CARY CD306 SACD

Discussão em 'CD/SACD Players' iniciada por Harq, 15 Mar 2007.

  1. sergiomuller

    sergiomuller Usuário


    Desde 27 Fev 2005
    recife
    Só mais uma pergunta, qual o Setup que formava o conjunto?
    Hugo[/quote]


    Amigo Hugo,

    o setup em questão é bem interessante, aí vai:

    caixas: Wilson audio WP 7.1

    PRÉ : AR Reference MK II

    POWER: 2 monoblocos AR

    Cabos: NBS, Purist Anniversary, Logical Cables,

    Energia: PS Audio

    Isto é o fundamental, fora os "parangolés" !!!:D

    Abraço,

    Sérgio
     
  2. sergiomuller

    sergiomuller Usuário


    Desde 27 Fev 2005
    recife
    Amigos, Prezado Vinicius!

    Tenho que discordar de voce (logo voce??!!!! ) prezado Vinicius!!!

    Suas colocações são extremamente válidas e verdadeiras!! Mas para um país como o nosso, onde um CD lançamento custa mais de 10% do salário mínimo. Um SACD custar R$100,00 é então um escândalo!!!!

    Mas, na verdade, hoje, as GRANDES gravadoras AUDIÓFILAS se esmeram em lançar SACD!!! Todos caros, porém todos de altíssima qualidade!!!! Sei disso porque aqui em Recife tem uma lojinha, pequena sim, mas posso garantir, NADA que voce pegue nesta loja é de baixa qualidade!!! NADA MESMO!!! Voce pode até não gostar do gênero, do artista, etc...!! Mas da GRAVAção, posso garantir que todas são primorosas!!! Sabe por que isso???? O dono não precisa vender Caviar com Rapadura, Limão com Mel para viver! E além do mais é audiófilo, ou seja só entra produto TOP. É barato???!!! Para mim é barato, mas para mim custa muito dinheiro!!! Mas BARATO É!!! Prefiro pagar R$100,00 num CD TOP do que R$19,00 num CD de baixa qualidade!!!!!

    É verdade que nem todo SACD presta, mas o SACD que presta está anos luz na frente do mesmo CD, mesmo que este último seja um CD de referência.

    Isso fez com que o "consumidor" de SACD seja muito, muito mesmo, específico!! É aquele audiófilo que o 5% de melhoria não tem preço!!!

    Apenas minha opinião!!!

    Grande abraço p/ voces!!!!!

    Sérgio(y)
     
  3. ÉdisonCh

    ÉdisonCh Usuário


    Desde 1 Dez 2005
    Araras/SP/BR
    Embora aparentando estar um pouco radical (só aparentando), acho que as colocações do Sérgio estão essencialmente corretas. Acho pouco provavel que em PCM a performance do 306 seja superior à do 303.

    Quanto aos SACDs, tenho comprado diretamente nos EUA ou na Inglaterra por preços que variam entre US$ 12 e US$ 20. Na maioria das vezes vem sem tributação, o que dá um valor bem menor do que aquele que você tem pago. Seja na Elusive, na Towers, na Amazon.

    O que ocorre é que demora e não dá para escutar antes. Mas nos sites da High Fidelity, Grammophone, Enjoythemusic, etc., e na CAVI, dá para descolar boas indicações.

    Abraço,

    Édison
     
  4. Harq

    Harq Usuário


    Desde 5 Fev 2007
    Goiânia
    Estava olhando um CD player mas, pelo o que as revendas estão pedindo, está assuntando o freguês coisa só de muito rico, mais de 100% do valor de lista nos Estados Unidos. Sabe-se que a revenda compra no valor entorno de 60% da lista.
    Será que pelo preço que o dolar está, e talvez deva chegar abaixo de R$2,00 eles estão exagerando tentando recuperar a rentabilidade?
    Hugo
     
  5. Pedro .

    Pedro . Ψ The Pneumatic Metal God Ψ


    Desde 2 Mai 2003
    Desert Plains
    Hugo,

    É assim mesmo. Se voce comprar um equipamento em uma revenda oficial, a relacao dos preços finais com os MSRP (cobrados na origem) costuma ser de 100%. Isso porque alem dos 60% que voce cita, tem, lucro do distribuidor, lucro da revenda e mais algum ágio que dependendo do distribuidor é cobrado a mais. Nao sei se voce já acompanhou mas alguns distribuidores já chegaram a aplicar 150% em cima do preço cobrado na origem. Por isso acho que 100% por ser totalmente oficial, é bastante honesto EMHO e o que pesa realmente sao as cargas tributarias e/ou impostos (y)
     
  6. ÉdisonCh

    ÉdisonCh Usuário


    Desde 1 Dez 2005
    Araras/SP/BR
    Pedrão,

    Vou fazer um exercício de imaginação.

    A alíquota de importação é de 20% sobre o preço CIF (entregue aqui). O produto sai da origem com preço sem os tributos locais e com preço especial para exportação . Ou seja, no mínimo 35/40 % mais barato que o preço de balcão, mas normalmente menor ainda, já que são normalmente os representantes no país que fazem a importação.

    Sobre o preço CIF o importador paga ainda o IPI de 30%.

    Sobre esse total mais 18 % de ICMS, 1,65% de PIS e 7,6% de COFINS.

    Ou seja, o produto da classificação 85.19.81.10 deverá ficar com cerca de 90% de carga tributária sobre o preço declarado. Assim 70% do retail price (estamos incluindo o frete e o seguro aqui) com 90% de carga tributária vai para 133 % do preço de balcão. Digamos, exagerando, 135% do preço de balcão (sem desconto) nos EUA. Isso se o cara não subfaturar, e todos subfaturam.

    Está bem abaixo dos teus 200% . O que acontece é que o cara quer vender 10 aparelhos por mês e desfilar de grande comerciante. Isso sai caro.

    Abraço,

    Édison
     
  7. sergiomuller

    sergiomuller Usuário


    Desde 27 Fev 2005
    recife
    Amigos,


    todas as ponderações de voces estão certas!!!! E erradas!!!

    Ser empresário no bRASIL ( escrevi certo! ) é isso!!!

    Ser chamado de vigarista, pelo consumidor e governos; ser chamado de desonesto, pelo consumidor e governos; Ser chamado de bandido pelo consumidor, governos e pelos que não podem comprar; Ser chamado de sonegador pelos governos, cidadãos consumidores, não consumidores, traficantes, prostitutas e marginais!!!
    Ser empresário no bRASIL é ser pior que marginal!!! Ser marginal tem, ao menos, que é muito, "direitos humanos" !! Já empresario tem, BURROcracia, ignorância, intolerância.......e, claro, MUITO imposto pra pagar!!! Até porque, todo mundo que gera emprego é, prioritáriamente, vigarista, escravisador, ladrão, sonegador, bandido ( sem direitos humanos) !!!!!

    O bRASILZÃO tá ferrado, um país que os ( filosoficamente falando!! ) seres pensantes sonham em ser FUNCIONÁRIO PÚBLICO, tá fadado à morte!!!!

    Sociedade coitada!!!!

    Voce achar que não vale, 1 ou 10, ou 1.000.000 um pastel de queijo???!!
    É ridículo!!!! sabe ´por que??? Roubaram sua capacidade de produzir!!!!

    Deixemos para lá, as frustrações! Se vc tem wilson audio ou B&W, não interessa!!!
    Afinal, as duas são fracas para o que cobram!!!!!

    VIVA o PT!!!!!!! heheheheeheheheheehehehe!!!!!!!!! Comédia!!!

    Abraços,

    Sergio


    PS: vcs acreditam que imposo é tudo???!!! o PHOODDAA é encarar a burrice, corupção, incompetêtencia!!!! Não tem imposto que pague!!!!NÃO TEM SOLUÇÃO!!!!!!!!
     
  8. Epstein

    Epstein Usuário


    Desde 27 Out 2003
    Houston
    Sobre a morte do SACD, acho que a Sony perdeu uma grande oportunidade de tentar tornar o DSD popular novamente quando lançou o Blu-Ray e não utilizou o DSD como formato de áudio padrão para esta mídia...imagine, um show gravado em alta definição de imagem e com DSD no áudio...aí ela teria duas tecnologias agregadas...vende uma e puxa a outra...

    Fred
     
  9. Theatermaster

    Theatermaster Usuário


    Desde 15 Abr 2006
    Rio de Janeiro / RJ / Brasil
    Fora as proféticas projeções de 1999 de que o SACD substituiria o CD, hoje falhas, o SACD continua sendo o audio mais alta definição, que circula no mercado. Nem o do pseudo rival, DVD-Audio, e o audio do Blu-Ray, me causou tanto impacto como o SACD. Não diria isso do Blu-Ray para filmes em HD e de seu audio multi-canal em Dolby TrueHD e DTS Master Audio. Mais em audio High-Def, condidero que o formato SACD, tem nos dado grandes pérolas e grandes emoções, seja em estéreo, seja em multi-canal. (y)

    Para puristas, de percepção mais binaural, estéreo, a gravação em DSD, oferece uma gama de nuances, antes chapadas no CD de 16 Bits à 44.1KHz. Morto só para as massas... Como o HDCD também. Massas que somente agora experimentam a inclusão digital. :guitar:

    Foram eles que derão sobrevida, ou será vida eterna ao CD comum. Ao se usar a mídia barata do CD-R e RW, gravando arquivos, fotos e para gravar os formatos de compactação de audio como o MP3, WMA e os de vídeo como o DVIX e o XVid. O formato gravável do CD(R e RW), reascende aí o "CD" como fonte padrão de audio... Nessa integração das massas com a tecnologia barata... O SACD é um desconhecido. :tecl:

    Mais massa não tem um bom equipamento, nem dinheiro, pra torrar num Cary ou MBL. Lamentável, mais é a pura verdade.
    Estive na Logical Design e vi o Cary tocando numa Dali Mentor, assim como vi um conjunto da MBL ompleto tocar também, com a caixa da MBL de alto-falantes radiais... Espetacular!
    Os Cary e MBL são para poucos, mais assim como relógio Vacheron, tem fila de espera. Sou ateu, mais... Eu diria que vi Deus! Lá na Logical!!! Pra mim e meus equipamentos e ouvidos, viva o SACD!!!! Saudações biteanas a todos... :aplauso:
     
  10. DRAGAO

    DRAGAO Usuário


    Desde 27 Fev 2006
    Sao Paulo
    essa frase merece destaque.....
    Pior que isso cada dia aumenta mais....:)
     
  11. GIORGI

    GIORGI Usuário


    Desde 2 Jul 2007
    Boca do Inferno, Brasil
    Concordo inteiramente com a opinião do colega Theatermaster, a busca pela alta fidelidade passa pelo SACD. Mesmo no extrato tipicamente comercial(de massa), a superioridade do SACD deverá prevalecer. No geral, somente discos de SACD não gravados diretamente em DSD não são superiores ao CD(as gravadoras gravam e ditam em PCM, convertendo posteriormente o programa musical para DSD).:aplauso:
     
  12. Paulo PJ

    Paulo PJ Usuário


    Desde 26 Set 2005
    Brasilia Df Brasil
    Escutem um cd normal ( PCM ) de um uma boa fita "master" ( Living Stereo, Mecury, Verve e outras antigas ), escutem um SACD e comparem. O nível de compressão é menor, e a naturalidade é melhor do que os SACD.
    Isso tá quase igual o termo "hi-end" criado pelos americanos pra ganharem dinheiro...:concordo:
    Abs
    Paulo
     
  13. GIORGI

    GIORGI Usuário


    Desde 2 Jul 2007
    Boca do Inferno, Brasil
    A cara nova do CD 306 SACD(além de outros detalhes), que não é mostrada nem no site da própria Cary, pode ser vista em news & updates no site www.intandemcanada.com.
     
  14. Dmaumau

    Dmaumau Moving Forward


    Desde 9 Out 2002
    Campinas / Sampa
    The CD 306 SACD Professional Version
    Following the tremendous success of the 306 line of CD players, Cary Audio Design’s new CD 306 SACD Professional Version includes the latest in SACD and HDCD playback technology. The new CD 306 SACD Professional Version features a new servo board design with internal components tested to 105° C. The PMD-200 filter has now been replaced with a high quality Burr Brown filter chipset. HDCD decoding is accomplished with the absolute latest software available. Larger, multiple power transformers along with higher current regulators add up to stronger, higher current regulated power supplies. The internal copper chassis along with a new vented top cover add strength, durability and incredible transport shielding to the CD 306 SACD Professional Version. For even greater resolution when playing back SACD’s, the internal wordclock frequency has been raised from 11.2896 MHz to 22.5792 MHz. Completing the list is a new aluminum loader tray that adds elegance and greater disc handling care. The new CD 306 SACD Professional Version continues on with 8 Burr Brown 1792u DAC chips running in a true balanced parallel, extremely low jitter digital to analog converter. The digital to analog conversion section within the new CD 306 SACD Professional Version may still be used as a stand alone DAC with three separate digital inputs available that are selectable on the front panel. The new Cary Audio Design CD 306 SACD Professional Version is now shipping.

    (y)
     
  15. sergiomuller

    sergiomuller Usuário


    Desde 27 Fev 2005
    recife
    Para os amigos que ainda não viram a nova "peça" da Cary, aí vai uma fotinho
     
  16. Ricardo Pontes

    Ricardo Pontes Usuário


    Desde 8 Dez 2004
    fortaleza ce brazil
    Sem querer provocar e já provocando ,

    O sacd ainda nao estourou ,porque quando se pensa que ele está com a bola ,aparece um cd BARATO - YAMANDU E DOMINGUINHOS [biscoito fino],por exemplo que arrebentam com o SACD cheios de informaçoes e frescurite para enganar os bobos .....

    Acho que a vida do cd ainda vai ser longa ....

    Ricardo.:concordo:
     
  17. Lellis

    Lellis Usuário


    Desde 16 Mar 2003
    Brasil
    Parece que tiveram que abrir umas aletas na tampa superior para dar conta do calor liberado pelas várias fontes, além dos 4 (ou seriam 8?) processadores. Li num review, não me recordo qual (Absolute Sound?), que o aparelho esquentava bastante quando ligado por algumas horas.
     
  18. ag-silva

    ag-silva Vivendo e Aprendendo

    7.413 14.403 1.216

    Desde 31 Mai 2007
    Rio de Janeiro
    Bela maquina (y) CD, HDCD e SACD um pacote completo :aplauso:
     
  19. Salu

    Salu Usuário


    Desde 7 Mar 2007
    Santos/Sao Paulo/Brasil

    Quanto custa? Ou, quanto custará? Aqui e lá.
    []s
     
  20. GIORGI

    GIORGI Usuário


    Desde 2 Jul 2007
    Boca do Inferno, Brasil
    $ 12.000, aqui e $ 8.000, lá.
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso