Anúncio do HT Forum

TV Digital na America Latina

Discussão em 'Recepção Local & Mercado' iniciada por willyha, 12 Mai 2008.

  1. willyha

    willyha Usuário


    Desde 8 Ago 2005
    BH/MG
    Não achei menhum post. Como esta as escolhas de sistema de tv digital na america latina? O que cada pais escolheu?

    Willy
     
  2. ap_alm

    ap_alm Alberto Almeida

    Sei que o Uruguai escolheu o DVB, agora os outros paises acho que ainda estão decidindo.
     
  3. rafael_netto

    rafael_netto Voltando ao forum


    Desde 23 Abr 2005
    Rio de Janeiro/RJ
    O Chile está sendo cortejado pelos japoneses... e outros países (Argentina?) acho que estavam aguardando o Brasil para talvez adotar o mesmo padrão.
     
  4. filipeaqui

    filipeaqui Usuário


    Desde 13 Abr 2008
    Brasil
    Pensei que esse padrão seria exclusivo do Brasil.
     
  5. Cyber171

    Cyber171 Usuário


    Desde 4 Mai 2008
    Rio de Janeiro
    Se o sinal HDTV for colocado no satélite e outros paises colocarem seu conteudo no mesmo, poderia se ter vários canais. bom para se aprender uma segunda lingua e ver a programação do outro pais.
    Imagine para os patrocinadores, vários paises vendo seu comercial ao mesmo tempo.

    ou será que viajei demais?
     
  6. lifeinwide

    lifeinwide Vida 16:9


    Desde 12 Fev 2008
    Rio de Janeiro -RJ

    Claro que nao...pq vc acha q o nosso humilde satelite está em posição estratpegica q alcança ate a regiao sul do mexico? hehehe... certamnete pra ter essa "facilidade" de integracao.......... isso é globalizacao cada vez mais gritante!!! só isso
     
  7. rafael_netto

    rafael_netto Voltando ao forum


    Desde 23 Abr 2005
    Rio de Janeiro/RJ
    Isso não tem ABSOLUTAMENTE NADA a ver com HDTV e existe na transmissão analógica "desde sempre". Já nos anos 80 existiam as "parabólicas internacionais" capazes de sintonizar canais de vários satélites.
     
  8. GekoBR

    GekoBR Usuário


    Desde 2 Jan 2008
    Foz do Iguaçu, Pr
    Por enquanto, apenas Brasil, México e Uruguai escolheram seus sistemas.

    Brasil ISDB-Tb (Japones atualizado com h.264 video, AAC Plus Audio e Ginga para interatividade.

    México ATSC ( o mesmo dos EUA)

    Uruguai DVB-T ( Será o primeiro DVB-T 6 Mhz compatível con Pal-N)

    Foruns:

    Argentina :

    http://www.forodvdmania.com/forum/viewtopic.php?f=5&t=28205&st=0&sk=t&sd=a

    http://www.forodvdmania.com/forum/v...k=t&sd=a&sid=a85d0b7d59575aa2ed61def70d0a911b

    Chile :

    http://www.chw.net/foro/disputa-por-television-digital-en-chile-t70533.html
     
    • 1
  9. ralves58

    ralves58 Usuário


    Desde 27 Abr 2006
    Rio de Janeiro
    E provavelmente será. Para não ser exclusivo do Brasil, o país terá que se esforçar muito para convencer outros países da América do Sul a adotar um sistema que ninguém mais no planeta quis.

    [ ] Rubens
     
  10. ralves58

    ralves58 Usuário


    Desde 27 Abr 2006
    Rio de Janeiro
    Mas para colocar o sinal HD no satelite e outros países o captarem, o sistema usado nao precisa ter absolutamente nada a ver com o ISDB. Por sinal, aqui mesmo no Brasil nós só estamos usando DVB-S (europeu) no satélite, seja para tv aberta ou para tv paga. O ISDB só é usado única e exclusivamente na hora de transmitir o sinal HD pelo ar (transmissao terrestre de tv aberta). Mais nada. Em todos os demais processos, o Brasil só usa alguma forma de DVB.

    [ ] Rubens
     
  11. GekoBR

    GekoBR Usuário


    Desde 2 Jan 2008
    Foz do Iguaçu, Pr
    A norma de compressão de Vídeo do nosso sistema é H.264/AVC que, de certa forma, só é encontrada, quando em formato HD, nos transponders DVB-S2, contudo, a codificação do áudio, AACplus, é muito nova e pouca adotada pelos satélites em DVB-S2, onde ainda reina o Dolby AC3 pela sua implementação na maioria dosreceivers para HTs.
    Ou seja: Praticamente não há decodificador DVB-S2 que suporte o AACplus, somente os preparados para o Brasil.

    Já em cabo, apenas a Net usa o DVB-C, pois a TVA usa o QAM em suas versões digitais.

    * AACPlus é um dos nomes fantasia dos codecs HE-AAC e AAC-LC.

    Curiosamente, se utilizássemos o ISDB-S no satélite e ISDB-C nos cabos, o MUX INTEIRO de um provedor, por exemplo, Embratel, seria aproveitado sem tocar no conteúdo, apenas seria trocado o "envelope" de ISDB-S para ISDB-C e na TV praticamente a parte de sintonia seria a mesma do ISDB-Tb, como é nos EUA com o ATSC e o QAM.

    Para isto, os outros países que participassem destes muxes através de outras pistas de áudio e/ou legendas, deveriam TAMBÉM adotar o ISDB-T,C e S.

    Esta é a razão de estar este comentário aqui pois a Embratel , como Telmex existe nos outros países vizinhos ao Brasil.

    O mesmo transponder, codificado em DVB-S2 chega a 43Mbps e em ISDB-S atinge 54Mbps, ou seja, cabem mais canais sem perder a qualidade, sem contar que o áudio AC3, usado no DVB usa 320Kbps para um sinal 5.1 onde o AAC-LC usa apenas 128Mbps com a mesma qualidade liberando mais banda ainda.
     
  12. ralves58

    ralves58 Usuário


    Desde 27 Abr 2006
    Rio de Janeiro
    Vira essa boca prá lá... :) Se as operadoras de tv paga adotassem alguma forma de ISDB, os decoders (sem HDD embutido) iriam custar ainda mais caro que os decoders terrestres, e as operadoras iriam repassar todo esse custo pra gente, os assinantes... O preco do PVR da NET, então, se duvidar passaria fácil dos 3 mil reais.

    Quero isso não... Muito bom que as operadoras de tv paga tenham sido mais pragmáticas e adotado todas elas o DVB, graças a deus...

    [ ] Rubens
     
  13. Subbie

    Subbie Usuário


    Desde 4 Jan 2007
    RJ
    Se as operadoras adotassem h264 logo (em dvb ou isdb, o que seja) poderiam economizar banda e colocar mais canais HD logo. Nada é 100% ruim. Eu não vou sequer entrar no mérito do preço (NOVAMENTE).
     
  14. :)O engraçado é que os três sistemas de TV DIGITAL(ATSC,DVB eISDB-JAPONÊS) atendem as 3 aplicações (terrestre,cabo e satélite).Até pensei que aquí,se fosse seguir o mesmo caminho,mas não é o que acontece de fato...prova disto,é que a maioria de operadoras de TV Á CABO e a TRANSMISSÃO ABERTA VIA SATÉLITE estão usando as variações do DVB;o C(cable) e o S (SATELITE)...Mas sem dúvisa nenhuma como falou o SUBBIE a economia na banda de transmissão seria bem grande.:DMas bem sabendo que talvez(digo,talvez...;))o preço do HARDWARE seria mais baixo para o consumidor final.:)
     
  15. GekoBR

    GekoBR Usuário


    Desde 2 Jan 2008
    Foz do Iguaçu, Pr
    Mais um na Argentina

    http://www.forodvdmania.com/phpBB3/viewtopic.php?f=5&p=388053
     
  16. jecastro

    jecastro Usuário


    Desde 1 Jul 2008
    Porto Alegre
  17. GekoBR

    GekoBR Usuário


    Desde 2 Jan 2008
    Foz do Iguaçu, Pr
    Hoje 28 de agosto de 2008, a Colombia, fazendo coro com o Uruguai e na mao das operadoras de celular, escolheu o padrao EUROPEU DVB-T como norma Colombiana de TV digital Terrestre, por sua capacidade de multiprogramacao, alta definicao e menor custo de conversores pois 80% da populacao tem 1 TV.

    Na minha opiniao, mais um que vai se arrepender amargamente.
     
  18. Fabius_

    Fabius_ Usuário


    Desde 24 Jul 2008
    Campinas
    Se alguém tiver essa curiosidade, pode ver no sítio da Subsecretaría de Telecomunicaciones (http://www.subtel.cl/prontus_tvd/site/edic/base/port/inicio.html ) as pesquisas do governo chileno acerca do desenvolvimento da TV digital.
    Nas pesquisas de campo, parece que os melhores resultados foram obtidos com o ISDB-T.

    Mas nada foi decidido até o momento lá. E sabe-se lá quando decidirão alguma coisa.
     
  19. rdosantiago

    rdosantiago Usuário


    Desde 28 Ago 2008
    Mossoró/RN/Brasil
    A Colombia escolheu o DVB-T com Mpeg4 sobre 6 mhz ( dois ou três paises tem DVB-t em 6MHz) e é o primeiro no continente a fazer a combinação NTSC / DVB-T.

    Mas pelo que eu já li por aqui, o Set-top box DVB-T com Mpeg4 não é barato não.

    Alguém tem um link com preços dos STB com Mpeg4? Ja vi aqui no forum um da nova zelandia que custava uns 500dollar.
     
  20. Rominger

    Rominger Usuário

    3.979 2.021 746

    Desde 27 Mar 2008
    Rio de Janeiro, RJ
    Estive la algumas semanas atras e nao tinha nada de HD na TV a cabo local.

    Anunciaram as Olimpiadas no canal a cabo (TyC) com o 'sensacional' canal com sinal SD Wide (que qualquer TV de 14" podia sintonizar), que era anunciado como a 'tecnologia do futuro', 'inedito na TV argentina', porem na pratica ainda nao e o tal HD. Porem seria somente durante as Olimpiadas e depois voltariam para a 'programacao normal'.

    Pelo visto se aqui a coisa esta devagar, la vai ser ainda mais devagar.
     
  1. Usamos cookies próprios e de terceiros para dar um melhor serviço e mostrar publicidade. Ao continuar, aceita o seu uso.
    Fechar Aviso