Anúncio do HT Forum

ANEEL aprova regulamentação para ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

Discussão em 'Energia, Alimentação e Aterramento' iniciada por aacasarin, 24 Abr 2012.

  1. DNRT

    DNRT Usuário


    Desde 9 Mar 2012
    Em algum lugar do RJ
    Acho que a conta não será entre a diferença sobre o injetado e o consumido (600-500=100), mas sobre o que for realmente injetado na rede.
    Exemplo: injetou 500. O pedágio será cobrado esses 500 injetados.
     
    • 2
  2. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Nossa , ae fica ruim hein , achei que fosse encima apenas da sobra.
     
  3. RobertoPessoa

    RobertoPessoa Usuário

    99 71 13

    Desde 21 Ago 2014
    RJ/RJ
    Eu também acho que é sobre o que for injetado e não sobre a diferença, pois é justamente sobre o uso da rede o motivo pelo qual eles querem passar a cobrar, só acho que esses percentuais que estão sendo divulgados, de 60% e 68%, muito alto. Acho que há um exagero nesse número.

    Pesquisei a composição da tarifa de energia elétrica e não faz sentido esse percentual.

    A nova regulamentação quer "cobrar" encargos, transmissão e perdas de quem tem GD.


    Entenda melhor o que a ANEEL está propondo para o futuro da GD

    [​IMG][​IMG][​IMG][​IMG][​IMG][​IMG]


    Olhando o quarto slide acima e os gráficos de composição da tarifa de energia elétrica eu não consigo entender como que chegaram a esse percentual de 68%. Seria tão bom se alguém fizesse uma matéria exemplificando essa "mordida" na energia injetada pelo consumidor.


    Como é composta a tarifa

    Para cumprir o compromisso de fornecer energia elétrica com qualidade, a distribuidora tem custos que devem ser avaliados na definição das tarifas. A tarifa considera três custos distintos:

    [​IMG]

    Além da tarifa, os Governos Federal, Estadual e Municipal cobram na conta de luz o PIS/COFINS, o ICMS e a Contribuição para Iluminação Pública, respectivamente.

    Desde 2004, o valor da energia adquirida das geradoras pelas distribuidoras passou a ser determinado também em decorrência de leilões públicos. A competição entre os vendedores contribui para menores preços.

    O transporte da energia (da geradora à unidade consumidora) é um monopólio natural, pois a competição nesse segmento não geraria ganhos econômicos. Por essa razão, a ANEEL atua para que as tarifas sejam compostas por custos eficientes, que efetivamente se relacionem com os serviços prestados. Este setor é dividido em dois segmentos, transmissão e distribuição. A transmissão entrega a energia a distribuidora, a distribuidora por sua vez leva a energia ao usuário final.

    Os encargos setoriais e os tributos não são criados pela ANEEL e, sim, instituídos por leis. Alguns incidem somente sobre o custo da distribuição, enquanto outros estão embutidos nos custos de geração e de transmissão.

    Quando a conta chega ao consumidor, ele paga pela compra da energia (custos do gerador), pela transmissão (custos da transmissora) e pela distribuição (serviços prestados pela distribuidora), além de encargos setoriais e tributos.

    Para fins de cálculo tarifário, os custos da distribuidora são classificados em dois tipos:

    • Parcela A: Compra de Energia, transmissão e Encargos Setoriais; e
    • Parcela B: Distribuição de Energia.
    Conforme se observa da Figura a seguir, os custos de energia representam atualmente a maior parcela de custos (53,5%), seguido dos custos com Tributos (29,5%). A parcela referente aos custos com distribuição, ou seja, o custo para manter os ativos e operar todo o sistema de distribuição representa apenas 17% dos custos das tarifas.




    [​IMG]




     
    • 3
    • 1
  4. RobertoPessoa

    RobertoPessoa Usuário

    99 71 13

    Desde 21 Ago 2014
    RJ/RJ
    • 2
  5. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Moçada , hoje foram a tarde vistoriar e trocar relógio no mesmo dia , deu tudo certo , como estou viajando pedi para um parente ir la em casa para acompanhar , hoje mesmo foi gerado login e senha para eu consultar remotamente , a tarde estava tudo ok e vi funcionando , agora a noite está OFFLINE o inversor (Fronius) , ele desliga sozinho a noite ?
     
    • 1
  6. RobertoPessoa

    RobertoPessoa Usuário

    99 71 13

    Desde 21 Ago 2014
    RJ/RJ
    Sim, ele desliga quando acaba a geração e só volta ao amanhecer. Veja o gráfico abaixo:

    upload_2019-10-18_21-2-35.png

    upload_2019-10-18_21-3-31.png
    upload_2019-10-18_21-4-30.png
     
    • 2
  7. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Obrigado amigo , achei tivesse dado algum pau na internet la em casa ..
     
    • 1
  8. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Hoje primeiro dia de funcionamento , bateu os 5k .

    [​IMG]
     
    • 3
  9. RobertoPessoa

    RobertoPessoa Usuário

    99 71 13

    Desde 21 Ago 2014
    RJ/RJ
    Esse APP deles é muito limitado, inclusive a versão paga. Eu comprei ano passado e cancelei logo em seguida.

    Acessa pelo www.solarweb.com.
    Nesse site, para ter acesso pleno, faça a compra do acesso Premium, que é 0800 por enquanto.
     
    • 1
  10. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Opa .. é que foi mais fácil para tirar o Print , mas estou utilizando também a versão Pro e pelo www.solarweb.com .
     
  11. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Obrigado pela dica do Premium .
     
  12. RobertoPessoa

    RobertoPessoa Usuário

    99 71 13

    Desde 21 Ago 2014
    RJ/RJ
    Mesmo no celular eu uso através do solarweb.com, pois é muito melhor. A versão paga do APP tem menos funcionalidades que a versão premium do site, logo (pra mim) não fez sentido pagar pelo APP.
     
    • 1
  13. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    No meu caso não precisei pagar para utilizar a versão Pro.

    Fronius entrou horário de verão , tem outra forma alterar sem ter que mudar horario de Brasilia (-3:00) ?
     
    • 1
  14. junin

    junin Usuário

    6.795 20.940 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG
    Aqui o máximo é 5.500

    hoje.png
     
    • 2
  15. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Legal !! Sua média está boa esse mês hein ?

    Hoje foi segundo dia de uso lá em casa , já bateu 32kw , bem contente :)

    [​IMG]
     
    • 2
    • 1
  16. TAL666

    TAL666 Usuário


    Desde 25 Jul 2011
    São Paulo
    • 5
  17. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    Fala ae Pessoal !!

    Cheguei de viagem hoje , e fui direto no relógio para entender como funciona.

    003 - aparece 12
    103 - aparece 75

    12 consumo (Rede ---> Casa)
    75 injeção (Rede < ---- Casa)

    É isso mesmo ?

    No Fronius mostra que gerou desde a troca do relogio 95kw total , essa diferença dos 75 é o autoconsumo , e esse 12 é consumo fora de horario de geração ?

    Edit :

    Falei com cara da empresa sobre estes números do relógio , ele disse que eu não teria noção exata da energia injetada e consumida ,pois teria um fator de multiplicação encima destes números , que só o pessoa que faz a leitura saberia , esta certo ?
     
    Última edição: 22 Out 2019
    • 1
  18. junin

    junin Usuário

    6.795 20.940 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG

    Acho que aqui explica resumidamente:

    https://solisenergia.com.br/como-funciona-o-medidor-bidirecional-da-energia-solar/
     
    • 2
  19. m_andrade

    m_andrade Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Moji-Mirim-SP
    • 2
  20. zaca

    zaca Heavy Metal Maniac


    Desde 7 Ago 2003
    Campos dos Goytacazes/RJ
    No meu nao tem fator de multiplicação nenhum. A leitura do relogio é exatamente o que vem na conta e o consumo/injeção é calculado com a subtração simples.
     
    • 2
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso