Anúncio do HT Forum

Lista de BD nacionais com bom preço

Discussão em 'Blu-Ray (Mídias)' iniciada por T. Bach, 22 Mai 2009.

  1. viniciusjf

    viniciusjf Usuário


    Desde 9 Dez 2010
    Muriaé
  2. jbjmacedo

    jbjmacedo Usuário

    345 111 75

    Desde 11 Nov 2008
    goiânia/goiás/brasil
    Eu consegui ontem a noite, ficou 95,92. Frete grátis.
     
  3. viniciusjf

    viniciusjf Usuário


    Desde 9 Dez 2010
    Muriaé
    Descobri o problema, o item que eu quero já está em promoção, por isso o cupom não funciona (O Cinema de Ozu vol. 2), mas funciona com a trilogia do Ang Lee.
     
  4. ManoloJunior

    ManoloJunior Cinéfilo

    8.198 3.639 811

    Desde 20 Mar 2007
    São Paulo
    Pessoal, algum lugar com preço razoável no Atômica?
     
  5. Ag_Mulder

    Ag_Mulder Usuário


    Desde 16 Ago 2009
    Recife/Pernambuco/Brasil
    Estou preocupado é com o sumiço do BD do Planeta dos Macacos - a guerra. A versão simples. Está sumindo. Acho que estão colocando loucas unidades para vender logo pelo preço de lançamento, só pode, assim como acredito que esteja acontecendo com as versões dos filmes em Steelbook que desaparecem logo na pré venda ( O consumidor com medo de ficar sem). Na verdade é uma boa jogada para obrigar a pessoa a comprar pelo preço de lançamento. Ou compra ou fica sem.
     
  6. HHLOPES

    HHLOPES Usuário


    Desde 28 Set 2011
    Kamar-Taj
    Não sei se está sumindo, mas em uma breve pesquisa encontrei em 5 lojas por 49,90.
    O problema está nos STEELBOOKS, muita gente (inclusive eu) comprei o BR2049 na pré-venda no fim do ano passado e até agora não recebi. O filme já teve 3 alterações de lançamento, quero dizer, 2 oficiais e a 3ª se refere ao prazo da loja. A questão nisso tudo está na "má organização".
    Ainda sobre o STEELBOOK, de modo geral, vi em algum lugar que ele não é lançado se a distribuidora não encomendar 4 mil unidades, portanto essa quantia sumir logo é muito complicado... Esgotando, deve ter uma nova encomenda, mas aí não sei se é pela mesma quantidade.
    Acho engraçado que depois tem os "abelhudos corneteiros" que ficam postando por aí que X filme não presta e que não gostou, não compraria mesmo saindo o steelbook, só que o steelbook é lançado e esgota; será que esses manés não compram mesmo? Só gostam de criar caos!
    E quando se fala em steelbook, logo se pensa que a edição é comprada justamente por causa da "latinha", mas no meu caso eu compro porque quero o filme e essa apresentação passa a ser um bônus; compraria o filme mesmo se não saísse nessa edição como já acontecia antes, pois enquanto lá fora isso era normal e aqui só tínhamos o AMARAY, eu comprava o filme e não ficava lamentando por não ter o tal steelbook. Mas tem o outro lado: lógico que tendo a edição disponível aqui e não conseguindo um exemplar, aí eu me lamento... Por isso tenho procurado adquirir na pré-venda, só que mesmo assim não se escapa de ficar sem (caso do BR2049 onde estou na "fila de espera").
     
    Última edição: 27 Fev 2018
    • 1
    • 1
  7. Bernardi

    Bernardi Usuário


    Desde 3 Fev 2006
    curitiba/parana/brasil
    sei lá, logo que saiu a pré-venda (y)
     
    • 1
  8. Ag_Mulder

    Ag_Mulder Usuário


    Desde 16 Ago 2009
    Recife/Pernambuco/Brasil
    Planeta dos Macacos tanto na saraiva como na cultura não existe mais. Nem nas lojas fisicas.

     
  9. HHLOPES

    HHLOPES Usuário


    Desde 28 Set 2011
    Kamar-Taj
    As lojas que encontrei foram: Submarino, Americanas, Shoptime, Fnac e Livrarias Curitiba.
    E da última vez que estive nas AMERICANAS físicas do Shopping Penha (SP), lá tinha a TRILOGIA. Comprei "a guerra" nessa loja, foi em uma promoção na qual não lembro, mas saiu por 39,90.
     
    • 1
  10. HHLOPES

    HHLOPES Usuário


    Desde 28 Set 2011
    Kamar-Taj
    Mais ou menos no início de dezembro, se não me engano, correto? Não esperei tanto tempo assim, talvez se tivesse comprado em janeiro - lançamento estava previsto para a segunda metade do mês, depois mudou para o início de fevereiro - aí eu poderia ter ficado sem... Enfim, o novo prazo estipulado pela loja (ela que ficou "bobeando") é para a próxima semana, então vamos ver se dessa vez irão cumprir ou pedir mais tempo.
     
  11. Diogoffonseca

    Diogoffonseca Colecionador de filmes


    Desde 31 Mar 2009
    Caruaru
    Nota dos correios postada no facebook

    Sobre a campanha realizada pelo Mercado Livre em suas redes sociais a respeito do ajuste de preços que será aplicado pelos Correios a partir de 6 de março para os clientes de contrato, os Correios esclarecem:
    Ao contrário do que foi divulgado, o reajuste não será de “até 51% no frete dos produtos a todos que compram e vendem pela internet”. A média será de apenas 8% para os objetos postados entre capitais e nos âmbitos local e estadual, que representam a grande maioria das postagens realizadas nos Correios.

    Cabe ressaltar que o reajuste não é para o e-commerce, mas para os serviços de encomendas dos Correios, também utilizados pelo e-commerce. Trata-se de uma revisão anual, a exemplo do previsto em contrato. A definição dos preços é sempre baseada no aumento dos custos relacionados à prestação dos serviços, que considera gastos com transporte, pagamento de pessoal, aluguéis de imóveis, combustível, contratação de recursos para segurança, entre outros.
    Comparar o preço de frete praticado no Brasil com os países vizinhos, como faz a nota, é tendencioso e pode levar o consumidor a acreditar em uma falsa premissa. O maior dos países citados - a Argentina - tem cerca de um terço da extensão territorial do Brasil e 40% de toda a sua população concentrada na região metropolitana de Buenos Aires. A maior cidade brasileira, por sua vez, tem 10% da população do país. Outro exemplo citado na nota, a Colômbia, é cerca de seis vezes menor que o Brasil. Os desafios de transporte em um país com dimensões continentais são muito maiores e os custos para manter a presença dos Correios em todo o território nacional são altíssimos.

    Os contundentes problemas relacionados à segurança pública em diversas localidades do país também são pontos que merecem ser destacados. Conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, no Rio de Janeiro a situação de violência chegou a níveis extremos e o custo para entrega de mercadorias nessa localidade sofreu altíssimo impacto, dadas as medidas necessárias para manutenção da integridade dos empregados, das encomendas e até das unidades dos Correios. Por esse motivo, foi estabelecida uma cobrança emergencial de R$ 3 para os envios destinados à cidade do Rio de Janeiro, cobrança essa que poderá ser suspensa a qualquer momento, desde que a situação de violência seja controlada. Vale esclarecer que essa cobrança já é praticada por outras transportadoras brasileiras desde março de 2017.

    Os Correios ressaltam que a parceria com o e-commerce brasileiro é de extrema importância para a empresa. Parceria que, inclusive, viabiliza a atividade de inúmeras micro, pequenas e médias empresas que vendem pela internet devido à oferta de pacotes de benefícios dos Correios exclusivos para os marketplaces brasileiros, incluindo reduções de preço que chegam a mais de 30% no SEDEX e 13% no PAC quando comparado aos preços à vista.

    Também em função dessa parceria, a empresa mantém uma Política Comercial com uma estratégia de precificação que segue a lógica do mercado e, mesmo com os aumentos de custos, buscou o menor impacto possível nas praças mais relevantes para o e-commerce brasileiro.

    Por fim, essa revisão mantém os Correios competitivos em seus preços praticados no Brasil inteiro, garantindo sua presença em todo o território nacional.
     
    • 2
  12. > Sávio

    > Sávio Blu-ray Hunter

    3.538 5.802 301

    Desde 19 Abr 2013
    LV-426
     
    • 4
  13. HHLOPES

    HHLOPES Usuário


    Desde 28 Set 2011
    Kamar-Taj
    Última edição: 2 Mar 2018
    • 5
  14. Ragnar21

    Ragnar21 Camargo 21 ! Carpe Diem!


    Desde 10 Ago 2006
    Everywhere
    Não vou aqui defender o mercado live, mas os correios falarem em média de 8% é piada, funcionários da agência que eu frequento, me falaram em aumentos de 30 a 50 %, principalmente pro nordeste. Esse mês ainda chegam o aumento das tarifas internacional sendo que alguma modalidades ultrapassam 50 %. Sinceramente, pra mim isso é caso de polícia (nesse caso o ministério público deveria agir), isso parece salário de político, aumentam quando querem e ninguém pode fazer nada. Pensem bem, 30, 40, 50 % de aumento na economia atual, é vergonhoso
     
    • 5
  15. manzog

    manzog Usuário


    Desde 24 Abr 2015
    Jundiai
  16. Nacka

    Nacka Usuário


    Desde 12 Ago 2004
    Brasília-DF
    • 8
  17. Nacka

    Nacka Usuário


    Desde 12 Ago 2004
    Brasília-DF
    • 4
  18. pinga

    pinga Usuário

    1.092 1.198 601

    Desde 2 Jun 2005
    Salvador
    A semana do consumidor na Saraiva.com apenas 3 blu rays e 5 de shows em promoção. Isso reflete também nas lojas físicas onde os blu rays sumiram(pelo menos nas lojas de shopping em Salvador) e o DVD´s sobrevivem ou melhor agonizam.
    Na única loja física da Cultura em Salvador é notório que não há reposição da seção dos blu ray´s que ainda é grande. Dessa maneira, os BD´s 4k serão um sonho para mercado brasileiro ou ter um cash disponível para comprar um 1 filme por ~R$ 250,00 com os impostos.
     
    • 1
  19. Helder Carlos

    Helder Carlos Usuário


    Desde 8 Set 2010
    Goiania GO
    Também tenho visto com muita tristeza o sumiço maior a cada dia dos Blu Rays, e isso tanto em lojas físicas quanto virtuais. Os lançamentos estão cada dia mais raros, as tiragens cada vez menores, as promoções praticamente acabaram, dificultando a cada dia mais a vida do colecionador brasileiro.
    Tenho hoje uma coleção com cerca de 800 títulos, porém estou pensando em parar de colecionar e começar a me desfazer desses itens que um dia já me deram tantas alegrias, mas que hoje devido ao descaso de nossas empresas com relaçao à esse mercado e a dificuldade em encontrar certos titulos não deixam outra alternativa.
     
    • 1
  20. Evandro César

    Evandro César Usuário


    Desde 19 Dez 2008
    Brasil
    Eu já vinha notando, há um bom tempo, o não-lançamento, no formato BD, de muitos títulos importantes. Ou, quando havia alguns (poucos) lançamentos, o rápido sumiço dos títulos lançados nesse formato. (Isso denotava o óbvio: lançamento de pouquíssima unidades de cada título).

    Com efeito, tudo indica que esse formato agoniza. O que é duplamente triste (no meu caso específico, por morar no campo, onde o sinal de internet é via rádio-frequência, e, portanto, muito lento, eu não tenho acesso aos serviços de streaming - especialmente na definição 4k).

    Mais triste ainda é a falta de opções de mídias físicas 4k/ HDR-compatíveis. Justo agora que eu estou pegando um BD-player (Oppo UDP-205) compatível.

    Conclusão: parece que os BDs estão se inserindo mais e mais num mercado de nicho. Dito noutras palavras: parece que nós, compradores & colecionadores de BDs, somos uma meia dúzia de gatos-pingados, incapazes de gerar "massa crítica" suficiente para manter esse mercado.

    É muito triste.
     
    • 1
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso