Anúncio do HT Forum

Que ar-condicionado comprar?

Discussão em 'Ar Condicionado' iniciada por Tuareg, 23 Jul 2008.

  1. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Eu vou medir o consumo ainda, mas tenho que dizer que é estranhíssimo que um apartamento consuma meros 153 kw de ar condicionado e os outros 500 sejam apenas dos equipamentos citados. Por exemplo, a geladeira 1 diz na etiqueta 71 kw e a geladeira 2 diz 46. Pra onde foram os outros 330?
     
    • 1
  2. Cotuba

    Cotuba Usuário

    4.206 2.541 771

    Desde 8 Mar 2008
    São Paulo
    Tem chuveiro elétrico ou é aquecimento central?
     
  3. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Chuveiro elétrico em que o consumo diário não chega a 10 minutos não deve dar nem 50 kw por mês.

    A respeito do teste do ar eu vou medir usando 16 e depois 23 graus, por 8 horas cada. Antes de ir dormir vou ver o que diz o relógio de energia, e quando der essas 8 horas eu anoto de novo.

    Outro ponto que vou pedir ao eletricista pra checar é se existe alguma fuga de energia. E vou ver a questão do aterramento.
     
  4. Cotuba

    Cotuba Usuário

    4.206 2.541 771

    Desde 8 Mar 2008
    São Paulo
    Acho que só mesmo você testando e isolando os aparelhos consumidores de energia para descobrir o motivo de consumo tão alto.
    Espero que você descubra.(y)
     
  5. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Bom, já fiz o primeiro teste. A temperatura ambiente estava em torno dos 25 graus (ou um pouco mais). Coloquei nos 16 graus nesse split normal da Samsung, de 9000 BTUs (meu quarto tem 10.6 metros quadrados se não me engano) e em COOL/GELAR como vinha fazendo.

    A medição que vou falar a seguir começa de 00:10 / meia-noite e dez minutos (momento que o ar é ligado) e termina de 08:08, então o ar ficou realmente ativo por 8 horas (e não mais que isso). Antes de ligar o ar é claro que verifiquei o medidor de energia, pra anotar o número. Após acordar de 8h fui ao medidor de novo e anotei o novo valor, e somente após isso desliguei.

    Isso significa que esse consumo não é apenas do ar, mas por ex. do ar + as 2 geladeiras que falei (que consomem por mês 70 + 40 kw/h respectivamente) e de demais aparelhos tipo TVs, ventiladores, decoders e lâmpadas, que estivessem sendo usados no momento.

    https://bit.ly/32sidf7

    Como dá pra ver nesse link o relógio marcava 4754 em 00:06, e 4763 hoje de 08:08. Então foram 9 kW/h a mais no intervalo de 8 horas, ou 1.1 kW a cada hora.

    Isso indica que em 1/3 do dia se consome quase 300 kW (daria uns 270). Como o ar não vinha ficando 8h cravadas e sim umas 9 ou talvez até 10, então 50% da conta muito provavelmente se concentram nesse período em que ligo o ar pra ir dormir e acordo de manhã (umas 8, 9h). Isso porque sempre está vindo aqui no mínimo 600 kW todo mês, e na faixa de R$ 600. Estou vendo que em outros meses deu até mesmo 700 ou mais kW.

    ********
    Os próximos testes que vou fazer é na temperatura de 23 e depois em 26 graus. E se der uma noite sem ligar o ar, apenas o ventilador.
    ********

    Interessante é que nesse vídeo abaixo (estrangeiro):



    Uma pessoa usou um equipamento pra medir 1 hora de uso de um LG Inverter (modelo BS-Q186C4A4, de 17 mil BTUs) em 18 graus (no máximo), e o resultado segundo ele foi de 1.720 kw/h.

    Ele mediu depois disso em 23 e 26 graus, mas os comentários dizem que os testes são inválidos pois o ar-condicionado parece que gasta mais na primeira hora, reduzindo gradativamente depois. Também dizem que não valem pois o quarto já havia reduzido a temperatura. E que ele deveria ao menos ter testado em dias diferentes.

    Eu ia até comentar em cima desse vídeo que em 23 graus ficou em 1.379 kW e 26 graus o gasto caiu pra 0.221 kW em 1 hora, o que indicaria uma redução de UNS 20% de 18 pra 23 graus e de 87% de 18 pra 26 graus, mas como disseram aí não foram precisos.
     
  6. DNRT

    DNRT Usuário


    Desde 9 Mar 2012
    Em algum lugar do RJ
    É o que aponta o manual do seu ar condicionado. Se o consumo é muito superior a isso, tem alguma coisa errada com o ar condicionado ou com a informação do manual.

    Quanto ao resto da casa, seria bom você dá uma verificada melhor. Existem aparelhos que você instala e ele mede o consumo por aparelho.

    Veja esse post:

    https://www.htforum.com/forum/threads/controle-consumo-energia.316961/#post-8651702

    O tópico é curto (duas páginas) mas é bem interessante. É mencionado o aparelho que citei acima.
     
  7. dedraks

    dedraks Usuário


    Desde 27 Ago 2007
    Belo Horizonte/MG
    Acho que você está confundindo os conceitos aí.
    Quem desliga o compressor e liga novamente são os antigos aparelhos On/off.
    Os inverters ajustam a potência do compressor de acordo com a necessidade atual mas não desligam.

    https://www.frigelar.com.br/convencional-x-inverter?uam=true&mobile=4
     
    • 1
  8. DNRT

    DNRT Usuário


    Desde 9 Mar 2012
    Em algum lugar do RJ
    Obrigado, @dedraks@dedraks. Me confundi mesmo. Ele não desliga, apenas ajusta a potência. Vou editar/corrigir o post.
     
    • 1
  9. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Já fiz mais testes e seguem números interessantes:

    - Modelo é um split normal da Samsung, de 9000 BTUs. E de fato meu quarto tem 10.64 metros quadrados. Além disso só eu fico no meu quarto, e de equipamentos dentro dele há apenas um PC, mas vive desligado (apenas o ventilador em cima de um banquinho é que eu ligo).

    Temperatura ambiente é a de Recife/PE e nesse dia #1 ficou em torno de 25 graus. No dia #2 em 23 graus.

    - Links a respeito do porquê não se deve usar a temperatura do ar abaixo de 22-24 graus:

    https://www.dufrio.com.br/blog/ar-condicionado/comercial/temperatura-ideal-ar-condicionado/

    https://www.webarcondicionado.com.b...mizar-o-consumo-de-energia-do-ar-condicionado

    https://gauchazh.clicrbs.com.br/eco...as-mais-baixas-cjesxbgs201mf01r4qm8b2yeg.html


    Vídeo:




    Novas telas:

    https://bit.ly/2xPhDtH

    **********

    Como falei, no dia #1 (uso do ar como sempre vinha fazendo, em 16 graus) antes de ligar estava marcando 4754 no medidor. De 00:10 liguei o ar, e 08:08 desliguei, logo 8h de uso. Nesse momento de desligar estava marcando 4763, então 9 kW/h de uso do AR-CONDICIONADO e de outros equipamentos concorrentes. Então não foi 9 kw/h só do ar, foi dele + TV(s) + ventilador + lâmpadas... mas o que eu queria saber é justamente nesse intervalo entre quando vou dormir e quando acordo quanto gastaria.

    Durante esse primeiro dia eu anotei horários e o quanto o medidor mudou.

    - De 15:15 o medidor marcava 4766. Acréscimo de 3 kW/h desde 8 da manhã. 9 + 3 = 12. Até aqui 12 kW/h por dia.

    - De 19:25 o medidor marcava 4768. Acréscimo de mais 2 kW/h desde 8 da manhã. 9 + 3 + 2 = 14. Até aqui 14 kW/h por dia.

    - De meia-noite o medidor marcava 4772. Acréscimo de mais 4 kW/h desde 8 da manhã. 9 + 3 + 2 + 4 = 18.


    CONCLUSÃO de um dia típico em que se usa o ar a 16 graus: 18 kW/h por dia.

    18 multiplicado por 30 = 540 kw/h. Um valor condizente com o que a conta de luz vem vindo, pois eu não vinha usando 8 horas cravadas no ar, e nesse dia de teste não usei o PC, mas tinha dia em que esse último ficava ligado o dia todo.

    - IMPACTO DO USO DO AR

    Notem ao mesmo tempo que enquanto em 1/3 do dia (de meia-noite a 8 da manhã) se gastou 9 kW, igualmente se consumiu 9 kW em 2/3, ou seja, de 8h até a 0h do dia seguinte.

    Então 50% do gasto nesse dia foi justamente nas 8 horas que usei o ar.

    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
    SEGUNDO DIA DE TESTE

    USO EM 23 GRAUS (gelar)
    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    Ao menos no meu modelo e na condição atual que se encontra (bem aquém do que era nos primeiros anos e antes de manutenção que teve de passar) eu cheguei a sentir calor/desconforto, pois estava acostumado a dormir em 16 e ainda por cima chegava a cometer o erro de direcionar o ar direto pra mim, pra gelar mais ainda.

    A temperatura externa estava em torno disso (23) e apesar dele NÃO GELAR MEU QUARTO (nem de longe parecido com 16) dá pra dizer que a temperatura fica amena. A impressão que passa (e disso eu tenho 98% de certeza) é que um ar-condicionado novo nesses mesmos 23 graus ficaria perfeito pra eu dormir.

    ----------> Antes de ligar: 4772 no medidor, de 00:00.
    ----------> Após acordar: 4777.

    O consumo foi de 5 kW/h.

    De 9 pra 5 são 44.4% menos de consumo.

    Então por mês ao invés de 270 kW o consumo só do período do ar ficaria em 150 kW.

    Se os números anteriores se mantiverem então são 5 + 9 = 14 por dia, ou 420 kW por mês, e não mais na casa dos 600 ou 700.

    >>>>>>>>

    CONCLUSÃO (sem levar outros fatores em conta, apenas esses testes): usar em 23 graus ao invés de 16 reduzirá essa minha conta de luz em 22%.

    A PERGUNTA QUE FICA É:

    >>>>>>> SE ESSE MEU AR FOSSE UM INVERTER O CONSUMO DE MEIA-NOITE ATÉ AS 8H SERIA DE 3 ou 4 kW?

    Porque se fosse de 4 kW então isso significaria em tese que um Inverter tipo o Dual da LG economiza APENAS 20% com relação a um convencional.

    Já se caisse pra 3 a economia seria de 40%.

    Eu encontrei um relato que indica uma economia em torno de 33 %.

    O rapaz diz que houve uma queda de 392 pra 261 kW.


    *********
    Eu usava um Consul 12btus e troquei por esse LG Dual inverter de 9mil BTUS, até o momento estou gostando 100% do produto, a unica critica é com relação a luz do controle que você bem citou. Hoje completa aproximadamente 1 mês de utilização e meu consumo kWh diminuiu se comparado ao mês de dezembro. Dezembro 392kWh - Janeiro 261kWh . O valor da conta diminuiu, mas a principio eu atribuo principalmente a mudança da BANDEIRA TARIFÁRIA/Verde.
    Uma observação importante é que a instalação do Inverter não é igual ao do outros. O inverter requer mais metros de cano instalado. TALVEZ esse possa ser um dos motivos para insatisfação de alguns usuários que não tiveram seus aparelhos instalados da forma correta.
    **********
    COMENTÁRIO 2: (continuação) hoje dia 23/02 chegou a conta de energia com bandeira tarifa verde.
    Fevereiro: 293 kWh valor: R$ 192,20 - Valor final (imposto e ilum. publica) R$ 285,44


    Observação: janeiro o consumo ficou com 261 kWH, acontece que durante fevereiro eu liguei outro ar durante algumas horas 2-3 horas por dia, sendo assim, o consumo de energia aumento poucos kWh. O LG está sendo utilizado regularmente de seg a seg das 21h as 6 da manha.

    Opinião: COMPENSA MUITO! é meu primeiro aparelho inverter, pode custar pouco mais caro, mas quando você percebe que sua conta diminui e o valor estabiliza é uma satisfação imensa!
    ***********

    Se a redução for se 30% então esse consumo cairia de 5 pra 3.5 kW por dia.

    E 1.5 kW multiplicado por 30 significaria 45 kW a menos por mês. A minha conta ficaria em 375 kW, pois seria 3.5 + 9 diários x 30.

    Porém tenho lido relatos conflitantes dizendo que com inverter ocorreu o contrário, e a conta deu uma subida. Não sei por qual motivo e como não informaram as condições em que foi usado então não adianta esse tipo de relato.

    Igualmente não adianta muito esse comentário da Consul porque ele não informa qual a temperatura que vem sendo usada.

    Pois como eu disse se utilizar na menor (pra deixar o quarto um gelo) o consumo será maior.

    Também tem o probleminha da temperatura externa influenciar no trabalho que o AR terá de fazer. Atualmente a temperatura aqui baixou, pois está querendo chover, então está em 23, 25 graus, mas é normal aqui chegar a 30 ou quase isso.
     
  10. ethomaz

    ethomaz Usuário

    60 18 11

    Desde 20 Jul 2009
    São Paulo
    Estou a procura de um Inverter 12k BTUs para meu quarto.
    Quais vocês recomendariam entre os seguintes?

    - LG Dual Inverter
    - Panasonic Econavi Inverter (tem sensor de presença que achei interessante)
    - Daikin Advance Plus (meio salgado né)

    Desde já agradeço.
     
  11. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Só agora medi sem o ar ligado.

    Não sei se encontrei uma inconsistência, mas enfim...

    Primeiro vale frisar que o consumo de 8 da manhã até meia-noite no segundo dia seguido ficou próximo de 9 kW. Dessa vez deu 8, pois:

    - 8 da manhã o relógio marcava 4777
    - 15:35 o relógio marcava 4780 (+3 kW)
    - 19:35 o relógio marcava 4782 (+2 kW)

    - 00:00 o relógio marca 4785 (+3 kW)

    Conclusão é que de 8h a meia-noite o consumo oscila entre 8-9 kW. O que dá 270 kW por mês. Para 2/3 do dia.

    Resta saber como fica 1/3 do dia, de meia-noite às 8h.

    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    Seguinte: dessa vez eu desliguei TOTALMENTE o meu ar. Liguei um ventilador que fica num banquinho.

    Fotos:
    https://bit.ly/2YZ7GpI

    De meia-noite às 8h ele correu 4 kW. 4785 pra 4789.

    No dia anterior eu havia deixado o ar (split normal de 9000 BTUs) em 23 graus. E havia marcado 5 kW pra essas mesmas 8 horas.

    Anteontem deixei em 16 graus e marcou 9 kW.

    >>>>>>>>>>> Isso quer dizer que esse ar consumiu apenas 1 kW em 8 horas ligado, porque coloquei em 23 graus e a temperatura externa estava em torno disso...

    <<<<<<<<<<<< E consumiu em torno de 5 kW (5 vezes mais) por eu ter colocado em 16 graus?

    Mas peraí, como é que ele pode consumir mais ou menos 30 kW em 1 mês (a 23 graus)...

    E 150 kW em 16 graus?

    Ainda que fosse 2 kW pra temperatura de 23 isso daria apenas 60 kW por mês.

    E o resto ficaria: 9 + 3 = 12 kW diários vezes 30 = 360 kW. Total de ar + resto = estimativa de 420 kW por mês.

    Sendo só 1 kW do ar então ficaria em 420 menos 30 = 390 kW. Bem longe dos 600-700 kW atuais.

    O "resto" aqui (como eu expliquei) se trata de:

    - 1 geladeira que consome 46 kW/mês
    - + 1 geladeira que consome 71 kW/mês
    - 1 bebedouro da Esmaltec
    - 2 ou 3 ventiladores estilo esse da foto
    - PC (que às vezes eu uso, mas não o dia inteiro)
    - 1 TV que já vi gastar 155W (40 polegadas) e mais uma menor que às vezes é ligada
    - 1 ou 2 vezes na semana máquina de lavar
    - 1 Micro-ondas
    - 1 fritadeira elétrica
    - Umas 4 lâmpadas de LED (mas cada uma tem uns 9W. A minha tem 11W e fica ligada pelo menos 8h/dia)
    - Uns 3 decoders que ficam ligados

    Eu sou da opinião que a medição entre 8h e meia-noite não está errada, mas entre 0h e 8h não estou entendendo como pode haver uma diferença de 5 VEZES entre o consumo de 16 e 23 graus.

    Se for 1 kW pro ar em 23 é como se gastasse 0.12 kW por hora, já em 16 graus (consumo de 5 kW por 8 horas de uso) é como se gastasse 0.62 kW.
     
    Última edição: 17 Jul 2019
  12. n_ways

    n_ways Usuário

    247 178 44

    Desde 1 Ago 2007
    Brasília, DF
    Vamos lá: Quem determina a "carga" com que o condicionador vai lidar é a diferença entre a temperatura base do ambiente e a temperatura que você seta no condicionador. Se a temperatura base do ambiente é 23º e você ajusta o ar para 23º, ele vai trabalhar muito pouco. O compressor fica parado enquanto a temperatura estiver por volta desse valor, e quando a carga térmica gerada pelas pessoas e dispositivos no ambiente fizer a temperatura subir (se os ambientes estiverem com temperaturas próximas, entra pouco calor de fora), o compressor "entra" para trazer de volta para o ajustado, e então desliga de novo. E quem consome pesado é o compressor, o ventilador da evaporadora consome bem pouco. Mas quando você ajusta para 16º e a temperatura base é de 23º, o ar vai ligar o compressor e ele vai trabalhar até tirar os 7º de diferença entre o ambiente e o ajustado, e só aí o compressor vai parar. Mas aí acontece outra coisa: Como o seu quarto vai estar bem mais frio que o ambiente externo, e isso vai fazer com que mais calor de fora queira entrar em seu quarto (todo o sistema quer sempre ficar em equilíbrio, coisas da termodinâmica), e então rapidinho a temperatura vai começar a subir de novo. O termostato percebe isso e liga o compressor de novo, dessa vez por menos tempo (a temperatura do quarto não vai subir para 23º, mas até uns 17 ou 18 até ligar o compressor de novo), e depois que ele voltar a temperatura ao padrão ajustado o compressor para de novo.
    Então digamos assim: das 8 horas em que o ar fica ligado, se você ajustar em 23º e o ambiente estiver em 23º, digamos que o compressor vai funcionar por um total de meia hora, e vai partir umas 3 ou 4 vezes por hora. Mas se você ajustar para 16º, nas 8 horas o compressor irá funcionar por um total de umas 6 ou 7 horas, sendo que logo que for ligado o compressor funcionará por algo como uma hora ou mais seguidamente, e depois irá partir até 8 vezes por hora (tudo é estimado).
    Num condicionador de 9.000BTU cujo consumo seja de 800W (0,8Kwh), o ventilador da evaporadora consome em torno de 40W na velocidade máxima, ficando então 760W para o conjunto da condensadora (compressor + ventilador), então já começa a ficar clara a diferença de consumo entre o compressor operando ou não. Mas para completar, cada vez que o compressor parte ele gera um pico de consumo de 3 ou 4 vezes seu consumo nominal, e quanto mais vezes o compressor "ciclar" em uma hora mais esses picos vão interferir em sua conta. Complicado?
     
  13. InicianteX

    InicianteX Usuário


    Desde 13 Out 2008
    Brasília
    E aí é nesse start/stop do compressor que há a diferença para um inverter, gerando economia, já que ele não para o compressor, apenas diminui a carga.
     
  14. ethomaz

    ethomaz Usuário

    60 18 11

    Desde 20 Jul 2009
    São Paulo
    Mas isso não quer dizer que em teoria o caso que o amigo citou com o ar trabalhando pouco (fora 23C e o ar setado a 23C) o ar convencional irá gastar menos que o inverter?

    Por exemplo se o compressor apenas ter que ligar/desligar uma vez a cada hora isso quer dizer que um Inverter ligado todo o tempo em baixa carga gastaria mais.

    Claro quando a diferença de temperatura é maior entre interno e externo e o compressor tem que ligar diversas vezes por hora o Inverter vai consumir menos.
     
  15. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Tem algum aparelho que seja indicado pra medir a temperatura ambiente? Digo, indo lá fora na garagem ou mesmo dentro do quarto com o ar ligado, é possível ter uma temperatura precisa com algum termômetro?

    Imagino que como role uma oscilação a temperatura do quarto nunca seja constante, tem essa parada de variar em alguns graus pra mais ou menos, então se eu mandar o ar pra 23 graus (supondo que esteja 26 lá fora) ele não deve ficar em 23 cravados e mesmo se ficar não deve permanecer a maior parte do tempo. Se for assim que funcionam todos (inclusive inverter) seria uma pena porque eu poderia usar um termômetro desses pra avaliar a capacidade do ar (que como eu disse hoje está aquém do que um dia foi) de refrigerar adequadamente o quarto. Pra não ficar muito subjetivo, até porque tem pessoas mais e menos calorentas.

    Eu não digo a temperatura do ar que sai da evaporadora, eu digo a temperatura dentro do quarto/ambiente mesmo (que no meu caso além de ter 10.6 metros quadrados ainda tem apenas 1 pessoa e não tem eletrônico ligado, salvo meu PC, mas isso nunca junto do ar, pois só ligo esse último quando vou dormir).

    Então, se esse tipo de termômetro medisse quantos graus está lá fora daria pra ter uma ideia melhor desse tipo de teste que fiz, pois imagino que não dê pra confiar em aplicativos de previsão do tempo, que dizem que está tantos graus pra uma cidade.

    **********
    A respeito do gasto eu vou medir de novo, novamente em 23 graus e dessa vez de 00:00 às 09:00 (porque eu pretendo deixar ligado 9h), só pra ver se rola alguma variação. Eu ia medir em 26, mas como 23 já me incomoda então não faz sentido subir, até porque de noite aqui a temperatura sempre fica no máximo 5 graus acima disso. Bem diferente de 16 onde o ar precisava sempre baixar em torno de 10 graus com relação a temperatura lá fora, e sempre operar na capacidade máxima ou perto disso.

    Se a redução for mesmo de 5 kW diários então são 150 kW a menos na conta.

    OBS: Pra esses testes que fiz não adianta ficar passando valores em REAIS porque a cada mês a conta de luz muda a tarifa, e varia dependendo da concessionária.

    E agora tem essa de taxar dessa forma (OBS: o exemplo abaixo é da minha última conta, de 597 kW):

    https://bit.ly/2xTnm1O
     
  16. n_ways

    n_ways Usuário

    247 178 44

    Desde 1 Ago 2007
    Brasília, DF
    Respondendo: Existem vários termômetros a venda na internet que tem a funcionalidade de medir a temperatura externa e interna ao mesmo tempo, normalmente usando um sensor remoto sem fios (eu mesmo tenho um assim em casa). As funções e a precisão variam com a qualidade do aparelho, mas a menos que seja um produto realmente ruim ele vai te dar uma medida razoavelmente precisa das temperaturas. Só tem que ter cuidado com o posicionamento dos sensores: o interno não pode ficar no caminho do fluxo de ar do condicionador e o externo tem que ficar numa posição onde não pegue sol direto e nem radiação indireta.
    A oscilação da temperatura dos ambientes climatizados existe sim. Nos aparelhos "on-off" (convencionais) ela é bem grande, e digamos que num ajuste de 23º o ar deixe variar em até 2º para cima e para baixo (depende do aparelho). Os Inverter normalmente mantem a temperatura quase constante, já que eles ficam modulando sua potência o tempo todo sob controle de um módulo eletrônico bem preciso.
    Uma opção interessante é usar um Wattimetro tipo o Kill-A-Watt ou o Sonoff Pow (procure por ambos na internet) na tomada do condicionador. Eles te dão uma medida precisa do consumo em um determinado período de tempo.
     
  17. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Como é que vc vai usar wattímetro se a tomada do ar é assim?

    No meu caso um disjuntor.

    https://i.postimg.cc/MKyFpK07/A9976-FB4-692-E-481-E-A91-B-D57-C72033568.jpg

    Tem lugar pra ligar um aparelho nele, na tomada que fica à esquerda do interruptor (ver foto) mas não sei se funcionaria já que ar condicionado é dessa maneira diferente.

    Uma outra dúvida que eu tinha é se havia necessidade de desligar o disjuntor quando não estivesse usando, se poderia estar ocorrendo algum gasto de energia mesmo com o ar desligado. Mas acredito que não.

    Um outro ponto que vou ver é se mando fazer o aterramento da tomada do PC e dessa tomada da foto, do ar, parece que da pra fazer das duas só de puxar um fio (a distância é de mais ou menos um metro entre ambas) e depois fincar a haste lá embaixo.

    Vou providenciar o aterramento porque esse meu apto é antigo (deve ter uns 30-40 anos) e a única coisa que fiz até hoje foi colocar as tomadas do padrão novo. Vou fazer isso porque se der qualquer probleminha em placa de inverter e não estiver dentro de alguma garantia a troca custa beeeeem cara e a primeira coisa que perguntam é se havia aterramento.

    Fazendo o aterramento ao adquirir um inverter vou pedir pro aparelho ser ligado nesse primeiro.
     
  18. n_ways

    n_ways Usuário

    247 178 44

    Desde 1 Ago 2007
    Brasília, DF
    Tomada das antigas... Qualquer AC novo virá com a "Jabuticaba" (só tem no Brasil) de 3 pinos, normalmente de 20A (pinos grossos). Nessa sua realmente não dá para usar um Wattimetro de tomada, e os de indução tem a bobina pequena demais para passar na tomada do ar. No seu caso, ou instala um direto na fiação ou então usa um alicate tipo amperímetro que tenha medição de Watt/hora.
     
  19. Maratonista

    Maratonista Usuário

    241 192 44

    Desde 10 Jul 2016
    Brasil
    Eita, não tinha nem visto que essa tomada era antiga... se eu for comprar uma nova (com disjuntor) pra um LG DUAL inverter quente e frio, de 9000 BTUs, como sei qual modelo escolher? Isso tem que ver com o eletricista?

    Pelo que vi o cabo de energia do ar está do lado de fora da janela, entrando por um buraco na parede, onde fica essa tomada da foto.
     
  20. n_ways

    n_ways Usuário

    247 178 44

    Desde 1 Ago 2007
    Brasília, DF
    Tomada "nova" (vulgo "jabuticaba") de 20A. Todas tem 3 pinos. Normalmente, se você for comprar uma nova caixa de embutir (você vai ter que descartar essa antiga), ela já virá com a tomada certa.
    A tomada de 20A (com furos para os pinos grossos) aceita também os plugs de 10A (de pinos finos), então ela fica meio que "universal"
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso