Anúncio do HT Forum

Clube do Compact Disc

Discussão em 'Áudio Estéreo Digital' iniciada por yestaken, 23 Ago 2015.

  1. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Anúncio do HT Forum
    Seja bem vindo!


    Seguindo a ideia de alguns fóruns internacionais e um tópico similar em nosso fórum (para os discos de vinil), me sinto honrado em criar o Clube do Compact Disc para aqueles que amam este formato de mídia física, colecionadores e entusiastas.

    Neste tópico poderemos postar as fotos de nossos CD's que colecionamos, CD's recém adquiridos e assuntos diversos sobre a mídia em sí, além de, é claro, assuntos e curiosidades sobre os albuns dos artistas. Não há regras à princípio, mais é importante lembrar em quê o tópico é dedicado antes de postar.

    Bem, sem mais delongas, é com muito prazer que abro o tópico com esta pedrada:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Trata-se de nada mais, nada menos, que a primeira prensagem em CD desse clássico do Black Sabbath, o disco Paranoid. Este disco foi produzido pela companhia alemã de discos "Intercord Tongesellschaft", que começara à produzir CD's em 1986.

    É um item que, para mim como colecionador, é muito gratificante ter em minha prateleira. Apesar dos anos terem se passado, o disco continua impecável e tocando muito bem (uma das vantagens do compact disc).

    Escutar este disco nesta versão é realmente fascinante, a clareza dos detalhes das músicas são bastante nítidos, poucos são os CD's que possuo que apresentam tamanha naturalidade em sua reprodução. Particularmente, acho que é o melhor disco já produzido pelo Black Sabbath, inclusive, não me lembro de ter ouvido nada, repito, nada, com o peso e sonoridade desse album antes dele ter sido produzido. Se tiver a opurtunidade de conseguir este CD específico, não pense duas vezes em obte-lo.



    Obrigado pela oportunidade e vamos lá!!!!
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 4
    Anúncio do HT Forum
  2. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Seguindo com as postagens, mais um clássico:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]



    Deep Purple, Machine Head. Este CD em questão, foi publicado em 1987, Japão.

    Trata-se de um clássico absoluto. O que dizer de um disco que começa com uma sonoridade tão magnífica como "Highway Star" e termina com uma porrada sem igual chamada "Space Truckin'"?, bem, é realmente difícil dizer.

    Sobre a mídia em sí, é realmente um CD muito bem feito. Aliás, eu tenho os japoneses como os maiores e melhores fabricantes de discos no mundo, seguido dos alemães. A masterização do CD ficou estupenda, realmente uma audição incrível.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 2
  3. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    E o próximo clássico é:

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Defenders of The Faith, Judas Priest. Este CD em questão fui publicado em 1984, USA.

    Acredito eu que seja o melhor CD já publicado desse álbum. Não apenas por, em geral, as primeras edições serem na maior parte das vezes melhor, mas também pela alta dinâmica empregada no disco, ainda mais se tratando de um disco de heavy metal. Para qualquer colecionador, ou mesmo um melomano, vale a pena ter esta versão.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 1
  4. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Dark Side Of The Moon, Pink Floyd. Este CD em questão foi publicado no ano de 1985, USA.

    Este foi um dos primeiros CDs publicados deste indiscutível clássico de 1973. A audição deste CD é realmente muito boa, e, felizmente, ainda é relativamente fácil encontra-la!!!
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 2
  5. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Amanhã devo continuar com as postagens aos colegas do fórum, infelizmente, estou com pouco tempo disponível.
     
  6. Cotuba

    Cotuba TREME

    3.494 1.787 636

    Desde 8 Mar 2008
    São Paulo
    Colega.
    Parabéns pela iniciativa.
    Vou acompanhar.
     
  7. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Obrigado Jctreme!!!
     
  8. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Invasion Of Your Privacy, RATT. Este CD em questão foi publicado em 1985, Alemanha.

    Bom, para aqueles que como eu gostam de um bom Hard Rock, este álbum é indispensável para qualquer colecionador. As imagens acima correspondem à primeira publicação em CD deste álbum.

    Para aqueles que nunca o ouviram, destaco as músicas "You're in Love", "Lay It Down" e "Between The Eyes" como as mais eletrizantes do disco inteiro!!!, com certeza, vale a pena ouvir.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  9. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Diary Of A Madman, Ozzy Osbourne. Este CD em questão foi publicado em 1987, USA.

    Simplesmente meu disco preferido da carreira solo de Osbourne, trata-se do tipo de disco que não se ousa cogitar pular alguma faixa.
    Gostaria de ressaltar aqui à qualidade da impressão do encarte do disco em particular, que é bastante nítida.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  10. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Faster Than The Speed Of The Night, Bonnie Tyler. Este CD em questão foi publicado no ano de 1988, UK.

    Este álbum é realmente muito bom, o ponto alto do disco em minha opinião é a faixa-título, "Tears" e a clássica "Total Eclipse of The Heart". Já ouvi 03 versões diferentes (contando com essa acima) em CD desse mesmo álbum, uma Japonesa e outra dos EUA.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  11. Magno

    Magno Usuário


    Desde 7 Dez 2003
    Belo Horizonte,MG-Brasil
    Também vou acompanhar c/ muito atenção!!
    Parabéns pela iniciativa!

    Sds,

    Magno
     
  12. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Blackout, Scorpions. Este CD em questão foi publicado no ano de 1984, USA.

    Em minha opinião, o maior clássico dos Scorpions. Para os fãs de Heavy Metal, é um bombardeio de riffs matadores da dupla alemã Rudolf Schenker e Matthias Jabs, além de, é claro, a voz marcante e única do grande Klaus Meine.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  13. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    The Final Countdown, Europe. Este CD em questão foi publicado em 1988, Japão.

    Apesar de não serem muitos os que realmente gostaram do disco, acredito que, em minha humilde opinião, trata-se sim de um ótimo disco. Emplacou clássicos como "The Final Countdown", "Rock The Night" "Cherokee" e "Carrie". O CD em sí é muito bem feito, possui encarte com 16 páginas e com uma qualidade impressa realmente muito boa. Conforme eu já havia mencionado, posiciono o Japão como o N° 1 em qualidade de fabricação de CD's.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  14. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Body Wishes, Rod Stewart. Este CD em questão foi publicado no ano de 1986, Alemanha.

    Este é um dos melhores discos do Stewart, com certeza recomendo à qualquer um escuta-lo. Emplacou Hits em 83 como : "Body Wishes", "Baby Jane", "Sweet Surrender" e "Guetto Blaster". Este CD em particular é relativamente difícil de ser encontrado, e para piorar a situação, existe apenas mais 4 versões diferentes publicadas em CD do mesmo.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  15. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Beneath The Remains, Sepultura. Este CD em questão foi publicado em 1989, Brasil.

    Sim, é isso mesmo. Em 1989, meus amigos, já se publicava CD's em Terras Tupiniquim. Aliás, me corrija se estiver errado, acredito que já havia máquinas de prensagem da alemã Sonopress aqui desde 1987.

    Este é um dos melhores álbuns de Thrash Metal do planeta, me lembro de quanto o ouvi pela primeira vez, não sabia que a banda era Brasileira, e foi difícil de acreditar quando soube que era. Álbum muito, mas muito bom mesmo, este CD recebe o devido destaque que merece em minha coleção.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 1
  16. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Valeu Magno!!!
     
  17. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    GN'R Lies, Guns N' Roses. Este CD em questão foi publicado no ano de 1988, USA.

    Com certeza, umas das gravações que mais gosto em minha coleção. É sempre complicado falar deste álbum, uma vez que nele está contida uma das mais controversas músicas de todos os tempos, "One in a Million". Falando diretamente com aqueles que a conheçem, não creio que W. Axl rose tenha levado a letra à um nível pessoal, do tipo que se queira expor sua raiva diante de alguns aspectos e pessoas da sociedade, apesar de que, analizando bem, percebe-se que no cerne das frases de sua letra há sim algum sentimento de angústia e ansiedade real por parte do autor, assim como se percebe pelo "cantar" da mesma.
     
    Última edição: 6 Fev 2017
  18. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Continuando...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]


    Iron Maiden, Iron Maiden. Este CD em questão foi publicado em 1995, Japão.

    O segundo disco que mais gosto do Iron Maiden. Apesar de não ser citado por muitos fãs da donzela de ferro como um disco de referência dos mesmos, eu acredito que ele seja um clássico sem igual.
    Este CD em questão é na verdade um reissue, e tinha um preço bem mais em conta na época de seu lançamento. Aliás, ele faz parte da série de lançamentos "CoolPrice", que mantinha o preço reduzido dos discos sem sacrificar a qualidade de contrução dos mesmos. Existem vários títulos de outras bandas lançados sobre a mesma série, que com certeza vale a pena conferir!
     
    Última edição: 6 Fev 2017
    • 1
  19. MarceloEduardo

    MarceloEduardo Usuário


    Desde 6 Mai 2007
    SP / Brasil
    Yestaken,

    Muito legal sua iniciativa.

    Percebe-se que você é uma pessoa cuidadosa com a escolha das prensagens (e se não for, parabéns porque não há nenhum disco nacional ou remasterizado em todos que você compartilhou). Para mim isso conta muito.

    Grande parte dos títulos que você postou são primeiras edições em CD dos respectivos álbuns, ou como muitos dizem, "não-remasterizadas". Em geral CDs lançados até a primeira metade da década de 90. Comparado às edições posteriores, estas em sua vasta maioria apresentam menor compressão e equalização, sendo assim melhores preservadas e fiéis às gravação "master".

    Embora eu esteja neste momento mais engajado com analógico, valorizo muito uma boa edição em CD, em especial japoneses. Por incrível que possa parecer, existe padrões nas prensagens de um país para outro e isso pode ser notado, ainda que não exista declaradamente uma remasterização.

    Espero como você poder contribuir neste grupo.

    Abs.
    Marcelo
     
    • 1
  20. yestaken

    yestaken Grão-Marechal

    245 287 48

    Desde 14 Fev 2014
    Brasilia
    Muito obrigado Marcelo!, me sentirei, com certeza, honrado com qualquer contribuição que faça ao tópico.

    Bem, quando eu começei a comprar CD's, ainda não havia as chamadas "edições remasterizadas de estúdio". Se bem me lembro, elas surgiram à partir de 94/95.
    Já no começo, eu não gostei da história por 2 motivos:

    01) Eu não gosto da ídeia de ouvir algo diferente do que foi a produção primária do disco, mesmo que o disco não apresente uma boa qualidade de gravação. Para mim, o que sempre importou foi ouvir as gravações originais.

    02) No começo das publicações dos CD's remasterizados, eu já possuia um quantidade considerável de CD's e discos de vinil, e não, não mesmo iria sair por ai comprando os mesmos álbuns que eu já possuia. Existe um tipo de colecionador que adora ter mais de uma versão de um determinado disco, prensagens de outros países e label's diferentes, mas eu nunca gostei muito disso.

    Sobre as publicações de CD's em território nacional, eu lamento dizer isso mas, nunca, nunca foram de se destacar em qualidade de impressão nos encartes. Carambolas, poucas coisas me deixam tão frustado quanto comprar um CD e perceber a qualidade BAIXA de sua impressão de encarte, e pior, vários possuiam pequenas "arestas" nas bordas da mídia do CD, o que me deixava realmente chateado. Isso sem contar a impressão direta na mídia do CD.
    Mas eu me sinto aliviado em dizer que existem sim CD's nacionais que foram publicados com um padrão superior ao comumente adotado aqui. Um exemplo disso é um dos discos que citei acima (Beneath the Remains), e outros títulos que possuo, como "Zé Ramalho - Força Verde", "Raul Seixas - Gita", Raul Seixas - Novo Aeon", "Celso Blues Boy - Vivo" "Bitkids - Bitkids", entre outros que existem. Mas devido as frustrações que já tive, em minha coleção só entra CD nacional se for devidamente inspecionado, e somente de artistas nacionais.

    Atualmente, eu já não compro mais CD's como antigamente, até porque, já possuo 99% dos discos que eu sempre desejei ouvir e ter em casa. Novos lançamentos de novos artistas? bem, as pessoas responsáveis por ditar como deverá ser realizada a masterização de seus discos parecem não estar pensando nos mais velhos, ou mesmo nos mais jovens. Como escutar um disco com volume de gravação tão alto sem sentir dor de cabeça em poucos minutos? E não adianta, pelo menos para mim, abaixar o volume, pois tomo o risco de não entender direito a melodia que está sendo reproduzida.
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso