Anúncio do HT Forum

Regeneradores de Energia PS Audio

Discussão em 'Energia, Alimentação e Aterramento' iniciada por leandroronkoski, 8 Mar 2014.

  1. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Tópico para esclarecimento de dúvidas , troca de informações , enfim , um lugar dedicado aos Regeneradores de Energia PS Audio

    Obs : Não sou especialista no assunto , acabei de adquirir o meu e ainda estou descobrindo suas qualidades e defeitos , realizando alguns testes quando possível e incomodando muito quem tem ou conhece melhor esses equipamentos , conto com a ajuda dos amigos que tanto já me ajudaram e sem os quais eu nem saberia da existência dos equipamentos PS Audio , para que juntos possamos trazer mais informações e relatar experiências pessoais com nossos sistemas plugados nesses Regeneradores



    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]


    [​IMG]

    Inside View ( Foto do site : www.psaudio.com )
     
  2. Tamv

    Tamv Usuário


    Desde 5 Out 2009
    por ai
    Leandro belas fotos, mas você poderia começar com um pequeno review com as diferenças notadas, e como entrou com ele no brasil, se pagou imposto, etc etc.

    Ia ajudar muitos interessados em comprar, como eu.

    Abs,

    tobias
     
  3. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Boa noite meu amigo Tobias , já está até pronto o review , fiz ontem mas não tive tempo de postar ainda , mas adianto que melhora muito a energia que seu sistema receberá além da proteção que ele oferece, hj estou visitando a família da minha esposa , mas segunda ou terça eu posto. Para comprar é tranquilo e a entrega é rápida pela UPS , obviamente que qdo chega no Brasil a receita fica com uma boa fatia do q vc pagou e também cobra imposto sobre o frete, mas compensa e muito. Qto ao local da compra e outras informações pertinentes passo p vc por email com o maior prazer meu amigo.
     
  4. Mauro Mendes

    Mauro Mendes Usuário

    4.841 8.687 511

    Desde 17 Dez 2009
    Rio de Janeiro
    LEANDRO,

    parabéns pela iniciativa de criar este tópico, certamente será muito valioso para todos nós e, eu especialmente fiquei muito interessado nesse regenerador, se puder passe por MP o local onde você comprou.

    Forte abraço.
     
  5. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
  6. Evandro César

    Evandro César Usuário


    Desde 19 Dez 2008
    Brasil
    Leandro,

    Como assinalei lá no tópico das caixas MA, você está de parabéns pela criação deste utilíssimo (e interessante) tópico.

    Nesta altura é "chover no molhado" reiterar a importância suprema de se fazer o melhor tratamento da energia elétrica que alimenta nossos sistemas, em razão da péssima qualidade da energia elétrica entregue pelas concessionárias aqui no Brasil. Em especial, em decorrência da absurda poluição por harmônicos espúrios - máxime, os de baixa frequência (180Hz, 300Hz, 420Hz, e assim por diante). Isso é o resultado de inexistência, aqui, de um marco regulatório claro, com punições pecuniárias draconianas para os consumidores (geralmente industriais) que poluem e injetam essa quantidade absurda de harmônicos na rede elétrica, como acontece, invariavelmente, nos países civilizados.

    Seria interessante pedir ao nosso amigo Rui para postar aqui aquele excelente comparativo entre o PS Audio P5 versus Powerline audiófilo If-115 By Knirsch. Embora se trate de produtos diferentes (regenerador X condicionador) e de faixas de preço também diferentes, aquele teste, por ser redigido com brilhantismo e com clareza solar, e, especialmente, por ser imparcial e isento, é muito importante para os objetivos deste tópico.

    Da minha parte, como também antecipei lá no tópico das MA, vou contatar a PS Audio a fim de perquirir: a) Se esses regeneradores têm, como desejável, os circuitos ativos em paralelo com a rede elétrica (em produtos dessa qualidade é 99% provável que a resposta seja afirmativa). E, b) se eles são capazes de corrigir o fator de potência tanto da rede elétrica, quanto dos equipamentos por eles alimentados. Regeneradores de energia normalmente não corrigem o fator de potência; mas, em razão da qualidade desses PS Audio, é bem possível que eles sejam exceção. Se receber uma resposta, postarei aqui.

    Grande abraço.
     
  7. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Mais uma vez muito obrigado pelas considerações Evandro , já mandei uma MP ao Rui p enriquecer o tópico , seus reviews são sempre muito imparciais , claros e objetivos , além do fato de que foi através dele e do Guilherme que conheci o P5 e desde então entrei nesse mundo da energia Regenerada. Como o amigo Stutz sugeriu no clube MA , tem vou fazer alguns testes essa semana ligando direto na tomada e no P10.
     
  8. Guilherme66

    Guilherme66 Senna always.


    Desde 16 Nov 2005
    Rio de Janeiro
    Grande Leandro!!


    Parabéns duplamente pela excelente iniciativa de abrir esse tópico e pela sua máquina de energia P10 :aplauso::aplauso::aplauso::aplauso:

    Em breve terei o meu também, enquanto isso vou ficar espiando os amigos com seus belos reviews esclarecedores.

    Grande abraço, meu camarada!
     
  9. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Muito Obrigado meu amigo , você e o Rui foram meus grandes incentivadores nessa empreitada , sou muito grato por tudo que aprendi com vcs e tudo que ainda vou aprender . Grande abraço meu amigo
     
  10. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Conforme prometido , fiz alguns testes agora pela manhã , referente as diferenças perceptíveis comparando a ligação do integrado diretamente na Tomada x ligando tudo no P10. É importante deixar claro que não tenho muita experiência nesse tipo de teste , nunca fiz ou participei de aulas de audição crítica e nem vendo ou represento qualquer marca de equipamentos ou cabos , esse relato expressa apenas a minha opinião pessoal , imparcial , realizada com meus equipamentos atuais na minha sala , que está longe de ser o ambiente ideal para essa finalidade .

    Primeiramente descrevendo o sistema testado hoje :

    Apple Mac Mini i5 ( rodando arquivos ALAC pelo Audirvana ) 44.1 , 96 e 192khz ( ac Power Audioquest )
    Electrocompaniet EMP 3 ( rodando arquivos FLAC da Time Capsule ) 44.1 , 96 e 192khz ( cabo Audioquest )
    Electrocompaniet ECD 2 ( conectado ao Mac Mini com um USB Nordost Blue Heaven )
    Electrocompaniet ECI 5 MKII ( usando todos os cabos Nordost Heimdall 2 ) Força + XLR + RCA + Caixas
    Caixas Monitor Áudio PL300
    Power Plant PS Áudio P10 ( cabo de força original )
    Ac Harmonizer QV2
    Ac Distribuition QB8
    Tomada Oyade XXX
    Elétrica dedicada + ( seccionadora e fusível Siemens padrão NH )

    Músicas usadas para o teste :

    Jump ( Van Halen ) 1984
    Temptation ( Diana Krall ) The Girl in The other room
    Miles Away ( Sara K. ) Best of Chesky Jazz and more Audiophile tests



    O sistema ficou ligado das 8:00 as 10:00 aprox. Tocando musicas aleatórias , em baixo volume , enquanto eu trabalhava . As 10:00 , aprox , dei início as audições usando Mac Mini + DAC + integrado . As 11:30 aprox . Comecei os testes usando o Blu Ray EMP 3 + DAC + integrado .

    P10 + QB8 + QV2 vs. QB8 + QV2

    Hoje , após 2 horas de testes , na minha opinião ocorreu um empate técnico no que diz respeito a performance do sistema ,o que na minha opinião é excelente, o P10 , no teste de hoje levou vantagem somente pela proteção do sistema , na sonoridade deu empate com a dupla QB8 + QV2 . Nos dois casos , com todas as músicas testadas por 2 min. cada , em todos os casos o sistema me pareceu exatamente idêntico , vozes nítidas , silêncio de fundo absurdo , som bastante orgânico e arejado , palco amplo , graves corretos sem excessos , na medida . Agudos limpos , definidos , sem exageros e fadiga 0 . Médios equilibrados ( principalmente em Jump ( Van Halen , coisa q sempre me incomodou no passado ). Nota 10


    Integrado direto na tomada Oyade XXX + EMP 3 e DAC e Mac Mini e QV2 no QB8


    Não ficou ruim de forma alguma ,ficou sutilmente diferente, o que eu notei é que os agudos ficam pouca coisa mais evidentes , mas vc tem q ouvir umas 2 x p perceber. Os graves são idênticos e os médios apareceram um pouco mais com o integrado direto na tomada .



    Tenho apenas uma tomada Oyade XXX em uso atualmente , por esse motivo não foi possível fazer o teste com todos os equipamentos direto na tomada , optei por deixar o integrado fora do P10 p o teste da tomada pelo fato de acreditar que ele é quem poderia apresentar as diferenças de forma mais evidente , caso houvesse restrição de corrente no uso no Regenerador ,etc , o que não ocorreu.



    No meu caso , nesse pequeno teste realizado hoje , com os meus equipamentos ligados como descrito acima , ouvi diferenças sim , porém bastante sutis e apenas qdo somente o integrado estava direto na tomada , logicamente que podem existir N diferenças para um ouvido mais treinado , mas p mim , foram diferenças sutis no que diz respeito a performance entre o integrado na Tomada e as combinações P10 + QB8 + QV2 e somente QB8 e QV2 . Na semana passada eu tinha feito um pequeno teste tbem , só q sem testar o integrado direto na tomada , e na semana passada gostei mais do resultado do P10 junto aos "apetrechos " do que somente os " apetrechos " isoladamente , hoje se equivaleram , em tudo , pode ser por n fatores ;

    Diferença da qualidade de energia que chega a tomada naquele horário específico

    O fato de que o P10 foi desligado da tomada por uns 15min antes dos testes para fazer as trocas dos cabos

    Ou pelo fato de eu ter ficado assistindo jogo do Corinthians ontem a tarde e ouvir meu sogro gritando por 90 min, kkkkkkk. Enfim .

    Um novo cabo de energia está a caminho p o P10 , pois o original é o original , ¨de grátis ¨ , bem meia boca , acredito q isso traga uma vantagem ainda maior ao sistema . Ou seja , daqui a 10 dias , novos testes.


    Conclusão : p mim , vale muito a pena a adição de um Regenerador , e aumento da vida útil dos equipamentos , você tem a proteção contra quedas sucessivas de energia , e além de não ter restrição de corrente em nenhum momento , a qualidade do seu sistema cresce como um todo .

    Vou trabalhar agora , depois reviso o texto e se ficou faltando alguma coisa eu complemento .


    Grande abraço a todos .
     
    • 2
  11. Rusoco

    Rusoco Usuário


    Desde 23 Dez 2008
    São Paulo - SP
    Leandro,

    Excelentes fotos...:aplauso:

    Vou copiar aqui o post lá do topico da minha sala, do comparativo do P5 com o Powerline Audiofilo:


    _____________________________________________________________________________________



    Boa Noite Pessoal...


    Já faz um tempinho sem postar nada aqui na tópico da minha sala... O tempo tá curto... Trabalhando muito...


    Como alguns devem saber, desde a chegada do meu PSAudio Power Plant P5, estou devendo a alguns colegas um comparativo entre o Powerline Audiofilo e ele. Agora saiu!!


    Tá vendo Evandro, eu disse que uma hora saía... :feliz:


    Primeiro, vou descrever como montei o set para o comparativo. Tomei o maximo de cuidado possivel para que o comparativo ficasse justo e em pé de igualdade. Para facilitar as coisas, tive que movimentar alguns cabos de força do sistema. Uso um Purist Canorus no P5, mas para evitar de ficar ligando e desligando o Regenerador, decidi fazer umas trocas. Decidi tb ligar o PC direto na tomada, para que deixasse o AxB mais rapido... Imagina eu ter que toda vez ligar e desligar o computador... Ia complicar e tb comprometer um pouco o comparativo, pois pra mim, quanto mais rapido a troca, mais eficiente é o AxB.


    Como tenho 3 Wireworld Platinum de força, sendo 2 de 1 metro, tomei o cuidado de deixar estes dois de 1 metro na entrada dos dois, ou seja, um Wireworld Platinum de 1 metro no Powerline e o outro Wireworld Platinum de 1 metro no P5... Os dois ligados direto na Tomada Furutech GTX Rodhium... O QV2 que tava na tomada liguei na R1 que está logo ao lado, em paralelo com a GTX... O Purist Canorus foi para o ECI5, e o Platinum de 2 metros permaneceu no DAC. E o HTPC? Ele normalmente usa um Platinum, mas desta vez ficou com um Furutech Alpha 3 com plugs Oyaide que eu tenho sobrando em casa.


    Então, com o PC direto na tomada, as unicas coisas que eu comutava entre P5 e Powerline eram: DAC, Integrado e 1 QV2... Apenas isso. E foi uma experiencia esclarecedora! :aplauso: Vejam como que ficou montado:


    [​IMG]




    Meu set, pra quem não conhece:


    Caixas: Monitor Audio PL300
    DAC: Audio GD Master 7
    Cabos de Caixa: Wireworld Silver Eclipse
    Cabo IC: Nordost Tyr
    Cabo USB: Wireworld Platinum
    Cabos de Força / Tomadas: Descritos acima
    HTPC: custom




    Comecei a audição meio despretenciosa, com Eric Ribb (Album: Booker's Guitar), musica: Surise Blues. É uma musica que não dá pra analisar muita coisa... Gostaria apenas de sentir o tom da voz masculina, o tamanho do instrumento, e a guitarra... Esta gravação é muito boa, muito bem feita. Logo de cara senti uma diferença muito importante, e achei estranho... Aí percebi que tinha esquecido o QV2 no P5 quando mudei para o Powerline... Oh "brinquedinho" que faz diferença!!! Aí comecei tudo de novo...


    Comecei pelo P5, aí mudei tudo para o Powerline... Mesmo numa musica calma, sem instrumentos de percussão, sem variações dinamicas já deu pra perceber boas diferenças... O foco é melhor no P5, a voz do cantor é mais natural e relaxada, o tamanho do instrumento tb é diferente... Até diferenças de detalhamento já apareceram aqui. No powerline tb frontaliza um pouco, ou melhor, talvez no P5 aprofunde um pouco mais... (y)


    Bom aí resolvi partir para uma musica mais completa. Passei para o Album: Best of Chesky Jazz And More Audiophile Tests, Musica: Miles Away da Sara K... Aí o bicho pegou!! :D

    Esta musica tem uma construção de palco muito boa, uma imagem espetacular, muitos instrumentos diferentes...


    Eu sempre falo pro pessoal ficar com "um pé atras" quando vê relatos de comparativos onde um equipamento deu uma surra no outro... Pois é... Quando dizem que quando se cospe pra cima cai na testa, acho que é verdade!! :lol: Eu simplesmente não acreditava quando trocava de um equipamento pra outro. Claro que, o que pra mim eu considero uma diferença enorme, pra uma outra pessoa pode não ser uma diferença tão grande assim... Mas o fato que as diferenças apareceram, e de forma contundente!


    As notas de contra baixo, no P5, ficam nitidamente mais precisas... Nele vc escuta cada uma... Uma depois da outra, e nenhuma se confunde com a outra... Coisa que já não acontece com o Powerline... No P5 o grave fica muito mais correto, preciso e profundo. No Powerline, fica mais "gordo" e mais borrado.

    A voz da Sara fica muito mais natural e relaxada, assim como aconteceu na musica anterior... A imagem fica melhor formada... Foco muito mais preciso. Formação de palco é melhor, com maior profundidade... Teve horas que pensei ser mais largo no Powerline, mas não era... Neste quesito foram iguais...


    Microdinamica assustadoramente maior no P5. Os detalhes simplesmente afloram quando passa pro P5. Os instrumentos de percussão aparecem de uma forma, que parecem que só eles ganharam volume... Parece uma outra gravação!! Incrivel! Só ouvindo este AxB pra entender do que estou falando!


    Eu já estava convencido da superioridade do P5 em relação ao Powerline, porem, tinham se passado apenas 2 musicas, e convenhamos, isso é muito pouco... Então vamos para a proxima...


    A escolhida: Album: Audiophile Test CD 5 - State Symphony Orchestra of Russian Federation, Musica: Fever, Cantora: Kaoru Nakasone... Nenhuma novidade! O realismo da apresentação é outro com o P5... O piano ao fundo fica MUITO mais evidente com o P5... Voce percebe cada nota dedilhada... Muito diferente de quando está com o Powerline, que fica tudo borrado, de dificil localização e tudo sobreposto...


    Como o Powerline, novamente os graves ficam mais "gordos" e menos definidos... Novamente vozes menos naturais, com menor foco, e mais frontalizadas...


    Voltando ao P5, tudo mais focado, evidente e bem distribuido... Palco, imagem e foco não tem comparação.


    Daí, parti para mais uma musica, outra gravação de ótima qualidade... Esta para eu poder avaliar os agudos (os pratos de bateria)... É uma apresentação que tem bastante bateria... Indicação do meu grande amigo Renato... Cantor: Ayn Cosker, Musica: Straight Trought Boogaloo


    Mais uma covardia!! Começando pelo bumbo da bateria... Com o powerline, fica mais oco, menos preciso, mais frouxo... Já os pratos de bateria ficam mais "digitalizados", tipo artificiais... No geral, com menos resolução... Quando volta pro P5, o bumbo fica muito preciso, correto, os pratos passam a ter decaimento (coisa que não existe no Powerline - comparativamente falando), ficam muito mais naturais... Incrivel!! Olha... Como já disse, só ouvindo pra crer!!




    Conclusões


    Com o P5, o sistema toca mais organico, mais agradavel, dinamico, detalhado, limpo, focado, correto... É uma diferença muito grande. Gente, eu não estou exagerando... Podem confiar! (y)


    E uma coisa importante a se destacar... Quem lê pode pensar que com o powerline fica uma porcaria, e não é por aí... Ele é um otimo equipamento... Estou sempre me referindo comparativamente. Se eu não tivesse o P5 para escutar, certamente iria achar tudo muito bom, e estaria achando meu set muito bom, só que quando vc põe algo muito melhor pra tocar, fica dificil tecer elogios ao outro. O P5 custa US$ 3.500,00 lá nos USA, já o powerline custa uns R$ 4 mil e poucos reais (ão sei ao certo)... Ou seja, a metade de um P5... São categorias de produtos diferentes, e produtos diferentes... Um é um condicionador e o outro é um regenerador... Certo rapaziada?


    Eu aqui, gostaria de fazer uma agradecimento especial ao colega Evandro... Foi graças a "insistência" dele que eu fiz este comparativo... Evandro, se não fosse por vc, eu não teria feito... Eu tô realmente sem tempo, e isso dá um baita de um trabalho... Mas eu fiquei tão contente com o resultado deste comparativo, que valeu cada minuto "gasto" com ele...


    Fica aí a dica... Quem puder investir num equipamento como este PS Audio, faça!!! Porque todos sabem que um Powerline Audiofilo não é um equipamento qualquer, e este P5 deixou ele no bolso (isso pra ser gentil)... (y)


    Eu senti que meu set tinha melhorado com a introdução do P5, mas mensurar isso fica complicado... Dificil mesmo... Mesma coisa foi com o QV2... Só tive a real noção do beneficio dele no meu sistema o dia que eu fiz o AxB...


    Bom, acho que é isso...




    []s a todos


    Rui
     
    • 2
  12. Tamv

    Tamv Usuário


    Desde 5 Out 2009
    por ai
    Leandro, parabéns pelo review honesto e sem puxar sardinha para novas aquisições.
    Isso que gostaríamos sempre de ver por aqui.

    Parabéns pela atitude.

    Abs,

    Tobias

     
  13. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Rui , muito obrigado por compartilhar seus testes aqui no Tópico , com certeza ajudarão muitos colegas a esclarecer suas dúvidas quanto a esses incríveis equipamentos .

    Outra coisa que não mencionei no post anterior é que durante a tarde de hoje a energia caiu e voltou umas 7x seguidas hoje aqui em casa , imagina todos os equipamentos ligados direto na tomada para uma audição mais critica no final da tarde ? Melhor nem imaginar né .

    Valeu Tobias , muito obrigado pelas considerações meu amigo.
     
  14. ash

    ash Usuário


    Desde 9 Jul 2008
    sao paulo sp brasil
    Sem dúvida alguma o PS audio é superior ao equipamento do Knirsch, é outra tecnologia. Agora tem produto significativamente superior ao PS audio topo de linha, trata-se do equipamento purepower + 2000. É um equipamento de uma empresa canadense e é superior ao equipamento da PS audio pelo mesmo nível de preço.
     
  15. Tamv

    Tamv Usuário


    Desde 5 Out 2009
    por ai
    Sempre vão existir produtos melhores, em todos os níveis, mas confesso que nesse nível, a diferença chega a ser pouco, e vamos ser sinceros, o Powerplant é belíssimo para combinar com o humor das esposas de plantão, rs.

    O knirsch não é produto ruim, longe disso, ele é muito bom, mas é outro tipo de equipamento. Agora se querem comparar um regenerador com um condicionador, tentem comparar com um Furman Reference, ai sim, a briga vai ser feia, mesmo sendo equipamentos com finalidades diferentes.

    - - - Atualizado - - -

    Pode cair a energia quantas vezes quiser à tarde... estou trabalhando ;/ .. brincadeiras à parte, é isso que temos no brasil, mas um panamax da vida já traz segurança nesse caso. O que o PowerPlant vai trazer a mais, fora uma segurança ainda maior, é a confiabilidade que terá a energia mais limpa para seus aparelhos, eles vão soar melhor aos ouvidos, e com toda certeza terão uma vida útil muito mais longa.

     
  16. Evandro César

    Evandro César Usuário


    Desde 19 Dez 2008
    Brasil
    Leandro,

    Muito obrigado pelo comparativo "integrado plugado no P10" versus "integrado plugado direto na tomada" (devidamente agradecido no post).

    Confesso que fiquei surpreso com o resultado: Esperava uma superioridade nítida do som obtido com todos os módulos ativos plugados no regenerador. Será que aí em Sampa, com essa infinidade de consumidores industriais injetando harmônicos na rede elétrica, ainda assim a energia é mais limpa do que aqui no interior das Gerais? Noutras palavras, o som c/ uso do regenerador deveria ser nitidamente superior (agudos mais macios e doces, graves mais rápidos e secos, palco mais amplo, com melhores foco e recorte, etc. e tal). Confesso que não sei explicar o que houve.

    Rui: Muito obrigado por postar aqui seu excelente comparativo P5 X If-115.

    Grande abraço a todos.
     
  17. leandroronkoski

    leandroronkoski Usuário

    2.348 2.018 311

    Desde 6 Jun 2012
    Nova Mutum - MT
    Boa Noite Evandro , acredito que vários fatores tenham interferido no fato da diferença dinâmica ter sido pequena comparando a " tomada x P10 " . Apesar da diferença existir e ser favorável ao P10. Dentre eles vou citar alguns por pura especulação , sem nenhuma comprovação :
    Moro no interior do MT , e a indústria mais próxima daqui fica a 100km de distância
    Minha elétrica é dedicada e bem dimensionada, com aterramento como manda o figurino .
    O cabo do meu P10 ainda é um cabo original , portanto inapropriado para um sistema de alto desempenho ,outro cabo de força , ligeiramente superior já está a caminho , até pq o próprio fabricante recomenda a troca no site por um cabo melhor . Se não me engano o Guilherme postou a um tempo atrás que também percebeu grande diferença em formação de palco e maior detalhamento qdo substituiu o cabo original por outro de melhor qualidade no P5 do Rui , e nessa ocasião pudemos ouvir o sistema do Guilherme e estava Fantástico em todos os sentidos. O Rui utiliza um cabo de força topíssimo no P5 e o sistema dele toca de forma Ímpar . Realmente acredito q esse seja o fator limitante para que no caso específico do teste de hoje , no meu sistema , a diferença apesar de pequena em Dinâmica , foi a favor do P10 , que mesmo com um cabo Original , tocou de forma idêntica ao conjunto QV2 + QB8 ( e tocar de forma idêntica a essa dupla , protegendo todo o sistema , com cabo de estoque é mais do que Louvável , p não parecer que estou puxando a sardinha p ele )
    Nos relatórios on line q ele próprio fornece , é possível constatar que a qualidade da energia de entrada, assim como a voltagem de entrada oscila muito durante o dia , hoje por coincidência e sorte , no horário do teste direto na tomada , estava marcando 1.8% a THD de entrada , porém já vi fotos na internet , da tela informativa marcando 10% de THD de entrada e aqui em casa , dependendo do horário acusa até 7% . Isso pode também ser um fator a ser considerado . Isso tudo energia direto da tomada , no P10 permanece 0,5 % c máxima de 0,6 de THD de saída e voltagem 119,5v máxima 120v .
    Enfim , por não se tratar de um ambiente e sala totalmente controlados , estamos sujeitos a essas variações , agora a noite , durante a novela piscou a energia por 8 ou 9 x ( pense na alegria da Patroa ) com intervalos de 5 min cada vez até q caiu de vez das 22:30 até as 00:40. Só vou saber a quais níveis de voltagem de pico chegou amanhã , meus equipamentos jamais ficarão direto na Tomada enquanto eu morar aqui , kkkkk. Entendo que a expectativa qto ao desempenho dinâmico seja mais elevada do que a expressada por mim nesse pequeno teste caseiro, devido ao preço , peso e etc . Fazendo uma analogia , " não podemos esquecer que ele acabou de chegar na pista , não está com os pneus apropriados e o piloto ainda é aprendiz " kkkk.

    Bora dormir que amanhã , se não faltar luz , tenho muito trabalho pela frente .

    Grande abraço meus amigos
     
  18. Rusoco

    Rusoco Usuário


    Desde 23 Dez 2008
    São Paulo - SP
    Ash,

    Interessante seu relato... Vc chegou a conhecer pessoalmente algum produto da Purepower? Ou foi apenas indicação e pesquisas? Já chegou a testar algum regenerador no seu sistema ou em algum sistema de algum amigo / colega seu?

    Pergunto porque sei que vc tem um belo sistema, e tem excelentes equipamentos... (y)


    []s

    Rui
     
  19. Guilherme66

    Guilherme66 Senna always.


    Desde 16 Nov 2005
    Rio de Janeiro
    Peço licença ao presidente e vice do tópico pra entrar no clube dos regeneradores P5.;)

    Hoje o meu dia foi abençoado!!:aplauso::aplauso:


    Ontem a noite recebi um e-mail da minha fonte que compro nos EUA que o Panamax 7500 que eu tinha encomendado estava com um zumbido alto e que ele ia devolver o produto.


    Como fiquei a pé sem nenhum condicionador liguei pro Flavio que vendeu o P5 pro Rui e acabei fechando outro com ele. O cara é muito gente fina e ainda parcelou em três vezes.:aplauso:
    O P5 está com apenas três meses de uso e na garantia até dezembro de 2016. (y) Queria o preto, mas assim que cheguei na casa dele achei muito bonito o silver também. Dei muita sorte porque ele já estava quase vendido pra outro usuário do fórum.
    Enfim, estou muito feliz porque no final deu tudo certo e meus equipamentos agradecem.


    Algumas fotos da chegada do novo hospede,[/SIZE]




    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]




    Pra minha felicidade chegou praticamente junto o cabo de força Kimber PK10 Palladian que comprei com o Orlando. Cabo impressiona pelo peso e robustez. Aproveitei e já coloquei ele direto no P5 :aplauso:

    [​IMG]




    Abraços!
     
  20. Tamv

    Tamv Usuário


    Desde 5 Out 2009
    por ai
    Só posso falar uma coisa : PQP ... esse powerplant é lindo demais, e esse cabo deve ser mais pesado que ele pelo jeito, rs.

    Parabéns pelas aquisições ...
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso