PDA

Ver Versão Completa : TRANSISTORES ORIGINAIS - BANCO DE DADOS



MárcioRibeiro
20-12-2008, 12:48
Oi pessoal, abri este tópico com a intenção de coletar e divulgar informações sobre transistores de potência originais. Quem é técnico sabe do inferno que é conseguir transistores de potência seguramente originais nas lojas de componentes eletrônicos. Alguns sites divulgam informações sobre detalhes no encapsulamento ou nos terminas que nos permitem distinguir os originais dos falsos. Eu tenho usado um método de medição das capacitâncias entre base e coletor e base e emissor do transitor suspeito, usando-se a ponta de prova vermelha na base para o caso dos NPN´s e o contrário para o caso dos PNP´s. Estes são testes estáticos com os transistores fora do circuito, é claro.
Normalmente os transistores originais possuem pastilhas de silício bem maiores que os falsificados, consequentemente as capacitâncias envolvidas são também maiores. Assim se um transistor apresenta valores de capacitância bem menores do que a minha referência eu já desconfio.
Os valores abaixo foram obtidos com medições usando um capacímetro digital da Minipa MC152A, que custa um pouco mais de 100 reais, mas tem me poupado muita chateação. Os valores são a média de no mínimo 3 transistores originais iguais para cada tipo:

BASE-EMISSOR BASE-COLETOR

Motorola
MJL21193 7 nF 2,1 nF
MJL21194 6,8 nF 2,5 nF
Toshiba
2sa1943 6,1 nF 3,1 nF
2sc5200 13.5 nF 13 nF
Sanken
2sc2922 10.5 nF 6.2 nF
2sa1216 9 nF 3.5 nF

Se alguém se dispuser a acrescentar mais informações será de grande valia.

Abs a todos.

VAMOS BOICOTAR A PICARETAGEM DOS FALSIFICADOS

Márcio

Felipe_Navarro
20-12-2008, 15:07
2sa1943 6,1 nF 3,1 nF
2sc5200 13.5 nF 13 nF

Esse 2sa1943 já virou mosca branca, nem na Farnell você acha uma marca decente dele.

MárcioRibeiro
20-12-2008, 15:25
2sa1943 6,1 nF 3,1 nF
2sc5200 13.5 nF 13 nF

Esse 2sa1943 já virou mosca branca, nem na Farnell você acha uma marca decente dele.


Estive na Suiça em 2007 e comprei 20 de cada numa empresa da Alemanha e tudo indica que eram falsificados. Nem o primeiro mundo esta isento desta praga.
Estes que coloquei os dados são da Toshiba e são originais. Não acho que sejam moscas brancas, mas tem muito falsificado por aí.
Em breve postarei sobre os MJ15003 e MJ15004 da Motorola.

vintagero
20-12-2008, 21:04
Legal! :aplauso:

Por acaso teria as capacitancias do 2N3055? Eu tenho 2 falços e dois aparentemente verdadeiros e posso medir a capacitancia. Depois posto o resultado.

Hoje em dia se duvidar já tem até BC548 falsificado.:td:

:legal:

soaresrey
20-12-2008, 22:35
minha Maezinha :rever1:trabalha no ramo de componentes eletrônicos a mais de 20 anos e ela diz que é quase impossivel diferenciar os falsificados dos originais, somente mesmo pelo fornecedor e embalagens, pois cada vez mais as remarcações estão sofisticadas. Principalmente os semicondudores dificeis de se encontrar.

MárcioRibeiro
21-12-2008, 11:26
minha Maezinha :rever1:trabalha no ramo de componentes eletrônicos a mais de 20 anos e ela diz que é quase impossivel diferenciar os falsificados dos originais, somente mesmo pelo fornecedor e embalagens, pois cada vez mais as remarcações estão sofisticadas. Principalmente os semicondudores dificeis de se encontrar.

Tenho especialização em fabricação de semicondutores e este teste que propus mostra uma boa correlação para se distinguir um transistor falso de um original, a não ser que o falsificador seja português e vá colocar um MJ15003 no encapsulamento de um 2N3055:bD. Normalmente as falsificações são feitas usando-se pastilhas de transistores que toleram menores potências e são mais baratos. Realmente concordo com a sua maezinha no que diz respeito a tentar distinguir os falsos pela inspeção visual, tem falsificação com aparência quase idêntica aos originais.

MárcioRibeiro
21-12-2008, 11:28
Legal! :aplauso:

Por acaso teria as capacitancias do 2N3055? Eu tenho 2 falços e dois aparentemente verdadeiros e posso medir a capacitancia. Depois posto o resultado.

Hoje em dia se duvidar já tem até BC548 falsificado.:td:

:legal:

Infelizmente não possuo um 2N3055. Se eu conseguir um original postarei com prazer.

M.André
21-12-2008, 14:26
Marcio,

No caso dos Toshiba 2SA1943 e 2SC5200, por exemplo, quais são as capacitâncias que você tem encontrado nos falsificados? É um pouco menor que os originais, ainda na casa do nF ou bem menor, na casa dos pF?

Abraços.

MárcioRibeiro
21-12-2008, 14:34
Marcio,

No caso dos Toshiba 2SA1943 e 2SC5200, por exemplo, quanto menor é a capacitância que você tem encontrado nos falsificados? É na casa dos pico Farad?

Abraços.

M. André,

tenho uns 1943/5200 Toshibas "suspeitos" cujas capacitâncias b-c estão na casa dos 700 pF e b-e na casa de no máximo 2nF.

Abs.

Márcio

M.André
21-12-2008, 15:08
Marcio,

Obrigado.:legal:

Abraços.

MárcioRibeiro
21-12-2008, 18:15
aí vai um link com algo mais a respeito deste assunto:

http://www.diyaudio.com/forums/showthread.php?threadid=82638

vintagero
21-12-2008, 21:19
Eu medi a capacitancia dos 2n3055 toshiba, pelo que eu sei a toshiba nunca fez a serie 2N confere? Mas só de olhar são falços, a serigrafia sai com o dedo.

TR 3055 1:
B - C 0,5 nF
B - E 0,73 nF

TR 3055 2:
B - C 0,4 nF
B - E 0,81 nF


:legal:

MárcioRibeiro
22-12-2008, 06:17
Eu medi a capacitancia dos 2n3055 toshiba, pelo que eu sei a toshiba nunca fez a serie 2N confere? Mas só de olhar são falços, a serigrafia sai com o dedo.

TR 3055 1:
B - C 0,5 nF
B - E 0,73 nF

TR 3055 2:
B - C 0,4 nF
B - E 0,81 nF


:legal:

Legal,

se alguém tiver algum original para postar os dados será ótimo.

Abs.

Márcio

Stone Free
06-02-2009, 21:40
Ótimo tópico, gente.
Bem, pessoal, estes aqui são meus canecos:

http://i81.photobucket.com/albums/j212/stone_free/DSC01541.jpg
http://i81.photobucket.com/albums/j212/stone_free/DSC01542.jpghttp://i81.photobucket.com/albums/j212/stone_free/DSC01543.jpghttp://i81.photobucket.com/albums/j212/stone_free/DSC01544.jpg

Já sei, tudo FAKE!!! :D

Só me digam, como posto os diferenciais E-B ou E-C com meu capacímetro (MICEL 3000), pois os valores variam, quero dizer, meu capacímetro tem dois polos, (+ e -), onde conecto cada um deles nos coletores e emissores?

Quero ajudar, ainda que saiba que esses 3055 são mais FAKE que notas de 3 Reais...:concordo:

Abraços a todos.

Gustavo

vintagero
07-02-2009, 15:25
Putz, veja, a serigrafia foi carimbada em diferentes posições nos seus canecos :lol:, não sei se é impressão ou colocaram a base virada, os originais que vi ate agora essa parte aredondadinha da base ficava para cima.:td:


Coloque a ponta vermelha na base e a preta no coletor, e anote a capacitância.
Depois novamente a vermelha na base e a preta no emissor agora, anote a capacitância.

Visto por traz:
http://www.morpheustechnology.com/hs/website_2006/Keith_Coutinho/Files%20and%20Documents/25V%20Power%20Supply%20Report%202006_files/image017.jpg

:legal:

Stone Free
07-02-2009, 17:15
vintagero,

Obrigado pela dica. De fato, minha dúvida era qual ponta do capacímetro (+ ou -) deveria ser conectada à base.
O engraçado é que comprei esses transistores como sendo "originais" em uma loja bastante conhecida na Santa Efigênia, em SP. Muito embora a serigrafia seja resistente à ação "dos dedos":lol: e a construção seja robusta (notem a espessura dos terminais e da base), a disposição do "carimbo" realmente varia de um transistor para outro. O detalhe que voce apontou sobre a base montada ao contrário também não deixa dúvidas sobre a "origem" do componente:bD.

Mesmo assim, aí vão os resultados das medições (em nF):

Transistor 1
B-E: 0,76
B-C: 0,47

Transistor 2
B-E: 1,63
B-C: 0,44

Transistor 3
B-E: 0,90
B-C: 0,46

Transistor 4
B-E: 0,74
B-C: 0,44

Não sei o que significam esses valores e qual a sua representatividade para a avaliação do componente, pois não sabia que capacitância servisse de parâmetro para avaliação de transistores, uma vez que nunca vi esses dados nos datasheets. Mesmo assim, espero ter contribuído. Aguardo o "veredito final":) sobre meus canecos, e fica a curiosidade sobre os valores B-E, B-C de um suposto caneco Toshiba 2N3055 original:tu:

Abraços a todos.

Gustavo

vintagero
07-02-2009, 23:18
Hehe, os meus também comprei como originais, e a base e os terminais dos meus são mais finos que esses seus. :td:

Experimente passar algum produto forte, algum solvente nessa serigrafia, vai sair na hora!! Os originais é dificil retirar a serigrafia.

Pode ver que esses valores que encontraste são proximos a aqueles que eu encontrei nos meus também.

É, agora falta arrumar um transistor original para comparar os valores. Bom seria pegar um da RCA daqueles bem antigos para ver a capacitancia, mas é dificil de achar.

Tenho uns 2n3773 que estão para chegar, vou medir esses também, não deve ter muita diferença do 2n3055, ele tem mais potência só.


:legal:

MárcioRibeiro
23-03-2009, 15:27
Oi pessoal,

legal que tem mais gente interessada no assunto, mas gostaria de lembrar que para que este tópico seja realmente útil, o que interessa é que os dados disponibilizados sejam sobre transistores originais para que tenhamos parâmetros confiáveis para comparação.

Abs.

Márcio

Pante
24-03-2009, 15:37
Ótimo tópico, ótimo método.

Tenho alguns MJ15003/4 já montados, mas acessíveis, mais um 2N3055 bem antigo também montado mas acessível e mais 1 TIP35C. Vou medir todos assim que sobrar um tempinho e posto os resultados aqui.

Parabéns pela iniciativa do tópico.:aplauso: A sua dica é um ovo de colombo contra essa falsificação generalizada de transístores de potência, já que pode ser posta em prática no balcão da loja. :legal:

MárcioRibeiro
24-03-2009, 15:54
Ótimo tópico, ótimo método.

Tenho alguns MJ15003/4 já montados, mas acessíveis, mais um 2N3055 bem antigo também montado mas acessível e mais 1 TIP35C. Vou medir todos assim que sobrar um tempinho e posto os resultados aqui.

Parabéns pela iniciativa do tópico.:aplauso: A sua dica é um ovo de colombo contra essa falsificação generalizada de transístores de potência, já que pode ser posta em prática no balcão da loja. :legal:


É isso aí! Se cada um que tiver transistores originais puder dispor de um tempinho para medi-los e postar os resultados aqui teremos referências valiosas para todos.

Abs.

Márcio

vintagero
24-03-2009, 17:37
Consegui 2 unidades de 2n3055 da SID originais e mais um da RCA original também :tu: :tu:. Vou medi-los e depois posto aqui.

Tenho também TIP 42 dos anos 80, original. Vou medir também.


:legal:

vintagero
24-03-2009, 23:35
Medi a capacitância dos transistores, só que... :oloko: os originais estão dando capacitância mais baixa do que os falsificados... Porque...

Resultados : ( AQUI SÃO SÓ OS ORIGINAIS)


2N3055 da RCA (1982) : B-E : 2,9 nf
---------------------- B-C : 0,4 nf

1° 2N3055 da SID (anos 80) : B-E : 0,33 nf
------------------------- B-C : 0,23 nf

2° 2N3055 da SID (anos 80) : B-E : 0,32 nf
--------------------------- B-C : 0,22 nF

1° "40636" da RCA (equivalente a 2N3055) (anos 70) : B-E : 0,53 nf
--------------------------------------------------- B-C : 1nf

2° "40636" da RCA (equivalente a 2N3055) (anos 70) : B-E : 0,57 nf
----------------------------------------------------B-C : 1,13 nf

TIP2955 ST original : B-E : 0,37 nf
------------------- B-C : 0,34 nf

TIP42 (1980) : B-E : 0,38 nf
-------------- B-C : 0,32 nf

TIP32 (1980) : B-E : 0,13 nf
------------- B-C : 0,18 nf

BD136 (anos 80. Tr cor verde) : B-E : 0,06 nf
------------------------------ B-C : 0,05 nf


:legal:

MárcioRibeiro
25-03-2009, 12:25
Vintagero,

quando uso o meu capacímetro ocorre muita diferença na medição se eu inverto as pontas de prova. Então eu resolvi só medir com a ponta vermelha (+) na base para os NPN e com a preta (+) na base para o caso dos PNP. Quando eu as inverto os valores medidos tornam-se menores. Dê uma conferida por gentileza.

Abs.

Márcio

Pante
31-03-2009, 16:55
Pessoal, não esqueci do tópico não.

Vão ai minhas mediçoes:

MJE 15004 (1)
b-c 1,8n
b-e 1,9n

MJE 15004 (2)
b-c 1,9n
b-e 2,0n

MJE 15003 (1)
b-c 0,5n
b-e 2,9n

MJE 15003 (2)
b-c 0,4n
b-e 2,9n

RCA 3055 (um "velhinho" da década de 80, talvez 70)
b-c 0,4n
b-e 1,3n

Não achei os TIP35 e TIP36 fico devendo por enquanto.

Observações:

(1) Medi com um multímetro que mede capacitância. Ele não usa as pontas de prova, tem apenas dois furos onde se deve encaixar o "capacitor", então, tive que improvisar com um fio longo e garras jacaré. Para garantir as medições, medi um capacitor de 2n7 novo e mediu 2,9nF com esse improviso, o que mostra que as medições estão confiáveis.

(2) Pouco importa a posição dos terminais, o resultado das medições é o mesmo.

PS: Agora fiquei encucado: meus transístores são originais ou falsificados? Todos estão funcionando, mas nenhum deles foi exigido a pleno.

MárcioRibeiro
02-04-2009, 10:54
Tenho uns motorolas 15003 e 15004 originais, retirarei um par do protótipo de amplificador que montei e postarei aqui.

Abs.

Márcio

MárcioRibeiro
03-04-2009, 21:04
Tenho uns motorolas 15003 e 15004 originais, retirarei um par do protótipo de amplificador que montei e postarei aqui.

Abs.

Márcio


Um link interessante sobre o assunto:

http://sound.westhost.com/fake/counterfeit-p1.htm#mj15003

Medições dos originais (iguais aos originais descritos no site acima):

MJ15003 B-C: 1,06 nF B-E: 3,5 nF

MJ15004 B-C: 1,66 nF B-E: 3,4 nF

infelizmente não possuo vários para fazer uma melhor amostragem de valores, mas posso garantir que os falsos conforme fotos do site acima apresentavam valores de capacitância B-E em torno de 2,2 nF.

J. Schmaedecke
04-04-2009, 14:57
Márcio, parabéns pela iniciativa!:aplauso:

Eu tenho alguma coisa aqui também. Vou olhar no meu OOS(Old Old Stock).:)
Assim que tiver medido posto aqui.
Só não sei se os antigos podem ser utilizados como referência para os novos.:Pens:

abraço

MárcioRibeiro
04-04-2009, 18:13
Márcio, parabéns pela iniciativa!:aplauso:

Eu tenho alguma coisa aqui também. Vou olhar no meu OOS(Old Old Stock).:)
Assim que tiver medido posto aqui.
Só não sei se os antigos podem ser utilizados como referência para os novos.:Pens:

abraço

Obrigado João,

quanto mais dados dos originais melhor.

Abs.

Márcio

J. Schmaedecke
05-04-2009, 23:46
Ok, "Mauro".:)

2N3773 RCA Lote C 7644
33 anos.;) São ótimos substitutos para os 2N3055 em saída de amplificadores.

Eles medem
B-E 950pF
B-C 1700pF

Eu nunca vi mas existe o complementar PNP 2N6609.

Utilizado Minipa ET-2082A
O sinal utilizado é uma onda triangular de 60mVpp por isto não existe diferença significativa trocando a polaridade. Alguns medidores utilizam até 2,5V para ler esta faixa. Estes polarizam a junção e medem diferente tanto numa polaridade quanto na outra.

Utilizei outro Multiteste que usa sinal senoidal ~55mVpp o resultado foi o mesmo.

abraço

MárcioRibeiro
15-05-2009, 13:15
Mais um para a coleção:

2n3055 Farchild (tem até "B" e "E" escrito em relevo no involucro para indicar os terminais):

B-E: 0,46 nF
B-C: 0,33 nF

Abs.

Márcio

josecarlos366
01-01-2010, 21:54
Olá amigos, bom tópico. Qto a essa idéia de criar um banco de dados para a capacitância da pastilha é meio complicado, pq ao medir com o capacímetro dependendo da tensão presente nas pontas do capacímetro o mesmo pode fazer a junção conduzir e aí vamos ter valores diferentes de capacitância para as diversas marcas de capacímetros.... o q eu sempre faço é medir nos dois sentidos e descarto a maior, uso sempre a menor, polarizado reversamente.

Eu devo ter estes valores anotados dos principais transistores como MJ15003/4 , 2SC5200/A1943, e outros.... na verdade vc medindo a capacitância, é como vc estivesse analisando o tamanho da pastilha, a secção quadrada da mesma, pois pastilhas maiores possuem uma capacitância maior

O que eu costumo fazer é o seguinte, vc analisa vários pares e compara as medições, geralmente os originais dão valores de capacitâncias entre BC muito próximas.... já os falsos dão valores diferentes, pois a qualidade da fabricação da pastilha é péssima.

Qto aos 2N3055 Toshiba das fotos pode esquecer, são falsos com certeza... hj vc ainda acha 2N3055 originais fabricados pela ST ou pela CDIL, a ON tb fabrica mas é dificil achar.... A Toshiba não fabrica 2N.

Vou ver se consigo postar aqui fotos dos transistores do Model 366 Gradiente, são iguaizinhos os originais, porém são falsos, muitos deles eu abro e nos falsos vc pode ver uma pasta branca em cima da pastilha de silício, o q não ocorre no original.

Em breve posto mais fotos e tb os valores que medi, quem quiser tb pode visitar o meu álbum de fotos de transistores falsificados no orkut, tem várias fotos inclusive deles abertos.

Vale lembrar q as fotos abaixo são todas de transistores falsos

Abçs JC.



http://i226.photobucket.com/albums/dd31/josecarlos100/transistores/trverdeepreto.jpg

http://i226.photobucket.com/albums/dd31/josecarlos100/transistores/2SC25652SA1095grandes.jpg

Nessa foto podemos ver os dois abertos o da esquerda é falso e o da direita original

http://i226.photobucket.com/albums/dd31/josecarlos100/transistores/trsabertosesquerdofalsoedirverdadei.jpg

Farjon
09-11-2010, 20:22
Pelo que me foi informado, para este tipo e marca de transistor (Sanken), há depressões junto aos terminais que são preenchidas na moldagem com números se forem originais (sic), veja as setas vermelhas abaixo.

Pode-se observar também a diferença na impressão do código, entre o falsificado e o original.

http://img269.imageshack.us/img269/8604/fakeoriginalsanken.jpg

90960

Farjon
09-11-2010, 22:58
Aproveitando que falei deste tipo de encapsulamento de transistor, utilizado em vários Sankens, acho oportuno também divulgar como resolver o problema de achar os respectivos isoladores. Que são mais raros que foto do Lombardi chupando manga...


37237

Creio que a figura abaixo é auto-explicativa. A partir de dois isoladores para encapsulamento TO-247, basta um pouco de habilidade para medir e cortar. Só não se esqueça de verificar com um multímetro se não há curto entre o terminal de coletor e o dissipador de calor, devido à emenda que resulta entre os dois isoladores.

Eu, particularmente, corto apenas um dos isoladores, mantendo o outro no tamanho original. Apenas a emenda não vai ficar no meio do transistor.


http://img683.imageshack.us/img683/9692/mt200makinginsulator.jpg
37236

Esta dica, se não me engano, encontrei no DIYAudio.com.

Rafael L
09-11-2010, 23:21
Se não me engano á material para isolamento que vendido por pedaço grande, neste caso é só cortar do tamanho que quer!
Alguns isoladores não possível cortar são feito de varias camadas.

Farjon
09-11-2010, 23:26
Concordo, usar ou não esta dica vai depender da disponibilidade que se tem de material.

MárcioRibeiro
10-11-2010, 17:52
Montei este circuito e funcionou bem. Queimei algumas falsificações...mas os originais agüentaram o tranco. Não acho que seja um teste definitivo, mas me poupa o trabalho de colocar um transistor falso num amplificador e logo depois ter que retirá-lo devido a sua queima.

O legal deste circuito é que quando ele é ligado ele submete o transistor a um pico considerável de corrente, pois o filamento da lâmpada está frio. Em fração de segundo a corrente diminui e se estabiliza.




http://transfal.tripod.com/indexold.html

Thenno
10-11-2010, 21:13
37298

Acima uma foto de um MJ15015, o da esquerda é falso o da direita é o usado em um dos power de 150w que montei a uns 18 anos atrás.

Rafael L
11-11-2010, 18:53
Aproveitando que falei deste tipo de encapsulamento de transistor, utilizado em vários Sankens, acho oportuno também divulgar como resolver o problema de achar os respectivos isoladores. Que são mais raros que foto do Lombardi chupando manga...


Aqui está o isolador que pode ser cortado, que eu falei no post acima:

http://www.e-farnellnewark.com.br/silpad2000150mmx150mm,product,681131,3337.aspx

josecarlos366
29-11-2010, 01:38
Vale lembrar que esses 2N3055 Toshiba do começo do tópico são fakes, pois a Toshiba nunca fabricou 2N que é código americano.

MárcioRibeiro
10-12-2010, 18:06
Caros colegas,

tenho me deparado com uma preocupação de colegas com relação aos transistores 2sc5200/2sa1943. Recentemente um colega me enviou alguns para eu testar. Eu os testei e eles não queimaram. Fisicamente eles são idênticos àqueles que tenho como originais, mas como sabemos isto não garante nada. Mas o fato deles aguentarem o tranco num teste barra pesada já me deixa um pouco mais tranquilo, por dois motivos:

1-Se não for original, pelo menos trata-se de um transistor de potencia que aguentou perto de 150 Volts e 10A e vai tocar sem grandes problemas pelo que explicarei em breve.
2-As falsificações que tenho encontrado e que me causaram problema queimavam no amplificador com pequena potência. Assim acredito que seja menos provável que se falsifique um transistor de potência com outro transistor de potência, apesar de obviamente não ser impossível.

Julgo serem os Toshiba 1943/5200 excelentes transistores que não custam caro. São realmente rápidos, mas pelos posts que tenho lido, parece que pouca gente sabe o quanto de rapidez é suficiente para um transistor de saída. Transistores de 8MHz na saída para mim já são ótimos. Uma característica que estes transistores, juntamente com alguns da Sanken dentre alguns outros possuem é que eles possuem uma linearidade de hfe com relação a Ic muito boa, isto é, quando a maioria dos transistores mantém um hfe constante até uma corrente de 5A estes Toshiba e Sanken vão até algo em torno de 10A. Normalmente não se exige que um transistor forneça 10A frequentemente, assim usando mais transistores em paralelos a coisa fica mais tranquila ainda, mas sem exagerar na quantidade.
Outros transistores que se eu encontrar os originais comprarei são os velhos tip35 e tip36 os quais acho fantásticos. Muita gente não sabe usá-los devidamente e sai descendo o pau, pelo jeito nem construir algo com eles construiram, mas saem repetindo uma ladainha de quem ouviu o galo cantar mas não sabe onde. Não acho que são necessariamente melhores do que os Toshiba, mas têm algumas vantagens...e algumas desvantagens.... Algumas coisas antigas são obsoletas, outras nem tanto...Da teoria de controle devemos lembrar que quem controla deve ser mais rápido do que quem é controlado...assim o circuito dos drivers deve obter uma boa atenção...talvez mais do que alguns circuitos "text book", assim não seria necessário se estressar tanto com os transistores de saída.

Abs.

Márcio

MárcioRibeiro
22-06-2011, 17:10
Ao usar o circuito do link citado noutros transistores diferentes do 5200/1943 deve-se atentar para a máxima tensão suportada por estes transistores que pode ser inferior à deste teste. Um transistor com Vceo inferior a uns 180V for ligado a este circuito ele pode queimar mesmo sendo original. Eu quase cometi uma besteira destas um dia destes...
Raciocínio semelhante aplica-se à corrente.

Márcio


Montei este circuito e funcionou bem. Queimei algumas falsificações...mas os originais agüentaram o tranco. Não acho que seja um teste definitivo, mas me poupa o trabalho de colocar um transistor falso num amplificador e logo depois ter que retirá-lo devido a sua queima.

O legal deste circuito é que quando ele é ligado ele submete o transistor a um pico considerável de corrente, pois o filamento da lâmpada está frio. Em fração de segundo a corrente diminui e se estabiliza.




http://transfal.tripod.com/indexold.html

alqudwa
24-06-2011, 16:30
pessoal alguem pode confirmar !!!
2sc3280 ( 0,75nf e 0,60nf )

obrigado!