Anúncio do HT Forum

Cabo Pirelli Versão 2

Discussão em 'Cabos e Conexões de Áudio' iniciada por Carlos Dantas, 17 Fev 2004.

  1. Carlos Dantas

    Carlos Dantas Usuário


    Desde 1 Jul 2002
    São Paulo
    Anúncio do HT Forum
    Prezados amigos
    Desde que propuz a utilização do cabo Pirelli tipo Cordplast 3x2,5mm2 como cabo de altofalantes venho perseguindo um cabo tão barato e eficiente como este mas com melhorias técnicas. O cabo que ora apresento representa uma melhoria significativa nos parametros elétricos por um custo ligeiramente superior(3,20 Reais o metro). O novo cabo é tambem Pirelli mas é do modelo Sintenax Flex 4x2,5mm2(quatro condutores). Neste cabo os condutores Preto e Branco devem ser paralelados nas extremidades assim como os condutores Vermelho com Azul formando um conjunto de dois condutores do tipo PT-BC e VM-AZ. Estas combinações não podem ser trocadas. É indiferente agora quais as combinações (PT-BC ou VM-AZ) voce vai ligar nos terminais VM ou PT das caixas e do amplificador. As medidas elétricas que fiz no cabo pronto são surpreendentementes boas. Em relaçaõ ao cabo anterior a resistência ohmica reduziu de 36% e a indutância de 43%. A capacitância aumentou de 93% mas ainda ficou dentro de valores que não causam problemas de instabilidades para o amplificador. Como é a resistência e a indutância os maiores responsàveis pelas características de fator de amortecimento e resposta de frequência e atrazo de grupo do cabo posso dizer tranquilamente que as melhorias foram consideráveis. Como a capacitância é prati9camente neutralizada pela baixa impedância da caixa posso dizer que este novo cabo apresenta características elétricas altamente favoráveis para uso como cabo de altofalantes. Em relação ao cabo anterior as únicas desvantagens são o custo ligiramente mais elevado, ele é um pouquinho mais grosso e um pouco menos flexível. Acho entretanto que as vantagens suplantam de muito estas pequenas desvantagens. Colocado em meu conjunto o resultado auditivo foi muito bom. graves ainda mais firmes e agudos mais extensos. Gostaria de ter a opinião de voces pois acho que é um cabo de excelente relação custo benefício.
    Abraços
    Dantas
     
    • 20
    Anúncio do HT Forum
  2. Hélder

    Hélder Usuário


    Desde 29 Jul 2002
    ---
    Beleza de dica. Essas contribuições são sempre muitíssimas bem-vindas, pois quebram o tabu de que só o caro é bom. E como a maioria aqui não tem rios de dinheiro...

    Assim que puder eu vou testar.
     
  3. Mario_Fpolis

    Mario_Fpolis Membro ativo


    Desde 1 Abr 2003
    Prezado Dantas:

    Parabéns por mais esta brilhante iniciativa, mas deixe-me fazer apenas uma pergunta:

    O Sr. procedeu a alguma comparação - auditiva e de medições elétricas - em relação ao cabo que o Renato lhe passou?

    Um abraço
     
  4. Filipão

    Filipão Usuário


    Desde 4 Nov 2002
    Fortaleza - CE
    Professor,

    Como não sei o arranjo interno do Sintenax com relação às cores dos condutores, pergunto em que situação, das duas mostradas na figura, se enquadra a sua dica.

    Se possível, o senhor poderia traçar um paralelo entre os dois arranjos mostrados, citando prós e contras de cada um?

    Hoje utilizo o arranjo "A" num cabo para bicablagem.

    Abraços,

    Filipe Rangel.
     
  5. sidneybianco

    sidneybianco Membro


    Desde 26 Dez 2003
    Ji-Paraná - Rondônia
    O comprimento dos cabos influencia?? É possivel utilizar um cabo desses com 15m ?

    Receiver até entrada da tubulação 2m
    Até o teto revestido ...................2,5m
    percorrendo o teto......................6m
    Descendo a tubulação para as cx...2,5m
    Até o ponto onde estão as cx........2m

    Abraços a todos.

    Sidney.
     
  6. ikarit

    ikarit Usuário


    Desde 14 Jul 2002
    niterói/RJ
    vou testar o cabo. Já estava enrolando pra testar os pirelli 1.0... :D

    aprecio muito suas pesquisas Dantas (y)

    abraços

    ikarit
     
  7. Dennis

    Dennis Moderador


    Desde 21 Mai 2002
    Dantas,

    Parabéns por mais essa iniciativa! (y)
     
  8. voni

    voni Membro


    Desde 24 Jul 2003
    Uberlândia - MG
    Caro Dantas,

    ontém procedi os testes com os novos "Dantas Cable v.2" e também notei uma boa melhora no som principalmente na região dos agudos - mais nítidos e com um pouco mais de extensão - mas no geral o som mudou pra mellhor em relação à v.1.
    mesmo esse sintenax sendo um pouco mais grosso, assim mesmo ele é mais flexível do que o Tiaflex 3 x 2,5 que eu estava utilizando.
    pena que só agora saíram os resultados deste cabo, é que eu ja havia comprado 20 mts do Pirelli 3 x 2,5 pra por nas surrounds (N26II), minha casa estava em reformas desde setembro do ano passado e deixei tudo pronto na minha sala - caixinhas nas paredes pra passagem das fiações do HT.
    comprei 5 mts do 4 x 2,5 e paguei 3,18 reais aqui na minha cidade.
    parabéns por mais essa bela contribuição pra galera aqui do nosso fórum.

    um abraço,

    Voni
     
  9. Carlos Dantas

    Carlos Dantas Usuário


    Desde 1 Jul 2002
    São Paulo
    Prezados amigos

    Em primeiro lugar queria agradecer a voces as palavras de incentivo. Vou tentar responder a voces as dúvidas e questões levantadas em torno deste Pirelli2. Primeiramente usei o cabo da marca Pirelli porque tenho confinça na qualidade deste produto pois tive oportunidade no passado de trabalhar com cabos desta marca e eles sempre apresentaram produtod de alta qualidade. Mas existem outros fabricantes de igual prestígio que fabricam cabos de qualidade reconhecida e equivalentes ao Sintenax Flex da Pirelli. Como ex posso citar o Vinil Flex da FICAP e da SIEMENS, o Kalvor Flex da FUROKAWA, o Forenax Flex da ALCOA etc.. O importante é que estes cabos sejam produzidos dentro das mesmas normas aplicadas ao Sintenax Flex da Pirelli e que são; NBR7288 e a NBR6880.
    Felipão; se bem entendi o desenho a configuração que deve ser usada é a "A" que consiste em paralelar os condutores opostos e não os contíguos e que são exatamente os BC-PT e os VM-AZ. Isto é fundamental! Se voce paralelar os condutores contíguos a indutânci do cabo praticamente dobra e a capacitancia se reduz pela metade. Como é a indutancia que maior influencia tem na performace do cabo voce estaris degradando esta performace. O meu conselho portanto é não usar o paralelamento dos condutores contíguos.
    Counterparts; O cabo do Renato, feito a partir de cabos CAT6 para redes de computadores guarda certa semelhança de conceitos com os que usei no Pirelli2. No Pirelli2 para diminuir a indutância eu paralelei dois pares do cabo. No CAT 6 do Renato ele paralela 8 pares só que de bitola muito menor. O efeito disto é consguir uma indutância muito baixa e sem o efeito skin. Não comparei os dois cabos acusticamente mas, em tese, penso que o cabo do Renato tem um grande potencial e pderá apresentar resultados muito bons. A única coisa que pesa contra ele é que precisa de muita habilidade para ser construído mas, depois de pronto, vai deixar muito cabo importado falando sózinho.
    Sidney; Como regra geral quanto mais curto for o cabo melhor será. Para um comprimento de 15 metros voce tem que usar um cabo de bitola grande para evitar as perdas e não comprometer o fator de amrtecimento do sistema. A BW recomenda que a resistência do cabo não ultrapasse 200 mohm. O Pirelli2 daria uma resistência de aprox. 120 mohm o que está bem abaixo do limite que a BW especifica para suas caixas e que deve ser um limite aplicável a maioria das caixas do mercado. Acho que voce pode experimentar este cabo da Pirelli2 sem muito receio. O problema é que ele é um cabo grosso e pode trazer problemas na passagem pelos conduites que voce vai usar.
    Resumindo; elétricamente o Pirelli2 tem tudo para ser um bom cabo de altofalantes mas um julgamento final precisa incluir testes auditivos e aí eu peço a colaboração dos colegas.
    Abraços
    Dantas
     
    • 4
  10. Carlos Dantas

    Carlos Dantas Usuário


    Desde 1 Jul 2002
    São Paulo
    Prezado Voni

    Eu ainda não havia lido sua mensagem antes de postar a que escrevi acima. Fiquei muito contente de voce já ter testado o cabo e seus resultados confirmam aproximadamente as primeiras impressõs auditivas que tive deste cabo. Sua colaboração foi preciosa. Não se preocupe muito com os cabos que voce vai usar para as caixas surround, elas não contribuem muito para a qualidade do som reproduzido.
    Abraços
    Dantas
     
  11. Hélder

    Hélder Usuário


    Desde 29 Jul 2002
    ---
    Dantas, e se ao invés de fazermos o paralelo entre os condutores que você indicou, ligarmos, respeitando as suas considerações, em bicablagem ? Você chegou a avaliar esta possibilidade ?
     
  12. adalla

    adalla Amo muito tudo isso


    Desde 27 Jun 2002
    Manaus - AM
    Caro Dantas, o senhor poderia passar o procedimento para teste de parâmetros de um cabo? Tenho disponível o LCR meter 4263B, da Agilent. Caso exista algum material na Internet que descreva o procedimento, seria interessante se pudesse indicar aonde encontrar.
    Obrigado
    Adalla
     
  13. Carlos Dantas

    Carlos Dantas Usuário


    Desde 1 Jul 2002
    São Paulo
    Prezados Helder e Adalla

    Helder; Em princípio nada impede de se utilizar a bicalagem como voce sugere. A única ressalva é que voce vai dobrar a resistência ohmica no caminho do Woofer e com isto degradar o fator de amortecimento e vai aumentar significativamente a indutância do par que vai ao tweeter degradando um pouquinho a resposta nas altas frequencias. Se o cabo for curto, menor ou igual a 3 metros, estas degradações são desprezíveis e voce pode fazer a bicablagem como está pensando. De qualquer forma, para voce conseguir o melhor desempenho possível deste cabo Pirelli2 eu aconselharia a utilizá-lo na configuração que sugeri. Se voce quizer usá-lo na bicablagem use os condutores AZ-PT para o woofer e BC-VM para o tweeter.
    Adalla; Para medir os parametros dos cabos eu utilizo uma velha mas boa ponte da HP modelo 4262A que realiza as medidas nas frequencias de 1KHz e 10KHz. Utilizo sempre o maior comprimento possível do cabo para dar maior precisão pois os valores de indutância e resistencia dos cabos são muito baixos e esbarram nos limites de escala do instrumento. Para medir a resistencia e a indutancia voce coloca uma das extremidades do cabo na ponte e curtocircuita a outra extremidade. Para capacitancia voce abre a outra extremidade.
    Abraços
    Dantas
     
    • 2
  14. Jean

    Jean Membro


    Desde 13 Jun 2003
    Recife-PE
    Parabens pela iniciativa mestre Dantas, o senhor sempre usando do seu grande conhecimento para o bem dos membros do nosso forum.

    Um Forte Abraço
     
  15. kicker

    kicker Usuário


    Desde 12 Jun 2003
    Passo Fundo/RS
    Caro dantaas, um bom multimetro True RMS seria capaz de fazer algumas medidas, não?
     
  16. Carlos Dantas

    Carlos Dantas Usuário


    Desde 1 Jul 2002
    São Paulo
    Prezados Jean e Kicker

    Jean; obrigado pelo incentivo!
    Kicker; só com um milivoltímetro RMS voce não conseguirá levantar os parametros do cabo; se voce tiver um gerador de audio de impedancia conhecida(600 ohms por ex) voce poderá levantar os parametros capacitãncia e indutancia com alguma facilidade. Na frequencia de 1KHz o seu cabo, quando aberto na ponta(sem carga) representa uma capacitancia para o gerador. Colocando-se um resistor de valor conhecido e apropriado entre o gerador e o cabo e medindo-se as tensões em aberto do gerador e na entrada do cabo voce poderá calcular o valor desta capacitancia. Para a indutancia a ponta do cabo deve se manter aberta e inserido um resistor de valor apropriado entre o gerador e o cabo; aí a frequancia do gerador deve ser ajustada para que a tensão na entrada do cabo passe por um valor máximo(frequencia de ressonancia do cabo). O problema é que o seu gerador de audio deve poder ser ajustado para frequencias de até 10 MHz. De posse desta frequencia e da caopacitancia voce calcula a indutancia. Para a resistencia o melhor mesmo é arranjar um ohmímetro que possa medir com precisão de até miliohms. Como voce pode avaliar não é muito simples levantar as característics de um cabo para altofalantes sem usar uma ponte LRC. Mas, com um bocado de trabalho e cálculos isto pode ser feito.
    Abraços
    Dantas
     
    • 1
  17. Alex Sound

    Alex Sound Usuário


    Desde 23 Jul 2003
    Londrina - PR
    Já coloquei aqui em casa o novo cabo PCD v.2 (Prof. Carlos Dantas versão 2) em bicablagem nas alpha 20, ligadas no popular Gradwood.

    Vou testar no carnaval as bicablagens com aquele AR que utilizava e depois posto aqui.

    P.S.: na primeira impressão, o cabo é muito bom ! :D
     
  18. abreu_car

    abreu_car Usuário


    Desde 8 Set 2002
    Sào Paulo - capital
    Carlos Dantas,
    parabéns pela sua pesquisa (y)

    AlexSound,
    conseguiu fazer os testes no carnaval? Diga mais sobre sua experiëncia com estes cabos..

    abraços,
    abreu :D
     
  19. abreu_car

    abreu_car Usuário


    Desde 8 Set 2002
    Sào Paulo - capital
    Alguém poderia indicar uma loja na Santa Ifigenia onde eu posso encontrar esses cabos?

    att,
    abreu :D
     
  20. abreu_car

    abreu_car Usuário


    Desde 8 Set 2002
    Sào Paulo - capital
    Lá vai outra: tenho uma estante de 3 colunas onde a tv fica no meio e o receiver na coluna da esquerda, portanto, eu necessito de um cabo maior para a caixa direita do que para a esquerda. Pergunto: existe algum problema em utilizar cabos de medidas diferentes entre as caixas? no meu caso, um cabo teria 1,5m e o outro 2,5m...

    abraços,
    abreu :D
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso