Anúncio do HT Forum

Hifiman Edition X

Discussão em 'Fones de Ouvido e Acessórios' iniciada por masabueno, 8 Jul 2018.

  1. masabueno

    masabueno masabueno

    Mini review Hifiman Edition X

    Introdução

    Antes de mais nada, gostaria de agradecer o Alexandre Nishikawa , que me emprestou o Hifiman Edition X por duas boas semanas, o que permitiu chegar nessas impressões. Valeu Alexandre, tu és gente boa demais, dentre outros tantos que já fiz amizade!

    Como pequeno momento “mas antes”, para quem não souber, esse fone é um planar magnético, que a Hifiman, junto com a Audeze, contribuíram para resgatar a existência de tal tecnologia, mais populares nas décadas de 70 e 80. Ela, a grosso modo e simplificadamente, agrega a forma de organização dos eletrostáticos com princípios de funcionamento dos dinâmicos. Os planares já deixaram marcas no público entusiasta de fones, dado alguns benefícios interessantes.

    E aqui se encontra o Edition X na genealogia de fones da marca.

    001_Árvore.PNG

    E o som?

    A primeira boa sensação que me vem à mente é: uau! Como esse cara toca bem com poucas necessidades. Sim! Seja feliz com o Galaxy S8+, que faz um excelente trabalho! O Iphone também. No Fostex HP-A8, com o ganho mais baixo possível, sinto que ele está no ápice de sua capacidade, e o iFi micro iCAN SE e micro iDSD BL podem ser demais para ele se os ganhos não estiverem no mais baixo possível também. Esse cara foi feito para ser fácil e brilhar.

    Portátil então? Opa! Vamos trabalhar isso. Embora ele brilhe muito com pouco, ele é, de longe, o planar que mais vi vazar som. Um S8+ no máximo faz com que ele se pareça uma micro caixa de som no ambiente - embora o tamanho dos cups possa já ser uma belo par de bookshelfs. E no Fostex ou iFi, é bastante alto se você subir o volume. Acredite! E ele é grande, embora leve, e... digamos… tem um design alienígena, para que o adjetivo de beleza seja mesmo subjetivo. Eu gosto de alienígenas! Sua construção, também, não favorece em nada o uso externo. É… eu não o chamaria de portátil.

    As características dos planares estão aqui, mas arrisco-me dizer de uma nova Hifiman. Não mais aquela que produziu o HE-400, 500 e - oh céus, será que posso dizer o HE-6?! Bom, isso me leva a crer que preciso ouvir o HE-1000 V1 ou V2. Esse X me parece a nova safra da Hifiman, ao menos quando olho para o HE-400s, 400i e o 560, pois todos esses são fones de graves muito mais corretos. Então o X é frio? Não o definiria assim. Seus graves estão lá e são maravilhosos. Acho-os muito corretos, com a extensão característica dos planares, e mais empolgantes que o 560. Nesse curto, mas intenso, espaço de tempo no hobby, começo a perceber muito melhor os porquês desse movimento. Estamos falando de um fone na casa dos mil dólares. Seria escabroso e fatal um erro aqui para atender caprichos apaixonados dos amantes de graves. Ele encantará, porque existe sim peso, massa e boa presença, algo que aquece levemente o som, mas nada exagerado. As músicas “Astral”, do single do Tale of Us e Mind Against, “Solitary Daze”, de Maceo Plex e Gabriel Ananda e “Arsis”, do Gordian Knot, no álbum Emergent, demonstram sua incrível competência e encantamento.

    Os médios se destacam e estão bem posicionados no espectro. Tem uma presença interessante, mas tendem mais a algo direto e “cru”. Neles é onde eu acredito que haja menos destaques. Encantam um pouco menos, no geral. Isso pode bem ser impressões que mudem, se tivesse esse cara por mais tempo, dado que para algumas músicas e vozes, os acho bons - “Spring”, do álbum Mama Earth da Joss Stone em Project Mama Earth e “More”, do álbum Dreamns and Daggers, de Cécile McLorin Salvant (OUÇAM ESSE ÁLBUM TODO QUE É UMA OBRA DE ARTE!!!). Veja bem, é pouca coisa. Parece-me que o AD8, o HE-6, o HE-560 se destacam melhor; o Clear também, se a música não for complexa e/ou levemente acentuada nos graves, pois o Clear tem uma gota a mais deles e é menos transparente e resolutivo. Claro, assim como é pequena a questão dos médios no Edition X, também o é com relação a transparência e resolução no Clear. São coisas de se destacar lado a lado, mas sejas feliz com qualquer um deles.

    Os agudos, pra mim, são ótimos e levemente avançados, também diretos e rápidos. Tenho poucas coisas a dizer, mas eles estão na sua cara, as vezes com uns picos, mas menos agressivos que o HE-560. Definitivamente não são os agudos do HE-6, que se fazem bastante presentes e, se mal amplificado, acredite, chegam a doer. Eles ajudam muito na percepção de espacialidade, que nesse fone é enorme. É incrível como ele é espacial e tem bom palco. Isso me faz querer ter o HD800 por alguns dias, pois esse cara bate o Clear, fácil; o HE-500, 560 e me parece mais arejado e com melhor palco e espacialidade que o HE-6! Devidamente digno!

    A separação dos instrumentos está ótima e ver como o equilíbrio tonal desse cara é digno de destaque, me faria feliz de tê-lo como um avanço natural em relação ao HE-560; não falemos, claro, de proporções em preços.

    Edition X, foi muito bom te usar aqui! Volte quando quiser.

    20180708_003730.jpg

    20180708_003539.jpg 20180708_003627.jpg 20180708_003652.jpg 20180708_003710.jpg
     
    • 4
    • 1
  2. Jeferld

    Jeferld Jeferson


    Desde 25 Mai 2016
    Mossoró
    Valeu, Matheus, excelente review. Bem no ponto: qualidade sonora, que é o que mais nos interessa.
     
    • 1
    • 1
  3. Marcelo T

    Marcelo T Spirit Crusher


    Desde 23 Jun 2002
    Campinas
    Excelente review.. sou proprietário de um Edition X V2.. animal demais esse fone.. vai ser duro de achar um melhor sem quebrar o banco..Comparei com o 400i, 560i e o oppo pm3.. a diferença é brutal, sem chance.
    Estou usando um DAC Schiit Bifrost multibit e um amp Audeze Deckard.
     
    • 1
  4. masabueno

    masabueno masabueno

    Marcelo,

    Gostei bastante do X V2... é um fone excelente e muito fácil de lidar! All rounder dos bons. Ainda assim, preciso manter o HE-500 aqui, se o 560 saísse e entrasse esse cara!
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso