CLUBE DOS TOCA-DISCOS TECHNICS

Discussão em 'Toca-Discos' iniciada por ANTUNES CARLOS, 2 Set 2011.

  1. Joaoplanetmix1

    Joaoplanetmix1 João Henrique


    Desde 16 Mai 2005
    Rio de Janeiro
    13 dias
     
    • 1
  2. tiagaum

    tiagaum Usuário


    Desde 8 Dez 2008
    Criciúma/SC/Brasil
    Esqueci de avisar, a primeira foto eu não tinha feito a regulagem ainda, ela está no limite da headshell pois tinha tentado fazer no protactor impresso, o que vale são as outras duas.

    Se subires pro Youtube eu agradeço, talvez eu esteja fazendo algo errado.


    Obrigado.
     
    Última edição: 1 Out 2018
  3. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Tiagão, subi o vídeo, só não "arrepare" que eu tava saudando o @Guitarwood@Guitarwood , pois estava fazendo pra ele esse vídeo.
    E perdoe alguma imperícia na produção do vídeo.

    Quero agradecer aqui o Edmar pra quem eu enviei o vídeo antes de colocar o link aqui, pra evitar que eu mostrasse algo errado pra vocês.
    Edmar, muito obrigado mais uma vez!

    Uma vez que Edmar viu e disse que está correta a explicação, me corrigindo em um detalhe que coloquei como observação no minuto 02:07 do vídeo,
    deixo aqui pra tentar ajudar quem está com dificuldade de usar o gabarito para o alinhamento da cápsula e agulha.

    Confesso que até pouco tempo eu estava usando de forma errada o gabarito, pois eu movia o protractor pra forçar a trilhagem de ponto C a C',
    ao invés de mover a cápsula e o protractor juntos até fazer com que a agulha percorresse a trilha corretamente de C a C'.


    Acho que será mais fácil entender pelo vídeo.
    É desejável usar um disco velho pra simular a altura de um disco durante o ajuste.
    Caso tenham alguma dúvida fiquem a vontade pra perguntar aqui, no que puder ajudar estarei a disposição.

    EDITADO:
    Re-editei o vídeo reduzindo as redundâncias nas informações (pequena ecolalia que a pessoa tem), e des-envolvendo o Guitarwood, pra evitar constrangimentos pra ele, rs.
    As informações seguem as mesmas:



    Abraço.
     
    Última edição: 2 Out 2018
    • 3
  4. edmararj

    edmararj Usuário

    5.961 6.071 866

    Desde 2 Out 2008
    Rio de Janeiro
    @* leo brasil *@* leo brasil *

    Obrigado e parabéns pela iniciativa!

    Abraços,

    Edmar
     
    • 2
  5. tiagaum

    tiagaum Usuário


    Desde 8 Dez 2008
    Criciúma/SC/Brasil
    Fala Leo, boa noite, você me animou a tentar novamente, hoje não vai dar infelizmente, mas amanhã vou fazer tudo do zero e ver se consigo, parabéns pela iniciativa!!

    Muito obrigado!
     
    • 1
  6. Joaoplanetmix1

    Joaoplanetmix1 João Henrique


    Desde 16 Mai 2005
    Rio de Janeiro
    Olhem que bacana !
     

    Anexos:

    • 1
  7. Danilo RJ

    Danilo RJ Usuário


    Desde 8 Mai 2016
    Rio de Janeiro
    Olá prezados, gostaria de compartilhar aqui mais uma descoberta e aprendizagem no quesito alinhamento de cápsula do meu Technics.

    Como bem demonstrado pelo Léo Brasil no vídeo acima, aprendi bem recentemente a alinhar minha cápsula pelo protractor da vinil engine de modo que a agulha repousou por todo o arco. No entanto, apesar de alinhada a cápsula, ainda havia um incômodo no final de cada lado do disco, o que se chama de inner groove distortion.
    Eu tinha usado anteriormente o protractor overhang gauge da Technics, mas que recentemente pensei que havia perdido e acabei encomendando um novo. Antes da encomenda chegar eu aprendi a alinhar com o protractor da vinil engine e encontrei o meu overhang gauge,mas deixei ele quieto, pois já tinha alinhado,ok?
    Daí vem minha descoberta de uma indução ao erro ao usar apenas o gabarito da vinil engine sem antes alinhar o overhang pelo gauge da Technics. Vejam na foto anexa como a cápsula que corre perfeitamente o arco do gabarito está com uma distância de overhang superior a 52 mm, que é o valor indicado no manual do toca discos e do gauge!
    Caso eu esteja enganado por favor me corrijam, mas penso que é preciso inicialmente alinhar a cápsula pelo gauge da Technics e depois fazer os ajustes mais finos com o gabarito.
    É o que farei assim que me sobrar um tempinho.
    F077D046-1891-4884-90C4-E8CCB60FAEFC.jpeg 6195F3EC-61A7-40B3-93A3-1F943231B85A.jpeg
     
  8. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Bom dia, Danilo.

    Overhang é o quanto a agulha avança em relação ao pivô central do prato. O quanto a agulha fica adiante da distância entre os centros dos pivôs do braço e do prato. Comprimento efetivo do braço é a distância entre o centro do pivô do braço e a ponta de diamante da agulha.

    images.png

    O Technics Overhang Gauge é baseado no Stevenson protractor, e é normal quando você usa o Baerwald protractor, que haja alguns milimetros de diferença. Ou seja quando usar o Technics Overhang Gauge, será o mesmo que estar alinhando com o Stevenson protractor (e estará dentro dos padrões do manual escolhido pelo fabricante).

    Como o Edmar explicou aqui esses dias, essas 2 grades no protractor, chamados "null point", são escolhas feitas de qual lugar terá zero distorção. Pois nos braços em S como a maioria dos Technics, sempre haverá alguma distorção, e esses dois pontos do protractor foram os lugares escolhidos, nesse caso, como os lugares onde você não terá distorções.

    No caso do Stevenson protractor, os pontos escolhidos para que não haja distorções são diferentes e por isso acaba tendo alguma diferença.

    Mas ambos são aceitáveis para o Technics. Como o Edmar explicou, dependendo do tipo de música e de qual parte a pessoa pretende privilegiar com os pontos com "não distorção", você pode optar por um ou por outro protractor.
    Você pode inclusive fazer seu próprio protractor customizando quais pontos deseja deixar sem as distorções.

    EDITADO: ah, eu por enquanto tô preferindo usar o Baerwald Protractor aqui nas minhas máquinas. Achei que funcionou melhor com a Ortofon 2M Red.

    EDITADO: um bom ajuste do ângulo vertical de trilhagem vai reduzir as "inner grooves distortions" a valores satisfatórios, e você pode usar um microscópio USB pra ajustar melhor se quiser. Alguns microscópios vem com um software que lhe permite traçar a angulação e com isso você consegue os 92° (EDITADO: corrigi a informação com o valor de 92°, após esclarecimento do Edmar) que o eixo vertical do diamante deve ter em relação a superfície do disco (Stylus Rake Angle - SRA). Claro que dá pra concluir que dependendo da espessura da mídia, esse eixo vertical do diamante pode ficar ligeiramente alterado.
    E também é importante lembrar que o ajuste de 92° (EDITADO: corrigido para 92°) em relação ao eixo vertical do diamante deve ser apurado com o braço abaixado e a agulha no disco, pois ao tocar a superfície do disco o cantilever altera seu ângulo usando a suspensão que existe no encaixe do cantilever.



    Abraço e boas audições.
     
    Última edição: 4 Out 2018
    • 1
  9. Danilo RJ

    Danilo RJ Usuário


    Desde 8 Mai 2016
    Rio de Janeiro
    Olá Léo, se eu entendi o que vc disse e apoiado no que o Edmar disse antes, podemos escolher um outro "dispositivo" para alinhar a cápsula, correto? Dependendo do nosso gosto musical podemos escolher os pontos nulos, mas não evitá-los, ok? Então isto quer dizer que a distância de 52mm do manual do Technics não precisa ser respeitada?
    Essas perguntas indicam a complexidade das regulagens dos aparelhos e da questão de gosto pessoal, tornando-se uma experimentação particular. Acho importante compreendermos isso!

    Obrigado!
     
    • 1
  10. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Na verdade o headshell não permite aumentar ou diminuir muito esse valor. Então estamos falando de uma escala milimétrica. Não dá pra variar muito disso.
    Esse valor é o sugerido pela Technics.

    O mais importante é que a agulha faça o arco mantendo o ângulo de trilhagem o melhor possível por todo disco. Isso para os braços em S da Technics.

    Sim, você pode escolher o tipo de gabarito prefere usar, claro que respeitando a geometria do braço, então é importante conferir primeiro se o protractor escolhido serve para o braço em questão. Geralmente eles informam pra qual comprimento efetivo de braço o protractor serve. No caso do meu Technics o comprimento efetivo é 230mm.

    EDITADO: você pode escolher de acordo com seu gosto musical ou qualquer outra razao quais pontos de nula distorção. Nos braços em S realmente você não consegue evitar as distorções nos demais pontos do disco.

    Como Edmar falou, apenas os TD com braços tangenciais chegam quase lá, na reprodução sem distorções. Mesmo assim imagino que seja quase impossível que haja zero distorção por todo o disco.

    Abraço.
     
    • 1
  11. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    @Danilo RJ@Danilo RJ em breve vou imprimir o Stevenson protractor, agora que aprendi a alinhar corretamente, e pretendo experimentar por um tempo. Quando fizer isso volto pra informar se achei melhor que o Baerwald.

    Abraço.
     
  12. Danilo RJ

    Danilo RJ Usuário


    Desde 8 Mai 2016
    Rio de Janeiro
    Beleza Léo, a partir dessa troca aqui também pretendo experimentar outras regulagens e sentir as diferentes sonoridades. Assim que o fizer posto minhas impressões!

    Abs!
     
    • 1
  13. edmararj

    edmararj Usuário

    5.961 6.071 866

    Desde 2 Out 2008
    Rio de Janeiro
    @* leo brasil *@* leo brasil *

    O ângulo que o eixo vertical da agulha (diamante) faz com a superfície do disco, se chama Stylus Rake Angle (SRA). Sim, o SRA é medido com a agulha pousada no disco ou em uma superfície lisa qualquer.
    Normalmente, se usa para regulagem o ângulo de 92° porque este é o ângulo usado na agulha de corte do acetato no processo de fabricação da matriz do vinil. Por isso, julga-se ser o melhor ângulo para a agulha trilhar o sulco do disco.

    Edmar
     
    • 1
  14. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Ah, maravilha Edmar.
    Que bom você me corrigir.
    Então quer dizer que o ângulo de 92° deve ser medido com a agulha pousada no disco já com a suspensão "ativada".
    E não usar 92° contando com o "ceder" da suspensão como eu disse então, que esses 2° seriam a folga para o "ceder" da agulha quando do pousar no disco?

    Grande abraço. Muito obrigado.
     
  15. edmararj

    edmararj Usuário

    5.961 6.071 866

    Desde 2 Out 2008
    Rio de Janeiro
    @* leo brasil *@* leo brasil *

    SRA de 92° sempre com a agulha pousada!

    Edmar
     
    • 1
  16. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Beleza, Edmar. Resolvido então.

    Vou editar o outro post pra não des-informar ninguém sem querer.

    Abraço, meu caro e obrigado.
     
    • 1
  17. Danilo RJ

    Danilo RJ Usuário


    Desde 8 Mai 2016
    Rio de Janeiro
    Fiz um teste rápido aqui. Ouvi um disco com o alinhamento Bearwald e depois ajustei a cápsula pelo gauge da Technics e ouvi o mesmo disco. Para mim o som distorce menos com a regulagem do gauge da Technics.
    Essa é minha primeira impressão. Vou manter essa regulagem por um tempo e ficar atento nas próximas audições.
    Valeu!
     
    • 2
  18. Joaoplanetmix1

    Joaoplanetmix1 João Henrique


    Desde 16 Mai 2005
    Rio de Janeiro
    Visual novo !!!
     

    Anexos:

    • 1
    • 1
  19. Guitarwood

    Guitarwood Usuário


    Desde 20 Set 2018
    Cuiabá
    Bom dia Leo e demais amigos!
    Pois bem, fiz a troca pela MM red e alinhei pelo protractor, o mesmo do video...o alinhamento ficou perfeito, ponto c a ponto c, alinhada horizontal e vertical, tudo ok com a MK3D...
    Ocorre que agora com a nova cápsula reparei que a regulagem do peso do braço não está sendo suficiente, como se a cápsula/agulha estivessem leves demais e para zerar o contrapeso e manter o braço em equilíbrio, o peso tem que ir muito para frente...daí quando vou colocar o 1.8g da regulagem recomendada, o peso termina a rosca antes de chegar neste ponto....já coloquei a capsula o mais pra frente possível no headshell, dentro da regulagem do protractor, mas não adianta...já conferi o nível do toca discos e tudo ok...até testei com o contrapeso da MK2 e continuou igual...além disso, reparei que ao zerar o contrapeso, mantendo o braço em equilibrio, ele tende a ir pra o descanço, ou seja, para a direita, mesmo com o anti skating zerado...o braço não fica parado equilibrado numa imaginária faixa 3 de um LP por exemplo...e tende a voltar para o descanso...o que pode ser isso...será alguma regulagem na montagem? Se alguém tiver uma ideia....do jeito que está, tudo fica alinhado mas acho que não chega a 1.8g na regulagem...gira o contrapeso até esse numero mas antes ele para de "andar para frente" por falta de rosca, começa a girar em falso lá pelo 1g...o que será que estou fazendo de errado...
     
  20. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.160 13.905 391

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    O headshell e o contra peso são os originais Technics?
    Tem uma foto pra ver se algo parece anormal?
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso