Anúncio do HT Forum

REVIEW - Tela de projeção Dark Energy (a melhor para rejeição de luz ambiente)

Discussão em 'Telas de Projeção' iniciada por helderlima, 20 Ago 2017.

  1. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Eu inicio este review dizendo que não sou um “marinheiro de primeira viagem” no que se refere a telas de projeção com a capacidade de rejeitar luz ambiente (conhecidas em inglês como “Ambient Light Rejecting (ALR) screen”. Desde 2013, acompanho a evolução das famosas telas Black Diamond (inclusive vendo e comparando amostras delas) e, em 2014, adquiri a tela Zebra, considerada o estado da arte em termos de tela ALS até então, inclusive melhor do que a própria Black Diamond e seus concorrentes.
    Essa explicação inicial é necessária porque o que vocês vão ler a seguir pode parecer apenas a empolgação de uma pessoa que nunca tinha possuído uma tela ALR antes. Mas não é o caso. Estou falando da tela Dark Energy.

    EMBALAGEM
    A tela Dark Energy veio embalada dos Estados Unidos em um cilindro de papelão grosso e rígido, fornecendo toda a proteção necessária que uma tela cara merece. O fabricante orientou a manter o cilindro na posição vertical até que a mesma fosse efetivamente instalada na parede, a fim de evitar a formação de marcas na tela.

    AMBIENTE DE TESTE
    A tela Dark Energy que eu comprei possui 110 polegadas (maior do que a Zebra, que possuía 96 polegadas) e foi instalada na mesma sala e na mesma parede na qual estava instalada a tela Zebra anteriormente. Esta sala possui 4 portas, das quais uma é para a parte exterior da casa, de modo que por ela entra muita iluminação.
    Além disso, a sala possui três janelas (com incidência direta do sol). Todas essas janelas estão situadas na parede em frente à tela, ou seja, por trás do projetor (um Epson ProCinema 6030). Essa era uma situação de muita preocupação minha, pois nenhum fabricante ALR recomenda suas telas para ambientes nos quais haja uma fonte de luz (como portas ou janelas) por trás do projetor. Mesmo assim, resolvi arriscar.
    De forma inesperada, a tela Dark Energy funcionou muito bem apesar dessa configuração da sala. Vale ressaltar que todas as fotos em anexo foram tiradas em dias de muito sol e, portanto, de muita luz ambiente.
    Ah, vocês acreditam que vários amigos duvidaram de mim quando eu disse que aquilo que estava instalado na parede (a tela Dark Energy) era uma tela de projeção e não uma grande TV LED de 110 polegadas, como eles achavam? Acho que contribui para isso o fato de a tela ter uma borda de alumínio anonizado preto de apenas 1cm.

    GANHO DE BRILHO
    A tela Zebra, que eu tinha anteriormente, possuía, segundo o fabricante, um ganho de 1.4, ao passo que a Dark Energy possui um ganho de 0.9. Na prática, porém, a Dark Energy é infinitamente mais brilhosa do que a Zebra (o que se torna mais incrível ainda considerando que o tamanho da projeção da Dark Energy, com 110 polegadas, é 30% maior do que a projeção da tela Zebra, com 96 polegadas).
    Não é que os fabricantes estejam mentindo quanto aos valores de ganho de suas telas. Mas é porque, quando se fala em “ganho de brilho”, existe uma particularidade que poucos fabricantes mencionam: qual deve ser a localização do projetor para se obter aquele ganho anunciado nas especificações. Posso explicar.
    A Zebra é uma tela “retroreflective”, ou seja, a luz que incide na tela volta concentrada para a mesma posição onde está a fonte de luz, no caso, o projetor. No meu caso, o projetor está instalado no teto. Ou seja, o ganho máximo (1.4) só seria perceptível se eu colocasse o projetor bem à minha frente na altura dos olhos, o que é totalmente inviável tanto pela questão estética, quanto pela questão do barulho do projetor situado perto dos ouvidos dos espectadores. Ou então se eu estivesse sentado no teto…
    Já a Dark Energy é uma tela “angular-reflective”, isto é, a luz volta concentrada para a direção oposta à qual está situado o projetor. No meu caso, repito, o projetor está instalado no teto, o que faz com que a tela obtenha ganho máximo exatamente na altura dos meus olhos, que estou sentado logo abaixo. Essa é a mágica, veja as imagens!

    COR
    A tela Dark Energy possui uma coloração totalmente neutra, como pode ser visto na imagens, ao contrário da tela Zebra, que emitia um incômodo tom amarelado.

    CONTRASTE
    O alto contraste, por definição, consiste na capacidade da tela em exibir o branco mais claro possível, ao mesmo tempo que consegue reter o preto com baixa luminosidade, dando-lhe profundidade.
    No caso dos ambientes altamente iluminados, obviamente, o desafio é manter o preto realmente "preto", e não simplesmente cinza.
    A respeito da capacidade de rejeição de luz ambiente, a Dark Energy é simplesmente fenomenal, como se pode ver nas fotos em anexo. Apesar do ambiente altamente iluminado, é possível desfrutar de pretos profundos.
    É bem verdade que a tela Zebra (assim como a Black Diamond) também é excelente na capacidade de reter a profundidade do preto, todavia, como dito, a percepção do contraste depende da relação entre o preto e o branco. E, nesse ponto, a Dark Energy é imbatível, pois ela também consegue exibir um branco extremamente puro e com alta luminosidade.
    Tudo isso faz com que a Dark Energy forneça um contraste incrível, melhor do que qualquer tela ALR que eu já tenha testado, ou mesmo tenha visto em vídeos na internet.
    Posso resumir dizendo que a tela Dark Energy tem um contraste melhor do que minha TV LED da LG.

    SPARKLES
    Um efeito inevitavelmente presente em telas ALR é o que se chama de “sparkles”, que numa tradução livre significaria “centelhamento”. Basicamente, são pontos brilhosos, minúsculos, que lembram glitter. O que varia de uma tela ALR para outra tela ALR é a quantidade de “sparkles” e a intensidade do seu brilho.
    Como falei inicialmente, meu projetor é um Epson Powerlite ProCinema 6030, que consegue emitir a incrível quantidade de 2.400 lumens reais. Em telas ALR, essa grande quantidade de brilho pode ser um problema, pois potencializa a intensidade dos “sparkles” nas cenas mais claras. Mas não na Dark Energy.
    Enquanto os Sparkles estão visíveis de forma irritante a mais de 3 metros de distância na tela Zebra (mesmo em cenas de meio tom), eles são praticamente imperceptíveis na Dark Energy a qualquer distância.
    Pelo contrário: a sutileza dos sparkles cria uma textura uniforme muito agradável na tela, que faz lembrar as melhores telas de cinema. Eu sou capaz de dizer que, se fosse para escolher uma tela com a textura 100% lisa ou com a textura da Dark Energy, eu preferia a textura da Dark Energy, pois dá mais realismo à projeção.

    ÂNGULO DE VISUALIZAÇÃO
    Por incrível que pareça, o que me chamou mais atenção, na tela Dark Energy, não foi a questão do alto brilho, nem a questão da cor neutra, nem a questão dos poucos “sparkles”. Foi o ângulo de visualização.
    Sério, eu nunca imaginei que uma tela ALR pudesse ter uma ângulo de visualização tão bom quanto esse da tela Dark Energy.
    Não é exagero dizer que, na tela Dark Energy a imagem é perfeitamente visível em qualquer ângulo. Enquanto a Zebra prometia um ângulo total de 70 graus e eu considerava que a imagem era visualizável, no máximo, até 30 graus, a Dark Energy anuncia ter um ângulo total de visualização de 90 graus, mas eu considero - sem exagero nenhum - que a imagem é excelente em qualquer ângulo, até mesmo aos 179 graus.
    Diferentemente da tela Zebra, cuja imagem ficava muito escura ao se deslocar lateralmente, a perda de brilho da Dark Energy é praticamente desprezível, mesmo nos ângulos mais críticos. E você pode comprovar isso vendo as imagens em anexo.

    HOT SPOTTING
    A Dark Energy não poderia ser uma tela perfeita, capaz de rejeitar toda a luz ambiente e refletir somente a luz do projetor, com um ângulo de visualização perfeito, correto? Afinal, as leis da Física existem para serem cumpridas.
    Brincadeiras à parte, definitivamente é perceptível a presença de “hot spotting” na Dark Energy em algumas imagens, talvez até mais do que na tela Zebra.
    Para quem não sabe, hot spotting é a percepção visual que se tem a respeito de o centro da tela ser mais brilhoso do que as suas margens (considerando que você está sentado em frente à tela, no centro).
    Na Dark Energy, o hot spotting somente chama atenção nas cenas em que seu cérebro imagina que deveria haver uma uniformidade de brilho ao longo de toda a imagem, mas não há. Nas demais cenas, o hot spotting passa totalmente despercebido.
    O hot spotting se torna um pouco mais perceptível se você estiver sentado muito lateralmente em relação à tela. É que, por exemplo, se você estiver sentado muito à direita, a parte da tela que parecerá mais brilhante é a parte direita da imagem, e não o centro.
    Finalmente, cabem duas observações importantíssimas:
    1) Todo fabricante de tela ALR recomenda uma distância de instalação entre o projetor e a tela para fins de redução do hot spotting. No caso da tela Dark Energy, o fabricante recomenda que o projetor seja instalado a uma distância equivalente a pelo menos 1,6 vezes a largura da tela (por exemplo, se a tela tem 2 metros de largura, então o projetor deve ser instalado a pelo menos 3,2 metros). No meu caso, por questões de estrutura da sala, o projetor foi instalado a uma distância de 1,2 vezes a largura da tela, ou seja, não estou obedecendo as instruções do fabricante quanto a esse requesito. Por isso, peço que tenham uma boa dose de compreensão ao visualizarem as imagens e constatarem a presença do hot spotting. É possível que, se o projetor estivesse instalado na posição correta, o “hot spotting” fosse bem menos perceptível.
    2) Não sei por qual razão, as imagens tiradas pela câmera tendem mostrar mais hot spotting do que existe na vida real. Se eu pudesse quantificar, diria que as imagens mostram mais do que o dobro do hot spotting que se percebe vendo a tela pessoalmente. Leve isso também em consideração.

    CONCLUSÃO
    Não foi por acaso que eu foquei o review na comparação entre as telas Zebra e Dark Energy. Eu poderia escrito este review comparando também a tela Dark Energy com as amostras da Black Diamond que eu tenho, mas a Zebra já se mostrava superior às Black Diamonds em todos os aspectos.
    Como eu disse inicialmente, a tela Zebra foi considerada estado da arte até este ano de 2017, quando começou oficialmente a comercialização da Dark Energy (em 2016, uma versão preliminar da Dark Energy era vendida para beta testers). Então, nada melhor do que um verdadeiro duelo de titãs (Dark Energy vs Zebra) para comprovar que a nova tela Dark Energy deixou todos os concorrentes comendo poeira.

    IMAGENS
    Se você ainda não entendeu porque eu estou tão entusiasmado com a Dark Energy, deixe as imagens em anexo falarem por si só. Compare os “antes e depois” (lado esquerdo: Zebra / lado direito: Dark Energy) e se surpreenda tanto quanto eu:

    1.png 2.png 3.png 4.png 5.png 6.png 7.png 8.png 9.png 10.png 11.png 12.png 13.png 14.png

    Observação: Este é um review totalmente voluntário, feito por mim - usuário do HTFORUM há quase 10 anos - por estar extremamente satisfeito com a tela Dark Energy. Não possuo nenhuma relação com o fabricante, tampouco recebi qualquer valor pelos comentários ou elogios que fiz no tocante às características da tela.
     
    Última edição: 21 Ago 2017
    • 2
  2. hugo alvim

    hugo alvim Usuário

    Esta tela é fixa? Veio desmontada e você mesmo montou? Se imposta em dizer preços e como importou?
     
  3. Ricardo Leão

    Ricardo Leão Usuário


    Desde 12 Jun 2003
    Maceió/AL/Brasil
    Realmente.... Um ganho espetacular.

    Ricardo.
     
    • 2
  4. Marcelopgbm

    Marcelopgbm Usuário


    Desde 22 Fev 2017
    São Bernado do Campo
    Topppp.
     
    • 1
  5. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Sim, a tela é fixa e veio desmontada. Além da montagem, pedi para um marceneiro fazer uma base de madeira para deixar a tela 5 cm afastada da parede (pretendo colocar iluminação LED por trás, tipo Ambilight).
    O preço dela, com essa borda de 1cm (modelo chamado Thin Bezel) custa 1299 dólares + 250 dólares de frete internacional.
    Importei legalmente... com o dólar a R$ 3,25, pagando todos os impostos + IOF do cartão, saiu por R$ 10.200,00 (fora os 600 reais que o marceneiro cobrou). Pode parecer caro, mas ainda é uma fração do preço de uma Black Diamond do mesmo tamanho.
     
    • 1
  6. Rodo1fo

    Rodo1fo Usuário


    Desde 8 Set 2006
    ROO Mato Grosso
    Helder parabens pela linda tela, eu com esse valor acho que teria ido passear nos EUA e trazido como bagagem, mesmo pagando os impostos deve ficar mais barato que os 10.200.
     
    • 1
  7. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Obrigado! Realmente os impostos daqui são absurdamente altos. É revoltante. Eu até cheguei a pensar na ideia da viagem, mas desisti porque, além de as passagens não estarem tão baratas e ter que pagar a taxa de bagagem sobredimensionada (o tubo da embalagem mede mais de 2 metros), eu ainda correria o risco de pagar o próprio imposto de importação na chegada, tendo em vista que a cota é só de 500 dólares e uma embalagem desse tamanho não iria passar despercebido de jeito nenhum na alfândega... rsrsrs
     
    Última edição: 21 Ago 2017
    • 1
  8. João___

    João___ Usuário


    Desde 30 Nov 2016
    Parana
    Meus parabens:aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso::aplauso:
    É de pessoas como vc que forum esta precisando, te parabenizo e digo mais, muito obrigado por compartilhar com amigos foristas,
    Eu sei muito bem o quanto é sofrivel fazer essas suas comparaçoes, tambem sei o quanto se perde de tempo para isso, tem que gostar e muito para tal feitos,
    Eu sou viciado em projeção, é meu hobby preferido estou sempre comparando projetores players e afins, so nao parti para telas iguais essas suas, pelo motivo de usar duas telas as chamadas AR² senao ja estaria te encomodando de como importar e tals.

    Abs.
     
  9. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Obrigado! Realmente seria muito bom se a gente pudesse ver mais comparativos aqui no fórum.
    Você já pensou que pode colocar uma tela ALR 16:9 fixa na parede para substituir a TV (durante o dia) e outra 2.35, elétrica, na frente, para ver filmes com luz controlada? Seria o melhor dos dois mundos!
     
  10. Rodo1fo

    Rodo1fo Usuário


    Desde 8 Set 2006
    ROO Mato Grosso
    Helder, eu estou com Elite Screen fixed frame de 84 na caixa. talvez eu faça isso e coloque uma 2.35 maior so para filmes. Estou sentado a 3,5 metros da tela (futura tela pois nao instalei).
     
  11. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Para 3,5 metros, o tamanho mínimo recomendado pela THX é 102 polegadas no formato 16:9, ao passo que seriam apenas 97 polegadas no formato 2.35:1.
     
  12. Rodo1fo

    Rodo1fo Usuário


    Desde 8 Set 2006
    ROO Mato Grosso
    Entao eu testei o conforto visual, e estava achando melhor a 84, porem acredito que seja questao de costume mesmo, assim que comprar meu projetor farei testes, a depender eu vendo essa 84.
     
  13. João___

    João___ Usuário


    Desde 30 Nov 2016
    Parana
    Ja pensei sim, porem minha sala é dedicada, uma caverna...
    Acabei de trocar tecido minhas telas por branco puro ganho 1.0 usava high contrast, eita coisa triste viu, sempre parecia que tinha cortina fumaça frente tela, nunca topei com ela, foi so trocar tecido que tudo se resolveu, cores, brilho, contraste, definição, como dizem outro mundo,

    Abs.
     
  14. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Para uma sala dedicada, tipo caverna, não existe nada melhor do que uma tela branca com ganho 1.0. E também não vale a pena investir caro em uma tela branca. Existe muito pouca diferença na qualidade do material, de modo que também é mínima a diferença na qualidade da imagem... nada justifica pagar mais do que algumas centenas de reais numa tela branca. Melhor economizar na tela branca e investir num projetor melhor, num home theater melhor, em poltronas mais confortáveis etc.
     
  15. Ricardo Leão

    Ricardo Leão Usuário


    Desde 12 Jun 2003
    Maceió/AL/Brasil
    @helderlima@helderlima ,

    Qual o preço (US$) de uma tela dessa?

    Grato e abraço,

    Ricardo.
     
  16. helderlima

    helderlima Usuário


    Desde 30 Out 2008
    Natal/RN/Brasil
    Boa noite! A tela completa (na versão Thin Edge - borda fina - como nas minhas fotos) custa 1299 dólares + 250 dólares de frete internacional.
     
    • 1
  17. Fandangos

    Fandangos Usuário


    Desde 10 Fev 2011
    Araraquara
    Amigo, tenho uma tela tensionada elétrica. Não tenho como instalar uma tela fixa ou a patroa pede o divórcio. ehhehehe

    É possível importar o tecido pronto para as medidas do meu motor e só fazer a troca?
     
  18. João___

    João___ Usuário


    Desde 30 Nov 2016
    Parana
    É meu amigo uma pena que eu descobri isso um pouco tarde...
    Na epoca valor tela daria para ter comprado um pj bem melhor, espero que seu post ajude muita gente desinformada igual a mim!!!!

    Essas telas de ganho negativo servem somente para pessoas desinformadas ou para quem quer usar com ambiente sem luz controlada,

    Abs.
     
    • 1
  19. Fandangos

    Fandangos Usuário


    Desde 10 Fev 2011
    Araraquara
    Estava justamente perguntando sobre a troca da tela pois a minha é Matte White 1.1. Meu projetor é um Benq W1070.
    A minha sala fica um completo e total breu com persianas elétricas, o meu problema é que o piso é frio e reflete bastante e tanto as paredes quanto o teto são brancos e não tem a menor possibilidade de mudar isso.

    Você acha que trocar a tela não vai fazer diferença?
     
  20. João___

    João___ Usuário


    Desde 30 Nov 2016
    Parana
    Olha no seu caso faz assim, compra um metro de tecido 0,9 ou 0,8 no mercadolivre e testa ai, caso goste vc troca seu tecido, eu fiz assim.

    Abs.
     
    • 1