PDA

Ver Versão Completa : Puxar alimentação dedicada para sala própria p/ audição. Qual a forma correta?



Emmet L Brown
23-06-2006, 02:09
Tópico antigo :legal:

mario fernandes
23-06-2006, 07:57
...
Pergunto: como preparar a sala corretamente para um sistema de Home Theater? Tenho dúvidas em quantas/quais tomadas utilizar, onde posicioná-las, bitola dos cabos, disjuntor para o sistema... gostaria de ter o projeto correto para passar para o pedreiro/eletricista, e não ter que refazer a coisa depois de pronta...

De posse de um lay out dos equipamentos na sala voce pode visualizar onde estarao a maioría das tomadas, preferentemente onde estará o rack. Nao esquecer da tomada do sub, da tv, do projetor...

Para dimensionar cabos e disjuntores, voce precisa saber qual será a sua *carga* elétrica: consumo em Watt do receiver, projetor, tv, player, iluminaçao, etc...

Há vários colegas *experientes* aí na sua cidade que, se voce os convidar para um *almoço*, muita coisa poderá ser solucionada :legal:

arielcs
23-06-2006, 10:03
Lucas, a dica do Mario é perfeita.

Como vc ainda nao tem certeza do total em consumo dos equipamentos, monte a rede interna do comodo com esse mesmo cabo (6mm). Faça uma caixa de entrada com disjuntores ( Siemens) e a partir dela a distribuiçao para as demais tomadas.
Monte tomadas com fases diferentes.
Use uma fase para os amplificadores e outra fase para os players por exemplo.
Alem das fases e do neutro, um terra dedicado tb é indicado.;)

ÉdisonCh
23-06-2006, 10:47
Lucas,

Com alguns anos em função de auditoria e de O&M, e uma boa janela em áudio, aprendi que nenhum leiaute deve ser feito de uma forma "fechada", em caráter definitivo, pois tudo sempre muda. Uma graninha nova, e inesperada, uma boa oferta de caixas, novas tecnologias e novas idéias em termos de setup, tudo pode acontecer quando a gente menos espera.

Então, sobre a parte elétrica, ela deve ser conservadora, para um bom consumo. Com duas fases vindo em fios de seção de 6 mm2, você estará bem lastreado. É necessário também um neutro dedicado, de preferência provindo desde a entrada, ou no mínimo que seja a primeira emenda no cabo que "conduz" o neutro. A bitola pode ser a mesma.

Seria apropriado um terra dedicado, também, independente do terra que serve o neutro e daquele que se liga aos demais aparelhos de grande consumo do casa, em especial os que têm motor elétrico (máquinas de lavar, de secar, hidromassagem, bombas, chuveiros, etc.).

Seguindo essa filosofia, você deve colocar tantas tomadas quantas forem possíveis, tomando o cuidado de observar a mesma "geometria" (desenho?) das fases, dentro do padrão brasileiro. Por exemplo, quatro tomadas na parede principal e duas na parede oposta. Isso te possibilitará refazer o "leiaute" sempre que achar conveniente.

Eu uso três tomadas dentro da estante/rack e uma fora. Duas ligadas a um disjuntor dedicado no quadro de distribuição e duas ligadas em um disjuntor Siemens especial, alimentado por cabos saídos diretamente da caixa de entrada. Esse disjuntor é o que alimenta o AcOrganizer LC-311.

São exemplos. As variantes e opções são bem mais numerosas.

Édison

mario fernandes
26-06-2006, 09:13
...
1. Quanto maior (distância) é o cabo, menor fica sua capacidade de suportar corrente. Ou seja, não podemos categoricamente afirmar que um cabo de 2 mm² suporta X ampéres sem sabermos o tamanho deste cabo. E isso me preocupa porque eu moro no 2o andar, então meu quadro de distribuição fica a algumas dezenas de metros do relógio.
...


O correto dimensionamento do cabo é feito para a maior conduçao de corrente, que é calculado por curto circuito, ampacidade (capacidade de conduçao da corrente) e queda de tensao (em funçao da distancia). :)

ferperes
27-06-2006, 21:58
:legal: Vou dar o meu pitaco. Qual é a tensão de alimentação na sua cidade? Se for de 220V, a bitola do cabo que vai para as tomadas pode ser de 2,5 mm², até pelo fato que su tu usares cabo de 6,0 mm² tu terás dificuldade em ligar estes cabos nas tomada, e vai faltar espaço na caixa que fica na parede, deixando o eletricista louco da vida. Tu podes considerar que o cabo de bitola 2,5 mm² pode transportar sem problemas até 20 A, tendo assim algo como 4.400 wats de potência disponível. Portanto, sendo bastante conservador, eu diria que dois circuitos derivando do quadro de disjuntores com cabos de 2,5 mm² está muito bom. É só dividir os aparelhos entre estas duas.
Espero ter ajudado.
Não esquecer do aterramento. É aconselhavel.:legal:

ÉdisonCh
27-06-2006, 22:50
Lucas,

Não se preocupe. Com os cabos que você projeta já está superdimensionado. Não confundir correntes de baixa voltagem, ainda mais contínua e com alta amperagem, com corrente alternada normal. Você vai notar que a diferença entre avoltagem medida na caixa e vinte, 30 metros depois é muito pequena, 1 ou 2 Watts conforme a tomada, e que não interfere no funcionamento dos aparelhos.

Para a parte de áudio e do DVD player basta um disjuntor, se for apenas uma fase, ou 2 se for bifásico (ou um disjuntor bifásico). Todas as tomadas da parte de áudio podem ser ligadas nesse mesmo disjuntor. Acho adequado não deixar tela, projetor, TV e iluminação no mesmo disjuntor, para não "sujar" a corrente. O consumo efetivo da parte de áudio não é grande. Um grande sistema talvez uns 1.200 a 1.500 watts, no máximo uns 2.000 (um disjuntor de 25/30A ou 2 de 15 A). Porque ninguém usa, continuamente, todos os aparelhos no máximo. Um pequeno sistema de áudio consome no uso normal 1/10 disso.

Assim, a parte relativa a TV, tela, projetor, etc., você pode ligar em outro disjuntor. Esses dois conjuntos devem ser aterrados, pois há intercomunicação entre eles através dos cabos de interligação de áudio e vídeo.

As outras tomadas, fora do sistema, e os pontos de uso normal (aspirador, ar-condicionado, lustres, etc.) você pode deixar dentro do esquema normal da casa, à cargo do próprio eletricista.

Eu uso cabos de 6mm2 e não tive problemas com as tomadas nem com os conduítes. Coloquei conduítes grandes, de 1.1/2". Uso tomadas Hospital Grade, que permitem o uso de cabos ou fios de bitola maior. Em todo caso, ao comprar as tomadas você precisa verificar se os contatos permitem o uso de fios mais grossos, para não ter que fazer terminais ou emendas.

A CESP e a Elektro disponibilizam um manual para instalações elétricas que pode sanar todas suas dúvidas.

Édison

Fontes
28-06-2006, 17:08
Caro Lucas

Pelo que entendi suas dúvidas não são apenas em relação a alimentação dos equipos da sala de audio e video, mas também sobre como distribuir alimentação eletrica por todo o apartamento, já que voce pretende fazer uma reforma geral na parte eletrica do ap. Certo ?

Quanto a distribuição no resto no apartamento acho conveniente usar os serviços de um bom eletricista e verificar as normas adotadas pela concessionaria de energia aí de Recife. Voce fala em usar cabos de 6mm para levar a energia desde o quadro geral do edificio até o seu ap. certo ? Se assim for voce terá que consultar a concessionária sobre o uso deste cabo. Algumas concessionarias não permitem uso de cabos flexíveis (tipo Pirelli PP) para esta finalidade. É bom então fazer uma consulta. Quando aos condutores a serem usados em todo o apartamento acho desnecessário qualquer coisa que seja superior a um bom fio rígido Pirelli de 2,5mm para todas as tomadas de uso comum. Apenas para as tomadas da área de serviço e cozinha eu colocaria fio rígido de 4mm. Para os chuveiros e aquecedores de pias e lavatorios colocaria fios rigidos de 6mm e com disjuntores individualizados. Lógico que voce encontrará no mercano alguns aquecedores centrais, usados para aquecer toda a agua de um banheiro (o Cardal é um exemplo) que exige fio de 10mm, neste caso voce terá que obedecer a isso para sua propria segurança.

Quanto a alimentação dos equipos da sala de audio e vídeo voce pode usar fio rígido pirelli de 4mm, desde o quadro interno do ap até as tomadas dos equipos. Em nehuma hipótese use aqui cabos flexiveis tipo Pirelli Cordplast PP, este cabo resulta em agudos velados, pouca dinâmica e um som meio abafado. Experiência propria.

Um único fio de 4mm será suficiente para alimentar um sistema mediano, destes que 80% de nós possuímos.Use neste ramal dedicado um disjuntor Siemens de 16A. Use aterramento dedicado. O fio do aterramento é obrigatorio que seja flexivel. Agora, caso voce tenha ou pretenda ter amplificadores de alta potência/corrente, tv de plasma, projetor, etc, etc aí então lhe aconselho a trazer desde o quadro interno duas fases, dividindo as tomadas (fase 1) em tomadas para as fontes (cd, dvd, toca-discos, etc) e pré's em geral (pre-amplificadores, dac's, etc) e outro conjunto de tomadas (fase 2) para os amplificadores, receivers, etc .

Entretanto, se voce utiliza algum tipo de condicionador (Powerline, Savage, ACO, etc) não se faz necessário fazer esta divisão por fases já que voce vai pendurar tudo no condicionador. A não ser que voce vá ter dois condicionadores, um para cada fase. Entendeu ?

É muito importante que as tomadas para os equipos sejam de qualidade superior. Aconselho tomadas importadas tipo Hubbell, Steck, etc. A melhor tomada nacional que eu achei no mercado fica a anos luz atrás da Hubbell que eu instalei agora. Caso voce puxe apenas uma fase para os equipos e tenha condicionador não necessita mais que 4 tomadas numa caixa 4x4. Caso resolva trazer duas fazes então seria um conjunto de 4 tomadas para cada fase, também levando em consideração que havera outro condicionador na outra fase. É certo que o condicionador precisa apenas de uma tomada, mas as 3 que restam ficam para uma emergência (testes de aparelhos, aparelhos extras, etc)

Não sei se ajudei ou compliquei ainda mais. Pode continuar questionando aqui ou por MP.:tu:

um abraço

Fontes

arielcs
28-06-2006, 18:32
Lucas nao existe confusao. Vc esta certo.

Se vc pretende ligar um aparelho que necessita de muita corrente e em suas especificaçoes seja necessario um fio ou cabo de bitola de 10mm, TODO o sistema deve estar projetado e montado para esse consumo.

Leia-se aí, cabos, relogio, fornecimento, plugues etc. ;)

Fontes
29-06-2006, 08:51
Falei que pretendia usar duas fases 6 mm2 subindo fio flexível porque meu vizinho do apartamento de baixo assim o fez e, depois de exaltar para mim a facilidade (com vaselina e um pouco de puxa-puxa) para levá-lo do relógio ao apartamento, achei que fosse a melhor coisa a ser feita.

Os cabos que me referi são aqueles roliços com 3 condutores internos. Estes sim, algumas concessionárias não permitem o seu uso, mas não sei o fio flexivel "single", só sei que qualquer flexivel é prejudicial para aparelhos de audio. Neste caso acho que voce não deveria usá-lo. Agora, se a fiação que parte do relogio até o ap já é de 6mm e em fio rígido, não tem porque voce substituí-la, se bem que um cabeamento de 6mm é uma bitola insuficiente para alimentar, com segurança, a demanda de uma unidade habitacional moderna



Surgiu uma dúvida, Fontes... se eu subir do relógio para o quadro do apartamento fio Pirelli flexível, e saindo deste quadro para as tomadas de audio/video o fio rígido, o fato de eu ter puxado o flexível (na hipótese dele prejudicar o áudio como você falou) vai ser gargalo para o rígido, correto? Então a solução seria eu puxar o rígido desde o relógio?

Exatamente como falei no item acima. Deixe o fio rígido já existente ou puxe um novo desde que seja rígido também. Se o apartamente já é antigo lhe aconselho a puxar um novo, sim.




Entendi. Mas, novamente, uma dúvida: eu terei, na verdade, duas salas de audio/video. Seria interessante eu duplicar o sistema supracitado? Trazer do quadro interno 4 fases, dividindo-as em duas fases para a sala e 2 fases para o quarto?
Sobre os condicionadores, já ouvi de mais de uma pessoa que é preferível ter uma boa instalação elétrica vindo diretamente do relógio do que utilizá-los, porque eles podem matar algumas freqüências mais altas/baixas... (comparação grosseira seria com o compressor em MP3, porém logicamente este REALMENTE danifica as freqs. altas...)


Como lá no relogio voce tem apenas 3 fases, voce ao puxar duas fases para cada sala, uma delas será compartilhada com as duas salas.

Não resta dúvida que as fases dedicadas dão um ótimo ganho sonoro, mas não substituem os beneficios adicionais de um BOM condicionador (Powerline ou ACO). Aliás, o bom funcionamento e eficiencia destes dependem muito da qualidade de seu ramal eletrico. Muitas vezes a pessoa liga um condicionador numa instalação eletrica ruim e fica falando mal, achando que o beneficio não foi tão grande, que capou a dinamica, etc. Tive experiência disso agora. Instalei um Powerline e não obtive o resultado no grau que eu esperava. Substitui meu ramal dedicado o qual era feito com cabo Pirelli Cordplast, por fio pirelli rígido de mesma bitola (4mm) e instalei umas baitas tomadas Hubbell. A melhora foi absurda. Foi como tivesse feito upgrade de fonte ou de amplificação. Mas ao retirar o condicionador do caminho a qualidade sonora cai em grau bem maior do que quando estava com o cabeamento anterior. Um outro ponto importante é que o condicionador também proteje os seus equipamentos dos surtos de corrente.

abraços

Fontes

arielcs
29-06-2006, 10:22
Excelente post Fontes ;) :legal:

mario fernandes
29-06-2006, 14:38
No meu conceito, deixaría uma fase em cada quarto para iluminaçao e outra (ou mais em funçao da carga) para alimentaçao dos eletrónicos. :)

Fontes
29-06-2006, 15:42
Caro Lucas

Uma pergunta: a demanda de energia em seu ap dá para ser suprida por apenas uma fase e com cabo de 6mm ?

Outra: qual a distãncia aproximada do quadro de disjuntores até o quarto e até a sala ?

No mais acho que tá muito bom da maneira que voce quer fazer.:tu:

abraços

Fontes

arielcs
29-06-2006, 17:40
Olha a gambiarra na chave de fusiveis :choque:!!!! Esta ligada DIRETO !!!!:oloko:

O cara que fez isso é um ASSASSINO !!!! :xingo: :xingo2:


Chame um "excelente" eletricista ou um engenheiro, refaça tudo de acordo com as normas vigentes, especifique a carga de tudo o que vc tem em casa, distribua isso no projeto e viva tranquilo.
Gaste o que for necessario, pois as fotos indicam que a coisa pode estar muito "errada".

Me desculpe por colocar a coisa assim, mas energia é algo bem perigoso e a segurança com ela nunca é demais. ;)

Fontes
29-06-2006, 17:59
Arielcs

Isto que parece uma gambiarra é o neutro. O neutro não pode passar por nenhum tipo de chave. Então eles ligaram no borne inferior e fizeram a "ligação direta" para o borne de saída. Não precisava fazer assim era só passar o neutro direto sem "entrar" na chave. :tu:

Lucas

Agora a dúvida é a seguinte: existe neste quadro do relógio uma outra fase fora esta que está subindo via chave e fuzível ? Se não tiver, nada feito. Resta a você somente trocar este fio velho (neutro e fase) por um novo de bitola 6mm ou a maior que couber no conduite.

abraços

Fontes

arielcs
29-06-2006, 18:02
Fontes, pelo que entendi la é BIFASICO!

Fontes
29-06-2006, 18:15
Arielcs

Pior. É monofásico. Naquela chave passa o fase e o neutro ( o que está by pass)

Fontes

ÉdisonCh
29-06-2006, 18:42
Lucas,

Pelo jeito, não sou profissional, é 220V monofásico. Se for esse o caso, as bitolas sugeridas são mais do que suficientes, com sobras.

Eu te aconselharia a, antes de mais nada, procurar um bom eletricista.

É que há o problema de distribuição da carga pelos disjuntores.

Édison

Fontes
29-06-2006, 18:56
Lucas

Beleza! Pelas fotos parece que na realidade é bifasica ou trifasica. Não dá pra ver bem uma vez que usaram fios de cor única. A chave é trifásica. Mas não dá para afirmar só por aí. Só que a sua ainda é monofásica. Neste caso voce tem que contratar um bom eletricista para fazer isso. Não tente fazer com qualquer eletricista. Geralmente na própria concessionaria de energia alguns se oferecem para fazer estes trabalhos nos dias de folga. Veja pela conversa do cara se realmente é confiável.:tu:

abraços

Fontes

ferperes
29-06-2006, 20:02
Nossa! Este seu medidor é de matar. Minha sugestão é que você contrate um bom profissional para analisar in loco seu caso.:legal:

ÉdisonCh
01-07-2006, 00:31
Há aterramentos que ficam bons com poucas barras. Outros precisam de mais. Depende do solo.

Em primeiro lugar, veja se o neutro da rede pública está aterrado. É provavel que esteja. Seu vizinho deve saber. Se não estiver, converse com o síndico e contrate um eletricista. Aqui em SP é obrigatório o aterramento do neutro.´

Para um aterramento normal três barras são suficientes. Aterre apenas as tomadas que vai usar no som, imagem e em computador. Cabo flexível verde. As outras tomadas que precisarem ser aterradas, deixe por conta do eletricista.

Deixe um eletricista fazer todo o serviço, apenas explique o que você quer, ou seja, um fio de 4 mm2 saído de um disjuntor dedicado par as tomadas do HT. As tomadas do HT e do computador aterradas. O resto é com ele. Há certas coisas em que a gente tem que ter o cuidado de não improvisar. A eletricidade é uma delas.

Boa sorte.

Édison

ÉdisonCh
01-07-2006, 09:42
Quando morei em Recife a tensão era de 220V.

Se continuar assim, 1000 VA qualquer tomada normal comporta. As tomadas de 10A de boa marca suportam praticamente tudo. Mas não aceitam fios de 6 mm2. Além disso, é difícil trabalhar com eles.

Assim, talvez seja melhor usar essa bitola apenas para a tomada HG e fazer as outras em fio normal.

Tanto o Ariel quanto o Fontes entendem muito mais de energia do que eu. Releia as mensagens deles, estão muito boas e precisas.

Édison

arielcs
01-07-2006, 19:23
Lucas, olhando as fotos do relogio do ap 301 e a foto do seu relogio com calma da pra ver que é monofasico. A do ap 301 diz "Uma Fase - Dois Fios", e no seu relogio "Monofasico".

Nao entendi a chave trifasica do ap 301, pois em cima as chaves estao em curto. Ou seja saem 3 fios vermelhos, mas todos sao da mesma fase (Com dois fios vindos do relogio). Tem mais um fio vermelho que nao da pra ver de onde sai.

Em predios é comum as empresas entregarem Trifasico ( 3 fases e um neutro). Caso seja assim, peça para vc receber bifasico ( duas fases mais o neutro mais o terra)

Para audio o terra deve ser dedicado. Nao é o mesmo terra usado para a casa ( chuveiro, torneiras etc). A quantidade de barras num sistema de aterramento deve ser indicada por mediçoes, feitas por um aparelho chamado Aterrometro. Para isso consulte um profissional adequado. Um terra mal feito é pior do que ficar sem ele. ;)

ÉdisonCh
01-07-2006, 22:16
É verdade Ariel, bem lembrado.

É preciso tomar cuidado para que o eletricista não use o aterramento que você fará para o Som em outra instalação (máquina de lavar, chuveiro, etc). Deixe claro a ele que esse aterramento é apenas para o som, tv, projetor e os computadores. Os eletricistas em geral dão pouca atenção às nossas restrições, acham que é besteira.

Também achei que a entrada é monofásica,mas com um "arranjo" para poderem sair dois fios. A menos que a outra fase venha sem passar pelo "relógio". Insista para receber ao menos duas fases independentes diretamente da rede pública. Se isso for possível você poderá pensar em dedicar uma exclusivamente para o Home theater, desde que o eletricista ache aconselhável.

Édison

arielcs
02-07-2006, 11:28
Lucas, primeiro verifique se a concessionaria entrega em seu predio uma rede trifasica. Caso sim, peça que mudem seu relogio para bifasico.
Do relogio ate seu apartamento é por sua conta.

Rede trifasica = 3 fases de 110V + 1 neutro
Rede Bifasica = 2 fases de 110V + 1 neutro
Rede Monofasica = 1 fase 110V ou 220V + 1 neutro

Com redes bifasicas vc pode montar sua rede interna com tomadas 110V ( 1 fase + 1 neutro) e tb com tomadas 220V ( 2 fases 110V) :legal:

Fontes
02-07-2006, 15:36
Arielcs

Em Recife, pelo que sei, é só 220v, tanto em monofasica como bi ou trifásica.

abraços

Fontes

Fontes
02-07-2006, 15:40
Lucas

É isso mesmo. Para voce ter aí aparelhos de 110v é necessário que tenha um transformados 220/110 (ou 120 que é a voltagem da maioria dos aparelhos de hoje).

abraços

Fontes

arielcs
02-07-2006, 16:51
Acabei de ler algumas especificaçoes no site da Celpe (http://www.celpe.com.br/HOME/38875%3B56702%3B05%3B0%3B0.asp?id=):

No site da Celpe existem tabelas orientativas excelentes quanto a bitolas de fios, caixas de distribuiçao etc. Vale a consulta.

ÉdisonCh
02-07-2006, 17:14
380 V é = 127 + 127 + 127 . Será coincidência?

Trifásica = 380 V (soma das três fases). Cuidado Lucas, é bom evitar confusões. Alguém pode estar se confundindo. Ou pode ser que certas áreas de Recife, entre as quais a tua, sejam alimentadas em 127 V.

Em qualquer caso, acho que você pode acertar na Celpe. O consumo de teu prédio é medido em cada apartamento. Assim, acho que você poderia sim pedir uma entrada bi ou trifásica. Só que, nesse caso pode ser que eles tenham que mudar o padrão de entrada do edifício e isso realmente dificulta. Sugiro que você vá saber do que se trata.

E não se esqueça de contatar um bom eletricista.

Édison

arielcs
02-07-2006, 22:21
Pois é Édson, essa foi a minha primeira impressao. Eu uso ( por teimosia) o 110V para todas as regioes quando o correto, nessa, seria 127V.

Aqui em casa , recebo bi-fasico (2 de 110V )

Eu nao entendi como uma fase de 380V + neutro resulta em 220V.

Nesse caso nao sei se a Celpe fornecera um bifasico ( resultante em 254V). Vai fornecer um Monofasico em 220V.

Mas como o Brasil é um país cheio de contrastes eu nunca duvido de nada.Nem de magica ! So nao acredito no "Quadrado Magico" ;) :riso:

Lucas por favor va postando aqui o desenrolar disso :legal:

Fontes
03-07-2006, 08:36
Pessoal

É isso mesmo. No Recife é 220v (neutro-fase). Aqui em Brasilia também, mas a concessionária de energia daqui anuncia na propria conta de luz que a tensão fase-fase é de 380v e a fase-neutro de 220v.

abraços

Fontes

alvreg
03-07-2006, 09:33
Lucas

Beleza! Pelas fotos parece que na realidade é bifasica ou trifasica. Não dá pra ver bem uma vez que usaram fios de cor única.


só em filme cor de fio desliga bomba...o bom terrorista e o mau eletricista só usam vermelho...heheheh

todos os medidores são monofasicos (basta ver nas fotos que esta impresso no painel), 240V/20A 1 fase 2 fios, então todos os cctos são monofasicos.

que cidade é isso????

o disjuntor esta com o lado de cima dos polos em paralelo, mas parece que só entra no polo central (talves esteja com um jumper por baixa mas não da pra ver).
resumindo, esta tão ou mais gambiarrado que o da chave faca com fusivel roscado. seu amigo contratou um "letricista" de primeira...

faça o correto e contrate um profissional habilitado, use um disjuntor e como sera uma reforma nova tera de usar um DDR (conforme NBR5410).

QG (quadro geral de medição)

medidor---DJ geral---(DDR opc)---------->QIA quadro interno do ap.


QIA

vem
do geral

barra interligadora---------DJ1------ccto 1
barra interligadora---------DJ2------ccto 2
barra interligadora---------DJ3------ccto 3


sempre digo isso em toda lista que participo;

se vc esta enrolado com a dona justa vc procura um advogado. então se tem problemas com eletricidade, consulte sempre um Eng eletricista.

alvreg
03-07-2006, 18:07
Pois é Édson, essa foi a minha primeira impressao. Eu uso ( por teimosia) o 110V para todas as regioes quando o correto, nessa, seria 127V.

Aqui em casa , recebo bi-fasico (2 de 110V )

Eu nao entendi como uma fase de 380V + neutro resulta em 220V.

Nesse caso nao sei se a Celpe fornecera um bifasico ( resultante em 254V). Vai fornecer um Monofasico em 220V.

Mas como o Brasil é um país cheio de contrastes eu nunca duvido de nada.Nem de magica ! So nao acredito no "Quadrado Magico" ;) :riso:

Lucas por favor va postando aqui o desenrolar disso :legal:


na verdade seria 380V entre fases o que resulta em 220v fase neutro.

isso se deve pq o sistema é trifasico (mesmo vc recebendo apenas uma fase em sua casa, a geração e distribuição é em 3 fases que se dividem equilibradamente pelas residencias), sendo cada fase defasada de 120° (ou seja 360? dividido por tres), como a tensão de linha é calculada;

Vf1 = Vf2 = 220V tensão fase neutro
Vf1f2 = Vf1 seno (120) - Vf2 seno (-120)
Vf1f2 = 220 * 0,866 + 220 * 0,866 = Vf * 1,732 = 380V.






Vf1f2 = Vf1


(

ÉdisonCh
03-07-2006, 21:01
Então, pelo que relatou o Eng. Álvaro e teu amigo, a entrada deve receber duas fases de 220V, o que permite que você faça da forma como queria inicialmente. Ou seja, dedicar uma fase exclusivamente ao HT.

Mas não esqueça da minha calói: contrate um "letricista" com "e". Faça uma pesquisa e contrate. Porque eu não conhecia redes em 220V falei besteira (127 + 127 + 127 = 380). Veio o Álvaro e consertou.

Assim, muita confusão poderá ser evitada por um profissional competente e que conheça teu prédio e tua cidade.

De novo, boa sorte.

Édison

arielcs
03-07-2006, 21:01
É isso mesmo Alvaro.

Nao existe um padrao para o país e sim varias configuraçoes. Aqui temos 3 fases de 110V em 120° e um bifasico 110V + 110V em 180°:legal:

Grafico para melhor entendimento das 3 fases em 120°

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/7b/Three_phase_voltages.png

Uma ciclo da tensão de um sistema trifásico, nomeado de 0 a 360° ( 2 π radianos) sobre o eixo do tempo. As três linha coloridas representam a variação da tensão ou corrente instantânea em seu respectivo tempo. Este ciclo repete-se 50 ou 60 vezes por segundo, dependendo da freqüência da fonte de alimentação. As cores das linhas representam o código de cores padrões americanas para elementos trifásicos e cada linha ou fase, está "defasada" em 120°, ou seja, estão atrasadas ou adiantadas 120° em relação uma da outra. O preto=VL1 vermelho=VL2 azul=VL3


Nao sei se pela legislaçao antiga ou nao, em 99% dos apartamentos nao sobe nem o neutro, apenas duas fases de 110V.

mario fernandes
03-07-2006, 21:09
...
Nao sei se pela legislaçao antiga ou nao, em 99% dos apartamentos nao sobe nem o neutro, apenas duas fases de 110V.

E como é feito entao o 110 V sem neutro???:)

arielcs
03-07-2006, 21:19
Mario aqui em casa ( moro no 9º e 10º andar ) só tenho 220V. Caso queira algo em 110V, só usando transformador. Tem gente que liga fase+terra, mas nem sabe o quanto desbalanceia a rede.

La embaixo na caixa recebemos o trifasico + neutro , como em todos os predios por aqui, mas para os apartamentos nao sobe o neutro.
Ja tentei bolar um jeito de subir o neutro mas é impossivel ( conduites antigos, ja esgotados em espaço etc).

mario fernandes
03-07-2006, 21:24
...
La embaixo na caixa recebemos o trifasico + neutro , como em todos os predios por aqui, mas para os apartamentos nao sobe o neutro.
Ja tentei bolar um jeito de subir o neutro mas é impossivel ( conduites antigos, ja esgotados em espaço etc).

Sim, entendí o porqué...:legal:

alvreg
04-07-2006, 06:09
É isso mesmo Alvaro.

Nao existe um padrao para o país e sim varias configuraçoes. Aqui temos 3 fases de 110V em 120° e um bifasico 110V + 110V em 180°:legal:

Grafico para melhor entendimento das 3 fases em 120°
http://br.geocities.com/jcc5003/tensaotrifasicohtml1.gif

Nao sei se pela legislaçao antiga ou nao, em 99% dos apartamentos nao sobe nem o neutro, apenas duas fases de 110V.


existem localidades que não tem neutro na rede secundaria (jundiai é assim), pois utilizam trafos com secundario en triangulo, ou seja vc tem tres fases a 220V. mas em apartamentos mais novos é comum o proprio condominio ter seu trafo com secundario estrela e assim poder obter 127V, 110V é bem antigo e dificil de achar, mas no brasil ainda se encontra em algum fim de mundo. por isso é mais seguro ligar equipo importado em 220V (eles são pra 230V se europeus) , ou usar estabilizadores para 115 no maximo 120V se forem americanos, os japoneses puros são pra 100V!!!!

arielcs
04-07-2006, 10:55
Lucas, fui rever todo o topico e me dei conta que acabamos:D discutindo uma serie de coisas nele. Aqui só tem "malucos mesmo" :riso: Peço desculpas. :legal:

Ja resolveu como vai ser a alimentaçao aí pro HT ?

alvreg
05-07-2006, 16:21
DE UMA OLHADA EM;

http://www.construindo.com.br/et/eletrica.html

gabrieow
13-07-2006, 01:53
e outra em:

http://www.rocketroberts.com/techart/power.htm

:riso:

Gabriel

PS: eh... eh o msm do outro forum ;)

HDXBorges
22-07-2006, 17:33
Depois que fiz um entrada dedicada para o sistema de imediato deu para perceber a diferença no áudio, maravilha,
porem na imagem não percebi nem uma mudança depois de alguns dias fui verificar as polaridade da extensão que alimentava o projecter e elas realmente estava invertidas foi so corrigir e a imagen transformou ficou perfeita , fique atento a este detalhe se já fez ou vai fazer uma entrada dedicada

ÉdisonCh
08-10-2006, 19:57
Lucas,

Todos eletricistas têm certeza de que somos loucos e tudo que fazemos é exagerado. Seja um pouco exagerado.

Acho que os cabos flexíveis de 6mm2 são pequenos para uso geral em teu apartamento: chuveiros, geladeira, máquina de lavar? Qual o padrão recomendado pela concessionária? Eu usaria no mínimo de 10 mm2 para alimentar o quadro de distribuição interna.

Faça o aterramento do som junto com o do computador, separado do resto. Se puder medí-lo, melhor. No mínimo três hastes. E o da casa pode ser apenas uma haste. Não deve, mas pode.

Peçam ao síndico para aterrar bem o neutro do edifício todo. Todo mundo vai lucrar com isso.

Eu, pelo meu lado, estou pensando em trazer duas fases diretamente da rua (quadro de entrada) para o AcOrganizer. Fiz um "ramal" no cabo que leva ao quadro geral de distribuição, mas já estou pensando seriamente em dois cabos de 10mm2 da entrada até o disjuntor Siemens e um par de fios sólidos importados de 6 mm2 do disjuntor diretamente até o AcOrganizer.

Abraços,

Édison

ÉdisonCh
08-10-2006, 23:34
Da rua, na verdade, é da entrada, do ponto de separação entre a instalação interna e a rede pública, ou seja, do quadro de entrada, como está no próprio texto.

Em prédio não há essa possibilidade. Teu limite interno é o teu quadro de entrada do apartamento lá embaixo. Dessa forma, você, com dois fios sólidos dedicados de 6 mm2 está fazendo o que eu ainda quero fazer no futuro. O máximo que você poderia interferir é na bitola dos condutores que o edifício usa, o que seria muito difícil.

Sei que o consumo é menor. mas veja que no meu caso é trifásico, e são três cabos de 16 mm2. Por esse motivo te recomendei olhar os padrões determinados pela concessionária de energia (no meu tempo era a CELPE).


Você uma vez já relatou que os terra daí são ineficientes, o que seria de se esperar, face à composição arenosa do solo. Portanto, estranhei a decisão de utilizar apenas uma barra (haste) para toda a residência, incluindo aí o som. O mais correto é fazer um aterramento dedicado para o som e os computadores, separado do aterramento das instalações da casa. Tenho o meu há muito tempo, e me parece uma providência segura e necessária.

Boa sorte.

Abraços,

Édison

Edu Carvalho
28-12-2008, 21:13
E aí Lucas, li a novela toda para aprender mas não achei o resultado. Conta para a gente! :legal: