Anúncio do HT Forum

CABO MIL STHACA: TUTORIAL COM FOTOS

Discussão em 'DIY' iniciada por Thalles Barroso, 20 Set 2008.

  1. wesley.f.b

    wesley.f.b Usuário


    Desde 8 Set 2010
    Três Lagoas - MS
    Amigos, o origal Sthaca utiliza um cabo 22awg, composição de cobre, estanhado, revestido por tefzel.

    Bem, encontrei um cabo nacional, com as mesmas especificações. O fabricante é a OceanBrazil. Também é umcabo aeronautico.

    Segue link: http://www.oceanbrazil.com.br/cabos_aeronauticos.php

    Pela descrição dos dois fabricantes, são cabos similares. Pergunto, alguém já utilizou este nacional ??
     
  2. rmenino

    rmenino Usuário


    Desde 31 Mai 2009
    Uberaba/MG
    Interessante!! Vc cotou o valor?
    Só que o Sthaca é revestido de prata, não estanho.
    E o cabo é conhecido pela clareza dos agudos que é associada à prata. Será que o estanho teria a mesma propriedade?

    Att

    Rmenino
     
  3. wesley.f.b

    wesley.f.b Usuário


    Desde 8 Set 2010
    Três Lagoas - MS
    Não consegui encontrar a descrição especifica do cabo do sthaca, que é o 27500. No site, tem a descrição de outro modelo, o 22759, mas creio que seja igual, o que muda é que o primeiro são três fios, este ultimo é somente um fio. Veja a descrição retirada do site http://www.craggyaero.com/:

    Fio Tefzel de bitola 16, 18 e 22 - MIL-22759

    O fio de cobre trançado isolado com revestimento de estanho Mil-Spec "Tefzel" aprovado pela FFA tem a capacidade de auto-extinguir chama, resistência à abrasão e à corrosão e foi projetado para suportar vibrações.

    Veja que ele diz que o fio é revestido com estanho. Não acho que seja em prata.

    Vi os preços do cabo nacional, são bem em conta. pode fazer uma busca que vc encontrará facilmente.
     
  4. Altanir

    Altanir Usuário

    895 1.806 411

    Desde 6 Dez 2005
    Niterói - RJ
  5. carlmart

    carlmart Usuário


    Desde 16 Mar 2007
    Rio de Janeiro
    Sim, o fio do Sthaca era cobre estanhado, não prata.

    Eu acho que ninguém fez comparação entre o cabo do Sthaca e um outro de cobre prateado.
     
  6. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.844 12.000 361

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Bom dia.

    Pelo contato que fiz com a empresa Ocean Brazil, o metro do cabo de 2 vias, de 22 AWG, blindado, custa 17,70 BRL (os cabos que faço pra mim e uso em casa, faço com blindagem flutuante, como instruído pelo Holbein Menezes, mantendo a malha da blindagem soldada no polo neutro apenas do lado da fonte).
    Ou seja, o rolo de 30 metros (aproximadamente 100 pés) do cabo "2x22 AWG com blindagem e capa de Tefzel" aqui no Brasil na empresa "Ocean Brazil", custará 531 BRL

    O que você viu e deve ter achado barato (2,55 BRL o metro), é de 1 via de 22 AWG, SEM blindagem, correto?



    Comparando os valores, nesse site, por exemplo:
    https://www.skygeek.com/military-specification-m27500-22sm2n23-wire.html

    O rolo de 30 metros (100 pés) aproximadamente, do cabo "M27500/22SM2N23 White Jacket 22 AWG 2 Conductor Shielded Cable"
    (2 vias isoladas de 22 AWG, coberto por malha de blindagem, mais a capa de Tefzel), custará 59,00 USD (hoje seria aproximadamente 247,00 BRL).
    Adicionando o frete, que quando comprei pelo GRABR esse cabo, nessa loja, paguei aproximadamente uns 21 USD de frete + imposto (aproximadamente 80 BRL).
    Totalizando 337 BRL

    Print da minha compra de outubro de 2018 pelo GRABR:
    Sem título.png

    Pra mim, não vale a pena comprar da Ocean Brazil, a não ser pela praticidade e conveniência de comprar o nacional.

    P.S.: como alguém já ressaltou, o cabo "M27500/22SM2N23 White Jacket 22 AWG 2 Conductor Shielded Cable", não é revestido de prata e sim de estanho, segundo esse site:
    Sem título2.png

    Abraço.
     
    Última edição: 22 Nov 2019
  7. Altanir

    Altanir Usuário

    895 1.806 411

    Desde 6 Dez 2005
    Niterói - RJ
    Interessante esse grabr hein....

    Fiz um teste e o "frete" inicial bateu os cem dólares mas ainda teria de receber ofertas. Geralmente essa estimativa inicial fica próxima do custo final ou acaba saindo mais barato?
     
  8. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.844 12.000 361

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    A estimativa é próxima do final.
    As ofertas não variam muito.
    Você pode escrever pra pessoa e ver o mínimo que ela consegue fazer. Mas não muda muito disso. Já comprei vinil, cabo, conectores, óleo da Technics, escova antiestática. O que os viajantes aceitam trazer mais facilmente são coisas pequenas. A aquisição mais recente foi um "Fiio E18".

    Geralmente sai mais barato que os fretes internacionais em geral.
     
    • 1
  9. wesley.f.b

    wesley.f.b Usuário


    Desde 8 Set 2010
    Três Lagoas - MS
    Voltando ao cabo.
    Pelo que pude observar, os dois cabos são de cobre, flexiveis revestidos de estanho e de tefzel. Diante disso, penso e volto a me questionar o que importa nessa historia. Pela teoria, muito se diz que importante é livre de oxigenio, mas penso que mais importante ainda é ser cobre puro. Será?? Nenhum dos dois cita estes dois aspectos.
    O cobre puro seria um dos melhores condutores? Se sim, teríamos um caminho a seguir: cobre com alto grau de pureza. Aplicação, Onde?
     
  10. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.844 12.000 361

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Wesley, pelo que pude pesquisar nos últimos anos, cada tipo de condutor (cobre, prata, ouro e etc) vai ter uma performance melhor em determinada gama de frequência.
    Na verdade o cobre ficou mais desejável para áudio devido seu custo mais acessível. E o fato de ser livre de oxigênio, apenas garante uma melhor condutividade pois o oxigênio acrescentaria mais resistência nessa condutividade. Isso tudo, lembrando, vai depender muito da capacidade auditiva de cada um também. A diferença é muito sutil.

    Em laboratório, creio seja possível verificar as diferenças de condutividade entre os diversos materiais, porém numa sala de audição doméstica, seria muito difícil estabelecer um material que seja melhor definitivamente. Pois vai depender de muitos fatores.


    Confesso que nas oportunidades que eu tive de comparar, não percebi diferença nenhuma (entre cabos de cobre comum e cobre livre de oxigênio)! Percebi mais diferença em outros aspectos do sistema, como o condicionamento acústico da sala e o condicionamento e dimensionamento coerente da rede elétrica.

    Então creio que a busca não deveria ser pelo melhor condutor, de forma genérica, e sim, a melhor sinergia e melhor conjunto de fatores para uma audição.
    Lembrando que o aquecimento do sistema e dos condutores em um sistema de áudio, vão também interferir diretamente na performance do set-up, e na busca pela alta fidelidade na reprodução sonora. E aqui entendendo alta fidelidade como sendo fidelidade à primeira master do registro sonoro original.

    Essa é minha exclusiva e individual opinião apenas.

    Abraço.

    P.S.: Um artigo interessante encontrado pelo Wandique que tem um tópico sobre "cabos de caixa feito com fita de cobre", fala sobre condutividade e a propagação de sinais elétricos e teoria de cabos, anexo abaixo, caso tenha curiosidade, creio que pode acrescentar informações à sua busca:
    https://www.stereophile.com/reference/1095cable
     
    Última edição: 28 Nov 2019
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso