Anúncio do HT Forum

Audio Technica AT-LP120 - conte sua experiência com o seu TD, não com os dos outros.

Discussão em 'Áudio Estéreo Analógico' iniciada por Nando Valença Barroso, 10 Abr 2018.

  1. Nando Valença Barroso

    Nando Valença Barroso Usuário


    Desde 15 Mar 2018
    Rio de Janeiro
    Anúncio do HT Forum
    Adquiri este excelente Toca-Discos profissional (dizer que toca-discos de correia é melhor do que direct drive é estranho) pelo Mercado Livre, vinda de Cascavel, Paraná, em 13/03/2018, recebendo em casa dia 22/03/2018. Sempre tive boas referências dele até conhecer este fórum, onde o detonam sem dó. Bem, eu só posso emitir uma opinião se EU testar! Não posso, nem devo ser irresponsável, e sair por aí falando mal de um produto que, sequer, usei. Pois então, eis que o tenho em mãos e o testei e passou em todos os testes. Acho que tive sorte, pois os colegas daqui, em sua maioria, o massacraram e ainda o fazem até hoje. Veja um dos testes que fiz:
     
    • 1
  2. manepipoca

    manepipoca Music Matters

    1.970 3.795 541

    Desde 29 Jan 2009
    SBC
    Então, se só pode ter opinião se testar, com que embasamento você diz que toca-discos Direct Drive é melhor que Belt Drive?
    Pelo visto já deve ter testado toca discos VPI, Trans Rotor, Oracle, Michell Orbe... pra comparar com seu Audio Technica AT LP120 profissional.
     
    • 2
  3. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.313 10.123 233

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Nando, vale lembrar que esse teste com disco liso, apesar de ser muito usado, não é a forma mais precisa de se apurar essa informação de antiskating. Você precisaria de um disco de testes, um Fozgometer, ou pelo menos um bom osciloscópio pra apurar isso com segurança. Além de experimentar com outras cápsulas de pesos diferentes. É fato que muitos At LP120 tiveram problemas de antiskating, acho que não vale bater nessa tecla.

    Acho que a AT Lp120 é uma boa máquina de entrada, mas ela não é nem de longe uma máquina para alta performance na reprodução do vinil. Mas é decente minimamente.

    Se comparar com o Technics SL 1200 MK2 então, a máquina que foi COPIADA pela Audio Technica, fica covarde. O prato do Technics é muito mais robusto, o Technics é magnético, enquanto o AT LP 120 é só de giro simples. O peso do Technics Sl 1200 MK2 é muito maior que o AT LP120. O Technics Sl 1200 MK2 possui a base de borracha que atua no controle das ressonâncias e vibrações, que faz muita diferença, entre outros detalhes que sei que você já está ciente.

    Existem muitos toca discos belt drives de excelente performance, não se engane. Dizer que os DD são melhores que os belt drive, é no mínimo tolo, da mesma forma que dizer o contrário também o é. Existem DD excelentes e existem BD excelentes da mesma forma. Procure ler mais opiniões em sites especializados internacionais, se acha que o pessoal aqui "massacra" o AT LP120 gratuitamente. Procure ler os tópicos aqui mais a fundo pra entender o porque das críticas. Há também inúmeras delas em sites internacionais de grande prestígio e de excelente reputação sobre o AT LP120.
     
    • 1
  4. ANTUNES CARLOS

    ANTUNES CARLOS Usuário


    Desde 11 Mar 2006
    MINAS GERAIS
    Até parece que já abriu um Technics, e já viu o que é um projeto interno de um verdadeiro toca-discos. Até parece que já viu de perto um KUZMA, um SOTA, um VPI, um REGA, um AVID. Um AT-120, que é direct-drive, custa a fortuna de 2 mil contos. Enquanto isso, a porcaria de um VPI, https://www.musicdirect.com/turntables/vpi-avenger-reference-turntable. Quem abriu os AT-120, que deram pau aqui em BH, nos duelos de MCS, fui eu. Quem colocou os calços internos, para que eles toquem por mais algum tempo, fui eu. Não teria a menor lógica, afirmar as coisas, sem ter embasamento. EU não vou citar os nomes da lojas, e em dos MCS, pois eu não ganho nada com isso. E essa história já é bem velha, todos já se esqueceram disso. Bobagem ficar "repisando" o mesmo assunto.
     
    • 1
  5. ANTUNES CARLOS

    ANTUNES CARLOS Usuário


    Desde 11 Mar 2006
    MINAS GERAIS
    Entenda uma coisa, eu estou falando mal de um aparelho. Em momento algum, falei que você é uma má pessoa, um mau caráter, ou qualquer outro tipo de agressão pessoal. E você me agrediu pessoalmente, e eu não lhe respondi. Lembra-se de quando você me agrediu pessoalmente, e eu não fiz isso com você?. Estou falando de um aparelho que é ruim. E se você ama aparelhos, ou coisas materiais, é melhor rever seus conceitos.
     
    Última edição: 11 Abr 2018
    • 1
  6. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.313 10.123 233

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Nando, não é uma crítica pessoal, meu caro. É só sobre a máquina.
    Não é porque achamos ela ruim ou nada demais, ou apenas um TD caro de entrada, que significa que é humilhante usar.

    A gente também estuda pacas pra fazer essa avaliação e conhecer um pouco do assunto no meu caso, e no caso do Antunes e de outros amigos mais experientes como ele que tem experiência prática com mexer em toca discos, já teve muitos deles, já arrumou muitos deles, experimentou muitos deles, há muitos anos curtindo esse hobby, e é natural que se torne mais exigente.

    Esse hobby é caro se quer ouvir com alta fidelidade e ter mídias bem feitas com agulha de alto desempenho, e tudo mais, entende? Tem máquinas de lavar discos, dispositivos antiestáticos, plásticos especiais e tudo mais.

    Pra ouvir sem pretensão, um som sem chiadeira apenas, sem distorções grosseiras, simples, dá pra usar o AT LP120 e tantos outros sem grilo. Tem muitos nessa faixa de preço e sinceramente eu daria preferência para um Project ou um Rega no valor do AT LP120, se fosse eu, que pelo critério de avaliação técnica, eles saem melhores que o AT.

    Agora se você gostar e resolver buscar a perfeição ou alta fidelidade que é meu caso, pode ter certeza, você vai ver cada detalhe e vai começar a entender que realmente tem vacilos no projeto e vai começar a ficar "enjoado" como nós. E vai buscar entender melhor as diferenças e abrir a cabeça pra aceitar certas coisas e evoluir no hobby.

    Se nada disso te importa, pode usar um AT LP120 feliz e curtir seu som, ou até algum bem mais barato que seja "decente". Só não precisa tentar provar pra quem já conhece bastante de TD e que lê bastante e se preocupa com o que tem no interior, se preocupa com a geometria do braço, com a impedância do cabo, com o isolamento da base e etc, que ela é uma baita máquina, por que isso seria teimosia.

    Tente manter a cabeça aberta para aprender com os caras aqui que sabem muito. A crítica não é pessoal é à empresa que fabrica essas máquinas e tantas outras, procurando como você mesmo disse, manter o preço baixo. Não é humilhação nenhuma isso.

    É como um cara que tem por hobby andar de carro de fórmula 1. Precisa ter grana pra isso e investir muita grana em equipamentos e treino. E não é humilhante pra quem tem um kart e se diverte da mesma maneira com o kart. Mas daí dizer que o kart é tão bom quanto um carro de fórmula 1 é no mínimo inocência.

    Abraço.
     
    Última edição: 11 Abr 2018
    • 2
  7. Christian_

    Christian_ By the way: Which one is Pink?


    Desde 7 Dez 2010
    Rio de Janeiro
    Me parece que você está entrando no mundo dos toca-discos, então vou lhe dizer duas coisas que vão servir pra tudo:
    1. Custo/benefício: "um XYZ 35999 deixa o ABC 120 no chinelo, então fuja do ABC 120." Beleza! Aí tu vai ver os preços, ABC 120 custa U$ 299 e XYZ 35999 custa U$ 3999". Então é óbvio que o XYZ tem obrigação de dar um pau no ABC.
    2. Gosto é que nem braço: uns tem, outros não tem, e outros tem até 2! Eu posso chegar pra ti e falar "tô muito satisfeito com meu ABC e não pretendo trocar", sendo este é um modelo de entrada que satisfaz quem quer ouvir música com qualidade e ponto final. Com certeza vai ter gente falando "tá maluco! Você não quer ouvir música!" Mas você já está ouvindo! E feliz! Então, se teu toca-discos te satisfaz, não ligue para as críticas. Agora, se você quiser subir de nível, ter mais detalhes, e tiver grana pra gastar, aí sim é bom ouvir a galera que tá cascuda de ouvir os mais diversos modelos e sabe apontar as diferenças.
     
    • 3
  8. JeffersonLopes

    JeffersonLopes Usuário


    Desde 3 Set 2007
    São Paulo - SP
    • 3
  9. Christian_

    Christian_ By the way: Which one is Pink?


    Desde 7 Dez 2010
    Rio de Janeiro
    Pra mim, as exceções são toca-discos como Gradiente B-20 (já tive um, e acredito que ele estragou muito disco meu, coisa de jogar no lixo mesmo, fora que a qualidade é péssima), aqueles Sony 3x1 ou qualquer coisa 3x1, esses Crosley (já vi loja não dando garantia porque esses toca-discos danificam os sulcos dos LPs)...

    Se é pra ouvir LP num desses aparelhos, aconselho assinar Spotify. A qualidade vai ser bem melhor e você não vai jogar dinheiro fora.
     
    • 2
  10. FHCA

    FHCA Usuário


    Desde 22 Jul 2017
    Jundiai/SP
    Por favor, comprei uma agulha Ortofon Red nos EUA mas não consegui instalar na minha Audio Technica AT-LP120 pois, mesmo respeitando as cores dos fios, apareceu chiado (semelhante ao chiado da falta do fio terra). Alguem poderia me orientar como resolver esse problema, por favor? As cores dos fios da Audio Technica são exatamente correspondentes as cores da Capsula Ortofob Red?
     
  11. Vagner Meira

    Vagner Meira Usuário


    Desde 22 Out 2016
    São Paulo, SP
    Caro,

    Tenha critério e saiba filtrar avaliações na internet, principalmente vinda de oráculos especialistas em esnobação. Parece que quanto mais se deprecia um produto, mais experiência se mostra. "Ruim com força" deveria ser uma expressão destinada a vinyl killers que já vem de fábrica lixando vinil com 6,0g em cima de uma agulha de cerâmica sem opção de ajuste ou possibilidade de atualizações. (E ainda assim, acredito que existem modos mais elegantes de se pontuar a qualidade desses aparelhos). Dos vinyl killers sim, devemos passar longe e são caros pelo que oferecem.

    Qualquer produto, de qualquer âmbito e de qualquer nível, se pesquisar na internet, encontrará desabafos de decepção ou insatisfação. Não coloco em cheque a veracidade dos relatos de defeitos atribuídos ao modelo, mas existem também, relatos de quem possui o AT-LP120 e não tem problemas. Em se tratanto de antiskating especificamente, já vi vídeos de aparelhos inferiores, ex: Audio Technica LP-60, ou Pioneer PL 990 que nem se quer ajustes possuem, e entretanto, não apresentam "skating".

    O AT-LP120 para a pretensão de ouvir músicas, reitero, considerando o uso e aplicação de OUVIR LP's em casa, é um ótimo toca-discos. Disse ótimo, e não excelente ou excepcional como aparelhos high-end. Para uso profissional, já não sei avaliar.

    Outro ponto: comparar o AT-LP120 com AT-LP1240 é um ótimo exercício para se avaliar o que é custo-benefício.Te convido a assistir esse comparativo:



    Em termos de aúdio, o LP120 deve o que ao LP1240? Na minha opinião, o som do LP120 está até me agradando mais. O LP1240 tem construção melhor? Indiscutíve que sim! Mas avalie se você irá usufruir desse benefício com a mesma proporção com que irá pagar a mais por isso. Lembre-se que além de mais caro, o LP1240 não vem com cápsula e agulha.

    Penso que devemos ter bom senso ao condenar a resitência de uma máquina que passou / sobreviveu a "duelo de DJs".

    Só de ver aqueles caras colocando seus dedos ensebados em cima do vinil já é de se esperar que a vida útil tanto dos discos, quanto da máquina já está condenada.

    Calços internos? Se seu toca discos não vive perambulando por aí de um lado para o outro dentro de uma maleta, sofrendo vibrações mecânicas a todo momento, com agulha tocando vinil engordurado, com prato girando com mãos em cima, entre outros maus tratos, eu acredito você tem em casa, um toca discos para usufruir por longo tempo. Deixe ele numa bancada, cuide bem e conecte boas caixas. Curta sem se preocupar com o que pensam dele.

    Por fim, prefira avaliações isentas de paixões, como esta:
     
    Última edição: 23 Ago 2018
    • 3
  12. Dilbert

    Dilbert Usuário


    Desde 10 Mai 2005
    São Paulo
    Entendi a colocação do Nando, concordo com o bom senso do Vagner, a mensagem que ficou para mim, foi além do toca discos, e é algo crescente aqui no fórum. Muita gente repete o que lê e ouve sem sequer ter experimentado ou ouvido. Termos como " ruim com força ", "mil vezes melhor", etc,etc, (pesquisando esta semana li nuns 40 posts users diferentes postando a mesma frase "MC é um caminho sem volta, que ouve jamais volta atrás", é a nova palavra de ordem! I e isso acaba rotulando bons produtos, produtos com bom custo benefício a finalidade que se destinam enfim, o correto é filtrar e cada vez mais as informações de reviews, de fóruns e isso não é tão difícil pois normalmente são sempre as mesmas figurinhas carimbadas em cada album, que são catalisadores de hordas de sem noção que buscam algum reconhecimento.

    A superlatividade com que se abordam alguns temas beira o ridículo e o desequilíbrio. E se você entra nesta vibe está sujeito a ser vitimado por ingenuidade ou desconhecimento. Não é fácil navegar num ambiente onde o subjetivismo ganha mais força que a razão em algumas disputas.
     
    Última edição: 29 Ago 2018
    • 5
  13. celso silva

    celso silva Usuário

    257 162 48

    Desde 25 Jul 2009
    BH/MG/BRASIL
    Eu não gosto de opinar em questões que não participo mas concordo com Dilbert sobre compreender as opiniões dos colegas citados. Vejo que seria a mesma ingenuidade sobre TODOS os tópicos, sejam eles caixas, receivers, amplificadores, enfim. Vi algo semelhante com os benditos cabos de caixa e caixas JBL Onde muitos criticam quando alguém os defende. O que quero dizer é que o Fórum tem aqueles que se satisfazem com um básico enquanto outros procuram ser virtuoses. Mas todos tem suas razões pois alguns não se atentam tanto a detalhes enquanto uma maioria prima pela evolução, portanto, esse hobby não é barato e muitos não pagariam fortunas por esse ou aquele melhor pros seus ouvidos. Acho que hoje o bolso fala muito alto e muitos novatos não entendem bem o que os anciãos dizem pois suas opiniões estão calçadas, enquanto os novatos se satis fazem com o que conquistaram. Mas só de entrar para o Fórum já é uma grande iniciativa. Eu aprendo muito aqui mas não posso ir além do que meu bolso alcança e por isso mesmo, me contento com o que tenho, gosto e ouço. É o melhor que tenho a fazer. Espero que minha explicação não ofenda a ninguém pois não é de forma alguma minha pretensão. Quero apenas dizer que muitos não sabem quão infindável e variável é o mundo dos equipamentos e seus complementos. Obrigado
     
    • 1
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso