Anúncio do HT Forum

Estatística de falhas de HD (qual o mais confiável?)

Discussão em 'Informática' iniciada por Zkyzytuz, 28 Jul 2018.

  1. Zkyzytuz

    Zkyzytuz Tutan Kome On


    Desde 6 Jun 2005
    Juiz de Fora
    Anúncio do HT Forum
    Uma pergunta extremamente frequente: Qual marca de HD é mais confiável? Qual devo comprar?

    Creio que uma das maneiras mais racionais de avaliar isso é checando quem usa milhares de HDs de diversas marcas para termos uma estatística mais confiável, não só de marca, mas de modelos específicos.

    A Blackbaze, empresa de Cloud Store e que usa em média 100 mil HDs, faz há vários anos relatórios periódicos sobre as taxas de falhas de seus HDs. O último relatório envolveu nada menos que 100254 unidades e o resultado foi esse:


    [​IMG]
    https://www.backblaze.com/blog/hard-drive-stats-for-q2-2018/


    Neste período, notamos que os HDs mais falharam foram um modelo WDC (ou Western Digital) (2,76%) e um modelo HGST (4,68%), enquanto o Seagate com maior taxa de falhas apresentou 1,85%. Contudo, notem que qtde de Seagates usados é muito maior que de Toshibas e WDC, aliás o modelo Seagate de 10TB apresentou 0 falhas em 1220 HDs usados, o que é impressionante, e os 2 modelos de 8TB apresentaram somados apenas 49 falhas em mais de 24 mil unidades. Todos os modelos Toshiba e WDC que apresentaram 0 falhas foram usados em qtdes muito menores (todos eles somam apenas 417 unidades), o que é estatisticamente uma amostra bem menor.

    Isso indica uma melhoria e tanto nos modelos Seagate, marca que anos atrás ganhou má fama conta de uma alta taxa de falhas de vários de seus modelos no período 2008-2012 . Eu mesmo perdi 3 HDs Segates de 1TB com apenas 1 ou 2 anos de uso nesse período. Mas após substituí-los por outros modelos 2 de 1TB e 2TB em 2012/2013, não tive mais problemas, estão em uso até hoje.

    Contudo, houve época que reportaram 25% de falhas nas unidades Seagate Barracuda 7200
    (ST31500341AS) de 1.5TB, o que obviamente indica: Fujam desse modelo específico Mas alguns modelos de WDC tb tiveram alta taxa de falhas, como WD20EFRX de 2TB com 10,56%. E alguns modelos se mostraram tão ruins que foram abolidos pela marca, WDC Green de 3TB e os Seagate LP (low power) de 2TB. Aliás, parece que os HDs "ecológicos" (baixo consumo de energia) foram sempre os piores.

    Por isso, é mais importante saber exatamente qual o MODELO comprar, e não apenas qual MARCA comprar. Ocorre que determinados modelos são mais sujeitos a falhas que outros, independente de marca. Mesmo assim, é possível estabelecer um rank por marca:

    [​IMG]
    Notem que a taxa de falhas dos WDC, tão elogiados aqui no Brasil e geralmente com preços bem mais altos, não é muito diferente dos Seagate, pelo menos nestes anos. E os HGST (antiga Hitachi) ou Toshiba tiveram taxa de falhas muito mais baixas.

    Mas de novo, saliento: Verifique o MODELO específico, e não apenas a marca.



    Links que explicam a metologia da Blackbaze e um FAQ bem completo:

    https://www.backblaze.com/blog/what-hard-drive-should-i-buy/

    https://www.backblaze.com/blog/best-hard-drive-q4-2014/



    Link para todas as estatísticas de diversos anos:

    https://www.backblaze.com/b2/hard-drive-test-data.html
     
    Última edição: 28 Jul 2018
    • 3
  2. Zkyzytuz

    Zkyzytuz Tutan Kome On


    Desde 6 Jun 2005
    Juiz de Fora
    Quanto tempo os HDs atuais costumam realmente durar? Esta empresa tratou de descobrir

    https://tecnoblog.net/145036/quanto-tempo-hds-duram/

    Há uma espécie de consenso na indústria de que a vida útil dos discos rígidos deve ser de mais ou menos dez anos. Mas será que, de fato, os HDs podem durar vários verões? A Backblaze, uma empresa especializada em armazenamento de dados, decidiu fazer uma série de testes para descobrir.

    Para este fim, a companhia monitorou 25 mil HDs de seus servidores nos últimos quatro anos. As unidades permaneceram ligadas durante todo este tempo e são convencionais, isto é, são do mesmo tipo que encontramos em desktops. Por conta disso, foi possível obter algumas conclusões interessantes. A principal é que, no que diz respeito a falhas, os discos rígidos podem se encaixar em uma de três fases críticas.

    Na primeira, que corresponde aos 18 primeiros meses de uso da unidade, as chances de defeito são de 5,1%. Na segunda, que considera os 18 meses seguintes, o risco de falhas cai para 1,4%. Por fim, depois de três anos, as chances de danos aumenta para 11,8%.

    Com base nestes dados, a Backblaze estima que pelos menos 80% dos HDs chegarão ao quarto ano de funcionamento. A partir daí, a precisão das estimativas diminui (relembrando, os testes foram feitos por quatro anos), mas a empresa acredita que 50% das unidades consigam completar seis anos de funcionamento.

    [​IMG]
    Estas estimativas não são regras, é bom frisar. A durabilidade de um HD – para mais ou para menos – depende de uma série de fatores. No caso dos testes da Backblaze, as unidades permaneceram o tempo todo em atividade, como já informado. Tecnologias empregadas, condições ambientais e aplicações são exemplos de fatores que influenciam neste aspecto.

    O que os testes evidenciaram melhor é que, na primeira fase, as falhas têm como principal causa defeitos de fabricação. Na segunda, os motivos são aleatórios. Na terceira, os problemas são relacionados, na maior parte das vezes, ao desgaste de componentes por tempo de uso.

    A Backblaze disse que o monitoramento continuará. Mas, mesmo que seus próximos relatórios mostrem que a durabilidade dos HDs é mais animadora do que a estimada agora, é bom se precaver: o backup continua sendo o melhor amigo das suas informações.
     
  3. Zkyzytuz

    Zkyzytuz Tutan Kome On


    Desde 6 Jun 2005
    Juiz de Fora
    Ainda tem um 2 HDs Samsung de 2008/2009 funcionando aqui.. um deles com mais de 40 mil horas de uso... E um Seagate de 2010 com mais de 30 mil horas... heróis da resistência!!!!

    horas-hds.jpg
     
  4. The Basser

    The Basser Usuário


    Desde 15 Jul 2010
    Diadema
    Pessoalmente eu sempre me dei bem com HDs da Seagate. WD já tive diversos problemas, inclusive vários de HDs novos que davam defeito nos primeiros dias de uso.

    Existe também aquele pensamento de que se a WD vendeu 1000 HDs e a Seagate vendeu 500 HDs, se 10 HDs falharem, a taxa de falhas da WD será menor em porcentagem.

    Tem também a questão do uso: em data centers e servidores, os HDs ficam em uso constante, o que acaba diminuindo a vida útil. Já para usuários domésticos é possível que um HD dure mais de 10 anos, mas depende de mais fatores.

    Acredito que no final das contas, uma marca boa é aquela que além de bom desempenho, oferece uma boa garantia e RMA fácil.
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso