Há vantagem em dar ganho em Db nas caixas ?

Discussão em 'Racks, Suportes, Acessórios, Decoração, Iluminação' iniciada por garam, 12 Jun 2005.

  1. garam

    garam Player

    2.411 59 48

    Desde 3 Ago 2004
    juiz de Fora
    Pessoal, é o seguinte... meu decibelímetro chegou hoje e usarei para ajustar o ganho das minhas caixas...
    Antes dele, eu usava as frontais em +6, mas percebi que tinha gente aqui que as usa em -1 !!! então resolvi testar deixando as duas frontais em 0
    A única diferença que notei é que preciso aumentar mais o volume para alcançar a mesma altura que alcançava em +6 Db...

    Ou seja, qual a vantagem do ganho ?
    Um ganho alto, em que você aumentará menos o volume no receiver ou pré/pro é mais vantajoso ?
    Pode trazer prejuízo à qualidade ??
     
    #1    
  2. Dmaumau

    Dmaumau Moving Forward

    29.067 647 333

    Desde 9 Out 2002
    Campinas - SP
    Carlos,

    Essa questão não faz o menor sentido, pois adicionando ganho, ou não, o amp que vai ter que se responsabilizar pelo volume final é o mesmo, além do que em muitos receivers, o ganho que você dá nas caixas é descontado do volume maximo final.

    Então percebe-se que não faz a menos diferença e que esse recurso somente deve ser utilizado para equalizar o volume entre todas as caixas, sendo com ganho ou com atenuação.

    Para seus testes, parta sempre do 0dB.

    (y)
     
  3. garam

    garam Player

    2.411 59 48

    Desde 3 Ago 2004
    juiz de Fora
    Maurício obrigado por esclarecer, eu imaginava ser isso mesmo, afinal só é possível ajustar o nível das caixas tendo essa flexibilidade.
    Mas normalmente, tenho a tendência a pensar que se alguém está adicionando ganho, tende a comprometer a qualidade, não sei da onde tirei isso, mas sempre pensei assim rssss.
     
    #3    
    Roberto Filipe agradeceu.
  4. ableal

    ableal AV Designer

    2.194 0 0

    Desde 2 Mar 2004
    Rio de Janeiro - RJ
    carlos...

    nao há utilidade alguma em dar ganho nas caixas frontais. este recurso nao está no sistema para este fim, mas sim para equlizar a reprodução do conjunto de caixas. inclusive, o erro mais comum que encontro por aí é exatamente o receiver com ganho nas frontais.

    esse erro tem um fundamento psicologico no leigo. a pessoa vê o ajuste e brinca aumentando e diminuindo os seus valores, e no final pensa... se posso deixar em -10 ou +10, então é melhor que esteja em +10 que vou ter mais som. o ajuste nao é para isso.

    ao invés, pegue o seu decibelimotro e equalize todos os canais do seu sistema. eu faço da seguinte forma:

    joga o test tone no canal esquerdo e vai aumentando o volume até que a agulha do decibelimetro marque 0db (seja lá qual escala voce estiver) não altere nenhum valor no receiver.

    jogue o test tone nas caixas restantes e ajuste (NO RECEIVER) os volumes de forma a aproximar o máximo TODOS OS CANAIS ao 0 dB definido no canal esquerdo.

    agora respondendo a pergunta de POR QUE O ESQUERDO COMO PADRÃO? Simples: porque normalmente esse é o primeiro tone que vem.
     
  5. joao_neto_pb

    joao_neto_pb Usuário Ativo

    2.230 10 38

    Desde 26 Fev 2004
    joao pessoa / PB / Brasil
    Quanto custa um aparelho deste?
     
  6. edson

    edson Áudio & Vídeo Designer

    7.288 19 38

    Desde 23 Jun 2002
    Londrina - Pr
    Eu costumo configurar da seguinte forma, 0Db em todas as caixas, vou alterando conforme a necessidade a central e surrounds. para + ou - de acordo com a necessidade do ambiente. Somente utilizo alterações nas frontais LR se o volume das surround chegar ao maximo e ainda faltar potencia nas mesmas, desta forma reduzo -Db nas frontais LR
     
    #6    
  7. Fontes

    Fontes Usuário Ativo

    1.238 0 36

    Desde 15 Mar 2003
    Brasília-DF
    Parece que tudo que me ensinaram e aprendi a respeito de ajustes dos canais com o decibelímetro foi diferente do ensinado neste tópico, até aqui. E os 75dB recomendados como padrão de ajuste ? Não existe ? O André diz que "coloco o seletor do decibelímetro em qualquer faixa... ajusto para 0dB :doido: :confuso: .
    Canais frontais não precisam ser atenuados ou reforçados ? E o efeito da acustica da sala sobre eles ? Não existe ? :doido:

    abraços

    Fontes
     
  8. johnnie

    johnnie Usuário

    7.880 1 0

    Desde 25 Out 2002
    Bahia
    Fontes,

    eu tbm não entendi a explicação do André:)
     
  9. ableal

    ableal AV Designer

    2.194 0 0

    Desde 2 Mar 2004
    Rio de Janeiro - RJ
    a explicação é a seguinte, meus amigos...

    eu assumo uma escala no decibelimetro (normalmente em 70 ou 80 dB) o ponteiro no meio (0 dB) indica que o som está nesse nível e parto daí.

    Fontes, os 75db sao recomendados por questoes de conforto em relação ao ruido rosa. a escala de pressao sonora é relativa por natureza, portanto se voce fizer o ajuste a 75dB, a 85dB, a 95db ou mesmo a 120dB, o resultado será o mesmo em qualquer das situações.

    muitas vezes nos deparamos com situações onde existe muito ruido no ambiente e por isso o nivel do ajuste tem que ser mais elevado
     
  10. ableal

    ableal AV Designer

    2.194 0 0

    Desde 2 Mar 2004
    Rio de Janeiro - RJ
    Fontes, nao estou dizendo que estes canais nao sofram ajustes. estou dizendo que o ajuste deve ocorrer em TODOS os canais, porem a partir de um deles (o esquerdo ou o direito) o padrao de reprodução de multicanal é bem claro na regulagem dos canais, devendo estar todos no mesmo nível.

    quanto a atenuar ou reforçar a reprodução dos canais frontais, isso vai ocorrer em relação ao que o decibelímetro disser.
     
  11. Wladimir

    Wladimir Usuário

    432 6 18

    Desde 13 Jan 2005
    Goiânia/GO
    Quando vc diz nível vc esta se referindo à pressão sonora (volume) e não ao nível de regulagem, certo?

    Acho que o nível de regulagem de cada caixa vai depender das características de cada caixa e do seu local preferencial de audição. Os níveis de ajuste para cada caixa poderão ou deverão ser diferentes, de forma que do seu local preferencial de audição vc possa perceber os sons vindos de cada caixa com a mesma pressão sonora ou volume.

    Aproveitando o tópico, gostaria de saber se mais alguém regula o subwoofer como eu. Tiro no processador cerca de -8db de ganho e regulo o volume dos graves no próprio sub. Dessa forma consigo que o sub trabalhe em volumes (comandados pelo pré) mais altos e com menos distorção. Não sei se há explicação objetiva para o fato, mas na prática essa regulagem me parace muito mais confortável.

    Abraço

    Wladimir
     
  12. R.O.N.A.L.D.O

    R.O.N.A.L.D.O Usuário Ativo

    14.923 18 38

    Desde 25 Out 2002
    Recife - PE
    Eu faço a calibragem usando 80db como referencia. ;)
     
  13. Robinson

    Robinson Sauron: The Dark Contour

    4.014 4 38

    Desde 20 Out 2004
    S.B.Campo - SP
    Então são dois... ;)

    Abc,

    Robinson
     
  14. ableal

    ableal AV Designer

    2.194 0 0

    Desde 2 Mar 2004
    Rio de Janeiro - RJ
    wlad,

    a situação é determinada pelo decibelimetro. se ao ajustar o volume (botao de volume do receiver mesmo) do pink noise proveniente do canal esquerdo de forma a que a agulha indique 0dB e o ruido do canal direito apontar -2dB no aparelho, então regula-se o canal direito com um ganho de 2dB.
     
  15. edson

    edson Áudio & Vídeo Designer

    7.288 19 38

    Desde 23 Jun 2002
    Londrina - Pr
    Vamos simplificar
    Decebilimetro ajustado a 70 DB, elevar o volume do receiver até o decebilimetro acusar os 70 DB, caso alguma das caixas não atinja o nivel determinado, faz-se o ganho das mesmas utilizando-se do level do receiver.
    Assim se obtemos 70 db em quatro caixas com o ajuste de level a 0 DB e apenas uma não atingiu este nivel, elevamos ela até que acuse os 70 DB no Decebilimetro, assim poderia ficar da seguinte forma 4 caixas 0 DB, 1caixa +3 DB.
     
  16. edson

    edson Áudio & Vídeo Designer

    7.288 19 38

    Desde 23 Jun 2002
    Londrina - Pr
    O que o Andre esta dizendo e que não importa se voce ajusta o Decebilimetro a 70, 75, 80, 85 etc.., pois o que irá ocorrer e que para atingir a marca determinada no Decebilimetro voce terá que elevar o volume do receiver, se após ajustado o setup e voce achar que falta pressão sonora, basta elevar um pouco mais o volume do receiver ate atingir o que considera ideal, a importancia do decebilimetro e apenas para equalizar todas as caixas com a mesma pressão sonora.
     
  17. Makau

    Makau Usuário

    803 1 0

    Desde 23 Mai 2005
    Macau - Rio Grande do Norte
    Amigos, gostaria de relatar o que eu aprendi sobre ajustes com decibelímetro e como eu calibrei o meu sistema.

    Com o decibelímetro você também pode chegar ao nível de referência da Dolby (DRL) que é de 75dB de pressão sonora dentro da sala de home theater. No meu sistema eu fiz o seguinte: com todos os canais em 0 dB e com o decibelímetro na escala de 70dB, fui aumentado o volume master até o vu do medidor chegar no zero (bem no meio). Com isso eu cheguei a 70dB no primeiro canal a ser calibrado (front left, por exemplo) quando o volume master chegou a -11dB. Apartir daí, comecei a elevar o nível de volume referente a esse canal até marcar do decibelímetro uma média (já que o vu não fica 100% estável) de 5dB. Então 70dB + 5dB = 75dB. Depois basta repetir o procedimento com todos os outro canais, mas sem mexer mais no volume master, apenas no volume individual para cada canal a ser calibrado.

    No meu caso, teoricamente eu atungiria os 75dB de pressão sonora recomendado pela Dolby e pela THX com o volume master do meu receiver em -11dB, que foi o volume de refência para a calibragem dos canais. Mas com isso, como as mixagens dos filmes muda muito de uma produção para outra, em alguns filmes o som fica extremamente alto, Já em outros fica confortável e elvolvente.

    Mas o objetivo maior do ajuste com o decibelímetro é mesmo o de deixar todos os canais exatamente equilibrados em termos de volume individual, e isso é possível conseguir com qualquer escala no decibelímetro. Mas a vantagem de adotar os 75dB é a de obter também um nível de referência de volume para a audição.

    De qualquer forma, uma vez feita a calibragem, o volume de audição quem define é o ouvinte.

    Espero ter colaborado para esse tópico.

    Abraços,

    Makau.
     
  18. edson

    edson Áudio & Vídeo Designer

    7.288 19 38

    Desde 23 Jun 2002
    Londrina - Pr
    Bom eu já faço o contrario, deixo todo os canais em flat (0), ajusto o decebilimetro em 75 DB e vou aumentando o Knob do receiver até que as frontais atinjam 75 Db, pois prefiro deixar as frontais sempre em 0Db, depois vou ajustando cada canal individualmente para que todos fiquem em 75 Db (atenuando ou dando ganho)
     
  19. Ricardo Davino

    Ricardo Davino Usuário

    624 12 18

    Desde 12 Set 2003
    Santana / São Paulo
    Reativando o Tópico ,

    Pessoal , achei meio estranho como ficou a calibração depois que utilizei a calibração pelo YAPO do receiver Yamaha RX V1400 , ele calibrou a Central com +7db a frontal L +5,5 db e frontal R -1,0db e as sunrond L 1,0 db e sunrond R -1,0db , não ficou meio esquisito ???
    logo de cara achei que as sunronds ficaram muita baixas aí aumentei para +5 db e ficou melhor .
    Não sei se deixo assim , uma vez que não tenho o decebilimetro para calibrar !!
    O que vcs acham ???
    Abraços
     
  20. edson

    edson Áudio & Vídeo Designer

    7.288 19 38

    Desde 23 Jun 2002
    Londrina - Pr
    Acho que voce deve deixar do jeito que mais lhe agrada.
    Quando utilizei este sistema, ele tambem deu ganho nas frontais, eu não sou adepto deste tipo de ajuste, prefiro as frontais sempre em 0Db.

    primeiro verifique se no set up do receiver se voce não selecionou as frontais com -10 Db, pois neste caso se justifica o ganho de 5,5 db, mas neste caso o valoar de R deveria ser o mesmo ou proximo deste.

    A posição do microfone era exatamente o mesmo entre as caixas, pois caso ele esteja deslocado fora do centro de audição, o yapo irá compensar a distancia.
    Analisando o surround voce nota que há uma diferença de 2 DB entre os canais, ou seja se o microfone estiver mais deslocado para a direita a caixa terá um ganho menor, o que irá provocar o aumento do volume das caixas direitas.