Carro sem força e tremendo ao acelerar, o que pode ser?

Discussão em 'Mecânica, Manutenção e Acessórios' iniciada por AlessandroM, 12 Jan 2017.

  1. Bernardoni

    Bernardoni Usuário

    7 1 3

    Desde 6 Dez 2017
    São Paulo
    Obrigado pela correção, Antunes Carlos, já foi editado. Mas tanto o Apollo como o Verona, foram bons carros em suas respectivas épocas, concordo que hoje em dia para se conseguir algumas peças para os carros com muito tempo de uso não está fácil. E temos que admitir que qualquer carro, principalmente os mais novos podem apresentar problemas crônicos. E tenho minhas dúvidas quanto a durabilidade dos carros de hoje.
     
  2. ANTUNES CARLOS

    ANTUNES CARLOS Usuário Muito Ativo


    Desde 11 Mar 2006
    MINAS GERAIS
    Eu tive um Apollo novo, e na empresa em que eu trabalhava, tinham mais três. Todos os quatro, eram uma fábrica de defeitos. Foi o maior fiasco da história automotiva do Brasil. Foi o "carro", que ficou menos tempo em linha de montagem. Nem os engenheiros que o projetaram, aguentaram corrigir os problemas apresentados.
    Ter um Apollo, nos dias de hoje, é ser masoquista ao extremo.
     
  3. Bernardoni

    Bernardoni Usuário

    7 1 3

    Desde 6 Dez 2017
    São Paulo
    Bem, pelo que li na primeira pergunta deste tópico, o carro veio a apresentar problemas sério no inicio deste ano e que em 25 anos de uso não me pareceu ter passado por tantos problema assim e se passou, foram resolvidos. E também, depende muito dos zelos de cada pessoa.
     
  4. ANTUNES CARLOS

    ANTUNES CARLOS Usuário Muito Ativo


    Desde 11 Mar 2006
    MINAS GERAIS
    Apollo, é dose para rinoceronte branco.
     
  5. Bernardoni

    Bernardoni Usuário

    7 1 3

    Desde 6 Dez 2017
    São Paulo
    KKKKKK. BOA.
     
  6. Julio@1.

    Julio@1. Usuário

    2 0 1

    Desde 6 Dez 2017
    Peruíbe
    Alternador
     
  7. Julio@1.

    Julio@1. Usuário

    2 0 1

    Desde 6 Dez 2017
    Peruíbe
    Medir se esta com a potência correta.
     
  8. ANTUNES CARLOS

    ANTUNES CARLOS Usuário Muito Ativo


    Desde 11 Mar 2006
    MINAS GERAIS
    Não passe mais raiva. Doe esse Apollo, para um inimigo, especialmente se você tiver muita raiva dele. Seria a verdadeira vingança.
     
  9. Bernardoni

    Bernardoni Usuário

    7 1 3

    Desde 6 Dez 2017
    São Paulo
    Muito bem lembrado Julio@1. O alternador deste carro provavelmente é da marca BOSCH ou WAPSA, ambos tem que apresentar uma tensão de 14,2 volts diretamente em seus terminais de saída e no mínimo 13,8 volts com tudo ligado. Agora, esta mesma tensão deve estar nos terminais da bateria. O que pode ocorrer é que devido ao tempo de utilização da instalação elétrica, acaba por criar uma oxidação no fio e uma resistência nos terminais, que por sua vez, diminui a tensão na bateria, mais especificamente o fio de alimentação da bateria (o fio que sai do alternador e vai direto ao positivo da bateria), normalmente isso se corrige com o acréscimo de mais um fio de 6mm flexível ou a substituição dos fios completos, inclusive os terminais (o que eu acho melhor), tudo novo. Esta perda de tensão está em torno de 0,5 a 1 volt. Num primeiro momento não parece ser lá grande coisa, mas com o tempo a bateria vai viciando com esta carga e sua vida útil reduz drasticamente.
    E se a tensão ultrapassar este limite de 14,2 volts, a coisa fica pior, pois, perderemos a bateria por evaporação de seu eletrólito (acido que tem dentro dela), ocorrerá uma queima constante de lâmpadas, motores elétricos, módulos de controle e etc. Então, meu amigo, não faça pouco caso este detalhe importantíssimo. Mais um detalhe técnico: a luz de bateria que acende quando vc liga o contato e apaga quando o motor inicia seu funcionamento, é responsável por excitar o alternador, ela está ligada diretamente no regulador de tensão do alternador, então se ela queimar, não vai excitar o alternador e o mesmo não vai gerar tensão. Neste caso basta substituí-la.
    Essas dicas valem para qualquer veículo, independente do alternador utilizado.
     
    Última edição: 6 Dez 2017
  10. ANTUNES CARLOS

    ANTUNES CARLOS Usuário Muito Ativo


    Desde 11 Mar 2006
    MINAS GERAIS
    @Bernardoni@Bernardoni , parabéns pela aula. Mostra que tem um grande conhecimento.
     
  11. Bernardoni

    Bernardoni Usuário

    7 1 3

    Desde 6 Dez 2017
    São Paulo
    Obrigado Antunes Carlos. Na real, eu sou a favor de repassar o máximo de informações, para que as pessoas possam resolver os seus próprios problemas. Pois, nós, estamos descamisados neste país, já não temos mais a quem recorrer, como diz a música do Ultraje: "sem dinheiro, sem saúde sem paz, tudo é tão imoral", então o que eu puder fazer para facilitar as nossas vidas, sem depender de política, eu farei. Peço desculpas pela minha descrença no governo, mas é o que todos estão vendo por aí, escancarado para qualquer um comprovar. Ao meu ver, estamos caminhando rumo à Venezuela. Cara, eu vou te falar, eu não quero me irritar com este assunto, mas a revolta, a sensação de impotência, o desencorajamento, afffff.... Bom, deixa pra lá. Abraço.
     
  12. filipetolhuizen

    filipetolhuizen Usuário Muito Ativo

    2.724 1.511 113

    Desde 4 Jun 2008
    Curitiba/PR/Brasil
    Apollo pelo menos tem peça de reposição e sua grande maioria, baratas. Pior de tudo é ter um carro que é mundialmente conhecido por ser confiável, mas mesmo assim dar problemas constantes que ninguém sabe o porquê, ainda por cima não ter peça e quando tem é mais cara do que de Rolls-Royce ou Aston Martin.
     
  13. Bernardoni

    Bernardoni Usuário

    7 1 3

    Desde 6 Dez 2017
    São Paulo
    Cara, talvez eu dê uma viajada nas ideias, mas, a não ser que se tinha um tio milionário morando na Inglaterra ou outro lugar da preferência dele, o qual, num momento desorientado, o "pobre" moribundo, deu todo o seu dinheiro, castelo, Iate ao Félix, um bichano fofinho e gordinho, companheiro inseparável de sua vida, e aos mordomos, a árdua tarefa de cuidar do gatinho, com liberdade para gastar o que fosse possível para o conforto do felino. E justamente o Rolls Royce ou o Aston Martin com defeito, a pedido, entregue por um Helicóptero Sikorsky CH-54 Tarhe, direto da Inglaterra, bem na frente da garagem do sobrinho brasileiro. Convenhamos, quem tem dinheiro para adquirir um brinquedo destes, tem dinheiro para qualquer coisa, porque até onde se percebe, é o tipo de carro que se faz praticamente por encomenda, são as marcas de carros que estão entre os 14 mais caros do mundo, segundo o seguinte site: (http://luxo.ig.com.br/maquinas/2014-07-16/os-carros-mais-caros-do-mundo.html) e o brasil não tem nem estradas para comportar tal luxo. Agora vai a dica, com vontade, criatividade e um pouquinho de dedicação, não existe nada, peças ou instrumentos, em um veículo que não passa ser substituído por um de outro carro ou até mesmo se fazer numa boa oficina de tornearia. Tenham bons contatos, conversem com pessoas, sejam curiosos, metam as caras, desmontem, já está com problemas mesmo, é só uma máquina, visitem foruns a respeito, não só brasileiros mas estrangeiros tb, não tenha preguiça, a probabilidade de vc conseguir resultados positivos é muito grande. Vocês verão que aquilo que estava empacado logo estará se movendo. Não dependam 100% de peças novas. Tentem consertar as velhas, muitas vezes o conserto é simples. Abraço.
    Abaixo uma foto do helicóptero citado acima:

    [​IMG]
     
    Última edição: 10 Dez 2017 às 14:27