Clube do iPad

Discussão em 'Smartphones e Tablets' iniciada por Alexandre RS, 27 Jan 2010.

  1. Bem que ele podia ter um controle remoto univesal embutido...
     
  2. Murilo

    Murilo Moderador

    Alguém já converteu séries 720p para o Iphone?

    Eu já, fica ANIMAL a imagem, e ocupando uns 250mb cada episódio de 1GB (para a resolução do Iphone).

    Imagino que fazer na resolução da tela do iPad vai ficar com uns 600MB por episódio.

    Minha intenção com o iPad é ter um dispositivo menor que um notebook e maior que o Iphone para assistir vídeos em avião, viagem, quando vou para o interior, etc, e isso o iPad entrega, por isso vou comprar :)

    E, considerando que adoro meu iPhone, penso que certamente gostarei da iPad.

    Eu considero o iPhone o melhor gadget que já tive, pois o uso que menos faço dele é como celular, e depois que comecei a usar o iphone não consigo usar nenhum outros dispositivo touch screen, pois todos ficaram toscos da noite pro dia :D

    Minha única queixa é por não ter flash para a internet, mas isso já está passando da hora de não ter, e imagino que no iPad também resolvam logo.

    E se a tela é 16:11 ela está muito mais próxima de 16:9 do que de 4:3 ;)

    A própria tela do iphone não é 16:9, deve ficar nos mesmos 16:11, e fica ótimo para vídeos 16:9, pois ficam pequenas tarjas acima e abaixo da imagem, ou vc pode dar zoom.

    Por isso que minha compra da iPad é certa, basta conseguir comprar lá, por uma viagem, ou meu irmão trazer, ou seja, preço de lá e não preço daqui (y)
     
  3. Juliano Fava

    Juliano Fava High Five!


    Desde 29 Mai 2005
    McLaren's Pub
    Murilo, que programa que você usa pra converter os vídeos pro iPhone?


    Abs
     
  4. ssjunior

    ssjunior Usuário


    Desde 23 Jan 2009
    Floripa/SC
    Não tem câmera. Então nada de conversa com vídeo.
    Não é multitasking. Então nada de 2 aplicativos rodando ao mesmo tempo.
    Não tem usb. Você tem que comprar um adaptador.
    Não tem cartão de memória, outro adaptador.
    Nada de revolucionário.


    Para mim, foi a decepção do ano. Um iPhone aumentado e capado. Fico com meu iPhone mesmo.

    E mais, guardar o que todo mundo esperava para a próxima versão é um truque que as pessoas já estão ficando cansadas de pagar... Compra agora para daqui 6 meses, sair um com câmera ou outra coisa que ´não colocaram agora´.

    Pisou na bola Apple e os comentários pelo mundo todo vão mostrar isso.
     
  5. FastMHZ

    FastMHZ Usuário


    Desde 24 Nov 2003
    Alluris
    Handbrake é o melhor.

    Converte pra tudo que é formato, inclusive transforma bluray para mkv x264. (y)

    []s
    Fernando
     
  6. Helio.

    Helio. Refinando...


    Desde 2 Nov 2006
    SP/SP/BR
    Eta arredondada de 11,94 para 11 :lol::lol::lol:

    E mesmo 16:11 está mais perto de 4:3 (ou seja, 16:12), do que 16:9 :p
     
  7. Seinfeld

    Seinfeld Usuário


    Desde 29 Nov 2007
    São Caetano do Sul - SP
    [​IMG]

    Interessante, mas....
    A galera já começou a sacanear!
     
  8. Juliano Fava

    Juliano Fava High Five!


    Desde 29 Mai 2005
    McLaren's Pub
    :rofl::rofl::rofl::rofl:

    Ótima comparação!


    Abs
     
  9. Roosevelt

    Roosevelt Apareço de vez em nunca.


    Desde 16 Jul 2002
    São Paulo
    Ainda bem que eu não estava esperando muito, pois certamente iria quebrar a cara. :-/

    Analisando friamente, é um produto de nicho. Nada essencial. E por isso mesmo, limitado. É wireless, 3G (opcional), tem microfone e speakers embutidos, mas não possui uma mísera iSight! :mal:
    Câmera sim, por quê não? Seria ótimo poder conversar em vídeo pelo Skype, sem ter de ligar o Macbook.

    Talvez Steve Jobs esteja perdendo o traquejo, como dizem. Acho mesmo é que ele está é ficando cada vez mais $acana. Seria a influência de Bill Gate$?

    [​IMG]

    Brincadeiras a parte, o fato é que o iPad será o nirvana para muitos e apenas mais um gadget para outros tantos. Alguns comprarão apenas por ter o logo da maçazinha mordida e outros por quererem um aparelho diferente para cada função em especial. Ou seja, o mesmo macmaníaco que faz questão de ter um iPod Touch e um iPhone no bolso, apesar de o segundo substituir plenamente o primeiro.

    Fazendo as contas, se vê que os grandiosos lançamentos da Apple estão cada vez mais distantes uns dos outros. Nada pode mais ser verdadeiramente revolucionário ou completo. Business...

    Resumão da ópera? O iPad é um produto legal sim, mas somente os macmaníacos xiitas concordarão se tratar de algo revolucionário e mágico.
    Os demais Mac Users apenas gostarão dele, o que não é nenhum demérito. Eventualmente, conseguindo encontrar um uso interessante para o brinquedo, até mesmo o comprarão! ;)
    Se tiver bom sortimento de e-books, ou iBooks, como a Apple prefere chamar, será muito benvindo. :concordo:

    Para vocês ficarem com água na boca, eis um vídeo demonstrativo: Hands On.

    Abraços.
    Roosevelt
     
  10. BigBro

    BigBro Usuário

    4.063 1.119 1

    Desde 31 Dez 2007
    Brasília
    iPhone de Itu... :)
     
  11. Murilo

    Murilo Moderador

    Verdade, a tela está mais para 4:3 do que 16:9 (y)

    Concordo que não é revolucionário, mas é bem legal :D

    Vejam um dos concorrentes:

    http://www.archos.com/products/nb/archos_9/design.html?country=ru&lang=en

    Já manuseei o Archos 5 e o touch screen dele é tosco perto do iphone, além de ser meio lento. Esse 9 parece ser melhor, mas acho que no software e touch screen perde pro iPad (y)
     
  12. BigBro

    BigBro Usuário

    4.063 1.119 1

    Desde 31 Dez 2007
    Brasília
    [​IMG]
     
  13. vagnerrondon

    vagnerrondon Usuário


    Desde 28 Ago 2006
    Águas Claras/DF/Brasil
    Concorrente mesmo vai ser a linha eee da Asus e o
    [​IMG]

    da MSI e similares, rodando o android em um Nvidia Tegra 2, vídeos 1080P, 12 (tem lugar que diz 15 ou 16) horas de bateria assistindo vídeo fullhd, saida HDMI, Adobe Flash, por volta de 500 dólares.
     
  14. Murilo

    Murilo Moderador

    Vagner,

    Tem algum link para esse da Asus?

    Quando deve sair?
     
  15. e.duarte

    e.duarte Eduardo Duarte


    Desde 18 Mai 2007
    Rio de Janeiro
    Murilo,

    já que é compra certa, por que nao comprar com o 3G.? Ele vira bloqueado tambem, como o iphone?
     
  16. rodtam

    rodtam Usuário


    Desde 2 Mar 2009
    Sao Paulo/SP/Brasil
    :ataque:
    Agora entendo o porque das lojas de 1,99.:rofl:
     
  17. SuperR0ck

    SuperR0ck Usuário


    Desde 19 Fev 2008
    Belo Horizonte / MG
    Pra mim ... nada demais. Decepcionou. Vou passar longe.
    Ainda mais que fica preso na plataforma Apple :
    Essa solução Asus/MSI me pareceu muito mais interessante, uma verdadeira central multimidia (audio&videos, internet, tem cam?).

    Na CES a Microsoft tinha com a HP uns tablets, possivelmente com plataforma Windows, mas não sei as specs.

    Já tem netbook 10" no mercado muito mais interessante que isso aí. Não é tochscreen mas é completão! (y)

    Pensamos no nicho de mercado; quem compraria um iPad:
    - Não substitui o iphone pois ele não é telefone (no futuro ele por der um iphone de mesa);
    - Não substitui o ipod, afinal ninguém vai levar o ipad para a academia;
    - Não substitui um camera, pois ele não tem;
    - Não substitui o media player FULLHD pois não tem saída HDMI (neim sei se o hardware suporta).
    - Não substitui o netbook, pois não tem acesso web com adobe flash (pode ser questão de tempo).

    Pra mim atendo dois nichos:
    - Aqueles que querem um e-reader concorrente do kindle;
    - Aqueles que são mac xiitas que compram tudo que tem um maçanzinha estampada.

    A verdade só o tempo dirá ... é aguardar.
     
  18. Nick

    Nick Dark Lord of the Sith


    Desde 9 Jan 2004
    Campinas/SP
    Sinceramente não gostei... Não vi grandes utilidades/possibilidades, tem o mesmo defeito de qualquer gadget da Apple que é a baixa autonomia da bateria, não faz nada que um iPod Touch ou iPhone já não façam e pra mim passa o ar de ser algo desajeitado de se usar no dia a dia. O único atrativo mesmo é a tela grande, mas esta poderia ser OLED, hein? Nem isso...
     
  19. besantos1980

    besantos1980 Usuário


    Desde 4 Out 2007
    Brasília
    Eu não sou fã da Apple. Aliás, muito pelo contrário. Acho seus produtos caríssimos e sua relação custo x benefício muito baixa.

    Já usei MacBooks, Iphone, Ipod (Clássico e Touch). O único produto que já considerei comprar foi o Ipod Touch. O hardware é bom e a interface do Iphone agrada. Mas a falta de multitasking e a chatice do iTunes me fizeram desistir.

    O único produto que considero realmente revolucionário nestes todos foi o Iphone, e devido a interface agradabilíssima. É realmente um deleite usar aquela interface elegante. Mas para mim não basta.

    Mesmo assim, achei o iPad uma decepção.

    ---------- Mensagem adicionada às 10:57 ---------- Mensagem anterior foi às 10:53 ----------

    Não fui o único que achei ele fraquíssimo e, bem, um pouco inútil.

    http://www.gizmodo.com.br/conteudo/8-coisas-idiotas-que-estragam-o-ipad
     
  20. 35891

    35891 Usuário


    Desde 20 Jan 2008
    Achei a análise abaixo bem isenta...

    O que devo destacar é a evolução que tivemos desde o primeiro iphone para o atual 3G... aliás, já tá no forno o iphone 4G lá fora...

    O que estamos vendo agora são as primeiras versões das tablets... daqui a uns 3 ou 4 anos, todas as limitações serão resolvidas e a migração vai ser natural...

    Ainda aposto minhas fichas na plataforma Android.

    *******

    Halex bodejando: eu ODEIO a iPad
    por Halex Pereira | 28/01/2010 162 Comentários

    Mentira, eu não odeio a iPad. Nem amo. Apenas a respeito do jeito que ela é: fina, elegante, parece que arrancaram a tela de um iMac (que, tecnicamente, é o iMac todo) e a encolheram. Contudo, muita gente está cuspindo fogo pelas ventas por causa da decepção com o novo gadget.

    A estas pessoas, eu digo: re-la-xe! :) Se você não gostou da iPad, mesmo assim ela ainda gosta de você. Neste momento, proponho fazermos um pouco de análise para entendermos melhor por que a iPad é do jeito que é: vamos tentar ir a fundo no que diabos esse produto significa.

    Disclaimer: para escrever este post, eu me vali de muitas ideias que não são originalmente minhas. De onde elas saíram? De três lugares: dos comentários neste post, deste artigo do David Pogue no NYTimes.com e da minha bagagem. Agora, ao texto.

    Rumores, daqui não passareis!

    Primeiro, esqueça de tudo o que você leu, ouviu, pensou ou sonhou nos últimos meses! Querer se basear em rumores agora é o mesmo que achar que você foi traído pela J. K. Rowling só porque ela fez o Harry Potter se casar com uma garota diferente da que você escolheu na sua fanfic.

    Rumores são rumores, eles não importam mais, depois que um produto é lançado.
    O que há num nome?

    Pois é, acabou sendo “iPad”. Infelizmente, pad significa “absorvente” em inglês, então só posso dizer que nunca foi tão bom ser brasileiro. Você compraria um iModess? Em todo caso, com o tempo vamos acabar nos acostumando — se bem que até hoje eu ainda não suporto ler “MobileMe”, que dirá ouvir.

    E um detalhe importante! Ainda não podemos ter certeza se é menino ou menina: só quando a página da Apple Brasil for atualizada é que poderemos dizer com certeza se é “a iPad” ou “o iPad”. Pela extensão do gênero “a tablet iPad” e para evitar confusão com “o iPod”, eu fico com o feminino. (Ouviu, Apple Brasil?)
    Seu computador principal

    A iPad não é. Ela não quer ser um substituto pro seu MacBook, pro seu Asus, pro seu iMac, pro seu HP, pro seu Dell ou pra qualquer caixa bege (ou preta) que existe por aí. A iPad está se lixando pro Photoshop e pro Final Cut. Por isso, muitas coisas que ela não tem fazem sentido.

    * USB: seria legal, poder espetar um pendrive e navegar pelas pastas, né? Ou uma impressora/scanner, pra ter que instalar drivers? Você queria mesmo que a iPad fosse da grossura de uma porta USB? Ou que ela fosse micro-USB e precisasse de um cabo extra? Para quem tiver uma necessidade desesperadora de conectar câmeras, haverá um adaptador à venda — e eu acho que todo mundo vai preferir ir da câmera ao computador, sem escalas pela tablet.
    * Cartões SD: aqui, eu vejo um certo motivo pra reclamar. Custava abrir um espacinho pra podermos salvar fotos direto na iPad? Pelo visto custa, pois quem quiser isso vai ter que desembolsar um extra por um adaptador — que, mais uma vez, acredito que vai vender pouco, visto que iMacs e MacBooks Pro já os aceitam.
    * HDMI: pelo jeito, a resposta da Apple nesse caso é “compre uma Apple TV” — achou mesmo que iam descontinuá-la assim?
    * Mac OS X: a iPad já tem uma versão açucarada do OS X e (aqui vem uma bomba, se prepare!) a grande vantagem dela é não ter um Finder. Usuários comuns tão se lixando pra onde ficam os arquivos (eles salvam tudo no desktop), então essa é uma camada de complexidade desnecessária a menos. Os arquivos ficam a cargo de cada app, que só tem acesso aos seus.
    * Multi-tarefa: eu entendo sua dor. Às vezes estou lendo no Stanza offline, quero checar o significado de uma palavra e tenho preguiça de encerrar o leitor, iniciar o Dictionary e voltar à leitura. Contudo, não acho que seja um recurso tão essencial — sem falar que ele pode dar mais dor de cabeça que benefícios (vide Nexus One, no qual muita gente não sabe quando deixou o app rodando ou quando o encerrou). O lance é pensar na troca que se faz (por não ter multi-tarefa) mas ter mais estabilidade e autonomia em troca — a iPad vai fazer uma coisa de cada vez, muito bem.
    * Câmera: para tirar fotos, seria ridículo — apontar um trambolho como ela na cara de alguém quando estiver no meio da rua? Uma versão mobile do iChat seria a única justificativa — mas aí todo mundo ia reclamar que o iChat não suporta vídeo com o MSN. Acho que isso dá em empate.
    * HDD: um gadget com acelerômetro _não_ deve ter um disco rígido. Sacudir, agitar, ir pra lá e pra cá não combina com uma placa de metal girando a micrômetros de um cabeçote.
    * 128GB: os drives de estado sólido estão barateando, mas ainda não tão assim, a preço de banana. Além do mais, estamos falando da Apple! Você queria que a iPad custasse quanto? US$2.000?

    A maldita tela 4:3

    A iPad poderia ser 16:9, widescreen, como os novos iMacs, né? A Apple estava indo tão bem, deixando os computadores mais largos, para evitar bordas pretas em cima e embaixo… tinham que retroceder e colocar uma tela 4:3 justo no equipamento mais revolucionário? Pior ainda: e esse bezel ofensivamente largo, pra quê?!

    Olhe para um teclado: ele é wide. Se a iPad fosse wide, ia ser impossível digitar nela e ver o que você está escrevendo — ou então o teclado ia ficar numa posição muito estranha, com sobras pros lados. Para ver filmes, a iPad é um arremedo, um gadget que você usa porque é o jeito: ela não vai nunca substituir sua TV ou seu computador principal. Portanto, as barras pretas são o de menos. E quanto ao bezel, bem, você tem que segurar um gadget desses com firmeza, ou ele vai acabar no chão.

    Lembre: a tela é de 9,7 polegadas. É boa? É, mas você não vai começar a assistir a maratonas de LOST num treco pequeno desses. Portanto, ela tem que ser funcional, e não cinematográfica.
    O Kindle RI do LCD!

    E os ebooks? Eles vão parecer lindos na tela colorida, mas nem de longe ela é tão econômica quanto a tela de e-ink do Kindle. Compare: um gadget tem autonomia de uma semana, o outro, de dez horas! Nossa, sem chance de desbancar a Amazon, hein?

    Não. Vamos pensar: uma tela maior, um app da Apple, uma loja de livros e todas as vantagens que isso pode trazer. Rapaz, a bateria recarrega e pronto: tá cheia de novo, pra mais umas horas de leitura! E a tela do Kindle, que é em preto e branco (e lerda) pra sempre?

    Além do mais, um sussurro do meu ghost me diz que a Apple está de olho na Pixel Qi, enquanto apara as pontas. Quando aquelas telas LCD de baixo consumo chegarem à iPad… Ê, vai ser melhor o Kindle aprender a preparar cafezinho pra acompanhar a leitura! :p
    Minha vida continua a mesma!

    Como era a sua vida em janeiro de 2007? E no começo de 2008? Pelo que eu me lembro, o iPhone era uma bela porcaria, quando foi lançado: a câmera era um lixo (e sem flash!), o navegador era inútil (e sem Flash!), não tinha GPS de verdade, o teclado virtual era uma bomba, o telefone só rodava as besteiras da Apple, não tinha 3G, era fechado pra tudo e bloqueado pra só funcionar na rede da AT&T. Que porcaria de produto, #epicFAIL, um fracasso, uma decepção! Era pra Apple ter seguido a recomendação do Michael Dell, não é?

    Percebeu como reclamar é fácil? Só três anos depois é que alguém conseguiu lançar um smartphone que chegasse perto do iPhone em termos de funcionalidade e acabamento. Isso deve significar alguma coisa! Ah, a câmera continua sem flash, o navegador continua sem Flash, o teclado continua virtual e quase ninguém dá a mínima pra isso.

    Minha recomendação é: espere. Pode ser que a revolução aconteça, mas não vai ser como no final de V de Vingança, não vão estourar fogos de artifício e tocar música clássica para anunciar que o mundo mudou. Se você precisa da iPad, você vai saber. Se ela parecer um gadget grande, desengonçado e sem utilidade, então é porque você não precisa dela — e isso é ok! Não é culpa sua, nem de ninguém. #FAIL é querer que todos os rumores sobre um produto da Apple se concretizem: quem conhece um pouco do modus operandi do Jobs sabe que jamais faria tudo o que os consumidores querem.

    O que é o que o Ford dizia? “Se você perguntar o que as pessoas querem, elas vão dizer ‘cavalos mais rápidos’.”
    Ela não faz chamadas! E o telefone?!

    Continua no mesmo lugar de sempre: www.apple.com/iphone. Você deixaria de colocá-lo no ouvido, trocando-o por um gadget três vezes maior?
    Conclusão

    A iPad é alguma coisa entre um smartphone e um notebook, isso é fato, portanto não vai substituir nenhum dos dois. O que ela é? Ninguém sabe, nem o pessoal de Cupertino. Basta olhar pro topo do site da Apple e ver que, apesar de o novo gadget ter seu endereço próprio http://www.apple.com/ipad, ele ainda não tem um lugar onde ficar.

    A iPad é um Mac? É um iPod? É um iPhone? Se eu usar a caixa de busca, posso descobrir o que ela é? Não sei, apesar de ter lá minhas ideias. Com o tempo e à medida que virmos apps de terceiros sendo lançados com adaptações para tirar completo proveito da tablet, poderemos pensar melhor no que o lançamento de hoje significa.

    O filme que estreou hoje pode se chamar iPhone 2: A missão ou O Retorno do Cube G4, porém só teremos certeza com pelo menos seis meses depois que a iPad chegar ao mercado.

    Até lá, that, as they say, is that.
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso