Clube Vincent

Discussão em 'Amplificadores, Prés e Integrados' iniciada por Alex.SC, 20 Nov 2008.

  1. PSDL

    PSDL Usuário


    Desde 16 Set 2008
    São Paulo
    Prezados, estou pensando num up de integrado e estou considerando o Vincent SV 234. Ele se encaixaria pela descrição no que estou procurando. Porém, nunca escutei um aparelho da marca. Como soa este integrado? Casa com caixas frontais studio 20 v4 e central cc590 v5, todas da Paradigm. Meu uso para música é mais para heavy metal, hard rock e jazz em menor proporção.

    Outra coisa, sabem me dizer a tensão de entrada dele?

    Desde já agradeço,

    Paulo Sergio
     
  2. weltec

    weltec Usuário Muito Ativo

    4.493 2.672 123

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro

    O meu é 120v, não sei se chegam aqui com outras tensões, acredito que não.

    No meu sistema sempre tocou bem todos os estilos, sem tender a ser muito melhor em um do que em outro. Pelo muito pouco que ja li a respeito das Paradigm, me parece que o casamento seria bom, ao menos para o meu gosto.

    Já usei esse integrado com Klipsch Reference, Monitor Audio e Kef R, sem problemas. Se vai cair no seu gosto, não sei.
     
    Mauro Mendes agradeceu.
  3. Mauro Mendes

    Mauro Mendes Usuário Muito Ativo

    4.333 6.659 123

    Desde 17 Dez 2009
    Rio de Janeiro
    Paulo, todos os Vincent têm uma pegada forte mas com uma bela assinatura, difícil alguém que ache ruim. Os que eu ouvi em sistemas bem ajustados tocaram lindamente.
     
  4. ACC

    ACC Usuário Ativo

    238 431 43

    Desde 26 Jun 2009
    Salvador-BA
    =================

    ===============

    Olá @FelipeRolim@FelipeRolim, estava lendo um review do experiente Jim Austin sobre o PS NuWave DSD-DAC, e encontrei um comentário (mais abaixo) sobre nossas postagens indicadas.
    Desculpem a tradução do Google, mas acho que não ficou ruim.
    Abraços
    ---------------------
    PS Audio NuWave DSD D/A processor

    Jim Austin | Apr 28, 2016

    "...But, I've learned, there's a basic problem: When you focus analytically on the sound—when you try to make listening more objective—you close yourself off to the music's subjective character, its emotional message. That's more or less the difference between a formal wine tasting—in which you take a small sip, swish it around your mouth, then spit it out—and sharing a good bottle over dinner with someone you love. (Does the brain have a wine channel?) The former can be done in a way that's more or less objective, but what you learn from it is of limited importance. The latter is irredeemably subjective, and it's the only thing that matters...."
    Read more at https://www.stereophile.com/content/ps-audio-nuwave-dsd-da-processor-page-2#TQ0Uj01JBbRXRueW.99


    "...Mas, eu aprendi, há um problema básico: quando você se concentra de forma analítica no som - quando você tenta fazer a escuta mais objetiva - você se fecha ao caráter subjetivo da música, sua mensagem emocional. Isso é mais ou menos a diferença entre uma degustação formal de vinhos - em que você toma um pequeno gole, abaixa a boca e depois cuspiu e compartilha uma boa garrafa ao jantar com alguém que você ama. (O cérebro tem um canal de vinho?) O primeiro pode ser feito de forma mais ou menos objetiva, mas o que você aprende com isso é de importância limitada. O último é irremediavelmente subjetivo, e é o único que importa..."

    Read more at https://www.stereophile.com/content/ps-audio-nuwave-dsd-da-processor-page-2#TQ0Uj01JBbRXRueW.99.
    =====================
     
    Mauro Mendes e FelipeRolim agradeceram.
  5. edinaldo12

    edinaldo12 Usuário Ativo


    Desde 17 Mai 2010
    Porto Alegre/RS
    Li que atualizaram os terminais digitais de entrada e agora suportam 24/192. Mas o modelo novo não tem mais USB, que pena.

    "Newsletter SV-237MK

    Our most successful model provides new connection terminals. Technical development is increasing fast nowadays. For this reason, many customers changing also their requests to their amplifier. That is why the SV-237 has evolved into the SV-237MK. The newest edition of our most successful model has now an optical and a coax digital input instead of a USB port. The converter module works with a bit rate of 24bit/192 kHz for processing highdefinition musical files. We have also added an earphone jack to the amplifier."

    http://www.vincent-tac.de/fileadmin/pdf/Newsletter/englisch/Newsletter_EN_SV-237MK.pdf
     
    mazvieira e Mauro Mendes agradeceram.
  6. FastMHZ

    FastMHZ Usuário Muito Ativo


    Desde 24 Nov 2003
    Alluris
    Pessoal do clube,

    Tenho algumas dúvidas que gostaria de esclarecer, se puderem ajudar.

    O 237 e 700 equivalem a quais outros integrados conhecidos de nosso mercado ?

    Em relação as válvulas, qual o tempo de durabilidade? E vejo que alguns trocam por outros modelos, qual o custo?

    O equipamento toca bem com B&W?

    Abs
    Fernando
     
  7. mazvieira

    mazvieira Usuário Muito Ativo

    602 165 68

    Desde 24 Jun 2011
    Porto Alegre - RS
    Puxa, agora sim ficou perfeito :)

    Aqui uso uma interface HiFace M2TECH para utilizar as entradas coaxiais do pré. Fica ótimo.
     
    Última edição: 13 Out 2017 às 14:53
  8. Mauro Mendes

    Mauro Mendes Usuário Muito Ativo

    4.333 6.659 123

    Desde 17 Dez 2009
    Rio de Janeiro
    Fernando, eu já tive os dois e posso afirmar que tocam muito, com clara vantagem de refinamento para o 700. Já comparei no meu sistema o 700 com o Sunrise V8MkIII e eu preferi o 700, não porque o V8 seja ruim, é um excelente integrado dentro de usa faixa, mas foi questão de gosto por causa das válvulas.

    Com o 237 comparei no meu sistema há um tempo atrás com o MF M6i, e NMO o 237 se soou bem mais agradável e com muito mais controle que o M6i. Nessa época eu pude testar os dois nas B&W 603S3 e nas Palladium P-17B, e o 237 tocou folgado e bonito as duas caixas.
     
    FastMHZ agradeceu.
  9. Igor P. S.

    Igor P. S. 13 anos de HT Forum.......


    Desde 11 Fev 2005
    Brazil
    Pessoal do Clube , depois de anos a vontade de adquirir um Vincent não passou , hoje me deparo com esse SV700 , aclamado pelo nosso amigo Mauro Mendes , atualmente meu setup é Parasound A21 e Pre Musical Fidelity M8PRE , passar para um Vincent SV700 seria Side ou Down grade ?

    abraços , Igor
     
  10. Redcruz

    Redcruz Usuário Muito Ativo

    8.653 4.777 113

    Desde 11 Dez 2008
    Mesquita
    O Aléssio, tem essa combinação SV700 + torres B&W no sistema.

    Caso não veja teu post, manda uma mensagem pra ele.
     
    FastMHZ agradeceu.
  11. weltec

    weltec Usuário Muito Ativo

    4.493 2.672 123

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro

    É realmente outro DAC com outra concepção ou o mesmo DAC com mudança de interface?

    Pergunto, pois é normal DAC suportar uma maior taxa pela coaxial do que pela USB, logo nada impede de ser o mesmo DAC com a substituição da USB pela coaxial e ótica, assim permitindo uma taxa maior, mas no fim tocando a mesma coisa.
     
  12. FastMHZ

    FastMHZ Usuário Muito Ativo


    Desde 24 Nov 2003
    Alluris
    Tenho a mesma pergunta, ainda mais o Parasound sendo muito bem elogiado e com um DAC de boa qualidade.
     
  13. FelipeRolim

    FelipeRolim Breaking The Sound Barrier

    8.684 5.963 638

    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Olha, para ouvidos habituados ao Musical Fidelity M8PRE e ao Parasound A21, eu defenderia a compra de um AMS-35i que, se não for um pouco superior ao Vincent SV-700, está no mesmo patamar. É um classe A de respeito, e minha primeira opção de comprar, para ser bem sincero. Pena que o momento não é bom e ele é mosca branca...
     
    Igor P. S. agradeceu.
  14. edinaldo12

    edinaldo12 Usuário Ativo


    Desde 17 Mai 2010
    Porto Alegre/RS
    Boa pergunta. Acho que é o mesmo dac.


    "How to improve an unbeatable unit? Very easy, just listen to the customers wish. That’s how the SV-237 becomes the SV-237MK. The big change is that we replaced the USB input on multiple wish by an coax and optical input. These inputs are more suitable for daily use and offer more possibilities for connections. The unique circuit of Frank Blöhbum was not changed.

    Under the leadership of Frank Blöhbaum, who is the developer of the Thorens electronics and the Auto-Bias control of the T.A.C. tube amplifiers, the circuit design was completely revised and improved. Thus, in the output stage section a phase reserve of 90° was reached by making various changes. This phase reserve provides a much better transient response to complex loads (loudspeakers). Because the amplifier always works virtually during normal operation in state of the transient oscillation - Music represents transient pulses – the improvements can be heard elementary. Musicality and sound are much better than its predecessor. Even the most difficult loudspeakers can be powered easily. The amplifier always dominates the complex load (loudspeaker) without sounding strained.

    The preamplifier section was fitted in the second stage with 6N1P tubes. The greater voltage level provides better signal stability. This results in a higher spectral purity of the signal which causes a further improvement in fine detail in the sound. Here, the tube-like musicality is maintained and an analytical coldness never comes in the sound. Another advantage of the improved circuit design is a greatly improved signal to noise ratio. It results in an excellent playback quality also on high efficiency speakers such as the Impulse series of Dynavox: Noise was once. Enjoy explosive live performance as a result of excellent dynamics. Moreover, the volume control has been finely adjusted. Thus, the volume level can be set precisely using remote control."
     
    Mauro Mendes e weltec agradeceram.
  15. weltec

    weltec Usuário Muito Ativo

    4.493 2.672 123

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro

    Imaginei(y)
     
  16. mazvieira

    mazvieira Usuário Muito Ativo

    602 165 68

    Desde 24 Jun 2011
    Porto Alegre - RS
    Não sei se vai tocar a mesma coisa, só escutando para comprovar.

    Aqui em casa, meu pré aceita taxas de até 16bit/48kHz pela entrada USB. Já pelas coaxiais, a taxa vai a 24bit/192kHz. A diferença entre ambas é muito nítida, há clara vantagem para a utilização das coaxiais.

    Abraços,
    Marcelo.
     
  17. Igor P. S.

    Igor P. S. 13 anos de HT Forum.......


    Desde 11 Fev 2005
    Brazil
    Felipe obrigado pela resposta , para se comparar o SV700 ao AMS35 o Vincent deve ser muito bom , pois o AMS35 é referencia em Classe A , aproveitando o SV700 trabalha em quantos wats Classe A ?

    abraços , Igor
     
  18. bob51

    bob51 Usuário Muito Ativo

    787 346 53

    Desde 3 Fev 2014
    cotia
    Com certeza o AMS35 e melhor que o SV700, a comparacao mais correta seria com o TAC V88, ai a briga deve ser boa.
     
  19. weltec

    weltec Usuário Muito Ativo

    4.493 2.672 123

    Desde 15 Nov 2011
    Rio de Janeiro
    Se não me engano vai a 50w
     
  20. Igor P. S.

    Igor P. S. 13 anos de HT Forum.......


    Desde 11 Fev 2005
    Brazil
    Mas a comparação não está errada, aqui no Brasil esse sv700 é acessível, lá fora U$3.500, ou seja, é concorrente direto.......