Anúncio do HT Forum

E O DÓLAR

Discussão em 'Zona Livre' iniciada por mmartins, 24 Mai 2006.

  1. mmartins

    mmartins Ouvidor de música


    Desde 7 Jul 2002
    Campanha - MG
    Senhores,

    E o dólar, de novo. Mostra a fragilidade de nossa economia. Basta um suspiro do americano para o dólar voltar a patamares alarmantes. Infelizmente acho que vamos disparar de novo. Desta vez, acho eu, mostrar toda a fragilidade deste modelo economico que só beneficia os banqueiros e seus sangue-sugas, deixando o povo a ver navios.

    O que voce acham? Será que ele volta ao patamar de 2,00 reais.?

    Abraços
     
    • 1
  2. rodrigojr

    rodrigojr Usuário


    Desde 17 Jun 2003
    São Paulo
    Firme e forte a 2,36!!!

    2 Reais, acho que nunca mais.
     
  3. Dilbert

    Dilbert Usuário


    Desde 10 Mai 2005
    São Paulo
    ig: 2,39 próximo do meio dia (n) a gente chora, os exportadores dão risada e possívelmente as demissões das montadoras pódem até ser suspensas. A R$ 2,00 era mesmo um valor irreal. Os otimistas comentam algo em torno de R$ 2,30 a R$ 2,40 - já os pessimistas extrapolam nos R$ 2,90 (eu não duvido de mais nada!!!!).
     
  4. mario fernandes

    mario fernandes siervo del Dios Altísimo


    Desde 20 Jan 2003
    Paraguay
    Ou seja, retornou-se ao *normal*... :D
     
  5. puma conversivel

    puma conversivel Conversível: liberdade é tudo!


    Desde 7 Nov 2005
    Curitiba - PR
    é brincadeira... demorei tanto pra comprar meu receiver digital,e qdo resolvo, no dia seguinte o dolar começa a subir...

    alegria de pobre dura pouco mesmo...:lol:
     
  6. rxt

    rxt Rafael


    Desde 23 Mar 2006
    São Paulo / SP / Brasil
    Eu acredito que fique no patamar dos R$ 2,20.
    No começo do ano eu assisti uma palestra do Joelmir Betting, e ele explicou que para a economia brasileira, o ideal seria que o dolar ficasse na casa dos R$ 3,00 / 3,10, e que o governo estava planejando isso.

    Não sei se acontecerá, mas tem muita lógica. Ninguém tá muito preocupado com as importações. O dolar em alta favorece o turismo interno, produtos nacionais, investimento externo(desde que tenha estabilidade) e as exportações.

    (y)
     
  7. JOSILVA

    JOSILVA Usuário


    Desde 19 Jun 2005
    CURITIBANOS/SC
    Posso arrumar briga: mas dolar a R$ 2,00 vai causar uma grande quebradeira dos exportadores (já está acontecendo em minha cidade) e gerar milhares de desempregos. E podem ter certeza, quanto mais o país exportar melhor. Quanto mais agregamos valor em produtos para exportação, melhor.
    É logico que dolar a R$ 3,00, também não é bom. O que os governantes e economistas devem buscar, é um valor que mantenha o equílibrio monetário que vislumbre para o empresário exportador e importador a possibilidade de certeza do lucro. Pois só assim, tem-se a garantia da geração de empregos.

    Sds,

    João José
     
  8. Redlaw

    Redlaw Usuário


    Desde 13 Dez 2003
    Brasil
    Pessoal, o assunto dólar está já bastante discutico no tópico:

    Quem comprou, comprou...

    As opiniões são similares ao que já foi escrito aqui.

    [ ]'s Walder.
     
  9. mmartins

    mmartins Ouvidor de música


    Desde 7 Jul 2002
    Campanha - MG
    Caro Walder,

    É verdade, o assunto dólar já foi bastante discutido neste fórum, inclusive eu mesmo já abri um tópico sobre o assunto e se não me engano participei de tantos outros tópicos sobre o mesmo assunto.

    De qq forma, mesmo sendo um tópico repetitivo queria lembrá-lo que o momento do mesmo é único e por isso mesmo, sua opnião neste tópico seria importante. Entenda, voce que tem, pelos seus textos, uma veia filosofica, sabe que cada momento, mesmo aparentando ser igaul à outros, é único.

    Voltando ao assunto, acho que realmene o dólar a 2,00 reais era inviável para todos, principalmente para os exportadores, gerando muitas e muitas demissões. Espero que as autoridades brasieliras difinam um patamar para que todos se beneficiem e o Brasil tenha mais crescimento do que o ano que passou e quem sabe, o povo veja um pouqinho da cor do dinheiro que circula na mão do mercado.

    Abraços
     
  10. mmartins

    mmartins Ouvidor de música


    Desde 7 Jul 2002
    Campanha - MG
    Enfim,

    Vamos esperar para ver!!!

    Abraços
     
  11. Redlaw

    Redlaw Usuário


    Desde 13 Dez 2003
    Brasil
    Martins, eu coloquei o endereço do outro tópico apenas para enriquecer, pois lá já tem muita opinião a respeito, e quentinhas de última hora.

    Mas nada impede de se fazer a discussão aqui também, quanto mais melhor.

    O câmbio sempre vai beneficiar alguém e prejudicar outrem, estando alto ou baixo, sempre terá gente descontente. Para nós compradores de equipamentos dolarizados, quanto menor o valor do dólar melhor. Para o controle da inflação, também quanto menor melhor.

    Mas para os produtores nacionais que dependem da exportação, sejam do campo ou da cidade, a equação já não é a mesma. Quanto maior o valor do dólar melhor, pois recebe uma maior quantia pelo mesma mercadoria.

    Portanto, tem de haver um meio termo, em que seja viável a produção nacional, e ao mesmo tempo não estoure a inflação. E esse meio termo estava longe dos valores praticados até recentemente. Mesmo hoje com o ápice de R$2,40 o dólar, em minha opinião ainda está bem abaixo das necessidades do meio produtivo.

    Mais o assunto é bem complexo, e envolve uma ampla gama de relacionamentos entre vários fatores. Mas não esqueçamos que o câmbio, junto com a taxa de juros e os salários, fazem parte da tríade principal da economia, que determina todo o resto. Crescimento do PIB, taxa de desemprego, etc.

    [ ]'s Walder.
     
  12. rob arbo

    rob arbo Sempre na boa!!


    Desde 5 Abr 2005
    Porto Alegre/RS
    Ola Pessoal, Que pessimismo é esse??? com o devido respeito, eu penso (e torço) que muito em breve (quiçá na próxima semana) o dólar deverá reverter a tendência de alta, sossegando no patamar de 2,18, 2,20 por aí... Já que esta alta deveu-se unicamente às 'suspeitas dos mercados internacionais'. Se os exportadores tivessem tanta força, como se proclama, já teriam conseguido que o (GCL) Governo Corrupto do LULA desvalorizasse o real há mais de 1 ano. Eu tenho especial interesse no assunto, pois vou ao exterior em Novembro e pretendo comprar os dólares quando baixarem novamente.. Abraços. Paz e TV de plasma pra todo mundo.:pS: exclelentes as explanações do Walder, como sempre... Rob Arbo
     
  13. mmartins

    mmartins Ouvidor de música


    Desde 7 Jul 2002
    Campanha - MG
    GCL? Muito boa!

    Abraços
     
  14. mario fernandes

    mario fernandes siervo del Dios Altísimo


    Desde 20 Jan 2003
    Paraguay
    Isso que é *otimismo*... (y)
     
  15. lucius

    lucius POWERED BY MARIA CLARA


    Desde 6 Nov 2002
    BH
    Bom, quando tava a 2,70 nem estavamos achando tão caro assim.

    O problema é que agente acostuma muito rápido.....


    Agora, tirando a especulação, alguém pode dizer o porque deste movimento ou afinal o que está mudando tanto nos tais "fundamentos de nossa economia" nestas últimas 72 horas?

    Lucius
     
  16. jewel

    jewel Usuário


    Desde 24 Jun 2005
    Londrina/PR/BRASIL
    O problema é que nosso mercado é muito especulativo. Isso ocorre por não termo uma economia sólida e dívida interna elevada. Logo qualquer variação na economia externa reflete multiplicada no Brasil.
    Se vai parar ou vai subir? Como seria bom saber....
     
  17. fazambuja

    fazambuja Usuário


    Desde 8 Jan 2005
    Brasil
    Isso tudo é um droga mesmo. Espero que pelo menos pare aonde esta. Sorte que a parte mais cara do minhas caixas tinha comprado semana passada :)

    Mas só reforçando demonstra a fragilidade de nossa economia. Parecia que era a unica coisa que estava dando "medio"-certo neste governo. Mas como sempre ele ñ deixou de me decepcionar.

    Abraços
     
  18. Redlaw

    Redlaw Usuário


    Desde 13 Dez 2003
    Brasil
    Até onde eu sei, é apenas uma acomodação do mercado, devido à suspeita de aumento das taxas de juros americanas, pois existem evidências de que a inflação deles aumentou, e portanto terão de aumentar as taxas de juros.

    Junte-se a isso o fato de que o presidente do FED (Banco Central do Tio Sam) mudou, e o mercado ainda não sabe qual será o comportamento do mesmo, que está dando declarações dúbias.

    Tudo isso gera incertezas, o que fez com que os aplicadores internacionais retirassem suas posições dos mercados emergentes, no caso do Brasil vendendo os títulos do governo brasileiro, convertendo os valores em dólares, e levando embora. Com a grande compra de dólares, este aumentou.

    Na bolsa brasileira, também houve esse movimento, com os gringos desfazendo-se de suas posições, vendendo suas ações, o que levou à sua queda.

    Em outros mercados emergentes, também teve-se os mesmos problemas, e em alguns casos até mais pronunciados.

    Em momentos de incertezas, os grandes investidores (principalmente os fundos de pensão americanos) preferem aplicar em títulos dos governo americano, que embora tenham uma lucratividade bem menor, os riscos também são proporcionalmente bem menores que nos mercados emergentes, que proporcionam um retorno bem maior.

    A grande diferença hoje em dia, no caso brasileiro, é que dada a situação bastante folgada da balança comercial brasileira, com altos superávits, mesmo com a fuga dos dólares, nós conseguimos pagar os nossos compromissos externos, e não precisamos mais recorrer aos empréstimos do FMI.

    [ ]'s Walder.
     
  19. arielcs

    arielcs Musica de Qualidade

    Acabei de ler agora, abriu em baixa para o dia de hoje.
     
  20. cras-sp

    cras-sp Usuário


    Desde 27 Out 2003
    São Paulo - SP
    Um resuminho para entender melhor as flutuações da economia e não ficar apenas acreditando em Papai Noel :D :

    Mitos e Verdades sobre o Risco Brasil e o Custo Brasil

    GUIA FINANCEIRO
    O jogo irresponsável do câmbio

    "... Em suma, repete-se o quadro irresponsável de 1998, quando o governo FHC segurou o câmbio para não afetar as eleições. No curto prazo, câmbio apreciado ajuda a passar uma sensação ilusória de melhoria de renda. O trabalhador consegue comprar mais produtos importados com o mesmo salário, e há uma queda no ritmo da inflação.

    Depois, a verdade cambial se impõe, ocorre uma desvalorização, perde-se o custo para se manter o câmbio apreciado e a reconquista dos mercados externos perdidos leva anos para ser compensado."




    Carlos R.

     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso