Anúncio do HT Forum
Fechar Aviso
Visitante, temos um novo anunciante, a AutoZ! Por favor ajude a suportar o fórum clicando nos banners e prestigiando os anunciantes! Obrigado.

All new Jeep "Compass" 2017

Discussão em 'Mercado, Marcas e Modelos' iniciada por newGTI, 17 Set 2016.

  1. lucius

    lucius POWERED BY MARIA CLARA


    Desde 6 Nov 2002
    BH
    Sim, ela sinalizava que iria abrir o bico, notava algumas partidas mais "pesadas" antes dela apagar de vez, por isto, quanto apagou de vez não me surpreendi. O voltímetro do painel não ajuda nestes casos pois ele mede na verdade o funcionamento do alternador, acredito que um amperímetro seria também interessante para verificar o estado de carga da bateria.

    Ah, quando se troca a bateria acende a luz do motor no painel, ela se apaga depois que a central reaprende os parâmetros novos, andando um pouco com o carro. Assim que acendeu a luz fui a concessionária para verificar e no caminho a luz apagou. O consultor técnico disse que é normal o aviso.

    Agora depois da revisão, atualização dos softwares e troca da suspensão o carro ficou melhor que zero :D, está uma "diliça" !

    Ainda, fiz um up que há muito queria fazer, que foi a troca das lâmpadas do DRL e neblina por LED. Isto dá uma boa rejuvenescida na frente do carro, fica mais uniforme tudo com luz branca (alias não sei porque a Jeep aplica as lâmpadas de filamento - amarelas - nos DRL´s e neblina).

    PS: O pós venda da Jeep (no meu caso) foi satisfatório, não digo que fora padrão Toyota (venho de alguns corollas anteriores e minha esposa ainda tem um) mas foi correto, fizeram a revisão e pediram tempo para completar a troca dos amortecedores (em garantia) pois tiveram que buscar peça na fabrica, demorou duas semanas para a chegada das peças e um dia e meio para aplicação, não houve stress.
     
    Última edição: 4 Fev 2019
    • 4
  2. lasld

    lasld Usuário


    Desde 8 Mai 2013
    Belo Horizonte
    • 1
  3. fbianchi

    fbianchi Usuário

    6 5 3

    Desde 2 Fev 2012
    rs / poa
    Caros amigos, estive lendo o tópico, e me surgiu uma dúvida.
    Alguém utiliza o freio de estacionamento automático como um "hold" em sinaleiras e demais situações onde não queira ficar com o pé no freio?
    De alguma maneira é prejudicial ao carro?
    Pois notei que quando aceleramos levemente, ele logo desativa o freio de mão...
    Obrigado...
     
  4. lasld

    lasld Usuário


    Desde 8 Mai 2013
    Belo Horizonte

    Fbianchi, o freio de estacionamento eletrônico do Compass não foi criado com esta função auto-hold, que se encontra em outros modelos de outras marcas. Eu não uso e não recomendaria o uso do freio de estacionamento como função auto-hold...
     
    • 2
  5. JATNETO

    JATNETO Usuário


    Desde 8 Jun 2009
    VITORIA/ES/BRASIL
    Última edição: 15 Fev 2019
    • 3
  6. MV Godinho

    MV Godinho Usuário


    Desde 27 Fev 2007
    Belo Horizonte/MG/Brasil
    Serão 88.803 carros!

    Sem querer ser Poliana, mas não considero a quantidade de recalls, em si, um indício de falta de qualidade. Aqui no Brasil criou-se a cultura de jogar o problema para debaixo do tapete. Lembram-se dos Stilo que soltavam as rodas, dos Fox que cortavam dedos e dos Fusion que travavam o câmbio em alta velocidade?

    Acho que um recall desse tamanho, com os custos envolvidos, denotam um mínimo de responsabilidade pelo fabricante. E isso é um bom sinal...
     
    • 2
  7. DaN!

    DaN! Usuário

    8.273 2.138 686

    Desde 7 Fev 2009
    São Paulo/SP
    Eu acho um carro interessante porque é bonito, tem um tamanho médio (nem grande, nem pequeno) e, principalmente , porque não vejo muita concorrência, mas confesso que esse excesso de recalls e de reclamações me fazem ficar com o pé atrás.
     
    • 1
  8. michel.murad

    michel.murad Usuário

    1.591 1.973 943

    Desde 28 Dez 2007
    Porto Alegre/RS - Brasil
    Assino embaixo.

    Cheguei a cogitar e fazer test drive no carro. Mas os inúmeros relatos de problemas que li aqui e recalls variados me deixaram muito reticente e desconfiado.

    A impressão que tenho é que apesar da marca ser Jeep, a qualidade é Fiat...
     
    • 2
  9. lucius

    lucius POWERED BY MARIA CLARA


    Desde 6 Nov 2002
    BH
    Vendo por outra perspectiva, o recall é um ponto positivo e se um produto vende pouco e tem muitas reclamações acende-se um sinal vermelho, se um produto vende muito, mais do que o dobro da soma dos demais na categoria, o volume de reclamações tende a ser proporcional a maior exposição do produto no mercado, pois produção em série trabalha com a métrica das tolerâncias, sendo claro que na produção um percentual dos itens sairá fora das margens toleradas e tal percentual quando extrapolado em um número alto de produção irá (em números absolutos) também parecer mais alto.

    Portanto, na produção em série nos valemos da sorte :D, sempre haverá aqueles carros feitos na manhã sonolenta da segunda feira ou aqueles outros terminados ao final do expediente de uma sexta feira.....
     
    • 1
  10. M E N A U

    M E N A U _____________ad augusta _____________per angusta


    Desde 13 Abr 2010
    Aqui-BR
    Só que recall normalmente envolve grandes lotes com problemas que podem afetar a segurança.
    Se um fabricante necessita fazer muitos recalls isso pode ser indício que a seleção de seus fornecedores é falha.
    É diferente de casos que não envolvem segurança e que podem resultar de vícios de montagem, o que pode indicar um controle de qualidade próprio deficitário.
    Veja o exemplo do maior recall já havido, os airbags da Takata. Ali, o problema é que a fabricante japonesa tinha um preço mais competitivo, porém o uso de uma liga metálica no dispositivo de detonação poderia gerar o disparo acidental, sem colisão, e pior, com lançamento de estilhaços, que no pior caso, seria letal.
    Ou seja, só é vítima de recall quem fabrica algo, agora, a seleção do fornecedor é fundamental pra aparecer menos, negativamente na mídia, isso quando o pior não acontecer.
     
  11. lasld

    lasld Usuário


    Desde 8 Mai 2013
    Belo Horizonte
  12. rodrigojoi

    rodrigojoi Usuário

    2.383 1.522 411

    Desde 21 Set 2010
    Joinville/SC/brasil
    Os fornecedores fazem teste dos itens produzidos por amostragem, dai que um recall envolve determinado número de veículos (número de chassi, conforme foi usado item do tal lote), isso de maneira alguma significa que esses 88mil carros terão o problema, mas sim que nesse lote do item a amostra testada apresentou uma possibilidade de falha. Na prática podem ocorrer com 1, 10 ou 1.000, qualquer coisa diferente disso é meramente especulativo.
     
    • 1
  13. minduimstk

    minduimstk Usuário


    Desde 1 Nov 2011
    Sao Paulo
    Na verdade as amostragem seguem estatística, normalmente cpk 2 e ppk de 3 mas cada montadora pode trabalhar com valores diferentes. Antes disso há análise/elaboração de fmea
    Recall tem várias origens, inclusive erro de projeto, falha de processo(processo não robusto) ou simplesmente pressão para lançamento que infelizmente atropela algumas etapas.
    Montadoras e seus fornecedores seguem o manual do apqp e uma das fases chama-se ppap. Se tiver curiosidade só dar um Google.
     
    • 1
    • 1
  14. atrsantos

    atrsantos Usuário


    Desde 28 Mai 2006
    Vinhedo-SP
    A Jeep disponibiliza o Jeep Compass Longitude PCD, não seria este modelo que tenho interesse. Alguém conseguiu comprar o Trailhawk em PCD ?
     
  15. michel.murad

    michel.murad Usuário

    1.591 1.973 943

    Desde 28 Dez 2007
    Porto Alegre/RS - Brasil
    Tenho certeza que seu post tem muita informação útil, colega, mas se não traduzir para português coloquial quase ninguém (pra não dizer, zero) vai entender... kkkk
     
  16. michel.murad

    michel.murad Usuário

    1.591 1.973 943

    Desde 28 Dez 2007
    Porto Alegre/RS - Brasil
    • 2
  17. minduimstk

    minduimstk Usuário


    Desde 1 Nov 2011
    Sao Paulo
    Sim meu caro amigo a explicação ficaria demasiada grande mas posso colocar algumas informações pois já trabalhei como engenheiro de qualidade desse ramo.
    Basicamente parte-se de análise de modo de falha potencial (fmea) do produto, isso se traduz em desenhos e especificações com informações de criticidade, montagem e segurança. Isso indica o que de fato é importante no item e não pode sair do especificado pois seria inviável medir tudo 100%. Sabendo-se para realizar amostragem há técnicas estatísticas que te garante essa "certeza", o famoso seis Sigma nada mais é que 6 desvios padrões ou 3,4(máximo) itens defeituosos em 1 milhão produzidos. Além disso para garantir essa estabilidade há processos de medições que verificam se a forma de medicao tem repetibilidade e se não tem diferença entre operadores por exemplo, isso chama estudo de m.s.a(measurement system analysis) e um exemplo prático, uma peça a ser medida por um paquímetro. Independente da forma de medir e quem medir o valor do item tem que ser o mesmo e vc precisa garantir isso.
    Isso é só uma ponta do processo automotivo e as montadoras unificaram em forma de manual chamado apqp (advanced product quality planning).

    O tal do cpk e ppk são sub itens da estatística e te dão uma informação em forma estatística a probabilidade de alguma peça sair fora do especificado, qto maismalto o índice menor a probabilidade de ter peças defeituosas.

    Espero ter ajudado a compreender um pouco desse mundo, enfim, ferramentas existem mas mtas vezes são ignoradas pelas montadoras pela pressão de custo ou lançamentos.
     
    • 1
  18. valdeci_jr

    valdeci_jr Usuário


    Desde 9 Fev 2017
    São Luis
    Resumo da ópera do meu caso: problema nos amortecedores e bieletas dianteiros dos dois lados. Jeep trocou somente amortecedor na "cortesia". As bieletas tive que pagar (6x a mais o valor das peças no Mercado Livre) pois a Jeep alegou que foi desgaste normal da peça e fechou os olhos para a clara relação entre esses dois componentes da suspensão. Decepção é pouco...

     
    • 1
  19. Lauro.martins

    Lauro.martins Usuário


    Desde 20 Fev 2019
    Campos
    Estou pensando em trocar o meu renegade 17 flex por um compass flex 2019, mas estou meio decepcionado também em relação ao atendimento da jeep.
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso