Anúncio do HT Forum

Escola de Música

Discussão em 'Zona Livre' iniciada por José Luiz Negreiros, 12 Jan 2016.

  1. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Alguns artistas, mesmo que brilhantes, muito acima da média de vários outros, não aparecem mais do que deveriam porque são verdadeiramente modestos.

    A Evinha é um exemplo claro do argumento acima. Começou novinha, menina mesmo, em 1962, cantando com seus irmãos uma versão de sucesso americano, que fez muito sucesso, chamada "Filme Triste". Muitos anos depois, ela decidiu partir para a carreira solo, quando teve seu apogeu com a "Cantiga Por Luciana", grande sucesso do Festival Internacional da Canção, promovido pela então ascendente Rede Globo de Televisão. Alguns anos depois, juntamente com outra irmã, foi cantar na orquestra do inesquecível maestro Paulo Mauriat, um músico fanático pelo Brasil e por nosso cancioneiro.

    A música que vou apresentar a vocês, abaixo, é uma composição sensível, de um dos ótimos momentos da carreira do imortal Taiguara. O Taiguara, explorando personagens do Velho Testamento, compôs o Tema de Adão e Tema de Eva. Estava na cara que a Evinha iria gravar essa música. O resultado ficou espetacular, pois a Evinha é muito acima da média, a música do Taiguara é eterna, e os brasileiros têm muita sorte de conviver com a arte de Evinha e Taiguara. Vocês conhecem esse sucesso da Evinha? Espero que sim. Se não, tudo bem, vocês terão essa oportunidade maravilhosa na Escola de Música.:aplauso:

     
    Última edição: 19 Jan 2016
    • 1
  2. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Muitas vezes, pessoas do povo ou mesmo críticos especializados elegem um melhor artista aqui e ali. Não é muito prudente ficar elegendo alguém, pois o espaço artístico é muito amplo, e uma opinião da melhor cantora do Brasil, por exemplo, pode ser exagerada, já que temos um grupo imenso de excepcionais cantoras, na ativa ou do lado mágico da eternidade.

    Como a Escola de Música é um espaço democrático, eu vou declarar, aqui, no programa, aquela que eu considero a melhor cantora do Brasil. Antes de eu divulgar o nome dela, deixo a Escola para vocês darem também sua opinião.
    Pois bem, a melhor cantora do Brasil é a Zizi Possi. Pronto, escrevi.

    Dela, vou apresentar o seu primeiro sucesso, que ocorreu na década de 1980, quando a Zizi era pop e romântica. Musicona, interpretação na medida exata, que somente uma artista como a Zizi sabe dosar, pois ela se supera a cada novo trabalho. Aqui vai, para aplausos, a Zizi Possi cantando "Noite".:aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso:

     
    Última edição: 13 Fev 2019
    • 2
  3. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Vou comentar sobre um incrível sucesso, de 1973, de nossa querida gravadora CID. Naquele tempo, as músicas cantadas em inglês faziam enorme sucesso entre nós. "There is no more corn on the Brasos" animou muitos bailinhos, com jovens casais dançando ao som da canção que imaginavam ser romântica. De fato a canção era romântica. Estilo country, é verdade, mas não era bem o romantismo que os meninos e meninas supunham. O conjunto holandês The Walkers interpretou de maneira tocante o drama do fim das plantações de milho ao longo do Rio Brasos. Tratou-se de uma adaptação do Grupo para uma música de domínio público interpretada por cantores negros prisioneiros de então. Porém, para nossa juventude, na época, era música romântica, envolvente, que inspirou namoros e casamentos por esse mundão brasileiro de meu Deus.:aplauso:

     
    Última edição: 13 Fev 2019
    • 1
  4. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    O início da década de 1970 foi muito favorável para músicas românticas derivadas do gênero country (rural-sertanejo) norte-americano.

    Peter Yarrow, ex- Peter, Paul & Mary, gravou essa balada que se tornou um grande estouro, vendendo centenas de milhares de compactos simples na época.

    Weave Me The Sunshine (Teça-me com a luz do sol) é uma doce e singela criação da música country americana. Produção muito bem cuidada, que soube explorar com talento a simplicidade do grande êxito, que mostro a vocês, agora, na Escola de Música!:aplauso:

     
    • 1
  5. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Ainda no espírito da canção sertaneja, vou apresentar-lhes uma versão de Sérgio Reis para a música Poeira, que consagrou a dupla Duo Glacial, que ganhara o Primeiro Festival de Música Sertaneja nos meados da década de 1960. É uma obra-prima, de extrema beleza e de mensagem belíssima, pois trata o porvir com naturalidade e emoção.

     
    • 1
  6. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Edição cancelada por problemas de direitos autorais.
    Pedimos desculpas aos amigos HT da Escola de Música.
     
    Última edição: 1 Mai 2016
    • 1
  7. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Este grande sucesso do estupendo músico e cantor italiano, Riccardo Cocciante, é um clássico exemplo em que o gênero pop quase se amalgama com o erudito.

    "Primavera" é uma obra muito expressiva da canção italiana no século XX.

    Quem não conhece vai conhecer!:aplauso:

     
    • 2
  8. Ricardo Leão

    Ricardo Leão Usuário


    Desde 12 Jun 2003
    Maceió/AL/Brasil
    Por que não, a filha?




    Ricardo.
     
    • 2
  9. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    A Paula Fernandes é uma boa novidade da moderna música popular brasileira. Ela faz parte dessa geração que fundiu os caminhos entre as grandes cidades e o interior do Brasil. É um fato real, indiscutível, produto, quero crer, do avanço fantástico das comunicações.

    A Paula veio para ficar. Para ficar porque ela tem um timbre de voz diferente, um grave feminino belo e respeitável, ela tem uma plástica invejável e se porta dignamente como artista popular.

    Com relação à música que vou apresentar aos fãs da Escola de Música, "Quando a Chuva Passar", a letra da canção tem um aspecto muito peculiar, algo que não se percebe todo o dia, ou seja, a letra não tem rima! Acho que o Carlos Drummond de Andrade iria se entusiasmar com isso. Falo do Drummond, pois ele foi mestre dos poemas, gênero literário em que é comum não buscar rima.

    Comentário acadêmico apresentado, vamos à envolvente canção da empolgante cantora.

     
    • 2
  10. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Dentro da temática de apresentar grandes canções da MPB, tenho o prazer de trazer aos fãs um trabalho doce, de altíssima qualidade do Tavito, que fez muito barulho na MPB, no começo da década de 1980, abrindo caminho para mais uma turma nova do Clube da Esquina, de Belo Horizonte, para o meio artístico profissional do Brasil.

    O Brasil está precisando trazer paz para dentro de seu coração. A Nação vive um momento estranho, de enfrentamento inútil, pois não podemos perder a noção de que a democracia é o caminho mais adequado para a sociedade brasileira.

    Nada melhor que a música, mãe de todas as artes, para pacificar os corações de todos os nossos irmãos brasileiros. "Companheira", com o Tavito, é um ótimo começo.(y)

     
    Última edição: 22 Jan 2016
    • 1
  11. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Comentei, em outra intervenção, sobre o ineditismo da Paula Fernandes, que gravou, e é um sucesso, a música "Quando a Chuva Passar", música esta que não se utiliza do recurso literário e redondo de fazer rimas nos versos.

    Agora, vou apresentar a vocês um dos maiores sucessos da dupla caipira, Palmeira e Biá, que gravou, há mais de 60 anos, a canção do Palmeira, "Disco Voador", que era um tema muito atraente naqueles tempos de pós-guerra e início da Guerra Fria. Ao contrário do sucesso da Paula Fernandes, Palmeira usou a abusou das rimas, utilizando-se delas nas formas internas e externas dos versos. É muito legal apreciar um trabalho poético de extrema beleza e harmonia.

    Quando a nossa querida Chantecler nasceu, com Cássio Muniz, no final da década de 1950, o brilhante empresário contratou Palmeira para ser seu diretor-artístico. A contribuição de Palmeira nessa atividade rendeu frutos que permanecem vivos até hoje. Palmeira revelou grandes artistas (Poly, Tião Carreiro e Pardinho, Giane, Francisco Egídio, The Jet Blacks, Teixeirinha, Edith Veiga, dentre vários outros).

    Quem não conhece uma música com tanta riqueza em rimas, vai se admirar com o talento indiscutível do saudoso artista brasileiro.

    P.S: É do Palmeira, também, a canção "Mãe", que consagrou a carreira do saudoso Francisco Petrônio. Ah, "O Homem Não Deve Horar" também é do Palmeira. A citada música foi regravada cerca de vinte anos depois por um grupo americano, fazendo um sucesso danado no mundo inteiro.


     
    • 1
  12. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT do Clube de Música!

    Demorou, mas vou colocar uma canção para vocês de uma das cantoras de maior prestígio no mundo musical: Sarah Brightman. A Sarah é, certamente, uma das artistas tecnicamente mais perfeitas da atualidade. Ela é tão competente, que qualquer coisa cantada por ela ganha uma dimensão que nem o próprio compositor imaginara.

    "Deliver Me" (Liberte-me) é uma extraordinária canção, e na voz da Brightman ela ganha um bônus extra de avaliação.

    Para os fãs que têm computador de última geração, com placa de vídeo da pesada, esses poderão assistir ao vídeo em 3D e definição 4K. No meu laptop, com paciência, consegui rodar em 1080P.:lol:

    A gravação foi feita num dos shows acrobáticos da fantástica cantora inglesa (ela que já cantou "Dust In The Wind" na Xuxa, isso que é humildade!).:cafe:

    Divirtam-se com essa exibição high-tech com a voz insuperável da Sarah!:aplauso:

     
    • 2
  13. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Mantive-me em silêncio estranho, nos últimos dias, devido a problemas com nosso provedor de internet. Felizmente, os problemas foram superados.

    Vou conversar um pouco com vocês sobre o Ivan Lins. Jovem revelação da década de 1970, o Ivan começou sua carreira de modo espetacular, com muito sucesso, com a ajuda da Mãe de todos os jovens compositores, Elis Regina. A gaúcha tinha um faro especial para identificar novos e talentosos artistas.

    Ivan Lins, em verdade, é mais um jazzista do que um artista com raízes na MPB. Daí que, em certo tempo da carreira, ele pareceu se distanciar de seu público, mas, ao contrário, o amadurecimento dele como pessoa e artista permitiu ao Ivan uma evolução fantástica, colocando-o no rol dos grandes artistas do Brasil, surgidos nos últimos quarenta e cinco anos.

    Apresento a vocês, fãs da Escola de Música, dois momentos mágicos da admirável carreira do ótimo Ivan Lins!:aplauso:



     
    Última edição: 20 Mai 2016
    • 1
  14. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    A música popular da Alemanha praticamente nunca ultrapassou suas fronteiras. Talvez pelo fato dela ser brejeira, folclórica, em sua maioria. Além de que o idioma alemão, embora sofisticado gráfica e foneticamente, é de sonoridade estranha, sobretudo para os povos latinos.

    Uma música alemã, que fez sucesso no mundo, anos atrás, foi a "Grieschischer Wein", de Udo Jürgens. Foi a versão dela, na voz do patrício além-mar, Paulo Alexandre, identificada como "Verde Vinho", que fez um enorme sucesso no Brasil, pela nossa querida Chantecler.

    Como esse espaço é democrático, vamos mostrar a canção do Jürgens na versão lusitana e a forma original, criação e interpretação dele.



     
    Última edição: 4 Out 2019
    • 1
  15. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Sou grato a Deus por ter trabalhado no meio artístico e radiofônico por dez anos. Aprendi muito, conheci gente de valor, muito importante. Não falo das coisas que não deram certo, pois esse espaço não é um confessionário.

    Dentre as muitas alegrias que o disco me deu, a oportunidade de estar na CID, divulgando e vendendo o último sucesso do gênero Disco Music no mundo. Foi, sem dúvida, o momento mais emocionante da minha carreira.

    Pela obstinação de nosso presidente, Harry Zuckermann, que, no MIDEM (feira francesa da música mundial), a CID pôde lançar no Brasil "Born To Be Alive", de e com Patrick Hernandez. Foi um enorme, mas enorme mesmo sucesso! Colaborei com 40.000 cópias vendidas do sucessão para um volume total de 1.000.000 de discos vendidos no Brasil da "Born".

    Armei, no bom sentido, uma jogada promocional com d. Dilce, grande empresária do comércio musical em Sorocaba, que marcou época na cidade, quando, com a força do dr. Harry e de meu gerente e guru, Júlio Polido, levamos o Patrick para ser recebido em Sorocaba, numa festa maravilhosa promovida pela d. Dilce.

    A tarde de autógrafos do primeiro LP do Patrick durou apenas uns quinze minutos, pois o povo estava a fim de invadir o espaço superior da loja, onde o Patrick se encontrava, juntamente com todo o pessoal representativo da cidade. Então, eu tive a ideia de balbuciar, em francês, no ouvido do Patrick chantez avec le microphone, (cante com o microfone). Mal o Patrick começou a cantar a inédita "Disco Queen", um dos policiais que dava segurança ao evento olhou para mim e disse: Leva esse homem embora daqui, porque senão o povo vai destruir a loja!

    Felizmente tudo acabou bem, nada foi destruído, malgrado o fato de não termos feito a tarde de autógrafos do LP do brilhante artista francês, filho de italiana com espanhol, morador na Inglaterra.:lol:

    Depois dessa história fantástica e nem pouco romanceada, vamos reviver essa excepcional gravação do brilhante músico, que marcou o fim de um tempo, o da Disco Music.

     
    Última edição: 5 Fev 2016
    • 2
  16. Ricardo Leão

    Ricardo Leão Usuário


    Desde 12 Jun 2003
    Maceió/AL/Brasil
    Fernanda Takai e Andy Summers - Fundamental - (Making of)


    Abraços,

    Ricardo.
     
    • 2
  17. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Renovo meu convite a todos os fãs, para que participem, também, com músicas que venham a contribuir para essa missão pedagógica, de mostrar à pobre geração de hoje a música de qualidade, independente de gênero.

    Fiquem à vontade para fazer comentários, pois, dessa forma, esse espaço ficará mais rico do que já está.

    Vamos fazer do programa Escola de Música um marco da reviravolta da mais expressiva manifestação da comunidade humana, que é a música.

    Todos quantos quiserem, enfim, participar dessa UTI musical, que sejam bem-vindos, apesar de quando a gente diz bem-vindo a alguém, esse alguém com justa e devida legitimidade tem todo o direito de se ver servido, no mínimo, com um gostoso cafezinho...

    Sejamos todos muito felizes!(y)
     
    • 3
  18. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Não tenho muito tempo para contribuir para a página criada por nós, daí minha provisória desistência.

    De qualquer forma, mesmo que a Escola de Música não tenha realizado os efeitos por mim imaginados, vamos mantê-la ativa da mesma forma, ainda que eu não possa produzir muito material por aqui.

    Os demais colegas fiquem à vontade para produzir material para a página.

    Quando eu puder, farei o mesmo.

    Sejamos todos muito felizes!(y)
     
    Última edição: 19 Fev 2016
    • 1
  19. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Retomando, com alegria, nosso trabalho nesta página, vamos falar um pouco de Phil Everly que, juntamente com seu irmão, formou, na década de 60 uma das duplas mais importantes nos gêneros country e romântico da música popular norte-americana, os Everly Brothers.

    Nossa querida Chantecler teve a oportunidade, através do selo PYE Records, representado no Brasil por nós, em 1975, de lançar um LP solo do brilhante artista, falecido há pouco mais de dois anos.

    Foi mais uma pisada de bola nossa não termos conseguido fazer acontecer (nossa, que locução verbal!:confuso:) o disco do Phil entre nós, já que o mesmo estourou no mundo inteiro.

    A bem da verdade, naquela época, a Chantecler criou um vínculo muito forte com o sertanejo contemporâneo (de então), revelando a dupla Milionário e Zé Rico, que faria uma história de sucesso no Brasil por muitos anos, até a recente e sentida morte do Zé Rico, poucos anos atrás.

    É fato, amigos HT da Escola de Música. Nosso divulgador ia a uma emissora de rádio e mostrava as novidades de nosso catálogo. Ficava difícil para o profissional dar o mesmo destaque para uma dupla sertaneja (a Chantecler tinha várias sob contrato) para, na mesma visita, apresentar um consagrado artista americano. Certamente, este foi um dos fatores que contribuiu para a gente não ser feliz em lançamentos de altíssima qualidade, como esse do Phil Everly, que mostraremos aqui, na retomada de nossa página Escola de Música, no HT.

    Phil Everly e a doce e inspirada canção Sweet Music.:aplauso:

     
    Última edição: 19 Nov 2018
    • 1
  20. José Luiz Negreiros

    José Luiz Negreiros Usuário

    3.335 3.617 651

    Desde 11 Dez 2008
    Cabreúva-SP
    Amigos HT da Escola de Música!

    Johan Christoph Pachelbel é um compositor do período em que Bach, Corelli e Vivaldi se sobressaíam. Principalmente com Bach, a música universal ganhou corpo e identidade extraordinários, pois esse período barroco lançou as bases musicais que ainda inspiram os formatos de música contemporânea, tanto no clássico como no popular.

    Canon em Dó Maior é um dos marcos musicais que definiu a capacidade criativa humana e sua semelhança a Deus.

    A versão que iremos apresentar aos fãs da Escola é curta e utiliza instrumentos de metal com cordas, propiciando um resultado sonoro inigualável.

    Falei muito. Vamos à criação imortal de Pachelbel.:aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso:

     
    Última edição: 19 Fev 2016
    • 3
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso