Clube do Motociclista!!

Discussão em 'Motos e Motociclismo' iniciada por maukashmir, 8 Ago 2007.

  1. Schao.gs

    Schao.gs Usuário


    Desde 2 Set 2011
    RS
    A moto em si não é das piores, sei que tem alguns defeitinhos crônicos, mas não sei enumerá-los agora e pelo que me lembro não são nada absurdos, o problema será para encontrar peças para essas motos. EU nem cogitaria uma moto dessa!

    faloooowww
     
    • 1
  2. michel.murad

    michel.murad Usuário

    979 1.185 733

    Desde 28 Dez 2007
    Porto Alegre/RS - Brasil
    Oi Lúcio, seja benvindo ao mundo das 2 rodas! É algo que vai te dar muita satisfação além de ser uma outra forma de ver o mundo.

    Na casa de meus pais, moto sempre foi tabu, então só fui ter minha primeira aos 33 anos, ou seja, não era mais guri, kkkkk.

    Provavelmente isso me manteve vivo, porque minha primeira moto foi uma Harley de 1600 cc, pois eu queria algo para pegar a estrada.

    E estou vivo até hoje... hahahaha

    Vou assinar embaixo do voto do colega @Deixados@Deixados , compre algo maiorzinho um pouco, (Shadow 600, Virago 535 são ótimas opções), você poderá pegar a estrada eventualmente bem despreocupado. Potência também é segurança... No fim das contas, você é que vai dosar o acelerador.

    Se for pegar uma menor, considere uma XRE300 da Honda (ou algo similar), pois as suspensões maiores ajudam muito nas nossas ruas lunares.

    No mais, aproveite!
     
  3. Deixados

    Deixados Nós viemos em paz


    Desde 20 Jan 2011
    SP/Brasil
    Eu também, @michel.murad@michel.murad !!!
     
    • 1
  4. Cavallerors

    Cavallerors Usuário

    5 2 1

    Desde 6 Jan 2018
    Porto Alegre
    Obrigado amigo! Lá em casa moto também sempre foi tabu e agora aos 39 decidi encarar meus medos e tabus, e esse é um deles.
    Acho que vou começar com uma 250, não vou comprar uma moto maior pq não tenho garagem e acomodá-la é outro desafio lá no meu prédio.
    Estou entre a Twister , a Next 250 ou a Fazer 250. Ainda estou decidindo se compro uma dessas na casa do 8 mil reais ou nova (15 mil) parceladinho. Minha preocupação é mais com segurança mesmo.

    Quando tirar a carteira volto aqui para contar mais.
     
    • 1
  5. dedraks

    dedraks Usuário

    5.505 2.372 926

    Desde 27 Ago 2007
    Belo Horizonte/MG
    Já tive Twister (antiga) e Next.
    As duas são boas motos. A Next é muito boa mas não recomendo porque a manutenção é muito mais cara se comparar com as outras motos da mesma categoria.
     
    • 1
  6. Dancer_RJ

    Dancer_RJ Usuário

    2 2 2

    Desde 24 Jan 2018
    Rio de Janeiro
    Dirijo há uns 25 anos, sempre com motos. Já tive XLX 250, Titan 125, Speed 150, Comet 150, e atualmente tenho 3: Uma Amazonas 250 (é o mesmo motor da sua Intruder 250, produzido em O&M pela chinesa Loncin) que estou customizando, uma Next 250 para rolê nos fins de semana e uma Fazer 150 para o dia-a-dia.
     
  7. Cavallerors

    Cavallerors Usuário

    5 2 1

    Desde 6 Jan 2018
    Porto Alegre
    Olá, qual tua opinião sobre a Next, principalmente manutenção? Abraço.
     
  8. Dancer_RJ

    Dancer_RJ Usuário

    2 2 2

    Desde 24 Jan 2018
    Rio de Janeiro
    É uma moto excelente nos quesitos visual, funcionalidades, desempenho, dirigibilidade (fazendo alguns ajustes) e conforto (para o piloto), para uso no dia-a-dia e em pequenas viagens.
    É uma moto apenas boa no conforto para o carona, no desempenho em track days, e na manutenção.
    É uma moto ruim em buracos e qualquer coisa fora asfalto liso.
    Rodo pouco com a minha, que comprei há 4 anos. Já peguei com 18 mil e atualmente está com 23 (5 mil rodados).
    Neste período, tive pane elétrica duas vezes (uma por uma instalação de piscas de leds que fiz. A Next não tem um sistema elétrico muito bom. É melhor manter o original. Queria instalar um Positron mas me desaconselharam. Instalei um bloqueador/localizador de uma empresa de seguros e funciona sem problemas) e um vazamento no parafuso inferior de retirada do óleo (já veio do antigo dono assim. Aliás, se for comprar, fique de olho nisso. É um problema comum na Next). Resolvi o problema lacrando esse parafuso e trocando o óleo pelo bujão lateral, que é a forma correta de trocar o óleo (é onde tem a tela metálica e o ímã).
    Problema mesmo só tive estes dois.
    Bateria troquei uma vez porque estava no fim da vida útil (2 anos. Usei uma bateria Moura, do mesmo modelo da que serve na CB 400/500. É mais barata que a original da Dafra, e melhor também), e o pneu traseiro que furei passando num vergalhão.
    Pastilhas de freio troquei uma vez (as da marca Potenza é melhor), filtro de óleo, uma vez (é o mesmo da Intruder 250), a relação é a mesma desde que comprei e ainda não deu nem sinal de desgaste (da marca Coser. Muito boa).
    De não original, coloquei alongadores de guidon, um kit de vela Iridium, manetes dobráveis, retrovisores rizoma, escapamento Dizarzs, Sliders e eliminador de rabeta (deu trabalho instalar. Tem que cortar um pedaço do plástico da rabeta).
    É uma boa moto, vale a pena comprar. Mas as peças não têm a mesma qualidade das grandes marcas. Não são absurdamente ruins, como acontece com as motos chinesas que são um lixo, mas é bom você saber. A maioria das coisas dá para contornar (como no caso da bateria) no geral vale a pena.
    É uma moto que dá para curtir bastante, barata, bonita e com bom desempenho. Uma opção muito melhor que comprar uma CB 300.
    Coisas que você deve ter em mente, se comprar:

    1) É pesada. Se você vem de uma cilindrada menor, vai precisar se acostumar a usar o quadril e joelhos pressionados contra o tanque para incliná-la nas curvas. É a mesma técnica usada nas motos de 600cc ou mais. Depois que se acostuma, é só curtição. Não vai querer outra vida.

    2) O garupa vai precisar fazer o mesmo esforço com os joelhos para dentro para não cair para os lados. E a cada freada vai "cair" em cima de você, pressionando suas costas. O assento do carona é muito ruim.

    3) Em curvas e buracos na pista você vai sentir a frente da moto balançar nas velocidades mais altas. É assim mesmo. A moto não tem defeito e nem vai cair. É só não alterar o que vc estiver fazendo que dá tudo certo. Motos desta categoria têm a suspensão dianteira muito mole (para ficar mais confortável para uso diário), todas têm este problema (a Ninja 250 é a que apresenta menos este problema), talvez na Next dê para perceber mais por ela ser mais pesada.

    4) Cuidado ao subir e descer de calçadas. O Spoiler plástico que ela tem embaixo é maneiro, mas arranha fácil ao transpor obstáculos. Não dá para arranhar em quebra molas, mas em calçadas altas sim.

    5) Tem poucos acessórios para viagem. Nenhum suporte para alforges ou malas laterais cabe nela. Vai ter que se contentar com bauleto traseiro e mala de tanque.

    6) Viajar com garupa é muito cansativo. Fiz uma adaptação, uma cobertura de espuma para o banco do garupa e duas alças viradas para frente. A garupa encosta no bauleto e segura nas alças. Você não vai achar isso para comprar em lugar nenhum, e deu tão certo que até roubaram a minha.

    7) É uma moto barata mas chama muito a atenção pelo visual que parece uma 600cc. O risco de ser roubado é quase tanto quanto o de uma moto grande. Faça seguro e use tranca no disco sempre.
     
    • 2
  9. dedraks

    dedraks Usuário

    5.505 2.372 926

    Desde 27 Ago 2007
    Belo Horizonte/MG
    Quando as meninas pedem carona, é gostoso.