Anúncio do HT Forum

Diferença entre "pré amplificador" e "amplificador"

Discussão em 'Amplificadores, Prés e Integrados' iniciada por Dorathoto, 2 Set 2015.

  1. Dorathoto

    Dorathoto Usuário


    Desde 20 Mai 2010
    Atibaia
    Anúncio do HT Forum
    Vejo muito esses dois termos, qual a diferença entre eles? existe? ou apenas nomeclatura?

    Tenho um receiver e quero ligar um amplificador para tocar melhor as minhas caixas.
    Pelo que eu entendo, usaria as saidas pré-out do meu receiver passaria por um amplificador e depois para minhas caixas correto?

    Então o que seria um pré amplificador?
     


    Anúncio do HT Forum
  2. ag-silva

    ag-silva Vivendo e Aprendendo

    6.584 8.980 861

    Desde 31 Mai 2007
    Rio de Janeiro
    Olá Dorathoto,

    Pré amplificador é o equipamento responsável pelo gerenciamento de todas as fontes ligadas ao sistema (aux, CD, tuner, etc...) nele também estão todos os comandos e controles, já o amplificador é o equipamento responsável por amplificar o sinal que será enviado para as caixas.
    O Receiver é um conjunto com pre amplificador, amplificador , rádio e no caso de home thetar processadores multicanal (tudo dentro do mesmo gabinete)
    Você pode ligar um amplificador externo nas saidas de pre-out do receiver sim (y)
     
    • 1
  3. silvageraldo

    silvageraldo Usuário

    5 0 1

    Desde 4 Set 2015
    minas gerais
    MAS NEM TODOS RECEIVER TEM PRE DE SAIDA POR EXEMPLOS PARA UM AMPLIFICADOR A2
     
  4. rdmoser

    rdmoser Usuário


    Desde 4 Mar 2011
    Rio de Janeiro
    Quando você liga um amplificador na saída preout, está usando seu receiver como um pré amplificador. Obter mais qualidade usando este tipo de configuração não é tão simples. O nível dos equipamentos deve ser equivalente e você passa a depender de mais cabos, que irão interferir no resultado final.
     
    • 1
  5. Audio Maniac

    Audio Maniac Usuário


    Desde 12 Out 2005
    SP
    Todo sistema de amplificação é composto por um estágio de pré-amplificação e um subsequente de potência, que é chamado simplesmente de amplificador ou power.

    Na prática, esses 2 estágios podem vir junto num amplificador integrado ou receiver (nome dado a um aparelho com amplificador integrado + sintonizador de FM) ou, ainda, em sistemas mais sofisticados (nem sempre) podem vir em gabinetes separados. É o vulgo pré + power.

    O pré-out na realidade é a saída direta do estágio de pré-amplificação do seu receiver. Na prática, em receivers assim, temos 2 saídas de um mesmo pré-amplificador que alimentam 2 estágios distintos de potência: o power do receiver em si e o power do aparelho externo que deseja ligar. Esse power externo pode ser um power puro ou um integrado/receiver com entrada direta para seus powers (Power In ou Main In).

    Não faz parte do tópico, mas à título de curiosidade para os leigos, existem 2 tipos de prés: os passivos, que são compostos somente por chaves seletoras de entradas e um atenuador (potenciômetro), e; os ativos, que utilizam sistema de ganho, sendo os mais comuns os transistorizados, os valvulados e aqueles baseados em mini transformadores, bastante raros, que podem vir em conjunção com os dois primeiros.
     
    Última edição: 17 Set 2015
    • 1
  6. SubWolf

    SubWolf Usuário


    Desde 25 Dez 2009
    São Paulo
    É isso mesmo que o pessoal falou

    Por exemplo, o receiver tem entrada phono, aux, tape e FM, dai passa pelo controle de tom, e dá um ganho no sinal para a saída do pré out

    Por exemplo o Receiver da Polyvox PR-2200, o aux in e tape in é de 200 mV, mas o pré out é de 550 mV, ou seja, ouve um ganho no sinal, alem dos controles de graves/agudos, volume, balaço, etc..

    Mas o amplificador (amplificador de potência) tem a função de fornecer altas tensões e correntes ao alto falante, por exemplo para se ter 30W em 8 ohms a tensão RMS é de 15,5 V

    Ou seja, o amplificador elevou esses 550 mV do pré out / pré in para 15,5 V com uma corrente bem elevada

    Pré amplificador: ligação e arranjo de entradas e saídas de sinais de baixa intensidade e controles de tom, loudness, etc..

    Amplificador: secção de potência para fornecer alta tensão e corrente para alto falantes

    Essa seria minha interpretação

    obs: ainda tem a questão de casamento de impedâncias, teoria da máxima transferência do sinal, etc..
     
  7. Reginaldo fausto da Silva

    Reginaldo fausto da Silva Usuário

    3 0 1

    Desde 10 Out 2015
    Rio de Janeiro
    Quase sempre um power precisa de um pré amplificador com ou sem controle de grave/médios/agudos, entre ele e a fonte de sinal. Antigamente quando se montava um power, ele precisava de um pré que fornecesse + ou - 1V, para ele entregar a potencia máxima aos falantes. Hoje com o grande número de montadores caseiros de amplificadores, houve uma mudança de audiófilo e nem todo mundo gosta de ter um amplificador com controle tonal.
     
  8. ccb

    ccb Usuário

    76 22 11

    Desde 9 Jan 2009
    sp
    Posso dar minha experiencia nisso: Meu integrado com controle tonal e meu pré que tbem tinha mostraram com o tempo diferenças entre os canais - qualidade diferente. Levei a um engenheiro que "correu" o sinal e descobriu que eram os knobs e demis componentes. A partir daí nunca mais comprei outro com controle tonal e por incrível que pareça não faz diferença alguma.
     
  9. Audio Maniac

    Audio Maniac Usuário


    Desde 12 Out 2005
    SP
    A questão não é ter ou não ter controle tonal e sim a qualidade deles, se tiver. Controles tonais utilizados pela Accuphase e Luxman não costumam dar defeito, mesmo depois de 30 anos de uso.

    Eu normalmente não os utilizo, mas às vezes eles são úteis. CDs mal gravados costumam ficar "escutáveis" com a regulagem tonal. Uma quebrada nas arestas dos agudos, quando agressivos, um reforço de graves para corrigir aquele som "flat" e chato, e pronto, aquelas gravações sofríveis ficam até "simpáticas" aos ouvidos.

    Com CDs, SACDs e LPs bem gravados eu nunca uso os controles tonais. Eles trazem ruídos ao sistema e as perdas sonoras são notáveis, mesmo que esses controles sejam de boa qualidade.

     
    Última edição: 28 Dez 2015
    • 2
  10. jorfrei

    jorfrei Usuário


    Desde 18 Mar 2015
    rio de janeiro
    Valeu a aula Audio Maniac,muito didático e esclarecedor,obrigado
     
  11. Jok4

    Jok4 Usuário


    Desde 11 Dez 2017
    BH
    Eu aqui em 2018 com essa duvdia to querendo comprar um amp dachina simples, sera se rola junto ao denon?
     
  12. Hsmonteiro

    Hsmonteiro Usuário

    28 25 15

    Desde 21 Jun 2018
    São José dos Pinhais
    Explicação simples, mas ótima.
    Obrigado Audio Maniac.
     
    • 1
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso