Sala Rolim

Discussão em 'Galeria dos Membros do Fórum' iniciada por FelipeRolim, 7 Ago 2017.

  1. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Oi Caio. O V8 tem uma entrada bypass, em que posso ligar um pré-amplificador externo e usá-lo somente como power. São entradas RCA, inicialmente, que pretendo que o Ulisses transforme em XLR no futuro. Por ora, tenho usado adaptadores XLR/RCA de péssima qualidade, mas em breve devo resolver isto, assim que enviá-lo a São Paulo para upgrade, revisão e modificação.
     
    • 1
  2. Caio (Audio Slave)

    Caio (Audio Slave) Usuário


    Desde 8 Abr 2016
    rio de janeiro
    Obrigado pela informação Felipe. Estou em vias de adquirir um SS. Será que ele também possui entrada bypass?
     
  3. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Sim, Caio. Todos os V8 possuem, por padrão, uma entrada bypass RCA, que fica livre das influências do pré-amplificador interno. Ao total, são cinco, sendo uma entrada XLR, três entradas RCA e uma entrada direta (bypass).
     
    • 1
  4. Caio (Audio Slave)

    Caio (Audio Slave) Usuário


    Desde 8 Abr 2016
    rio de janeiro
    Na sua opinião, as entradas balanceadas no V8 fazem a diferença em relação às RCA? Pergunto isso, porque determinados amplificadores se beneficiam muito das entradas balanceadas, ao passo que outros, nem tanto.
     
  5. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Acho esse assunto um tanto complexo, pois vejo a questão da conexão XLR de um equipamento como algo que não depende exclusivamente dele, e por isso sua virtual superioridade é algo muito relativo.

    De um lado, o V8 não é um equipamento fully balanced ou true balanced, como alguns denominam. Ele não possui quatro circuitos individuais (dois por canal), de modo a tratar nativamente sinais "hot" e "cold" ou "+" e "-" das conexões XLR. É um amplificador single-ended, o que significa dizer, em primeiro lugar, que suas conexões XLR não passam de uma forma de "adaptação", um método de que se valeu o fabricante para oferecer esta conexão ao consumidor e, em segundo lugar, que, pela própria natureza dos single-ended, jamais uma conexão XLR poderá ser superior à RCA. Será, no máximo, absolutamente igual em termos qualitativos, a depender da implementação. Especificamente no que diz respeito ao V8 MK IV e SS, apesar de minha pequeníssima experiência com conexões RCA, considero-a terminantemente idêntica às XLR em performance, da mesma forma que percebo ocorrer nos DACs da PS Audio e da Wyred4Sound. Veja que esta é uma forma de escrita invariavelmente viciada, porque, como o resultado é condicional, posso dizer que a conexão RCA é tão boa quanto a XLR, ou que a XLR é tão ruim quanto a RCA. De outro lado, o Ayre QB-9 e o Schiit Freya possuem circuitos totalmente balanceados. O problema disto (se é que é problema) é que as conexões RCA do DAC são horrendas, seu desempenho é pífio, ao passo em que as balanceadas entregam qualidade nível que considero elevadíssimo. Por isto, o resultado do conjunto melhora consideravelmente pelas XLR, apesar de o sinal balanceado ser convertido internamente no V8 por meio de um circuito específico de buffer triplo.

    É por este motivo que considero a questão do rendimento de uma ou outra espécie de conexão algo bastante relativo e de difícil consideração de forma isolada, de per si. Outros fatores (casamento elétrico, qualidade dos conectores etc.) também podem exercer influência. Ora, as conexões XLR do V8 são idênticas às RCA, e poderiam até ser piores. Porém, o resultado do seu uso, no meu sistema e em razão de outros equipamentos, é muito superior. Pessoalmente (e é uma opinião apenas minha), na dúvida, melhor usar a conexão balanceada. Não vejo a hora de me livrar dos adaptadores XLR/RCA, pois estou certo de que destroem boa parte do rendimento do sistema.
     
    • 1
  6. icoman

    icoman Usuário


    Desde 20 Dez 2008
    Brasilia/DF/Brasil
    Poxa! Aprendendo muito com esse post! Muita coisa interessante e já tive ideias pra conectores!
     
  7. Caio (Audio Slave)

    Caio (Audio Slave) Usuário


    Desde 8 Abr 2016
    rio de janeiro
    Post muito instrutivo -como sempre. Aliás, já dei a entrada no meu V8 e devo recebê-lo em aproximadamente 30 dias. Dica 100% sua. Obrigado.
     
    • 1
  8. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Deu trabalho, mas, de uma peça, o rack se transformou em três. O novo conjunto de cabos de força, bastante compridos, permitiu a adoção deste layout, que eu já planejava há muito tempo. Os ganhos com a diminuição da altura do rack são bem perceptíveis, provavelmente em razão da baixa estatura das minhas caixas (salvo engano, 1,01 ou 1,03m de altura) e da pequeníssima dimensão da minha sala, que acaba influenciando de forma negativa. A ordenação dos equipamentos desta maneira foi totalmente proposital: coloquei o tomadeiro ao lado direito do sistema, usei o Purist Canorus de 3,5m para ligar o computador, do lado oposto, o Purist Limited de 3m para ligar o DAC, ao centro, e o Nordost Valhalla de 2m para ligar o pré-amplificador, à direita e mais próximo da tomada. O amplificador tem seu cabo, o Transparent MM2, saindo direto da caixa onde estão os fusíveis de proteção. Ficou excelente.

    A nível de organização dos cabos, gostaria de tê-los distribuído melhor, mas não ficaram forçados, estão muito bem acomodados, e não estão excessivamente próximos uns dos outros, com exceção dos cabos de força, que seguem todos em conjunto. Como foi a primeira vez que liguei desta maneira, pode ser que no futuro encontre um método mais conveniente e com o qual seja possível um menor cruzamento de fios.

    20200805_201411.jpg 20200806_003434.jpg 20200806_003511.jpg 20200805_212100.jpg
     
    • 6
    • 1
  9. Redcruz

    Redcruz Usuário


    Desde 11 Dez 2008
    Mesquita
    Rolim,

    Fiquei com a sensação de que tirou alguns corner traps da sala. É isso mesmo ou é só impressão minha??
     
  10. FelipeRolim

    FelipeRolim Keep Improving Myself


    Desde 17 Ago 2008
    Quatiguá/Paraná/Brasil
    Oi Red. Não tirei! Os outros dois estão no teto, posicionados acima do sistema. Na acústica não mexo tem um bom tempo. Cheguei num resultado razoável para a tragédia que é minha sala e, não tendo muito mais o que fazer neste momento, estou promovendo outros acertos, de elétrica, nos próprios equipamentos, e agora que cheguei num estágio que considero muito bom, vou terminar de reposicionar as caixas. É o que falta, por ora.
     
    • 1
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso