Anúncio do HT Forum

Primeiro Toca Discos / Upgrade - Qual e Como Escolher? - Devo Entrar No Hobby?

Discussão em 'Toca-Discos' iniciada por manepipoca, 4 Mar 2018.

  1. manepipoca

    manepipoca Music Matters

    2.105 4.157 641

    Desde 29 Jan 2009
    SBC
    Olá colegas foristas,

    Decidi criar esse tópico pois desde que estou no HTForum nunca vi tantas mensagens sobre iniciantes perguntando sobre novos toca discos, qual escolher, como escolher, o que precisa, etc. Então nada melhor que um guia, evitando discussões desnecessárias e guiando definitivamente os novatos para o caminho do vinil.

    Colaboro da seguinte maneira:

    1- Por que você quer um toca discos? Essa é a pergunta de 1 milhão de dólares. Muita gente vem e diz que quer ouvir discos sem pretensão. Qual pretensão? Qualidade, periodicidade (escuta muito pouco). Um amigo disse que o som do vinil é melhor que do CD. Eu enxergo o vinil como sendo um hobby pois é algo que precisa de um mínimo de dedicação, só é possível ouvir em casa (um lugar fixo) e como sendo um hobby é preciso pesquisa, conhecimento, aprimoramento. Todas as pessoas que eu conheço que compraram um toca discos para ouvir sem pretensão acabaram encostando o toca discos ou vendendo pois estava com falta de tempo e não tinham paciência. O vinil não tem a praticidade de um CD, aliás, de um Spotify. É todo cuidadoso, não pode tocar no vinil, tem que colocar no plástico, não pode danificar o selo, não pode isso e aquilo. Hoje, com tantas opções para se ouvir música, para ouvir sem pretensão o vinil eu não enxergo como uma delas. Essa é minha opinião: Eu realmente desaconselho a iniciar nesse hobby quem não tem pretensão, só gostaria de ter um toca discos pois o amigo tem um, pois é "legal", vi uma reportagem na TV falando que o som é melhor que CD, que tem uma feira legal no centro que vende vinil, etc. Eu aconselho a iniciar nesse hobby quem gosta de música acima de tudo e por esse motivo tem a pretensão de ouvir de uma maneira que traga prazer na audição, e não desgosto de ouvir um disco chiado, pulando, fritando, com uma capa toda destruída e com cheiro de mofo. (nota-se que em nenhum momento foi dito que é necessário gastar uma nota para ter essa dita qualidade, em breve falaremos disso).

    2 - Primeiro de tudo, utilize a busca. Já existem diversos tópicos a respeito de novos TDs, o que precisa, etc. Até povoar este tópico os antigos ainda estão no histórico, basta usar a busca. É bem simples, basta digitar o que quer saber, por ex. "primeiro toca discos", além dos tópicos irá procurar dentro dos tópicos tornando a pesquisa mais abrangente.

    upload_2018-3-4_22-7-21.png

    3 - Definindo se quer um toca discos novo ou antigo (vintage).
    • Vintage: (Dependendo do modelo) é mais em conta que um toca discos novo de entrada, porém é altamente recomendado verificar a integridade do toca discos, qualquer problema por menor que seja pode tornar-se inviável o conserto, imaginem que esses bons toca discos vintages têm décadas de uso e hoje é difícil encontrar peças de reposição e técnicos capacitados para consertar, então o ideal é comprar um que esteja funcionando. Quando encontrar um modelo, use a ferramenta de busca como citado no tópico 1 com o modelo do toca discos e verifique se alguém já postou algo relacionado a ele, problemas, se vale a pena ou não. Caso não tenha nada a respeito use este tópico para perguntar sobre ele. No futuro outros colegas foristas terão essa informação;
    • Novo: Um modelo de entrada custa em média o dobro de um toca discos vintage, possuem garantia e peças de reposição. Aparelhos semi-novos são uma ótima opção para quem não tem como gastar muito, custam entre um vintage e um novo mas também é necessário saber a procedência, se já foi realizada alguma manutenção, garantia, etc. Fuja de maletas e vitrolas com design retrô, perceba que os melhores toca discos tem design bem minimalista. Quando encontrar um modelo, use a ferramenta de busca como citado no tópico 1 com o modelo do toca discos e verifique se alguém já postou algo relacionado a ele, problemas, se vale a pena ou não. Caso não tenha nada a respeito use este tópico para perguntar sobre ele. No futuro outros colegas foristas terão essa informação;
    • Não fique ofendido se falarem que o toca discos que você achou e está em ótimo estado e o vendedor falou que "toca muito" é uma porcaria, vendedores sempre irão te induzir a comprar o toca discos mesmo que seja ruim. Aprenda a ouvir a opinião dos outros e aprenda com a experiência e erros dos outros colegas.
    • Não desista, bons toca discos vintage não aparecem toda hora, vez ou outra aparece algo imperdível.
    • Sempre procure ouvir o toca discos antes de comprar (tanto vintage quanto novo), pois o som de um modelo pode agradar a um e não agradar tanto a outro.
    • Aprenda a ler, o HTForum tem milhares de bons tópicos, alguns com dezenas de páginas, tire um tempo e leia tudo, sempre tem algo que irá ajudar.
    4 - Pesquise também em outros fóruns, Steve Hoffman, Vinyl Engine, What HiFi, etc.

    5 - Analise suas condições: Ninguém precisa vender a casa para comprar um toca discos, afinal precisará dela para ouvi-lo. Não precisa de um toca discos de R$5000 para se ter uma qualidade na reprodução, um toca discos de entrada (04/03/18) está R$1500,00. Em alguns fornecedores pode-se parcelar novos toca discos, mercado livre também é possível.

    6 - Não existe almoço grátis: Não adianta, um toca discos não é barato. Com raras exceções encontrará algo que valha a pena com menos de R$800,00. Lembre-se, um disco novo custa (no Brasil) entre R$100,00 e R$200,00, um toca discos não irá custar o valor de um disco.

    7 - Sistema: Um toca discos sozinho não faz nada, é necessário um sistema de reprodução de som. Um começo para pesquisa ("feijão com arroz") é o Integrado (que é um pré amplificador e um amplificador juntos em um aparelho só) com Pré de Phono embutido (Pré de phono é o que irá aumentar o som do toca discos e depois ser amplificado para as caixas). Um integrado de entrada está por volta de R$1300,00 (04/03/18), mas também é possível encontrar usados e vintages, da mesma forma que pesquisou o toca discos no tópico 2 também pesquise por "integrado". O mesmo vale para as caixas de com (Alto falantes), para um primeiro sistema caixas do tipo BookShelf (caixas pequenas) são o suficiente. Receivers também podem ser usados, mas o resultado não será o mesmo que um integrado pois receivers tem mais circuitos e funções, portanto gera mais ruídos e para um sistema de toca discos que é sensível isso é ruim.

    8 - Qualidade: Qual a qualidade de um toca discos? É uma boa pergunta. Pode-se comprar um toca disco de $100 e obter qualidade? Depende do que você considera como qualidade. Por experiência própria, ouvi um toca disco de $100 e achei ruim a qualidade, com base por exemplo, em uma reprodução de um CD em um tocador de R$150,00 (metade do valor do toca discos), além disso em um toca discos é preciso comprar bons discos, não adianta comprar um disco baleado no sebo da cidade, todo riscado e engordurado que não terá um som de qualidade. Na minha opinião, investir em um toca discos para ouvir um som pior que de um CD player citado anteriormente, é desperdiçar dinheiro, ninguém gosta de ouvir chiado.

    9 - Discos: Cada dia o mercado de discos fica melhor e pior, explico: Abre-se mais lojas, aparecem mais discos, mas os valores aumentam. Hoje um disco novo fica na faixa de R$100,00 a R$200,00. Um usado, dependendo da raridade do disco custa até mais. Discos mais normais encontra-se por R$50 e discos abundantes por R$30,00. Menos que isso só música clássica e discos sem público. O estado dos discos é outro problema, vemos discos de R$100,00 em estado lamentável, capa danificada, disco com riscos e isso ajuda a valorizar todo um mercado, fora os discos novos da Polysom com áudio sofrível. Neste tópico e neste tópico é falado muito sobre esses assuntos. Um opção é importar, as vezes é taxado as vezes não. Por isso é necessário garimpar muito até encontrar uma boa prensagem, em boas condições e isso demanda tempo e paciência. Além disso o cuidado com o disco é extremo, é preciso lavar, sempre usar plásticos em bom estado, armazenar de forma adequada, manusear de forma adequada (novamente, é um hobby e não algo sem pretensão!)

    10 - Regulagem: Depois de comprado o toca discos é necessário regular, não basta só montar e ouvir de qualquer jeito. Não é um trabalho difícil mas precisa ser feito e bem feito senão a qualidade do sistema será aquém do esperado. Peso sobre a agulha, antiskating, aterramento são algumas coisas que é possível encontrar em outros tópicos, basta utilizar a busca do site.

    11 - Upgrades: Minha dica é, após comprar um sistema, deixe ele amaciar, conheça-o bem, entenda o que é bom e o que é ruim antes de querer fazer um upgrade, as vezes o sistema nem amaciou direito e já quer mudar porque não gostou. Sistemas de som precisam ser tocados e quanto mais toca melhor vai ficando.

    12 - Tópicos recomendados:
    • Regras áureas do analógico: Imprescindível a leitura, várias dicas sobre todos os temas, discos, toca discos, problemas relacionados, ajustes, enfim, regras áureas!
    • Clubes: Os tópicos denominados Clubes de alguma marca/modelo são para discussão de marcas/modelos específicos, muitas das dúvidas também poderão ser sanadas nesses tópicos quando já se tem o aparelho, com certeza nos Clubes existem colegas capacitados em ajudar.
    • Dica de boas compras: As vezes aparecem boas coisas por lá sendo discos ou TDs.
    • Polimento de Discos: ALERTA: Prática de alguns vendedores para maquiar o estado ruim dos discos.
    • Lavagem de Discos: Para quem não sabe os discos precisam ser lavados, com o tempo a poeira, gordura da mão (de mal manuseio) e outras impurezas são depositadas nos sulcos e isso causa o chiado, plic/ploc, fritação e sons que não desejamos ouvir no disco. Dentre alguns métodos de lavagem temos a máquina de lavar do Paulo PHK e a lavadora Ultrassom.
    • Guia do Toca Discos: Boas explicações para saber o que é VTA, VTF, SRA, etc. E muitas outras coisas para conhecer o hobby analógico.
    13 - Ninguém é dono da verdade: Criei esse tópico para ser uma luz para quem está começando, eu mesmo comecei há pouco tempo, mas pesquiso muito, leio muito e converso com bastante gente para formar a minha opinião sobre o assunto e assim poder ajudar as pessoas. Desculpem-me se algo está errado e corrijam se for necessário, e principalmente colaborem com o tópico para agregarmos mais informações.


    OBS: Se for possível fixar esse tópico seria de grande ajuda.


    Boa sorte a todos e boas audições.
     
    Última edição: 4 Abr 2018
    • 34
  2. bomberman

    bomberman Usuário


    Desde 5 Dez 2007
    Campinas-SP
    Só li verdades. Tópico fixo por favor!
     
    • 2
  3. matheuslobo

    matheuslobo Usuário

    6 1 2

    Desde 3 Mar 2018
    Curitiba
    Bom dia!
    Parabéns e obrigado pelo tópico.
    Há um bom tempo tenho lido e pesquisado. Resta apenas uma dúvida para finalizar minha compra, pq tenho visto e recebido opiniões bem destoantes. É o seguinte: ganhei há uns meses o AT-LP 60. Sei que é um TD de entrada, simples, mas pretendo utilizá-lo neste primeiro momento. A questão é, justamente considerando esse TD, se vale a pena comprar um integrado e caixas acústicas ou ligar direto em um monitor de áudio. Alguns dizem que para esse TD não vale o investimento em um integrado, não teria tanta diferença de qualidade; outros dizem que de qqr forma melhor é o integrado. Enfim...
    Concretamente, tenho duas opções no momento: um integrado Gradiente Model 120 (R$ 550) + caixas JBL ARC10 50w (R$ 550); ou monitor novo Edifier R1280T 42w (R$ 750).
    Meu teto agora é R$ 1000, R$ 1200, no máximo.
    Abraço.
     
    • 1
  4. Alantimo

    Alantimo Usuário


    Desde 29 Out 2012
    Redenção, Pará, Brasil
    Questão complicada. Sugiro que teste o seu TD com os equipamentos mencionados.
     
    • 1
  5. manepipoca

    manepipoca Music Matters

    2.105 4.157 641

    Desde 29 Jan 2009
    SBC
    Eu pegaria esse integrado Gradiente pois é um ótimo integrado, só verifica se está tudo funcionando perfeitamente. Sobre as caixas é um pouco mais complicado pois não conheço essas. Se tiver a condição de parcelar eu pegaria uma caixa melhor pois, pra mim, a caixa é um elemento fundamental e sendo de qualidade inferior não importa o que coloque pra tocar vai soar ruim.

    Eu recomendaria essa caixa Klipsch que apesar de pequena preenche bem o som e é bem detalhado, peca um pouco nos graves. Mas a qualidade é muito boa.
    E daria uma boa pesquisada nessa caixa Cambridge, procuraria quem tem ou teve, problemas, etc. É uma caixa que está quase no valor que consegue gastar.

    E aí vai quebrando o galho com seu TD e guardando dinheiro pra pegar um melhor, aí já terá um ótimo integrado e boas caixas, só trocar o TD mesmo.


    boa sorte!
     
    • 1
  6. Jefferson Domiciano

    Jefferson Domiciano Usuário

    796 2.855 928

    Desde 28 Dez 2017
    Fortaleza, Ceará
    • 1
  7. ilemar

    ilemar Usuário

    268 165 48

    Desde 2 Mai 2008
    MG
    Perfeita introdução, tópico muito esclarecedor para os novos colegas que se aventurarem nessa seara. Como sou da época da fita e do disco, quando era adolescente achava que o 3 x 1 era tudo de bom para curtir meus discos comprados com aquela graninha economizada. Depois parti para o digital (como a grande maioria) mas deixei grande parte dos meus discos guardados, não da forma que mereciam mas pelo menos não foram degradados. Quanto voltei para o vinil, tive a sorte de já participar desse fórum, o que me abriu os olhos e ajudou bastante a montar um set que NMHO é bastante aceitável para o meu nível de $$$ qualidade. Tenho um REGA RP1, valvulado Yaqin MC10L, pré Yaqin MS22B e um par de KEF Q300. Realmente tenho prazer de sentar a curtir uma música sem plocs e XXXXXs. Como foi muito bem colocado no post inicial, ouvir vinil não é ouvir chiadeira e nem tem charme naqueles estalos. Mas uma vez que a pessoa queira realmente entrar ou retornar para esse hobby, pelo menos tem de ter a clareza do que a espera, o que é combinado não é caro.
    Sugiro que esse tópico seja indicado por todos que forem ajudar ou tirar dúvidas de novos colegas.
    Abs!
     
    • 3
  8. manepipoca

    manepipoca Music Matters

    2.105 4.157 641

    Desde 29 Jan 2009
    SBC
    Muito bacana seu depoimento, tem um sistema bom em mãos que te dará alegria por muito tempo e não é nada de valores estratosféricos. Espero que esses exemplos possam servir de incentivo pro pessoal novo.
     
    • 1
  9. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.713 11.104 261

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Que massa, Thiago, já tinha pensado e comentei com alguém de criar esse tópico. Estarei sempre por aqui, pode contar comigo pra ajudar.
    Parabéns pela iniciativa.

    Abraço.
     
    • 1
  10. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.713 11.104 261

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    @samira ss@samira ss aqui você vai obter mais ajudas para a escolha do seu TD.

    O que você perguntou, o Toshiba BD 7000, eu não conheco, mas não investiria, palavras de um iniciante também. Por ser antigo, as peças de reposição podem ser difíceis de ser encontradas. Ele não permite troca do headshell aparentemente. Mas se achou interessante, espere alguém que conheça dizer algo a respeito.

    Você não poderia esticar o orçamento pra pegar um novo? O mais simples que é bom custa em torno de 1500 reais. Um Pro-ject? E você não teria dor de cabeça.
     
    • 1
  11. samira ss

    samira ss Usuário


    Desde 15 Fev 2018
    vitoria ES
    Ola. Sou nova aqui. Escuto vinil ha mais de 6 anos num td nao muito bom. Estou qrendo melhorar.


    Tem um ANUNCIO DE um TD toshiba bd7000 por 600. Esta mto lindo com acabamento de madeira.

    Quero saber se é um bom TD. Se vale a pena.

    Preciso de caixas . Estou olhandi umas medias da technics de 50w e 8 de impedancia 890.
    ja tenho um receiver technics sa 424


    Podem opinar? Ou sugerir.

    Gratidao
     
    • 1
  12. samira ss

    samira ss Usuário


    Desde 15 Fev 2018
    vitoria ES

    Ei leo grata pelo retorno....estou muuito inclinada por esse....gopsto do lance vintage e a madeira em volta rs
    Não posso gastar mais agora pois terei q comprar as caixas e tem um td technics usado q comprei num leilao so q esta nos EUA mas ano q vem ele chega pra mim haha

    Vou aguardar opinioes!!!

    PLEASEEEE
     
  13. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.713 11.104 261

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Beleza, vamos ver se alguém que manja te diz que esse é bom. Eu fiquei reticente.
    Pra ser sincero eu também gosto muito do visual retrô, mas como tenho priorizado a qualidade sonora, e os de visual antigo e bons são muito caros, optei por um bom, mesmo sem visual maneiro. Apesar de que eu curto uns mais modernos também.
    Ganhei recentemente um Technics SL2900 que ficarei só porque ele é lindo demais. E é até decente com boa capacidade e agulha pelo que pude aprender.

    Mas antigo com visual antigo e bom e difícil.

    EDITADO: hoje tenho zero preocupação estética, eu quero é qualitá!!!

    Qual technics comprou, se permite a curiosidade?
     
  14. samira ss

    samira ss Usuário


    Desde 15 Fev 2018
    vitoria ES
    Ei leo foi uma
    Technics SL-D202 Drect Drive Turntable
    paguei 80 dolar e mais 20dolar de frete....

    porem pro brasil so ano q vem rsrs

    Desisti da Toshiba.... vou pegar alguma por aqui na minha cidade...uma gradiente talvezz e uma boa agulha.... ja tenho o receiver technis e vou comprar umas caixas da mesma marca....
     
    • 1
  15. manepipoca

    manepipoca Music Matters

    2.105 4.157 641

    Desde 29 Jan 2009
    SBC
    Quanto está disposta a gastar? Dependendo do gradiente, só dará dor de cabeça e falta de peças. Os melhores gradientes são: RPII, DD1 ou DD100Q este último o mais barato dos três. Mesmo esses ótimos modelos da gradiente podem trazer dor de cabeça caso estejam com problema, o ideal é sempre testar o aparelho antes já que esses usados não têm garantia.
     
    • 1
  16. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.713 11.104 261

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Diz seu orçamento pra esse TD provisório que o pessoal vai saber te indicar pelo menos um Gradiente decente.
     
    • 1
  17. samira ss

    samira ss Usuário


    Desde 15 Fev 2018
    vitoria ES


    entao como eu moro em capital aqui nao é tao dificil achar peças.... e o cara q vou comprar ja me entregara revisado e com garantia....ainda nao sei o modelo snif....mas deve ser a mais simples.

    como eu ja tenho uma la nos estates nao to qrendo comprar outra cara por aqui....mas ainda to na procura...ate uns 600 eu pago
     
  18. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.713 11.104 261

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Ah, você escreveu a mesma coisa já. hahaha... Melhor plano.
     
  19. samira ss

    samira ss Usuário


    Desde 15 Fev 2018
    vitoria ES

    o lance é encontrar...e sem o frrte rs
     
  20. * leo brasil *

    * leo brasil * Usuário

    3.713 11.104 261

    Desde 29 Mai 2017
    Rio de Janeiro
    Vou ficar só assistindo agora mas digo que com alguma sorte e paciência dá pra pegar um toca discos decente por 600 reais. Se deu bem.
     
    • 1
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso