Anúncio do HT Forum

Audio-Technica W5000: esse "incompreendido..."

Discussão em 'Fones de Ouvido e Acessórios' iniciada por L.Fernando, 12 Mar 2018.

  1. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Saudações a todos ! Conheço o HTForum faz tempo...mas só agora creio ter algo útil a contribuir...assim me cadastrei e este é meu primeiro post. Quero falar um pouco sobre minhas experiências com o Audio-Technica W5000.

    Antes uma breve introdução/histórico: Gosto de fones há muito tempo, e já tive uma infinidade deles...hoje mantenho o AT-W5000 (meu "flagship" para classica/jazz/instrumental/vozes femininas/opera/rock/pop...rs), um AT-A900X (rock/pop), um AKG K601 "made in Aústria" (palco incrível, mas precisa de mA pra brilhar...), um AT-ESW9 (portátil e bom no geral), um ATH-ANC7b (por conta do ANC muito bom...), um Parrot Zik 1.0 ( quando quero ou preciso de bluetooth e/ou ANC, em filmes por exemplo), um Philips HP1000 (meu primeiro fone "bom", saudosismo...) e um Philips Fidelio L1 (o fone mais velado de todos os tempo, para gravações ruins em geral é ótimo...lol). Tive Sennheiser HD600 e HD650(mas nunca consegui chegar a um "acordo" em relação aos agudos deles...), Denon D2000 (excelente fone, graves ótimos, em filmes ficava uma maravilha !), um Beyer DT770 32Ohms por um breve tempo (um pouco v-shape demais...) dentre outros que nem me lembro agora... Pude ouvir muitos outros, nem sempre em situações ideais... e in-ears infelizmente me incomodam, não consigo usar...

    Voltando ao objeto deste post...o W5000...

    Talvez o que vou falar já tenha sido discutido em algum post sobre este ou algum outro fone (não encontrei...), mas acho que este aqui é um caso especial.

    O ponto crítico do tema, que me levou a escrever, se resume a como esse fone "é" e como ele "precisa ser..."! Explico: pegue um W5000 completamente novo da embalagem, plugue e ouça...o que acontece ? Um certo desapontamento eu diria, a "mágica" simplesmente não acontece por completo...como assim? É isso mesmo ! Esse fone tem um "segredo", uma condição necessária para desempenhar seu potencial. Essa condição é a adaptação do mesmo a cabeça do ouvinte ! Nooossa, que manjado, é claro que todo fone precisa estar bem ajustado posicionalmente para tocar melhor...alguém diria..., mas o caso aqui é fora do normal... Do jeito que ele sai da caixa, o som parece magro, com graves agradáveis e precisos mas sem o peso necessário para um fone que se pretende "flagship", seja sob qual conceito teórico for....e, mais, com uma tendência exagerada de projeção dos médios por volta de 1K...o que também não é coerente com um fone "flagship"...

    Mas será isso mesmo...? Graças aos deuses não...rs !!! Então, o que ocorre ? Pegue esse W5000 que voce tirou agorinha da sua luxuosa embalagem e, com ele instalado na sua cabeça e a musica rolando, pressione com seus indicadores bem lentamente e progressivamente na metade superior das conchas ou no encaixe da headband...e note a mudança inacreditável no equilíbrio tonal que ocorre ! Os graves ganham corpo e extensão, mantendo a precisão e recorte, e os médios "vão pro lugar" de forma incrível, mas mantendo ainda a característica marcante e decisiva desse fone que é sim uma projeção "linda" dos médios, mas sem o exagero que ocorria antes ! Em outros termos, voce aumentou a pressão/vedação das almofadas do fone na sua cabeça, e ainda aproximou alguns milímetros os falantes da sua orelha (dependendo do formatos delas...) !!! Faça o teste: pegue o fone que voce mais gosta e, durante a audição, alivie gentilmente e progressivamente a pressão do fone na sua cabeça, como que querendo "descolar" levemente as almofadas...(mas não precisa descolar abrindo espaço não...). Creio que, em maior ou menor grau, o grave vai começar a "emagrecer" e os médios podem começar a "sobrar"...pois é isso que ocorre com o W5000 antes do "mod"...(sob o raciocínio inverso, é claro....)

    Deve-se salientar que, na sua condição original, o W5000 não faz quase NENHUMA pressão na cabeça, parece solto e flutuante mesmo, para o conforto até que é bom (meio estranho, eu diria...), mas as custas do som (na minha opinião, é claro...) e olha que tenho um baita cabeção...!

    Eu "modei" o meu fone na mesma semana em que o comprei...foi um risco e fiz com o c...oração na mão....mas não dava para ficar ouvindo com os indicadores nas conchas esperando o dia em que brotasse a coragem...rs, e a sonoridade desse fone é tão maravilhosa que valia a pena arriscar... Ficou "corrigido" e funciona como deve ser, maravilhoso, simples assim.

    Pausa para pequeno review "apaixonado" sobre ele:

    Esse fone é o equipamento de áudio que mais emoção me causa/causou até hoje! E emoção é um aspecto fundamental que busco na música, desde muito tempo... e digo emoção mesmo, de arrepiar a espinha e até verter lágrimas...é forte. Só essa característica já define a experiência como máxima para mim...independente de qualquer outra análise sônica técnica do fone. E sim, é óbvio que devem existir configurações de áudio (fones/caixas/amplis) que também poderiam/poderão gerar essa experiência emocional em mim, mas quando, onde e a que custo ? Minha esposa quase teve uma crise de descontrole emocional (choro) quando coloquei o fone nela e, sem dizer nada, pedi que selecionasse algumas de suas musicas preferidas (que ela já conhece bem como soam em outros fones, em várias caixas, etc...). Ela é muito passional, mas essa experiência, nessa intensidade, foi inédita...então não deve ser loucura minha não...rs ! Os médios são orgânicos, líquidos...os timbres são muuuuito reais...e como um fone fechado pode ter tanta espacialidade...não sei !

    Seguindo com o tema:

    Bom, arrisco uma generalização teórica, sujeita a críticas obviamente: se voce fizer uma experiência de "pressionamento", em vários pontos diferentes das conchas e headband, de um fone qualquer e o som não mudar ou piorar, deve significar que está "tudo certo" e não tem nada para fazer - tal fone toca o que tem que tocar do jeito que está... agora, se o som melhorar (para voce...), então esse fone pode/deve ser modificado, independentemente da "qualidade" ou objetivo do projeto original e de qualquer outra teorização - é quase uma questão filosófica: não importa porque melhorou, importa que, se melhorou, voce deve insistir nessa melhora ! E eu suponho que essa melhora de um fone específico, se existir, se deve principalmente a falta de vedação/pressão numa dada direção vetorial mas, também, pode influir o fato dos falantes "funcionarem" melhor mais próximos do ouvido (já que cada cabeça e orelha podem ser bastante diferentes...) ! No caso do W5000 e a minha cabeça... creio ser uma combinação, mas mais preponderante deva ser a vedação/pressão mesmo...o "problema" é que essa melhora não se repetiu em nenhum outro fone que testei...(pelo menos nos que eu possuo atualmente...). Alguns realmente mudam o som, mas não para melhor decisivamente...só mudam...e geralmente o grave se intensifica mas fica "borrado", desequilibrado...

    E, talvez, existam fones que possam melhorar invertendo-se a ação acima, mas eu nunca vi também...só os HD600/650 que tive que aliviar a pressão por que me espremiam a cabeça mesmo (cabeção...)...e não pelo som...

    Os motivos técnicos exatos pelos quais o W5000 sai de "fábrica" assim prefiro não opinar, não seria justo com o projetista que não está aqui para se defender...lol. O que me importa é o resultado final incrível após esse pequeno "mod"... Em tese, outros fones também podem se beneficiar desse ajuste, com já disse, mas no caso do W5000 é algo muito intenso...é uma obrigação fazê-lo mesmo de forma definitiva...

    Com relação a como eu procedi, posso detalhar se alguém quiser...é só perguntar (e o fará por sua conta e risco, obviamente...rs) !

    Por fim, o título deste post se relaciona diretamente com reviews e gráficos de resposta de freqüência "bizarros" que se encontram pela NET: creio que se "esqueceram" de pressionar as conchas quando colocaram no dummy para medir...ou o humano avaliador não atentou a isso quando colocou o fone na sua cabeça real...lol. Já vi foto de um W5000 na NET, supostamente sendo testado num dummy, onde claramente se percebe que a almofada estava "descolando" na sua parte superior em relação à "cabecinha" do dummy...LOL

    Fico a disposição para elaborar um review mais tradicional sobre o desempenho do W5000 "mod", se alguém quiser, ou para discutir qualquer aspecto ou outro fone que eu tenha mencionado (e, ainda, nem falei dos amplis, fontes, DACs...lol).

    Obrigado pela paciência,

    Abraços,

    Luiz Fernando
     
    • 2
  2. [Le0]

    [Le0] Usuário


    Desde 7 Set 2005
    Campinas / SP
    Obrigado por seu relato. Nunca tive a oportunidade de ouvir este fone, mas a experiência que você relatou é muito legal! Um abraço.
     
  3. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Opa, legal ! A disposição para qualquer dúvida/conversa ou crítica !
     
    Última edição: 16 Mar 2018
    • 1
  4. kilglas

    kilglas watching U


    Desde 3 Jan 2008
    são paulo
    Nunca tive a oportunidade de ouvir um fone que realmente me trouxesse emoções à tona. Eu sempre procurei fones cujas características tímbricas viessem ao encontro do meu gosto musical, mas nunca tive certeza de que de fato estava plenamente realizado com aquilo que estava ouvindo. O mais próximo de satisfação que cheguei foi com o audio technica ad900x. Esse relato do L Fernando me deixou muito curioso para saber como um par de headphones pode provocar tamanha emoção ao ouvinte. ;)
     
  5. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Opa, quando eu peguei esse fone, fui na casa do colega que estava vendendo e fiz um teste com algumas músicas que conheço bem. O fone era praticamente novo (ainda não estava nem amaciado...), não estava, obviamente, com "mod" (lembro que "segurei" apenas o fone na minha cabeça para não cair...), e a fonte eram arquivos flac oriundos de um notebook (a partir do meu pendrive...) junto com um DAC "simples" com saída de fone (nada excepcional...).

    Mas nunca esqueço quando ouvi "che gelida manina(Pavarotti)" "brothers in arms(Ver. XRCD Japan)" e "who wants to live forever(Original)", me emocionei de forma surpreendente nas 3...(mas bem acima da "emoção" normal/estética que essas musicas já me trazem...). Digo emoção tipo arrepio na espinha subindo pela cabeça e tal...que não sinto com essas musicas DESSE JEITO em outros fones ou caixas...! Tirei o fone, disse que ficava com o mesmo (momento de epifania...), mudei de assunto para disfarçar a emoção e saí logo de lá...(para o colega não desistir da venda...rsrsrs)

    O "lance" desse fone é como ele apresenta a região média, por isso emociona ! Ele "tira proveito" deliberadamente da faixa de frequência onde nosso ouvido é mais sensível (vozes e correlatos), mas com correção tímbrica e textura impecáveis, muito corpo hamônico e com zero de "agressividade", fica muito REAL e isso faz o "apelo" emocional, eu acho...
     
  6. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Só corrigindo...não é "muito corpo harmônico" é "muito bom corpo harmônico" (que fazem, no fone, que os instrumentos e pessoas/vozes guardem proporcionalidade dimensional entre si...). Para definir melhor "audiofilisticamente", poderia citar também a "organicidade" e a "transparecia" excelentes, que também fazem os instrumentos, vozes etc parecerem reais, sensação de presença física...e isso implica, no meu ser, em emoção !
     
    • 1
  7. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    E só para fechar brevemente o "mini" review : o que mais destaco no fone seria a correção tímbrica mesmo. Quanto aos graves, diria que são muito bem articulados, bastante corretos e profundos o suficiente para mim, de forma alguma soam retumbantes, mas tem uma leve tendência a serem um pouco mais "animados ou presentes" do que um rígido audiofilo "tradicional" tecnicamente gostaria (principalmente depois do mod...)...mas eu acho ótimo, pois o fone fica mais divertido, mais musical (para o meu gosto...) e até deve contribuir para o lado emocional que falo tanto. E nos agudos destacaria a suavidade e a extensão muito boa, não me cansam de forma alguma...e contribuem para a musicalidade e espacialidade surpreendente deste fone.
     
  8. masabueno

    masabueno masabueno

    @L.Fernando@L.Fernando

    Fale mais do mod e, se possível, mande fotos! Curioso...
     
  9. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Bom, existem duas formas básicas de proceder, não necessariamente excludentes:

    1 - Simplesmente pegar o fone com as duas mãos, munir-se de uma coragem digna de semi-deuses do Olímpo e torcer o fone, fazendo com que as conchas cheguem a inverter sua direcionalidade...durante essa torção também seria bom forçar as conchas para torná-las mais "paralelas" entre si...teriam coragem ? Mesmo que sim, POR FAVOR NÃO FAÇAM ISSO !!!! Tem vídeo na internet de um "entendido" fazendo isso...mas não tenho coragem nem de indicar o link... procurem por sua conta e risco...rs

    2 - Ou fazer como fiz...munir-se de enorme paciência, alguma coragem (de preferência possuir alguma habilidade manual - eu gosto de montar/desmontar/ajustar automodelos de RC já há um bom tempo (outro hobby)...ajuda...) e, então, simplesmente desmontar toda a estrutura do fone, a fim de liberar os dois "arcos" que compõem a headband...Com eles em mãos (e uma certa dose de coragem de novo...) convergi-los no sentido da sua concavidade, com movimentos firmes e contínuos, por repetição mecânica e deixá-los por 2 dias sob pressão, amarrados - foi como fiz...). Lembrando que são de liga de magnésio...

    No meu caso, eu "manipulei" até reduzi a distancia original das pontas inferiores dos arcos (quando fora do fone...) em aproximadamente uns 5 a 5,5cm...e me pareceu suficiente para aumentar a pressão necessária das almofadas...note que também foi preciso "direcionar" o procedimento manual de convergência dos arcos para que, quando do fone montado, manter a pressão das conchas/almofadas em condição de equilíbrio nas suas partes superior e inferior em relação à minha cabeça... (eu tive que desmontar uma segunda vez por isso...aff) Essa parte do posicionamento devo confessar que é tarefa meio artesanal/instintiva mesmo e bem difícil e chata de fazer...quase tentativa e erro...pois não existe um parâmetro/gabarito a seguir...e o medo de quebrar o metal...?!

    Entretanto, já aviso que os parafusos que sustentam os arcos são muuuito difíceis de desapertar...quase quebrei um...cuidado ! No meu fone, depois de remontado, eu resolvi colocar 4 "enforca-gatos" (2 de cada lado) nos suportes da headband, meio que por excesso de precaução contra algum "problema" ou acidente, já que os arcos passam a exercer maior pressão (mesmo que não seja muita...) em seus parafusos de sustentação... apesar de que o W5000 (cuja estrutura é toda em liga de magnésio), é bizarramente bem construído (e leve...)

    Infelizmente não tenho fotos do "antes..." mas posso tirar algumas dele como está, talvez dê para comparar com alguém que tenha um W5000 em suas mão...se fosse outro tipo de item, eu até desmontava e fotografava um passo-a-passo, mas com esse fone não vai rolar não...rs

    abs
     
  10. [Le0]

    [Le0] Usuário


    Desde 7 Set 2005
    Campinas / SP
    Coloque as fotos! :)
     
  11. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Opa, atendendo a pedidos...
    Não sou muito bom fotógrafo...no final tem uma foto dele com alguns "amigos"...
    Notem como ele parece ser um pouco mais "narrow" que um stock...e os "enforca-cats" de excesso de segurança...rs
    IMG_0908.JPG IMG_0909.JPG IMG_0913.JPG IMG_0914.JPG IMG_0915.JPG IMG_0916.JPG IMG_0917.JPG IMG_0918.JPG IMG_0919.JPG IMG_0920.JPG IMG_0922.JPG
     
  12. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Faltou uma foto pelo ângulo "frontal"...notem como as almofadas são bem mais "finas" na frente do que na traseira...isso e o fato dos falantes serem instalados bastante inclinados "na direção do nariz" do ouvinte deve contribuir para a formação do "palco de fone" dele... IMG_0925.JPG
    abs
     
    • 1
  13. [Le0]

    [Le0] Usuário


    Desde 7 Set 2005
    Campinas / SP
    Obrigado pelas fotos! :)

    Que fone bonito, cara! Tomara que um dia eu consiga testar algum pra entender melhor seu relato. Mas reforço o que mais gostei no seu "review": esse é o fone que, com o mod que você fez, te traz a emoção da música. Isso é o que vale!

    Grande abraço
     
    • 1
  14. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Legal ! Então , a emoção na música é mesmo essencial para mim, e cada vez mais...! Por isso gosto tanto desse fone ! E ele já transmitia isso mesmo antes do "mod" (conforme eu relatei no terceiro post), quando ouvi pela primeira vez ! É característica dele mesmo, e quero crer que ele (e toda a linha WX000...) foi planejada assim...arrancar emoções até do espírito mais duro...

    E, para completar, vale lembrar que toda a experiência com esse fone é intensa: abrir o case "de luxo", o toque da madeira que é sempre delicioso e a maciez e até o cheiro "eterno" do couro das almofadas completam sensorialmente cada audição...!

    abs
     
    • 1
  15. FlavioWolff

    FlavioWolff Usuário


    Desde 2 Jul 2008
    BH/MG/Brasil
    L.Fernando, parabéns pelo review e pelo equipamento! Coisa linda de se ver, e ler.

    Apenas gostaria de compartilhar um pensamento que tenho quanto a essa questão filosófica de procurar o que for melhor pra você, e não se atentar tanto ao que os engenheiros/produtores intencionaram (raciocínio que vale também para permitir equalizações, DSPs e etc): eu concordo com essa posição, desde que o ouvinte seja educado e treinado com som. Caso contrário, estará sempre viciado em suas convicções. É graças a esses parâmetros externos, mais "objetivos", que nos forçamos a nos educar e conhecer mais sobre o áudio de qualidade. Como disse, uma vez que o camarada esteja no hobby há certo tempo, terá maturidade o suficiente para buscar o que lhe agrada mais, danem-se os projetos originais e intenções.

    O mesmo vale para quase tudo que exige refinamento de percepção e treinamento, inclusive culinária, vinhos, cervejas, etc. No começo, busque a fidelidade e as coisas ditadas como corretas, valendo-se de humildade para conhecer as técnicas e recomendações tradicionais, para, depois de compreendê-las, usar/consumir do seu gosto!

    É o que penso, não sabendo se fui claro, hehe. É que sempre vejo pessoas defendendo DSPs e tone controls sob o argumento de que "o que importa não é o que o engenheiro quer, mas o que você quer" e penso "se eu sempre tivesse pensado assim, não saberia nada sobre áudio de qualidade".

    Abraços!
     
    • 2
  16. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Flavio, ótimo seu texto, e digo que concordo e também penso muito parecido! Devemos conhecer e reconhecer sim o que foi planejado/estudado/estabelecido e executado por indivíduos experientes e talentosos em suas áreas com maestria e propriedade de conhecimento (vale para tudo, seja na arte seja na técnica). Então, vamos aproveitando isso até extrair a suas essências racional e emocional, depois dissecá-las, exauri-las, para, a partir daí, experimentar ! Assim o conhecimento realmente se expande...e a experimentação direta, feita com as máximas possíveis “cautelas” para não gerar as “ilusões” de percepção, é um ótimo caminho para isso !

    Exemplo simplesinho é como eu uso meu AKG K601: o grave que ele produz é CORRETO, mas, se eu achar que acrescentar alguns dbs em 100Hz, em determinada música, soa mais “divertido”, eu vou fazê-lo sim ! Não por que ficou mais fiel, inteligível ou corrigiu algo que os engenheiros (o do fone e/ou o da música...lol) supostamente “erraram”, mas simplesmente por que me causou mais emoção /diversão NAQUELE momento ! É uma ação consciente de percepção da realidade!

    Já com o W5000 eu ousaria dizer que o projeto original não atinge em cheio o tamanho da cabeça “média” dos seres humanos... (só posso crer nisso...) e queria muito poder ouvir, humildemente, a posição (ou visão...) do projetista !


    abs
     
    • 1
  17. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Ah...eu também tenho um ESW9 (vi agora no seu cadastro...) e gosto bastante dele (levo em viagens...) tem um som bem "fun" pro meu gosto... ! Mas me "machuca" um pouco as orelhas, não consigo usá-lo por tempo prolongado...e com voce ?
     
    • 1
  18. FlavioWolff

    FlavioWolff Usuário


    Desde 2 Jul 2008
    BH/MG/Brasil
    Oi, Fernando! Obrigado pela resposta. É isso, mesmo!

    Quanto ao ESW9, eu já o vendi, em uma época em que decidi simplificar meu setup para o essencial (vulgo desviciar). mas compartilho da sua opinião: fone com som bem quente e coringa, mas um pouco dolorido pra uso prolongado. Mas que fone bonito... usar no escritório ou em público é pedir elogios.
     
  19. L.Fernando

    L.Fernando Funcionando dentro das especificações...


    Desde 12 Mar 2018
    São Paulo - SP
    Legal ! O ESW9 eu "emprestei" por prazo indefinido para a minha esposa...ela parece não se incomodar nada...! E, claro, acha lindo usá-lo e adora o som...!
     
  20. shimacm

    shimacm Usuário


    Desde 17 Jul 2017
    São João del-Rei - MG
    Oi L. Fernando, boa noite!

    Primeiramente, gostaria de parabenizá-lo pelo excelente post.

    Bem, eu tenho um AT A900x e tenho interesse em adquirir um HD600 ou HD650.

    Observei que você possui o A900x e já possuiu o HD600 e o HD650.

    Então, será que vale a pena a troca do A900X pelo HD600 ou HD650?

    Gosto muito de música clássica, rock e vocal.

    Estou satisfeito com A900x, mas ouço tantos comentários do HD600/HD650 que estou bastante inclinado em adquirir um dos dois.

    Sua opinião me seria muito útil.

    Obrigado.
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso