EXPERIÊNCIAS PESSOAIS COM ÁUDIO EM COMPUTADOR PARA SISTEMAS DE ALTO DESEMPENHO.

Discussão em 'Tecnologia e Novos Formatos de Áudio' iniciada por ÉdisonCh, 17 Ago 2011.

  1. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    Creio q o Felipe diz algo interessante: conflito ASIO4All e outro driver ASIO. Voltei a instalar o Jplay. No win10 PRO não consegui selecionar KS mesmo alterando a engine no Jplay. Ao ligar a interface o default é WASAPI. Se desligo o áudio onboard na bios nem abre a janela de config do JPlay. (Isso sem instalar o ASIO). No meu caso o mais indicado é ASIO instalando o driver baixado site fabricante DAC. Estou pensando na RAM... já q o assunto permeia a latência (ks/wasapi/asio). Estou com DDR3 1333 CL9. Quero por CL7. A questão do número de pentes q fico na dúvida. Mais pentes = maior capacidade de transferência porém maior consumo e interferência elétrica/calor. Edison já tentaste as versões server do win? Dizem serem levemente superiores p/ nosso fim. Existe forma dos dados da música sairem do storage indo direto ao cache do processador sem passar pela RAM? Se sim a RAM perde importância se não ela é, de longe, o maior gargalo.
     
    ÉdisonCh agradeceu.
  2. FelipeRolim

    FelipeRolim Breaking The Sound Barrier

    8.684 5.963 638

    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Junior, no JRiver sei que não é possível zerar o cache da RAM. Ele aloca automaticamente. No JPlay, preciso testar, mas naquela imagem acima, onde eu inseri 5000, refere-se à quantidade de RAM alocada. No foobar2000 também seria possível testar isso. Talvez se colocar 0 funcione, mas tenho minhas dúvidas. Ainda assim, acho que o maior gargalo é o SSD, e não a RAM. Essa latência de 7 ou 9ms é ínfima perto da latência do SSD ou do controlador SATA e, além disso, as memórias RAM devem transferir mais de 1GB por segundo com relativa facilidade. Com certeza transferem muito mais. Em dual DIMM a capacidade da RAM aumenta bastante também.

    Mesmo assim, sua dúvida é muito interessante, principalmente no meu caso, primeiro porque, até onde sei, os controladores SATA das placas atuais possuem comunicação direta com o controlador PCI-Express e, como uso placa USB dedicada, talvez isso elimine certas etapas no circuito da placa-mãe. Em segundo lugar, se a troca do cabo SATA genérico por um dedicado fez uma diferença grande, como de fato fez, então não há dúvidas de que tudo isso que você questiona tem pertinência.

    Não tem nada melhor que o teste, mas acredito que, se formos pensar grotescamente no "caminho do áudio" acho que é melhor, no computador, eliminar as primeiras etapas. Se realmente for necessário o uso da RAM, então teríamos, de forma bem simplista, de trás para frente: controlador USB ou PCI; processador; controlador RAM e RAM; controlador SATA; SSD. Se der para eliminar as duas primeiras etapas, acho que é melhor do que eliminar alguma das outras, mas nada como ouvir e concluir por si só. Eu também penso nas possíveis diferença de som existentes entre diversas marcas de memória, e acho melhor não ficar com isso em mente, se não fico doido, rss.

    Abraço meu amigo, e bom final de semana a todos.
     
  3. ÉdisonCh

    ÉdisonCh Usuário Muito Ativo


    Desde 1 Dez 2005
    Araras/SP/BR
    Oi Júnior.

    Meu problema é que na maioria dos casos a Weiss INT 202 ainda toca melhor que a Audiophilleo. Como os drivers da INT202 funcionam melhor em Windows comum e MAC, não posso ainda migrar de sistema operacional. A grande virtude da Audiophilleo não é a resolução e a precisão, é a sonoridade, que esse conjunto de acessórios e periféricos que otimizam as conexões USB ajudaram a melhorar. A INT202 ficou estacionada, embora em um patamar alto, ainda mantém uma digitalidade que a conexão USB conseguiu melhorar muito.

    Felipe. Sou aposentado e mexo com o JRiver e áudio em computador há muitos anos. O que eu já mexi nos parâmetros do JRiver, em cada quesito daqueles, é um absurdo. Antes da Audiophilleo já havia experimentado por três vezes o JPlay, mas posso experimentá-lo de novo já que nunca o fiz com a Audiophilleo. Entendo perfeitamente sua insistência nesse ponto, já que também tem o costume de fuçar e procurar soluções.

    Ontem à noite estava escutando uma ripagem 16/44. É de chorar ficar escutando aqueles plocs a pequenos intervalos. Estragam a audição. A gravação era excelente. Já em 24/48, 24/96, praticamente não há engasgos ou interferências.

    Não estou podendo mexer no sistema 2. Vou remonta-lo e experimentar de novo a Audiophilleo no Win 8.1 . Insistência do Philip Gruebe, da Audiophilleo, pelos mesmos motivos do Felipe. Como gosta de fuçar julga que seja possível encontrar uma solução, pois quase sempre a gente encontra, julga que estou deixando de fazer algo ou fazendo errado. Quanto ao sistema operacional, ele acha que não deve haver nada errado. Acho o contrário, pois como eles não se credenciaram junto à Microsoft isso está causando problemas de funcionamento no Win10 e, agora, até no Win 8.1 que foi mudado para funcionar da mesma forma que o Win10.

    De tudo, a hipótese que vai ficar sobrando será a de problemas de hardware ou software desta Audiophilleo que comprei. Mandar de volta para os EUA para conserto vai sair muito caro, além do fato de que a Audiophilleo julga que o problema está aqui, na configuração. Só se eles fizeram um produto que cria problemas de configuração.
     
  4. FelipeRolim

    FelipeRolim Breaking The Sound Barrier

    8.684 5.963 638

    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Edison, a insistência com o JPlay deve-se à disponibilidade de mais parâmetros de ajuste, se em comparação ao JRiver. Neste, o que podemos fazer é enviar a música para a RAM e/ou ajustar aquele buffer interno. Isso é o que há de mais efetivo. O pré-amortecimento também influencia de forma interessante. Já no JPlay existem mais ajustes específicos, voltados ao "link" entre PC e interface, e testar isso será interessante. Se em nenhum deles funcionar perfeitamente, pelo menos tiramos da mente que é no JRiver o problema. Será elucidativo para todos nós e dará um norte melhor.

    Sobre o Windows, aqui uso o Server e não tenho problemas, mas acredito que o uso do Wasapi ou Kernell Streaming não deveria ser problemático, já que é uma forma de "bypass" do próprio Windows. Fico intrigado com isso. O que me faz pensar que o problema está no player foi justamente o fato de o ASIO4ALL ter alterado a quantidade de estalos, somado ao fato de que, se alterar o buffer do JRiver para menos de 250, também há influência nisso.

    Muito provavelmente, a latência e/ou o buffer internos da interface Audiophilleo são baixíssimos, e isso deve pedir um acerto bem específico no software player de música. Com meia hora de JPlay já será possível definir.

    Grande abraço!!!
     
    ÉdisonCh agradeceu.
  5. ÉdisonCh

    ÉdisonCh Usuário Muito Ativo


    Desde 1 Dez 2005
    Araras/SP/BR
    Obrigado. Vou tentar de novo. O programa ainda está lá.
     
  6. mattzan

    mattzan Usuário Muito Ativo


    Desde 24 Fev 2012
    Curitiba
    Vou me intrometer um pouco aqui só para tirar uma dúvida:

    Estou montando um PC para meu trabalho (word, excel), ocasionalmente jogos, e já queria aproveitar e montar um para escutar mídia digital.
    É possível juntar todos esses propósitos e ter uma fonte (PC) boa para áudio? Quais componentes são críticos para um bom desempenho sonoro? Sei que as ventoinhas e a fonte são as principais, mas em termos de informática mesmo (placa, cpu, gpu, ram) há alguma diferença essencial?
     
  7. FelipeRolim

    FelipeRolim Breaking The Sound Barrier

    8.684 5.963 638

    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Na minha opinião, você terá algumas limitações e algumas perdas, mas o quanto isso induzirá uma perda significativa para a qualidade geral, só você poderá dizer. Eu escrevi alguns posts a respeito, que estão aqui.

    Abraço e boa sorte.
     
    Fox _ Mulder e mattzan agradeceram.
  8. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    @mattzan@mattzan - Críticos p/ bom desempenho sonoro, dois: elétrica e acústica. Um deles negligenciados, deu... todo o esforço, gastos em algum nível e, tende a ser grande, se perde.
    Eu priorizaria no PC um SO atual, a qualidade da conexão usb (se for usar DAC USB externo) e uma boa unidade de fornecimento de energia. A gigabyte tem placas q prometem uma energia mais limpa na USB chama-se "DAC-UP". Numa MOBO qualquer pode tentar um jitterbug. Tudo depende do resto do setup.
     
  9. ÉdisonCh

    ÉdisonCh Usuário Muito Ativo


    Desde 1 Dez 2005
    Araras/SP/BR
    Acho que dá sim. Depende do nível do sistema. Se for um sistema de alto nível, melhor um PCA especializado, com fonte de alimentação de qualidade, placa-mãe, processador, memória, filtros, etc.. Se for um sistema bom ou muito bom, mas não excelente, um computador comum, com boa fonte, mas não especial, etc., já permite tocar bem, inclusive filmes, mesmo com outros programas onerando o desempenho.
     
  10. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    Depois de muito considerar a aquisição de cabo ethernet resolvi arriscar no AQ Cinnamon. Estava entre ele e o Vodka. Ciente que muita controvérsia existe sobre o tema então não quis gastar mais... se resultado der pego o vodka já que preciso de duas pernas.
     
    ÉdisonCh agradeceu.
  11. Matias

    Matias Digital Audio


    Desde 25 Set 2005
    São Paulo - SP
    Pensei e fiz o mesmo, mas parei no Cinnamon.
     
  12. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    Apesar de considerável grau de ceticismo farei a compra... Chame um eletricista e explique sua elétrica dedicada: 90% pensará: (poderá não expressar), eis um tolo !!
    Chame o pessoal de redes... explique os ethernet "audiófilos": pronto, 98% dirão tolos ao quadrado. Entendo perfeitamente ambos os lados da moeda e até começo a pegar simpatia pelo engano compulsório (psicoacústica). Afinal não existem, no mercado, bonecas infláveis?
     
    Última edição: 2 Out 2017
    ÉdisonCh agradeceu.
  13. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    ÉdisonCh agradeceu.
  14. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
  15. Redcruz

    Redcruz Usuário Muito Ativo

    8.653 4.777 113

    Desde 11 Dez 2008
    Mesquita
    Interessante o aparelho, em termos de funcionalidades faz tudo que outros DACs também fazem...

    Mas o que chamou mais a atenção foi sua construção, parece ser bem robusta em vista de aparelhos mais comuns, inclusive usa cabos internamente ao invés de fitas. As trilhas da placa parecem ser mais robustas.

    b_850_0_16777215_10_images_content_tests_15-01-19_audiobyte_15-01-16_Audiobyte-Black-Dragon_008.jpg


    As únicas coisas que desagradam: é ter apenas uma entrada óptica e não possuir trigger out. Este último para quem usa o DAC como PRÉ é muito bom.

    b_850_0_16777215_10_images_content_tests_15-01-19_audiobyte_15-01-16_Audiobyte-Black-Dragon_005.jpg
     
    Última edição: 14 Out 2017 às 23:13
    ÉdisonCh agradeceu.
  16. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    Teste cabos ethernet
    Objetivo: testar desempenho cabo "hi end" AQ Vodka 3m versus genérico cat. 5e 10m.

    Estou indo quase aos extremos dando todas as oportunidades p/ vitória do AQ, porém menos uma: minha emoção. Explico: teste terá 3 etapas como segue:
    1) audição consciente sabendo que ora é A ora B;
    2) audição "cega" INTERCALADA entre A e B SEMPRE havendo a troca não sabendo quem começa;
    3) audição aleatória, às cegas, em 6 etapas onde o sorteio por ajudantes determinará qual cabo toca. Sendo que a tendência é termos 3 audição de cada ou 4 de A e 2 de B ou vice-versa com menor probabilidade de um determinado cabo ser ouvido 5x e outro apenas 1x ou até mesmo 6 audições do mesmo cabo.

    O tempo de pausa entre as etapas será igual e o menor possível mesmo que o sorteio indique que o cabo atualmente em uso deva continuar tocando.

    Obs: Queimarei o vodka por aprox. 50 hrs antes do teste.

    Na troca pedirei aos assistentes (serão dois) que desconectem ou reconectem o cabo (cfe sorteio indicar) mexendo o mínimo possível em toda extensão/posição dos mesmos.

    Escolherei hora com menos ruído (à noite) e entrarei pra sala permanecendo 15 min. em silêncio, talvez medite um pouco rsrsrs, pra que ouvido fique mais sensível a nuances.
     
    Vladoids, ÉdisonCh e PssH agradeceram.
  17. JuniorDoleys

    JuniorDoleys Luz, Calor e Som


    Desde 7 Abr 2011
    Charqueadas/RS
    Hoje pude começar as audições com o microRendu versão atualizada de hardware (1.4) a qual compartilha do temporizador e novo regenerador USB presente no ultrarendu. Estranhei pouco a sonoridade. Mesmo não sendo totalmente diversa da versão 1.3 detectei diferenças e talvez a principal que percebi foi nas cordas de violão e demais instrumentos de corda q na versão antiga apresentavam timbre mais aconchegante, mais natural. Como brinco com violão, etc consegui facilmente entender: o som do mRendu 1.3 se assemelha mais ao timbre das cordas de violão tocadas pelas mãos diretamente enquanto a versão 1.4 o som tende a parecer com timbre de palheta. (São bem diferentes). Isso gerou um efeito em "Eternas Ondas" de Zé Ramalho bem perceptível. Os violões saltaram à frente vindo a competir com a voz quase roubando seu protagonismo. A voz recuou. Já com Forcione e Dominic Miller o efeito foi o mesmo com as notas soando pouco mais pontiagudas (timbre de palheta) ao invés do som mais eufônico e suave da versão anterior. No grave incontestavelmente ouvem-se mais notas. Já os agudos ficaram certamente mais evidentes. Logo de cara a nova versão parece menos natural pra mim tendendo a mostrar-se mais digital, menos musical talvez reforçada pelo extremo, extremo silêncio de fundo. Sem dúvida um aparelho mais refinado. Esse recuo observado em vocais que não me agradou por completo. Isso deu-se em muitas faixas estreitando a noção de profundidade de palco. Essa é uma primeira impressão firme. Vou deixar o set ligado e depois em 2 dias reavaliar. Minhas condições de elétrica e acústica ainda não são perto das ideais até o construtor dar as caras.
     
    Última edição: 17 Out 2017 às 00:50
  18. HDXBorges

    HDXBorges HDXBORGES


    Desde 20 Mar 2005
    Piracicaba/SP/Brasil
    Estarei acompanhando .. interessante !