Anúncio do HT Forum

Amplificadores Wyred 4 Sound

Discussão em 'Amplificadores, Prés e Integrados' iniciada por Matias, 14 Dez 2016.

  1. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    Anúncio do HT Forum
    Alguém aqui tem amplificador, pré, integrado ou monoblocos da marca Wyred 4 Sound? Não são muito comentados aqui no htforum, os DACs parecem ser mais populares.

    https://wyred4sound.com/

    Comprei um recém lançado STI-500 v2 com upgrades de cabos internos Kimber e conectores WBT, esta amaciando nas primeiras dezenas de horas e já gostei bastante do que estou ouvindo.

    Em especial o mINT parece ser um excelente tudo em 1 para um sistema de entrada ou segundo sistema, mas nunca ouvi.
     


    Anúncio do HT Forum
  2. endlich65

    endlich65 Usuário


    Desde 13 Out 2003
    VILA VELHA/ES/BRASIL
    eu já tive o Dac 1 com sabre 9018 sem dsd , muito bom
     
  3. Carlos.Simoes

    Carlos.Simoes Usuário


    Desde 30 Mar 2007
    Aracaju/SE - BRASIL
    Não possuo amplificadores ou prés da marca mas pelo que me proporcionou a Recovery USB Reclocker, certamente devem ser bons produtos.

    Creio que a assinatura/gosto pessoal é que vai definir se ele fica ou não.
     
    Última edição: 21 Dez 2016
  4. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    São todos amplificadores classe D. Os mais antigos baseados nos módulos B&O ICEpower 1000ASP e 500ASP, e os mais recentes nos módulos 50ASX2, 125ASX2 e 250ASX2 em configuração bridge. Além dos circuitos buffers de entrada próprios deles.

    Parece que o EJ Sarmento anda há anos desenvolvendo um classe D proprietário deles mas ainda não lançou, será a linha Reference deles e bem mais cara...
     
    Última edição: 22 Dez 2016
    • 1
  5. Osvalter

    Osvalter Do or do not, there is no try


    Desde 17 Set 2004
    Cotia/SP/Brasil
    Aproveitando, alguém conhece o pré STP-SE ? O spec dele impressiona e já vi alguns reviews lá fora muito positivos. TEnho o DAC-2.

    obrigado!
     
  6. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    Osvalter, parece ser um pré bem legal, e a expansão stage 2 dele que acabou de sair teve ótimo review na 6moons. Um desses mais um par de monos deles e deve ser uma belíssima amplificação.
    http://www.6moons.com/audioreviews2/wyred5/1.html
     
    Última edição: 26 Jan 2017
    • 1
  7. Osvalter

    Osvalter Do or do not, there is no try


    Desde 17 Set 2004
    Cotia/SP/Brasil
    Só não entendi se ele é pré passivo ou ativo...
     
  8. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    Acho que é os 2: passivo até certo volume e ativo a partir dali.

    Complementando:
    "Is it active or passive? You see, it doesn't apply any voltage gain until steps 64-80 on its premium resistor ladder volume with relay switching. Yet that doesn't make everything below 64 passive. For fixed i/o Ω and proper output current, the STP runs discrete buffers on either side of its 0.5dB-stepped attenuator matrix. That's different from pure passive preamps.

    ...it's inelegant and wasteful for a preamp to generate gain only to throw it all away again. Here the Wyred4Sound doesn't bother with gain generation at all. Hence it also avoids its impact on the noise floor. For the rare occasions where gain is required, it's there starting at 64. 63 is unity gain, i.e. equal to the incoming signal voltage. Everything below 63 just attenuates the raw source signal like a passive would but without fluctuating output impedance or limp current drive."

    Ele é ativo em todos os volumes, mas só faz ganho de voltagem do volume 64 ao 80, antes disso é ganho unitário em 63 (mesma voltagem da entrada na saída, buffer ativo usado ainda assim) e atenuador abaixo disso.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 1
  9. derfel_rj

    derfel_rj Usuário


    Desde 12 Set 2008
    Rio de Janeiro
    Eu tenho um mPre por aqui que eu gosto bastante.
    Na época a idéia era montar o conjunto com os monoblocos, mas acabei parando no meio do caminho.

    Mas só imaginar, pelo que o Srajan anda escrevendo, que o STP esteja em um patamar bem acima, entre prés de referência independente do valor.

    http://www.digitalaudioreview.net/2017/01/kih-41-art-vs-science/
     
    • 1
  10. derfel_rj

    derfel_rj Usuário


    Desde 12 Set 2008
    Rio de Janeiro
    Matias, alguma nova opinião sobre o STI para dividir com os curiosos por aqui? :assobio:
     
  11. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    Oi derfel,
    Extremamente satisfeito com meu STI-500 v2.

    Esquenta nada (uma benção no calor do verão), super dinâmico micro e macro, alta resolução, baixíssimo ruído de fundo, palco bem largo e instrumentos focados. Foi realmente "plug n play" instalar, só alegrias.

    Tonalidade me pareceu bem neutro, achava que seria mais warm pelos reviews. Ele desce forte no subgrave e os agudos são limpos. O burn in foi bem tranquilo, já tocou super bem zero e só melhorou um pouco nmo. Minhas Thiel são sensíveis então uso no máximo em volume 20 de 60, isso os vizinhos ouvindo com certeza. Normalmente entre 7 e 12, muita folga de volume ainda.

    Esteticamente acho bem sóbrio e funcional, definitivamente não é um aparelho para embelezar o rack. Por isso que o custo é baixo no chassi e no produto como um todo. Legal que apaga o display no controle remoto, para noite é uma luz a menos no rack. O controle é simples e funcional, nmo isso é positivo pq se perde ou quebra é fácil e barato comprar outro com eles.

    Uso em 220V para ter ainda mais potência a disposição (no manual técnico dos módulos icepower 125asx2 mostra que em 220V ele tem mais potência especialmente em bridge como está configurado no STI v2, ST mk2 e mAMPs). Então para estéreo tenho tudo balanceado: entradas, módulos, energia. De condicionamento uso um Furutech Flow 50 na entrada IEC dele.

    O projeto dele é bem interessante, com estágio de entrada FET de alta impedância que dá a assinatura sonora dele, volume de passos sem barulhos, pré out para quem quiser ligar subwoofers, dual mono com os módulos em bridge, cabeamento e bornes especiais opcionais, e não usa fusível mas sim um disjuntor na entrada de energia.

    A única coisa que incomoda é quando liga pelo botão traseiro dele e alimenta os módulos frios, sai um "PLEC" nas caixas. Mas se deixa o disjuntor ligado e desliga no botão frontal ele consome nada de energia em standby e não faz barulho ao ligar.

    Tudo isso por 2.500usd preço cheio venda direta no site, sendo que as vezes eles fazem umas promoções de Black Friday e afins que cai mais ainda o preço. Nada mal! E ainda por cima é relativamente leve para transportar (9kg só o aparelho).

    Fortemente recomendado! :)

    Fotos da internet parecido com o meu:
    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 2
  12. derfel_rj

    derfel_rj Usuário


    Desde 12 Set 2008
    Rio de Janeiro
    Na época que eu peguei o mPre, a minha idéia era comprar o ST-MKII
    https://wyred4sound.com/products/stereo/st-mkii-series

    Olhando só para a descrição ali do site, a parte da amplificação parece ser a mesma nos dois...
    Então estou concluindo que o STI-500 seria a amplificação do ST-MKII com a parte de pré do novo STP-SE. Seria isso?

    O que considerando os preços individuais do pré-power deixa o STI num custo/benefício muito muito bom! :)

    O STI substituiu que amplificação por aí?
    Não sei muito sobre as suas caixas, mas elas são lindas nas fotos e me lembro de já ter visto ela em uma lista que colocava ela, entre as melhores caixas já produzidas em todos os tempos. Já viu essa lista que eu estou falando? Não lembro se foi em alguma edição da TAS, não faz tanto tempo que eu li isso em algum lugar...
     
  13. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    O STI tem os mesmos 2 módulos 125asx2 do ST mk2, mas o pré acho que é próprio dele. Ele é alimentado pelas saídas DC dos módulos passando por regulação, e portanto não tem mesma fonte linear grande com a regulação discreta do STP. O pré do STI é um pouco mais simples do que o STP-SE, e também não é o mesmo pré do mPRE porque este tem DAC embutido.
    O custo x benefício do STI é bem interessante mesmo, especialmente se falta de espaço no rack for um problema como é o meu caso.

    O mPRE pede para ser complementado com os mAMPs só pela estética de aparelhos pequenos juntos rsrs. :)

    Eu ainda tenho um Exaudi A710HE que devo por a venda após passar por revisão. O STI-500 v2 entrou no lugar dele.

    Sobre a lista de caixas, veja na minha assinatura, é da revista Audio alemã. Também tem no site Excellia que compila as listas da Audio e da Stereo, outra revista alemã que divulga ranking de aparelhos e caixas.
    http://www.excelia-hifi.cz/top-1000.html
     
    • 2
  14. Samurai italiano

    Samurai italiano _-'º|º'-_


    Desde 23 Dez 2004
    Brasília
    Bom dia!!

    Alguém sabe de algum STI ou até mesmo um ST à venda por aqui?
     
  15. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
  16. Samurai italiano

    Samurai italiano _-'º|º'-_


    Desde 23 Dez 2004
    Brasília
  17. Osvalter

    Osvalter Do or do not, there is no try


    Desde 17 Set 2004
    Cotia/SP/Brasil
    bom passando aqui para atualizar, tenho DAC-2 DSD gosto bastante, mas eu estou viciado em amplificação classe A, e meu objetivo é chegar num pré valvulado, ou ainda esse STP-SE tem alta performance é muito elogiado. Já os powers nao me interesso, prefiro ficar com minhas frigideiras mesmo kk (valvulado e Yamaha MX-2000)
    O DAC-2 agora rodando via I2S (y)
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso