Anúncio do HT Forum

Qual seria o tamanho máximo de um cabo RCA sem perda de qualidade?

Discussão em 'Cabos e Conexões de Áudio' iniciada por Progger58, 7 Mai 2018.

  1. Progger58

    Progger58 Usuário


    Desde 7 Mai 2004
    Campina Grande-PB
    Anúncio do HT Forum
    Eu venho pensando em mudar a posição do meu toca-discos para fora da parede frontal, onde ficam as caixas. A ideia seria, por exemplo, colocá-lo numa das paredes laterais.

    Isso se deve ao fato de que eu tenho problemas de coluna, então, como normalmente um rack convencional para equipamentos de som é baixo, a ideia seria colocá-lo num suporte mais alto.

    Antes de partir para essa modificação, entretanto, eu gostaria de saber dos colegas entendidos no assunto se isso seria realmente viável, já que implicaria na utilização de um cabo de interconexão consideravelmente maior que o normal.

    Então a minha pergunta aos experts no assunto é a seguinte: qual seria o tamanho máximo que se poderia utilizar em um cabo RCA sem comprometer a qualidade da conexão?
     
    Anúncio do HT Forum
  2. *Toledo*

    *Toledo* Usuário


    Desde 31 Mai 2006
    Paulínia - SP
    RCAs com boa blindagem vem sido usados por mais de 10 metros ao longo dos anos.. . Você precisa mais que isso?
     
    • 1
  3. carlos_camardella

    carlos_camardella Usuário

    3.752 1.679 991

    Desde 29 Dez 2004
    Rio de Janeiro
    Demétrio,

    Qual a cápsula que você está usando ? MM ou MC ? Qual o pré de phono (ou melhor, qual a capacitância de entrada) ? Qual seria o tamanho do cabo novo ?

    A capacitância maior do cabo mais longo pode interferir diretamente no que você vai ouvir de seu toca-discos, a depender das respostas acima.

    Um cabo RCA bom pra K7 geralmente tem capacitância em torno de 50-80pF/metro e raramente se conseguirá algo menor do que isso em cabos blindados. Capacitâncias menores normalmente implicam em cabos não-blindados, o que não é nada legal para phono.

    Em geral, o ideal é que a capacitância total do seu cabo não passe muito de 100pF porque essa capacitância, somada com os cerca de 25pF de capacitância dos cabos do braço e em paralelo com o valor comumente usado de 100pF das entradas phono (dos prés de phono e receivers), lhe darão cerca de 200pF totais, que é o valor comumente "esperado" para ser "visto" pela maioria das cápsulas tipo MM, pois resulta numa impedância correta quando da combinação dos cerca de 400-500 mH de indutância das bobinas das cápsulas e mais a impedância resistiva de entrada do pré de phono/receiver (da ordem de 47 kohm).

    Como exemplo, a Shure V15VxMR (minha cápsula):

    Output Voltage (typical): 3 mV RMS at 1 kHz at 5 cm/sec peak velocity
    Recommended Load: 47 kΩ in parallel with 250 pF
    Resistance (typical): 1000 Ω dc
    Inductance (typical): 425 mH at 1 kHz

    Cápsulas MC são bem menos problemáticas nesse quesito e se pode avançar um pouco mais na capacitância total do cabo.

    Uma capacitância alta do cabo com cápsulas MM poderá lhe levar a perder resposta nos agudos e/ou tornar o som ou muito ácido ou muito "doce" a depender do comportamento da cápsula e isso é calculável e tem relação direta com o comprimento do cabo.

    Um abraço !
    C.A.



    Edit: Vi agora que sua cápsula é MM, Clearaudio Virtuoso. Então você pode ter sim problemas com cabos RCA longos !

    Dados do fabricante: Coil inductivity: 420mH. Load resistance 47k ohms. Load capacitance: 100pF.

    Em resumo: essa cápsula espera que os cabinhos do braço + o cabo RCA em paralelo com a capacitância de entrada do pré de phono resulte numa capacitância total máxima de 100pF. Valor bem restritivo e, sinceramente, pode ser que o cabo que você usa hoje já não esteja adequado.

    Veja por favor qual é a capacitância de entrada do seu pré de phono (100, 150, 200 pF) e sua impedância (33kohm, 47kohm) que eu te digo qual a máxima capacitância do cabo RCA em relação à sua cápsula. Calculando:

    Fr = 1/ 2*pi x raiz quadrada de (L x C)


    Fr = Frequência de Ressonância, pi = 3,1416 , L = 420mH , C = 100pF (e se considerarmos 100pF do cabo RCA teremos 200pF)

    Fr = 1 / 2 * (3,1416) x raiz quadrada de (0.42 x 0.0000000002) = 18,95kHz

    Nessa frequência de ~19kHz o sinal da sua cápsula já está perceptivelmente atenuado (ponto de -3dB) para quem consegue ouvir acima de 16kHz (e mensuravelmente também). Esso é o valor que dá para um cabo RCA razoável de 1m (cerca de 100pF), tem bem piores, inclusive cabos muito caros. Não vou nem calcular para um cabo RCA de 10 metros...
     
    Última edição: 23 Mai 2018
    • 3
  4. Progger58

    Progger58 Usuário


    Desde 7 Mai 2004
    Campina Grande-PB
    @carlos_camardella@carlos_camardella , de fato a minha cápsula atual é uma Clearaudio Virtuoso.

    O meu pré de phono atual é um VTR A2A, valvulado, de fabricação nacional. Acho fantástico esse pré, mas ele não é compatível com cápsulas MC, por isso que a minha cápsula tem que ser realmente uma MM. Eu sei que eu poderia usar uma MC utilizando um step-up, mas a ideia de mais esse ele no sistema não me agrada.

    Não sei informar quais são as especificações desse pré para responder às suas indagações.

    De qualquer modo, diante desses potenciais problemas relativos à utilização de um cabo grande, eu acabei desistindo da ideia de mudar a posição do set analógico, de forma que vou mantê-lo mesmo no rack principal da sala, utilizando cabos de no máximo 1 metro de comprimento. (y)
     
  5. Pamuju

    Pamuju Paulo


    Desde 3 Abr 2005
    Rio Grande / RS / Brasil
    Já eu venho pensando em trazer o Oppo 203 para perto do projetor para reduzir o tamanho do cabo HDMI que se saber ser problemático em um futuro 4K ...
    Isso seria o mais simples já que mandar o áudio multicanal para o receiver com um cabo HDMI comprido seria menos prejudicial e aproveitaria os que já estão instalados ...

    Só que como gosto de usar o áudio stereo do Oppo em Tidal e CDs, além de arquivos Flac, ai o cabo RCA teria que ter 10 m.
    Seria tão complicado quanto é para o TD ?

    A outra solução é trazer tudo, receiver e cia, para perto do projetor e aumentar o tamanho dos cabos das caixas mas implicará em despesas em armários suspensos além é claro dos cabos de caixa ...
     
  6. maukashmir

    maukashmir Usuário


    Desde 1 Set 2005
    GOIAIS
    Se seu pré de o phono tivesse saída XLR
    Facilitaria...
     
    • 1
  7. Progger58

    Progger58 Usuário


    Desde 7 Mai 2004
    Campina Grande-PB
    É verdade.
    Mas infelizmente não tem.
     
  8. carlos_camardella

    carlos_camardella Usuário

    3.752 1.679 991

    Desde 29 Dez 2004
    Rio de Janeiro
    Beleza :)

    Mas, só por desencargo de consciência, tenta arrumar emprestado um cabo RCA de baixa capacitância para testar, geralmente os cabos digitais (S/PDIF) são os melhores nesse aspecto. Tem cabos digitais coaxiais de fabricantes conhecidos, de entrada mesmo, que giram em torno de 60pF/metro. Um cabo desses dá pra usar com quase 2m.
     
    • 1
    • 1
  9. carlos_camardella

    carlos_camardella Usuário

    3.752 1.679 991

    Desde 29 Dez 2004
    Rio de Janeiro
    Bem, não passaria nem perto das dificuldades que se tem com cápsulas de TD, mas o tamanho máximo do cabo depende da sua capacitância por metro, do nível de sinal de saída do Oppo e da relação entre a impedância de saída do Oppo e a de entrada do Receiver. Em geral, cabos RCA de baixa impedância raramente causam problemas com distâncias de 10m em ambientes domésticos, mas é bom ter esses dados em mãos para que eu possa calcular para você.
     
    • 1
  10. carlos_camardella

    carlos_camardella Usuário

    3.752 1.679 991

    Desde 29 Dez 2004
    Rio de Janeiro
    Em não tendo esses dados, podemos usar o caso geral como "chute".

    Oppo: impedância de saída entre 120ohm e 1kohm
    Receiver: impedância de entrada de 12kohm a 47kohm.

    O pior caso seria a impedância de saída de 1kohm no Oppo e a de entrada de 12kohm no receiver e o melhor caso seria 120ohm x 47kohm.

    Calculando para o pior caso:

    RI=12000 RO=1000 RI//RO=923 cabo: 100pF/metro (10m = 1000pF)

    Fr = 1/ 2*pi x raiz quadrada de (RI // RO x C) = 1 / 2 * 3.1416 * raiz quadrada de (923 x 0.000000001) = 165,66kHz

    Para um cabo de baixa capacitância, mesmo no pior caso, esse cabo com 10m tem o seu ponto de -3dB bem longe do limite de sua audição (mais de 160kHz).

    Uma consideração: para que no limite de sua audição enquanto um jovem mancebo (20kHz) você não possa perceber atenuação razoável nos agudos em qualquer sistema de áudio, o ponto de -3dB da sua resposta linear em frequência deveria estar no mínimo a uma oitava acima dos 20kHz, ou seja, de 40kHz para cima, sendo que se considera o dobro disso como a limitante ideal. Portanto, qualquer sistema de áudio onde ponto de -3dB esteja em torno de 80kHz terá um roll-off (atenuação progressiva) totalmente inaudível para frequências abaixo de 20kHz devido a atenuações, mas pela eletrônica em si e suas distorções, é sempre desejável um sistema que a eletrônica responda muito acima disso, mas não é válido para caixas acústicas e efeitos dos cabos.

    Um ponto de -3dB em 40kHz devido aos efeitos capacitivos de um cabo RCA é aceitável, portanto, se você considerar que apenas tweeters tipo ribbon, planares ou assemelhados conseguem responder acima de 30kHz de forma decente e que as pessoas com mais de 40 anos raramente ouvem acima de 16kHz.

    Logo, mesmo no pior caso considerado, se você escolher um cabo RCA decente (muito boa blindagem e baixa capacitância, até 100pF/metro) poderá usá-lo sem problemas de atenuação entre o Oppo e o Receiver/pré/integrado. O risco é o cabo atuar como antena (pelo comprimento de 10m) e captar interferências.

    É bom frisar que o cabo ficando muito capacitivo, mesmo não causando um roll off perceptível, poderá desestabilizar o estágio de saída do Oppo.

    Logo, escolha um cabo com a menor capacitância por metro possível. Um cabo de 200pF por metro poderá gerar um roll-off em 80kHz (inaudível) mas a capacitância vista pelo Oppo poderá ser destrutivamente alta (2000pF) para os seus amplificadores operacionais (gera oscilação).

    Alguns amp-ops comumente usados para áudio são limitados a 1000pF mas outros podem ir a 10000pF ou mais de carga capacitiva na saída. Eu não sei quais são os op-amps usados no estágio analógico desse modelo da Oppo (203).
     
    Última edição: 24 Mai 2018
    • 1
  11. Pamuju

    Pamuju Paulo


    Desde 3 Abr 2005
    Rio Grande / RS / Brasil
    Bem ...
    Valeu pela análise e orientação Carlos ...

    Eu passo longe de ser um jovem mancebo então quase certamente não vou perceber perda ...:p
    Sessenta e cinco anos ...:D
    Eu já fico preocupado em perceber e/ou antever alguns problemas da velhice e um dos que mais me entristece é vir a perder percepção sonora ou visual para continuar apreciando devidamente esse nosso hobby ...

    Seu comentário avivou isso ...:lol:
     
  12. Pamuju

    Pamuju Paulo


    Desde 3 Abr 2005
    Rio Grande / RS / Brasil
    Eu tenho um cabo vídeo componente importado de excelente blindagem largado por ai ...

    Ele tem 15 metros ...
    Mas eu poderia podá-lo e colocar plugs de qualidade superior descartando uma ponta ...

    Me consta que o cabo RCA normal tem resistência de 50 Ohms e o componente 75 Ohms ...
    Não estou tentando economizar apenas lembrei dele pois em pesquisas iniciais não me pareceu muito fácil achar um bom cabo RCA de 10 metros ...

    Seria viável ou aumentaria a perda ?
     
    Última edição: 26 Mai 2018
  13. carlos_camardella

    carlos_camardella Usuário

    3.752 1.679 991

    Desde 29 Dez 2004
    Rio de Janeiro
    Esses valores de 50 e 75 ohms são da impedância característica do cabo (função de R-resistência, L-indutância e C-capacitância), não só da resistência (R). A impedância, nesse caso, pouco importa. Mas, geralmente, os cabos coaxiais de 75 ohm (digitais e de vídeo analógico) têm menor capacitância do que os coaxiais de 50 ohm de áudio e raramente passam de 100pF/metro até porque ficaria muito difícil ajustar a geometria para dar os 75ohm característicos com capacitância acima de 100pF/metro, enquanto tem cabo audiófilo para analógico com muito mais de 200pF / metro (os não-coaxiais). Então, eu arriscaria a dizer que sim, não deve dar galho usar esses de video-componente a não ser que a saída do Oppo seja tão baixa que a resistência pouco maior do cabo 75 ohms atenue muito o sinal.

    Hoje estou com 48 anos, já estou descendo a ladeira também. Faz uns anos eu realizei um exame de audiometria de HF, que testa até 16kHz e eu tinha ouvidos de um jovem de 16 anos, segundo a médica (aliás, uma gata...), passava dos 16kHz e não dava nem pro audiômetro medir.

    Mas, atualmente, sei não, viu... Os olhos certamente pioraram :confuso:

    Grande abraço !
     
    Última edição: 26 Mai 2018
    • 1
  14. Se colocar o pré de phono próximo ao TD não resolveria o problema?
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso