Anúncio do HT Forum

Mercado Imobiliário

Discussão em 'Zona Livre' iniciada por Edu Carvalho, 15 Mai 2007.

  1. Lucio666

    Lucio666 Usuário


    Desde 20 Ago 2008
    Santo André/SP
    Opa... tentando resgatar o tópico ao invés de criar um novo com as informações quase semelhantes (achei o tópico no google).

    A minha dúvida é até mais básica se comparado com os posts anteriores, ainda mais para aproveitar apoio do nosso amigo Papillon que percebi que trabalha nesse segmento.

    Também já estou nesse dilema de procurar um imóvel para morar. Já vi diversas casas e diversos apartamentos, sendo esse último, bonitos e não sendo atrativos devido o valor do condomínio (o mais barato foi a estimativa de R$ 400,00). Sendo assim, estou com foco apenas em residências (casas térreas ou sobrados/assobradados).

    Então vamos lá a pergunta:
    Fiz diversas pesquisas sobre os imóveis, tanto em lugares considerados "nobres" quanto em lugares considerados "classe média", e acaba sendo óbvio que imóvel em região nobre é muuuuiiiitoooo mais caro que na região de classe média. Porém, os de classe média estão se valorizando espantosamente se levantarmos os valores de alguns anos (± 15 anos), enquanto os considerados nobres não tiveram a mesma ascedencia. Não dá para saber o quanto mais subirão ou se estão próximo de se estagnarem.

    A situação HOJE é que conseguiria comprar um pequeníssimo imóvel na região "classe média alta" ou um imóvel considerado grande na região "classe média/média baixa". Mesmo essa última região não sendo "tão" ruim e não tão segura quanto a primeira, vocês acham que valeriam a pena pelo tamanho do terreno, que pode chegar a duas ou três vezes maior? Ou acaba sendo melhor investir num imóvel pequeno, mas na região muito segura?
     
  2. Mario_Fpolis

    Mario_Fpolis Membro ativo


    Desde 1 Abr 2003
    Lucio,

    Minha opinião, tá? Moro em apê, sonho com casa. Impedimentos - mulher morre de medo da insegurança e terrenos aqui são bastante caros.

    EU compraria uma casa SOMENTE numa região que fosse reconhecidamente segura. Tenho dois conhecidos próximos que fizeram casas maravilhosas, um foi assaltado e o outro furtado, ambos em menos de seis meses, e voltaram a morar em apartamentos.

    Então, segurança é o maior foco, para o meu caso.
     
  3. Fat

    Fat Usuário


    Desde 13 Jun 2003
    São Paulo
    Com esse boom que se deu nos preços nos últimos anos, eu pergunto? É o momento de comprar, pois ainda pode subir mais, ou deve esperar o mercado dar uma desaquecida?
     
  4. Papillon

    Papillon Usuário


    Desde 30 Jun 2004
    Sao Paulo _SP
    Lucio, o pensamento está correto, hoje os bairros médios enobreceram e valorizaram muito, no mais do ponto de vista pessoal tenho o mesmo desejo que o Mario e o mesmo "problema" com a patroa, segurança.

    Por isso aqui em sampa em alguns bairros como a vila prudente estão surgindo pequenos condominios horizontais, vilas com cerca de 10-15 unidades sem grandes aparatos que tornam o condomínio caro mas trazendo a segurança por exemplo de uma portaria 24h ou ao menos a sensação disso. Seria minha escolha.

    Fat, o boom de fato ocorreu, mas justamente por passarmos por um periodo de crises e afirmação os imóveis e o setor em geral esteve deflacionado em relação ao restante da economia, então o boom pode ser entendido (e essa é minha visão) como atualização de valores, ocorrem exageros sim, em especial em bairros de classe média (a exemplo a casa de meus avós é avaliada em 350k, e um apartamento na mesma quadra com 1/3 da área é vendido por 500k), pelo padrão mundial de juros o Brasil ainda tem um juros muito alto para habitação, o ideal seria algo próximo da metade do praticado atualmente, e como o governo auspicia por votos, é possível que ocorram mudanças ainda nesse semestre.

    No entando após isso, independente de quem ganhe as eleições o juros tende a subir, salvo um fator externo surpreendente ou uma crise cujo umbigo seja por aqui, os imóveis devem continuar a valorização visto que a redução da taxa básica de juros favorece o investimento na construção civil.

    Curiosamente estou pensando em voltar a atuar no mercado soho (direto ao cliente final), vou pesar os contras novamente e quem sabe...

    abraços!
     
  5. Calmar

    Calmar Usuário


    Desde 18 Jan 2010
    Portugal
    Aproveitando o tópico, quero fazer uma pergunta:

    Quanto tempo preciso para chegar aí, comprar um imóvel e fazer a escritura?
     
  6. Papillon

    Papillon Usuário


    Desde 30 Jun 2004
    Sao Paulo _SP
    Paulo, tudo depende do imóvel a ser comprado.

    Supondo que seja um imóvel pronto, já com habite-se e sem problemas de documentação menos de uma semana, você inclusive pode nomear um advogado para fazer o acompanhamento de tudo, assim não prolongando sua estadia por algum percalço.

    Para imóveis novos comprados diretamente do construtor, recomendo a contratação de um profissional de arquitetura para "receber" o imóvel para o comprador, assim todos os defeitos construtivos devem ser sanados antes da entrega oficial (em geral as construtoras só recebem o valor das chaves após o recebimento pelo proprietário), evita transtornos, fiz isso em alguns hotéis pelo Brasil e mostrou-se uma economia de fato para as administradoras desses conjuntos.
     
  7. Calmar

    Calmar Usuário


    Desde 18 Jan 2010
    Portugal
    Uma semana? Mas eu ouvi falar que primeiro faz-se o contrato de compra e venda e só muito depois é que se faz a escritura...
     
  8. DaN!

    DaN! Usuário

    8.420 2.262 686

    Desde 7 Fev 2009
    São Paulo/SP
    Veja o exemplo de SP. Eu poderia morar num apartamento pelo menos 2 vezes maior no Morumbi. Pergunta se eu quero...

    Em relação ao dilema casa/apartamento acho que o apartamento tem todos os defeitos do mundo e casa só um - a segurança. Mas esse problema anula todas as suas qualidades. Não consigo me imaginar morando numa casa, deixando meu filho de 1,5 ano com a babá durante o dia ou minha mulher quando chego tarde ou quando vamos viajar, etc.
     
  9. Papillon

    Papillon Usuário


    Desde 30 Jun 2004
    Sao Paulo _SP
    Então, eu citei uma situação "hipotética perfeita"...Meu sogro que faz o caminho inverso (vai daqui para Lisboa com o mesmo fim) tem um bom advogado ai que cuida de tudo para ele.

     
  10. santosca

    santosca Usuário


    Desde 20 Ago 2008
    São Paulo - SP
    Isso vale para a entrega de imóveis comprados na planta? Qual o custo médio de um profissional desses?

    Outra coisa, comprei um imóvel da Goldfarb na planta, que deverá ser entregue em abril/2010. No contrato diz que eu sou responsável por conseguir o financiamento, porém há alguns meses atrás recebi uma correspondência da Goldfarb informando que o imóvel havia sido hipotecado ao Bradesco, sendo que me parece que isso é ilegal. Será que vou ter problemas para fazer o financiamento via CEF?

    Esse é o segundo imóvel que compro na planta, acho que não aprendi com o primeiro.:idiota:
     
  11. Edu Carvalho

    Edu Carvalho Computador, o futuro do Áudio!


    Desde 9 Set 2006
    Holambra- SP
    Luiz, como está o mercado imobiliário hoje? A crise passou e os preços voltaram a subir e estão nos records ou já esteve mais caro? O Uniquenes no preço do começo do ano passado teria sido um grande negócio, especialmente porque tiraram a favela de lá!
     
  12. DaN!

    DaN! Usuário

    8.420 2.262 686

    Desde 7 Fev 2009
    São Paulo/SP
    Vou responder pelo que tenho sentido.

    Comecei a procurar um apto há uns 6 meses. Vi opções, dei um tempo e resolvi retomar. Resultado: os imóveis subiram quase 10%.

    A minha estimativa é que o imóvel tem subido regularmente 15% ao ano há alguns anos em SP.

    O meu eu comprei há 5 anos e hoje vale o dobro.
     
  13. Papillon

    Papillon Usuário


    Desde 30 Jun 2004
    Sao Paulo _SP
    Edu,

    A crise passou, o pessoal ta comprando tudo que ve pela frente, porém...o mercado está totalmente direcionado para unidades menores e em bairros mais afastados, o foco é a primeira casa e não o upgrade (do mercado).

    Quanto a valorização, concordo com o Dandan, está bem assim, a excessão do semestre da crise.
     
  14. Helio.

    Helio. Refinando...


    Desde 2 Nov 2006
    SP/SP/BR
    Estou numa situação semelhante... ;)
     
  15. henriquenogueira

    henriquenogueira Usuário

    3 0 0

    Desde 17 Nov 2010
    Paraná
    Concordo com danban, a volorização de imóveis está a cada dia mais lucrativa para quem investe.
    Eu sugiro sempre a pesquisa. Além de saber como está o mercado para compra, você também tem uma base para venda.
    Se a opção for comprar da planta, a indicação é sempre investir em construtoras confiáveis no mercado, eu sugiro a Tecnisa: http://tecnisa.com.br/busca-sao+paulo.html
    Busque sempre saber o que se está fazendo, ou uma atividade que deveria ter fins lucrativos acaba te trazendo prejuízos.
     
  16. JP!

    JP! Curioso


    Desde 19 Abr 2008
    São Paulo
  17. Edu Carvalho

    Edu Carvalho Computador, o futuro do Áudio!


    Desde 9 Set 2006
    Holambra- SP
    Posso estar errado mas acho MUITO arriscado comprar imóvel hoje (pelo menos em São Paulo, no resto do país não me sinto capacitado a responder) pensando em investimento. Sugiro que tenham cautela ao irem por este caminho.
     
  18. Alex Sound

    Alex Sound Usuário


    Desde 23 Jul 2003
    Londrina - PR
    Está ocorrendo uma bolha imobiliária semelhante a norte-americana, porém de menores dimensões claro.

    Imóveis que valem 50 mil estão sendo financiados por cem mil reais em 30 anos, para pessoas que claramente terão dificuldades em pagar a prestações no futuro.

    Se você conseguir comprar e vender antes da bolha estourar, beleza, senão ...
     
  19. Fat

    Fat Usuário


    Desde 13 Jun 2003
    São Paulo

    E os 100 mil que são financiados em 30 anos com 20% de entrada e taxa de 0,9%/mês saem por 20 mil de entrada + 270 mil de parcelas, ou seja, igual a 290 mil num ap de 50 mil. E lembrando que são bem poucos bancos que usam sistema de parcelas pré-fixadas, ou seja, as parcelas vão crescer para sempre, pois são pós-fixadas e isso não tem nada a ver com sistema de amortização onde usam termos como parcelas fixas para enganar o consumidor e acharem que são parcelas pré-fixadas.
     
  20. F@BIO

    F@BIO Usuário


    Desde 7 Mai 2004
    MG/BRASIL
    Eu também acho que os imóveis estão com um valor bem acima do normal , não sei até quando isto vai , muitos dizem que até 2014 é certo quem acredita ?

    O detalhe é que os preços para construir também estão loucos , já não se negocia preço mais se negocia prazo .
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso