Clube Hegel

Discussão em 'Amplificadores, Prés e Integrados' iniciada por AHB, 8 Jun 2016.

  1. juan SL

    juan SL Usuário

    1.509 1.318 411

    Desde 19 Jan 2012
    sao paulo
    • 1


    Anúncio do HT Forum
  2. zeppeliano

    zeppeliano Usuário


    Desde 5 Mai 2003
    Niterói- RJ
    Parabéns por ter conquistado o seu sonho: 590 + Confidence 20
     
    • 1
  3. Renato Nickel

    Renato Nickel Usuário


    Desde 15 Jul 2004
    Curitiba
    Bom dia colegas,
    ontem eu resolvi voltar o Benchmark DAC1 no sistema, apesar de ser acima da média eu não estava muito feliz com o resultado do DAC do Röst. Realmente eu queria simplificar o sistema. Mas, o resultado com o DAC Benchmark é muito superior. Uma pena, pois só tenho uma entrada XLR no Röst, e quando eu quiser escutar meus SACDS/CDs com o Linn vou ter que tirar os cabos de um e colocar no outro.
    O Hegel Röst é um ótimo produto em termos de amplificação com uma sonoridade realmente especial, cativante, mas o DAC poderia ser melhor, já que a proposta é de tudo em um.
    Renato
     
    • 2
  4. Renato Nickel

    Renato Nickel Usuário


    Desde 15 Jul 2004
    Curitiba
    Colegas,
    hoje, após várias mudanças de cabos eu tive que escolher entre ficar com o Benchmark ou o Linn, pois quero realmente minimizar o sistema. O Röst só aceita uma XLR (nem pensar em trocar de integrado). Testei um bom RCA no Röst com o Benchmark, muito bom, mas nem chegou perto do que o Linn proporcionava via XLR. Acabou que acho que a perda é menor em abrir mão do Benchmark do que o Linn, não só pela qualidade, mas é mais um cabo de força e RCA, mais uma linha para condicionar e/ou proteger. Como havia comentado o DAC do Röst é bem razoável, mas poderia ser superior. Não é para o deleite auditivo, é para a audição descompromissada. Vou encarar dessa forma, senão vou começar novamente com algo que resolvi sossegar, a busca da audição para desafiar os ouvidos (e esvaziar os bolsos hehehe). Não sei se tudo isso é uma satisfação pessoal ou pura emoção. Não tenho como negar que gosto tanto de música quanto de equipamentos. Mas, no momento, vou tentar gostar mais de música.
    Renato
     
    Última edição: 15 Mar 2020
    • 2
    • 2
  5. Puka1963

    Puka1963 Usuário

    1.278 1.299 611

    Desde 1 Nov 2010
    Guarujá (SP)
    Mesmo pensamento, por isso estou vendendo o Cambridge CXN. Também o dac do H360, que é um pouco melhor do Röst, não muda o seu pensamento.
     
    • 2
  6. weltec

    weltec Usuário

    6.490 4.200 526

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro
    Testou o CXN no H360 via coaxial?
     
  7. Puka1963

    Puka1963 Usuário

    1.278 1.299 611

    Desde 1 Nov 2010
    Guarujá (SP)
    Sim.
    Coaxial, optico, rca, xlr
     
  8. weltec

    weltec Usuário

    6.490 4.200 526

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro
    O que achou via coaxial?
     
  9. Puka1963

    Puka1963 Usuário

    1.278 1.299 611

    Desde 1 Nov 2010
    Guarujá (SP)
    Com a XLR, acho um som mais "brilhantes", uma melhor definição e gama baixa mais rápida, mas menos profunda, quem com o dac interno do H360, para contra o som aparece mais "digital".
     
  10. weltec

    weltec Usuário

    6.490 4.200 526

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro
    Então, comparativamente, entre o DAC do CXN e o do H360, “nem fede e nem cheira”?

    Poderia se dizer que o DAC do H360, salvo diferenças de características, não é nada muito diferente em termos de categoria, contra o do CXN?
     
    • 1
  11. Puka1963

    Puka1963 Usuário

    1.278 1.299 611

    Desde 1 Nov 2010
    Guarujá (SP)
    Sim, muda a timbrica, mas o patamar é o mesmo.

    Quando quero sair de nível e obter o máximo do equipamento, ligo o leitor sacd da Marantz SA11-S1, onde o patamar é alguns degraus acima, na pratica estou na mesma situação de @Renato Nickel@Renato Nickel
     
    • 2
  12. PWORJ

    PWORJ Felicidade se mede em decibéis.


    Desde 24 Mar 2019
    Rio de Janeiro
    Bom dia pessoal,
    Será que o Hegel Röst dá conta de empurrar as Dynaudios Emit10 (150w - 6ohms) mais um Subwoofer selado de 8” num ambiente de 15m2???
     
  13. bob51

    bob51 Usuário


    Desde 3 Fev 2014
    Cotia - SP
    Sem duvida alguma, vi um H90 de 60w dar conta de uma PL200 num ambiente de uns 25m2.
     
    • 1
  14. Renato Nickel

    Renato Nickel Usuário


    Desde 15 Jul 2004
    Curitiba
    PWORJ,
    Comprei um Hegel Rost recentemente do colega Puka, tocou com autoridade minhas Spendor classic 3 1/r2. O Volume razoável aqui é de 45. Com meu Accuphase E460 20% do volume total sempre foi o razoável com as Spendor. Mas, há uma configuração de volume do Rost acima de 88 que desconheço. Acho que acima de 60 toca alto qualquer caixa.
    Gostaria de perguntar aos colegas sobre qual o aplicativo DLNA estão usando. Estou usando o Bubble, mas estou tendo problemas com paradas na reprodução tanto na rede com armazenamento quanto no TIDAL. Paguei o aplicativo Bubble.
    Renato
     
    • 1
  15. WCautJr

    WCautJr Usuário


    Desde 11 Dez 2017
    São Paulo
    Olá Boa noite,
    Possuo um Röst com as Emit 10 em uma sala destas proporções (15 m2) e a parceria é perfeita! Com o volume em 45 a sala fica tomada por um som encorpado e bem definido usando as entradas digitais. Usando as entradas analógicas precisa de um pouco mais de pressão. O volume por volta do 50 dá conta do recado.
     
    • 1
  16. PWORJ

    PWORJ Felicidade se mede em decibéis.


    Desde 24 Mar 2019
    Rio de Janeiro
    Pessoal,
    Obrigado pelo feedback. Sair de um Sunrise V8 + DAC Luis Flugge para um Röst é meio que downgrade, mas de fato preciso de um amp com saída para sub, sou amante dos graves e não tenho espaço para Torres na minha sala.
    Abc
     
  17. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Se não tem espaço para torres, provavelmente também não tem espaço para o subwoofer. Não tem milagre. Vai sobrar grave para todo lado, você terá o famoso "grave de uma nota só", que bate no peito, treme janelas, mas que não obedece a nenhum parâmetro de qualidade. Fora isso, o preço de um bom subwoofer para estéreo não é nada razoável, o que faz a opção pela troca de caixas muito mais acertada. No seu lugar, compraria a book maior da linha Evoke, que sem dúvidas te atenderá melhor.
     
    • 1
  18. PWORJ

    PWORJ Felicidade se mede em decibéis.


    Desde 24 Mar 2019
    Rio de Janeiro
    Mesmo se fazendo a opção por um sub selado com controle de frequência e volume????
    Pensei num Sunfire de 8”
     
  19. thiagocaverna

    thiagocaverna Usuário


    Tenho Hegel h160 com Emit20, no meu quarto e gosto bastante do resultado. Não liguei sub, somente as caixas e descem bem...
     
    • 1
  20. thiagocaverna

    thiagocaverna Usuário

    O movel ainda esta inadequado, estou fazendo uma nova estante sob medida, para acomodar o integrado e as caixas, mas somente para ilustrar a dupla, que toca muito bem ....

    Boa sorte na sua busca ! abraços


    IMG_0695.jpeg IMG_1633.jpg
     
    • 6
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso