lojas da minha região inclusive em Porto Alegre, nem mesmo a Farnel tem os 2.

Alguém aí que já adquiriu esses caras poderia me indicar alguma loja ?

Ou pode ser algum substituto, também tá valendo.

Um abração.

Fábio.

Gantunes
12-11-2009, 10:59
Olá Fabio, nesse site http://www.soldafria.com.br/advanced_search_result.php?keywords=mur&x=0&y=0 , você encontra o MUR160 e MUR460, que são para 600V ao inves de 200V do MUR120 e 400V do MUR440, ambos são para 1A e 4A respectivamente, já comprei deles é tranquilo, espero ter ajudado.

fabioz@ceee
12-11-2009, 12:42
Olá Fabio, nesse site http://www.soldafria.com.br/advanced_search_result.php?keywords=mur&x=0&y=0 , você encontra o MUR160 e MUR460, que são para 600V ao inves de 200V do MUR120 e 400V do MUR440, ambos são para 1A e 4A respectivamente, já comprei deles é tranquilo, espero ter ajudado.

Boa tarde, certamente que ajudou e muito, pra isso estamos aí, trocar informações e melhorar nossas fontes.:legal: A propósito, encontraste o download do catágo da thornton e as especificações de núcleos de que precisava ?;)

Abraços.

Fábio.

Gantunes
13-11-2009, 08:44
Bom dia Fábio, encontrei sim, realmente esse pdf tem todos os dados necessários, gráficos que realaciona B com outros parâmetros para cada tipo de material etc... Vou pesquisar sobre o assunto, quando aparecer dúvidas, postarei aqui, obrigado a todos.

BMoura
13-11-2009, 08:48
Olá a todos,

gostaria inicialmente de parabenizar a todos os participantes deste tópico pelo quantidade de conteúdo contido no mesmo.

Encontrei este tópico ao fazer um busca no google (muito comum) e ao ir lendo o conteúdo (começando da 1ª página) descubri que a discução se estende até os dias atuas, desde então venho acompanhando as novidades que surgem por aqui.

Bom, chega de bla bla bla. Tenha interesse em projetar e construir fontes chaveadas, tenho até que uma boa base teorica, mas me falta a prática. Estou com duvida quanto a parte de supressão de interferencias na entrada da fonte. Vejo fotos das fontes construidas pelo chacalpowers (alias, parabéns pelo seu trabalho) com filtro na entrada mas, como calculá-lo?

Agradeço desde já.

jonasbairros
15-11-2009, 23:48
Qual o mosfet utilizado?
estou usando o irfp460

fabioz@ceee
21-11-2009, 21:20
Boa noite pessoal! :rever1:

Adquiri recentemente um livro sobre fontes chaveadas, essa semana na verdade, e como ele é repleto de informações, me coloco a disposição dos amigos, técnicos, curiosos, inventores e todos os outros que acessam este fórum, quanto a disponibilização dessas informações.
Não vou postar nada agora pois o material não pode ser reproduzido na integra além de ser mais de 300 pág, mas no que puder ajudar estamos aí, é só perguntar, lógico que eu também estou ainda me interando do assunto com a leitura que é muito difícil, extremamente técnica, com muitas deduções e explicações dos porques das coisas, mas não tem nada mastigado, tem muitos termos que eu desconheço e até mesmo constantes de fórmulas e tal, mas juntos a gente chega lá.:legal:

Valeu galera do fórum, forte abraço a todos.

Fábio.

fabioz@ceee
30-11-2009, 09:21
Bom dia pessoal, tudo bem ?:rever1:

Alguém do fórum sabe me dizer, se existe alguma maneira de testar se o IR2110 está funcionando corretamente ? Algum circuitinho externo à placa da fonte que opere com tensão mais baixa.
Pergunto pelo seguinte, supondo que o IR esteja com as duas saídas com defeito e coloque os dois FETs em condução, eles vão explodir de imediato, e essa não é a melhor maneira de testar ele, são R$ 25,00 toda vez daí. Se alguém tiver agum circuito que faça isso ou alguma técnica pra testar ele?
Outra coisa, se eu ligar a fonte sem os FETs o circuito do controle de chaveamento funciona sem a realimentação via opto.
Se funciona, dá pra testar assim.

Grato e no aguardo. :legal:

Fábio.

lindomarbega
02-12-2009, 15:21
Olá pessoal.
Essa é uma fonte Chaveada com entrada de 220V para 4000 Watts RMS.
Saída pode variar de acordo com o enrolamento secundário no trafo e ou ajustes de frequência no PWM.
Tensões alternativas de +-0..24 Volts e +0...24 Volts ou mais.
Pode ser adicionado enrolamento -VCC~+15 Voltas no caso de Bias para amplificadores digitais.

Ja esta pronta e foi testada.
Para quem tiver interessado é só deixar uma MP, que responderei todas as perguntas.
Tenho vários outros modelos de fontes chaveadas entradas de 127 a 220 Voltas e Saídas de 0...140 Volts apartir de 250 a 5000 Watts.

Este é o mais novo produto.

http://www.htforum.com/vb/attachment.php?attachmentid=21797&stc=1&d=1259776564

Em breve vários kits de amplificadores ClassD ( Full Range ou Sub ) com Fonte Chaveada Gab... Etc...

http://www.htforum.com/vb/attachment.php?attachmentid=21799&stc=1&d=1259777512


http://www.htforum.com/vb/attachment.php?attachmentid=21800&stc=1&d=1259777535

No mais, ajudarei e responderei a todos dentro de minhas capacidades.

LineDigital AudiTech do Brasil.

Muriloo
02-12-2009, 15:28
Como vc é novo por aqui vou lhe avisar, propagandas são proibidas no forum, ou seja, não se pode divulgar um produto com a intenção de venda de kits por ex. Para mostrar que vc esta no topico para ajudar seria interessante disponibilizar a todos o esquematico delas para podermos discutir os circuitos.

Ando meio sem tempo de participar do topico, espero logo logo ter um pouco mais de tempo.

Abraços
Murilo

Tempestade
10-12-2009, 21:10
Oi,sou novo por aqui,este é minha primera postagem;
Gostaria de agradecer a todo o pessoal que vem contribuindo com informações aqui,muitas informações úteis!
Eu lido mais com amplificadores,estudo eletrônica por conta,é meu divertimento...
Agora estou começando a mecher com estas fontes,para poder usá-las em meus amplis...
Fiz um esqueminha de uma,super simples e básico,com o TL494,funcionou belezinha,pra ser umadas primeiras...eu já tinha feito outra tetnativa,mas me faltava conhecimento na área e não deu muito certo.
Mas esta está muito boa...para ser a segundona.
Ela trabalha com 20Khz,topologia push-pull,entrada de tensão de 12V e saida simétrica de 25V,primário de 8+8 espiras com três fios AWG20,secundário de 17+17 voltas com um fio AWG20.
Pelos testes que fiz,ela trabalhando com metade da capacidade,dá rendimento de 79%,mas quando se força um pouco o rendimento cái e os mosfets esqeuntam um pouco pra mais...
Ela está trabalhando com máximo duty cicle,não estou usando regulagem de tensão.
A tensão cái cerca de 3V~4V puxando 4A na secundário.Isso é aceitável?
A corrente de repouso é de 100mA,isto quando uso ela,alimento ela com uma fonte regulada que tenho...mas quando coloco ela pra testar em uma fonte não regulada,a corrente de repouso aumenta e muito,vai para 200mA...não consegui entender isto...o por que disso...seria por causa do ripple da fonte?


Se alguém precisar de alguma ajuda sobre amplis classe A ou AB,esta é a minha área de maiores estudos...no que eu puder ser útil fico feliz em ajudar.

Tempestade
10-12-2009, 21:45
Esqueci de falar,estou usando um núcleo que acho que é da thornton,não tenho certeza por que comprei em uma loja onde compro componentes eletrônicos,mas vou pedir para eles para saber se é ou não da thornton.
O núcleo é um toroide,NT60-21-10...pelo que ví no manual,que eu não tinha,fiquei sabendo dele aqui,este núcleo tem um B que depende do material que foi feito...tem três modelos dele, um feito com o material IP12E outro com o IP12R e ainda o IP6....a indução varia de um material para outro de 4800 gauss até 5100 gauss....
Ora que eu for rebobinar ele,para fazer um projeto definitivo em pci,acho que vou usar para os calculos o valor de indução de 3000 gauss...pois fica uma boa margem de segurança,para o núcleo não saturar.
A loja não me informou qual o material do núcleo,falta de informação é fogo.
Ah,os mosfets são IRFZ44N,e o retificador peguei um de fotne de pc.
Era pra esta fonte estar dando 8A na saida,pois estou usando retificador de onda completa,sendo que o center tap é o gnd...

Aqui está ela:
http://img69.imageshack.us/img69/7010/1000510u.jpg


Carlos andré squinzani/Tempestade.

chacalpowers
12-12-2009, 12:47
Olá Murilo, muito oportuna sua intervenção sobre as propagandas neste fórum de discussão, percebe-se que as pessoas não entendem o espírito DIY deste ambiente.

Grande abraço

PS** (você sumiu do MSN? Preciso saber daquele material...)

Nelson Antunes
15-12-2009, 16:36
Ola a todos..
Alguem me podera aconselhar um circuito de uma fonte de 65 ou 70v simetricos... Ja pesquisei na net mas nada deses valores, a unica coisa que vi, é este que esta em anexo, mas ao que me parece ouve aqui alguem que disse que não funcionava. Já vi um de 50v aqui, mas não sei se da para aumentar a voltagem facilmente...

Comprimentos
Nelson Antunes

fabioz@ceee
18-12-2009, 11:03
Ola a todos..
Alguem me podera aconselhar um circuito de uma fonte de 65 ou 70v simetricos... Ja pesquisei na net mas nada deses valores, a unica coisa que vi, é este que esta em anexo, mas ao que me parece ouve aqui alguem que disse que não funcionava. Já vi um de 50v aqui, mas não sei se da para aumentar a voltagem facilmente...

Comprimentos
Nelson Antunes

Olha só, seria interessante utilizar uma topologia half-bridge ou mesmo full-bridge para esta potência, eu tenho aqui uns esquemas, mas sou meio novo no fórum, como eu faço pra anexar eles ? Aí eu posto sem problema nenhum. OK.:legal:

Nelson Antunes
19-12-2009, 06:11
Pois..
Eu so sei atravez do "anexar arquivos" quando respondemos..
Ja agora eu achei este esquema e parece-me interessante..
Mas so falta uma coisa, o diamentro do fio a usar no trafo, sera ao saber a potencia que é 400w, e calcular a corrente no primario e no secundario, que da 1,5A e 7A, atravez disto posso ir a uma tabela e ver qual o fio indicado?
E sera que o numero de espiras é o mesmo?

Obrigado
Nelson Antunes

Muriloo
19-12-2009, 07:16
Pois..
Eu so sei atravez do "anexar arquivos" quando respondemos..
Ja agora eu achei este esquema e parece-me interessante..
Mas so falta uma coisa, o diamentro do fio a usar no trafo, sera ao saber a potencia que é 400w, e calcular a corrente no primario e no secundario, que da 1,5A e 7A, atravez disto posso ir a uma tabela e ver qual o fio indicado?
E sera que o numero de espiras é o mesmo?

Obrigado
Nelson Antunes

Bom dia,
Para o fio vc deve saber quais serão as correntes no secundário e no primário, como vai estar trabalhando em alta frequencia uns 50 khz é necessario utilização de um fio no maximo AWG22 que é para uns 5A, entao, se quiser 10A na saida vai ter que utilizar 2xawg22, 15a na saida 3xawg22 e por ae vai.

Quanto a quantidade de espiras, quanto maior a corrente, maior serão suas perdas, então tente deixar uma margem de correção.

Abraço
Murilo

Nelson Antunes
19-12-2009, 10:36
Neste caso no primario a corrente dame 1.45A e no secundario 3A, tinha dito 7A no outro post, mas fiz mal as contas http://www.htforum.com/vb/images/more_smilies/beigecool.gif
Então se eu ulilizar só 1 fio de AWG22 no secundario e no primario, esta o assunto resolvido?

Obrigado
Comprimentos
Nelson Antunes

Muriloo
19-12-2009, 10:52
Neste caso no primario a corrente dame 1.45A e no secundario 3A, tinha dito 7A no outro post, mas fiz mal as contas http://www.htforum.com/vb/images/more_smilies/beigecool.gif
Então se eu ulilizar só 1 fio de AWG22 no secundario e no primario, esta o assunto resolvido?

Obrigado
Comprimentos
Nelson Antunes

Sim, pelo fato do fio ser bem fino que torna facil para enrolar eu colocaria 2 no secundario ja que o custo nao irá aumentar.

Abraço
Murilo

fabioz@ceee
19-12-2009, 21:00
Da uma olhada nestes esquemas, o que você postou não tem regulação de saída e a fonte vai ficar com a tensão muito instável.
Quanto ao fio, se você for utilizar o fio 22AWG, segundo a tabela de fio do livro do IVO BARBI " PROJETOS DE FONTES CHAVEADAS " do instituto de eletrônica de potência INEP, deve utilizar no máximo 450A por cm quadrado o que dá para o fio 22 1,465A isso considerando situação ideal, em termos de aquecimento máximo blá blá blá, mas nada impede de usar correntes mais altas para ele, como citou o Murilo pode ir até uns 5A só que vai esquentar mesmo.

Não vou estender mais a resposta, mas vai perguntando que estamos aí pra trocar idéias.

Um abraço.

Fábio.:legal:

Nelson Antunes
19-12-2009, 21:21
Obrigado..
Mas eu precisava de 60 ou 70 volts...
Sera que essas dao para mudificar?

Comprimentos
Nelson Antunes

Muriloo
19-12-2009, 22:46
Da uma olhada nestes esquemas, o que você postou não tem regulação de saída e a fonte vai ficar com a tensão muito instável.
Quanto ao fio, se você for utilizar o fio 22AWG, segundo a tabela de fio do livro do IVO BARBI " PROJETOS DE FONTES CHAVEADAS " do instituto de eletrônica de potência INEP, deve utilizar no máximo 450A por cm quadrado o que dá para o fio 22 1,465A isso considerando situação ideal, em termos de aquecimento máximo blá blá blá, mas nada impede de usar correntes mais altas para ele, como citou o Murilo pode ir até uns 5A só que vai esquentar mesmo.

Não vou estender mais a resposta, mas vai perguntando que estamos aí pra trocar idéias.

Um abraço.


Fábio.:legal:

Olá, um tanto quanto estranho esse valor de 450A/cm², ou 4,5A/mm².

Digo pelo fato de se associar um valor a outro valor exponencial, considerar que um fio com 1,5mm² pode ser usado até no maximo 6,75A, quando se eu quiser posso utilizar o mesmo pra ligar um motor de mais de 3cv por ex.

Acho que esse nao seria um ponto crucial no projeto, poderia diminuir a eficiencia da fonte por causa das perdas no cobre, mas se levar em consideração que alguns transformadores podem trabalhar (e trabalham as vezes) com mais de 100% de sobrecarga.

Caso tenha um termimetro seria interessante realizar alguns testes de corrente com espessura e quantidade de fios no primario/secundário.

Para 5A um fio AWG22 ao meu ver é suficiente e o mesmo nao deve esquentar.

Abraço
Murilo

fabioz@ceee
20-12-2009, 08:36
Pois é né Murilo, coisas da engenharia que até eu fico meio assim, também sou apenas técnico e bato de frente com algumas coisas, mas de fato apenas copiei o que tá no livro, mas me lembro que na época em que calculamos o trafo no curso técnico, embora fosse em 60 Hz pela tabela de fios utilizada em transformadoras o fio que eu usei foi o 17 no secundário e meu TR tinha 3A e meio se naum me engano.
O que eu sei é que tu não pode te basear pelo uso normal de condutores de cobre em instalações elétricas, como tu citou o motor de 3cv que da uns 2200W, na verdade tudo tá dimensionado em normas para o uso de condutores.
Se for em eletroduto aparente ou embutido ou fio ao ar livre, quanto cabos por eletroduto e vai... ;) enfim, se tu usa 5 amperes e não frita, ótimo vou experimentar também porque só tem a melhorar o trafo na questão de como enrolar ele. :rever1:

Quanto a tensão de saída Antunes, tu só vais ter que mudar os zeners de realimentação dos opto, que são quem vai definir a tensão de saída e o número de espiras do trafo, em função da area Ae do núcleo que você vai usar, da frequência, e essa você também pode mexer nesse circuito, são 2 resistores e 1 capacitor que determinam ela, e a densidade magnética do núcleo.

Sugestão, utilize um núcleo NEE55/28/21 da thornton, que dá até uns 1200 W no máximo, eles me mandaram um como amostra de graça para testes, e utilize uma relação tal que a cada 10 volts você utiliza 1 espira, mais alguma tolerância para que o PWM não opere em duty cicle o tempo todo, assim num momento em que você exigir mais corrente e a tensão cair o PWM consiga compensar esse valor.

No seu secundário então você terá 10 + 10 espiras e 30% de sobre-tensão o que vai aliviar o PWM.
Para o primário em 180 volts que é a máxima tensão que você vai obter quando em rede de 127 volts, utilize 18 espiras.

Quanto a bitola do fio, você terá de definir em função da carga.

Abraço.

Fábio :legal:

Muriloo
20-12-2009, 09:05
Pois é né Murilo, coisas da engenharia que até eu fico meio assim, também sou apenas técnico e bato de frente com algumas coisas, mas de fato apenas copiei o que tá no livro, mas me lembro que na época em que calculamos o trafo no curso técnico, embora fosse em 60 Hz pela tabela de fios utilizada em transformadoras o fio que eu usei foi o 17 no secundário e meu TR tinha 3A e meio se naum me engano.
O que eu sei é que tu não pode te basear pelo uso normal de condutores de cobre em instalações elétricas, como tu citou o motor de 3cv que da uns 2200W, na verdade tudo tá dimensionado em normas para o uso de condutores.
Se for em eletroduto aparente ou embutido ou fio ao ar livre, quanto cabos por eletroduto e vai... ;) enfim, se tu usa 5 amperes e não frita, ótimo vou experimentar também porque só tem a melhorar o trafo na questão de como enrolar ele. :rever1:

Quanto a tensão de saída Antunes, tu só vais ter que mudar os zeners de realimentação dos opto, que são quem vai definir a tensão de saída e o número de espiras do trafo, em função da area Ae do núcleo que você vai usar, da frequência, e essa você também pode mexer nesse circuito, são 2 resistores e 1 capacitor que determinam ela, e a densidade magnética do núcleo.

Sugestão, utilize um núcleo NEE55/28/21 da thornton, que dá até uns 1200 W no máximo, eles me mandaram um como amostra de graça para testes, e utilize uma relação tal que a cada 10 volts você utiliza 1 espira, mais alguma tolerância para que o PWM não opere em duty cicle o tempo todo, assim num momento em que você exigir mais corrente e a tensão cair o PWM consiga compensar esse valor.

No seu secundário então você terá 10 + 10 espiras e 30% de sobre-tensão o que vai aliviar o PWM.
Para o primário em 180 volts que é a máxima tensão que você vai obter quando em rede de 127 volts, utilize 18 espiras.

Quanto a bitola do fio, você terá de definir em função da carga.

Abraço.

Fábio :legal:

Apesar da eng elétrica eletronica nao abordar a construção de fontes chaveadas eu sou um pouco curioso sobre o assunto.

Vale lembrar novamente apenas o efeito skin, o qual nao adianta você colocar um fio awg10 para um trafo com secundário para 10A trabalhando em frequencia >30khz.

Abraço
Murilo

---------- Mensagem adicionada às 10:05 ---------- Mensagem anterior foi às 09:52 ----------

Um bom exemplo: http://www.bcae1.com/trnsfrmr.htm

Você insere qual cabo você utilizaria se estivesse trabalhando com uma tensão DC ou com uma frequencia abaixo de 6khz, defini sua frequencia de trabalho e ele te da qual o tamanho maximo e a quantidade de condutores :)

Nelson Antunes
20-12-2009, 09:10
Pois é né Murilo, coisas da engenharia que até eu fico meio assim, também sou apenas técnico e bato de frente com algumas coisas, mas de fato apenas copiei o que tá no livro, mas me lembro que na época em que calculamos o trafo no curso técnico, embora fosse em 60 Hz pela tabela de fios utilizada em transformadoras o fio que eu usei foi o 17 no secundário e meu TR tinha 3A e meio se naum me engano.
O que eu sei é que tu não pode te basear pelo uso normal de condutores de cobre em instalações elétricas, como tu citou o motor de 3cv que da uns 2200W, na verdade tudo tá dimensionado em normas para o uso de condutores.
Se for em eletroduto aparente ou embutido ou fio ao ar livre, quanto cabos por eletroduto e vai... ;) enfim, se tu usa 5 amperes e não frita, ótimo vou experimentar também porque só tem a melhorar o trafo na questão de como enrolar ele. :rever1:

Quanto a tensão de saída Antunes, tu só vais ter que mudar os zeners de realimentação dos opto, que são quem vai definir a tensão de saída e o número de espiras do trafo, em função da area Ae do núcleo que você vai usar, da frequência, e essa você também pode mexer nesse circuito, são 2 resistores e 1 capacitor que determinam ela, e a densidade magnética do núcleo.

Sugestão, utilize um núcleo NEE55/28/21 da thornton, que dá até uns 1200 W no máximo, eles me mandaram um como amostra de graça para testes, e utilize uma relação tal que a cada 10 volts você utiliza 1 espira, mais alguma tolerância para que o PWM não opere em duty cicle o tempo todo, assim num momento em que você exigir mais corrente e a tensão cair o PWM consiga compensar esse valor.

No seu secundário então você terá 10 + 10 espiras e 30% de sobre-tensão o que vai aliviar o PWM.
Para o primário em 180 volts que é a máxima tensão que você vai obter quando em rede de 127 volts, utilize 18 espiras.

Quanto a bitola do fio, você terá de definir em função da carga.

Abraço.

Fábio :legal:

Ola..
Então se eu utilizar seu esquema, e fizer os seguintes passos, tenho a fonte que preciso...?
1. Usar trafo com nucleo NEE55/28/21
2.Usar 36 espiras primario, porque minha tensao aqui ser 220v e 10 + 10 espiras no secundário
3. Mudar o zener para 60 volts

Essas resistências e condensador sobre a frequência não preciso de mudar..?

Comprimentos
Nelson Antunes

fabioz@ceee
20-12-2009, 09:21
Antunes, como você vai utilizar em 220 sua tensão máxima depois do divisor capacitivo será de 155 volts, pode usar então 15 ou 16 espiras no primário e só essas, e o secundário sim são 10 + 10 me passa teu endereço de email que te mando mais algum material específico, esse valores são para 70 KHz de frequencia e núcleo IP12E NEE 55 28 21.

E Murilo, eu sei que o efeito palicular da corrente me limita muito na bitola do fio utilizado em alta frequência e temos de converter para vários fios finos, o que eu quis dizer é que mesmo o fio 17 que é bem grossinho e em 60 Hz não pode ser usado com uma corrente muito alta porque as espiras mais de dentro do enrolamento não terão refrigeração suficiente e o trafo vai queimar. :legal: Só pra tentar expelicar o que eu queria dizer, OK.

Abraços.

Fábio.

Nelson Antunes
20-12-2009, 09:31
Antunes, como você vai utilizar em 220 sua tensão máxima depois do divisor capacitivo será de 155 volts, pode usar então 15 ou 16 espiras no primário e só essas, e o secundário sim são 10 + 10 me passa teu endereço de email que te mando mais algum material específico, esse valores são para 70 KHz de frequencia e núcleo IP12E NEE 55 28 21.

E Murilo, eu sei que o efeito palicular da corrente me limita muito na bitola do fio utilizado em alta frequência e temos de converter para vários fios finos, o que eu quis dizer é que mesmo o fio 17 que é bem grossinho e em 60 Hz não pode ser usado com uma corrente muito alta porque as espiras mais de dentro do enrolamento não terão refrigeração suficiente e o trafo vai queimar. :legal: Só pra tentar expelicar o que eu queria dizer, OK.

Abraços.

Fábio.

Sim, meu endereço de email é nelsonportugal1989@hotmail.
Desde já obrigado..
Era bom eu conseguir recolher alguma informação, assim nestas minha ferias montava e depois dizia-vos quais os resultados.

Comprimentos
Nelson Antunes

Nelson Antunes
20-12-2009, 10:18
Neste caso tambem vou utilizar o fio 22awg para o trafo? O aparelho ao qual eu vou ligar esta fonte nao acredito que passe dos 2 amperes..
Secalhar deve ser suficiente os 22awg, ou seja 2 x awg22 no secundario...
Tenho uma duvida, no esquema que eu tinha apresentado antes, aquela parte do tl431 e do 4n33p, isso não é regulação de saída...?

fabioz@ceee
20-12-2009, 12:25
É sim, contudo você pode observar que ela esta conectada somente ao ramo de saída de +Vcc, correto ? E o -Vcc com é que fica ? Sem regulação nele também, fica uma M... .

Vou te mandar um material por email. :legal:

Abraço.

Fábio.

diban
21-12-2009, 17:46
Boa tarde,

Estou montando esta fonte chaveada: http://www.triell.com.br/produtos.asp?produto=113

Mas para o meu azar o único Nucleo Toroidal que encontrei aqui em campinas para o projeto consegui quebralo enrolando o fio :bD o dito cujo se quebrou em quatro.

Isto acontece? Ou enrolei o fio muito forte sei-la isso é sensível a ponto de quebrar enrolando o fio manualmente?

E no lugar deste núcleo vou utilizar um com 45mm diametro externo - 19 diametro interno - 16mm de altura (http://www.thornton.com.br/pdf/nt_C.pdf).

Alguém poderia dizer se será nescessario fazer alguma alteração no projeto original?

abraços

Muriloo
21-12-2009, 19:23
É sim, contudo você pode observar que ela esta conectada somente ao ramo de saída de +Vcc, correto ? E o -Vcc com é que fica ? Sem regulação nele também, fica uma M... .

Vou te mandar um material por email. :legal:

Abraço.

Fábio.

As vezes penso em colocar a referencia entre as tensões + e - do sistema, o fluxo magnético estará induzindo em ambas as bobinas a tensão, e as 2 tendo a mesma quantidade de espiras terão a mesma tensão.

marcisio.souza
21-12-2009, 21:30
ae galera to fazendo minha primeira postagem aki, montei uma fonte que o eskema esta em anexo, sem carga ela funciona perfeitamente,mas com carga a tensao cai absurdamente.o esquema original é para 220v entao usei dobrador de tensao(ligando um fio direto da tomada ao ponto float do esquema).
estou usando para o calculo do trafo a tensao de 168v,55khz e a frekencia , o gauss esta em 1000 por segurança e a area efetiva do meu nucleo e 1.95cm².
alguem sabe ai o que pode estar ocorrendo?
p.s: o efeito skin nao e, pois efetuei os calculos para saber o fio maximo em determinada frekencia.

fabioz@ceee
21-12-2009, 22:00
Olha pode ser que seja e bem provável que seja, o fato de como falado anteriormente com o Antunes, o sistema de realimentação dela estar apenas entre o + e 0, voce pode experimentar fazer como no esquema que postei anteriormente em resposta ao Antunes onde 1 usa 2 opto e pega realimentação entre +/0 e -/0 ou apenas entre +/- da saída.
Só que tu não cita se a tensão cai nos dois ramos da fonte ou no negativo fica meio desbalanceada.

Outra coisa, o esquema a priori tá certo, mas pra essa potência o teu núcleo tá meio pequeno, esse teu núcleo deve chegar em torno de uns 500W e não muito além disso, isso to te falando sem calcular, mas ve o que tu pode fornecer a mais de informações e depois trocamos mais alguma idéia.

Qual a tensão de saída que tu quer, corrente, quantas espiras usou, primario, secundario ?

Abraços.

Fábio. :legal:

---------- Mensagem adicionada às 22:54 ---------- Mensagem anterior foi às 22:47 ----------


As vezes penso em colocar a referencia entre as tensões + e - do sistema, o fluxo magnético estará induzindo em ambas as bobinas a tensão, e as 2 tendo a mesma quantidade de espiras terão a mesma tensão.

É isso mesmo, a única coisa que vai ter que fazer é dobrar a tensão dos zeners, em virtude estar pegando a soma das tensões de saída 50 + 50, utilizar 2 zeners de 47V mais 2 de 3V3 em série.

Se usamos em amplis a fonte, no momento em que qualquer lado da fonte em virtude da carga sofrer uma queda, e como o sinal de áudio é semelhante ao senoidal, teóricamente a tensão no ramo oposto ao que está conduzindo o sinal de aúdio no ampli não sofreira nenhuma queda, mas somado ao com carga e se este cair vai disparar o circuito de controle do pwm.

Abraços.

Fábio. :legal:

---------- Mensagem adicionada às 23:00 ---------- Mensagem anterior foi às 22:54 ----------


Boa tarde,

Estou montando esta fonte chaveada: http://www.triell.com.br/produtos.asp?produto=113

Mas para o meu azar o único Nucleo Toroidal que encontrei aqui em campinas para o projeto consegui quebralo enrolando o fio :bD o dito cujo se quebrou em quatro.

Isto acontece? Ou enrolei o fio muito forte sei-la isso é sensível a ponto de quebrar enrolando o fio manualmente?

E no lugar deste núcleo vou utilizar um com 45mm diametro externo - 19 diametro interno - 16mm de altura (http://www.thornton.com.br/pdf/nt_C.pdf).

Alguém poderia dizer se será nescessario fazer alguma alteração no projeto original?

abraços

Bem difícil quebrar ele enrolando, você ou no transporte devem ter batido nele e trincado sem que se enxergasse.

Você não cita o tamanho do núcleo original, mas se usar um menor a potência com certeza vai diminuir e a relação de espiras terá de ser outra, no caso serão mais devido a menor Ae do núcleo.

Se tu diminuir a area, ou aumentar a densidade de fluxo alem do limite do núcleo, o trafo vai superaquecer.

O ideal seria tu tentar conseguir outro do mesmo tamanho ainda que tivesse de comprar.

Manda um email pro Jonas da Triell, certamente ele te vende outro núcleo por fora sem o kit todo, ele é bem acessível.

Abraço.

Fábio.:legal:

marcisio.souza
22-12-2009, 15:09
sobre o sistema de regulação creio q nao seja necessario usar dois optos.
o ideal e por um opto com o zener ligado no + e o resistor no - isolando o gnd.
sendo, por exemplo , se a fonte for simetrica de 60v,o valor do zener deve ser 58v +- visto que ainda tem q somar a tensao do opto e a tensao do resistor.
eu pelo menos fiz assim e deu efeito, meu problema e a keda de tensao propriamente dita.
meu primario tem 38 espiras e o secundario tem 14+14, a tensao do primario é 168v e do secundario eh 60+60v sendo q a regulação e em 50v.
uma boa tarde a todos.

fabioz@ceee
22-12-2009, 21:22
sobre o sistema de regulação creio q nao seja necessario usar dois optos.
o ideal e por um opto com o zener ligado no + e o resistor no - isolando o gnd.
sendo, por exemplo , se a fonte for simetrica de 60v,o valor do zener deve ser 58v +- visto que ainda tem q somar a tensao do opto e a tensao do resistor.
eu pelo menos fiz assim e deu efeito, meu problema e a keda de tensao propriamente dita.
meu primario tem 38 espiras e o secundario tem 14+14, a tensao do primario é 168v e do secundario eh 60+60v sendo q a regulação e em 50v.
uma boa tarde a todos.


Amigo a tua relação de espiras não tá adequada, se tu tem 168V aplicados em 38 esp isso dá 4,42... por espira, logo 14 x 4,42 dá 61,88 cravado, mas isso com o PWM operando em duty cicle, no máximo o ciclo ativo, se cair a tensão ele não vai ter mais o que aumentar a largura de pulso porque ele já tá no máximo.

Sugestão:

Aumenta o teu secundário para pelo menos 20 + 20 espiras, se conseguir fazer com que caiba, coloque 22 + 22.

Depois me conta o que aconteceu. :legal:

Um abraço.

Fábio.

marcisio.souza
22-12-2009, 23:13
mas pq isso se a tensao de saida e 50v?? vc pode me explicar esse lance completamente?
para eu nao ficar voando aki...
ou fazer o q disse so kero entender

Lucas Michel
23-12-2009, 09:06
daew galera to com algumas duvidas referente ao enrolamento do trafo toroidal os calculos da thorton sao insuficientes e não fecham certo, teriam como vcs postarem as formulas para numero de espiras do primario e do secundario e afnis?:feliz:
agradeco muito

e para ajudar a galera aew semana vem to postando todos os esquema de amplificadores da linha X da studio R pra galera comeca a colocar em pratica suas fontes:legal:

Muriloo
23-12-2009, 09:26
daew galera to com algumas duvidas referente ao enrolamento do trafo toroidal os calculos da thorton sao insuficientes e não fecham certo, teriam como vcs postarem as formulas para numero de espiras do primario e do secundario e afnis?:feliz:
agradeco muito

e para ajudar a galera aew semana vem to postando todos os esquema de amplificadores da linha X da studio R pra galera comeca a colocar em pratica suas fontes:legal:


http://img121.imageshack.us/img121/5391/calculo.jpg

marcisio.souza
23-12-2009, 11:59
http://img121.imageshack.us/img121/5391/calculo.jpg

é muriloo foi desse jeito que fiz mesmo, cortei os zeros e tudo mais,simplificou bastante.

voce sabe calculo de snubber e tambem daquele capacitor de float?

Lucas Michel
23-12-2009, 14:33
vlw Muriloo:aplauso:

numka fui muito bom em calculos agora fechou pelo menos:ataque:
soh teria mais uma duvida o numero de espiras no secundario come q eu faco? seria com essa formula Np/Ns=Vi/Vo

abrass

chacalpowers
23-12-2009, 21:52
Olá Lucas.

O cálculo das espiras do secundário é muito simples: aplique regra de três, proporcionalidade mesmo.

Basicamente, considerando os 168V da entrada e suas 42 espiras, chega-se ao número de 4 espiras/volt.

Assim, para cada espira no secundário terá 4Volts.
Exemplo: 10 espiras = 40V; 15 espiras = 60V... e assim por diante.

Att.

Sandro

fabioz@ceee
23-12-2009, 23:03
mas pq isso se a tensao de saida e 50v?? vc pode me explicar esse lance completamente?
para eu nao ficar voando aki...
ou fazer o q disse so kero entender

É que é assim, olha só:

Num trafo linear operando em 60 Hz, se tu colocar uma carga pouco além da capacidade dele ele começa a forçar uma corrente maior no primário pra manter constante a tensão no secundário, é claro que quanto mais sobre-carga tiver maior será a queda de tensão, a corrente do primario e o aquecimento, até que ocorre o inevitável, ele queima.

Numa fonte chaveada, regulada por modulação em largura de pulso PWM, o que mantém a tensão de saída constante independente da carga é a largura, tempo de duração, do pulso proporcionado pelos transistores no primário do trafo.

Quanto maior for o tempo do pulso maior será a energia aplicada ao transformador no primário e consequentemente no secundário.

Como a tensão de saída é dada pela média dos pulsos que aparecem no secundário com carga é preciso manter muito bem ajustado o tempo desse pulso no primário.

Como ?

Ex: Se o teu trafo com um pulso de 168V no primário gera no máximo 60V no secundário, qual terá que ser o ciclo ativo de pulsos no primário para manter esses 60V ? Terá de ser ciclo maximo que é chamado de Duty Cicle.

Se por outro lado o seu trafo for enrolado de modo a ter uma tensão no secundário que atinja 100V, o seu ciclo de primário terá de ser em média de 60% ativo e os outro 40% não.

Porque ?

Porque se você fizer uma média da tensão de saída, considerando os 100V que atinge no ciclo ativo com os 0V no período inativo a média será os 60V que tu quer, isso eu to falando como exemplo não sei se esse percentual tá exato, teria que calcular tudopra saber, mas é assim que funciona uma fonte chaveada.

E o mesmo que a tensão da rede senoidal, tu tem 220V eficazes ou 127 que seja, mas a tensão de pico na rede de 220 é 311.

Se tu tiver que utilizar uma resistência de CA 220 em CC, mesmo sabendo que ela suporta os 311 de pico em CC tu vai aplicar 220 e ela vai te fornecer a mesma potência.

Voltando pra fonte, pra ti conseguir manter uma fonte estável ela tem que te fornecer pelo menos 50% a mais de tensão de pico de saída do trafo do que a tensão linear que tu quer que ela te forneça na saída, pra que na média do somatório dos pulsos ela estabilize e tenha como compensar uma queda causada por um aumento de carga.

Espero ter esclarecido pra ti. :legal:

Abraço.

Fábio

fabioz@ceee
23-12-2009, 23:39
mas pq isso se a tensao de saida e 50v?? vc pode me explicar esse lance completamente?
para eu nao ficar voando aki...
ou fazer o q disse so kero entender


http://www.bcae1.com/pwmps.htm

É em inglês, mas vai te ajudar a entender essa história de Duty Cicle :legal:

Fábio.

marcisio.souza
24-12-2009, 13:27
É que é assim, olha só:

Num trafo linear operando em 60 Hz, se tu colocar uma carga pouco além da capacidade dele ele começa a forçar uma corrente maior no primário pra manter constante a tensão no secundário, é claro que quanto mais sobre-carga tiver maior será a queda de tensão, a corrente do primario e o aquecimento, até que ocorre o inevitável, ele queima.

Numa fonte chaveada, regulada por modulação em largura de pulso PWM, o que mantém a tensão de saída constante independente da carga é a largura, tempo de duração, do pulso proporcionado pelos transistores no primário do trafo.

Quanto maior for o tempo do pulso maior será a energia aplicada ao transformador no primário e consequentemente no secundário.

Como a tensão de saída é dada pela média dos pulsos que aparecem no secundário com carga é preciso manter muito bem ajustado o tempo desse pulso no primário.

Como ?

Ex: Se o teu trafo com um pulso de 168V no primário gera no máximo 60V no secundário, qual terá que ser o ciclo ativo de pulsos no primário para manter esses 60V ? Terá de ser ciclo maximo que é chamado de Duty Cicle.

Se por outro lado o seu trafo for enrolado de modo a ter uma tensão no secundário que atinja 100V, o seu ciclo de primário terá de ser em média de 60% ativo e os outro 40% não.

Porque ?

Porque se você fizer uma média da tensão de saída, considerando os 100V que atinge no ciclo ativo com os 0V no período inativo a média será os 60V que tu quer, isso eu to falando como exemplo não sei se esse percentual tá exato, teria que calcular tudopra saber, mas é assim que funciona uma fonte chaveada.

E o mesmo que a tensão da rede senoidal, tu tem 220V eficazes ou 127 que seja, mas a tensão de pico na rede de 220 é 311.

Se tu tiver que utilizar uma resistência de CA 220 em CC, mesmo sabendo que ela suporta os 311 de pico em CC tu vai aplicar 220 e ela vai te fornecer a mesma potência.

Voltando pra fonte, pra ti conseguir manter uma fonte estável ela tem que te fornecer pelo menos 50% a mais de tensão de pico de saída do trafo do que a tensão linear que tu quer que ela te forneça na saída, pra que na média do somatório dos pulsos ela estabilize e tenha como compensar uma queda causada por um aumento de carga.

Espero ter esclarecido pra ti. :legal:

Abraço.

Fábio

Valeu Fabioz@ceee, axo q entendi.
no meu caso , como kero ter 50v estabilizados, eu pus apenas 10v a mais no trafo ( 60v+60v para estab. em 50v simetricos), entao eu teria q por uns 75v para poder estabilizar?
se eu tiver errado ainda me da um toke.
vou enrolar esse trafo agora mesmo pra testar!
um abraço!!!

fabioz@ceee
24-12-2009, 16:50
Valeu Fabioz@ceee, axo q entendi.
no meu caso , como kero ter 50v estabilizados, eu pus apenas 10v a mais no trafo ( 60v+60v para estab. em 50v simetricos), entao eu teria q por uns 75v para poder estabilizar?
se eu tiver errado ainda me da um toke.
vou enrolar esse trafo agora mesmo pra testar!
um abraço!!!


Isso, no mínimo isso, tem quem diga em artigos que eu li, e não foi um só, que o bom é o dobro da tensão desejada para o secundário, no teu caso que quer 50V, enrola como 100V cada tape do TR.

Em teoria é só fazer e ligar, se o resto do teu circuito tá ok.

E o circuito de realimentação, coloca 2 zener de 47V, mais 1 de 3,3V em série como o resistor de 510R e liga no opto, utilizando o + e o - da saída sem passar pelo terra.

Pro capacitor que vai em série com o float em geral se usa 2,2uF por 400V poliester e o snubber é mais chatinho de calcular.

Me passa um endereço de email que eu te encaminho um material onde tu deve achar creio que tudo que tu precise.

Abraço.

Fábio. :legal:

Nelson Antunes
25-12-2009, 10:19
Ola Fábio..
Você me poderia ajudar a calcular o valor do zener tl431 para 120v?
Eu não acho maneira de o reajustar para os 120v, tudo que eu encontro sobre este zener tem ligações diferentes deste.

Comprimentos
Nelson Antunes

marcisio.souza
25-12-2009, 12:17
pra quem esta montando fontes assim como eu, fiz uma calculadora para o trafo.
simples, mas funciona, ainda faltam umas coisas que poderei add posteriormente.
ainda nao terminei o trafo completamente, o primario ja esta enrolado como segue em anexo a imagem do primario completo.
anexos : calculadora e foto do primario.
um abraço a todos.

http://rapidshare.com/files/325753062/SMPSCALC.rar.html

http://img706.imageshack.us/img706/6571/imagem281.jpg

fabioz@ceee
25-12-2009, 12:35
pra quem esta montando fontes assim como eu, fiz uma calculadora para o trafo.
simples, mas funciona, ainda faltam umas coisas que poderei add posteriormente.
ainda nao terminei o trafo completamente, o primario ja esta enrolado como segue em anexo a imagem do primario completo.
anexos : calculadora e foto do primario.
um abraço a todos.

http://rapidshare.com/files/325753062/SMPSCALC.rar.html

http://img706.imageshack.us/img706/6571/imagem281.jpg

Cara, que fio que tu tá usando nesse enrolamento, e ainda, tenta distribuir melhor o fio no núcleo, quanto mais próximos ficarem o secundário e o primário em alta frequência, melhor é o trafo.
Se possível, é bom inclusive enrolar meio que junto o primário e o secundário, tipo dá 2 ou 3 espiras do primário e 1 do secundário ou conforme for a tua relação de espiras.

Mas tá bonito, bem caprichado. :aplauso:

Fábio :legal:

Nelson Antunes
25-12-2009, 13:47
Ola
Esse programa da para trafos E ou só para toroidal?
Tou prestes a enrolar um etd44, queria confirmar os valores..

Comprimentos
Nelson Antunes

Rafael S. M.
25-12-2009, 14:54
Olá pessoal, sou novo aqui no fórum, e queria pedir uma ajuda para voces :)
Estou tentando montar uma fonte chaveada para usar no carro, para alimentar amp que utilizam tensão simétrica.. achei o esquema do elliot http://sound.westhost.com/project89.htm e começei a montar a forma mais simples, (sem regulação da tensão), comprei uns FETS comuns, os IRF540N, dai enrolei o trafo utilizando aquele "anel" de ferrite , que tem nas fontes de alimentação de PC, aquele que fica apos a retificação do secundário, é um filto.. tirei todo enrolamento dele , e enrolei 6 fios de 0.4mm de diametro em paralelo para o primário, com 5 + 5 Voltas.. e pro secundário 4 fios de 0.6mm de diametro em paralelo com 10 + 10 voltas.. fiz em um protoboard mesmo, com os fets presos em dissipadores pequenos, sem aqueles conjuntos de resistor e capacitor no enrolamento do primário e secundário (é só um teste) dai liguei em uma fonte de PC comum..o que ocorreu foi o seguinte.. o trafo aquecia demais, e sem carga.. em menos de 30 segundos, ja não dava mais pra segurar ele, e os fets ficavam bemm mornos.. e sem carga, eu media uma tendão de 70 voltos ! e ficava subindo ainda !.. dai coloquei um resistor de 150R, como carga, e a tensão fixou em 33V..mas achei estranho.. afinal..a relação está 1:2, era pra aparecer 24V né ? :(

Mas ignorei essa parte.. foquei no aquecimento do trafo.. fiz outro, utilizando o mesmo nucleo (anel) só que com 8 fios de 0.6mm de diametro em paralelo, com 4 + 4 voltas, e o resultado foi quase explosivo :riso: a fonte do pc ligou, e em 10 segundo ela desarmou por curto, e dai encostei no trafo e tava tão quente que queimei de formar bolha nos dedos :D e os fets tavam fervendo ;)

Sem saber o que fazer, fiz um trafo sem o secundário mesmo, com apenas um fio de 0.8mm, com 20 + 20 voltas. e mesmo assim aqueceu muito.. ja tava desesperado, quando percebi que, o que esquentava era o anel (nucleo) e não o fio... Dai peguei uma fonte velha de pc, arranquei o trafo, trafo mesmo, e fiz novamente o enrolamento de 6 fios 0.4mm com 5+5 voltas, e um secvundário simples de 20 voltas de fio 0.8mm e liguei.. surpreendentemente, funcionou como uma maravilha, os fets podem funcionar sem dissipador, que nem esquentam.. o trafo, permaneçe na temperatura ambiente.. e coloquei uma carga na saida, e fixou em 40 volts, mas fica estranha.. fica variando.. entre 38v até 42v.. coloquei como carga um resistor de 1k2 de 10W

Bem, com base nisso, ja percebei que o esquema é utilizar o trafo do pc (ou o ETD59 ou parecido) mas em relação a essa flutuação da fonte, é normal ? eu deveria montar a versão que a saida é monitorada pelo trimpot (o da figura 2) ao inves desse que montei (que é figura 9)

fabioz@ceee
25-12-2009, 16:02
Ola
Esse programa da para trafos E ou só para toroidal?
Tou prestes a enrolar um etd44, queria confirmar os valores..

Comprimentos
Nelson Antunes

E aí Antunes, beleza ?

Olha só, utilizei ele só para confirmar o que eu já tinha feito na caneta para um núcleo NEE 55/28/21 e comparar com fórmulas de um livro que eu comprei, só muda a constante magnética que no meu caso utilizei TESLA e aí no programinha utiliza GAUSS.

Funciona certinho deu a mesma relação de espiras, utiliza 1000 gauss no cálculo, e a área efetiva do núcleo em cm quad que é tiro certo.

Abraço. :legal:

Fábio

---------- Mensagem adicionada às 17:02 ---------- Mensagem anterior foi às 16:48 ----------


Olá pessoal, sou novo aqui no fórum, e queria pedir uma ajuda para voces :)
Estou tentando montar uma fonte chaveada para usar no carro, para alimentar amp que utilizam tensão simétrica.. achei o esquema do elliot http://sound.westhost.com/project89.htm e começei a montar a forma mais simples, (sem regulação da tensão), comprei uns FETS comuns, os IRF540N, dai enrolei o trafo utilizando aquele "anel" de ferrite , que tem nas fontes de alimentação de PC, aquele que fica apos a retificação do secundário, é um filto.. tirei todo enrolamento dele , e enrolei 6 fios de 0.4mm de diametro em paralelo para o primário, com 5 + 5 Voltas.. e pro secundário 4 fios de 0.6mm de diametro em paralelo com 10 + 10 voltas.. fiz em um protoboard mesmo, com os fets presos em dissipadores pequenos, sem aqueles conjuntos de resistor e capacitor no enrolamento do primário e secundário (é só um teste) dai liguei em uma fonte de PC comum..o que ocorreu foi o seguinte.. o trafo aquecia demais, e sem carga.. em menos de 30 segundos, ja não dava mais pra segurar ele, e os fets ficavam bemm mornos.. e sem carga, eu media uma tendão de 70 voltos ! e ficava subindo ainda !.. dai coloquei um resistor de 150R, como carga, e a tensão fixou em 33V..mas achei estranho.. afinal..a relação está 1:2, era pra aparecer 24V né ? :(

Mas ignorei essa parte.. foquei no aquecimento do trafo.. fiz outro, utilizando o mesmo nucleo (anel) só que com 8 fios de 0.6mm de diametro em paralelo, com 4 + 4 voltas, e o resultado foi quase explosivo :riso: a fonte do pc ligou, e em 10 segundo ela desarmou por curto, e dai encostei no trafo e tava tão quente que queimei de formar bolha nos dedos :D e os fets tavam fervendo ;)

Sem saber o que fazer, fiz um trafo sem o secundário mesmo, com apenas um fio de 0.8mm, com 20 + 20 voltas. e mesmo assim aqueceu muito.. ja tava desesperado, quando percebi que, o que esquentava era o anel (nucleo) e não o fio... Dai peguei uma fonte velha de pc, arranquei o trafo, trafo mesmo, e fiz novamente o enrolamento de 6 fios 0.4mm com 5+5 voltas, e um secvundário simples de 20 voltas de fio 0.8mm e liguei.. surpreendimente, funcionou como uma maravliha, os fest podem funcionar sem dissipador, que nem esquemtam.. o trafo, permaneçe na temperatura ambiente.. e coloquei uma carga na saira, e fixou em 40 voltas, mas fica estranha.. fica variando.. entre 38v até 42v.. coloquei como carga um resistor de 1k2 de 10W

Bem, com base nisso, ja percebei que o esquema é utilizar o trafo do pc (ou o EDT59 ou parecido) mas em relação a essa flutuação da fonte, é normal ? eu deveria montar a versão que a saida é monitorada pelo trimpot (o da figura 2) ao inves desse que montei (que é figura 9)

Oi Rafael, tudo bem ?

Cara eu não vou te dar um monte de explicação sobre esse assunto pelo seguinte :

Se tu ler as últimas 3 páginas aqui do fórum vai ver que muito do que tu precisa saber foi explicado ali, e além disso o que tu falou sobre o núcleo ANEL, que na verdade chama-se toroidal, ele é muito bom sim, só que tem especificações quanto a frequencia e tu não sabe nenhuma do que tu retirou da fonte velha, tu deve comprar um de um fornecedor que saiba te dizer quem fabrica pra poder ver o catalogo e saber no que tá mexendo e partindo daí calcular o trafo, não tem como sair chutando quantidade de espiras só sabendo que a realação é 1:2, daí podia colocar 1000 e 2000 que também funcionaria.

Me passa um endereço de email que eu te envio um material que já passei para outros amigos aí do fórum, depois de tu ler ele, pergunt o que não entender, mas tenta pelo menos entrar np mundo das fontes antes de tentar saír fazendo experiências no grito. :legal:

Abraço.

Fábio.

Nelson Antunes
25-12-2009, 16:04
Gauss 1000? :suspeito:
Não é muito!? eu tou mesmo nessa parte, no datashet do etd44 dis 100 para 100khz..

Muriloo
25-12-2009, 16:09
pra quem esta montando fontes assim como eu, fiz uma calculadora para o trafo.
simples, mas funciona, ainda faltam umas coisas que poderei add posteriormente.
ainda nao terminei o trafo completamente, o primario ja esta enrolado como segue em anexo a imagem do primario completo.
anexos : calculadora e foto do primario.
um abraço a todos.

http://rapidshare.com/files/325753062/SMPSCALC.rar.html

http://img706.imageshack.us/img706/6571/imagem281.jpg


Gostei da idéia da calculadora, parabéns.

Poderia me explicar algumas coisas?
Fiz uma simulação: Primario 168v, secundário 13,8v, potencia 1380v

Resultados:

Corrente no primario: 9,03A
Fio: 3mm²
Muito fio para pouca corrente nesse caso pelo que me parece.

Corrente secundário: 100A
Fio: 33.33mm²
Fio do secundário
Pouco fio para muita corrente.

Capacitor primário: 4303uF
Capacitor secundario: 207000uF
Ripple da tensão da fonte 0,001mV?

Reveja as formulas que vc utilizou pq estão furadas pelo que me parece, tente considerar o efeito skin sobre os cabos tambem e colocar ja os valores em awg.

Boa sorte

fabioz@ceee
25-12-2009, 16:13
Gauss 1000? :suspeito:
Não é muito!? eu tou mesmo nessa parte, no datashet do etd44 dis 100 para 100khz..

Me passa o endereço ou o datasheet por email pra eu dar uma olhada, pode ser ?

É o da thornton ?

Fábio.

Muriloo
25-12-2009, 16:19
Olá pessoal, sou novo aqui no fórum, e queria pedir uma ajuda para voces :).....

....
Bem, com base nisso, ja percebei que o esquema é utilizar o trafo do pc (ou o ETD59 ou parecido) mas em relação a essa flutuação da fonte, é normal ? eu deveria montar a versão que a saida é monitorada pelo trimpot (o da figura 2) ao inves desse que montei (que é figura 9)

Leia o tópico inteiro e vc vai ter suas duvidas sanadas, nao lembro em qual pagina alguem montou essa fonte e teve alguns problemas tambem.

Nelson Antunes
25-12-2009, 16:23
Sim claro.. http://www.htforum.com/vb/images/icons/icon7.gif Eu se fizer com 180 gauss para 50khz, primário 155v e sec 60v, da numero de espiras igual ao do esquema que que tou a montar..
http://www.ferroxcube.com/prod/assets/etd44.pdf

Penso que este 180 gauss esteja dentro dos limites..:suspeito:

fabioz@ceee
25-12-2009, 16:34
Sim claro.. http://www.htforum.com/vb/images/icons/icon7.gif Eu se fizer com 180 gauss para 50khz, primário 155v e sec 60v, da numero de espiras igual ao do esquema que que tou a montar..
http://www.ferroxcube.com/prod/assets/etd44.pdf

Penso que este 180 gauss esteja dentro dos limites..:suspeito:


É isso ANtunes, o teu núcleo realmente chega no máx a 200 Gauss, estranhei porque a maioria bate nos 1000 e até passa, por isso comentei, mas de fato os 180 tem ainda a margem de segurança, tá bom sim.
Só observa a bitola do fio por causa do efeito pelicular da corrente nessa frequencia.

Fábio. :legal:

Rafael S. M.
25-12-2009, 17:02
Andei lendo um pouco a mais aqui nesse tópico, mas não tudo ainda (tem muita coisa :D ) mas acho que descobri o problema do aquecimento... como aquilo que utilizei não é ferrite de verdade ( é outro material, que me fugiu o nome agora) e utilizei a calculadora daqui http://www.bcae1.com/trnsfrmr.htm e vi que colocando 10 voltas (5+5), fica em torno de 1200 Gauss..acho que é muito para um trafo com material não tão permeavel.. isso deve explicar o porque ele aqueceu muito menos quando fiz com 20+20 voltas (apesar de aquecer muito perto de um trafo de verdade)

Isso tambem deve explicar o porque não aqueceu nada quando utilizei o trafo de ferrite mesmo.. com 8 voltas (4+4) , ficou proximo de 1150 gauss

o problema é que não tenho os dados corretos de areas do nucleo (pra ussar a calculadora do site ai, chutei +- utilizando uma régua, medindo, e calculando, sei que não é correto) e nem do fluxo magnético do nucleo desse trafo.. mas deve ser alto, acredito né, por volta dos 1000 como a maioria dos trafos né ?

Mas calma pessoal, que vou estudar mais.. li tambem de por mais tensão no secundário, para dar uma folga na regulação, correto ?

Nelson Antunes
25-12-2009, 17:20
Obrigado Fábio pelas dicas.
Uma imagem em anexo, dos meus cálculos.
E quanto a secção do fio, não me parece que esteja fora dos limites :suspeito:
O os outros valores deu-me igual ao esquema http://www.htforum.com/vb/images/icons/icon7.gif
Vamos ver o que isto vai dar, espero amanha já ter novidades para vocês.

M.André
25-12-2009, 18:17
É isso ANtunes, o teu núcleo realmente chega no máx a 200 Gauss, estranhei porque a maioria bate nos 1000 e até passa, por isso comentei, mas de fato os 180 tem ainda a margem de segurança, tá bom sim.
Só observa a bitola do fio por causa do efeito pelicular da corrente nessa frequencia.

Fábio. :legal:

Fábio,

Na verdade no datasheet da Ferroxcube do ETD44 a densidade do fluxo magnético está em Tesla (200mT) que corresponde a 2000 Gauss.

Abraços.:legal:

Muriloo
25-12-2009, 18:31
Fábio,

Na verdade no datasheet da Ferroxcube do ETD44 a densidade do fluxo magnético está em Tesla (200mT) que corresponde a 2000 Gauss.

Abraços.:legal:

E pelo fluxo magnético ser um dividendo na formula das espiras, quanto maior o fluxo menos voltas há de se dar. :)

Nelson Antunes
25-12-2009, 18:57
Fábio,

Na verdade no datasheet da Ferroxcube do ETD44 a densidade do fluxo magnético está em Tesla (200mT) que corresponde a 2000 Gauss.

Abraços.:legal:

Mas isso assim ja me da um numero de espiras estranho, 1 espira no primário e 0,5 no secundário :suspeito:
Será que que o programa esta bem?

marcisio.souza
25-12-2009, 19:16
Cara, que fio que tu tá usando nesse enrolamento, e ainda, tenta distribuir melhor o fio no núcleo, quanto mais próximos ficarem o secundário e o primário em alta frequência, melhor é o trafo.
Se possível, é bom inclusive enrolar meio que junto o primário e o secundário, tipo dá 2 ou 3 espiras do primário e 1 do secundário ou conforme for a tua relação de espiras.

Mas tá bonito, bem caprichado. :aplauso:

Fábio :legal:

esse ai é o fio 17 fabio,sera q nao e mto complicado enrolar primario e secundario juntos?
eu tentei distribuir melhor..mas nao teve acordo,cmg qdo nao é 8 é 80,quando nao sobra espaço no nucleo,falta!kkkkkkkk
um abraço
posta uma foto do seu trafo ai mano para eu ter uma noção

nelson
quanta a calculadora,serve pra qualker trafo , basta saber a area efetiva dele.

---------- Mensagem adicionada às 19:16 ---------- Mensagem anterior foi às 19:04 ----------


Gostei da idéia da calculadora, parabéns.

Poderia me explicar algumas coisas?
Fiz uma simulação: Primario 168v, secundário 13,8v, potencia 1380v

Resultados:

Corrente no primario: 9,03A
Fio: 3mm²
Muito fio para pouca corrente nesse caso pelo que me parece.

Corrente secundário: 100A
Fio: 33.33mm²
Fio do secundário
Pouco fio para muita corrente.

Capacitor primário: 4303uF
Capacitor secundario: 207000uF
Ripple da tensão da fonte 0,001mV?

Reveja as formulas que vc utilizou pq estão furadas pelo que me parece, tente considerar o efeito skin sobre os cabos tambem e colocar ja os valores em awg.

Boa sorte

ah blz por me lembrar muriloo!!
a parte do calculo de potencia ainda nao esta certa, falta corrigir rsrsrs
o que ja esta garantido é o calculo de espiras e o de frekencia do oscilador do sg3525.
peguei umas formulas numa apostila se nao me engano é de Johnny Marcio Sperandio, la ele diz o numero de fios usado em determinada corrente e frekencia, nao sei c vc conhece essa apostila.
vou peneirar as formulas e psotar aki para que possam analisar.
vc leu o problema que ocorre comigo aqui muriloo?sabe alguma possivel solução?
um abraço

M.André
25-12-2009, 19:52
Mas isso assim ja me da um numero de espiras estranho, 1 espira no primário e 0,5 no secundário :suspeito:
Será que que o programa esta bem?

Nelson,

Com certeza tem algum erro nos cálculos. Este ETD44 com 168V no primário, 2000 Gauss (200mT) de fluxo magnético, área efetiva de 1,73cm2 (173mm2) e 50kHz dá 24,27 espiras, veja a fórmula do post 454.:legal:

Abraços.

marcisio.souza
25-12-2009, 20:04
Nelson,

Com certeza tem algum erro nos cálculos. Este ETD44 com 168V no primário, 2000 Gauss (200mT) de fluxo magnético, área efetiva de 1,73cm2 (173mm2) e 50kHz dá 24,27 espiras, veja a fórmula do post 454.:legal:

Abraços.

boa noite M.Andre, se o nelson citou os dados corretamente em relação a area frekencia , tensao e gauss, o calculo esta correto sim. pode ser q ele tenha dado a referencia do nucleo erroneamente.
abs

Rafael S. M.
25-12-2009, 20:18
Tô lendo tudo aqui feito um louco, e brincando com o programinha :feliz:
mas me surgiu uma dúvida quanto ao catalogo da thornton.. onde eu acho os "Gauss" dos trafos ? por acaso é o tal de "Al" ? Tá assim " Al [nH] "

Nelson Antunes
25-12-2009, 20:24
Nelson,

Com certeza tem algum erro nos cálculos. Este ETD44 com 168V no primário, 2000 Gauss (200mT) de fluxo magnético, área efetiva de 1,73cm2 (173mm2) e 50kHz dá 24,27 espiras, veja a fórmula do post 454.:legal:

Abraços.

Sim , eu estava pondo a área do núcleo errado.
Obrigada :rever1:

Lucas Michel
25-12-2009, 20:30
Vim aqui agradece a o Murilo e o Chacalp pela ajuda!:aplauso:

projeto001 bah cara muito fera seu programa, vlw:aplauso:
vo te add no msn para podermos trocar umas ideias


eh normal o trafo da fonte esquenta de ficar em torno de uns 50 graus?:ataque:

gostaria de saber onde comprar toroides e se a thorton vende para pessoa juridica, vlw

M.André
25-12-2009, 20:56
Sim , eu estava pondo a área do núcleo errado.
Obrigada :rever1:

Nelson,

Que bom que deu certo. Eu também tenho alguns ETD39 e ETD44 da Ferroxcube aqui e devo montar uma fonte quando sobrar um tempo.:legal:

Abraços.

---------- Mensagem adicionada às 21:56 ---------- Mensagem anterior foi às 21:52 ----------


boa noite M.Andre, se o nelson citou os dados corretamente em relação a area frekencia , tensao e gauss, o calculo esta correto sim. pode ser q ele tenha dado a referencia do nucleo erroneamente.
abs

Boa noite Marcisio,

Era isto mesmo.:) Gostei da sua calculadora, parabéns!

Abraços.

Nelson Antunes
25-12-2009, 20:56
Pois. Eu vou tou a montar uma que tava na net que ja tem pcb feita. Não sei se ja viu o circuito que postei a 2 ou 3 paginas atras..
Esse etd44 vou ter que comprar. E aqui em pt, não é muito barato http://www.htforum.com/vb/images/icons/icon9.gif

M.André
25-12-2009, 21:16
Tô lendo tudo aqui feito um louco, e brincando com o programinha :feliz:
mas me surgiu uma dúvida quanto ao catalogo da thornton.. onde eu acho os "Gauss" dos trafos ? por acaso é o tal de "Al" ? Tá assim " Al [nH] "

O "Al" é o fator de indutância. A densidade de fluxo "B" depende do tipo do material, veja no link abaixo.

http://www.thornton.com.br/materiais.htm

Note que está em Tesla, e 1 Tesla = 10000 Gauss.

Abraços.

---------- Mensagem adicionada às 22:16 ---------- Mensagem anterior foi às 22:10 ----------


Pois. Eu vou tou a montar uma que tava na net que ja tem pcb feita. Não sei se ja viu o circuito que postei a 2 ou 3 paginas atras..
Esse etd44 vou ter que comprar. E aqui em pt, não é muito barato http://www.htforum.com/vb/images/icons/icon9.gif

Eu ví, provavelmente montarei ela também. Eu comprei os ETD39 e 44 na Farnell daqui, e realmente não foi muito barato.:-/

Abraços.

Rafael S. M.
25-12-2009, 21:21
E no caso como "converto" Al para Gauss ou tesla ?
Não vi nenhuma formula que apareça os 2 :seila:

E mais uma pergunta, para aquele trafo da fonte de pc, será que dá pra usar ela ? tipo, eu meço o nucleo dela, calculo a Ae e chuto o valor de uns 1000 Gauss pra ela, mas por segurança, enrolo como uma de 800 Gauss, será que é o sufuciente ? ou devo comprar logo um com todos os dados ? (se bem que pra mim vai ser bemm dificil comprar um desse)

E mais uma duvida (desculpa estar perguntando tanto assim ;x) no programa, quando calculo o numero de espiras, por exemplo, e ele me retorna "10", seria 10+10 ou 5+5 ?

fabioz@ceee
25-12-2009, 21:40
Fábio,

Na verdade no datasheet da Ferroxcube do ETD44 a densidade do fluxo magnético está em Tesla (200mT) que corresponde a 2000 Gauss.

Abraços.:legal:

Sem dúvidas, eu não sei onde eu enfiei o outro zero na hora de fazer a conversão, foi mal aí pessoal.:D

Fábio.

M.André
25-12-2009, 21:43
E no caso como "converto" Al para Gauss ou tesla ?
Não vi nenhuma formula que apareça os 2 :seila:

E mais uma pergunta, para aquele trafo da fonte de pc, será que dá pra usar ela ? tipo, eu meço o nucleo dela, calculo a Ae e chuto o valor de uns 1000 Gauss pra ela, mas por segurança, enrolo como uma de 800 Gauss, será que é o sufuciente ? ou devo comprar logo um com todos os dados ? (se bem que pra mim vai ser bemm dificil comprar um desse)

E mais uma duvida (desculpa estar perguntando tanto assim ;x) no programa, quando calculo o numero de espiras, por exemplo, aparece 10, seria 10+10 ou 5+5 dai ?

Para os cálculos de espiras você tem que utilizar o fluxo magnético "B" fornecido pelo fabricante, não o "Al". Veja no link que postei que, por exemplo, para o material TH50 o fluxo é 390mT, que corresponde a 3900 Gauss.

Quanto ao trafo de PC acho que só experimentando mesmo, pois não se sabe o fluxo magnético do núcleo.

Para fonte simétrica seria 10+10.

Abraços.

Rafael S. M.
26-12-2009, 08:34
Aaaa agora entendi :D só ver o material que é utilizado para fabricar :legal:

Então quando o programa Marcísio diz 5 espiras primário e 20 secundário é 5+5 e 20+20 legal.. vou testar mais um pouco hoje com o trafo de fonte de PC, chutando valores entre 500 Gauss até uns 1500 Gauss, e tipo, quando coloca alem do limite, ele aquece apenas né ? dia dá pra perceber que passei dos limites

Lucas Michel
26-12-2009, 12:37
alguem sabe me dizer se o Jmax usado para saber o numero de condutores sempre vai ser 400A/cm² ? ou se isto eh achado atraves de formulas ou depende do nucleo?

marcisio.souza
26-12-2009, 14:04
Aaaa agora entendi :D só ver o material que é utilizado para fabricar :legal:

Então quando o programa Marcísio diz 5 espiras primário e 20 secundário é 5+5 e 20+20 legal.. vou testar mais um pouco hoje com o trafo de fonte de PC, chutando valores entre 500 Gauss até uns 1500 Gauss, e tipo, quando coloca alem do limite, ele aquece apenas né ? dia dá pra perceber que passei dos limites

5 espiras no primario????????????
nao e mto pouco isso mano?

Rafael S. M.
26-12-2009, 18:55
É que estou montando para carro, com entrada de 12V. dai coloquei no programa, etrada 12v, saida 28V, ajustei em 950 Gauss, e o nucleo tem 1,35 cm2, dai deu 4,6 voltas no primário e 14,8 no secundário, fiz um trafo com 5+5 no primário, 15+15 no secundário, utilizando a trafo retirado da fonte de pc, a principio montei sem regulagem (aquele projeto da figura 9 do elliot) apos retificado e com uma carga de 25 mA em cada ramo (+ e -) a tensão foi de 33V, liguei um amplifcador meu, que usa um TDA 7294, que tem quase 100W de potencia, e fiquei mais de uma hora tocando no máximo de volume (sem distorção) a tensão da fonte ficava variando, entre 30V até 26V conforme os graves da musica, e o trafo emitia um zumbido comforme os graves tambem :seila:, tipo cigarra, mas apertei muito bem os enrolamentos..

mas mesmo depois de uma hora tocando no máximo.. os FETs (IRF540) estavam totalmente frios, o trafo tambem.. tudo perfeito ;)

Então parti pra algo melhor.. com tudo igual, coloquei a parte de regulação com o opto acoplador PC817 (de uma fonte velha tambem) , fiz como esse circuito
http://img30.imageshack.us/img30/6136/fontechaveadaestabiliza.gif
coloquei pra regular no inicio para 30V.. mas não tava dando, nas pancadas do grave, a tensão continuava a cair para até 26 volts.. e o zumbido continuava, então regulei ele para 21V (21+21) e a tensão ficou absolutamente fixa, mesmo nas piores batidas, caia apenas 0,2V e o zumbido do trafo parou totalmente.. mas começei a perceber que os FETs começaram a aqueçer um pouco, nada critico, apenas morno.. os 4 Fets estão presos em uma placa de alumínio de 16cm x 12cm x 3mm de espessura
Para o trafo usei apenas um fio de 26AWG no secundário e 3 fios em paralelo de 21AWG para o primário (é apenas para um teste)

o que acham, estou no caminho certo :bD ?

Nelson Antunes
26-12-2009, 20:32
e o zumbido continuava, então regulei ele para 21V (21+21) e a tensão ficou absolutamente fixa, mesmo nas piores batidas, caia apenas 0,2V e o zumbido do trafo parou totalmente..

o que acham, estou no caminho certo :bD ?

Rafael, você aqui ta se a referir aos zener? Colocou um zener de 21v?
Então isto confirma o que disseram la mais atrás, que comvem por espiras do secundário do trafo para o dobro da tensão que queremos, e o zener esse sim fica com a tensão que queremos. E assim a fonte fica estabilizada na saída!? Digam alguma coisa, se eu tiver dizendo bobagem..:rever1:

Comprimentos
Nelson Antunes

Rafael S. M.
26-12-2009, 20:46
Sim, quando digo regulei pra 21V, é zener de 21V mas mantive o mesmo trafo, sem mudar a quantidade de voltas
Então, por enquanto estou monitorando apenas a alimetação positiva, dai coloquei um zener de 12V, e mais uma penca de led e diodos juntos, até chegar nos 21V.. (gambiarra né xD)

Nelson Antunes
26-12-2009, 21:45
Sim, quando digo regulei pra 21V, é zener de 21V mas mantive o mesmo trafo, sem mudar a quantidade de voltas
Então, por enquanto estou monitorando apenas a alimetação positiva, dai coloquei um zener de 12V, e mais uma penca de led e diodos juntos, até chegar nos 21V.. (gambiarra né xD)

Bom trabalho :legal:
O que disseram la traz deve ser mesmo verdade, se o trafo for feito para uma tesao maior, e depois o zener de voltagem que queremos, a saída e o circuito fica a funcionar na perfeição.

marcisio.souza
26-12-2009, 22:43
Sim, quando digo regulei pra 21V, é zener de 21V mas mantive o mesmo trafo, sem mudar a quantidade de voltas
Então, por enquanto estou monitorando apenas a alimetação positiva, dai coloquei um zener de 12V, e mais uma penca de led e diodos juntos, até chegar nos 21V.. (gambiarra né xD)

faz esses testes ai nas espiras a mais mesmo :phehe que tenho que fazer isso aki tbm,enrolarei para 75v para estabilizar em 50v.
ai vc me diz se presta 100% viu:D
q frekencia vc usou,36khz?

abs

Nelson Antunes
27-12-2009, 09:26
Desculpem a pergunta, mas agora estou confuso..
Aqui na minha zona a tesão e 220v.. No programa do nosso amigo diz para colocar a tesão vRMS, entao 110v ou 155v que eu coloco?:suspeito:

Vi agora la traz 168v :) alguem me diz porque os 168? entao 220 x 1,4 = 310 e 310 : 2 =155v? será que tou fazendo os cálculos errados :suspeito:

Comprimentos
Nelson Antunes

Lucas Michel
27-12-2009, 09:39
Desculpem a pergunta, mas agora estou confuso..
Aqui na minha zona a tesão e 220v.. No programa do nosso amigo diz para colocar a tesão vRMS, entao 110v ou 155v que eu coloco?:suspeito:

Comprimentos
Nelson Antunes


Se ai sua tensao for de 220v a tensao q vc tem q colocar lah eh em media 310v :legal: