Anúncio do HT Forum

Clube das Caixas Audiopax

Discussão em 'Caixas Acústicas e Subwoofers' iniciada por Emmet L Brown, 23 Fev 2018.

  1. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Anúncio do HT Forum
    Pessoal,

    A seção "amplificadores, prés e integrados" já contempla o Clube Audiopax, dedicado a discutir a eletrônica da marca. No entanto, sinto que estamos órfãos de um clube específico para tratar das caixas acústicas e assuntos congêneres.

    Portanto, ante a chegada da nova e revitalizada linha de caixas Audiopax, tomei a iniciativa de criar esse tópico, com o intuito de ser um verdadeiro "clube das caixas Audiopax", para que possamos concentrar a discussão, relatos, fotos, testes, críticas e tudo o mais relacionado às linhas de caixas acústicas cunhadas pela marca.

    Forte abraço a todos.

    23 de fevereiro de 2018, ao som de Oasis - Supersonic.
     
    Última edição: 31 Mar 2018
    • 5


    Anúncio do HT Forum
  2. Dmaumau

    Dmaumau Moving Forward


    Desde 9 Out 2002
    Campinas / Sampa
    Será um clube pequeno, mas interessante (y)
     
  3. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Pelo que vi, o website da marca ainda não está atualizado com a nova linha, mas o texto lá disponível se adequa ao tópico como mensagem introdutória:

    A Audiopax é reconhecida internacionalmente por seus amplificadores e pré-amplificadores mas poucos sabem que as caixas acústicas foram os primeiros dispositivos de áudio desenvolvidos pelo nosso fundador Eduardo de Lima e o seu profundo conhecimento neste campo levou-nos às revolucionárias teorias sobre a interação entre amplificadores e caixas acústicas, algo posteriormente "traduzido” em todos os nossos equipamentos pelo exclusivo recurso de Timbre Lock®. Grande parte de nossas participações em feiras internacionais foi feita com caixas fabricadas por nós e em todos estes casos nossas salas foram consideradas como uma das melhores (algumas vezes a melhor) destes eventos.

    A Audiopax orgulha-se de ter associado na construção de sua nova linha de caixas acústicas todo o seu conhecimento e histórico em Engenharia com a arte de conceituados luthiers, agora exclusivamente dedicados a este novo desafio - criar instrumentos de reprodução sonora. O resultado é facilmente perceptível, não só pelo estonteante e inédito acabamento, com paralelo apenas na construção dos melhores instrumentos musicais, como também na experiência sonora, resultado na escolha sem compromisso dos melhores componentes.

    Extensão, dinâmica, timbre e musicalidade envolvidos por um acabamento de tirar o fôlego. Instrumentos musicais que desaparecem completamente no momento da audição, recriando com total precisão o acontecimento musical original.
     
    • 4
  4. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Anteontem fiquei sabendo da chegada do primeiro par das novas Audiopax Mandolin II no showroom em Copacabana. É uma caixa completamente nova, que só herda da anterior o nome. Drivers, componentes, topologia do crossover... tudo diferente. Diferente até do protótipo da caixa que eu tinha ouvido no showroom, em mais de uma oportunidade (o protótipo usava tweeter Scan Speak, que acabou sendo substituído por outro nas atuais).

    Recebi algumas fotos do gabinete como teaser, ainda antes da montagem dos componentes. Baffle todo em madeira de verdade, sendo ipê (centro escuro) e tauari (bordas claras) unidos por um trabalho em marchetaria:

    20180223_115454.jpg 20180223_115318.jpg 20180223_115347.jpg 20180223_115424.jpg IMG-20180221-WA0085.jpg

    Conforme exposto pelo membro Ricaudio nas páginas posteriores (post #40), seguem informações repassadas pelo engenheiro projetista Silvio Pereira:

    "O interesse em reprodução musical do nosso fundador, Eduardo de Lima, iniciou-se com o desenvolvimento de caixas acústicas e não nos amplificadores como todos pensam – estes surgiram como resultado de alguns trabalhos teóricos sobre a interação entre caixas acústicas e amplificadores (algo que resultou na invenção do Timbre Lock – mas isto é outra história). Desde sua fundação, em 1997, a Audiopax sempre produziu conjuntos de amplificadores e caixas acústicas e se apresentou com estes pares em praticamente todas as feiras internacionais que participamos. A qualidade destes projetos pode ser facilmente verificada com um dado impressionante: TODAS as salas em que apresentamos estes conjuntos (amplificadores e caixas acústicas Audiopax) obtiveram indicações de “Best of the Show” (foram 26 indicações em 14 feiras internacionais).
    Em 2010 decidimos criar uma nova linha de caixas acústicas – uma associação inédita (sob o ponto de vista literal) de engenharia, arte e design. Para chegar a isto agregamos a nosso time um grupo de profissionais com larga experiência na construção de instrumentos musicais e nos unimos a uma das mais criativas empresas de Design do Brasil (MODO Design). O resultado foi a linha “Luthier”, que incluiu as primeiras versões das caixas Mandolin e Arpeggione.
    Nos sete anos posteriores a este lançamento trabalhamos na evolução de todos os conceitos estabelecidos por estas caixas, sempre com o intuito de aprimorar sua construção e performance. Dentro deste espírito revisamos a escolha de cada driver, o circuito e os componentes do crossover, toda a fiação interna e os próprios gabinetes (formatos, materiais e técnicas de construção). A atual linha de nossas caixas utiliza opções de drivers da própria Audiopax e das reconhecidas empresas Accuton, SB Acoustics, Raal, MarkAudio e Fountek, fiação especial OFC e OCC Neotech, binding posts Vampire e bobinas Mundorf e Goertz. Além disto desenvolvemos em parceria com a Jupiter Condensers, uma dos principais fabricantes de capacitores de áudio do mundo, as unidades utilizadas em nossos crossovers. Estes componentes são elementos fundamentais para que qualquer caixa acústica possa efetivamente considerada “high-end” e poucas empresas do mercado têm o diferencial de participar do seu desenvolvimento, adequando-os perfeitamente aos seus conceitos de projeto.
    Os novos gabinetes, além da clara atualização do seu original e orgânico formato (escolhido muito mais pelo seu resultado acústico que pela leveza e beleza que proporciona às caixas), possuem agora o baffle feito em madeira maciça de alta densidade (acima de 1 tonelada por m3) e com apoio à estrutura efetuado através de algumas opções de madeiras “macias” (Ash, Peroba Rosa, Maple ou Tauari). Essas escolhas foram fundamentadas em seu resultado sonoro e obtidas após anos de exaustivos testes e, em alguns casos, nos obrigaram a desenvolver técnicas próprias de corte, nivelamento, colagem e acabamento final. Ao final, acrescentamos exclusivos e refinados acabamentos com marchetaria criados pela empresa Martin Guitars na década de 20 e produzidos para a Audiopax por luthiers da Califórnia – um detalhe apenas encontrado nos melhores instrumentos musicais.
    A nova linha Luthier será inicialmente composta por três modelos:
    Camerata: uma full range com super-tweeter para ambientes pequenos e médios (até 40m2) e 95dB de sensibilidade.
    Mandolin II: uma caixa de três vias para ambientes pequenos e médios (até 40m2) e 93dB de sensibilidade.
    Arpeggione II: uma caixa de três vias para grandes ambientes (a partir de 35m2) e 93dB de sensibilidade."

    E sobre as duas versões da Mandolin II, Sílvio explicou que elas diferem "apenas nos drivers de médios (Audiopax para a Mandolin II Prima e Accuton cerâmico para a Mandolin II). Ambas utilizam tweeter cerâmico da Accuton e dois woofers da linha Satori da SB Acoustic. Toda a fiação é especial, com uso agregado de fios OCC retangulares para os médios e tweeters da Neotech e de cabos especiais banhados em prata para os woofers. As principais características técnicas deste modelo seguem abaixo:

    Máxima potência
    140W
    Potência recomendada
    4.5W a 140W
    Resposta de Frequência
    27Hz - 32KHz, -3dB
    Sensibilidade (2,83V, 1m)
    93 dB
    Impedância nominal
    4 ohms
    Dimensões (AxLxP, cm)
    121x32x46
    Peso = 39 kg (cada caixa)"
     
    Última edição: 16 Mar 2018
    • 5
  5. Dmaumau

    Dmaumau Moving Forward


    Desde 9 Out 2002
    Campinas / Sampa
    @Renato@Renato ,

    Conta mais aí pra nós :aplauso:
     
  6. Klaatu

    Klaatu Klaatu Barada Nikto!

    142 326 28

    Desde 3 Fev 2016
    Brasília
    Excelente iniciativa Lucas! :aplauso:

    Eu já tive o prazer de escutar o protótipo da Mandolin II no show room de Copacabana! Na ocasião, o Sílvio me explicou toda a fascinante "filosofia" aplicada ao projeto e a construção dessas belíssimas caixas! Componentes de primeira linha, madeiras nobres e acabamento primoroso somente encontrado em equipamentos do mais alto nível internacional!!
    (Em relação à utilização de algumas madeiras nobres, talvez seja uma característica única...).

    Acredito que as Mandolin II devem ser mais um grande sucesso da Audiopax!

    Acompanharei com muito interesse as informações postadas aqui neste novo "clube"!!

    Abs!
     
    • 3
  7. joaovieiraneto

    joaovieiraneto Usuário


    Desde 14 Abr 2010
    Eusébio/CE/Brasil
    Em abril esssas caixas tocarão com os Maggiore M100 e Tidal em João Pessoa.
    Além dos amigos audiófilos que já sabem e marcarão presença, se alguém mais da região nordeste quiser dar um pulo pra conhecer essas maravilhosas caixas, mande MP.
    Haverá gente do Recife, de Fortaleza, de Campina Grande e de Natal.
    Será, além disso, um encontro de confraternização de audiófilos.
     
    • 4
  8. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Pelo que soube, a Audiopax terá 3 caixas disponíveis:

    Camerata - driver + super tweeter ribbon, no estilo fullrange. Não tem nada a ver com a camerata anterior, que era configuração LT (linha de transmissão). Essa nova camerata só conservou da anterior o nome. Tudo é diferente: topologia, proposta, gabinete, drivers e crossover.

    Mandolin II - caixa de 3 vias, sendo 2 woofers, 1 médio e 1 tweeter. Terá duas versões, que se diferenciam quanto aos drivers de médio utilizados. Também diferente de tudo que veio antes.

    Arpeggione - essa aí eu não estou por dentro... mas sei que vai ser diferente do que havia.


    Baita evento! :aplauso:
     
    Última edição: 26 Abr 2018
    • 4
  9. Dmaumau

    Dmaumau Moving Forward


    Desde 9 Out 2002
    Campinas / Sampa
    Espero ter a oportunidade de ouvi-las. Anteriormente sempre tive a impressão de que as caixas estavam muito atrás da eletrônica.
     
  10. Russo

    Russo LoucoporSom


    Desde 31 Mai 2002
    Campinas - SP
    Com o Renato Lira fazendo parte da equipe de projetos de caixas, tenho certeza que vem coisa muuuito séria por aí.

    Vamos aguardar...

    Abraço,
     
    • 1
  11. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Mau,

    Ouvi o protótipo dessas caixas (na ocasião com tweeter Scan Speak, e não o Accuton cerâmica atual) ano passado em mais de uma oportunidade. Meu amigo... em minha humilde opinião, bem à altura da eletrônica.

    Eram essas aqui:

    Screenshot_20180124-142235.jpg Screenshot_20180124-141351.jpg

    Abraço
     
    • 3
  12. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Fiz alguns registros dessa caixa-protótipo em ação.

    1. Tocando Stevie Ray Vaughan (via Tidal) com o M50 Maggiore, de 50w por canal (com o @felipsom@felipsom fazendo o papel de ouvinte central):


    2. Tocando Antonio Zambujo com o Piccolo, de 4,5w por canal:


    Em ambas situações e com potências discrepantes, achei a resposta da caixa surpreendente. Equilíbrio tonal, coerência de timbres, muita dinâmica (ouvi rock pesado e heavy metal... bateria veloz com bumbo duplo) e fluidez com um som intimista, dócil e envolvente. A emulação de palco... minha nossa, era algo surreal, como que estar no evento.

    Se esse protótipo já havia me conquistado (foi por causa dele que eu decidi substituir minhas caixas), imagino o que vai tocar o projeto final em curso, que ouço dizer que ficou muito superior.
     
    • 3
  13. Delta.40

    Delta.40 Usuário

    2.692 1.652 461

    Desde 2 Mar 2011
    Brasil
    Bom dia, João Vieira! Já sabe precisar data? Sou de JP mas hoje moro fora. Há grande chance de ir em abril por aí.
     
  14. joaovieiraneto

    joaovieiraneto Usuário


    Desde 14 Abr 2010
    Eusébio/CE/Brasil
    Ainda não sei, depende de concluir a minha sala e colocar tudo para amaciar ( nova instalação elétrica, novas tomadas, etc).
    Logo que definirmos coloco por aqui.
     
    • 2
  15. Almiro Lemos

    Almiro Lemos Usuário


    Desde 24 Fev 2004
    Natal/RN
    Excelente idéia, Lucas. Embora ainda não tenha as caixas, é o caminho que quero seguir. Estou no clube
     
    • 1
  16. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Update: uma se chamará "Mandolin Prima", cujo driver de médio será proprietário Audiopax, e a outra eu não sei o nome, mas será com médio de cerâmica Accuton. "Audiopax Ceramik"? :rofl::ataque:
     
    • 2
  17. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Mais uma de costas. Já não se fazem mais paparazzi como antigamente... :meh:

    IMG-20180224-WA0074.jpg
     
    • 1
  18. Cantunes

    Cantunes Usuário

    954 1.896 491

    Desde 17 Abr 2008
    Rio de Janeiro
    Uma foto da mandolin II com falantes médios e agudos da Accuton e falantes de graves SB acoustics.

    28424587_10155373275778589_6650402314917025698_o.jpg
     
    • 2
    • 1
  19. Emmet L Brown

    Emmet L Brown Usuário


    Desde 21 Abr 2006
    Recife/PE
    Chegou chegando!... :aplauso: Essa é a tal "Ceramik". Você já a ouviu, Cantunes?
     
  20. Cantunes

    Cantunes Usuário

    954 1.896 491

    Desde 17 Abr 2008
    Rio de Janeiro
    Cara. Infelizmente, ainda não ouvi. :desculpe:

    Essa foto a Andrea Cruz postou em um grupo no facebook, no qual tbm faço parte e postei a foto aqui.

    A caixa é muito linda e com esse nível de falantes, com certeza deve estar tocando muito.
     
    • 1