LIMPEZA RADICAL DE VINIL

Discussão em 'Vinil, Calibração e Ajustes' iniciada por jbmattos, 31 Out 2004.

  1. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    4.101 13.818 361

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Tem razão, apaguei a mensagem que podia instruir alguém no futuro a fazer um teste que pode não ser saudável.

    Num disco meu eu faria, mas realmente dar essa ideia pra outra pessoa pode não ser uma boa.

    Eu nunca precisei na verdade.

    Portanto, @Wilton@Wilton , fica aí avisado, essa dica que dei da querosene, eu tentaria num disco meu, mas não te recomendo tentar sem maior pesquisa. Melhor pra evitar a fadiga.

    Abraço.

    Valeu, Wandique.

    P.S.: Se possível, para registrar nos meus conhecimentos, qual substância do queresene reage negativamente com o PVC? Nos outros materiais que falei, já usei inúmeras vezes sem prejuízo de fato, mas no PVC ainda não.
     
    • 5
  2. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Precisamos de um engenheiro quimico aqui !
     
    • 4
  3. Altanir

    Altanir Usuário

    934 1.892 501

    Desde 6 Dez 2005
    Niterói - RJ
    Não sou engenheiro químico, mas meu palpite é que como o vinil é um derivado de petróleo, assim como a querosene, ambos são apolares. Quando duas substâncias apolares entram em contato, uma irá dissolver a outra, por exemplo: gasolina e graxa. O mesmo não acontece se misturar uma substância apolar com uma polar, por exemplo: óleo e água.

    O Querosene é obtido a partir da destilação fracionada do petróleo, sendo uma mistura complexa de hidrocarbonetos. Eu diria que não seria um composto isolado que iria reagir com o vinil e sim todo o espectro da mistura.

    Pode ser que pela quantidade usada e aferição visual, você possa ser induzido a acreditar que não houve dano ao vinil submetido à querosene, porém ele estará lá, mesmo que diminuto... e o que pode ser insignificante para os olhos, certamente será monstruoso para a agulha.

    Resumindo: não chegue nem perto dos seus discos com isso nas mãos.
     
    • 5
  4. junin

    junin Usuário

    7.338 23.970 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG
    Um tiquinho de WD40 :D
     
    • 3
    • 1
  5. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Um menor ainda de lustra móveis.
     
    • 4
    • 1
  6. Jefferson Domiciano

    Jefferson Domiciano Usuário


    Desde 28 Dez 2017
    Fortaleza, Ceará
    E um detergente neutro, só 5 gotinhas.
     
    • 2
    • 1
  7. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    O lustra móveis eu usava para tirar resíduos de cola nas caixinhas de CD.
    Já que o disco está ferrado não custa experimentar muito embora é
    necessário aplicar uma certa força para ir limpando aos poucos a cola.
     
    • 1
    • 1
  8. junin

    junin Usuário

    7.338 23.970 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG
    Aí que entra a vantagem do WD40. Não tem de fazer força e não demora a sua ação.
    Se é um pouco de cola, está no início do disco e incomodando... :assobio:

    Uma gota do produto, espera cinco segundos, sai a cola. Lava o disco e pronto! :D
     
    • 1
  9. junin

    junin Usuário

    7.338 23.970 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG
    Mas só se for estritamente necessário e não tiver outra opção. Afinal, já será considerado perdido mesmo :D
     
    • 1
  10. Wilton

    Wilton Powered by Music

    6.414 13.090 2.026

    Desde 26 Mar 2004
    SP
    No meu caso é um disco novo e toca pra c*.

    Mas tem essa craca no início de um dos lados. Não lembro se do B ou C... (É duplo).

    Amanhã vou tentar o WD, pois se inventar de lavar disco nesse horário, vão me internar rs
     
    • 3
    • 1
  11. ricsantos

    ricsantos Usuário

    601 3.043 373

    Desde 10 Abr 2009
    Salvador/BA
    Fique me dando idéia. kkkkkk
     
    • 2
  12. Vintage75

    Vintage75 Usuário

    1.686 10.130 241

    Desde 23 Abr 2019
    São Paulo
    O @junin@junin falou COLA, não risco, arranhado, bolha, furo, pipoco... :D
     
    • 2
  13. Vintage75

    Vintage75 Usuário

    1.686 10.130 241

    Desde 23 Abr 2019
    São Paulo
    Só não vale para discos do ABBA, que são POLAR:
    [​IMG]
    :D

    dããããã
     
    • 7
  14. ricsantos

    ricsantos Usuário

    601 3.043 373

    Desde 10 Abr 2009
    Salvador/BA
    Bom pessoal. @junin@junin deu a ideia e eu resolvi comprar. Fiz o teste em três discos aqui que dava como perdidos.

    Um deles estava com resíduos do que parecia ser cola na primeira faixa e com umas manchas opacas estranhas, que não sei identificar o que poderia ser, mas que aparentava uma tentativa de limpar o disco com algum produto não usual. Borrifei o WD num paninho de algodão e passei sobre a área afetada, seguindo o sentido dos sulcos e a cola saiu facilmente, assim como as manchas. Em seguida, procedi com dois ciclos de lavagem na PHK com a solução de triton x100 + álcool isopropílico e um com água destilada para remover ao máximo o WD da superfície do LP. Antes, a agulha pulava onde tinha cola e, no local das manchas, era uma chiadeira insuportável. Agora o disco toca com pouquíssimo ruído.

    No segundo disco, o lado B era uma verdadeira frigideira. Engraçado que o Lado A toca perfeitamente. Pois bem, apliquei o WD e depois lavei, da mesma forma descrita acima e o resultado foi surpreendente. Não ficou perfeito, mas eu diria que está 90% melhor e já dá pra escutar. Pelo menos até conseguir uma cópia melhor...

    Já o terceiro, eu repeti o processo várias vezes e nada. Nem WD, nem PHK, nem Triton, nem isopopanolol, nem enzimático, nem curaprox, nem reza braba, nem nada, mas nada mesmo conseguiu consertar o pedaço que estava quebrado... :rofl::ataque::rofl::ataque:
     
    • 3
    • 1
  15. junin

    junin Usuário

    7.338 23.970 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG

    Foi por sua conta e risco :D ;)

    Pelo menos vai ouvir dois discos sem passar muita raiva :D

    Com relação ao terceiro, bom, tentou super bonder? :rofl:
     
    • 2
  16. ricsantos

    ricsantos Usuário

    601 3.043 373

    Desde 10 Abr 2009
    Salvador/BA
    Eram discos que eu dava como perdidos.

    Mas continue me dando ideia... :lol::rofl::lol::rofl:
     
    • 1
  17. junin

    junin Usuário

    7.338 23.970 2.016

    Desde 8 Ago 2004
    Itambacuri/MG
    :ataque:

    Parei.

    :rofl:
     
    • 2
  18. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Se achar, compre outra cópia.
     
    • 3
  19. menopower

    menopower Usuário

    1.148 1.190 483

    Desde 18 Dez 2010
    Rio de Janeiro
    Eu tava com dois discos bem riscados, que a agulha pulava o tempo todo. Na verdade, nem os ouvia, já os dava com perdidos.
    Acabei resolvendo o problema de uma forma inusitada e nada convencional.

    Peguei uma vitrola vagabunda que tenho, dessas modernas, assassinas de LP, que a agulha pesa meia tonelada, e coloquei os discos pra tocar nela, com DUAS moedas de 1 real em cima da agulha.

    Nela, tocou sem pular, e depois, quando voltei pra minha vitrola, que é boa, onde ouço meus discos, os LPs não estavam mais pulando. Os ouvi perfeitamente.

    Não é o melhor método do mundo, mas comigo resolveu e agora tenho de volta dos discos que eram inutizaveis.

    OBS: Usei a vitrola vagabunda pra colocar as moedas em cima, pq isso estraga a agulha, entao, se fosse pra estragar, que estragasse a agulha da vitrola que não uso e não tem qualidade. Não estou recomentando que façam o mesmo, fiz porque não tinha nada a perder, pra mim, os discos já estavam "perdidos" mesmo, qualquer coisa era lucro.
     
    • 1
    • 1
  20. wandique

    wandique Usuário Intrometido

    Mais um item para os "acessórios indispensáveis": um td vagabundo. :rofl:
    Porém foi uma solução. (y)
     
    • 4
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso