Anúncio do HT Forum

Ajuda para ativar Super A Gradiente 166

Discussão em 'Vintage' iniciada por Boht, 31 Mai 2012.

  1. JPEDREIRA

    JPEDREIRA Usuário


    Desde 8 Mai 2014
    Brasilia/DF/Brasil
    Prezados amigos foreiros,
    Adquiri recentemente um 166 e pretendo associar os equipamentos que tenho nele, atualmente meu singelo sistema é:
    Uma TD Gradiente DD-100Q, um tuner Gradiente 7L, Tape Gradiente CD-3700, Equalizador Gradiente ES-10, um Amplificador Gradiente 166, um CD Player da Phillips e um Pré Mixer MX-1 da Micrologic.
    Obviamente Caixas, no caso um par de Cygnus Heavy 230, feita upgrad sob orientação do Mestre Rui Fernando e um par das Gradiente Concert IV.
    Pretendo conectar os aparelhos, nessa ordem:
    TOCA DISCOS na entrada Phono-1 do PréMixer;
    TUNER na entrada Tuner do PréMixer;
    CD PLAYER na entrada AUX do PréMixer;
    TAPE na entrada Tape 1 IN (PréMixer) e Tape 1 OUT (PréMixer) na entrada do IN do TAPE ;
    Conectar a saída OUTPUT do PréMixer à entrada IN do EQUALIZADOR;
    A saída OUT do EQUALIZADOR na entrada AUXILIAR do 166.
    Estou correto ou prestes a fazer uma besteira?

    Abraços,
    João Pedreira
     
  2. Led Zeppelin

    Led Zeppelin Usuário


    Desde 11 Set 2014
    Osasco - SP
    Rubem...
    Li todo esse tópico e sua publicação... show...

    Adquiri recentemente um 166, tirei a tampa e reli todo o tópico e sua publicação, a PCI246 não tem nenhuma revisão descrita e todos os componentes descrito em sua publicação que foram retirados pela gradiente estão la, suspeito que esse 166 que adquiri tem o super A ativado de fabrica, estou correto ?? se quiser envio fotos...

    Abs
     
  3. Led Zeppelin

    Led Zeppelin Usuário


    Desde 11 Set 2014
    Osasco - SP
    Aguem sabe responder ??

    abs
     
  4. gabeline

    gabeline Usuário


    Desde 17 Mai 2015
    apucarana-parana
    boa tarde a todos. talvez alguem possa me ajudar. tenho um gradiente 166 e ontem estava ouvindo musica no fone em volume bem alto qdo de repente queimou o resistor r-419 da placa pci 246. alguem pode me dizer q que se refere esse resistor r419? nao sou tecnico
     
  5. ltvila

    ltvila Usuário

    2 0 1

    Desde 16 Nov 2015
    Caraguatatuba
    Os resistores R319 e R419, devem ser de 220 ohms, e são responsáveis pela polarização dos transistores de saída. Provavelmente os transistores de saída e seus excitadores precisarão ser trocados.
     
  6. corehbola

    corehbola Usuário


    Desde 11 Mai 2010
    Sao Paulo/SP/Brasil
    Olá senhores,
    Apeasar de ser um tópico antigo, espero que alguns dos que aqui participaram possam ainda estar ativos e me responder algumas perguntas.
    Tenho um Model 246 desde novo, comprado em 1983. Ainda tenho o manual e as notas fiscais da saudosa "AUDIO"!
    O meu 246 veio com o Super-A desbilitado de fábrica, o que sempre foi uma frustração para mim pois quando o comprei, o fiz justamente por ele ser Super-A e somente anos mais tarde percebio que ele nunca havia sido.
    Por volta de 2004, tive a idéia de implementar o Super-A, mas tive várias outras prioridades no meio do caminho e só estou voltando ao projeto hoje.

    Já naquela época, tive várias dúvidas devido à má qualidade e às diversas versões dos esquemas e devido a nunca ter visto um 246 (ou mesmo um 166 ou 366) que tivessem o Super-A implementado.
    Então, aí vão minhas perguntas:

    1. Para o caso de querer voltar à configuração original pois já não me recordo o que estava lá:
    1.1. quais são os valores corretos dos resistores R317, R320 e do NTC, no circuito de compensação de temperatura da polarização?

    2. Para o caso de re-implementar o Super-A...:
    2.1. Quais são os valores destes mesmos resistores R316, R317, R320, R310 e do NTC (já que não há um esquema na NET que esteja realmente legível)?

    2.2. Os transistores T305 e T308, devem ser montados mesmo pelo lado dos componentes conforme previso na PCI, e portanto também em contato com o dissipador, ou devem ser montados pelo lado de baixo, e portanto, distantes do dissipador?
    Como o circuito compensador de temperatura sofreu alterações desde a versão original (que só vi em esquema, e que não teria então o R320, o NTC e nem o R310), Sempre tive dúvida se, quando eles alteraram os resistores / e incluiram o NTC, se eles mantiveram os 3 transístores em contato com o dissipador ou se deixaram a compensação apenas por conta do transístor central e poderiam ter "deslocado" os outros dois transistores para baixo da placa.
    Esta dúvida vem do fato que, na minha primeira tentativa de fazer o Super-A funcionar, a compensação de temperatura sempre foi "exagerada".., de tal forma que não importava como eu ajustasse o trimpot, após o aquecimento inicial, a corrente de polarização caia, ao invés de aumentar.
    Como os esquemas eram ilegíveis e davam margem à dúvida de alguns valores, cheguei até a tentar com valores diferentes, mas nunca cheguei a um resultado que a corrente de polarização se comportasse como devia.

    2.3. Que diodos podem ser usados no lugar dos BAX13 (D301 a D304)?
    Sei que sob o ponto de vista de tensão reversa, corrente de trabalho e velocidade, qualquer 1N4148 seria adequado... entretanto, como a finalidade destes diodos é produzir uma queda de tensão que, somada à tensão da base dos transístores T307 e T311, se iguale (ou se aproxime) das tensões Vbe dos 6 transístores do estágio de saída, para saber ao certo se os 1N4148 seriam adequados, seria preciso comparar as curvas de Vf x I com a dos BAX13, mas nunca pude encontrar datasheets destes ultimos (BAX13) que tivessem os gráficos de Vf x I.
    A alternativa seria encontrar os próprios (BAX13), mas com tanta falsificação que há... Já sabem né.

    2.4. Por último... Entre tantas tentativas, claro que acabei queimando os transistores de saída e, sabendo que já não iria encontrar os originais, os substitui por transistores modernos da Toshiba (genuinos, comprados na Farnell) 2SC3281 e 2SA1302...
    Algum de vocês pode confirmar se o circuito Super-A pode funcionar corretamente com estes transistores?
    Sei que para funcionamento em classe AB (sem o Super-A), seguramente é possível faze-lo funcionar... mas como o Super-A é tão critico, e deixou de ser usado muito antes destes transístores novos existirem, não tenho certeza se ainda é possível seguir tentando fazer o Super-A funcionar.

    Gratos por qualquer ajuda,

    Fabio Trevisan
     
  7. Shiosaki

    Shiosaki Usuário

    87 17 11

    Desde 24 Ago 2015
    Recife-PE
  8. corehbola

    corehbola Usuário


    Desde 11 Mai 2010
    Sao Paulo/SP/Brasil
    Obrigado Shiosaki,
    Na verdade encontrei aquela discussão um pouco depois de postar esta dúvida neste aqui.
    Lá neste post, consegui encontrar pela primeira vez alguns esquemas que estão legíveis (em relação aos que eu já tinha, até mesmo que eu comprei na esbrel enquanto o meu 246 ainda era original).
    Tirei grande parte das dúvidas que tinha, em relação à valores de componentes.
    Não sabia qual era o valor do R310 / R420 (de 22Ohms em série com o multiplicador de Vbe), já que o meu 246, sem Super-A, tinha um jumper no lugar deste resistor.
    Não sabia também qual era o valor do resistor em série com o NTC, o R320, que agora sei que deve ser de 220 Ohms, mas à época, todos os esquemas eram ilegíveis e o original do meu 246 sem Super-A, era de 820 Ohms.
    E ainda, não sabia o valor, por ser ilegível, do próprio NTC, que eu acahva que era de 1k5, já que nunca imaginei que fosse ser de um valor estranho como 1k5.
    Por fim, tinha dúvidas de quanto deveriam ser os resistores R316/R317.
    Agora, já tenho uma idéia mais clara... mas ainda assim vejo divergências.

    Nesta questão, queria saber qual a sua opnião, pois vejo que no seu esquema é diferente de todos estes últimos que eu já vi...
    O seu R316 é de 2k2, quando em todos que eu já vi, ele é de 1K8.
    Eu entenderia, se o seu R317 fosse também um pouco maior... mas com 1K5, ele bate com o valor que cheguei a ver fotos de uma placa de um M366, também postado aqui no HT forum em uma outra discussão, e nesse outro M366, o R316 é de 1K8 (e não de 2k2).

    Estes valores de 2k2 para o R316 e 1K5 para o R317, você tirou de onde?
    São valores que você encontrou efetivamente em algum 246 / 366 com super-A? ou você chegou nestes valores através de experimentação (talvez procurando uma combinação em que a polarização ficasse estável)?

    Grato por qualquer explicação.
    Neste momento, estou trabalhando em um modelo do Spice, para o 246/366, com o intuito de estudar algumas deficiencias deste circuito em relação ao original da JVC que é um pouco mais sofisticado e usa transístores (dual, casados) em configuração de espelho de corrente, para fazer às vezes da funcão dos T307 e T311.
    O JVC também não usa diodos para fazer a funcão dos D301 a D304, mas usa transístores conectados coletor com a base, com o objetivo de ter uma maior uniformidade e simetria de funcionamento, para os dois semiciclos...

    Enfim, o modelo do Pspice vai me ajudar a fazer um 366 sem os defeitos que a Gradiente nunca conseguiu corrigir, de instabilidade de polarização e de simetria de funcionamento... mas valores de resistores que a gente encontra na simulação dificilmente batem com a vida real... Daí a minha curiosidade com relação a quais valores foram REALMENTE USADOS na linha de produção, para eu ter um ponto de partida sólido.

    Quando chegar à conclusão final, lhe aviso e irei postar aqui e na outra discussão (mas ainda leva tempo).

    Abraços,
    Fabio
     
  9. Shiosaki

    Shiosaki Usuário

    87 17 11

    Desde 24 Ago 2015
    Recife-PE
    Bom dia Fábio,

    Entrei na saga de consertar e corrigir o meu M246, em 2013. Assim como você, tive bastante dificuldades com os esquemas do M246/366. A dificuldade de ler os valores dos componentes, somada as varias versões da placa PCI 230 encontrada, me motivou a refazer o diagrama do M246. O esquema foi refeito baseado num esquema que o Rubem postou na discursão abaixo. https://www.htforum.com/forum/threads/amplficador-gradiente-m246-post-movido.166093/
    (Veja as dicas do Rubem, como concertar o model 366, vale apena.)
    Realmente, percebi as diferenças nos valores dos R316 e R317, quando comecei a refazer o esquema. Fiquei de conferir com os valores encontrado nas placas velhas (versões D, F e G), e acabei esquecendo. Quando você me perguntou sobre os valores desses resistores, lembrei desse detalhe. Realmente em todas as versões das placas velhas, o valor para R316 e R317 foram respectivamente 1K8 e 1K5. Montei 2 placas versão G, em fibra de vidro, fornecida por um tal GRADIENTE 2X, do mercado livre, utilizando os valores 2k2, 1k5, e funcionaram perfeitamente. Assim que tiver uma oportunidade vou trocar o valores de R316/416, e R317/417, pelos valores do esquema do Rubem (1K8, 1K2 respectivamente), e ver como se comporta a polarização.

    Fábio, tenho 2 M-246, um que mantenho todo original, e outro que comprei como sucata, que serve como cobaia para as minhas experiências, um hobby, que anda meio parado pela falta de tempo, um fato que você entende muito bem.

    Abraços,
    Shiosaki
     
  10. eapassos

    eapassos Usuário

    3 0 2

    Desde 25 Jun 2018
    SC
    Olá Amigo
    Estou com dificuldades em encontrar os emissores de T-413 e T-414 e os emissores do outro canal.
    Consegui uma cópia dos manuais do 166 e esquemáticos, porém a dificuldade permanece em localizar os emissores para o correto ajuste do aparelho. Se puder me ajudar indicando o número das peças no esquema eu agradeço

    Desde já obrigado
     
  11. Rubem Melo

    Rubem Melo Usuário


    Desde 7 Jul 2010
    Recife-PE, Brazil
    O procedimento é o mesmo do outro canal.

    O esquema também é o mesmo. A numeração 3xx e 4xx é a mesma coisa...
     
  12. Shiosaki

    Shiosaki Usuário

    87 17 11

    Desde 24 Ago 2015
    Recife-PE
    Bom dia eapassos.
    A sua pergunta parece de um a pessoa que tem pouca experiência pratica com eletrônica. Sente dificuldade em localizar a pinagem dos transistores em questão, por eles estarem coberto pelo dissipador de calor, o que dificulta a visualização de sua identificação na face de componente da placa. Se esse e o seu problema, olhe para o transistor de frente ( considero a parte frontal, a que tem a sua identificação, e a posterior, a parte metálica que fica em contato com o dissipador), com os terminais para baixo, da esquerda para direita temos: Base, Coletor e Emissor.
    Dicas: A identificação dos transistores pode ser encontrada em data sheets na internet. Na falta deles, pelo esquema, veja os componentes que estão ligados nos terminais dos mesmos. No seu caso em questão, o emissor do T413 está ligado ao resistor R421, e o emissor do T414 ligado ao resistor R422. Observe que há outros componentes ligado nos respectivos emissores, mas esses dois resistores são facilmente identificados. São relativamente grandes, pois são de potencia (5 watts). Repita essa operação para o outro canal, trocando o numero mais significativo dos componente 4 por 3. Espero ter ajudado.

    Shiosaki
     
    • 1
  13. JPEDREIRA

    JPEDREIRA Usuário


    Desde 8 Mai 2014
    Brasilia/DF/Brasil
    Rubem, poderia fazer uma visita ao tópico abaixo e deixar uma opinião? Ela será de imensa valia, considerando o vasto conhecimento que possui desses amplificadores Gradiente com super A.
    https://www.htforum.com/forum/threa...ausa-de-problemas-em-outros-aparelhos.308905/
    O meu é um 366, e além de chiados quando a ele é conectado outros aparelhos, provocou defeitos nesses equipamentos, penso eu.
    Abraços,
    João Pedreira
     
  14. josecarlos366

    josecarlos366 Usuário


    Desde 24 Mar 2008
    Santos/Sp/Brasil
    Model 166, placa nova em fibra de vidro..... o sonho que virou realidade rsrs....

    Inclusive na versão red.....

    7.jpg
    6.jpg
    5.jpg
    7.jpg
    WP_20170708_20_08_40_Pro.jpg
    embalada 3.jpg
     
    • 2
    • 1
  15. eapassos

    eapassos Usuário

    3 0 2

    Desde 25 Jun 2018
    SC
    Obrigado Amigo!
    Agora sim ficou mais fácil, com sua ajuda e as fotos que o colega Josecarlos366 postou.
    Sim, tenho pouco experiência em eletrônica. Aos poucos as coisas melhoram.
    Vou fazer o procedimento e postar os resultados.
     
  16. Ribeiro Jr.

    Ribeiro Jr. Usuário


    Desde 13 Nov 2008
    FORTALEZA/CEARÁ/BRASIL
    Parabéns José Carlos!
    Sua placa ficou muito boa. Inclusive, tenho o modelo IA-II da Gradiente e gostaria de saber se dá pra transforma-lo em um "Super A".
     
  17. eapassos

    eapassos Usuário

    3 0 2

    Desde 25 Jun 2018
    SC
    Olá
    Ontem fui trabalhar no 166, depois de algums anos guardado. Abri novamente a tampa, limpei um pouco a poeira e em seguida liguei o aparelho. Notei que os leds do lado direito estavam todos acesos e em seguida um cheiro de queimado com uma fumaça leve vida de um resistor(r419). Procurei o valor dele no manual técnico (220ohm).
    Troquei o mesmo hj pela manhã, queimou ma mesma hora.
    Outro colega deste tópico também teve esse problema. Terei de trocar os transistores?
    Está complicado de achar um similar de original?
    Qual transistor é compatível?
    Aguardo
     
  18. Shiosaki

    Shiosaki Usuário

    87 17 11

    Desde 24 Ago 2015
    Recife-PE
    Boa tarde eapassos, esse amplificador não é um bom para aprender. Primeiro poque temos dua versões, uma com o super A ativado e outra com o super A desativado ( modificaçoes implementada na placa original ). Segundo porque com o circuito super A ativados temos que ter mais cuidado/atenção. Se estiver querendo aprender com ele sugiro procurar ler as dicas que o Rubem Melo disponibilizou. De qualque forma os transistores de potencia substituto mais adequado, aparecem nas fotos que o Josecarlos366 disponibilizou nas fotos acima. Tem que saber/procurar o que provocou a queima do resistor. É provavel que os trasistores de potencia do canal problematico tenha se danificado. Tem que saber testar os transistores para saber qual deles esta ruim, e se houve algo que tenha provocado a queima.
     
    • 1
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso