Anúncio do HT Forum

anti skating

Discussão em 'Vinil, Calibração e Ajustes' iniciada por Edson Xavier, 10 Mar 2018.

  1. Edson Xavier

    Edson Xavier Usuário


    Desde 26 Jan 2011
    Cuiabá/Mato Grosso/ Brasil
    Ultimamente tenho tido dúvidas em relação à regulagem do Anti skating. A recomendação padrão é que o valor do anti skating deve ser idêntico ao atribuído ao tracking force. No entanto, há na literatura especializada defensores de que o valor deve ser a metade daquele atribuido ao tracking force. Ou seja para um tracking de 2,0 g, um anti skating de 1. Percebi que nos sistemas onde o anti skating é feito por pequenos contra pesos, a relação pela metade é satisfatória. Enquanto nos outros sistemas a igualdade com o tracking parece ser mais adequada. Se alguém tiver uma posição para acrescentar ao debate, agradeço.
     
    • 1
  2. edmararj

    edmararj Usuário

    5.389 5.259 861

    Desde 2 Out 2008
    Rio de Janeiro
    @edson@edson
    @Edson Xavier@Edson Xavier

    Existem diversos tipos de mecanismos para exercer força de anti skating sobre o braço: torção de mola, peso, campo magnético. Por isso, existem diversas recomendações de regulagem.

    Até porque, o anti skating ideal deveria variar com a posição do braço e não é o que acontece com a maioria dos mecanismos.

    A Rega por exemplo, alega que seu mecanismo de anti skating é automático, mas, na verdade, ela usa um mecanismo de anti skating por campo magnético, que varia quando o braço se movimenta, aumentando ou diminuindo conforme a distância do magneto para o magnetizado.

    Se você não tem um disco de teste, siga a recomendação do fabricante do seu braço/toca-discos.

    Edmar
     
    • 1
  3. Edson Xavier

    Edson Xavier Usuário


    Desde 26 Jan 2011
    Cuiabá/Mato Grosso/ Brasil
    Edmar. Eu uso sempre um disco liso para testar. Quase sempre dá certo, mas tenho notado diferenças de acordo com o mecanismo o que parece vir de encontro com o que vc afirmou.
     
    • 1
  4. Shu

    Shu Sagarana do analógico

    527 1.010 71

    Desde 4 Dez 2016
    Ota, Gunma, Japan
    Acabei de receber a cápsula SG-1E da Orsonic para calibração do anti-skating.
    O modelo de cápsula que adquiri serve para a calibração do anti-skating para agulhas elípticas, existindo também os modelos para agulhas cônicas e de contato linear.
    Realizei alguns testes rápidos no meu JVC Ql-Y5 e estava dentro da margem de erro tolerada.

    1EA74758-9896-44BA-8D3E-A40B1235EA66.jpeg 9BC38266-A295-45A4-B982-AC581458E852.jpeg F6C77A0F-7A16-4B0E-A14B-7268ACA03D8D.jpeg 6F636B0F-66C4-4A66-8F41-334AD4AE241A.jpeg 19742062-0DE7-4E81-867B-E05F372254DC.jpeg 330A2F44-7F02-43CC-A0D4-FFE4422073E6.jpeg 67A2E9EC-6C34-4C20-91F6-C314D0575506.jpeg
     
    #4    
    • 5
    • 2
  5. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Pois é, como disse o Rei, "quase também é mais um detalhe" ...
    Para fazer a coisa certa é necessário o disco de teste MAIS um
    osciloscópio.
    Existe também, alhures na internet, um método de medir a voltagem
    dos canais com um multímetro mas, como dis o Jefferson, sei não.
     
    • 2
    • 1
  6. ricsantos

    ricsantos Usuário

    429 1.917 138

    Desde 10 Abr 2009
    Salvador/BA
    Eu uso o que o fabricante da cápsula recomenda, mas nem sempre o antiskating deve ser regulado no mesmo valor do contrapeso.

    Por exemplo, tenho uma cápsula EPC 25u, Technics, cujo peso recomendado é 1,75g e o mesmo valor para o antiskating.

    Já minha outra cápsula, uma Shure V15 type IV, o peso recomendado é de 1,25g e antiskating em 0,75.

    Nos testes com um laser disc sempre fica bom (aos meus ouvidos também).
     
    • 2
  7. Shu

    Shu Sagarana do analógico

    527 1.010 71

    Desde 4 Dez 2016
    Ota, Gunma, Japan
    O valor do anti-skating depende muito do toca-discos que se utiliza, bem como da geometria de lapidação da agulha. Justamente por isso o valor do anti-skating nem sempre deve ser regulado ao mesmo valor da força de trilhagem. Muito bem colocado a vossa observação.
    Em alguns tipos de sistema de anti-skating, ele acaba ficando descalibrado com o tempo, e acaba não servindo mais como ajuste.
    Sobre utilizar um laser disc, até hoje é a forma mais prática, mas segundo um artigo japonês sobre o assunto, uma agulha dentro do sulco de um disco age de uma forma diferente de quando ela está fora dele, como no caso de testes em discos de superfície lisa. Porém, devido à dificuldade de acesso a instrumentos de precisão para realizar tais medições, esta seria a forma mais simples de se calibrar, da mesma forma como ajustávamos a força de trilhagem por meio visual antes da popularização de balanças a preços acessíveis.
    Em artigos escritos por engenheiros que trabalharam em empresas que produziam toca-discos, eles disseram que a escala de anti-skating fornecida pela fabricante do toca-discos seria a ideal para um determinado tipo de agulha, visto que ela varia conforme a geometria de lapidação, mas que seria uma base para se orientar.
    Se verificar bem, os toca-discos mais sofisticados possuíam duas ou três escalas de anti-skating, variando conforme a geometria de lapidação da agulha.
    Outra questão se refere aos testes realizados com osciloscópio, que segundo os autores do artigo, não são realizados com cápsulas comuns, pois essas não são tão precisas para esse tipo de medição.
    No passado, a Orsonic fabricou muitos instrumentos de precisão para todos os tipos de finalidade, incluindo desmagnetizadores de cápsulas MC.
    Hoje em dia, ela ainda é uma grande empresa do ramo, produzindo e lapidando diamantes para fabricantes famosas do setor.
    Mas por qual razão a Orsonic construiu esse calibrador de anti-skating? Pois ela percebeu que com o advento de agulhas mais sofisticadas com o cantiléver extremamente fino, um pequeno erro no ajuste dele fazia com que o cantiléver se desviasse do ponto exato que deveria ficar, e isso se tornou um problema, pois muitos clientes passaram a enviar suas cápsulas MC para que o desvio do cantiléver pudesse ser corrigido.
    Ainda hoje é um problema que atormenta muitos audiófilos japoneses, pois com seus equipamentos sofisticadíssimos, um pequeno desvio se torna um grande problema.
    No meu caso, adquiri a peça acima para poder recalibrar vários toca-discos que me aparecem, sendo elas do meu acervo pessoal ou de conhecidos que me procuram.
    O que me atrai nisso tudo é a matemática envolvida.
    Pensando, medindo e calculando, realizo os ajustes da melhor forma possível. O aprendizado disso tudo não fica restrito somente ao toca-discos, pois acabo realizando estudos de matemática, física e engenharia por meio de livros que acabo adquirindo.

    B30A5AF4-DDC2-4BD4-9E2D-6C1D8B62013B.jpeg 35CA4CA1-8AF3-4A8A-B434-D0661FBCB316.jpeg DDCC8FEB-4354-4D12-AB18-3B30756596A6.jpeg
     
    Última edição: 10 Jul 2019
    • 3
  8. JeffersonLopes

    JeffersonLopes Usuário


    Desde 3 Set 2007
    São Paulo - SP
    • 2
  9. almeidabatista

    almeidabatista Usuário


    Desde 29 Out 2007
    Sao Paulo/SP/Brasil
    O velho e bom anti-skating!
    Pois é, valores diferentes, como disse o ricsantos, valores indicados pelos fabricantes. Por quê?
    No caso da EPC, valores iguais para agulha sem escova. No caso da Shure tipo IV (que saudade da minha!), que tem escova, a escova auxilia na compensação da "puxada" da cápsula para o centro disco, sendo necessário um menor valor a ser aplicado pelo mecanismo de anti-skating.
    Abraços jurássicos a todos.
     
    • 2
  10. Shu

    Shu Sagarana do analógico

    527 1.010 71

    Desde 4 Dez 2016
    Ota, Gunma, Japan
    Não diria que seria um assunto inconclusivo, pois é matematicamente calculado e demonstrado. Justamente por isso temos como calcular como deveria se dar essa correção ao longo da trajetória da agulha no disco. O problema em se resolver com exatidão esse problema está na engenharia que encareceria o produto. Tentarei realizar alguns testes com a cápsula Orsonic que adquiri para comparar com um outro toca-discos. No meu JVC ele mostrou que a correção eletrônica realizada pelo braço está perfeita.
     
    • 2
  11. JeffersonLopes

    JeffersonLopes Usuário


    Desde 3 Set 2007
    São Paulo - SP
    Boa sorte.
     
    • 1
    • 1
  12. ricsantos

    ricsantos Usuário

    429 1.917 138

    Desde 10 Abr 2009
    Salvador/BA
    São tantas variáveis, que só em um laboratório para conseguir uma regulagem com absoluta precisão e a percepção é sempre subjetiva...

    Quanto mais eu lia, mas pirado ficava. O material do cantilever, tipo de lapidação da agulha, pressão da escovinha antiestática... Além disso, estamos utilizando em cápsulas antigas agulhas de outros fabricantes (por exemplo, cápsula shure com agulhas EVG ou Jico ou outra qualquer...), que não há garantia de que seguem as mesmas e estritas especificações do fabricante original.

    Já fiquei meio paranóico com isso há um tempo. Mas só até descobrir que o problema que estava afetando a audição estava em algumas mídias que adquiri, em não tão bom estado... com bons discos, novos ou usados em muito bom estado, o som me agrada.

    Como @Shu@Shu pontuou, o método do laser disc, apesar das diferenças citadas de comportamento da agulha na superfície lisa e no sulco, ou seja, ressalvada a relativa imprecisão do método, se mostrou, ao menos no meu caso, simples e eficaz.

    Shu, qual é o toca disco JVC que você se refere? Ele possui correção eletrônica de antiskating?
     
    • 3
  13. Shu

    Shu Sagarana do analógico

    527 1.010 71

    Desde 4 Dez 2016
    Ota, Gunma, Japan
    Realmente existe a questão do uso de agulhas similares de outras fabricantes, mas as empresas sérias como a JICO realizam testes em cada uma das agulhas. Inclusive eu já citei sobre isso em um tópico sobre as agulhas JICO e postei uma foto do atestado de inspeção. A JICO do Japão realiza testes em cada uma das agulhas para verificar que está tudo “nos conformes”.
    São inúmeras as variáveis a serem levadas em consideração para o ajuste do anti-skating, mas nem por isso ignoramos ele. No meu caso, como tenho agulhas com um cantiléver extremamente fino, uma regulagem inadequada resultará num leve desvio do cantiléver, que a longo prazo poderá ser desastroso.
    Eu sempre fui muito curioso e sempre busquei por soluções engenhosas para vários problemas. A questão teórica que rege o problema em questão é algo que venho estudando e tenho colocado em prática.
    Sobre o toca-discos, me refiro a um modelo lançado pela JVC somente no Japão, mas com a marca Victor QL-Y5.
     
    Última edição: 10 Jul 2019
    • 4
  14. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Isso para os tds que possuem esse botão. No meu td o controle de anti-skating
    está sob o td num lugar de difícil acesso e sem nenhuma marca ou número.
    O manual diz que para a direita o anti-skating aumenta e para esquerda diminui
    (ou ao contrário, não me lembro). Ou seja é por sua conta e risco. Lembrem que
    após mexer no anti-skating verifiquem o peso da cápsula (tracking force).
     
    • 4
  15. JeffersonLopes

    JeffersonLopes Usuário


    Desde 3 Set 2007
    São Paulo - SP
    Lembrando que se trata de Clearaudio , um TD refinado.
     
    • 2
  16. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Você quer dizer caro, com um anti-skating infame ...
     
    • 5
  17. Shu

    Shu Sagarana do analógico

    527 1.010 71

    Desde 4 Dez 2016
    Ota, Gunma, Japan
    Um vídeo demonstrativo com a cápsula Orsonic SG-1E para calibração do sistema anti-skating em agulhas elípticas.



    Obs.: esse vídeo foi postado por um audiófilo japonês.
     
    Última edição: 11 Jul 2019
    • 3
  18. Shu

    Shu Sagarana do analógico

    527 1.010 71

    Desde 4 Dez 2016
    Ota, Gunma, Japan
    Também existe esse toca-discos Denon DP-47F que faz a correção do anti-skating, ressonância e de amortecimento vertical, além do ajuste da força de trilhagem por meio eletrônico.

    34C4839C-032F-4F78-9D90-89B289713865.jpeg
     
    • 3
    • 1
  19. JeffersonLopes

    JeffersonLopes Usuário


    Desde 3 Set 2007
    São Paulo - SP
    O que quis dizer é que tive a impressão é que não relevam antiskating. E também concordo .Um TD equilibrado com um ótimo braço e capsula bem casados... Antiskating não terá ressonancia. E é algo natural e inerente.
     
    • 2
  20. Progger58

    Progger58 Usuário


    Desde 7 Mai 2004
    Campina Grande-PB
    Me desculpe, @Shu@Shu , mas não entendi a lógica desse dispositivo aí.

    Você coloca o dispositivo no lugar da cápsula, correto? Aí você calibra o antiskating utilizando o dispositivo. Retira o dispositivo do shellholder e o substitui por sua cápsula. É isso mesmo?

    Então, se for isso mesmo, quem garante que ao colocar sua cápsula de volta o antiskating continuará perfeitamente ajustado, já que houve alteração de parâmetros ao se substituir o dispositivo pela cápsula?
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso