Anúncio do HT Forum

CLUBE SUNRISE LAB

Discussão em 'Amplificadores, Prés e Integrados' iniciada por Cantunes, 24 Dez 2011.

  1. nihues

    nihues Usuário


    Desde 23 Mai 2006
    Balneário Camboriú - SC
    Anúncio do HT Forum
    O que é Onkyo by Sunrise? o_O

    Se vier pra BC no verão pode testar aqui as atualizações e relembrar a R300 hehe, se lembrar do som como era ano passado e agora, mudou bastante pra melhor... estou esperando chegar o ground link e o ethernet, e também o cabo de caixa, todos modelos magic scope.

    Depois vou pra um transporte pra sair do htpc, e por fim trocar a caixinha de fósforo hehe
     
    • 2


    Anúncio do HT Forum
  2. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    O Onkyo "by Sunrise" é um CD player Onkyo C-7030, salvo engano, que o Ulisses faz inúmeros mods e comercializa. Existem diversos equipamentos assim no mercado, como os Oppo especiais para áudio que é famoso no exterior, e que a Oppo inclusive cobre a garantia, os Oppo e os Cary Audio "by Logical" etc. No caso do Oppo, o Ulisses mexe no conector de energia, nas saídas RCA e coaxial, na massa do chassi e em inúmeros aspectos da placa principal e até mesmo do leitor. Sei que o Ulisses desenvolveu modificações extremas para este player, mas chegou a uma versão "definitiva" que alia o máximo da performance e o menor preço possível. Não dá para acreditar no que este Onkyo modado faz ao lado do Luxman D-06. Para mim, o Luxman ainda é melhor, e por boa margem, mas deve custar, no mínimo, quatro vezes mais do que o Onkyo em seu valor final, incluindo os mods. O problema é que este é um CD player puro, então só lê Red Book.

    Não tive a menor dúvida das diferenças que o Link Ethernet faz. Ouvimos um comparativo dele funcionando em conjunto com o Bluesound Node2i. Porém, não tive certeza de que somente oferece benefícios, e por isso, diria que "não entrou no meu radar" tal como aconteceu com o Ground Link Quintessence. Há um incremento em detalhamento e limpidez, mas ao mesmo tempo tive a impressão de que, se ouvisse o sistema com ele por duas horas, concluiria que a sonoridade ficou bastante cansativa. Ele trouxe um brilho em demasia de que não gostei nada, um destaque para as notas que considerei um falseamento, mas isso pode ter sido a impressão do momento, pode ter coincidido com a chegada de outras pessoas, com um volume imoderado de reprodução, com o barulho de conversa na sala, então, como sempre, não haverá nada similar a um teste no meu próprio sistema.

    Dezembro estarei por aí. Com certeza vou querer conhecer!
     
    • 3
  3. weltec

    weltec Usuário

    6.301 4.015 526

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro
    Estou com um ground link para teste, mas não devo conseguir fazer logo. Se alguém do RJ quiser testar, podemos ver como fazer.
     
    • 1
  4. weltec

    weltec Usuário

    6.301 4.015 526

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro
    Sunrise Lab e Timeless são duas brasileiras com grande potencial, acho que chegar no patamar Audiopax no contexto geral do mercado de áudio é questão de tempo, se tudo continuar como anda.

    A energia e dedicação que o Ulisses e o Giovanni colocam nesse trabalho é impressionante.
     
    • 4
  5. PWORJ

    PWORJ Felicidade se mede em decibéis.


    Desde 24 Mar 2019
    Rio de Janeiro
    Eu bato palmas para os empreendedores Brasileiros. Porque, além da dedicação e criatividade, tem o fator tributário e burocrático do governo sempre jogando contra. Vamos torcer para reverter este cenário, e que apareçam mais Ulisses, Giovanis, Eduardos de Lima, etc .....
     
    • 3
  6. Marckey

    Marckey Usuário

    258 160 48

    Desde 17 Jul 2009
    SP/SP/BR
    Agora já estou faz algum tempo com o V8-SS em casa, e quando a gente ouve algo no fabricante, fica sempre aquela questão: "Aqui está tocando bem, mas e em casa?" Não posso dizer que estava preocupado com uma diferença grande em casa, mas estava curioso para ver o resultado, já que em casa não tenho como fazer tudo o que se recomenda, como elétrica dedicada e tratamento acústico completo, por exemplo. A gente faz o que dá...

    Mas ouvindo em casa (acabei fazendo o upgrade "SS" e comprando um Groundlink Reference, que coloquei logo antes da régua de tomadas), o resultado está excelente! O que noto de maiores ganhos aqui são no silêncio de fundo e na organicidade. Na esteira do melhor silêncio de fundo vêm melhor microdinâmica, melhores texturas, palco com melhor foco e recorte. E a tal da intencionalidade realmente acaba ficando mais óbvia. Achei também que na versão "SS" aquela questão de manter palatáveis as gravações não-tão-audiófilas, já presente no MK4 normal, se manteve.

    Estou bastante satisfeito com o resultado, sei que já tem muita gente de olho em fazer esse upgrade "SS", espero que muitos consigam desfrutar dos benefícios dessa nova versão em breve.
     
    • 8
  7. juan SL

    juan SL Usuário

    1.446 1.242 331

    Desde 19 Jan 2012
    sao paulo
    Parabéns pelo up!
     
    • 3
  8. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Que boa notícia! Preciso levar o meu para São Paulo! Já estou me programando, mas não está fácil. Uma hora sai. Apenas questão de tempo
     
    • 3
  9. nihues

    nihues Usuário


    Desde 23 Mai 2006
    Balneário Camboriú - SC
    Chegou uma caixinha com brinquedos! (essa foi rápida, menos de 48 horas)! Já está amaciando! Veio Ethernet Link e Ground Link também mas coloquei o cabo de caixa primeiro, primeira impressão foi boa!


    IMG_20191004_200348.jpg
    IMG_20191004_200239.jpg
     
    • 4
  10. RodrigoSP1001

    RodrigoSP1001 Usuário


    Desde 5 Mar 2009
    São Paulo /SP/Brasil
    O que é o V8SS? Quais as diferenças para o MKIV?
     
    • 2
  11. Marckey

    Marckey Usuário

    258 160 48

    Desde 17 Jul 2009
    SP/SP/BR
    Controle sua ansiedade que o resultado final do upgrade vai valer a pena!

    Legal, depois poste suas impressoes!

    O nome completo seria V8 MkIV SS(SS=Special Signature, conforme o fabricante), ou seja, um V8 Mk4 com uma serie de melhorias, tentando levar a topologia original ao seu limite. O upgrade SS faz o produto na verdade mudar de patamar, as melhoras no resultado final são muito significativas. Eu e outros ja postamos o que notamos, se puder dar uma olhada em posts anteriores (acho que da pag 87 em diante) podera ter uma ideia.
     
    • 3
  12. RodrigoSP1001

    RodrigoSP1001 Usuário


    Desde 5 Mar 2009
    São Paulo /SP/Brasil
    Marckey, isso é resposta de político, falou, falou e não disse nada, kkkk. Também não tem nada para trás, li as páginas anteriores.
    Você comprou o SS e não sabe os componentes que mudam em relação ao MKIV? Elevar a "topologia ""original"" ao limite"(!), não quer dizer nada e desculpe a observação mas para você dizer isso, você não sabe o que significa topologia. Recomendo ler a respeito para não responder com frase feita e sem sentido algum ; ) Voltando para as diferenças entre o SS e MKIV, vou perguntar para o Ulisses e depois te conto, rs. Abs!
     
    Última edição: 5 Out 2019
    • 1
    • 1
    • 1
  13. nihues

    nihues Usuário


    Desde 23 Mai 2006
    Balneário Camboriú - SC
    Comparando o cabo de caixa Sunrise Reference Magicscope II com o Kimber 12tc após ~20hr, tem-se o seguinte:

    Kimber 12tc - tem agudos mais presentes (o que pra mim, dependedo da música, achava muito forte, deixava a música sem tanto peso no médio/grave), palco mais a frente, sem tanta profundidade, médio/grave mais contidos, menor detalhamento/microdinâmica, timbre mais voltado ao médio/agúdo.

    SRMII - Elevaram as caixas a outro patamar na minha opinião (o que é justo pela diferença de valores também), apresenta um som mais ao meu gosto, timbre ficou mais médio/grave, trouxe uma força descomunal quando entra algum instrumento seja de sopro, baterias, baixo ou voz, deixou os médios e principalmente agúdos um pouco mais pra trás, detalhados e mais reais/analógicos, o palco ficou mais aprofundado, mais fácil notar pequenas variações/dinâmicas no som também, o grave achei mais forte/potente e menos embolado, principalmente com som de baixo. O som agora tem um decaimento muito maior, o Kimber era bem seco, praticamente sem decaimento (o que talvez fazia com que os médios/agúdos ficassem mais evidentes), o que por um lado é bom dependendo da música ou sala, mas o SRMII é melhor em trazer uma ambiância aliado à força bruta no som do meu sistema.
     
    • 7
  14. zé pipoca

    zé pipoca Usuário


    Desde 18 Mai 2006
    Ibitinga-SP
    Boa noite! Recebi anteontem os meus cabos RCA Premium e Reference II e tbm o Reference Magicscope de caixas. Sinceramente estou chocado com o que toca essa nova linha de produtos da Sunrise. Desde a linha Premium que toca uma grandeza por um valor irrisório, superando cabos renomados vendidos a preços 4 ou 5x mais caros ou até mais. Os de caixa vieram para testes e não voltam mais não.
    Agora aguardo a cereja do bolo, meu tomadeiro recheado de tecnologia Magicscope, com deep line nas tomadas e ground link top, etc...
    Abraço a todos! Excelentes audições!
     
    • 8
    • 1
  15. Rogerio D.

    Rogerio D. Moved by Movies, Coffee and Music


    Desde 13 Out 2005
    Umuarama Paraná Brasil
    e os jumpers para caixas reference II magicscope, alguem já testou? tirei os originais da caixa e comprei da mesma marca da caixa que é o QED Genesis Silver Spiral e também tenho o deepline na tomada, agora não sei se vale a pena trocar o jumper de minha caixa por esse reference
     
    • 2
  16. juan SL

    juan SL Usuário

    1.446 1.242 331

    Desde 19 Jan 2012
    sao paulo
    O silver espiral é um baita cabo... muito correto para seu preço. Já comparei o RCA top da QED vs o Reference II, o Reference 1 foi feito tendo o QED como um dos cabos a bater na Sunrise, então naturalmente o Reference II sendo melhor que o I, é melhor que o RCA topo da QED, porém em jumpers as linhas não são as mesmas, e não fiz um comparativo, na época do boom da QED, o importador não tinha jumpets para vender.

    O negócio é o amigo pedir ao Ulisses os jumpers para testar sem compromisso e ouvir os dois.
     
    • 4
  17. juan SL

    juan SL Usuário

    1.446 1.242 331

    Desde 19 Jan 2012
    sao paulo
    O meu ateliê de lutheria era bem próximo à Sunrise eu ia almoçar lá, algumas vezes vi o processo de audições do Reference I frente o QED. Na epoca o Christian Pruks cercou muito bem as limitações do cabo até bater o QED.
    Esse QED ainda ficou no sistema da Sunrise um bom tempo até ser vendido.
     
    • 3
  18. Furlan

    Furlan Sempre em frente!

    Caros,

    Na revista CAVI deste mês, edição 256, observamos que, com a entrada do integrado Hegel H590 no ranking Top 5, o V8 MKIV caiu para a sexta posição.
    Entretanto, trata-se da versão normal, e não a nova versão "SS".

    Ainda não tive a oportunidade de ouvir a nova versão, mas acredito que o novo V8 MKIV SS, assim que for avaliado, retorna fácil ao Top 5. O que vocês acham?
    Top 5.jpg
     
    Última edição: 17 Out 2019
    • 4
  19. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Os rumores que ouvi estão no sentido de que a versão "SS" superou com boa margem o Hegel H360, mas não recebi definição alguma no sentido de pormenorizar em quais aspectos isto teria ocorrido. Se for verdade, há uma expectativa de que volte a ficar bem colocado no ranking de amplificadores integrados da CAVI. Sempre deixo evidente a minha falta de confiança nesta revista, mas é um portfólio importante para atrair a atenção de potenciais interessados. Ao menos cria-se o interesse em ouvir.

    Uma pena que não há previsão de que a versão "SS" seja avaliada na CAVI. Se ficar perto de um amplificador de R$40.000,00, é um feito a se comemorar. Vamos aguardar.
     
    • 4
  20. Marckey

    Marckey Usuário

    258 160 48

    Desde 17 Jul 2009
    SP/SP/BR
    Eu só tenho tido "surpresas" positivas com o V8SS, como já disse antes, considero mais que um simples upgrade com relação ao V8mk4, o produto realmente muda de patamar. Então, se for testado, deve subir no ranking da CAVI.

    Mas lendo a CAVI, o que me deixa mais coçando a cabeça é quando vamos ter à disposição aqui no Brasil caixas com pontuação alta e a preços mais acessíveis. Acho que teria que ser algum fabricante brasileiro para conseguir isso (ou seria um chinês?). Também vejo um problema de que temos muitas vezes espaço reduzido em casa, será que não dá para bolarem caixas excelentes para espaços menores? Os fabricantes sempre jogam as melhores fichas em caixas grandes, para ambientes "enormes"(enormes comparados ao espaço de que normalmente dispomos), e as caixas mais adequadas a ambientes pequenos ficam relegadas a segundo ou terceiro plano.

    Por exemplo, o MK4 atingiu 92,5 pontos pela CAVI, caixa com essa pontuação custa quanto? Antes que venham polemizar, não estou querendo discutir o que é excelente ou não, estou só dizendo que para mim caixas são desproporcionadamente mais caras que o resto do sistema.

    Entendo que caixas custem mais caro porque envolvem cabos, eletrônica, falantes, marcenaria...Mas tenho esperança que surjam caixas excelentes com melhores preços que os atuais, e para todos os tipos de espaço - dentro do possível.
     
    Última edição: 17 Out 2019
    • 1
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso