Anúncio do HT Forum

Volvo XC60 chega para ser o primeiro

Discussão em 'Mercado, Marcas e Modelos' iniciada por Rickbrazil, 13 Fev 2009.

  1. Rickbrazil

    Rickbrazil Usuário


    Desde 20 Jan 2008
    Brasilia/DF/Brasil
    No segmento 100-200K não tenho a menor dúvida de que esse seja a melhor relação custo/benefício...:aplauso:



    ‘Este é o carro mais seguro do mundo’. Assim Anders Norinder, o novo presidente da Volvo para a América Latina, descreveu o XC60, o novo crossover da marca. Com estilo futurista, o SUV médio chega para ser líder do seu segmento, como espera o comandante da empresa. ‘Já vendemos 400 unidades e a expectativa é entregar 1.000 carros até o fim do ano e transformá-lo em nosso carro-chefe, vendendo mais do que o hatch C30’, disse Marcos Saade, diretor de vendas e marketing.
    Para cumprir os objetivos, o XC60 entrega um motor turbo de seis cilindros em linha com 285 cv de potência e 40 kgfm de torque. Tudo isso acoplado a um câmbio automático de seis velocidades com tração integral. O preço é outro atrativo, começando em R$ 138.500 para a versão Comfort; R$ 156.500 para a Dynamic; e R$ 165.900 para a Top.
    De série, o carro já traz ar-condicionado eletrônico, seis airbags, freios ABS com distribuição eletrônica, e o exclusivo City Safety, um sistema que detecta objetos à frente e freio o carro automaticamente. O equipamento funciona abaixo de 30 km/h e reduz a velocidade para amenizar os estragos da batida. Abaixo de 15 km/h, a montadora garante que o carro para antes da colisão. Ao menos na pista de testes montada pela Volvo, o City Safety funcionou perfeitamente.
    As principais diferenças entre a Dynamic e a Comfort são o assento com regulagem elétrica para o passageiro, sistema de informação de ponto cego, Bluetooth, sensor de estacionamento traseiro e dianteiro, faróis bi xenon e rodas de 18 polegadas. A Top inclui teto solar panorâmico, sistema que controla a qualidade do ar interno, comunicador pessoal e sistema que dispensa a chave para a abertura das portas e ignição. Além disso, a versão mais cara conta com um sistema de som com 10 alto-falantes, contra o de oito caixas dos dois modelos mais baratos.
    Confira logo mais a avaliação completa do modelo aqui no iCarros



    Fale com a Revista


    [​IMG]


    fonte
    13/02/2009 - Fernando Pedroso
    Fonte: iCarros
     
  2. Edu Carvalho

    Edu Carvalho Computador, o futuro do Áudio!


    Desde 9 Set 2006
    Holambra- SP
    Legal o carro, mas ainda muito caro, não?
     
  3. Hélder

    Hélder Usuário


    Desde 29 Jul 2002
    ---
    Também achei esse carro sensacional... acho que, pelo preço, não há nada que se aproxime dele em termos globais, considerando desempenho, segurança, sofisticação, etc.

    E, no teste da Quatro Rodas, ele ganhou cinco estrelas em todos os quesitos, com exceção de um deles, onde ganhou 4,5 estrelas... nunca tinha visto algo parecido.
     
  4. Rickbrazil

    Rickbrazil Usuário


    Desde 20 Jan 2008
    Brasilia/DF/Brasil
    Caro é um conceito bastante subjetivo... se vc tem um apartamento que vale 1 milhão, talvez tenha condições de manter e pagar o IPVA deste carro. O fato é que ele é mais barato que uma AUDI Q7 ou uma BMW X6.

    Veja também que o preço seria equivalente à soma de um Honda Sivic e de um toyota Corolla... ou seja, dando de entrada qualquer um deles, daria para financiar o outro.
     
  5. Roque

    Roque Usuário


    Desde 28 Nov 2003
    Indaiatuba - SP / Recife-PE
    Li o teste da 4Rodas.

    O carro realmente é muito bonito.

    O dispositivo de segurança (City safety)que freia o carro sozinho na iminência de uma batida abaixo de 30km/h, funcionou em uma situação real com o repórter.

    Acho que nessa faixa de preço vai fazer sucesso mesmo na crise. Pena no Brasil as concessionárias Volvo são poucas....

    Roque
     
  6. Márcio

    Márcio Usuário


    Desde 30 Mai 2002
    Pelotas RS
    Basta comparar o carro com a concorrência para perceber que não é caro, é barato na verdade, se o nosso bolso comporta ou não é outra estória.
    Pelo que ele custa não existe nada melhor ou igual.
     
  7. Edu Carvalho

    Edu Carvalho Computador, o futuro do Áudio!


    Desde 9 Set 2006
    Holambra- SP
    Concordo que comparando com os outros é sim uma bela opção. Não é questão de se cabe no bolso ou não, mas sim de que ainda relativamente barato, é excessivamente caro!
     
  8. Márcio

    Márcio Usuário


    Desde 30 Mai 2002
    Pelotas RS
    Edu, carro no Brasil é caro, compra-se civic nos EUA por U$16.000, aqui o preço parte de R$65k e provavelmente seja menos equipado.
    Aqui paga-se mais de R$40k por um gol 1.6 com ar e direçaõ, nos EUA compra-se um fusion.
    Todos são caros, o que interessa é se este caro cabe no bolso :D
     
  9. victornba

    victornba Usuário


    Desde 27 Mai 2004
    Brasil
    Já andei no XC60, excelente carro! Estou sonhando com um :aplauso:... Concordo com os colegas, na faixa de preço dele não tem pra ninguém. Ele concorre nos EUA diretamente com a X3, Q5, GLK, Freelander 2, com preços similares, mas aqui no Brasil a X3 custa 100mil a mais que o Volvo top...

    Pra quem quiser conhecer melhor o XC60, sugiro darem uma olhada nesse site de lançamento da própria Volvo. Muito bem feito!

    http://www.volvocars.com/intl/campaigns/MY09/XC60/Pages/XC60.aspx

    E essa propaganda muito bacana!

    http://www.youtube.com/watch?v=FwrWHOTJKMk

    Abraço,

    Victor
     
  10. FernandoC

    FernandoC Usuário


    Desde 23 Fev 2004
    Brasília/DF
    Para o Brasil o preço está muito bom... não se compra nada parecido por menos de 200k... (y)
     
  11. Hélder

    Hélder Usuário


    Desde 29 Jul 2002
    ---
    E, além de tudo isso, ele ainda é mais rápido que Civic Si e Golf GTi...
     
  12. Márcio

    Márcio Usuário


    Desde 30 Mai 2002
    Pelotas RS
    Algumas imagens do carrinho.
    [​IMG]

    Sensores nos retrovisores detectam objetos nos pontos cegos

    [​IMG]

    Avaliação do site globo.com
    http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL1001539-9658,00-G+ANDOU+NO+CROSSOVER+VOLVO+XC.html

    G1 andou no crossover Volvo XC60

    Modelo chega em três versões de acabamento a partir de R$ 138,5 mil.
    Sistema City Safety freia o carro sozinho e minimiza batidas a até 30 km/h.


    A Volvo é conhecida mundialmente por fabricar alguns dos carros mais seguros do mundo. Pois a montadora sueca acaba de trazer para o Brasil aquele que, segundo ela própria, é o modelo mais seguro da marca: o crossover XC60, que chega em três versões de acabamento – XC60 Comfort (R$ 138,5 mil), XC60 Dynamic (R$ 156,5 mil) e XC60 Top (R$ 165,9 mil) – todas equipadas com o motor 3.0 turbo de seis cilindros em linha de 289 cavalos de potência. A maior novidade é o sistema City Safety, que freia o carro sozinho na iminência de uma colisão até 30 km/h.

    O G1 andou no XC60 em um percurso de 70 quilômetros que ligas as cidades de Guarulhos e Mogi das Cruzes, em São Paulo. O modelo tem como principais concorrentes o Land Rover Freelander, o Ford Edge, o Mitsubishi Outlander e o Toyota RAV4, mas pode incomodar a “turma de cima” (BMW X3 e Audi Q5) e também a “turma de baixo” (Chevrolet Captiva e Honda CR-V).

    E essa verdadeira obsessão pela segurança vem desde 1924, quando Assar Gabrielsson e Gustav Larsen fundaram a Volvo. Entre as contribuições da marca, por exemplo, está o cinto de segurança de três pontos, desenvolvido em 1959 pelo engenheiro da fábrica Nils Bohlin. Dois anos depois da invenção, a Volvo liberou a patente para que outras montadoras usassem o equipamento.

    É verdade que alguns dos sistemas de segurança, como o de detecção de sonolência (parâmetros de condução predefinidos no computador de bordo analisam o comportamento do motorista e, em caso de risco, um alarme é soado) não estão disponíveis nas versões importadas para o Brasil. Mas nem por isso o XC60 perde o status de ser um dos mais seguros do país.

    O City Safety é um equipamento sem precedentes em carros vendidos no Brasil e foi projetado para diminuir os riscos de batidas no trânsito urbano com velocidade inferior a 30 km/h – situação na qual, segundo pesquisas da montadora, ocorrem 75% dos acidentes.

    Por meio de um sensor a laser instalado na parte superior do para-brisas (na altura do espelho retrovisor), o sistema detecta veículos e outros objetos situados em distância de até 10 metros. Com base na diferença de velocidade, o sistema realiza 50 cálculos por segundo para determinar a força de frenagem necessária para evitar uma colisão. O City Safety ajuda a evitar (até 15 km/h) ou reduzir (de 16 km/h a 30 km/h) a gravidade da colisão freando o carro automaticamente. Ao mesmo tempo, as luzes de freio são ativadas para alertar os demais carros.

    Outro sistema de segurança que chama a atenção é o “BLIS” (indisponível na versão de entrada), que consiste em sensores nos retrovisores externos que detectam a presença de objetos no “ponto cego” e acendem uma luz de advertência. Outros destaques são os freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, travamento de descida (HDC), controle anticapotamento (RSC), controle dinâmico de estabilidade e tração (DSTC), airbag (motorista/passageiro), proteção contra impactos laterais (SIPS) e contra lesões na coluna cervical (WHIPS), cortinas infláveis e pré-tensores dos cintos de segurança.

    Ao volante do XC60
    Ao assumir o comando deste crossover, o motorista não terá problemas para achar a melhor posição de dirigir. Com comandos elétricos funcionais, em menos de 30 segundos é possível fazer todas as regulagens e ficar pronto para selecionar a posição D no câmbio automático de seis marchas (com opção de trocas manuais na alavanca).

    Veja a lista dos modelos avaliados pelo G1

    Basta pisar no acelerador com vontade que o XC60 despeja toda a força dos 40,8 mkgf de torque pelas quatro rodas (a tração é integral) e o crossover chegue rapidamente aos 100 km/h. Apesar de toda a potência e força do motor de seis cilindros em linha, o carro tem um comportamento dócil e silencioso. Extremamente obediente aos comandos do motorista, o XC60 mostrou-se muito bem acertado nas curvas fechadas da “serrinha” a caminho de Mogi das Cruzes.



    E apesar do piso molhado e escorregadio não foi preciso contar com o auxílio de toda a parafernália eletrônica presente no modelo. A suspensão mescla maciez e esportividade na medida certa. O isolamento acústico é digno de nota e o ronco do motor só é sentido nos giros mais altos.

    O acabamento não fica devendo em nada para os modelos da mesma faixa de preço das luxuosas Mercedes-Benz, BMW e Audi. Aliás, o crossover que vem da fábrica de Ghent, na Bélgica, não faz feito frente aos consagrados modelos alemães e apresenta uma interessante relação custo-benefício – apesar de não entregar o mesmo status.

    O XC60 tem todos os predicados para se juntar ao hatch C30, que praticamente levava as vendas da Volvo ”nas costas”, e fazer com que a marca sueca se consolide de vez no Brasil. Produtos de qualidade ela tem e sempre teve. Resta investir no aumento da rede de concessionários e, principalmente, no pós-venda – os verdadeiros problemas da marca no Brasil.
     
  13. Marcelim

    Marcelim Usuário

    Sem querer ser chato mas já sendo... sempre ouvi dizer que os volvos têm uma desvalorização acentuada no mercado de usados...

    Será que o C30 conseguiu reverter isso? E o que será da marca depois que a Ford encontrar um comprador?

    Mas se alguém ficar ressabiado com isso aí e quiser jogar no portão de casa, eu não ligo...

    :D:D
     
  14. velocidade

    velocidade Usuário


    Desde 13 Ago 2008
    Niterói
    Tem a melhor relação custo/benefício e quero ver Tiozão de XC60 dando farol alto nos "esportivos".:lol:
     
  15. JorgeM

    JorgeM Jorginho


    Desde 26 Nov 2004
    Recife/PE
    138 mil?

    Pensei que custaria de 200 pra cima.

    Achei o preço até bem competitivo.
     
  16. victornba

    victornba Usuário


    Desde 27 Mai 2004
    Brasil
    Não sei como está a revenda do C30, mas ao menos ele foi o Volvo mais vendido em todos tempos aqui no Brasil, se não me engano vendeu umas 800 unidades em 2008. Ainda é pouco, mas não deve ser um carro tão difícil de vender como os outros Volvos, que são muito complicados de venda e revenda.

    Mas o XC60 creio ter tudo pra mudar isso, além de ser um carro completo, que roda muito bem e com um preço muito competitivo ainda tem garantia de 2 anos com manutenção completamente livre, ou seja, você deixa o carro na concessionária e não paga nada, nem a troca de óleo. Achei interessante. No fim o que define mesmo a desvalorização e a liquidez do carro e seu volume de vendas, vamos ver se o XC60 nesses tempos de crise vai bem. E ainda pega o fato de a Volvo ter poucas concessionárias no Brasil...

    Saíram já diversos review/test-drives do XC60 e nenhum falou mal do carro. Acho que o pior que foi dito foi de um barulho em uma forração de porta, o resto foram elogios generalizados. Um fato interessante, no teste de aceleração de 0 a 100km/h da Quatro Rodas eles fizeram 7,5s, exatamente o informado pela Volvo. Que me lembre, essa é a primeira vez em muito tempo que a Quatro Rodas consegue atingir tempo de aceleração igual ao informado por um fabricante, no geral lá os tempos são mais altos, suponho que por diversos motivos - motoristas ruins, não fazerem os testes ao nível do mar, e por aí vai. Isso pode dizer que a Volvo foi conservadora ao informar 7,5s e confirma minha impressão e de outros que ao dirigir o carro e parece ser ainda mais rápido que isso. Não chega a ser uma Cayenne Turbo :lol:, mas vai dar calor em muitos SUVs V8 e em diversos esportivos menores. (y)

    Abraço,

    Victor
     
  17. TomD

    TomD Denver Broncos

    Só esse ou todos os volvo?
     
  18. victornba

    victornba Usuário


    Desde 27 Mai 2004
    Brasil
  19. Abcdista

    Abcdista Entusiasta.


    Desde 28 Jun 2004
    NATAL-RN

    MUito bem colocado Márcio, na faixa de seus concorrentes ele é barato mesmo!
     
  20. Márcio

    Márcio Usuário


    Desde 30 Mai 2002
    Pelotas RS
    Nos EUA ele disputa mercado com o bmw x3, aqui está custando quase R$100k a menos, prova da quantidade de gordura que a bmw tem para queimar.
     
  1. Este site usa cookies. Se você continuar a usar este site, automaticamente concorda com nosso uso de cookies.
    Fechar Aviso