Anúncio do HT Forum

Basquete em HD - Imagens, Vídeos, Notícias e Comparações

Discussão em 'Programação HDTV' iniciada por Santastico, 8 Abr 2014.

  1. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    [h=1][/h]
    [h=1]Interessada no mercado brasileiro, NBA está perto de parceria com o NBB 24/09/2014 [/h]


    No começo de outubro a NBA desembarca no Brasil para a segunda edição do Global Games que reunirá Cleveland Cavs e Miami Heat na HSBC Arena (Rio de Janeiro) no dia 11. Mas o contato da principal liga do planeta com o basquete brasileiro não terminará aí.


    A NBA e a Liga Nacional de Basquete (LNB) estão prestes a assinar um acordo que fará da liga norte-americana a principal parceira do NBB, o maior campeonato da modalidade no país. O contrato, inicialmente de três anos e com valores mantidos em sigilo, está sendo finalizado pelas duas áreas jurídicas e, caso não exista nenhuma divergência contratual, deve ser anunciado na primeira semana de outubro pelas duas entidades utilizando o jogo entre Cavs e Heat como ponto de partida da parceria. O aporte da NBA no NBB será inicialmente utilizado para o custeio de toda a estrutura da Liga (viagens, parte técnica, árbitros etc.). As reuniões começaram há cerca de seis meses. O modelo de negócio que será adotado prevê um intercâmbio entre as áreas técnicas, de marketing e de eventos das duas ligas, mas principalmente uma maior exposição do produto NBB em território brasileiro e sua consequente expansão para toda a América Latina.


    Recentemente a Liga Nacional anunciou a sua tabela para a temporada 2014/2015 e colocou duas transmissões por semana (quartas e quintas-feiras) de partidas do campeonato, em uma estratégia bem parecida com a adotada com imenso sucesso pela NBA com o League Pass, canal pela Web que exibe os jogos das franquias. O Brasil, inclusive, é o quinto país do mundo com maior número de assinantes do serviço pago de transmissão dos jogos pela internet da NBA.

    Indo para a sua sétima temporada, o NBB assinou, na ata de sua fundação em 2008, um contrato de dez anos com a TV Globo, que tornou-se não só a responsável pelas transmissões das partidas no Sportv mas também a principal parceira comercial da Liga Nacional. Com a entrada da NBA, ainda não se sabe ao certo o que acontecerá com a emissora (se passará apenas para a função de “exibidora” das partidas, por exemplo, ou outra coisa).


    Trata-se, sem dúvida, de um gol de placa para o basquete brasileiro pois a NBA, a maior liga de basquete do planeta, acaba por chancelar o ótimo trabalho de reconstrução feito pela Liga Nacional de Basquete desde 2008 e demonstra que está realmente interessada em investir pesado no mercado brasileiro (vide a recente abertura do escritório no Rio de Janeiro e a ida do Flamengo para uma série de três amistosos de pré-temporada na NBA).


    Além de trazer alívio financeiro para a LNB (o NBB não tem um patrocinador forte há duas temporadas), é esperada que essa associação traga para o NBB um ganho significativo naquilo que os norte-americanos fazem muito bem, ou seja, na transformação de um singelo jogo de basquete em um grande espetáculo que gera receita para os clubes e satisfação para os torcedores/clientes/consumidores. A Liga Nacional confirmou que as duas partes estão realmente conversando, mas prefere não se pronunciar até que a parceria seja efetivamente concretizada. A NBA, por sua vez, preferiu não falar a respeito do tema.



    http://balanacesta.blogosfera.uol.c...sileiro-nba-esta-perto-de-parceria-com-o-nbb/
     
  2. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    [h=1]O salto da NBA no Brasil[/h] Data: 1.Set.2014





    Há dois anos no País, escritório da Liga já licenciou 1,5 mil itens, dobrou o número de jogos na TV fechada e acaba de fechar os primeiros patrocínios com marcas nacionais



    O basquete pode não ser mais o esporte número dois do País, mas a paixão do brasileiro pela bola laranja está em alta com a retomada do campeonato nacional com a criação de ligas independentes e os melhores resultados da seleção masculina, que retornou aos Jogos Olímpicos em Londres 2012, após ausência em três edições. O ânimo renovado dos fãs aliado à escolha do Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016 pavimentou o caminho para a chegada oficial da maior liga de basquete do mundo ao Brasil.

    A NBA inaugurou seu escritório no Rio de Janeiro em 2012 e desde então mais que dobrou o volume de negócios. A liga assinou em agosto os primeiros contratos com marcas brasileiras. O NBA Global Games Rio 2014 terá patrocínio de Oi (cota máster), TAM Linhas Aéreas e TAM Viagens. "Demos um passo importante com o início do relacionamento com empresas brasileiras. Os contratos são para este ano, mas dado o histórico, esperamos que sejam de longo prazo" aponta Arnon de Mello, diretor da NBA no Brasil.

    A parceria com a companhia aérea e a agência de viagens deve resultar em ações promocionais para inserir a NBA no roteiro de viagens do turista brasileiro que frequenta Orlando e Miami - destino recorrente e que conta com voos diretos. "A NBA se considera mais uma empresa de mídia e conteúdo do que uma liga esportiva. A parceira não contempla isso, mas podemos, no futuro, dar acesso a vídeos e informações" projeta.
    O NBA Global Games Rio 2014, que inclui o jogo de pré-temporada entre Cleveland Cavaliers e Miami Heat, dia 11 de outubro, na HSBC Arena, no Rio, tem ainda o patrocínio de Adidas, Crocantíssimo (Bimbo), Sprite, Gatorade - todas parceiras globais da liga - e da Netshoes (responsável pelo e-commerce da NBA no Brasil e no México). Em sua segunda edição no Brasil, o evento terá casa cheia. Todos os ingressos foram vendidos em questão de horas.
    O jogo terá transmissão de ESPN e SporTV, e cobertura jornalística da Globo. Como a partida pode marcar a reestreia de LeBron James pelos Cavs, do brasileiro Anderson Varejão, a ESPN norte-americana tem planos de exibir a partida para os Estados Unidos. "O que queremos é trazer o basquete e a NBA de volta para a agenda do jornalismo esportivo. É o suficiente neste momento. Houve um aumento enorme de audiência em função do jogo no Rio em 2013" destaca Mello.
    O número de partidas exibidas na TV fechada brasileira por semana passou de três para sete em dois anos. As transmissões são feitas pelos canais ESPN, Space e Sport +. O site da NBA Brasil também transmite um jogo por semana, aos domingos. A peleja é escolhida pelos próprios visitantes do site ao longo da semana. Já o site americano oferece o serviço de assinatura NBA League Pass, com partidas da temporada regular. A liga não divulga o número de brasileiros que assinam o produto.

    O Brasil responde por 50% das vendas da NBA na América do Sul, principalmente em função da loja virtual. A próxima meta é ampliar a presença em lojas físicas. O diretor de licenciamento Sérgio Perrella já fechou contratos com marcas como Adidas, Skullcandy, JBL, Panini, Spalding, New Era e Mitchell & Ness. "Mais do que uma fonte de receita, é uma oportunidade de expandir a marca" diz Mello. A liga possui 1,5 mil itens licenciados vendidos em dois mil pontos de venda.
    O escritório brasileiro está entre os três principais da NBA no mundo, mas ainda distante dos números de China e União Européia. No país ocidental, por exemplo, a operação iniciada nos anos 1990 possui 150 funcionários e está avaliada em US$ 1 bilhão. O Brasil possui seis funcionários fixos e sempre tem de dois a três profissionais dos Estados Unidos auxiliando na preparação dos eventos. Para ter uma ideia, cada um dos times que jogarão o Rio Global Games 2014 trará de 150 a 200 convidados.
    Além do Global Games, a NBA Brasil realiza no País desde 2012 o NBA3X, modalidade de basquete disputada por três jogadores em cada time. Neste ano serão quatro edições. O programa inclui disputas de torneios 3x3 em várias categorias no masculino e no feminino, competições promovidas por patrocinadores, além de clínicas NBA Cares e o Kids Zone, espaço interativo de entretenimento.

    "Não é chegar e começar a receber. É preciso investir. Por isso a demora para a abertura do escritório aqui. É um projeto de longo prazo que vai se materializando aos poucos. Pretendemos fazer mais um jogo em 2015 e aumentar a plataforma 3X com mais etapas" adianta Mello. Aproveitando que o basquete é o principal esporte coletivo das Olimpíadas e que grande parte dos jogadores das seleções joga na NBA, em 2016 a liga terá a NBA Home, espaço de ativação e de relacionamento entre jogadores, patrocinadores e imprensa.


    [h=1]http://hsbcarena.com.br/canal/?noticias/15124/o+salto+da+nba+no+brasil/#.VCVsn1c090M[/h]

    - - - Atualizado - - -



    O Sportv vai transmitir Flamengo e Maccabi pelo título da Copa Intercontinental de Clubes

    http://www.torcidaflamengo.com.br/news.asp?nID=26486
     
  3. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    Copa Intercontinental de Basquete

    Flamengo x Maccabi Tel Aviv - 26/09/2014

    Sportv2


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  4. Eduardo.Rio

    Eduardo.Rio Encurtando tudo.

    Flamengo perdeu :(
    Bap não curtiu isso
     
  5. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    Copa Intercontinental de Basquete

    Flamengo x Maccabi Tel Aviv - 28/09/2014

    Sportv


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  6. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    [h=1]ESPN prepara cobertura in loco do NBA Global Games Rio[/h]

    2 de outubro de 2014


    A ESPN exibe no dia 11 de outubro, às 18h, na HSBC Arena, Rio de Janeio, o jogo da pré-temporada da NBA entre Cleveland Cavaliers x Miami Heat.

    Para a transmissão do NBA Global Games Rio 2014, a ESPN terá uma cabine de transmissão exclusiva e irá fazer a cobertura in loco do evento. Com o objetivo de preparar a audiência para a partida, entre os dias 6 e 10 de outubro, a emissora irá exibir edições especiais diárias do programa “The Book is on the Table”.

    http://www.esporteemidia.com/2014/10/espn-prepara-cobertura-in-loco-do-nba.html#sthash.IPITSyIt.dpuf
     
  7. Santastico

    Santastico Usuário

    11.654 11.042 761

    Desde 19 Jan 2012
    Minas Gerais
    ESPN and TNT retained the rights to show NBA games for the next nine years in a new deal announced Monday.

    The deal takes effect starting with the 2016-17 season and increases ESPN's television, digital, highlights, data, audio and international NBA rights. Games will continue to air on ESPN and TNT through the 2024-25 season. The announcement was made by NBA commissioner Adam Silver and ESPN president John Skipper.

    ABC will remain the exclusive network for the NBA Finals and both ESPN and ABC will combine for up to 44 postseason games, including the conference finals. ESPN will continue to air the draft, draft combine and draft lottery.

    The New York Times reports the deal's value at more than $2.5 billion per year. ESPN's current relationship covering NBA games on television began in 2002, when the network won the rights from NBC. TNT has been covering the NBA since 1988.

    "The NBA has never been more popular and it continues to grow under Adam's leadership," Skipper said Monday in a statement. "By acquiring significantly more NBA content for both existing and yet-to-be created platforms, we will establish a vibrant, year-round NBA presence for fans. For ESPN, this agreement continues our fruitful, longstanding relationship with the NBA and bolsters what is already the sports industry's most impressive and impactful collection of media rights."

    Highlights of the enhanced rights in the deal:
    • An established framework for ESPN and the league to negotiate the launch of a new over-the-top offering in which the league would receive equity interest. Details will be announced at a future time;
    • 10 additional regular-season games for ESPN or ABC, bringing the regular-season total to 100;
    • 10 more exclusive regular-season windows;
    • Increased team appearances to showcase the most popular teams and most compelling matchups more times throughout the season;
    • As part of the new agreement, ESPN will substantially increase its NBA-focused programming with 750 new hours of NBA content on linear and digital platforms for a significant year-round presence for the league on ESPN;
    • ESPN International, in Latin America, the Caribbean, Australia and New Zealand, will carry significantly more exclusive regular-season and playoff games on ESPN platforms, including expanded weekend windows during the regular season, increased first- and second-round playoff coverage, and the NBA conference finals and NBA Finals (including exclusivity in Australia and New Zealand.

    Also, ESPN announced a multiyear extension for WNBA rights through 2025, which will include increased in-progress highlights on linear and digital platforms.


    http://espn.go.com/nba/story/_/id/11652297/nba-extends-television-deals-espn-tnt
     
  8. Santastico

    Santastico Usuário

    11.654 11.042 761

    Desde 19 Jan 2012
    Minas Gerais
    É o que garante a notícia divulgada pela Extratime, site especializado em esportes americanos no Brasil. O contrato vigente a partir da temporada 2016/2017 (até 2024/2025) vai ampliar a exibição da NBA na ESPN Brasil. Os jogos de quarta e sexta-feira continuam, mas a novidade serão os jogos de domingo "NBA Sunday Showcase", que a ESPN Brasil poderá finalmente exibir ao vivo.

    Nas finais, a ESPN Brasil continuará tendo exclusividade na decisão de uma das conferências. A novidade é que a ESPN Brasil ganhou o direito de transmitir ao vivo mais partidas das duas primeiras fases da pós-temporada. A ESPN (Disney) e a TNT (Turner) vão desembolsar 2 bilhões e 500 milhões de dólares por ano.

    http://www.midiaesportiva.net/2014/10/novo-contrato-da-espn-com-nba-ate-2025.html



    Extratime:
    NBA anunciou novo acordo com a ESPN nos EUA, e isso pode ser bom para você no Brasil
     
  9. higor_

    higor_ Usuário


    Desde 27 Jan 2014
    MG
    que beleza !!!!
    o problema é se a ESPN vai transmitir esses jogos de domingo, porque para a emissora domingo é dia de NFL e pronto, mas depois que acabar a temporada ainda teremos meses de temporada regular da NBA .


    que maravilha!!!
    é muita grana hein , espero que o Space aumente o seu número de transmissões , porque na minha opinião o canal ainda deixa a desejar nesse sentido ,tanto na temporada regular quanto nas primeiras fases da pós-temporada .


    com certeza !!!
    qualquer emissora de fundo de quintal é melhor que o fox sports !!!!
     
  10. Santastico

    Santastico Usuário

    11.654 11.042 761

    Desde 19 Jan 2012
    Minas Gerais
    NBA Global Games - Pré temporada
    Phoenix Suns x Flamengo - 08/10


    ESPN

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Sportv2

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    *O Sportv utilizou imagens da NBA TV, já a ESPN teve o sinal da Fox Sports
     
  11. Santastico

    Santastico Usuário

    11.654 11.042 761

    Desde 19 Jan 2012
    Minas Gerais
    ESPN
    NBA Global Games - Rio
    Cleveland Cavalliers x Miami Heat


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    *A ESPN teve um Abre o Jogo de 2 horas e terá um pós jogo de mais 30 minutos
    **Mais uma vez a ESPN Brasil está gerando o jogo da NBA no Rio.
    ***No placar onde fica o logo da emissora está com o do Global Games Rio. Pode ter sido um pedido do SporTV, pois quando o canal da Globosat usa o sinal da ESPN, eles tampam com uma barra preta. Lembarndo que a ESPN cedeu os direitos da partida.
     
  12. aleflima

    aleflima twitter.com/limaalef


    Desde 3 Ago 2008
    Osasco (SP)
    Não. É o padrão para o jogo aqui no Brasil. Ano passado também não teve o logo da ESPN no placar.
     
  13. Viakenny

    Viakenny Usuário


    Desde 27 Fev 2009
    São Caetano do Sul/SP/BRA
    O jogo de hoje entre Flamengo x Orlando Magic teve sinal gerado da NBA TV (geradora internacional) pro SporTV3, e do Fox Sports Florida (gerador nos EUA) pra ESPN+.
     
  14. Rominger

    Rominger Usuário

    4.045 2.071 746

    Desde 27 Mar 2008
    Rio de Janeiro, RJ
    Mesma coisa do que foi na semana passada no jogo contra o Phoenix
     
  15. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    Amistoso Internacional

    Flamengo x Orlando Magic - 15/10/2014

    ESPN+


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  16. Santastico

    Santastico Usuário

    11.654 11.042 761

    Desde 19 Jan 2012
    Minas Gerais
    Já saíram todas as transmissões da NBA no Space, Sports+ e ESPN:

    http://www.nba.com/schedules/intl.html

    O Sports+ terá 5 jogos por semana; a ESPN 2 (quarta e sexta), além das rodadas duplas; Space 1 as quintas
     
  17. higor_

    higor_ Usuário


    Desde 27 Jan 2014
    MG
    Pelo visto nada da NBA no SporTV .O canal medíocre .É até melhor porque é constrangedor acompanhar uma transmissão das ligas americanas nesse canal e no Fox Sports ,com os seus comentaristas totalmente excelentes.

    Pena que nem todos tem o Sports+ para poder acompanhar uma média de 8 jogos por semana, porém para quem quiser acompanhar até mais do que isso e em HD, tem a NBA League Pass .
     
    Última edição: 21 Out 2014
  18. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais

    Temporada da NBA terá 300 jogos transmitidos na TV brasileira

    Nesta terça-feira (28), o Space mostra San Antonio Spurs x Dallas Mavericks. É o primeiro dos cerca de 300 jogos da atual temporada da NBA que serão transmitidos na televisão brasileira. O número é cinco vezes maior do que os do principal torneio da modalidade no país, o NBB, que terá 60 jogos televisionados.

    Os 300 jogos da liga norte-americana previstos para a TV brasileira incluem os playoffs. Isso é possível pelo número de canais a cabo ligados à NBA por aqui. Com ESPN, Space e Sports+ (o canal de assinantes da Sky), todos os dias da temporada regular contam com partidas.

    O NBB, por sua vez, terá 60 jogos nas telas, incluindo as finais, apenas no SporTV. O canal fechado da Globo passa jogos às terças e sextas-feiras, sempre às 19h30. Outros 40 jogos serão mostrados pela internet, gratuitamente - a NBA também tem esse serviço, para todas as partidas, mas cobra assinatura.


    http://www.midiaesportiva.net/2014/10/temporada-da-nba-tera-300-jogos.html
     
  19. Santastico

    Santastico Usuário

    11.654 11.042 761

    Desde 19 Jan 2012
    Minas Gerais
    A partir desta sexta, o basquete universitário volta a ter transmissões no Brasil pelo Band Sports. Na ESPN, começará apenas na próxima semana, restando o Fox Sports que não sei irá mostrar essa temporada

    @lopessilva@lopessilva vc não afirmava categoricamente que a Fox Sports tinha tirados os direitos da NCAA do Band Sports? Mais um para a lista de coisas que vc confirmava que não aconteceram, como a NFL, UCL que tudo iriam para a Fox
     
  20. lopessilva

    lopessilva 2015


    Desde 16 Fev 2014
    Minas Gerais
    State Farm Champions Classic

    Michigan State x Duke - 18/11/2014

    ESPN
    +

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso