Devialet       Cirilo Cabos  
        



NOTICE Aviso: Este é um tópico antigo, a última resposta foi postada há 1034 dias. Por favor leve em consideração a data das informações presentes no tópico antes de responder.
Página 2 de 3 PrimeiraPrimeira 123 ÚltimaÚltima
Resultados 16 a 30 de 36

Tópico: Qual o melhor mês para comprar carro zero ?


  1. #16
    Membro
    Registro em
    1-4-03
    Localização
    ex-counterparts
    Mensagens
    4.264
    ——————————————
    Obrigado:
    437 concedido(s)
    718 recebidos por 372 msgs

    Citação Originalmente Enviado por abenardis Ver Mensagem
    Edvaldo, eu me surpreendi com a mesma coisa! Eu sempre achei que vender a vista fosse melhor, mas aparentemente vender financiado é muito mais vantajoso pra eles, pois não foi só uma concessionária que já mostrou preferência pelo financiamento!
    Será que o banco repassa alguma quantia pra eles?

    Um revendedor de carros usados me disse que no caso de financiamento e a vista, tanto faz, pois o banco passa o valor pra ele a vista de qualquer jeito!
    Pelo visto você não conhece o que é tabela de retorno, certo???


  2. #17
    Membro Avatar do(a) sergioserra
    Registro em
    12-1-05
    Localização
    Curitiba
    Mensagens
    2.711
    ——————————————
    Obrigado:
    174 concedido(s)
    121 recebidos por 95 msgs

    Qu'est-ce que c'est??

  3. #18
    Membro
    Registro em
    1-4-03
    Localização
    ex-counterparts
    Mensagens
    4.264
    ——————————————
    Obrigado:
    437 concedido(s)
    718 recebidos por 372 msgs

    http://www.forumjuridico.org/topic/5...do-consumidor/

    Se vocÊ fizer uma breve pesquisa no google entenderás o pq de se preferir vender financiamentos, pricipalmente em carros de menor valor, onde o lucro na venda do financiamento pode ser maior/igual ao da alienação do bem.

  4. #19
    Membro Avatar do(a) sergioserra
    Registro em
    12-1-05
    Localização
    Curitiba
    Mensagens
    2.711
    ——————————————
    Obrigado:
    174 concedido(s)
    121 recebidos por 95 msgs

    Entendi. Obrigado.

  5. #20
    Membro Avatar do(a) Skyzytuz
    Registro em
    6-6-05
    Localização
    Juiz de Fora
    Mensagens
    1.113
    ——————————————
    Obrigado:
    15 concedido(s)
    39 recebidos por 27 msgs

    Citação Originalmente Enviado por EDVALDO FERNANDES Ver Mensagem
    Sergio, permita-me discordar, mas os que os caras querem mesmo é te vender o carro e ainda te VENDER UM FINANCIAMENTO/EMPRÉSTIMO! No ano passado na troca do meu veículo, os caras não queriam o meu dinheiro não, tentaram de tudo para me venderem o financiamento e deixar o meu dindin aplicado no Banco! é meu amigo, os tempos mudaram....!!!!!
    Edvaldo
    Claro, pois além de te vender o carro, eles ainda te vendem dinheiro. Como os juros no Brasil são muito acima da inflação, vender á vista é perder dinheiro.

    Em outras palavras, se alguém te vende um carro à vista, ganha apenas sobre o valor de 1 carro. Se te vende à prazo, ganha sobre 1 carrro e meio, 2 carros...
    <<Ter consciência limpa é sintoma de má memória >>

  6. #21
    Membro Avatar do(a) Skyzytuz
    Registro em
    6-6-05
    Localização
    Juiz de Fora
    Mensagens
    1.113
    ——————————————
    Obrigado:
    15 concedido(s)
    39 recebidos por 27 msgs

    Vou dar meu pitaco: Acho péssimo negócio carro novo, exceto se forem os modelos mais baratos e bem básicos, ou caso você rode mutíssimo com ele (caso de um representante, que roda mais de 30 mil kms por ano, por exemplo)

    Pois com carro novo você paga uma depreciação violenta, IPVA mais alto possível , seguro mais alto, preço mais alto.

    E se for financiar, ah, aí haja verdinha.

    Em 2000, eu comprei um Honda Civic 1994. Minha idéia era dali a poucos anos comprar um zero ou mais novo.

    Pois eu tenho este Civic 1994 até hoje! Já está com 237 mil kms rodados.

    Como eu sempre faço as revisões exatamente como consta no manual e deixo a manutenção rigorosamente em dia, em um mecânico de confiança (que aliás, é especialista em Civic, ele praticamente só mexe com Civics), o carro me dá pouquíssimos problemas.

    Cheguei a conclusão que pegar um mais novo é mancada, pois:

    - Vou gastar um bela grana no preço do mais novo.

    - Vou gastar uma bela grana na depreciação (o meu já não deprecia mais, aliás, até valoriza um pouquinho a cada ano)

    - Vou gastar muito mais em IPVA e um pouco mais em seguro.

    Ah, dá mais manutenção? Claro, mas calculista que sou, botei tudo numa planilha excel e notei que, só a diferença do IPVA (o meu 1994 são R$280,00, um Civic 2006 seriam uns R$1200,00) já paga a manutenção anual do meu
    1994 !

    Sem contar que o meu é mais econômico que os Civics atuais, faço de 9 a 11 km/l em SP e chega a 15 km/l na entrada endando a 110km/h, e uns 12km/l andando bem chutado. E eu uso o carro todo santo dia, e ainda contumo pegar estrada fim de semana.

    Como o carro está bem mantido, bonito e anda muito bem, com tudo funcionando perfeitamente, e ainda por cima tem todos os equipamentos que os mais novos têm (câmbio automático, piloto automático, retrovisores elétricos, ar, direção e etc), continuo com ele. No dia em que o motor ou câmbio dele acabar, sei lá, vendo como sucata e aí pego outro Civic semi-novo, pra ficar mais uns 15 anos com ele...

    Além disso, o meu modelo é meio raro de se ver, nem foi fabricado no Brasil. E ainda é vermelho. É um carro quase personalizado. Pensei em pegar um New Civic, pois está muito bonito, mas em cada esquina se vê um (e tudo prata cinza, preto...)


    E a grana que eu economizo com trocas de carro, eu gasto em outras coisas ou poupo...

    Acho que é uma coisa para se refletir: Pegar um carro um pouco melhor e mais caro porém bem robusto como um Civic e Corolla, não descuidar da menutenção e ficar com ele um bom tempo. Na ponta do lápis sai mais barato do que ficar comprando Gol ou Palio zero a cada par de anos. Mesmo porque um Gol 1.6 bem equipado na verdade nem é muito barato.

    Agora, quando se QUER um carro novo, aí não há razão que resista. Mais vale um gosto que dinheiro no bolso. Mas pra mim, prefiro gastar em outros gostos. Carro no Brasil é absurdamente, estupidamente, desgraçadamente caro, por conta dos malditos impostos, margens de lucro insanas e etc etc etc.
    <<Ter consciência limpa é sintoma de má memória >>

  7. #22
    Membro
    Registro em
    1-4-03
    Localização
    ex-counterparts
    Mensagens
    4.264
    ——————————————
    Obrigado:
    437 concedido(s)
    718 recebidos por 372 msgs

    Temos de parar de botar a culpa nos impostos, essa é A MAIOR LOROTA DE TODAS.

    Nos empurraram esse mito urbando goela abaixo e tudo mundo aceita.

    Se lembram como os carros baixaram de preço e melhoraram de qualidade com o collor e as importações?????

    Aqui para reflexão - aliás, a partir de agora, sempre que se falar em impostos como culpa, anexarei esta mensagem e recomendarei uma lida em www.uol.com.br/bestcars e www.noticiasautomotivas.com.br e os tópicos e notícias que falam no ABSURDO preço de carros no Brasil....

    07/09/2007 - 19h00
    Mesmo sem taxas, carros no Brasil custam mais que na Europa e EUA
    Da Auto Press
    Tradicionalmente, os impostos levam a culpa pelo alto preço dos carros brasileiros. A indústria costuma usar a alta carga tributária como uma espécie de biombo. A voracidade do estado brasileiro, é fato, beira a indecência. Mas as taxas sobre os produtos não são os únicos vilões dessa história.
    Ao se comparar diretamente os automóveis brasileiros com seus similares na Europa e nos Estados Unidos, descontados os impostos, a constatação é só uma: carro no Brasil é muito, muito caro. E isso em números absolutos, dólar a dólar ou euro a euro, sem relativizar o poder aquisitivo médio, que é muito maior em países desenvolvidos.
    Um exemplo: um Volkswagen Polo Sportline 1.6, com ar, trio, ABS e airbag (equipamentos sempre encontrados na Europa), custa R$ 60.095. Sem ICMS, IPI e PIS/Cofins, cai para R$ 42.668, o que equivale a 15.800 euros. Um Polo similar na Europa, sem impostos, sai por 12.768 euros, 23% a menos.
    Sem a desculpa da carga tributária, sobram poucos argumentos para justificar porque um Fiat Punto ELX 1.4 com ABS e airbag, feito em Betim, custa 18,5% a mais que o similar europeu, que ainda por cima tem uma plataforma mais moderna. Aqui ele sai a R$ 48.399, ou R$ 34.064 sem os tributos, o que representa 12.616 euros. Na Alemanha, o Grande Punto 1.4 Active, com os mesmos recursos, sai por 10.645 euros.
    A única explicação que sobra é a velha teoria de formação de preço: o preço de um produto é o valor máximo que o mercado aceita pagar por ele.
    Burocracia e produtividade
    Estudos do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec) estimam que 10% do valor de um automóvel seja do famigerado "custo Brasil". Embora países como França e Alemanha tenham políticas sociais mais sofisticadas que a do Brasil, aqui se agregam os ônus da falta de infra-estrutura de transporte e até custos administrativos.
    Um exemplo: para cada R$ 1 bilhão faturado por uma empresa na Europa é necessário um funcionário para cuidar das questões tributárias. No Brasil, a proporção é de 20 funcionários para cada R$ 1 bilhão. "Essa burocracia também faz parte do custo", afirma Gilberto Braga, professor de Finanças do Ibmec.
    Por outro lado, um funcionário europeu recebe salário mensal médio de 3.000 euros, contra 500 euros médios de um operário brasileiro. Sem contar que, no chão da fábrica, a produtividade das plantas brasileiras é bem parecida com as obtidas em países desenvolvidos.
    Fábricas modernas, como a da General Motors em Gravataí, no Rio Grande do Sul, e a da Ford, em Camaçari, na Bahia, produzem cerca de 100 automóveis/ano por empregado, índice considerado altíssimo.
    Não há como negar que os impostos exercem um papel nefasto neste jogo. Por isso mesmo, as diferenças ficam ainda mais gritantes se a referência for os preços nos Estados Unidos, um dos países com menor oneração de taxas no mundo.
    Enquanto um Honda Civic EX no Brasil custa, sem impostos, R$ 45.027 (ou US$ 22.500), para os americanos ele custa US$ 15 mil. Ou seja: aqui é 50% mais caro. "O mercado dos EUA tem ganhos de escalas e custos mais baratos, e nosso mercado ainda é muito menor", diz Miguel José de Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças e Contabilidade.
    Lucros à vontade
    Aparentemente, há muitos motivos para esta gritante diferença de preços entre um país com renda per capita anual de US$ 5 mil, como o Brasil, e outros de US$ 30 mil para cima, como Alemanha, França, Itália, Espanha e Estados Unidos. E os lucros são certamente um deles.
    No ano passado, a Fiat do Brasil lucrou nada menos que R$ 804 milhões líquidos. No primeiro semestre deste ano, a divisão da General Motors para América Latina, Ásia e Oriente Médio auferiu US$ 414 milhões de lucro -- 67% das vendas deste braço são da América Latina. E a Ford alcançou US$ 255 milhões de lucro apenas no segundo trimestre deste ano no Mercosul. O tal do "custo Brasil", aparentemente, ainda deixa uma margem muito simpática para as empresas.
    E não se podem desprezar os "favores" que as montadoras costumam ganhar. Estados que querem abrigar novas fábricas acenam com as mais diversas regalias, que vão desde a doação de terrenos até isenção de ICMS e IPTU.
    Foram procuradas para falar sobre o assunto Renault, Volkswagen, Citroën, Fiat, Honda e General Motors. Nenhuma quis se pronunciar.
    (por que será, hein?)
    No site tem uma comparação de preços de vários carros
    http://noticias.uol.com.br/carros/ul...t634u2644.jhtm

  8. #23
    Entusiasta. Avatar do(a) Abcdista
    Registro em
    28-6-04
    Localização
    NATAL-RN
    Mensagens
    957
    ——————————————
    Obrigado:
    51 concedido(s)
    6 recebidos por 6 msgs

    Meu Sistema
    Sistema do(a) Abcdista
    Receiver/Pré/Pro/Amp:
    YAMAHA

    Citação Originalmente Enviado por abenardis Ver Mensagem
    Edvaldo, eu me surpreendi com a mesma coisa! Eu sempre achei que vender a vista fosse melhor, mas aparentemente vender financiado é muito mais vantajoso pra eles, pois não foi só uma concessionária que já mostrou preferência pelo financiamento!
    Será que o banco repassa alguma quantia pra eles?

    Um revendedor de carros usados me disse que no caso de financiamento e a vista, tanto faz, pois o banco passa o valor pra ele a vista de qualquer jeito!
    Quando as lojas vendem com financiamento, via de regra, elas rrecebem R$, sob a forma de "taxa de retorno". Assim, melhor ganhar comissão dos dois lados.
    _________________________

    Gustavo ABCdista

  9. #24
    Membro Avatar do(a) Skyzytuz
    Registro em
    6-6-05
    Localização
    Juiz de Fora
    Mensagens
    1.113
    ——————————————
    Obrigado:
    15 concedido(s)
    39 recebidos por 27 msgs

    Citação Originalmente Enviado por counterparts Ver Mensagem
    Temos de parar de botar a culpa nos impostos, essa é A MAIOR LOROTA DE TODAS.

    Nos empurraram esse mito urbando goela abaixo e tudo mundo aceita.

    Counter, vc tocou no ponto certo.

    Seu post é perfeito. Essa coisa de imposto, apesar de pesar muito, já virou clichê e bode expiatório pra tudo que é preço alto.

    Mas quando saímos do simplismo e tentamos fazer uma análise mais elaborada, a coisa se complica, e algumas peças não se encaixam!

    Inclusive, isso passa por umponto que nem gosto muito de tocar pois muitas pessoas se ofendem: Brasileiro não sabe consumir, não sabe valorizar seu dinheiro. Infelizmente, é a verdade. (Ou o que mais pode explicar que mesmo apesar dos preços absurdos ainda tem gente que faz questão de pagar ágio, como no caso do lançamento do New Civic em 2007?)

    Como bem colocado no seu post, o preço máximo de um produto é aquilo que querem pagar por ele.

    Aqui nessa terra acontecem quatro coisas: O governo cobra caríssimo (impostos), as empresas também operam com margem de lucro muito mais altos que no resto do planeta e os bancos também cobram muito mais que em qualquer outro lugar do planeta. E finalmente, o consumidor paga.

    Somando A + B + C +D, temos que os preços são absurdos. Um carro que nos EUA (Civic ou Corolla) sai para o consumidor final por US$17000 aqui sai por mais de US$35000. Se for financiado, pode sair por uns US$45000, ou seja, o triplo do que um americano paga.

    E impostos, como exemplificados no post do colega , são apenas uma parte da equação.

    Li uma entrevista de um ex-executivo da GM que confessou que o país que mais dava lucro líquido para a montadora era, adivinhe, o Brasil. Vender carro aqui dá muito mais lucro que nos EUA.

    E muitos países europeus também têm impostos altos, quase tão altos quanto os nossos, e ainda pagam salários muito mais altos para os operários. E mesmo assim o carro ainda sai muito mais barato que aqui.

    Agora, aqui vai um exemplo gritante dessa BALELA que é botar culpa nos impostos: A VW por exemplo lançou (importou) um SUV (esqueci o nome) no final do ano passado por cerca de R$130000. Como não vendeu, hoje o mesmo carro é vendido por R$98000. Agora me digam: O que eram esses R$32000 que estavam ali? O imposto sobre importados não mudou!

    Ou seja, a VW simplesmente estava operando com um lucro de mais de 30% (na verdade mais, pois não sabemos quanto ela ainda lucra vendendo o carro por R$98000). Mas se perguntassem no ano passado a um executivo da VW porque o carro foi lançado naquele preço, ele ia dizer "Ah, os impostos sobre importados encarecem muito o produto!".

    Sim, mas nem tanto assim, ou seja: Mentira. Executivos de montadoras são treinados para mentir,.

    Alguém se lembra no início dos anos 90 quando o Collor disse que ia abrir o mercado? Teve um executivo (de uma das montadoreas, obviamente!) que disse que isso era "inviável, pois o mercado brasileiro não compotaria mais do que 4 ou 5 montadoras".

    Mas, curiosamente, as primeiras montadoras que vieram pra cá (Honda, Toyota, Renault, Peugeot, tinham opinião bem diferente!!!). E agora temos a invasão de coreanos e daqui a pouco os chineses. Aqui é o eldorado para as montadoras!

    Outro exemplo: O Ford Fusion importado do México tem isenção de boa parte do imposto de importação. E ainda assim sai por absurdos US$45000,00, enquanto no méxico e EUA é vendido por US$19000. Explicações?

    Claro, ainda tem o financiamento: Muitas montadoras têm seus próprios bancos, elas lucram duas vezes: Vendendo o carro por margem alta e vendendo dinheiro pelo juro mais caro do planeta. Melhor negócio não existe!

    Mas enfim: Os preços são altos aqui principalmente por um motivo: O consumidor paga! Porque os juros do cheque especial, cartão de crédito e empréstimo chegam na absurda taxa de três dígitos ao ano se a inflação é por volta de a 5% ano ano? São no mínimo 10 OU 20 VEZES MAIS QUE A INFLAÇÃO. Resposta: Dinheiro é uma mercadoria com ooutra qualquer, e o consumidor quer consumir e paga.

    Aqui não há a cultura de poupar e comprar o bem daqui a 1 ano ou 2, mas sim comprar agora pagando prestação.

    Simples, o brasileiro quer consumir, e não se preocupa com juros, mas sim se a prestação vai caber no seu orçamento. Ele não está nem aí se vai pagar 2 ou 3x o preço do produto. É por isso que compramos uma porcaria de um VW GOL pagando no fim das contas mais do que um americano paga num Fusion. (Um GOL "completo" custa R$42000, o americano paga num Fusion, esse sim completo SEM aspas (cãmbio automatico, retorvisor elétrico e etc) US$19000, ou menos de R$40000. É pra rir ou chorar?)

    E é por isso que Casas Bahia e Magazine Luíza são na verdade, agiotas disfarçados. Eles não vendem eletrodomésticos ou móveis, vendem dinheiro.

    E enquanto nossa cultura não mudar, vai continuar assim...

    E é por isso que eu não compro carro zero...
    <<Ter consciência limpa é sintoma de má memória >>

  10. #25
    Alexandre Avatar do(a) Xann
    Registro em
    23-1-10
    Localização
    Bahia
    Mensagens
    2.630
    ——————————————
    Obrigado:
    8 concedido(s)
    3 recebidos por 3 msgs

    Realmente não tinha conhecimento desse esquema de tabela de retorno! É um absurdo!
    Vou conversar com alguns professores sobre isso (curso Direito), e ver o que se pode fazer, afinal uns 3 parentes acabaram de comprar carro financiado, portanto vou verificar esse caso!

    Já falei com meus pais, que espero até ano que vem pra trocar de carro, mas pagamos a vista! Não vou "comprar" dinheiro que disponho ¬¬

  11. #26
    Membro Avatar do(a) Skyzytuz
    Registro em
    6-6-05
    Localização
    Juiz de Fora
    Mensagens
    1.113
    ——————————————
    Obrigado:
    15 concedido(s)
    39 recebidos por 27 msgs

    Citação Originalmente Enviado por abenardis Ver Mensagem
    Realmente não tinha conhecimento desse esquema de tabela de retorno! É um absurdo!
    Vou conversar com alguns professores sobre isso (curso Direito), e ver o que se pode fazer, afinal uns 3 parentes acabaram de comprar carro financiado, portanto vou verificar esse caso!
    O que vc pode fazer se resume a duas coisas: Comprar ou Não Comprar. Pois não tem nada ilegal aí.

    Ou então, comprar à vista, como você mesmo disse. Fique com a grana na mão e espere um mês de vendas baixas. Os vendedores estarão querendo fechar suas metas, daí ficam mais propensos a pechinchar. E fique de olho em ofertas.
    <<Ter consciência limpa é sintoma de má memória >>

  12. #27
    Alexandre Avatar do(a) Xann
    Registro em
    23-1-10
    Localização
    Bahia
    Mensagens
    2.630
    ——————————————
    Obrigado:
    8 concedido(s)
    3 recebidos por 3 msgs

    Citação Originalmente Enviado por Skyzytuz Ver Mensagem
    O que vc pode fazer se resume a duas coisas: Comprar ou Não Comprar. Pois não tem nada ilegal aí.

    Ou então, comprar à vista, como você mesmo disse. Fique com a grana na mão e espere um mês de vendas baixas. Os vendedores estarão querendo fechar suas metas, daí ficam mais propensos a pechinchar. E fique de olho em ofertas.
    Não atinge os Direitos do Consumidor, será? No Fórum Jurídico que o amigo passou, a conclusão é que o valor podia ser reembolsado, mas não sei...

    Acho que o jeito é comprar sempre a vista mesmo! Ou se sair alguma oferta como você disse. Mas lembro-me que li certa vez um amigo falando sobre desconto aqui, e vou seguir o conselho dele: só compro o carro com um certo percentual de desconto que ache justo! Nem que tenha que falar com todas as concessionárias do Nordeste e Sudeste uhsauhashuashua :P

  13. #28
    Membro
    Registro em
    1-4-03
    Localização
    ex-counterparts
    Mensagens
    4.264
    ——————————————
    Obrigado:
    437 concedido(s)
    718 recebidos por 372 msgs

    Sky, virei teu fã!!!! Teu comentário acerca de que o brasileiro não valoriza seu bolso e seu dinheiro é muito, muito, muito verdadeira!

    O carro é o Tiguan, e outros exemplos há de "descontos" ou "reposicionamento" dos carros e seus preços em breve tempo.

    Dois dos melhores exemplos recentes são o Mini Cooper - carro que AMO e do 500, carros que foram "posicionados" em um valor altíssimo por conta de, confessadamente, o status de carros especiais, caros e exclusivos.

    Carro como símbolo de status é uma das maiores mazelas do país.

    Bom, fico por aqui... Tô cansado e acho que este papo é digno de uma cerveja e um bar.

  14. #29
    Membro Avatar do(a) afelipe
    Registro em
    29-3-10
    Localização
    Brasília/DF/Brasil
    Mensagens
    440
    ——————————————
    Obrigado:
    7 concedido(s)
    1 recebido por 1 msg

    Sobre qual o melhor mês para comprar carro, sugiro o dia 31 de Dezembro. Maiores informações no post http://www.htforum.com/vb/showthread...85#post2524985

    Abraços!
    André

  15. #30
    Membro Avatar do(a) Aulef
    Registro em
    11-10-09
    Localização
    Brasília/DF/Brasil
    Mensagens
    1.697
    ——————————————
    Obrigado:
    7 concedido(s)
    33 recebidos por 20 msgs

    Meu Sistema
    Sistema do(a) Aulef
    Fonte(s):
    PS3 / Wii / SONY VAIO / Net HD
    Receiver/Pré/Pro/Amp:
    pesquisando
    Caixas Acústicas:
    pesquisando
    TV/Monitor/Projetor:
    Panasonic TC-P58V11B / Sony Bravia KLV-26M400A

    Citação Originalmente Enviado por sergioserra Ver Mensagem
    No fim do mes e com dinheiro na mão. Voce começa a colocar as verdinhas em cima da mesa e os caras ficam loucos.

    no fim do mês, no meu caso, é quando a grana já se foi.

 
 
 
Página 2 de 3 PrimeiraPrimeira 123 ÚltimaÚltima

Tags para este Tópico

Regras de Postagem

  • Você não pode criar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode anexar arquivos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  
  • Tags estão Ligado(s)
  • Smilies estão Ligado(s)
  • Tag [IMG] está Ligado(s)
  • Tag [VIDEO] está Ligado(s)
  • Código HTML está Desligado