Anúncio do HT Forum

Clube Spendor

Discussão em 'Caixas Acústicas e Subwoofers' iniciada por Bluebiker, 8 Mar 2010.

  1. Bluebiker

    Bluebiker Hi possible


    Desde 29 Set 2007
    Reg. Rib. Preto
    Anúncio do HT Forum
    Depois de passar dois anos como proprietário solitário de um par de caixas Epos, agora parece que tenho pelo menos um companheiro de clube:lol:. Chegaram hoje minhas Spendor A6!:uhu:
    O processo foi bem penoso, como a das antecessoras (não tá fácil fazer up grade nesse nosso mercado :discordo:). Mas, depois de muita pesquisa nos reviews internacionais, e confiar no "feeling", optei pelas Spendor principalmente em função da suavidade do som, neutralidade dos timbres e detalhamento, aliado ao "tempero mais apimentado" desse novo modelo:p.

    Em breve, depois de umas 120 horas de queima:D, vou postar as impressões. Gostaria de convidar os colegas que conhecem, ou apreciam a marca, para dar seus pitacos;)

    Abraços
    Ricardo
     


    Anúncio do HT Forum
  2. niko

    niko Um eterno aprendiz


    Desde 18 Jul 2005
    São Paulo/SP
    O Diego lá de Porto de Galinhas tem umas S6. Nunca ouvi elas, mas pelo que falam, devem tocar muito bonito, com fadiga zero.:aplauso:
     
  3. Bluebiker

    Bluebiker Hi possible


    Desde 29 Set 2007
    Reg. Rib. Preto
    Então xará, foi ao Diego mesmo a quem me referi acima! Ele gentilmente me passou algumas dicas quando estava pesquisando(y).
    A questão da fadiga mínima que você mencionou pesou muito na decisão:concordo:.
     
  4. josue

    josue Usuário


    Desde 11 Set 2004
    s.p -s.p -br
    Ricardo, parabéns pela caixa.:aplauso:
    Sempre sonhei com a Spendor A5, mesmo sabendo que a A6 é melhor:aplauso:
    Agora que estou com Kef 201/2 estou mais tranquilo;)
    Nos conte como foi a negociação, o tempo decorrido etc. estou curioso!

    Abraços, Josué
     
  5. niko

    niko Um eterno aprendiz


    Desde 18 Jul 2005
    São Paulo/SP
    Josué,

    Quando que vc e o Dario vão passar na minha casa durante a semana para uma visitinha. ;)
     
  6. josue

    josue Usuário


    Desde 11 Set 2004
    s.p -s.p -br
    Nico, obrigado pelo convite.

    O Dario está viajando, quando ele chegar entraremos em contato.

    Até lá.

    Abraços, Josué
     
  7. jmbarone

    jmbarone Usuário

    5.053 3.747 1

    Desde 1 Nov 2006
    Montevideo/Montevideo/Uruguay
    Bluebiker: eu gosto muito do som ingles mais nunca pude comparar, se vc poderia comentar o que achou das epos, proac e spendor e que amplificaçao usou nelas seria de muito valor.
    Obrigado.
     
  8. josue

    josue Usuário


    Desde 11 Set 2004
    s.p -s.p -br
    Ricardo, muito obrigado pelas informações.
    Com o produto em pronta entrega, a ansiedade é quase zero!
    E comprar do Sr. Moisés, é sentir-se seguro:concordo:

    Parabéns mais uma vez, e boas audições.

    Abraços, Josué
     
  9. IAMDIX

    IAMDIX Usuário


    Desde 20 Jun 2004
    HAKUNA-MATATA
    Fala Ricardo,

    depois posta umas impressões e umas fots da sala e a eletronica que ta usando (y)

    Parabens pela compra

    Abç
    Diego
     
  10. CarlosTP

    CarlosTP Usuário


    Desde 28 Abr 2008
    MG
    Ricardo (y)

    passei, e ainda estou, nesse processo que você viveu... perdi na negociação o 'tempo' das ProAc com o Moyses... e depois me assustei com a tabela que me mandaste com os preços da nova distribuição, mas ainda não me decidi :D.

    Quase fiquei com as caixas que estão tocando aí... meu mais novo valvulado tocou por algumas horas essas caixas.... Moyses disse que o resultado foi muito bom.... estou curioso pra saber o que está achando delas com um pouquinho mais de tempo de uso e 'amaciamento'.

    Parabéns pelas caixas!

    abs
    Carlos
     
  11. Bluebiker

    Bluebiker Hi possible


    Desde 29 Set 2007
    Reg. Rib. Preto
    Então, pessoal
    Embora a acústica do novo ambiente ainda esteja sofrível, acho que já é possível colocar algumas impressões das A6 após cerca de 80 horas de amaciamento. A primeira consideração fica por conta do acabamento, que fez as caixas se mimetisarem no piso da sala!! Quanto a sonoridade, ficaram dentro do que era esperado: neutralidade, coerência tímbrica e nenhuma aspereza.(y)

    O que chamou a atenção de imediato foi o calor da região média (não é plágio da revista da CAVI, :D). As Spendor parecem trabalhar numa curva de equalização onde as freqüências entre 0,5k e 5kHz tem o vale menos profundo do que minha referência. O solo do baterista Roy Haynes, no disco Like minds de Gery Burton, mostra isso de uma maneira interessante. Nas Spendor, o som da caixa de repique soa como se fosse de couro, enquanto que nas Epos parece de Nylon! (quem sabe qual pele usada nessa bateria, favor informar, :lol:). No CD When I look in your eyes da Dianna Krall, onde a captação da voz da cantora ficou muito sibilante, as Spendor atenuaram bastante essa agressividade.;)

    Dentre os gêneros que mais tenho ouvido as A6 deram conta do recado – até com rock se deram bem, mas passearam mesmo com vozes acompanhadas de pequenos grupos. Em ambientes pequenos e médios o som sai fácil e com muita naturalidade.:aplauso:[/FONT]

    Ricardo
     
  12. Bluebiker

    Bluebiker Hi possible


    Desde 29 Set 2007
    Reg. Rib. Preto
    O palco sonoro melhorou após alguns ajustes de posicionamento e a colocação de um pedestal de granito. No cd Shut up'n play guitar do F. Zappa, a "imagem" holografica foi de uma complexidade jamais ouvida! No cd A foreign sound de Caetano Veloso, os micro detalhes foram percebidos com muita clareza, especialmente quando se aumenta o ângulo de inclinação interna – to in sem contudo, mostrarem qualquer agressividade. O mesmo ocorreu no cd O de Damiem Rice, no qual cantor parecia estar a minha frente enquanto os sininhos da faixa 7 se propagavam aleatoriamente pela sala.

    No disco Ultimate de Ray Brown, o vibrafone de Milt Jackson soou com tal textura que parecia usar baquetas com ponteira de veludo, sem contudo, soar abafado. Esse exemplo também mostrou a qualidade dos agudos, doces e com decaimento bem suave.

    Perto das 100 horas, e com a troca dos cabos de interconexão balanceados (Top Wonder - By Kinirsch) sumiu o leve "amarelado" da zona média e a região média-alta e aguda, bem como os micro-detalhes ficaram ainda mais nítidos.(y) Essa nova configuração também enfatizou a sonoridade aberta destas caixas, que fazem contraponto com a característica "laid-back" do Marantz e Accuphase.
     
  13. Guto Pereira

    Guto Pereira Usuário


    Desde 10 Jan 2008
    Rio de Janeiro
    Ricardo,

    Meus parabéns pelas lindas caixas!!! O mais interessante é como as caixas inglesas se parecem, pois essas Spendor tem jeitão de ProAc ou vice-versa...

    Agora imagino o que devem estar tocando!

    O meu alvo seria um par de Response 1SC, pois foi paixão a primeira audição, porém o preço e a indisponibilidade financeira me fizeram mudar de idéia. Cheguei a cogitar as Epos disponiveis na SA, porém pelos mesmos motivos suspendi a idéia.

    Sabe qual é o resultado real das books SA1 e os modelos da linha Classic? Pois pelo que vi as SA1 parecem muito com as 1SC...
     
  14. Bluebiker

    Bluebiker Hi possible


    Desde 29 Set 2007
    Reg. Rib. Preto
    Obrigado pelo elogio, Guto!
    Eu nunca tinha ouvido uma caixa Spendor antes e, como mencionei acima, comprei as escuras depois de desistir das Proac (devido mudança na distribuição). Segundo o Moisés, as Proac são mais "nervosas", tanto que recomendava junto com os valvulados que também representa.

    As SA1 é a melhor book da marca e, assim como as A6, estão sendo muito elogiadas pela imprensa especializada, a exemplo da Sterephile.:aplauso:

    Qto as Epos, eu acabei mantendo minhas book M12.2 no set up 2. Embora não tão refinadas quanto as Spendor, tocam muito, muito mesmo pelo que custam, com destaque para os transientes e graves:aplauso:
     
  15. Guto Pereira

    Guto Pereira Usuário


    Desde 10 Jan 2008
    Rio de Janeiro
    Realmente, uma das características das 1SC da ProAc é a velocidade de resposta no que tange a transientes. O ataque de pratos de "Duende" nas 1SC é de deixar qualquer pessoa literalmente :baba:...

    Mas como bons "monitores", se mal aplicados, tendem ao "analítico".

    Vc tem idéia do valor das SA1? Se tiver me passa por MP ou mail.
     
  16. IAMDIX

    IAMDIX Usuário


    Desde 20 Jun 2004
    HAKUNA-MATATA
    Ola Ricardo,

    gostei do aspecto minimnalista da sua sala (y)

    Não percebi a largura da sala nas fotos mas tente mover para frente as caixa para aumentar a profundidade de palco e se tiver espaço tambem aumentar a largura entre elas....sei que cada sala é diferente e por razoes de tamanho temos que achar um compromisso (y)
     
  17. Jneves

    Jneves Usuário


    Desde 29 Jun 2007
    Terra
    Olá, Guto,

    O sr. Moyses pratica aqui o mesmo preço do mercado inglês, que você pode conferir, por exemplo, em www.hifigear.co.uk

    Ouvi lá em Brasília, já em duas oportunidades, a Spendor SP100 - antiga top de linha da marca, desenvolvida para a hoje denominada SP100R - e a ProAc D15 Response.

    Como o sr. moyses falou para BlueBiker, as ProAc são, digamos, mais nervosas. Digamos que se parecem com um carro esporte.

    As Spendor Classic, como a SP100 que ouvi, pela qual fiquei completamente fascinado, seria como um sofisticado sedan de passeio.

    É um "somzão" bonito, gostoso, cheio.. Desculpe pelos termos nada audiófilos..

    É um som todo para trás das caixas, pelo menos com os Croft que as alimentavam.

    Ainda não ouvi a nova linha A, mas imagino que sejam justamente bastante diferentes, em estilo de tocar, da linha Classic.

    Não sei se quem prefere uma linha vai necessariamente gostar da outra.

    Por exemplo, outro dia um amigo entrou em contato com o sr. Moyses em busca de caixas para ouvir em stereo, mas que também serão as frontais do sistema de HT.

    O sr. Moyses sugeriu as A6, como as do colega BlueBiker, informando que as caixas da linha Classic não oferecem a pressão sonora usualmente desejada em HT.

    Gostei demais demais demais da SP100. Considerando o preço no Brasil, as Spendor estão em primeiro lugar na minha lista de preferências, restando mesmo decidir se é mesmo a coisa mais contemplativa que aparentemente caracteriza a linha Classic o tipo de som com o qual quero conviver.

    Se eu puder esclarecer melhor, é só falar.

    Saudações,

    João
     
  18. Bluebiker

    Bluebiker Hi possible


    Desde 29 Set 2007
    Reg. Rib. Preto
    Diego
    "minimalista", no caso de minha sala, é um termo sofisticado que significa que está vazia :lol:; ainda não foi mobiliada a contento e isso está interferindo na acústica :discordo:. As fotos foram tiradas quando ainda estavam amaciando as caixas, sem compromisso com posicionamento; agora está um pouco melhor, mas ainda limitado pelo espaço :-/. Pelo menos negociei com a patroa e fiquei com a sala dedicada ao estéreo :D (o HT ficou num dos quartos transformado em sala de video).

    Abs
    Ricardo
     
  19. altsouza

    altsouza Usuário


    Desde 15 Set 2005
    Salvador, BA, BRASIL
    Ola Bluebiker e amigos,

    Qual amplificação voce usa nas A6? Meu amplificador consiste em um Pre e Power Audio Research SP16+Vs55. Tenho medo que meu Power não seja suficiente para empurrar as A6, ja que elas tem um sensibilidade de 86db. Penso ate em trocar os Audio Research por um Integrado Cambridge 840a, ou mesmo o Pre e Power Cambridge (ambos com preços muito bons no ML) . O que voces acham.

    Abs

    Luiz
     
  20. Fjpsam

    Fjpsam Usuário

    Amigos e Bluebiker como fica o posicionamento dessas caixas, elas se ajustam a espaços pequenos,próximo as paredes!
    Penso nas Spendor Classic SP3/2 mas sempre fica dúvida em relação as dificuldades posicionamento,espaço e será empurrada por válvulas! Uma coisa importante das Spendor serem caixas relativamente facéis de empurrar,apesar da sensibilidade 86 ou 87 db é o fato da curva impedancia ser bem suave,isso favorece uso de valvulados ou outros com potência menor!
    abs
    Fernando
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso