Anúncio do HT Forum

[Clube] OLED LG 4K B6/E6

Discussão em 'Painéis OLED' iniciada por Fledo, 14 Nov 2016.

  1. NettoX

    NettoX Usuário


    Desde 23 Ago 2006
    João Pessoa - PB
    Também estou com o mesmo problema.

    Parece que quem mora longe dos grandes centros não tem como comprar esta tv!

    Uma pena...
     
  2. explo

    explo Usuário


    Desde 11 Set 2008
    Porto Alegre
    O que tem o melhor preço é o Ponto Frio. A Fast tá nesses 11k. A outra que tem é a Multisom mas também é mais caro.

    Não tem no site do ponto frio, somente compra na loja física
     
  3. NettoX

    NettoX Usuário


    Desde 23 Ago 2006
    João Pessoa - PB
    Infelizmente não existe Ponto Frio no norte e nordeste, e no site da Multisom está indisponível.
     
  4. Blackheath

    Blackheath Usuário


    Desde 24 Mai 2006
    São Paulo, SP
    E a 65'', alguém sabe de algum preço bom? Na Fast, consta por R$ 33 mil à vista. Muito acima da Bemol (que porém não entrega em SP) e da Multissom (R$ 26.391,00 à vista). Aliás, a Fast anuncia a 65E6 como "produto exclusivo"...:suspeito: Mesmo o preço da Multissom está salgado.
     
  5. romudrigues

    romudrigues Usuário

    205 135 45

    Desde 11 Set 2008
    RJ
    Eu fui à Fast aqui no Rj no sábado. A E6 estava custando, na ocasião, 26k.
     
    • 1
  6. mu_de_aries

    mu_de_aries Usuário

    119 74 1

    Desde 27 Fev 2011
    São Luís
    Alguém sabe como configurar a B6 e o PS4 pra amenizar black crush?
     
  7. fleury007

    fleury007 Usuário

    359 672 1

    Desde 9 Ago 2011
    Goiânia/GO/Brasil
    Olá pessoal. Me desculpem pela longa ausência aqui no fórum (quase 2 meses). Passei por um longo processo de mudança, procura de imóvel, viagens a trabalho e “pepinos” em família que demandaram minha atenção completa e irrestrita nos últimos 60 dias. Sei que vários tentaram entrar em contato, alguns com dúvidas, outros pedindo indicações e vi que outros membros prontamente responderam enquanto eu estava ausente. Para todos os que me procuraram eu peço desculpas e para todos os que responderam, o meu profundo obrigado :D

    Quando as coisas acalmaram agora em novembro acabei comprando uma KS7000 de 55” por 5k de um amigo. Ele possuía a TV há menos de 1 mês e estava vendendo porque decidiu se mudar para o Uruguai por uma oferta de trabalho. Fui testar alguns jogos na casa dele no fim de semana, ele me fez a proposta e eu fechei no ato. Já havia decidido que essa seria a minha TV 4k HDR para 2016. Já havia feito um extenso comparativo entre ela e a DX700 e chegado a conclusão que ambas eram fantásticas, com pontos fortes e fracos dependendo da área em questão, mas que a KS tinha mais tecnologia embarcada e um HDR mais impressionante embora a DX tivesse uma leve vantagem no processamento de imagem e cores. Enfim, preço absolutamente fantástico para uma TV que geralmente é vendida por 6,8~7,2k fora das promobugs.

    Assisti uns 10 filmes, dezenas de seriados e 3 jogos nos últimos 15 dias com ela, incluindo o novo Gears 4 que possui suporte a HDR. Meu Xbox One S chegou no fim de outubro e pude checar pela primeira vez um jogo com o recurso na minha KS. E por falar em HDR ... J-E-S-U-S. Um outro amigo meu que também tem Gears 4 e Xbox One S e que havia zerado o jogo alguns dias antes, me visitou em casa, me viu jogando e ficou embasbacado. Sério, ele chocou. Ele disse que era um jogo completamente diferente do que ele havia zerado. Ele saiu e comprou uma KS7000 no mesmo dia, não é zoação. No Ato 3, Capítulo 1: Quase Meia-Noite, com aquela lua cheia no céu, exibida em uma boa tela HDR como a KS...sério, essa cena sozinha converte até o mais cético nas vantagens de uma tela 4k e HDR.

    Já tinha sossegado, estava de boa, feliz da vida, completo, até que do nada...”here comes a new challenger” :D Vejo uma propaganda do Ponto Frio mencionando a LG OLED B6 por 9 mil reais (se não me engano). Quando comecei o processo de mudança que me consumiu (vi mais de 40 apartamentos e casas em 3 semanas :/ ) ainda não existiam B6 fora de Manaus. Testar uma então, ao vivo, era privilégio exclusivo para manauaras que ousavam tocar o Sol hahahahaha. Eu já tinha visto e testado pessoalmente a KS7000, a DX700, a X935D, a X855D, a UH8500 e a UH7700 mas a criatura elusiva e mítica das OLEDs 2016 só escutei boatos e relatos de viajantes longínquos. Já era meados de novembro e estava mais fácil prender Saci em garrafa do que ver uma OLED 2016 no mercado. Por isso quando apareceu essa propaganda do Ponto Frio nem acreditei. No meu primeiro final de semana livre fui na loja de um shopping conferir a tela. Tinham montado ela na frente da loja 2 dias antes. Contando com a da vitrine, existiam apenas 4 na cidade inteira...rs. Testei a TV por mais de 2h com o mesmo pendrive e arquivos que testei todas as outras, e fiquei bastante surpreso. Ela exibe bem mais brilho que a EG9100. Ainda tem ABL e etc, mas é palpável a melhora significativa em brilho das OLEDs de 2016 sobre as 2015. Eu tive que me amarrar na cadeira quando apareceu a 9100 por 5,4k uns meses atrás. Só não comprei porque havia decidido que o próximo pulo era 4k e HDR ou nada feito.

    Os dias foram passando, eu fiquei pensando naquela TV, mas já tinha comprado a KS a menos de 10 dias e estava plenamente satisfeito com ela. Zerar Gears 4 no HDR foi um espetáculo à parte, mas a porcaria da B6 não saia da cabeça. Eu queria por que queria saber qual era a diferença de fato entre as duas, então fiz o que toda pessoa razoável e normal faria: esqueci o assunto e curti minha KS? Claro que não! Voltei na loja e comprei a B6 por 8.4k e 3 anos de garantia hehehehehehehe

    Antes de mais nada, depois do terremoto que eu provoquei ao duelar a DX700 com a KS7000 no final de agosto/início de setembro não custa lembrar que o relato nada mais é que a minha opinião pessoal à respeito dessas duas telas, para qualquer um que esteja interessado no embate, e como sempre, todos são livres para concordar ou discordar. Estou postando o resultado na área da Samsung e da LG. Passei 8 dias com as duas telas instaladas na sala (para desespero da minha mulher :D), assistindo tudo duplicado e foi isso que eu descobri:


    LG OLED B6 vs Samsung KS7000

    Design: A B6 é uma tela muito bonita, desde o apoio de plástico imitando alumínio escovado até a espessura über fina da TV (2/3 de um lápis! Mal dá para acreditar). O apoio “flutuante” também é legal mas a parte mais bela dela ninguém nunca verá, a traseira em metal escovado. Muito bonito mesmo. Dito isso, a KS é uma absoluta obra de arte. A B6 é uma TV bonita mas a KS tem estilo e elegância com bordas ultrafinas e pés diferenciados, bem afastados, cromados, brilhantes e fininhos. Sério, é uma das belas TVs que já vi na vida. Não teve uma pessoa que viu a TV e imediatamente não comentou o quão bonita ela era. Um espetáculo. A B6 está aqui a 8 dias e ninguém mencionou a aparência dela uma única vez que fosse.

    Som e conexões: É a mesma porcaria. Quase todas as TVs tem som que deixam bastante a desejar hoje em dia. Elas estão ficando cada vez mais finas e com melhor imagem, mas som tem caído bastante em qualidade. Dá para usar qualquer uma das duas sem HT, soundbar etc, e a vasta maioria das pessoas usará, mas quem curte bastante som não estará satisfeito com nenhuma delas. Quanto as conexões ambas são meio que irmãs, as duas possuem 4 HDMI 2.0, 3 USB (sendo uma 3.0), entrada de áudio ótico, rede etc. Mas confesso que a solução da Samsung é bem melhor - o One Connect – aquela caixinha onde estão basicamente todas as conexões da TV, assim você só liga um único cabo na TV e todo o restante da parafernália você pode deixar dentro do rack, longe da vista. Seria legal se mais marcas copiassem isso.

    Sistema Operacional: Essa é uma categoria difícil. Eu gostei mais do Web OS da B6 mas o Tizen de forma alguma é ruim, pelo contrário, ele é muito bom. Inclusive eu preferi o Tizen acima do Firefox OS das Panas e do Android TV das Sonys. O lance é que você percebe claramente que o CPU da KS é bem mais espertinho que o da B6. Já existem relatos no exterior que a B6 apesar de ter basicamente a mesma imagem que os modelos mais caros (E6, G6) se diferencia bastante em outros componentes internos, como o chip quadcore utilizado, sendo este mais lento no modelo de entrada – B6. Não me entenda mal, não é que a B6 demore horrores para abrir ou acessar algo, mas enquanto na KS tudo é instantâneo, tudo na B6 precisa “pensar” 2-3 segundos. Abrir inputs – 2 segundos, abrir configurações – 3 segundos, ligar a TV – 10-12 segundos, e por ai vai. Se a KS demorou 3 segundos para ligar a TV ela está num dia ruim. Para abrir apps nas TVs elas se igualam mais, porém a KS ainda mantêm vantagem de 2-3 segundos. Então fica meio que um empate nesse quesito. O Web OS em geral é melhor, mas o Tizen é mais espertinho na KS. Vai de gosto.

    Controle: Eu A-M-O o magic remote da LG. Foi a melhor sacada que já tiveram numa TV. Simplesmente apontar para TV e escolher o que você quer como se fosse um controle de Wii facilita demais. Mas eu também adorei o novo controle minimalístico da Samsung. Eu faço tudo com essencialmente 3 botões. Tem gente que odiou, que prefere controle com 70 botões, mas eu pessoalmente achei fantástico. O magic remote da B6 Brasil é o mesmo da versão mais cara (E6) e é a versão renovada do controle das OLEDs do ano passado (um pretinho pequeno estilo o da Samsung). Ele é bem feito, recheado de botões e funções, mas eu estaria mentindo se não dissesse que preferia o controle da Samsung mas com a função magic remote da LG. Esse seria o controle perfeito :D

    Defeitos de fábrica: No melhor da minha habilidade e depois de mais de 30min em diversos testes eu identifiquei apenas 1 stuck pixel no painel inteiro de mais de 8 milhões de pixels da KS. Ou ele ficava desligado ou ficava vermelho dependendo da cena. Assistindo conteúdo na TV era impossível achar esse pixel, mesmo estando a 1,5m do painel, mesmo sabendo onde ele estava. Dead pixel nas telas Full HD, dependendo da cena você enxerga de longe, se souber onde fica, pior ainda, seus olhos sempre vão para o local...rs. Mas nessas telas UHD com o quádruplo de pixels, esquece. Só vai te chatear se você assistir uma TV dessas a 50cm ou menos. Claro que se tivessem 7, 10, 20 pixels defeituosos eu devolveria o painel, mas por 1, não. Fora isso a TV veio com zero clouding, color banding, uniformidade de preto e cinza fantásticas. Também não veio com o tampo traseiro “aberto” como sugerem alguns relatos e fotos. A B6 veio perfeita. Sério, nada a relatar. Fiz os mesmos testes nelas que fiz na KS e no melhor da minha habilidade e visão não consegui achar nem um único pixel hot, stuck ou dead que fosse. Também veio com zero vignetting (luminosidade maior no centro que nas laterais) ou algo bem próximo disso e excelente uniformidade de cinza. Quanto ao ABL (limitação automática de brilho), mesmo não sendo um defeito de fábrica mas sim uma característica da tecnologia OLED eu devo dizer que não foi um empecilho. Se eu for 100% honesto em nenhum momento, dos 8 dias que possuo este aparelho, eu me peguei percebendo essa queda de brilho ou me chateei com isso. Eu sei que tem gente que não gosta dele, e nem digo que as críticas são infundadas, mas o fato do brilho das OLEDs 2016 ter mais que dobrado frente aos modelos de 2015 e anteriores, a percepção do ABL ficou bem mais sutil nessas telas recentes. Abrir a tela do google na B6 ainda vai mandar o brilho para o chão e vai deixar o ABL bem claro, ainda mais quando colocada lado a lado com o farol que é a KS7000 em qualquer situação, mas a B6 ainda é tão clara que causa desconforto ao usá-la como monitor se você estiver trabalhando com um fundo branco, como editor de texto, me obrigando a diminuir o brilho do painel para não ficar com os olhos vermelhos ou lacrimejantes.

    Aberrações visuais: A KS tem blooming (como toda LED) e light bleed leve no topo do painel (mas só é percebido no breu total e em cenas escuras), e ela realmente tem flicker, mas colocando o backpanel em 12 ou mais resolve. Colocar o LED inteligente em baixo ou desligado ajuda bastante também. Colocando ele em alto meio que cria um “efeito ABL” na LED, fica chato. Ela tem um pouco de borrão de imagem também (blur) em cenas de ação com movimentos rápidos, mas honestamente é algo tão sutil que a maioria não vai se importar. Em Battlefield 1 e Gears 4 isso não me incomodou nem uma única vez. O Rtings pode afirmar contrariamente o quanto quiser mas a KS tem sim judder. Não é em tudo e não é sempre, mas tem um judder leve sim e perfeitamente aceitável para a maioria dos usuários. Colocando deblur em 10 e dejudder em 0 atenua o problema sem produzir efeito novela, mas não elimina. A B6 não tem blur nem flicker mas tem judder, e ao contrário do que diz o Rtings não é pior do que a KS. Eu arrisco dizer que ambas tem a mesma quantidade de judder, ou seja, algo leve e aceitável pela maioria. A B6 tinha muito judder no Netflix da TV, mas foi corrigido num firmware recente. Algo que eu percebi é que a B6 tem black crush suave e em alguns filmes/seriados aparecem pixel blocks em algumas cenas, principalmente se forem muito escuras com pouquíssimo brilho, mas deixo claro que não é em toda cena escura com pouco brilho que isso ocorre, então pode ser defeito da imagem, do streaming, mas pode ser da TV também. É sabido que OLEDs lutam contra pixel blocks e black crush, então tenha em mente que de vez em quando eles podem aparecer.
     
    Última edição: 30 Nov 2016
    • 32
  8. fleury007

    fleury007 Usuário

    359 672 1

    Desde 9 Ago 2011
    Goiânia/GO/Brasil
    Processamento de Imagem: Em termos de processamento de imagem abaixo de Full HD, a KS leva vantagem. Não é uma larga vantagem, mas é uma vantagem. Da mesma forma que o processamento de imagens abaixo de Full HD da DX é levemente melhor que o da KS, o da KS é levemente melhor que o da B6. Imagens em 480 e 720p tem uma clareza um pouco maior na KS, sem exagerar no afiamento (sharp). Na B6 os mesmos DVDs e seriados ficaram levemente mais borrados, mas ainda perfeitamente aceitáveis. A verdade é que nenhuma fonte abaixo de 1080p ficará perfeita em nenhuma dessas telas, afinal você está readaptando uma imagem até 19x menor que a resolução da tela UHD. Enfim, ambas são boas, mas a KS produz uma imagem um pouco mais limpa. Para imagens Full HD a coisa já fica bem mais empatada. A KS ainda leva alguma vantagem, mas é algo tão sutil que chega até a variar de um filme/seriado para o outro, indo e voltando a tela que produz uma imagem com maior clareza e definição. Só mesmo pausando e comparando para achar as diferenças pontuais aqui e ali. Mas na resolução UHD ambas são absolutamente fantásticas. Demos e vídeos em 4k são nada menos que espetaculares em ambas as telas. Quando tudo e todos os lugares só exibir sinal 4k, vai ser o céu :D

    Qualidade da Imagem: Antes de mais nada quero dizer que a KS puxa mais para o vermelho e a B6 puxa mais para o azul. Dependendo do perfil de imagem, gamma e espaço de cor escolhido isso vai ser atenuado ou exagerado. Dito isso, vamos ao que interessa! Não vou rodear o assunto, é ÓBVIO que a B6 leva essa categoria com imensa facilidade. Aquele preto absoluto e contraste infinito destrói qualquer LED que for colocada lado a lado contra ela. É simples assim. Na melhor das hipóteses, a KS conseguia se igualar (ou chegar próximo) somente quando tinha a iluminação certa, ângulo certo e material certo. Assistindo 8 dias de filmes, seriados e jogos, em 90% do tempo a B6 produzia uma imagem mais profunda, com maior riqueza de detalhes, bem mais brilho (acredite se quiser) e cores bem mais vivas. Repare que eu nem mencionei nível de preto, porque ai seria dar surra em gato morto. Não se engane, que fique bem claro, a KS é uma TV absolutamente espetacular. É sem dúvida alguma a melhor LED que já possuí na vida, ganha até mesmo do meu xodó, minha antiga Sony W955A. Assisti exclusivamente esta TV por 1 semana antes de pegar a B6 e tenho ZERO arrependimentos. Processamento, cor, clareza, tudo top….mas quem assistiu “Spinal Tap” vai entender...a B6 pessoal, ela vai até 11! Não tem jeito de eu simplificar melhor do que isso.

    A KS chegava perto da B6 se o ambiente estivesse bem iluminado (dia ou noite), se você estivesse bem de frente para a tela e o filme/seriado tivesse mais cenas claras/coloridas. Para a B6 não importa luz, onde você senta, cena de filme, nada. É a liberdade completa e total e a certeza de você estar desfrutando da qualidade de imagem referência de 2016 para a vasta maioria dos sites de análise, e ponto final! Se assistir essa TV a noite então, no breu total, é uma surra desmedida, daquelas de perder o caminho de casa. E isso não é falha da KS, qualquer LED que colocasse do lado, pode ser a X935D ou a DX900 ia levar a mesmíssima surra. Blooming, bleeding, trailing são conceitos alienígenas para uma OLED. É o verdadeiro “blacker than black”. Quem assistir uma OLED no escuro sabe instantaneamente o porque que LED será abandonado e substituído por OLED e QLED. E isso vindo de uma pessoa que assistiu 10 filmes na KS dele, no breu total da sala, e achou um espetáculo, o suprassumo. Foi eu assistir um único filme na B6 nas mesmas condições para perceber que eu estava assistindo filme igual um animal hahahahahaha

    Jogando Doom em ambas foi muito legal, é um jogo que por natureza possui cores bem vivas e bem saturadas. Na KS ele é fantástico mas na B6 vira coisa de outro mundo. Mesmo a KS levando vantagem em tons vermelhos, com algumas cenas do jogo na B6 pendendo levemente mais para o laranja, as cores na B6 eram super ricas e saturadas, realmente bem vivas. E em níveis escuros como a Necrópolis, com apenas uns bolsões de luz aqui e ali, muito verde, laranja e vermelho, a B6 era simplesmente surreal. Desligando a B6 e jogando 10min apenas na KS, a TV impressiona bastante, as cores são ricas, vivas e fortes, bem melhores que minha W9A. Se ligar a B6 você se da conta na hora o quão mais vivas e saturadas as cores podem ser. É como se tivesse mais profundidade, mais detalhes, as cores saltam da tela no Doom rodando na B6.

    Reparem que eu disse que a B6 ganha em 90% do tempo. Naquele 10% do tempo em que filmes, seriados e jogos tem branco na maior parte da tela, é a vez da KS brilhar. Não basta a cena ser de dia, não basta mostrar o céu ou o sol, tem que ter a cor branca na maior parte da tela. A KS produz um branco BEM mais impactante que a B6, que se apresenta mais “apagadinho” e sem vida. Branco na KS é impactante, avassalador, é um tapa na cara. É a força de um painel de 1400+ nits sem ressalva ou preocupação. Mesmo sem HDR, cenas como as panorâmicas de montanhas nevadas e lagos congelados de “O Regresso” ou a cidade branca e espelhada de Mirror's Edge Catalyst te atingem como um soco na barriga vistos na KS, enquanto parecem bem-comportados na B6. Se você olhar neve na B6, sem a KS do lado, vai achar que o branco é mesmo branco, mas na verdade ele é mais para a cor “gelo”, é mais para o lado cinza supersuave, com uma pitadinha de azul. Deixo claro, ela não é azul nem cinza, mas é uma cor voltada para esses tons, mais para o gelo. Branco na KS é BRANCO. É Papai Noel branco! Com as duas lado a lado isso fica óbvio.

    Como falei, a vantagem da KS aqui é com a cor branca na maior parte da tela, não é em cenas diurnas/clara e não é cenas com brilho. Se tiver muito branco e muito brilho, aí a B6 perde mais ainda. Em algumas partes de Mirror's Edge quando você olhava o horizonte da cidade toda branca e espelhada, na B6 lembrava mais o entardecer enquanto na KS lembrava mais o amanhecer. Por outro lado, em trailers, filmes, séries, jogos, quando mostrava o sol brilhando no horizonte, nenhuma única vez a KS fez um trabalho melhor que a B6. O sol na OLED é vivo, pujante, uma bola de fogo mesmo, qualquer cena que ele apareça seus olhos são atraídos instantaneamente para ele, mas na KS ele não chama qualquer atenção. Ele é mais apagado, faz parte da paisagem, ou seja, ele não é “O” sol. Isso deve ocorrer porque a B6 pode atingir 700 nits só no espaço reservado para o sol, enquanto que a KS se tentar fazer a mesma coisa “lava” a imagem inteira da tela, ou pelo menos da coluna de led aonde o sol está, destruindo sombra, detalhes e cores em seu caminho.

    HDR: Eu não tenho muitas fontes HDR então só posso comentar sobre Gears 4 e os demos que compartilhei o link em agosto. Um amigo que tem alguns filmes em UHD e o novo leitor da Samsung está viajando a trabalho, então não pude pegar os vídeos dele para testar. Qual a vantagem no HDR de uma LED topo de linha de 1400+nits sobre uma OLED de 700+nits em Gears 4? Zero! Acredite se quiser. Em todas as cenas que testei, em cenas diurnas, noturnas, com pouco brilho, com muito, ambas surpreenderam de maneira espetacular. A lua cheia do Ato 3, Cap. 1 de Gears 4 choca e impressiona qualquer um, tanto na KS quanto na B6, assim como os corredores escuros com casulos brilhantes, ou o brilho metálico das armaduras dos gears no céu estrelado. Na realidade essas imagens noturnas na B6 impressionam ainda mais por causa do contraste infinito e do preto absoluto. Essas cenas noturnas em HDR na KS são excelentes, mas na B6, como falei anteriormente, vai até 11. Em certos momentos ocorrem grandes explosões à noite. Na B6 essas explosões chegam a arder os olhos de tão vivas, brilhantes e profundas. A KS faz um ótimo trabalho, e quando passei por essas fases nela (antes de comprar a B6) achei fenomenais. Depois que vi as mesmas cenas na B6 percebi o quão melhores elas poderiam ser.

    Num dos quesitos anteriores, em cenas SDR diurnas/claras eu dei vantagem para a B6 sobre a KS, desde que não tivesse muita cor branca na cena, mas o mesmo não ocorre em cenas claras/diurnas com HDR, pelo menos no que diz respeito aos demos do recurso. Colocando “Camp” da Sony no pendrive, quando os carros estão se deslocando ao longo do lago com o sol aparecendo nas montanhas, a KS produz um resultado melhor e chama mais atenção que a B6. Elas estão próximas, mas a KS leva vantagem. Eu acredito que isso ocorre porque o céu está meio esbranquiçado ao redor da montanha, assim como o sol que possui uma aparência mais branca e o cume da montanha ainda é nevado, então entra na área “forte” da KS, o branco punjante que falta à B6. A distância entre as duas aumenta BASTANTE quando a Rainha Branca dá o closeup no início de “Chess” da LG. Não tem nada de impactante na B6 nesta cena, enquanto que na KS o vislumbre da rainha chega a te tirar o ar dos pulmões. É de novo a vantagem da KS que eu apontei lá atrás– cenas de muito brilho com muito branco junto. Mas a vantagem inicial da KS, em ambos os demos, some com o passar das cenas. Em Camp ao mostrar os carros no lago ambas as TVs se comportam de maneira espetacular, com o capô da caminhonete refletindo as luzes e o mais vivo vermelho coca-cola. Já no entardecer a B6 assume a liderança clara, com luzes bem mais vivas e fortes não apenas do lampião mas também o sol brilhando nos cumes das montanhas próximas à medida que se põe. O brilho das brasas na fogueira é outra cena de tirar o fôlego na B6 enquanto que na KS não tem nada demais. O mesmo ocorre com os cavaleiros lutando em Chess, suas armaduras, fogo e bandeiras são incríveis na B6, deixando a KS meio apagada.

    *Quem não tem uma TV c/ HDR pode checar os videos do "LG Chess" e "Sony Camp" no youtube mesmo para ter uma ideia do que estou falando. É claro que eles não estarão em HDR e existe uma distinção significativa em cores e brilho entre essa versão do youtube e o video sendo executado numa boa TV com HDR. Só estou mencionando para que as pessoas possam ver pessoalmente as cenas descritas acima ;)


     
    Última edição: 24 Nov 2016
    • 23
  9. fleury007

    fleury007 Usuário

    359 672 1

    Desde 9 Ago 2011
    Goiânia/GO/Brasil
    Modo Jogo e Input Lag: Aqui eu também não vou rodear, a KS tem a vantagem clara e vitória fácil, não apenas sobre a B6 como essencialmente todas as demais TVs e modelos de 2016. 21ms em HDR no modo jogo é imbatível. Para quem quer o menor lag possível não existe outra escolha. Os comandos são instantâneos, rápidos e a percepção de qualquer lag é zero! Melhor do que isso só se consegue indo para monitores gamers. O modo jogo também é vibrante e possui várias configurações extras. Em nenhum momento eu desejei poder jogar em outro modo de imagem por achar que ele não era brilhante, vivo ou bom o suficiente. As cores pulavam da tela e zerar Gears 4 na KS em HDR foi um absoluto prazer. Várias vezes eu me peguei parado numa cena admirando o horizonte, a luz entre as nuvens, o brilho do luar nos materiais, as chamas de uma fogueira num vale, fogo nos destroços de um veículo ou a embasbacante lua num vilarejo abandonado. Sério! É impactante assim, quem jogar um game com HDR nesta TV, não tem volta! Vai querer uma tela com HDR também...rs.

    Com a Sony, Samsung e Panasonic já tendo implementado HDR no modo jogo a LG se tornou o patinho feio por não mencionar nem planejar nada até hoje. Então quem quiser uma B6 tem que fazer as pazes que o modo jogo dela (s/ HDR) tem lag de 44ms e para ter HDR deve jogar no “modo HDR” que só é ativado se a TV perceber o sinal, e que tem lag flutuante que vai de 38 a 54ms em 10min, para então voltar ao início e começar a subir de novo. Quanto à qualidade da imagem devo dizer que ela é nada menos que espetacular, seja o modo jogo, padrão, cinema, HDR, nenhuma delas vai te decepcionar em brilho, cor, detalhes, nada. Quanto ao lag, cada caso é um caso. Sendo 100% honesto com os gamers do fórum, e sendo uma pessoa que passou 3 anos com uma Sony W9 com lag de 20ms e depois partiu para uma KS7000 com lag de 22...44ms de lag é super tranquilo. Eu reconheço que eu possa não ser alguém particularmente sensível ao lag mas jogando Overwatch, Battlefield 1 e Gears 4 em horda eu não percebi nenhuma queda no meu K/D ratio, nem em algum momento eu senti atraso na resposta do controle nesses jogos. O mesmo se aplica a Mirror's Edge, um jogo com movimentos bem precisos e que fica bem frenético se você pegar as manhas do parcour. Foi o que eu sempre disse aqui no fórum “45ms é perfeitamente aceitável para a maioria das pessoas na maioria dos jogos”. O ideal é sempre se manter abaixo dos 30-35ms, mas 40-45ms não é o fim do mundo. É considerado, okay, mediano, padrão, mas em alguns jogos já se percebe algum lag. Foi o caso de Killer Instinct. Eu percebi claramente lag no jogo de luta na B6. Não é algo que deixe o jogo “injogável”, diga-se, mas o lag é facilmente percebido e você deve ajustar suas reações de acordo. Eu não joguei COD então não posso comentar a respeito dele.

    Quanto a jogar no “modo HDR” em Gears 4 eu posso dizer o seguinte, na campanha single player de um jogo de tiro como gears, que alterna momentos de muita ação com momentos mais parados (conversas, cutscenes, exploração etc) eu não senti qualquer atraso na resposta do controle, mesmo sabendo que ele estava variando entre 38 e 54ms ao longo de 10min. Na realidade como eu já havia determinado que 44-45ms é tranquilo (para mim) no modo jogo eu imagino que talvez só tivesse mais problema com lag quando chegasse perto dos 50 e fosse até 54ms. Mas se isso ocorreu, não foi o suficiente e na frequência para que eu me desse conta e se tornasse um problema. Eu ainda tenho muito pouco tempo de jogo com a B6 então minha opinião pode certamente mudar no futuro, mas neste momento, no quesito lag, eu digo que ele é aceitável na maioria dos jogos para a maioria das pessoas, mesmo em jogos MP, mesmo tendo que jogar no “modo HDR” sem um modo jogo dedicado. E sempre se pode ter esperança que a LG institua HDR no modo jogo, acabando com essa variação de 38 a 54ms e diminuindo mais o lag. Sem falar que quando esta TV lançou há 4 meses atrás ela veio com lag no modo jogo de 54ms e outros modos com HDR chegava a 64-65ms, então ela já perdeu 10ms no primeiro e 11-27ms no segundo. Uma futura melhora é certamente possível, ainda que não 100% certa.

    Conclusão: Depois de testar ambas, lado a lado, por 8 dias, estou resolvido, o B6 é a vencedora óbvia e minha escolha de TV em 2016, e não tinha como ser de outra forma. Ela certamente não ganha em todas as categorias, com a KS liderando em processamento de imagem abaixo de Full HD e aqueles brancos super impactantes e brilhantes tanto em SDR mas principalmente em HDR....cara como eu vou sentir falta disso. Ter a KS nessas cenas é como beijar o sol. Dito isto, para as pessoas que gostam de assistir/jogar filmes/jogos escuros em quartos/salas escuras estas duas TVs não estão nem no mesmo patamar. A B6 não é apenas melhor que a KS nesses momentos, ela é de uma categoria inteiramente nova. Aquele preto absoluto e as cores ricas e super saturadas da OLED....eu afirmo, não há volta. Eu já testei várias OLEDs em lojas, em oficinas de testes, na casa de um amigo meu e de um tio que possuem a EG9100, mas nunca trouxe uma para dentro de casa e assisti conteúdo nela, direto, por vários dias a fio. Posso dizer sem dúvida, eu NUNCA mais volto para LED depois da B6.

    A KS é uma tela absolutamente fantástica e eu curti cada minuto dessas duas semanas que estive com ela. Sem qualquer sombra de dúvida é a melhor LED que já possuí na vida, ponto final! Mas o contraste, a riqueza de cores e preto profundo da B6 é um evento, um acontecimento. É daquelas situações que provocam um antes e um depois. Esteja avisado, se você cair na besteira de comprar alguma das OLEDs 2016 elas irão destruir telas LED para você para sempre.
     
    • 28
  10. fleury007

    fleury007 Usuário

    359 672 1

    Desde 9 Ago 2011
    Goiânia/GO/Brasil
    Fotos Comparativas
    *Minha ideia foi tentar emular aquilo que 9 em 10 consumidores experimentarão se levarem uma dessas duas para casa. A maioria nem mexe nas configurações, no máximo copia alguma calibração pronta em site, por isso ambas foram testadas no modo Padrão, Cinema, HDR e Jogo, calibradas de forma "light" (sem aparelhos nem nada, sem editar cor ou mexer na escala), aproximadas visualmente o máximo possível e atualizadas com o último firmware.

    *Como sempre, vai o alerta do nosso guru Phantom Manace, comparar fotos sempre é algo complicado. Depende da qualidade da câmera, da luminosidade, do painel que você está olhando a imagem ai na sua casa/trabalho, da compressão do site que fez o upload, enfim, N variáveis que nunca vão retratar 100% como as imagens eram vistas a olho nu, okay? Ainda assim é possível perceber certas distinções gerais, ainda que sejam um reflexo falho de como essas telas se comportam ao vivo.
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    As cores parecem estouradas na B6 mas eu garanto que não é o caso ao vivo. O tom de pele do ator estava correto, mas o celular (um galaxy S7) exagera um pouco nas cores e fez parecer que a imagem dela está mais estourada. De qualquer forma fica clara a distinção geral entre saturação de cores e profundidade do preto da B6 para a KS. Vale lembrar que Pacific Rim é um filme MUITO colorido, então prepare-se para ver exageros mesmo :D Eu quis checar saturação de cores das duas TVs com esse filme.

    [​IMG]
    [​IMG] [​IMG]
    Reparem que na primeira foto dá a impressão que a B6 não mostra o amarelo no capacete nem as demais cores no console à direita. Por isso eu fiz questão de tirar um closeup maior. A B6 emite tanto brilho que ofuscou as cores no celular quando a foto foi tirada de mais longe. Essa imagem na KS é espetacular, mas na B6 ela fica quase viva. Repare nas luzes do console em ambos os closes, na KS (2º foto) elas são laranja, mas na B6 (3º foto) elas são amarelas e laranjas e mais intensas também, se distinguindo mais do restante do painel.

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Repare que quando o Jager corta o Kaizu com a espada a KS (2º foto) falha em mostra todas as nuances de cores contidas no sangue do animal que se espalha pelo espaço, enquanto a B6 (3º foto) não tem problemas nessa área, limitando bem mais o espaço de cada cor. E claro, cenas espaciais com o preto no fundo são sempre mais generosos com uma OLED do que com uma LED. Um outro detalhe que eu não sei se fica claro nas fotos é que o sol na B6 é ardente, brilhante, como uma bola de fogo mesmo, mas na KS ele fica mais apagadinho, não provocando tanto impacto. Repare também no levíssimo light bleed no topo esquerdo da KS.

    [​IMG]
    Última foto de Pacific Rim demonstra a puxada maior para o vermelho da KS. Na B6 quando a cena contêm muito vermelho, tons mais alaranjados surgem. Deixo bem claro que não fica laranja, mas acho que está evidente que na KS o vermelho é mais vermelho que na B6. Em todo caso, novamente, a B6 consegue produzir uma imagem com mais brilho e detalhe, realizando um melhor trabalho entre separação de cores.

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Acreditem se quiser mas o tom de pele do Hawk nessa cena de O Regresso é virtualmente o mesmo ao vivo, mas na B6 (3º foto) ele tem várias nuances, manchas, uma distinção maior entre áreas claras e escuras, enquanto que na KS (2º foto) ele é mais homogêneo. Outro ponto ao se observar as árvores ao fundo é a puxada maior de cores da B6 para o azul. Ao vivo aquelas árvores na B6 não são azuis como dá a entender na foto, estão mais para um cinza ou chumbo, enquanto que na KS estão mais para o cinza claro. Novamente o celular exagera alguns pontos.

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Novamente evidência de uma puxada maior da B6 para o azul. Apesar de não ser tão evidente assim ao vivo, ela realmente existe. O engraçado é que se assistida sozinha, sem a KS estar ligada, você nem perceberia que a B6 tem essa puxada. Aa imagem fica natural, mas rica e saturada. Outra coisa é que na última foto tem-se a impressão que a B6 não mostra efetivamente o céu, mas é porque o sol nela é bem mais intenso que na KS. Na Samsung ele é bem definido e delimitado, mas na B6 ele realmente é uma bola incandescente, ofuscando as coisas ao redor com seu brilho. Na foto do meio, o preto absoluto das OLEDs evidenciado. Mas eu devo dizer que a KS fez um excelente trabalho para uma LED.

    [​IMG]
    [​IMG] [​IMG]
    [​IMG]
    A maior fraqueza da B6 frente a KS, exposta para todos verem - muito branco na tela. Além de ficar evidenciado novamente a puxada da B6 para o azul, novamente reitero que a neve ao vivo não é azul e o filme não tem uma lente fria como O Troco do Mel Gibson. As cores de ambas são muito próximas apesar do celular dar a impressão que não é o caso. De qualquer forma neve na B6 tem a aparência de gelo, algo como um cinza super super leve, com pitadas de azul, enquanto neve na KS é branco branco branco, papel chamex branco! E isso porque mexi demaaaaaais na B6 para deixar o branco o mais branco possível sem precisar mexer em escala de cor, sistema de 2 ou 20 pontos do branco etc. Repare no brilho do sol nas nuvens da KS (3º foto) ele é bem mais brilhante do que na B6 (4º foto) onde aparece bem apagado. A B6 faz um excelente trabalho na separação de cores (como sempre) mas a cena na KS impressiona bem mais, com um impacto de branco puro e brilhante que a B6 simplesmente não consegue chegar perto.
     
    Última edição: 24 Nov 2016
    • 24
  11. fleury007

    fleury007 Usuário

    359 672 1

    Desde 9 Ago 2011
    Goiânia/GO/Brasil
    [​IMG]
    Em Guerra Civil, por causa da puxada maior da KS para o vermelho a pele da Viuva Negra tem um tom levemente rosa. Deixo claro que não é rosa de forma alguma ao vivo, mas tem meio que umas nuances rosas. Já na B6 a pele dela se apresenta mais branca. O engraçado é que o batom na KS é mais saturado que na B6 mas o cabelo na B6 é bem mais vivo que na KS. Vai entender :/

    [​IMG]
    [​IMG]
    Essa vai ser mais difícil de evidenciar mas bora lá. Conseguem ver que o vermelho é mais intenso e saturado na B6? Eu não sei porque, mas em Guerra Civil, mesmo a KS puxando mais para o vermelho, o uniforme do Homem Aranha tem uma nuance levemente rosa, enquanto que na B6 o vermelho dele é vermelho coca-cola. Eu reconheço que é muito difícil de perceber isso nessas fotos mas fica evidente ao vivo com as TVs lado a lado.


    [​IMG]
    Neste video sobre Dubai a sombra nas colunas do edifício é bem mais evidenciado na B6 do que na KS onde aparece mais claro. Repare também que o brilho do sol bem mais intenso na pista à frente do carro na B6. Olhando para a KS se tem a impressão que o sol nem está tão forte, mas na B6 a lateral do painel está "acesa" ao máximo criando uma forte dualidade entre o brilho intenso do sol na pista e a sombra do prédio nos pilares.

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Nesse episódio de The Path eu quero chamar a atenção para as cenas de fundo. Na primeira foto a fogueira atrás da mulher é verdadeiramente incandescente na B6, transmitindo a intensidade e ardência natural do fogo. Já na KS, apesar de muito brilhante, ainda é de certa forma apagada. Agora repare nas árvores e na grama das outras três fotos. A B6 consegue exibir "verde grama" sem qualquer esforço. Novamente, uma leve tendencia da KS de exibir uma nuance super suave de rosa na pele. O celular exagera a diferença e se a B6 não estivesse ligada eu nunca diria que esse leve rosa está lá. Assim como branco da neve lá em O Regresso, somente com a outra TV ligada do lado é que é possível perceber que a pele dos atores na B6 é mais branca e na KS mais rosada. Quanto a clara distinção de brilho, atesto que a olho nu a diferença não é tão marcante assim, mas fica sim evidente que a B6 émais brilhante nesse seriado em particular. Entretanto tanto o backpanel quanto o brilho é o mesmo dos outros filmes testados. É o ABL agindo.

    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    Por último eu quis demonstrar o quanto a KS é melhor que minha antiga Sony W955A (TV da esquerda). Reparem no brilho vermelho bem mais saturado do robô na KS. A Sony faz um bom trabalho mas a imagem na KS é bem mais viva e vibrante. O mesmo ocorre na segunda foto, nas árvores ao fundo da mulher. As folhas parecem estar "ligadas", iluminadas, acesas enquanto na W9 elas estão bem mais comportadas, sem vida. O cabelo da mulher também é de um vermelho vivo na KS, algo que a Sony não consegue reproduzir. Na última foto veja o brilho vermelho das ruas. Bem mais intenso na KS, assim como o brilho do sol no horizonte.
     
    Última edição: 23 Nov 2016
    • 29
  12. Fledo

    Fledo Usuário


    Desde 20 Dez 2006
    Sorocaba-SP
    Embora discorde de poucos pontos específicos, na grande maioria não só concordo com vc como chegamos a mesma conclusão : depois q vc conhece e testa uma oled, as leds morrem. Não que estas não tenham suas qualidades, como disse, e não sejam TV`s igualmente fantásticas, mas de fato as OLED retratam um salto e tanto.

    Aliás, as imagens dizem por si só.

    Chegou a uma calibração que considere ideal na B6? Depois posta aí e parabéns pelas compras!! :aplauso:
     
    Última edição: 23 Nov 2016
    • 1
  13. healy

    healy Usuário

    70 17 11

    Desde 8 Fev 2009
    Santa Catarina/Brasil
    • 1
  14. mu_de_aries

    mu_de_aries Usuário

    119 74 1

    Desde 27 Fev 2011
    São Luís
    Isso que é um review, @fleury007@fleury007!
    Parabéns!

    O.S.: Compartilha ae tuas settings com a gente pra SDR e HDR hehe
     
    • 1
  15. patriciobs

    patriciobs Patricio Silva


    Desde 29 Jul 2012
    JUAZEIRO DO NORTE
    Mano.. @fleury007@fleury007 vai fazer review bem feito assim lá no HTFORUM... não sério.... Pode criar blog de Tecnologia que eu sigo e compartilho na hora.
     
    • 1
  16. ENG.PS4

    ENG.PS4 13 Anos de HTForum


    Desde 5 Jan 2005
    Côte d’Azur
    Show de Review mesmo.
     
    • 1
  17. romudrigues

    romudrigues Usuário

    205 135 45

    Desde 11 Set 2008
    RJ
    Review fantástico @fleury007@fleury007 !!! Parabéns!!!! :aplauso::aplauso::aplauso:

    Aproveitando que já estou aqui, uma dúvida: Arquivos .mkv podem comportar HDR? Se sim, para reproduzi-lo na B6 ligada ao computador faz-se necessário ter uma placa de vídeo compatível com a tecnologia HDR? Ou basta rodar o vídeo no computador e a TV "capta" o HDR?
     
  18. diegosps

    diegosps Usuário

    84 50 13

    Desde 5 Mai 2009
    Rio de Janeiro
    Jesus amado! Nem com toda boa vontade e tempo do mundo eu conseguiria fazer um review desse, @fleury007@fleury007.
    Parabéns!
    :notbad:
    Eu até tentei tirar umas fotos com o meu celular, mas elas não ficaram boas. Ia acabar fazendo um desserviço postando elas aqui rs.
     
    • 1
  19. fleury007

    fleury007 Usuário

    359 672 1

    Desde 9 Ago 2011
    Goiânia/GO/Brasil
    Ainda não chequei Fledo, mas darei uma olhada sim (y)
    Estou longe de casa se não já postava as minhas. Ainda não bati o martelo nas configurações finais, estou fazendo os ajustes finos agora que decidi ficar com ela em definitivo. Volta e meia, dependendo do que eu estou assistindo acho que ela está exagerada em algum ponto, depois acho fraca...é um processo...rs.

    Compartilho sim. Não estou em casa nesse momento, mas semana que vem já estou de volta e posto as configs aqui (y)

    Opa, valeu demais. Minha outra análise entre a DX700 e a KS7000 não foi tão bem recebida. Provocou tanto terremoto que recebi até ameaça de morte hahahahaha.
    Hum....não sei. Eu nunca vi HDR em .mkv, mas os demos que eu tenho de HDR no pendrive estão todos em .mp4. O curioso é que se eu tentar tocá-los direto do PC ligado na TV os arquivos não são reconhecidos pela TV como HDR. Mas se eu colocá-los no pendrive e plugar, imediatamente aparece o sinal de HDR e a imagem muda. Mas isso pode ser uma limitação do meu PC já que tenho uma placa de video antiga com HDMI 1.4 e não 2.0. Bem provável que seja isso. Se sua GPU tiver HDMI 2.0 deve funcionar.
     
    • 3
  20. NettoX

    NettoX Usuário


    Desde 23 Ago 2006
    João Pessoa - PB
    Muito bom o review, embora eu já houvesse tomado minha decisão!

    Só que vou ter optar pela KS pq não tenho onde comprar a B6! :(
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso