Anúncio do HT Forum

CONDICIONADOR X ESTABILIZADOR - QUAL DIFERENÇA?

Discussão em 'Energia, Alimentação e Aterramento' iniciada por anovelli, 26 Mar 2010.

  1. anovelli

    anovelli Usuário


    Desde 14 Fev 2010
    Sao Paulo/ SP/ Brasil
    Pessoal,

    Sou leigo neste assunto. Sempre tive um estabilizador / no-break de computador e o utilizei para meu receiver + projetor...
    Depois que comecei a frequentar este forum é que conheci o tal do condicionador.. mas confesso que ainda nao sei ao certo a vantagem de possuir um, já que um condicionador é bem mais caro do que um estabilizador...

    Alguem poderia esclarecer melhor isto? Qual a vantagem? Custo benefício? O que um tem o outro nao...
    Acho que seria de grande utilizade para os leitores.

    desde já agradeço mais uma vez a contribuiçao dos colegas.

    Abraço

    Anovelli
     
    • 1
  2. faller

    faller Usuário


    Desde 9 Fev 2009
    Porto Alegre/RS/Brasil
    Estabilizador é um elemento ativo, cuja função é a de selecionar uma tensão para colocar na saída, a mais próxima possível da tensão nominal variando essa tensão em passos de 5 a 10 Volts, dependendo do elemento e de quantos passos de ajuste o mesmo dispõe. Essa comutação, selecionando uma tensão "mais adequada" tem uma série de consequências, a saber:
    1) Não é tão rápida como se gostaria que fosse, sendo às vezes executada na maioria das vezes entre 20 e 60 mili segundos após o início da variação de tensão..
    2) Essa comutação que na imensa maioria das vezes é feita por chaveamento mecânico (relé), toma algum tempo e forçosamente desalimenta seu equipamento para somente após religá-lo em uma tensão 5 volts maior ou menor que a anterior. Essa desalimentação, essa quebra de circuito em um circuito indutivo, causa o aparecimento de surtos de tensão, a cada tlec dos relés, podendo danificar por rompimento de isolação de algum semicondutor que porventura exista no primário da fonte de alimentação de seus equipamentos;
    3) A própria reenergização de seu equipamento faz aparecer um surto de corrente no banco de capacitores da fonte (inrush current ou corrente de partida) principalmente por que a maior proteção para tal é constituída de elemento termistor, que se frio tem alta resistência e se quente baixa resistência, para não atrapalhar a fonte, e, nessa hora de desenergização e subsequente energização ele estará quente (leva da ordem de minuto para esfriar)..
    Ou seja, sob o ponto de vista o estabilizador em nome de uma "benesse" altamente discutível acaba por meter o pés pelas mãos em uma série de outros potenciais problemas que pode trazer para as fontes. As principais fontes afetadas pelos mesmos são aquelas chaveadas, como de computadores, de televisores etc, trazendo um mal pouco menor às fontes comuns com transformadores, as lineares geralmente usadas em áudio..

    Condicionadores de energia são elementos geralmente passivos cujas funções vão desde a filtragem passiva da energia passante, proteção contra surtos de tensão, proteção contra religamento instantaneo no retorno da energia, geralmente apresentando a possibilidade de temporização individualizada entre a ligação de suas diferentes saídas, evitando correntes de partida elevadas..
    Os filtros por eles apresentados são muito melhores que aqueles possíveis de ser encontrados dentro dos estabilizadores.. As proteções elétricas também são exemplarmente melhores..

    Finalmente os condicionadores de energia, por não serem ativos, não interferem na energia primária, não a ficam chaveando, desligando e religando a mesma de cima de nossos equipamentos... É sabido e consenso de que não se deve desligar os equipamentos e de pronto religá-los.. Pois o estabilizador faz isso dai...

    Quanto a profundidade de cada uma dessas características há que se ter em conta o nível do equipamento. Existem aqueles mais simples, de entrada de linha e aqueles mais profissionais, e também com custo mais elevado..

    Abraço...
     
    • 7
  3. anovelli

    anovelli Usuário


    Desde 14 Fev 2010
    Sao Paulo/ SP/ Brasil
    Obrigado Faller.

    Entendi atraves de sua explicacao que os estabilizadores podem causar danos ao equipamento ao desligarem e religarem os aparelhos durante sua atuacao mecanica para "estabilizar a tensao".. e que por isto os condicionadores seriam melhores...

    E quanto aos Nobreaks+estabilizador?? Nao evitariam este problema?

    Agradeco desde ja sua contribuição

    abraço
     
  4. faller

    faller Usuário


    Desde 9 Fev 2009
    Porto Alegre/RS/Brasil
    Aquilo que o pessoal costuma chamar de no-break, pois o mais correto seria short-break, pela incapacidade de geração de forma de onda decente, por longo período, acabou por agregar com o tempo o termo "interativo" que se refere a uma espécie de estabilizador que o mesmo tem dentro de si... A questão é a mesma, os malefícios são os mesmos... Atrapalham as fontes dos equipamentos com seus eternos desligar e ligar de novo, mesmo que rapidamente, atirando para cima das fontes os resultados de seus Tlecs, que são uma saraivada de surtos de tensão..
    Tai para quem quiser ver: Você já viu um Tlec?? - Estabilizadores -

    Se quiseres um no-break realmente decente adote um na verdadeira acepção da palavra... Chama-se no-break On Line de Dupla Conversão

    On line pois o mesmo está sempre gerando energia para seus equipamentos, modulando um conversor em alta frequência, em PWM, gerando uma saída de potência no formato senoidal como o é na rede elétrica. Desse modo se consegue, na saída, estabilidade de tensão da ordem de 3%, pois se tem a largura de pulso para modular essa variável, compensando as possíveis e naturais variações no nível da tensão contínua sobre as baterias que alimentam o conversor.. Se consegue também distorções harmônicas da ordem de 3 a 5% sendo muitas vezes, essa variável, melhor até que a da própria rede elétrica..

    Ao contrário dos short-breaks, que só trabalham na falta da energia primária AC, esses verdadeiros no-breaks ou UPS (do inglês Uninterruptible Power Supply), On Line, trabalham na geração de energia o tempo todo e desse modo necessitam, para suprimento de alimentação, que a rede elétrica seja convertida em CC, de baixa tensão (12 ou 24 Volts CC).
    Por isso são chamados de Dupla Conversão. Uma das conversões se dá quando a energia que vai alimentar seus equipamentos é reduzida e convertida dos 110 ou 220 Volts AC comerciais para CC, em 12 ou 24 Volts, para uso e para armazenamento em baterias. A segunda conversão se dá quando essa energia suprida desde a rede AC primária, agora convertida em CC e com alta capacidade de suprimento de corrente, passa a alimentar o conversor PWM cuja função é a de reconverter essa energia CC na energia de 110 ou 220 Volts AC que vai alimentar seus equipamentos..

    O conversor CC => CA recupera a energia, na maioria das vezes, com uma qualidade tão boa ou melhor até que aquela da rede primária e, importante, sem os problemas de ruído elétrico, de surtos de tensão, ou seja dos distúrbios inerentes a essa rede primária, da qual sua saída está isolada por dois processos de conversão...
    Ao faltar a rede primária seu equipamento nem sequer sentirá, pois o no-break ao invés de tomar da energia retificada e rebaixada para 12 ou 24 VCC vai tomar da mesma energia, porém da bateria agora, sem nenhuma interrupção, com a mesmíssima qualidade de antes e sem nenhuma interrupção de suprimento.. Se o problema for autonomia, a maioria desses equipamentos aceita energia externa e se colocares baterias com tamanha energia para que sua geração dure por 1 ano, sem energia, não terá problema algum (claro que estou exagerando de propósito só para enfatizar que sua geração, senoidal pura, é igual ou melhor até que a energia da rede elétrica comercial...)

    Esse é o no-break decente, que realmente opera e fornece a energia de primeira para seus equipamentos. Os no-breaks baratos, os short breaks, geram formas de onda que os marketeiros dos fabricantes chamaram de quasi-senoidais ou pseudo senoidais ou senoidais por aproximação... Você acredita???
    É mais ou menos equivalente a dizer para sua namorada que ela não é bonita, atraente ou sensual mas sim quasi-bonita ou pseudo atraente, quem sabe aproximadamente sensual... Se resolver dizer, diga e abaixe-se rápido, pois vem bomba...
    Essas formas de onda retangulares, dos short-breaks, são tão ricas em harmônicas que essa característica nem é explorada em seus manuais por facilmente atingir patamares da ordem de 80% de distorção harmônica..

    Eu não colocaria um desses nem no meu PC e muito menos em equipamentos de áudio ou vídeo...

    O grande problema dos no-breaks On-Line de Dupla Conversão é seu custo, que não raramente ultrapassa aos 1.000 a 2.000 Reais...
    Veja ai um exemplo dos pequenos, para 800VA somente: http://www.5ti.com.br/p29670-no-break-engetron-ss800bi-ext.html
    Ou um para 1.500VA ou 1.000 Watts: http://www.5ti.com.br/p29735-no-break-engetron-sen1500c.html
    Veja um contra exemplo: http://www.atera.com.br/dispprod.asp?COD=SMSNS12KBI

    Desse modo se necessitares de energia pura, limpa, duradoura e estável adote um no-break do tipo On-Line de Dupla Conversão. O resto é o resto...

    Ou então faça como eu, com pouca grana... Somente um bom filtro de linha e proteções contra surtos de tensão, nada mais...

    Abraço
     
    • 3
  5. anovelli

    anovelli Usuário


    Desde 14 Fev 2010
    Sao Paulo/ SP/ Brasil
    Meu caro,

    suas explicacoes foram 10. Vou seguir seu exemplo...

    obrigado e um abraço,.

    A
     
  6. nelo_bsb

    nelo_bsb @manoelguedes


    Desde 9 Dez 2008
    Brasília/DF
    Excelente tópico! Deveria estar sempre em alta, especialmente para alertar o pessoal que confia que um estabilizador de cem reais vai proteger seus equipamentos!
     
  7. jcluccas

    jcluccas Usuário


    Desde 24 Set 2009
    São Paulo/SP/Brasil
    Alguém pode explicar um pouco mais sobre o filtro de linha, ele seria pior que uma simples regua com aterramento?
     
  8. faller

    faller Usuário


    Desde 9 Fev 2009
    Porto Alegre/RS/Brasil
    Existe ai um problema de impropriedade do nome vinculado com a expressão "Filtro de Linha" e com o que realmente esse filtro é na prática. Semântica portanto...
    Leia esse tópico que melhora o entendimento acerca do filtro de linha, ou pelo menos separa o joio do trigo... Quando o nome ajuda (Estabilizador) - Quando o nome atrapalha (Filtro de Linha)

    O filtro de linha em sua concepção de proteção contra surtos é bem mais que uma simples régua de terminais
    - Ele possui varistores entre os fio Fase e Neutro, entre os fios Fase e Terra e entre os fios Neutro e Terra;
    - Para esses conjuntos de varistores ele possui fusível térmico para proteção dos mesmos;
    - Possui indutores que compõem a parte da filtragem;
    - Possui capacitor para ajudar a compor a filtragem;
    - Pode possuir detetor de potência máxima, com sinalização;
    - Pode possuir micro disjuntor rearmável, para excesso de corrente.

    Esse descrito ai é exatamente o PF11VNT3 da APC abaixo mostrado:
    [​IMG]

    Se o Filtro de Linha for realmente um supressor de surtos, ele poderá fazer por seus equipamentos muito mais do que faria uma simples régua com aterramento....
    O grande problema é que pelo mesmo nome de Filtro de Linha o mercado oferece coisas desse tipo ai:
    [​IMG]

    Abraço...
     
    • 1
  9. csuenaga

    csuenaga Usuário


    Desde 17 Abr 2010
    Sampa
    Nossa qta coisa a gente nem sabe e pensa que esta protegido :aplauso::aplauso::aplauso::aplauso:

    Qto custa um condicionador e alguem sabe onde vende, nunca tinha ouvido falar :aplauso:

    Valeu mesmo, obrigado pelas dicas.

    Abs
     
  10. nelo_bsb

    nelo_bsb @manoelguedes


    Desde 9 Dez 2008
    Brasília/DF
    • 1
  11. .:maia:.

    .:maia:. Usuário


    Desde 14 Jun 2007
    SP
    belíssimas explicações com relação ao tema!
    abs
    MAIA
     
  12. nelo_bsb

    nelo_bsb @manoelguedes


    Desde 9 Dez 2008
    Brasília/DF
  13. ahotsuru

    ahotsuru Usuário

    133 11 1

    Desde 6 Jun 2009
    Ribeirão Preto/SP/Brasil
    faller agradeço pelo seu texto exposto . Só gostaria de tirar uma duvida. Tenho um HT com receiver, sub, tv blu-ray, telefone, router, sky, modem e media center. Comprando um condicionador da panamax 5300 e plugando estes equipamentos nele e este com a tomada devidamente aterrada estarao todos os aparelhos protegidos? Estou preocupado pois quase perdir um receiver novo plugando ele apenas no estabilizador.(y)
     
  14. faller

    faller Usuário


    Desde 9 Fev 2009
    Porto Alegre/RS/Brasil
    Vá de Panamax mesmo. Estabilizador não foi feito para proteger e ainda mais vai lhe atrapalhar mais do que ajudar...
     
  15. mateuslage

    mateuslage Usuário

    1 0 0

    Desde 25 Mai 2010
    Belo Horizonte
    Ola,

    Minha primeira postagem no forum, então caso eu esteja fazendo alguma coisa errada me perdoem.

    La vai a minha duvida:
    Tenho um receiver da onkyo e um projetor da DELL ligados a um condicionador de energia. Estou querendo ligar um PC nesse sistema. Minha duvida é qual seria a melhor forma de ligar o PC na energia (estabilizador ou condicionador de energia).
    Sei que para audio e video o estabilizador gera um seria de problemas. Mas nao sei se ligando o PC em um estabilizador as interferecias da energia passariam para o meu sistema.

    Obrigado
     
  16. faller

    faller Usuário


    Desde 9 Fev 2009
    Porto Alegre/RS/Brasil
    Então leia: Razões pelas quais os estabilizadores atrapalham a fonte do PC.

    E essas agressões não são tão somente às fontes dos PC's mas sim a todo o tipo de fonte...

    Abraço...
     
  17. .:maia:.

    .:maia:. Usuário


    Desde 14 Jun 2007
    SP
    Meu caro, e o Fuller S-5500 em relação ao Pamanax? Mesma coisa em termos técnicos?

    abs

    MAIA
     
  18. nelo_bsb

    nelo_bsb @manoelguedes


    Desde 9 Dez 2008
    Brasília/DF
    O uso de estabilizador tembém prejudica fontes de computadores. Veja:
    Razões pelas quais estabilizadores danificam as fontes dos PCs
     
  19. Ezequiel

    Ezequiel Usuário


    Desde 26 Dez 2004
    Fortaleza/Ce/Brasil
    Caro Faller, andei lendo esse topico e achei excelente sua explicacoes. Poderia me tirar uma duvida?

    O que acha da combinacao Estabilizador seguido de condicionador, como sugerido nesse topico http://www.htforum.com/vb/showthread.php/88072-Savage-GR5000ex-ou-Condicionador?

    Moro em Fortaleza, onde a tensao eh 220v e ja perdi equipamentos com surtos de energia. Atualmente, ja tenho um estabilizador de 1,5Kva (Microsol) onde todos os equipamentos do meu HT estao ligados, a excessao do projetor que encontra-se ligado a uma tomada no andar de cima. Poderia ter sua sugestao quanto a melhor de proteger e melhorar o desempenho desses equipamentos com uma energia limpa?

    Desde ja, obrigado.
     
  20. faller

    faller Usuário


    Desde 9 Fev 2009
    Porto Alegre/RS/Brasil
    Colega Ezequiel... A pergunta que não quer calar é... Por que você usa esse estabilizador???
    Seria por que a tensão varia?? E se for isso, varia de quanto?? Qual a tensão máxima? Qual a tensão mínima?
    Tenho reparado que a maioria das pessoas se preocupam por notar que ao ligar o chuveiro elétrico, por exemplo, a lâmpada acusa uma redução de brilho e ficam apavoradas com isso, sem nem mesmo saber de quanto era a tensão antes e para quanto foi a mesma depois de ligar o chuveiro. Na enorme maioria das vezes ambas as tensões são plenamente satisfatórias para um bom uso de seus equipamentos de áudio, vídeo ou informática...
    Jamais vi alguém reclamando de seu refrigerador (muito mais sensível às baixas tensões que seu PC ou HDTV...

    Desse modo, muito antes de você gastar uma banana em estabilizadores + condicionadores, o que valha, gaste R$ 10,00 na compra de um multímetro e faça um levantamento, anotado no papel, de quais os valores da tensão elétrica ai de sua casa, nos mais diferentes horários. Somente depois disso, comparando esses valores com os valores tolerados pelos seus equipamentos (o manual diz) é que você deve tomar alguma decisão de fazer ou não algo, de corrigir ou não a possível anomalia..

    Sempre um condicionador de energia passivo será bem vindo, quer seja ele desses caros, destinados ao ramo de áudio, quer um simples filtro de linha com boas proteções internamente...

    Então.... Estas pronto para dizer quais as tensões máximas e mínimas lidas na tomada de sua casa???
    Abraço...