Alienígenas já estão entre nós?

Discussão em 'Zona Livre' iniciada por 35891, 28 Out 2011.

  1. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    É horrivel ver essa sujeira cinza escura impregnada na caixa longa vida do leite Nestlé, além de ser dos mais caros.
    O leite Paulista ta normal.
    Isso por que estou reaproveitando, abrindo as embalagens para isolamento térmico

     
  2. Jonas Negreiros

    Jonas Negreiros Usuário

    7.880 2.868 816

    Desde 2 Nov 2008
    jundiaí/sp/brasil
    Notícias Editadas pelo Mmline - II

    Só para lembrar...


    Mineiragens...




    ...e Mirages :aplauso:!
     
    Última edição: 12 Mai 2019
    • 1
  3. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    ta trazendo coisas do outro fórum...

     
  4. Jonas Negreiros

    Jonas Negreiros Usuário

    7.880 2.868 816

    Desde 2 Nov 2008
    jundiaí/sp/brasil
    As notícias estão em toda a rede.
    As dicas são do Mmline :D !
     
    • 1
  5. 35891

    35891 Usuário


    Desde 20 Jan 2008
  6. Jonas Negreiros

    Jonas Negreiros Usuário

    7.880 2.868 816

    Desde 2 Nov 2008
    jundiaí/sp/brasil
    Pentágono libera vídeo autêntico de OVNI

    Dinheiro caindo do Céu


    [​IMG]

    "Me mostre a grana que eu faço chover :D"​
     
  7. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    A Montanha do Diabo nos EUA, onde ficou conhecida em "Contatos Imediatos de 3°Grau"
    Alguma curiosidade, a acrescentar sobre essa montanha ?


    [​IMG]
     
    • 1
  8. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    A Montanha do Diabo nos EUA, cientistas oficiais "comprados" diz que é uma montanha de origem vulcanica e nada de mais ! e teimam por isso !
    Mas diz-se que segundo outros cientistas pesquisadores ñ ligados ao governo, é um tronco gigantesco de arvore de silicio petrificado que predominava em épocas pré-diluvianas, e comprovado pela existencia de raizes, e hexagonos na sua estrutura, assim como muitas outras montanhas com superficie plana.
    Segundo os pesquisadores, em épocas antes do diluvio, o elemento quimico silicio predominava como componente organico principal ao invés do carbono, em animais e vegetais, o que garantia, maior longevidade dos mesmos, tipos as frutas se desprendiam mas ñ estragavam.
    Alem do mais...tudo era gigantesco em tempos remotos, inclusive humanos ou titans que foram petrificafos e deram formatos peculiares de montanhas em determinados locais, tipo o Rio de janeiro....
    o silicio é o mesmo que utilizado em chip de computadores, e essas arvores gigantes sobrou só o tronco, porque foram cortados pelos gigantes, pela grande concentração do elemento quimico

    prossegue....
     
    Última edição: 16 Mai 2019
  9. Cotuba

    Cotuba Usuário

    4.733 4.104 891

    Desde 8 Mar 2008
    São Paulo
    Se esses gigantes existiram e foram petrificados, como esse exemplo do do Rio de Janeiro, um exame nessas rochas não mostraria traços de DNA humanos?
     
  10. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    por coincidencia, assisti um filme de roberto carlos, antigo, cujo tema principal é um tesouro localizado na "cabeça do gigante" no RJ, na lateral da cabeça existe uma inscrição em fenicio.
    ja viu o gigante de pedra da propaganda johnny walker ?






     
  11. Cotuba

    Cotuba Usuário

    4.733 4.104 891

    Desde 8 Mar 2008
    São Paulo
    Sim, assisti esse filme no cinema, em seu lançamento, e também vi o comercial.
    Mas minha dúvida continua, não deveriam existir traços de DNA humano?
     
  12. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    ñ vi detalhes a esse respeito, diz que esses gigantes foram petrificados, que deram origem a esse formatos montanhos cujos corpos eram a base de silicio, tem que pesquisar se na petrificação é possivel verificar existencia de DNA.

    mas essa historia é bem interessante não acha ?
    ja viu o conto do "joãozinho e o pé de feijão" ?

     
  13. o_olho

    o_olho Usuário


    Desde 5 Abr 2007
    Brasília - DF
    Fingindo que não li os últimos posts...
     
    • 1
  14. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    O DNA não tem silicio na sua composição, e sim o carbono.
    Curiosidade o Carbono é 666 e o silicio ė 144
     
  15. dedraks

    dedraks Usuário


    Desde 27 Ago 2007
    Belo Horizonte/MG
    Depois do dilúvio todos os seres foram convertidos de silício pra carbono?
     
  16. sandmantj

    sandmantj Usuário


    Desde 18 Dez 2006
    Rio de Janeiro/RJ/Brasil
  17. justt

    justt Usuário

    3.056 2.504 802

    Desde 25 Dez 2007
    SP
    veja o video que pode explicar melhor....

     
  18. Ramatis

    Ramatis Usuário


    Desde 25 Jun 2011
    SP
    Gosto muito da analogia da Universidade.

    Deus, ou qualquer outra denominação, ou a Força Criadora é o Reitor, Diretor e Ceo dessa grande Universidade.

    Os planetas e sistemas são as salas de aulas, todos alunos precisam passar por todas as matérias para nos graduarmos e irmos evoluindo ou nos graduando para "cargos maiores".

    E com esta escalada evolutiva dentro dessa "Universidade", já começamos a pegar cargos de responsabilidade dentro desse Grande Mecanismo, cuidando de algumas turmas, cuidando de algumas salas de aulas, já somos realocados, mudando de departamentos de acordo com nossa capacidade, e assim vamos aumentando o grau de atuação e responsabilidade em paralelo ao nível evolutivo

    É o tal da meritocracia dentro do Cosmo.

    A cada um segundo sua semeadura.

    A Vida é muito lógica, o problema é que somos peixinhos tentando definir o Oceano em que vivemos.

    Nossa perspectiva para enxergar o contexto geral é muito pobre, e por isto temos por aí tantas interpretações dúbias e sem sentido sobre o que somos, de onde viemos e pra onde vamos, mas vamos nos adequando com os conhecimentos vindouros que estão se descortinando.

    E indo por esta linha de raciocínio, muita coisa pode ser explicada, apenas tendo a mente aberta para a ideia que nossa ciência ainda tem muito a entender da Vida, e que não é pq ela não entende N coisas, que estas N coisas deixam de existir, assim como a vida após a morte do corpo físico, vidas em outras dimensões ou outros planetas e etc.
     
    • 1
  19. Jonas Negreiros

    Jonas Negreiros Usuário

    7.880 2.868 816

    Desde 2 Nov 2008
    jundiaí/sp/brasil
    Os extraterrestres podem estar a comunicar através de ondas gravitacionais

    [​IMG]


    Uma equipa de cientistas defende que os extraterrestres podem ser dotados de uma tecnologia avançada capaz de gerar ondas gravitacionais. Através destas ferramentas, sustentam os cientistas, poderá ser possível encontrar uma civilização avançada no interior da Via Láctea.

    O Universo é demasiado vasto e pouco explorado para que a comunidade científica possa descartar totalmente a existência de outras formas de vida para lá do Sistema Solar. Além disso, vários cientistas defendem a existência de outras formas de vida, alicerçados no número cada vez maior de exoplanetas descobertos.

    Estas formas de vida – que podem habitar Marte, a exótica Titã (Lua de Saturno) ou até o tórrido Vénus – não foram ainda encontradas. A procura têm sido em vão, mas os cientistas não desistem e vão procurando novas teorias para o silêncio destes seres.

    Um dos principais problemas apontados pelos cientistas para justificar este silêncio é a falta de conhecimento e ou tecnologia humana para reconhecer e rastrear os sinais dos seres alienígenas, muitas vezes chamadas de bioassinaturas.


    Num novo esforço para encontrar vida extraterrestre, uma equipa de cientistas, liderada por Marek Abramowicz, da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, sugere que estes seres podem ser dotados de uma tecnologia capaz de gerar ondas gravitacionais.

    Estas ondas, previstas pela primeira vez por Albert Einstein, são ondulações fracas que se propagam no tecido espaço-tempo, podendo ser formadas por fenómenos violentos como colisões de estrelas ou buracos negros. No fundo, e tal como observa o diário ABC, estas ondulações são como as ondas geradas por uma pedra que cai num lago.

    Apesar de estas ondas terem sido já teorizadas durante o século XX, a sua observação direta na Terra ocorreu só em 2015. Atualmente, estes fenómenos continuam a ser estudados, sendo encarados como uma janela científica para o Universo.

    Baseado neste fenómeno, Abramowicz e a sua equipa defendem que uma pequena mudança operacional na antena da missão LISA – detetor espacial de ondas gravitacionais projetado pela Agência Espacial Europeia (ESA) programado para ser lançado em 2034 – seria suficiente para permitir que esta missão procure também eventuais sinais de civilizações extraterrestres avançadas.

    Segundo escreveram os cientistas, esta pequena mudança neste mega-detetor poderá também permitir a descoberta de uma civilização avançada dentro da Via Láctea.

    “A nossa existência no Universo é o resultado de uma rara combinação de circunstâncias. E o mesmo deve ser certo para qualquer civilização extraterrestre avançada”, pode ler-se no estudo, cujos resultados foram disponibilizados para pré-visualização no Arxiv.org.

    “Se houver alguns [seres alienígenas] na Via Láctea, é provável que estejam espalhados por grandes distâncias no espaço e no tempo. No entanto, [os extraterrestres] sabem certamente da propriedade única do nosso centro galáctico: aloja um buraco negro massivo mais perto e acessível para nós”.

    No entender da equipa de cientistas, “uma civilização suficientemente avançada pode ter colocado uma tecnologia na órbita deste buraco negro, visando estudá-lo, extrair energia ou até para fins de comunicação. Em qualquer das opções, o seu movimento orbital será necessariamente uma fonte de ondas gravitacionais”, escreveram.

    Simplificando: os especialistas acreditam que o centro da Via Láctea seria um local ideal para colocar um “farol” que transmite mensagens para o resto da galáxia. Um dispositivo deste género, sustentou Abramowicz, enviaria as mensagens destes seres através das ondas gravitacionais porque “uma vez emitidas, estas ondas viajam pelo espaço sem serem praticamente perturbadas”.

    Este farol, que os cientistas batizaram de “O Mensageiro”, deveria ter o tamanho e a massa de Júpiter para conter energia suficiente para efetuar as comunicações. Nestas condições, argumentam os cientistas, a ferramenta “poderia sustentar-se por alguns mil milhões de anos e emitir de forma contínua um sinal inconfundível de ondas gravitacionais que seria observável com detetores do tipo LISA”, remataram.

    https://zap.aeiou.pt/extraterrestres-podem-usar-ondas-gravitacionais-comunicar-257240
     
  20. 35891

    35891 Usuário


    Desde 20 Jan 2008
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso